Saúde ambiental

1.130 visualizações

Publicada em

0 comentários
2 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.130
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
370
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
31
Comentários
0
Gostaram
2
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Saúde ambiental

  1. 1. SAÚDE AMBIENTAL Profª Amanda Vieira Batista
  2. 2. O QUE SE ENTENDE POR SAÚDE AMBIENTAL? • Saúde ambiental é a parte da saúde pública que engloba os problemas resultantes dos efeitos que o ambiente exerce sobre o bem-estar físico e mental do ser humano, como parte integrante de uma comunidade.
  3. 3. O MEIO AMBIENTE “Meio Ambiente é tudo o que tem a ver com a vida de um ser ou de um grupo de seres vivos. Tudo o que tem a ver com a vida, sua manutenção e reprodução”. (Neves e Tostes, 1992, p. 17).
  4. 4. CARACTERIZAÇÃO DE ITABAIANINHA- MEIO AMBIENTE NATURAL
  5. 5. MEIO AMBIENTE- ITABAIANINHA • Segundo o IBGE, sua população estimada em 2013 era de 40.821 habitantes • Área 493,310 km² • Densidade 82,75 hab./km² • Altitude 223 m • Bioma Caatinga e Mata Atlântica • Economia: Cerâmicas, Industria Têxtil, Agricultura e Pecuária.
  6. 6. IMPACTOS AMBIENTAIS EVIDENCIADOS
  7. 7. MEIO AMBIENTE X SAÚDE
  8. 8. POLUIÇÃO DO AR • MATERIAL PARTICULADO PRESENTE 1. Dióxido de Enxofre (SO2) 2. Dióxido de Nitrogênio (NO2) 3. Monóxido de carbono (CO)
  9. 9. POLUIÇÃO DO AR • PRINCIPAIS DOENÇAS RESPIRATÓRIAS RELACIONADAS AOS POLUENTES. 1. BRONQUITE 2. ASMAS 3. GRIPES 4. RESFRIADOS
  10. 10. BRONQUITE A bronquite é a inflamação das principais passagens de ar para os pulmões. A bronquite pode ser aguda (curta duração) ou ser crônica - dura por muito tempo e tem alta recorrência.
  11. 11. ASMA É uma doença inflamatória crónica das vias aéreas. Quando as vias aéreas inflamadas são expostas a vários estímulos ou fatores desencadeantes tornam-se hiperreativas e obstruídas, limitando o fluxo de ar através de broncoconstrição, produção de muco e aumento da inflamação.
  12. 12. POLUIÇÃO DO AR • CONTROLE DA POLUIÇÃO DO AR: Concentração de material produzido pela fonte poluidora em g/Nm3; Densidade específica aparente do material particulado (t/m3) (sem compactação); Faixa granulométrica dos poluentes produzidos (microns); Faixa de umidade; Temperatura dos gases na chaminé.
  13. 13. POLUIÇÃO DO SOLO
  14. 14. CARACTERIZAÇÃO DO LIXO DE ITABAIANINHA • 2 a 5 % do Orçamento Público é destinado a LIMPEZA URBANA. • QUANTIFICAÇÃO DO LIXO COLETADO MENSALMENTE/TONELADA 1. Resíduos domiciliar- 50 2. Comercial – 150 3. Industrial- 100 4. Entulho- 180 5. Matadouros- 1 6. Limpeza de Áreas Públicas- 44 7. LIXO HOSPITALAR 400 kg/Mês , com destino final INCINERADOR. TOTAL: 525 TONELADAS/MÊS
  15. 15. CARACTERIZAÇÃO DO LIXO DE ITABAIANINHA • Destinação final do lixo- LIXÃO A CÉU ABERTO • CONTAMINAÇÃO DO SOLO COM O
  16. 16. CARACTERIZAÇÃO DO LIXO DE ITABAIANINHA • 11 Catadores cadastrados no município • Projeto de Coleta Seletiva em tramitação;
  17. 17. COLETA SELETIVA
  18. 18. COMPOSTAGEM
  19. 19. ATERROS SANITÁRIOS
  20. 20. TEMPO DE DECOMPOSIÇÃO DOS RESÍDUOS SÓLIDOS NO AMBIENTE
  21. 21. EXTRAÇÃO DA ARGILA
  22. 22. EXTRAÇÃO DA ARGILA
  23. 23. EXTRAÇÃO DA ARGILA
  24. 24. IMPACTOS AMBIENTAIS EVIDENTES • Afloramento do Lençol Freático; • Degradação das matas ciliares e de áreas de nascentes; • Erosão do solo promovendo o assoreamento; • O decapeamento retira a parte fértil do solo;
  25. 25. ÁGUA E A SUA IMPORTÂNCIA
  26. 26. DOENÇAS OCASIONADAS PELA CONTAMINAÇÃO DA ÁGUA •DENGUE
  27. 27. DOENÇAS OCASIONADAS PELA CONTAMINAÇÃO DA ÁGUA • ESQUISTOSSOMOSE
  28. 28. CICLO DE VIDA DA ESQUISTOSSOMOSE
  29. 29. DADOS EPIDEMIOLÓGICOS • DENGUE LIRA 2014- LEVANTAMENTO DO INDICE RÁPIDO DO AEDIS AEGPYTI. 1º LIRA- 8.9% 2º LIRA- 7.6% 3º LIRA- 8.6% 4º LIRA- 6.6% 5º LIRA- 7.8%
  30. 30. DADOS EPIDEMIOLÓGICOS • ESQUISTOSSOMOSE 2012 LOCALIZAÇÃO Nº DE EXAMES % DE CONTAMINAÇÃO 1. PERIQUITO 58 15,5% 2. PATI 82 9,7% 3. SITIO VARZEA 99 13,1% 4. PITOMBEIRA 50 0.6% 5. CANDEIAS 89 8.9% 6. SACO DA RAINHA 78 2,5% 7. BARRO PRETO 113 15% 8. SANTA RITA 222 7.2%
  31. 31. DADOS EPIDEMIOLÓGICOS • ESQUISTOSSOMOSE 2013 LOCALIZAÇÃO Nº DE EXAMES % DE CONTAMINAÇÃO • Garangau 151 36,42% • Cachoeira 32 64.5% • Mata Verde 36 36.11% • Flor da Roda 170 12.3% • Poderoso 101 14.8%
  32. 32. Obrigada!!! Equipe GTIm PSE- Itabaianinha Amanda Vieira Tercia Monteiro Risoneide Lima

×