Ensinar a Compreensão - Edgar Morin, 2000

2.266 visualizações

Publicada em

Um dos 7 saberes necessários à Educação do Futuro propostos por Edgar Morin.
Síntese elaborada pelo Prof. Dr. Eduardo Costa
transpsicomotricidade@gmail.com
www.facebook.com/DrEduardoCosta

Publicada em: Educação
0 comentários
2 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
2.266
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
17
Comentários
0
Gostaram
2
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Ensinar a Compreensão - Edgar Morin, 2000

  1. 1. Ensinar a Compreensão Edgar Morin
  2. 2. Compreensão X Incompreensão Comunicação ampliada: fax, cel, internet, etc... Problema crucial Não pode ser quantificada Missão espiritual da Educação: “Ensinar a compreensão entre as pessoas como condição e garantia da solidariedade intelectual e moral da humanidade” (p. 93) Incompreensão geral Educar para compreender matemática é diferente de educar para a compreensão humana
  3. 3. Compreensão: Pólo Planetário: Entre humanos (pessoas, culturas, povos de diferentes origens culturais) Pólo Individual: Relações particulares entre próximos
  4. 4. As duas compreensões: Intelectual/Objetiva Apreender em conjunto, abraçar junto Inteligibilidade e Explicação (considerar o que é preciso conhecer como objeto e aplicar-lhe todos os meios objetivos do conhecimento) Humana/Intersubjetiva Para além da Explicação Conhecimento de sujeito a sujeito – “o ego alter que se torna alter ego” Inclui a empatia, identificação e projeção Pede abertura, simpatia e generosidade
  5. 5. Educação para os obstáculos à compreensão: OBSTÁCULOS EXTERIORES À COMP. INTELECTUAL: Ruído que cria mal-entendidos ou não-entendidos; Polissemia de uma noção; Ignorância dos ritos e costumes; Incompreensão dos valores culturais; Imcompreensão dos imperativos éticos; Incompreensão da visão de mundo; Incompreensão de umas estrutura mental em relação à outra.
  6. 6. Educação para os obstáculos à compreensão: OBSTÁCULOS INTRÍNSECOS ÀS DUAS COMP: Egocentrismo Etnocentrismo e Sociocentrismo Espírito Redutor
  7. 7. “Os obstáculos à compreesão são múltiplos e multiformes: os mais graves são constituídos pela cadeia egocentrismo/autojustificação/self- deception, pelas possessões e reduções, assim como pelo talião e pela vingança – estruturas arraigadas de modo indelével no espírito humano, que ele não pode arrancar, mas que ele pode e deve superar.” (p. 99)
  8. 8. Ética da Compreensão: A ÉTICA DA COMPREENSÃO PEDE QUEA ÉTICA DA COMPREENSÃO PEDE QUE SE COMPREENDA A INCOMPREENSÃOSE COMPREENDA A INCOMPREENSÃO PEDE QUE SE ARGUMENTE, QUE SEPEDE QUE SE ARGUMENTE, QUE SE REFUTE EM VEZ DE EXCOMUNGAR EREFUTE EM VEZ DE EXCOMUNGAR E ANATEMATIZAR*ANATEMATIZAR* NÃO DESCULPA NEM ACUSANÃO DESCULPA NEM ACUSA PEDE QUE SE EVITE A CONDENAÇÃOPEDE QUE SE EVITE A CONDENAÇÃO PEREMPTÓRIA, IRREMEDIÁVEL.PEREMPTÓRIA, IRREMEDIÁVEL. * amaldiçoar; condenar; reprovar
  9. 9. “Se soubermos compreender antes de condenar, estaremos no caminho da humanização das relações humanas” Morin (p.100)
  10. 10. O que favorece a Compreensão?? O bem pensar – ecologia do pensar A introspecção – auto-exame
  11. 11. Consciência da complexidade Humana: “Não se pode reduzir o ser à menor parte dele próprio, nem mesmo ao pior fragmento de seu passado” (p.101) Abertura subjetiva (simpática) em relação ao outro Interiorização da tolerância
  12. 12. 4 graus de Tolerância: Obriga-nos a respeitar o direito de proferir um propósito que nos parece ignóbil (Voltaire); A democracia nos conclama cada um a respeitar idéias antagônicas à nossa; Bohr nos afirma que há uma verdade na idéia antagônica à nossa, e é essa verdade que devemos respeitar; A consciência das possessões humanas pelos mitos, ideologias, idéias ou deuses, assim como a consciência das derivas que levam os indivíduos muitas vezes a lugares diferentes daqueles onde querem ir.
  13. 13. “A tolerância vale, com certeza, para as idéias, não para os insultos, agressões ou atos homicidas” Morin (p.102)
  14. 14. Compreensão, Ética e Cultura Planetária: Ética da era planetária . Mundialização da compreensão, da solidariedade intelectual e moral da humanidade. Compreender é também aprender e reaprender incessantemente.
  15. 15. “A compreensão é ao mesmo tempo meio e fim da comunicação humana. O planeta necessita, em todos os sentidos, de compreensões mútuas. Dada a importância da educação para a compreensão, em todos os níveis educativos e em todas as idades, o desenvolvimento da compreensão necessita da reforma planetária das mentalidades; esta deve ser a tarefa da educação do futuro.” Morin (p.104)

×