Dogmatismo, Ceticismo e Criticismo
Possibilidade
• Estado do que
pode ocorrer
ou tende a
acontecer;
• Oportunidade;
• Capacidade.
Limite
• Linha que
estrema
...
Conhecimento
O conhecimento funciona como um «corpo vivo»,
suporta-se em linguagens, adapta-se, expande-se, redefine-se,
e...
O conhecimento humano necessita
então de inúmeras comunicações:
 Entre os recetores sensoriais e o mundo exterior;
 Sobr...
Condição Humana
A condição humana está marcada por duas grandes
incertezas, incerteza cognitiva e incerteza histórica.
Cer...
Teoria do Conhecimento
A teoria do conhecimento tem por objetivo buscar a
origem, a natureza, o valor e os limites do conh...
Dogmatismo e Ceticismo
CeticismoDogmatismo
Possibilidade de conhecer a
verdade, a confiança nesse
conhecimento e a submissão a
essa verdade sem
q...
Dogmatismo
É toda a doutrina ou atitude que afirma a capacidade do
Homem de atingir a verdade absoluta e indiscutível.
A p...
Ceticismo
É uma doutrina que afirma que não se pode obter nenhuma
certeza absoluta a respeito da verdade, prioriza sempre ...
Criticismo
O Criticismo possuiu duas fases: a pré critica e a crítica.
 Na fase pré critica, mostra afinidade pelo o raci...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Dogmatismo, Ceticismo e Criticismo

3.207 visualizações

Publicada em

Filosofia 11ºano
https://www.youtube.com/watch?v=ozcLWLbw-KM

Publicada em: Educação
0 comentários
3 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
3.207
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
45
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
45
Comentários
0
Gostaram
3
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide
  • https://www.youtube.com/watch?v=ozcLWLbw-KM&app=desktop
  • Dogmatismo, Ceticismo e Criticismo

    1. 1. Dogmatismo, Ceticismo e Criticismo
    2. 2. Possibilidade • Estado do que pode ocorrer ou tende a acontecer; • Oportunidade; • Capacidade. Limite • Linha que estrema superfícies ou terrenos contíguos; • Fronteira; • Meta. Conhecimento • Faculdade de conhecer; • Noção; • Relação direta que se toma de alguma coisa; • Informação; • Experiência.
    3. 3. Conhecimento O conhecimento funciona como um «corpo vivo», suporta-se em linguagens, adapta-se, expande-se, redefine-se, eventualmente é ultrapassado e cai em desuso.
    4. 4. O conhecimento humano necessita então de inúmeras comunicações:  Entre os recetores sensoriais e o mundo exterior;  Sobretudo no interior do aparelho neuro cerebral;  Entre os indivíduos; O que origina e multiplica os riscos de incerteza e de erro.
    5. 5. Condição Humana A condição humana está marcada por duas grandes incertezas, incerteza cognitiva e incerteza histórica. Cerebral: o conhecimento nunca é um reflexo do real, mas sempre uma tradução e reconstrução, o mesmo é dizer que contendo risco de erro. Psíquico: o conhecimento dos factos é sempre tributário da interpretação. Epistemológico: decorre da crise dos fundamentos de certeza em filosofia, depois em ciência.
    6. 6. Teoria do Conhecimento A teoria do conhecimento tem por objetivo buscar a origem, a natureza, o valor e os limites do conhecimento, da faculdade de conhecer. A teoria do conhecimento, se interessa pela investigação da natureza, fontes e validade do conhecimento. Entre as questões principais que ela tenta responder estão as seguintes. O conhecimento é possível? O que é o conhecimento? Qual a possibilidade do conhecimento?
    7. 7. Dogmatismo e Ceticismo
    8. 8. CeticismoDogmatismo Possibilidade de conhecer a verdade, a confiança nesse conhecimento e a submissão a essa verdade sem questionamento. Contesta a possibilidade de conhecimento da verdade.
    9. 9. Dogmatismo É toda a doutrina ou atitude que afirma a capacidade do Homem de atingir a verdade absoluta e indiscutível. A palavra vem de DOGMA, que significa: opinião dada como certa, inatingível, e imposta como verdade indiscutível. Ou seja, o dogmatismo rejeita qualquer tipo de critica ou contestação de algo. “Penso, logo existo.” – Descartes Descartes defendia o dogmatismo.
    10. 10. Ceticismo É uma doutrina que afirma que não se pode obter nenhuma certeza absoluta a respeito da verdade, prioriza sempre o conhecimento cientifico. “ A razão dos céticos e a razão dos dogmáticos são de um mesmo género, apesar da contrariedade das suas operações e das suas tendências.” - David Hume David Hume defendia o Ceticismo.
    11. 11. Criticismo O Criticismo possuiu duas fases: a pré critica e a crítica.  Na fase pré critica, mostra afinidade pelo o racionalismo.  Na fase crítica, mostra mais afinidade pelo empiristas. Esta caracteriza-se assim, por antes de tudo, conhecer a razão, saber o que ela é e o que pode ou não conhecer. O seu objetivo era superar as discussões entre racionalistas e empiristas, redefinindo os limites entre fé e razão. “Sobre nós, as estrelas, abaixo de nós, a lei moral” – Kant Imanuel Kant defendia o criticismo.

    ×