Fisiologia do desenvolvimento dos frutos

16.036 visualizações

Publicada em

0 comentários
7 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
16.036
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
19
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
584
Comentários
0
Gostaram
7
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Fisiologia do desenvolvimento dos frutos

  1. 1. Prof. Dra. Adriana Dantas UERGS, Caxias do Sul, RS
  2. 2.   O conhecimento sobre o padrão de desenvolvimento e a fisiologia dos frutos permite a manipulação e armazenagem de maneira adequada, aumentando o período de conservação e a manutenção da qualidade. Desenvolvimento dos frutos
  3. 3.  Sistema Reprodutivo
  4. 4.   O fruto é formado por um ou mais ovários maduros de uma mesma flor ou de flores diferentes de uma inflorescência podendo haver o desenvolvimento de outras partes da flor (como o pedúnculo no caju e o receptáculo na pera)  No ovário, o desenvolvimento dos óvulos fecundados originará as sementes  Os frutos representam a etapa final da reprodução sexual e são órgãos disseminadores das angiospermas (promovem dispersão de sementes) Definições
  5. 5.   Folhas  Flores  Raízes  Tubérculos  Brotações  Frutos PRODUTOS SE ORIGINAM DE DIFERENTES ESTRUTURAS ANATÔMICAS DOS VEGETAIS Diferenças na fisiologia !!!
  6. 6.   O padrão de crescimento de todo ser vivo é sigmoidal.  Sigmoidal simples:  maçã, pera, tâmara, abacaxi, banana, abacate, morango, laranja.  Sigmoidal duplo:  pêssego, nectarina, ameixa, cereja, figo, framboesa, uva. FASES DO DESENVOLVIMENTO DE FRUTOS
  7. 7.   Desenvolvimento: série de eventos desde o início do crescimento de um fruto até a morte do mesmo. FASES DO DESENVOLVIMENTO DE FRUTOS
  8. 8.   Crescimento: aumento irreversível de atributos físicos de um fruto em desenvolvimento. Fases do Desenvolvimento dos Frutos
  9. 9.   Maturação: estádio do desenvolvimento que leva à maturidade fisiológica ou horticultural. Fases do Desenvolvimento dos Frutos
  10. 10.   Maturidade fisiológica: estádio a partir do qual o fruto continuará seu desenvolvimento mesmo que separado da planta. Fases do Desenvolvimento dos Frutos
  11. 11.   Amadurecimento: série processos que ocorrem no final do desenvolvimento, e que resultam em características estéticas e de qualidade, evidenciadas por mudanças na composição, coloração, textura, sabor e aroma Fases do Desenvolvimento dos Frutos
  12. 12.   Senescência: série processos que ocorrem após a maturidade fisiológica ou horticultural e levam à morte dos tecidos. Fases do Desenvolvimento dos Frutos
  13. 13.   Maturidade horticultural: estádio do desenvolvimento onde um fruto possui os pré-requisitos para utilização pelo consumidor para um determinado propósito. Fases do Desenvolvimento dos Frutos
  14. 14.   Fase de Crescimento e Maturação:  divisão e alongamento celular;  diferenciação dos tecidos;  maturação e amadurecimento;  senescência(degradação):  FASE DE DEGRADAÇÃO DOS COMPOSTOS E MORTE DOS TECIDOS.  PROCESSO NORMAL E IRREVERSÍVEL  PORÉM PODE SER RETARDADO Estádios de formação dos frutos
  15. 15.  Curva de desenvolvimento
  16. 16.   Durante o processo de desenvolvimento dos frutos ocorre a acumulação de reservas (crescimento) e a sua transformação em substâncias solúveis (maturação). Transformações físico-químicas durante o desenvolvimento dos frutos
  17. 17.   respiração  produção de etileno  perda de firmeza  mudança da cor  degradação de ácidos  transformação de açúcares  produção de compostos aromáticos  perda de água PRINCIPAIS PROCESSOS QUE OCORREM APÓS A COLHEITA
  18. 18.  R E S P I R A Ç Ã O
  19. 19.   Influencia na colheita, na armazenagem e perecibilidade dos frutos.  Determinante da longevidade  Não-climatéricos:  Apresentam um declínio lento e constante da taxa respiratória.  Climatéricos:  No final do período de maturação, apresentam um marcante aumento na taxa respiratória, provocada pelo aumento na produção de etileno Padrão de respiração dos frutos
  20. 20.  Respiração dos Frutos em Relação ao seu Desenvolvimento
  21. 21.  Respiração dos Frutos em Relação ao seu Desenvolvimento
  22. 22.
  23. 23.   Não-climatéricos:  uva, limão, laranja, abacaxi, morango, romã, caju, cerej a, nêspera, carambola, figo, framboesa, amora.  Não podem ser colhidos antes da maturação  Climatéricos:  pêssego, nectarina, ameixa, maçã, abacate, melão, goia ba, banana, manga, mamão, maracujá, pera, caqui, kiw i, mirtilo.  Podem ser colhidos em estádios anteriores ao amadurecimento. Padrão de Respiração
  24. 24.  Produção de Etileno e CO2 em frutos
  25. 25.   Não Climatério: Etileno x Respiração
  26. 26.  Produção de etileno e de CO2 em frutos climatéricos após a colheita
  27. 27.   Período de desenvolvimento de um fruto caracterizado por uma série de alterações bioquímicas associadas ao aumento da taxa respiratória e da produção auto catalítica de etileno (Kader et al., 1984)  Período de desenvolvimento de certos frutos no qual uma série de mudanças bioquímicas é iniciada pela produção auto catalítica de etileno, marcando o limite entre o crescimento e a senescência (Rhodes, 1970) Climatério
  28. 28.  Taxa Respiratória de Frutos Climatéricos a 15ºC
  29. 29.  Taxa respiratória de frutos climatéricos e não climatéricos a 20ºC (ml CO2.kg-1.h-1)
  30. 30.  DIFERENÇAS ENTRE FRUTOS CLIMATÉRICOS E NÃO CLIMATÉRICOS
  31. 31.   Resultante do aumento da demanda energética?  Energia gerada pelo metabolismo basal é suficiente para as transformações bioquímicas do amadurecimento  Resultado da mudança na organização celular?  Climatério é uma resposta homeostática da mitocôndria para compensar os efeitos degradantes da senescência.  Reação ao estresse da colheita?  O aumento do etileno também é resposta a esse estresse  Quais são os fatores que nele interferem? Climatério
  32. 32.   Tipos de Danos:  Fisiológicas: respiração, transpiração, amadurecimento, senescência, estresse.  Físicas :amassamento, corte, perfuração, raspagem, batida.  Fitopatológicas: doenças (ocorre em virtude de uma lesão) e pragas Perdas em pós-colheita
  33. 33.  Padrão de Respiração
  34. 34.   Diversos aspectos são utilizados para a identificação do ponto ideal de colheita dos frutos  O ponto de colheita varia de acordo com objetivo da produção  A escolha adequada do momento para a sua realização afeta a qualidade e a longevidade dos frutos. Índices de colheita
  35. 35.
  36. 36.   Aparência:tamanho, forma, cor, defeitos.  Textura:firmeza, suculência, fragilidade.  Flavor:doçura, acidez, adstringência, amargor, aroma.  Nutritivo: carboidratos, proteínas, lipídeos, vitaminas, minerais, água.  Segurança:resíduos, micotoxinas, microorganimos Atributos de qualidade
  37. 37.   O armazenamento em baixas temperaturas tem sido considerado como o método mais eficiente para manter a qualidade da maioria das frutas e verduras, devido aos seus efeitos na redução da respiração, na transpiração e na produção de etileno.  O armazenamento refrigerado também diminui a velocidade do amadurecimento, atrasando o início da senescência e o desenvolvimento de podridões. Armazenagem
  38. 38.

×