Educação ambiental

315 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
315
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
3
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Educação ambiental

  1. 1. Docente: Aldemir Dantas Discentes: Adler Vasconcelos Gislaine Medeiros Laura Nataly Márcia Gomes Marco Felipo Wanessa Mabelly
  2. 2. Uso do solo: Ocupação urbana e industrial. Áreas de Mata Atlântica e Mangue. Policultura. Uso da água: Abastecimento público. Recepção de efluentes domésticos. Recepção de efluentes industrial. Atividades industriais na bacia: Produtos alimentares, química, produtos farmacêuticos/veterinários, bebidas, papel/papelão, metalúrgica e perfumes/sabões/velas.
  3. 3.      - Degradação intensa do Rio Beberibe; - Ocupação das margens do rio ; - Difícil tráfego de veículos e pedestres; - Comércio de ambulante intenso que invade; área reservada a pedestres, fazendo com que; pedestres e veículos disputem o mesmo espaço; - Poluição do rio ocasionado pelo comércio local e ambulante onde todo dejeto é jogado no rio.
  4. 4. ALUNOS:       ANDRÉ LUÍZ FAUSTINO DA SILVA EDSON ALVES P. JÚNIOR FERNANDO FÉLIX DA SILVA LEÔNIDAS JOSÉ DE A. FILHO LUÍZ GOMES P. FILHO ROBERTO ORTEGA DE MEDEIROS
  5. 5. FATORES POSITIVOS OBSERVADOS: INTERCÂMBIO ENTRE O PARQUE E OUTROS LOCAIS DE PRESERVAÇÃO AMBIENTAL (QUARENTENA).  A IMINÊNCIA DAS OBRAS DE REESTRUTURAÇÃO DO PARQUE PREVISTAS PARA 2014,CONFORME DITO PELA BIÓLOGA BÁRBARA MORAIS. 
  6. 6. FATORES POSITIVOS OBSERVADOS: CENTRO VASCONCELOS SOBRINHO DE EDUCAÇÃO AMBIENTAL. VISITAÇÃO POR PARTE DE ESCOLAS DE PERMANBUCO,PROPORCIONAN DO CONHECIMENTO E CONSCIENTIZAÇÃO AMBIENTAL DA FAUNA E DA FLORA
  7. 7. Universidade Federal de Pernambuco Centro de Filosofia e Ciências Humanas Departamento de Ciências Geográficas Curso Bacharelado em Geografia Alunos: Alysson Santo Tiago Julio Maurilio Borges Tyrrel Jordan Recife-PE 2011 Geografia bacharelado 6º Período
  8. 8. objetivos • Contribuir para diminuição dos acidentes causados por ataques de escorpião relacionados ao acumulo de entulho no bairro de cidade Tabajara em olinda-PE. • Promover a conscientização dos moradores do bairro de cidade Tabajara sobre o problema de saúde publica no bairro, no caso os incidentes com esses animais.
  9. 9. Indicadores de Avaliação das Ações • O número de aparecimento e acidentes deverá reduzir consideravelmente; • Chances de aparecerem complicações também reduzirá; • Família se tornaram mais protegidas; • Mais fácil exterminar os escorpiões; • A comunidade conhecerá melhor sobre os fatores de risco, a alta capacidade de adaptação dos escorpiões e o perigo de seu veneno;
  10. 10. Universidade Federal de Pernambuco Centro de Filosofia e Ciências Humanas Departamento de Ciências Geográficas Curso de Bacharelado em Geografia Ação de Educação Ambiental INCLUSÃO DO GERENCIAMENTO DE RESÍDUOS SÓLIDOS NO ENSINOAPRENDIZAGEM DE UMA ESCOLA: EM PROL DA SUSTENTABILIDADE AMBIENTAL Grupo: Renata Melo Pabllo Valle Helvio Ferreira Alexandre
  11. 11. Objetivos GERAL Investigar, refletir e propor ações de trabalho junto a estudantes de ensino fundamental considerando diferentes aspectos que envolvem a temática RSD. ESPECÍFICOS Promover a internalizarão do conceito dos 5Rs (Repensar, Recusar, Reduzir, Reutilizar e Reciclar) • Tornar os alunos e funcionários em geral da escola agentes multiplicadores da Educação
  12. 12. Ação
  13. 13. Adiel Marques Sidney de Andrade
  14. 14. • Escassez de uma infra-estrutura; • Disparidades sociais. Criação do Mercado Público de Nova Descoberta: Ocupação não planejadas pelo poder público: • Crescimento demográfico; • Administração, fiscalização e gerenciamento pela CSURB.
  15. 15.  Cerca de 85,7% não participam dos mutirões realizados pela CSURB;  65,7% nem se quer conhecem o órgão;  48,6% admitem jogar o lixo em locais impróprios. Dados extraídos de questionários aplicados pela equipe.
  16. 16. Levantamento bibliográfico e cartográfico; Visitas regulares ao Pólo Comercial em Nova Descoberta; Aplicação de questionários; Levantamentos de dados acerca de população e doenças.
  17. 17.      19 e 20 de Abril: Apresentações dos capítulos do livro Primavera Silenciosa 20 de Abril: Entrega do pré-projeto de ação ambiental 20 de Abril: Breve discursão sobre a Agenda 21 03 e 04 de Maio: Apresentação da agenda 21 dos municípios 17 e 18 de Maio: Apresentação dos capítulos do livro Nosso Futuro Comum
  18. 18.    31 de Maio: Limites do Crescimento 01 de Junho até o dia da excursão: Discursões de textos sobre educação ambiental 05 e 06 de Julho: Entrega de relatório final e apresentação das ações de educação ambiental.
  19. 19.       Agenda 21 do Brasil abordagem dos tópicos: Grupo 8 (Mônica) Agenda 21 de Pernambuco: Cap. 2.1 e 3.1 – Cidades Sustentáveis: Grupo 1 (Daniele) Cap. 2.2 e 3.2 – Infra Estrutura: Grupo 2 (Isac) Cap. 2.3 e 3.3 – Redução das Desigualdades Sociais: Grupo 3 (Luciana) Cap. 2.4 e 3.6 – Economia Sustentável: Grupo 4 (Anelise)
  20. 20.     Cap. 2.5 e 3.4 – Gestão de Recursos Naturais: Grupo 5 (Amanda) Cap. 2.6 e 3.5 – Combate à Desertificação e Convivência com a Seca: Grupo 6 (Deleon) Cap. 4 – Governança, Controle Social e Sustentabilidade: Grupo 7 (Suelder) Cap. 5 – Meios de Implementação da Agenda 21: Grupo 9 (Ivan)
  21. 21.      Introdução Objetivos Materiais e Métodos (Metodologia) Resultados Esperados – à curto, médio e longo prazo. Referências
  22. 22.    JACOBI, P. Meio ambiente urbano e sustentabilidade: alguns elementos para reflexão. In: CAVALCANTI, C. (org.) Meio ambiente, desenvolvimento sustentável e politicas públicas. São Paulo: Cortez, 1997. SIRVINSKAS, L. P. Política nacional do meio ambiente (Lei n° 6.938, de 31 de agosto de 1981). In: MORAES, R. J.; AZEVÊDO, M. G. de L.; DELMANTO, F. M. de A. (coords). As leis federais mais importantes de proteção ao meio ambiente comentadas. Rio de Janeiro: Renovar, 2005. SORRENTINO, M. De Tbilisi a Tessaloniki, a educação ambiental no Brasil. In: JACOBI, P. et al. (orgs.). Educação, meio ambiente e cidadania: reflexões e experiências. São Paulo: SMA, 1998.

×