SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 19
Baixar para ler offline
Os resíduos urbanos e industriais, sem o devido tratamento,
prejudicam e contaminam gravemente o ambiente, o que contribui,
entre outras causas, para o aumento do aquecimento global do
planeta.

A Política dos 3 R’s tem como principal objectivo sensibilizar as
pessoas para uma correcta gestão dos resíduos urbanos e
industriais:
REDUZIR:
A diminuição da quantidade de lixo é o passo primordial para
resolver o problema da sua acumulação e melhorar a sua gestão.

Como?

 Aqui ficam alguns exemplos:


• Comprar apenas o necessário, para não haver
  desperdícios.

• Imprimir ou copiar apenas as quantidades
  necessárias.

• Procurar comprar produtos cuja embalagem
  seja reciclável.
REDUZIR:
•Preferir embalagens de vidro às de plástico
  (o vidro é mais facilmente reciclável).

• Sempre que possível optar por produtos sem embalagem.

• Utilizar papéis de menor gramagem, utilizando sempre as duas
  faces da folha de papel.

• Separar materiais para reciclar.



• Reutilizar sempre que possível.
É também de extrema importância a redução dos consumos
de água e energia eléctrica:
• Não deixar a torneira aberta ao escovar os dentes ou fazer a
  barba.

• Não deixar as torneiras a pingar (uma torneira a
  pingar gasta cerca de 200 litros por dia).

• Não lavar carros à mangueira. Se o fizer com um balde e uma
  esponja gasta apenas cerca de 60 litros, enquanto que com a
  mangueira pode gastar 10 vezes mais (600 litros).

• Não usar a mangueira para "varrer" os passeios.

• Utilizar as máquinas de lavar roupa e loiça apenas quando
  estiverem cheias.
• Utilizar conscientemente o autoclismo. Cada descarga do
  autoclismo gasta, em média, 40 litros de água.

• Não tomar banhos prolongados (5 minutos com um chuveiro
  aberto consomem cerca de 60 litros de água).


• Não deixar as luzes acesas
  desnecessariamente.


• Não abrir o frigorífico sem necessidade,
  nem deixar a porta aberta.


• Não ligar o ferro para passar pouca roupa.
REUTILIZAR:
Outra forma de produzir menos resíduos é reutilizar tudo aquilo
que possa ser útil para alguma coisa:

• Usar o verso de folhas impressas para rascunho.

• Imprimir frente e verso do papel.

• Usar os restos de frutas e legumes para fazer adubo
  (compostagem).

•Destinar algumas embalagens para outros fins que não o lixo (por
exemplo, frascos de maionese ou outros semelhantes para guardar
alimentos; caixas de sapatos para arquivos; latas para porta-
lápis...).
Vejamos alguns exemplos de reutilização criativa:

     PLÁSTICO




      Sandálias feitas com            Candeeiro feito com
       sacos de plástico.             garrafas de plástico.
Galinha feita com    Composição gráfica feita
sacos de plástico.   com tampas de garrafas.
Peixe feito com garrafa de plástico.
                                       Carteira feita com fundos de
                                           garrafas de plástico.
PAPEL




  Mala de senhora feita com   Vestido feito com papel
       papel de jornal.       de uma lista telefónica.
Bijutaria feita com papel de revistas.
METAL
Flores e veículos
motorizados feitos
com latas de alumínio.
VIDRO




   Candeeiro feito com   Copos feitos com garrafas
    garrafas de vidro.      de vidro invertidas.
RECICLAR:
Separar papéis, vidros, latas e plásticos para serem reciclados é
muito importante. Assim contribui-se para a diminuição do lixo
acumulado e ajudamos a obter matéria prima sem que seja
necessário extrai-la do meio ambiente.

Sabes quanto tempo a Natureza demora a absorver os
detritos?




Jornais - de 2 a 6 semanas        Guardanapos de papel - 3 meses
Frutas - 3 meses          Pastilhas elásticas - 5 anos




Pontas de cigarro - 2 anos       Fósforos - 2 anos
Nylon - 30 a 40 anos          Sacos e copos de plástico - 200 a 450 anos




Latas de alumínio - 100 a 500 anos    Tampas de garrafas - 100 a 500 anos
Pilhas - 100 a 500 anos




Garrafas e frascos de vidro ou
plástico - tempo indeterminado
Informações retiradas de:

http://lisboalimpa.cm-lisboa.pt/index.php?id=580

  http://ecopagina.home.sapo.pt/amb_3r.html


   Imagens retiradas de várias pesquisas em:

            http://images.google.pt




            LUIS RUIVO 2010

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Separação resíduos e reciclagem
Separação resíduos e reciclagemSeparação resíduos e reciclagem
Separação resíduos e reciclagemZb Campanha
 
TRABALHO COMPLETO SOBRE O LIXO
TRABALHO COMPLETO SOBRE O LIXO TRABALHO COMPLETO SOBRE O LIXO
TRABALHO COMPLETO SOBRE O LIXO Ricardo Arend
 
coleta seletiva e reciclagem
coleta seletiva e reciclagemcoleta seletiva e reciclagem
coleta seletiva e reciclagemTÂnio Alencar
 
Coleta Seletiva de Resíduos Sólidos
Coleta Seletiva de Resíduos SólidosColeta Seletiva de Resíduos Sólidos
Coleta Seletiva de Resíduos SólidosMaster Ambiental
 
Apresentação Sobre Lixo e Reciclagem
Apresentação Sobre Lixo e ReciclagemApresentação Sobre Lixo e Reciclagem
Apresentação Sobre Lixo e ReciclagemClaudia Costa
 
Trabalho de Grupo sobre a Reciclagem
Trabalho de Grupo sobre a ReciclagemTrabalho de Grupo sobre a Reciclagem
Trabalho de Grupo sobre a Reciclagemceliamagalhaes
 
Coleta seletiva conscientização
Coleta seletiva conscientizaçãoColeta seletiva conscientização
Coleta seletiva conscientizaçãoAne Pimentel
 
Lixo: consequências e solucões
Lixo: consequências e solucõesLixo: consequências e solucões
Lixo: consequências e solucõesCleber Reis
 
Politica Dos 3 Rs
Politica Dos 3 RsPolitica Dos 3 Rs
Politica Dos 3 Rscarlaefans
 
Preservação do Meio Ambiente
Preservação do Meio AmbientePreservação do Meio Ambiente
Preservação do Meio AmbientePedro
 
Resíduos - um mal necessário.O que fazer?
Resíduos - um mal necessário.O que fazer?Resíduos - um mal necessário.O que fazer?
Resíduos - um mal necessário.O que fazer?Helena Marques
 

Mais procurados (20)

Separação resíduos e reciclagem
Separação resíduos e reciclagemSeparação resíduos e reciclagem
Separação resíduos e reciclagem
 
TRABALHO COMPLETO SOBRE O LIXO
TRABALHO COMPLETO SOBRE O LIXO TRABALHO COMPLETO SOBRE O LIXO
TRABALHO COMPLETO SOBRE O LIXO
 
Apresentação projeto 3 rs
Apresentação projeto 3 rsApresentação projeto 3 rs
Apresentação projeto 3 rs
 
Slides - Reciclagem
Slides - ReciclagemSlides - Reciclagem
Slides - Reciclagem
 
coleta seletiva e reciclagem
coleta seletiva e reciclagemcoleta seletiva e reciclagem
coleta seletiva e reciclagem
 
Reciclagem
ReciclagemReciclagem
Reciclagem
 
Coleta Seletiva de Resíduos Sólidos
Coleta Seletiva de Resíduos SólidosColeta Seletiva de Resíduos Sólidos
Coleta Seletiva de Resíduos Sólidos
 
Apresentação Sobre Lixo e Reciclagem
Apresentação Sobre Lixo e ReciclagemApresentação Sobre Lixo e Reciclagem
Apresentação Sobre Lixo e Reciclagem
 
Trabalho de Grupo sobre a Reciclagem
Trabalho de Grupo sobre a ReciclagemTrabalho de Grupo sobre a Reciclagem
Trabalho de Grupo sobre a Reciclagem
 
Tipos de Lixo
Tipos de LixoTipos de Lixo
Tipos de Lixo
 
Coleta seletiva conscientização
Coleta seletiva conscientizaçãoColeta seletiva conscientização
Coleta seletiva conscientização
 
Ppoint.Reciclagem
Ppoint.ReciclagemPpoint.Reciclagem
Ppoint.Reciclagem
 
aula sobre os 5 Rs da sustentabilidade.pptx
aula sobre os 5 Rs da sustentabilidade.pptxaula sobre os 5 Rs da sustentabilidade.pptx
aula sobre os 5 Rs da sustentabilidade.pptx
 
Resíduos
ResíduosResíduos
Resíduos
 
Reciclagem
ReciclagemReciclagem
Reciclagem
 
Lixo: consequências e solucões
Lixo: consequências e solucõesLixo: consequências e solucões
Lixo: consequências e solucões
 
Politica Dos 3 Rs
Politica Dos 3 RsPolitica Dos 3 Rs
Politica Dos 3 Rs
 
Preservação do Meio Ambiente
Preservação do Meio AmbientePreservação do Meio Ambiente
Preservação do Meio Ambiente
 
Resíduos - um mal necessário.O que fazer?
Resíduos - um mal necessário.O que fazer?Resíduos - um mal necessário.O que fazer?
Resíduos - um mal necessário.O que fazer?
 
Reciclagem
ReciclagemReciclagem
Reciclagem
 

Semelhante a Reduzir resíduos com os 3 R's

slide sobre os 3R.pdf
slide sobre os 3R.pdfslide sobre os 3R.pdf
slide sobre os 3R.pdfMarcioGleyber
 
Politica dos 4R's
Politica dos 4R'sPolitica dos 4R's
Politica dos 4R'sguestb6e50c
 
Os 4 r´s completo
Os 4 r´s completoOs 4 r´s completo
Os 4 r´s completozeopas
 
SensibilizaçãO Reciclagem
SensibilizaçãO ReciclagemSensibilizaçãO Reciclagem
SensibilizaçãO Reciclagempedro
 
Palestra Coleta seletiva.ppt
Palestra Coleta seletiva.pptPalestra Coleta seletiva.ppt
Palestra Coleta seletiva.pptcarlossilva333486
 
Palestra Socioeducativa Sobre Lixo Domiciliar
Palestra Socioeducativa Sobre Lixo DomiciliarPalestra Socioeducativa Sobre Lixo Domiciliar
Palestra Socioeducativa Sobre Lixo DomiciliarNathália Vasconcelos
 
Projeto Final Camila
Projeto Final CamilaProjeto Final Camila
Projeto Final Camilamilla028
 
O que é a regra dos 3 rs
O que é a regra dos 3 rsO que é a regra dos 3 rs
O que é a regra dos 3 rsGAVOLUNTARIA
 
O que é a regra dos 3 rs
O que é a regra dos 3 rsO que é a regra dos 3 rs
O que é a regra dos 3 rsGAVOLUNTARIA
 
A Reciclagem
A Reciclagem   A Reciclagem
A Reciclagem cagasslb
 
Reciclar é Viver
Reciclar é ViverReciclar é Viver
Reciclar é Viverbabu123
 
Fcopiaareaprojectotrabalhosdo8ano8a8a1pjorgeeguilhaumee a-areciclagem-0905220...
Fcopiaareaprojectotrabalhosdo8ano8a8a1pjorgeeguilhaumee a-areciclagem-0905220...Fcopiaareaprojectotrabalhosdo8ano8a8a1pjorgeeguilhaumee a-areciclagem-0905220...
Fcopiaareaprojectotrabalhosdo8ano8a8a1pjorgeeguilhaumee a-areciclagem-0905220...Andréa Iria
 
Planeamento da sessão vamos lá separar
Planeamento da sessão   vamos lá separarPlaneamento da sessão   vamos lá separar
Planeamento da sessão vamos lá separarjoanai
 

Semelhante a Reduzir resíduos com os 3 R's (20)

slide sobre os 3R.pdf
slide sobre os 3R.pdfslide sobre os 3R.pdf
slide sobre os 3R.pdf
 
Reciclagem
ReciclagemReciclagem
Reciclagem
 
Politica dos 4R's
Politica dos 4R'sPolitica dos 4R's
Politica dos 4R's
 
Reciclagem
ReciclagemReciclagem
Reciclagem
 
Os 4 r´s completo
Os 4 r´s completoOs 4 r´s completo
Os 4 r´s completo
 
SensibilizaçãO Reciclagem
SensibilizaçãO ReciclagemSensibilizaçãO Reciclagem
SensibilizaçãO Reciclagem
 
Palestra Coleta seletiva.ppt
Palestra Coleta seletiva.pptPalestra Coleta seletiva.ppt
Palestra Coleta seletiva.ppt
 
LatõEs De Coleta Seletiva 3 B Nathane
LatõEs De Coleta Seletiva 3 B NathaneLatõEs De Coleta Seletiva 3 B Nathane
LatõEs De Coleta Seletiva 3 B Nathane
 
Palestra Socioeducativa Sobre Lixo Domiciliar
Palestra Socioeducativa Sobre Lixo DomiciliarPalestra Socioeducativa Sobre Lixo Domiciliar
Palestra Socioeducativa Sobre Lixo Domiciliar
 
Projeto Final Camila
Projeto Final CamilaProjeto Final Camila
Projeto Final Camila
 
O que é a regra dos 3 rs
O que é a regra dos 3 rsO que é a regra dos 3 rs
O que é a regra dos 3 rs
 
O que é a regra dos 3 rs
O que é a regra dos 3 rsO que é a regra dos 3 rs
O que é a regra dos 3 rs
 
Coleta seletiva
Coleta seletivaColeta seletiva
Coleta seletiva
 
A Reciclagem
A Reciclagem   A Reciclagem
A Reciclagem
 
Como e porquê separar o lixo
Como e porquê separar o lixoComo e porquê separar o lixo
Como e porquê separar o lixo
 
Reciclar é Viver
Reciclar é ViverReciclar é Viver
Reciclar é Viver
 
Reciclar é Viver
Reciclar é ViverReciclar é Viver
Reciclar é Viver
 
Semana do Meio Ambiente
Semana do Meio AmbienteSemana do Meio Ambiente
Semana do Meio Ambiente
 
Fcopiaareaprojectotrabalhosdo8ano8a8a1pjorgeeguilhaumee a-areciclagem-0905220...
Fcopiaareaprojectotrabalhosdo8ano8a8a1pjorgeeguilhaumee a-areciclagem-0905220...Fcopiaareaprojectotrabalhosdo8ano8a8a1pjorgeeguilhaumee a-areciclagem-0905220...
Fcopiaareaprojectotrabalhosdo8ano8a8a1pjorgeeguilhaumee a-areciclagem-0905220...
 
Planeamento da sessão vamos lá separar
Planeamento da sessão   vamos lá separarPlaneamento da sessão   vamos lá separar
Planeamento da sessão vamos lá separar
 

Mais de Cristiana Gomes (20)

Tipos de Movimento
Tipos de MovimentoTipos de Movimento
Tipos de Movimento
 
Esforços nas Estruturas p6
Esforços nas Estruturas p6Esforços nas Estruturas p6
Esforços nas Estruturas p6
 
Tipos de Estruturas p6
Tipos de Estruturas p6Tipos de Estruturas p6
Tipos de Estruturas p6
 
O Papel
O PapelO Papel
O Papel
 
Objeto Técnico - 5º/6º
Objeto Técnico - 5º/6ºObjeto Técnico - 5º/6º
Objeto Técnico - 5º/6º
 
A Embalagem
A EmbalagemA Embalagem
A Embalagem
 
Ev Teoria da Gestalt p6
Ev Teoria da Gestalt p6Ev Teoria da Gestalt p6
Ev Teoria da Gestalt p6
 
Como pesquisar na internet
Como pesquisar na internetComo pesquisar na internet
Como pesquisar na internet
 
Como criar um_blogue
Como criar um_blogueComo criar um_blogue
Como criar um_blogue
 
Electricidade
ElectricidadeElectricidade
Electricidade
 
Trabalho de Pesquisa
Trabalho de PesquisaTrabalho de Pesquisa
Trabalho de Pesquisa
 
A cor
A cor  A cor
A cor
 
Banda Desenhada
Banda Desenhada Banda Desenhada
Banda Desenhada
 
Teatro de Animação
Teatro de AnimaçãoTeatro de Animação
Teatro de Animação
 
Ponto e linha
Ponto e linhaPonto e linha
Ponto e linha
 
Movimentos Artísticos
Movimentos ArtísticosMovimentos Artísticos
Movimentos Artísticos
 
Módulo e padrão
Módulo e padrãoMódulo e padrão
Módulo e padrão
 
Método de resolução de problemas
Método de resolução de problemasMétodo de resolução de problemas
Método de resolução de problemas
 
Geometria, sólidos geométricos
Geometria, sólidos geométricosGeometria, sólidos geométricos
Geometria, sólidos geométricos
 
Geometria ponto e linha
Geometria ponto e linhaGeometria ponto e linha
Geometria ponto e linha
 

Último

VACINAR E DOAR, É SÓ COMEÇAR - - 1º BIMESTRE
VACINAR E DOAR, É SÓ COMEÇAR - - 1º BIMESTREVACINAR E DOAR, É SÓ COMEÇAR - - 1º BIMESTRE
VACINAR E DOAR, É SÓ COMEÇAR - - 1º BIMESTREIVONETETAVARESRAMOS
 
Prova de Empreendedorismo com gabarito.pptx
Prova de Empreendedorismo com gabarito.pptxProva de Empreendedorismo com gabarito.pptx
Prova de Empreendedorismo com gabarito.pptxJosAurelioGoesChaves
 
Projeto leitura HTPC abril - FORMAÇÃP SOBRE O PROJETO
Projeto leitura HTPC abril - FORMAÇÃP SOBRE O PROJETOProjeto leitura HTPC abril - FORMAÇÃP SOBRE O PROJETO
Projeto leitura HTPC abril - FORMAÇÃP SOBRE O PROJETODouglasVasconcelosMa
 
v19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbb
v19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbv19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbb
v19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbyasminlarissa371
 
Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...
Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...
Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...LuizHenriquedeAlmeid6
 
Free-Netflix-PowerPoint-Template-pptheme-1.pptx
Free-Netflix-PowerPoint-Template-pptheme-1.pptxFree-Netflix-PowerPoint-Template-pptheme-1.pptx
Free-Netflix-PowerPoint-Template-pptheme-1.pptxkarinasantiago54
 
As variações do uso da palavra "como" no texto
As variações do uso da palavra "como" no  textoAs variações do uso da palavra "como" no  texto
As variações do uso da palavra "como" no textoMariaPauladeSouzaTur
 
EVANGELISMO É MISSÕES ATUALIZADO 2024.pptx
EVANGELISMO É MISSÕES ATUALIZADO 2024.pptxEVANGELISMO É MISSÕES ATUALIZADO 2024.pptx
EVANGELISMO É MISSÕES ATUALIZADO 2024.pptxHenriqueLuciano2
 
Sistema de Bibliotecas UCS - A descoberta da terra
Sistema de Bibliotecas UCS  - A descoberta da terraSistema de Bibliotecas UCS  - A descoberta da terra
Sistema de Bibliotecas UCS - A descoberta da terraBiblioteca UCS
 
Linguagem verbal , não verbal e mista.pdf
Linguagem verbal , não verbal e mista.pdfLinguagem verbal , não verbal e mista.pdf
Linguagem verbal , não verbal e mista.pdfLaseVasconcelos1
 
AULA-06---DIZIMA-PERIODICA_9fdc896dbd1d4cce85a9fbd2e670e62f.pptx
AULA-06---DIZIMA-PERIODICA_9fdc896dbd1d4cce85a9fbd2e670e62f.pptxAULA-06---DIZIMA-PERIODICA_9fdc896dbd1d4cce85a9fbd2e670e62f.pptx
AULA-06---DIZIMA-PERIODICA_9fdc896dbd1d4cce85a9fbd2e670e62f.pptxGislaineDuresCruz
 
atividades diversas 1° ano alfabetização
atividades diversas 1° ano alfabetizaçãoatividades diversas 1° ano alfabetização
atividades diversas 1° ano alfabetizaçãodanielagracia9
 
Baladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptx
Baladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptxBaladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptx
Baladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptxacaciocarmo1
 
DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...
DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...
DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...Martin M Flynn
 
Slides Lição 01, Central Gospel, Os Sinais do Fim dos Tempos 2Tr24.pptx
Slides Lição 01, Central Gospel, Os Sinais do Fim dos Tempos 2Tr24.pptxSlides Lição 01, Central Gospel, Os Sinais do Fim dos Tempos 2Tr24.pptx
Slides Lição 01, Central Gospel, Os Sinais do Fim dos Tempos 2Tr24.pptxLuizHenriquedeAlmeid6
 
organizaao-do-clube-de-lideres-ctd-aamar_compress.pdf
organizaao-do-clube-de-lideres-ctd-aamar_compress.pdforganizaao-do-clube-de-lideres-ctd-aamar_compress.pdf
organizaao-do-clube-de-lideres-ctd-aamar_compress.pdfCarlosRodrigues832670
 
Apreciação crítica -exercícios de escrita
Apreciação crítica -exercícios de escritaApreciação crítica -exercícios de escrita
Apreciação crítica -exercícios de escritaeliana862656
 
O Espetaculo das Racas - Cienti - Lilia Moritz Schwarcz capítulo 2.pdf
O Espetaculo das Racas - Cienti - Lilia Moritz Schwarcz capítulo 2.pdfO Espetaculo das Racas - Cienti - Lilia Moritz Schwarcz capítulo 2.pdf
O Espetaculo das Racas - Cienti - Lilia Moritz Schwarcz capítulo 2.pdfQueleLiberato
 

Último (20)

VACINAR E DOAR, É SÓ COMEÇAR - - 1º BIMESTRE
VACINAR E DOAR, É SÓ COMEÇAR - - 1º BIMESTREVACINAR E DOAR, É SÓ COMEÇAR - - 1º BIMESTRE
VACINAR E DOAR, É SÓ COMEÇAR - - 1º BIMESTRE
 
Prova de Empreendedorismo com gabarito.pptx
Prova de Empreendedorismo com gabarito.pptxProva de Empreendedorismo com gabarito.pptx
Prova de Empreendedorismo com gabarito.pptx
 
Projeto leitura HTPC abril - FORMAÇÃP SOBRE O PROJETO
Projeto leitura HTPC abril - FORMAÇÃP SOBRE O PROJETOProjeto leitura HTPC abril - FORMAÇÃP SOBRE O PROJETO
Projeto leitura HTPC abril - FORMAÇÃP SOBRE O PROJETO
 
v19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbb
v19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbv19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbb
v19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbb
 
Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...
Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...
Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...
 
Free-Netflix-PowerPoint-Template-pptheme-1.pptx
Free-Netflix-PowerPoint-Template-pptheme-1.pptxFree-Netflix-PowerPoint-Template-pptheme-1.pptx
Free-Netflix-PowerPoint-Template-pptheme-1.pptx
 
As variações do uso da palavra "como" no texto
As variações do uso da palavra "como" no  textoAs variações do uso da palavra "como" no  texto
As variações do uso da palavra "como" no texto
 
EVANGELISMO É MISSÕES ATUALIZADO 2024.pptx
EVANGELISMO É MISSÕES ATUALIZADO 2024.pptxEVANGELISMO É MISSÕES ATUALIZADO 2024.pptx
EVANGELISMO É MISSÕES ATUALIZADO 2024.pptx
 
Sistema de Bibliotecas UCS - A descoberta da terra
Sistema de Bibliotecas UCS  - A descoberta da terraSistema de Bibliotecas UCS  - A descoberta da terra
Sistema de Bibliotecas UCS - A descoberta da terra
 
Linguagem verbal , não verbal e mista.pdf
Linguagem verbal , não verbal e mista.pdfLinguagem verbal , não verbal e mista.pdf
Linguagem verbal , não verbal e mista.pdf
 
AULA-06---DIZIMA-PERIODICA_9fdc896dbd1d4cce85a9fbd2e670e62f.pptx
AULA-06---DIZIMA-PERIODICA_9fdc896dbd1d4cce85a9fbd2e670e62f.pptxAULA-06---DIZIMA-PERIODICA_9fdc896dbd1d4cce85a9fbd2e670e62f.pptx
AULA-06---DIZIMA-PERIODICA_9fdc896dbd1d4cce85a9fbd2e670e62f.pptx
 
atividades diversas 1° ano alfabetização
atividades diversas 1° ano alfabetizaçãoatividades diversas 1° ano alfabetização
atividades diversas 1° ano alfabetização
 
Baladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptx
Baladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptxBaladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptx
Baladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptx
 
DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...
DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...
DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...
 
Slides Lição 01, Central Gospel, Os Sinais do Fim dos Tempos 2Tr24.pptx
Slides Lição 01, Central Gospel, Os Sinais do Fim dos Tempos 2Tr24.pptxSlides Lição 01, Central Gospel, Os Sinais do Fim dos Tempos 2Tr24.pptx
Slides Lição 01, Central Gospel, Os Sinais do Fim dos Tempos 2Tr24.pptx
 
Os Ratos - Dyonelio Machado FUVEST 2025
Os Ratos  -  Dyonelio Machado  FUVEST 2025Os Ratos  -  Dyonelio Machado  FUVEST 2025
Os Ratos - Dyonelio Machado FUVEST 2025
 
“O AMANHÃ EXIGE O MELHOR DE HOJE” _
“O AMANHÃ EXIGE O MELHOR DE HOJE”       _“O AMANHÃ EXIGE O MELHOR DE HOJE”       _
“O AMANHÃ EXIGE O MELHOR DE HOJE” _
 
organizaao-do-clube-de-lideres-ctd-aamar_compress.pdf
organizaao-do-clube-de-lideres-ctd-aamar_compress.pdforganizaao-do-clube-de-lideres-ctd-aamar_compress.pdf
organizaao-do-clube-de-lideres-ctd-aamar_compress.pdf
 
Apreciação crítica -exercícios de escrita
Apreciação crítica -exercícios de escritaApreciação crítica -exercícios de escrita
Apreciação crítica -exercícios de escrita
 
O Espetaculo das Racas - Cienti - Lilia Moritz Schwarcz capítulo 2.pdf
O Espetaculo das Racas - Cienti - Lilia Moritz Schwarcz capítulo 2.pdfO Espetaculo das Racas - Cienti - Lilia Moritz Schwarcz capítulo 2.pdf
O Espetaculo das Racas - Cienti - Lilia Moritz Schwarcz capítulo 2.pdf
 

Reduzir resíduos com os 3 R's

  • 1.
  • 2. Os resíduos urbanos e industriais, sem o devido tratamento, prejudicam e contaminam gravemente o ambiente, o que contribui, entre outras causas, para o aumento do aquecimento global do planeta. A Política dos 3 R’s tem como principal objectivo sensibilizar as pessoas para uma correcta gestão dos resíduos urbanos e industriais:
  • 3. REDUZIR: A diminuição da quantidade de lixo é o passo primordial para resolver o problema da sua acumulação e melhorar a sua gestão. Como? Aqui ficam alguns exemplos: • Comprar apenas o necessário, para não haver desperdícios. • Imprimir ou copiar apenas as quantidades necessárias. • Procurar comprar produtos cuja embalagem seja reciclável.
  • 4. REDUZIR: •Preferir embalagens de vidro às de plástico (o vidro é mais facilmente reciclável). • Sempre que possível optar por produtos sem embalagem. • Utilizar papéis de menor gramagem, utilizando sempre as duas faces da folha de papel. • Separar materiais para reciclar. • Reutilizar sempre que possível.
  • 5. É também de extrema importância a redução dos consumos de água e energia eléctrica: • Não deixar a torneira aberta ao escovar os dentes ou fazer a barba. • Não deixar as torneiras a pingar (uma torneira a pingar gasta cerca de 200 litros por dia). • Não lavar carros à mangueira. Se o fizer com um balde e uma esponja gasta apenas cerca de 60 litros, enquanto que com a mangueira pode gastar 10 vezes mais (600 litros). • Não usar a mangueira para "varrer" os passeios. • Utilizar as máquinas de lavar roupa e loiça apenas quando estiverem cheias.
  • 6. • Utilizar conscientemente o autoclismo. Cada descarga do autoclismo gasta, em média, 40 litros de água. • Não tomar banhos prolongados (5 minutos com um chuveiro aberto consomem cerca de 60 litros de água). • Não deixar as luzes acesas desnecessariamente. • Não abrir o frigorífico sem necessidade, nem deixar a porta aberta. • Não ligar o ferro para passar pouca roupa.
  • 7. REUTILIZAR: Outra forma de produzir menos resíduos é reutilizar tudo aquilo que possa ser útil para alguma coisa: • Usar o verso de folhas impressas para rascunho. • Imprimir frente e verso do papel. • Usar os restos de frutas e legumes para fazer adubo (compostagem). •Destinar algumas embalagens para outros fins que não o lixo (por exemplo, frascos de maionese ou outros semelhantes para guardar alimentos; caixas de sapatos para arquivos; latas para porta- lápis...).
  • 8. Vejamos alguns exemplos de reutilização criativa: PLÁSTICO Sandálias feitas com Candeeiro feito com sacos de plástico. garrafas de plástico.
  • 9. Galinha feita com Composição gráfica feita sacos de plástico. com tampas de garrafas.
  • 10. Peixe feito com garrafa de plástico. Carteira feita com fundos de garrafas de plástico.
  • 11. PAPEL Mala de senhora feita com Vestido feito com papel papel de jornal. de uma lista telefónica.
  • 12. Bijutaria feita com papel de revistas.
  • 13. METAL Flores e veículos motorizados feitos com latas de alumínio.
  • 14. VIDRO Candeeiro feito com Copos feitos com garrafas garrafas de vidro. de vidro invertidas.
  • 15. RECICLAR: Separar papéis, vidros, latas e plásticos para serem reciclados é muito importante. Assim contribui-se para a diminuição do lixo acumulado e ajudamos a obter matéria prima sem que seja necessário extrai-la do meio ambiente. Sabes quanto tempo a Natureza demora a absorver os detritos? Jornais - de 2 a 6 semanas Guardanapos de papel - 3 meses
  • 16. Frutas - 3 meses Pastilhas elásticas - 5 anos Pontas de cigarro - 2 anos Fósforos - 2 anos
  • 17. Nylon - 30 a 40 anos Sacos e copos de plástico - 200 a 450 anos Latas de alumínio - 100 a 500 anos Tampas de garrafas - 100 a 500 anos
  • 18. Pilhas - 100 a 500 anos Garrafas e frascos de vidro ou plástico - tempo indeterminado
  • 19. Informações retiradas de: http://lisboalimpa.cm-lisboa.pt/index.php?id=580 http://ecopagina.home.sapo.pt/amb_3r.html Imagens retiradas de várias pesquisas em: http://images.google.pt LUIS RUIVO 2010