COORDENADORES DE PAIS

1.326 visualizações

Publicada em

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.326
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
320
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
14
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

COORDENADORES DE PAIS

  1. 1. Coordenadores de Pais 30.01.2014
  2. 2. Contexto Pará SEDUC - Pacto pela Educação do Pará - Por que vocês estão aqui
  3. 3. Parceiros e equipes Parceiros - Secretaria de Educação do Estado do Pará – SEDUC PA - Fundação Itaú Social - Centro Integrado de Estudos e Programas de Desenvolvimento Sustentável - CIEDS Equipes  SEDUC DEINF  Fundação Itaú Social Priscila Dias Leite (coordenadora)  CIEDS Roselene Souza (coordenadora executiva) Márcia Florêncio (supervisora) Coordenador local (a contratar) Contratação dos 10 Coordenadores de Pais
  4. 4. Contexto  Pesquisa Nacional sobre o Perfil dos Dirigentes Municipais da Educação no Brasil (2010): 3410 gestores Segundo maior problema enfrentado na gestão: ausência de pais e mães durante o processo escolar
  5. 5. Contexto  Pesquisa Equidade e Qualidade em Educação, da OCDE (2012), aponta que a articulação de estratégias de aproximação família-escola com outras políticas educacionais contribui para melhorar qualidade e promover equidade  Desafio comum para diversos países: como estimular o envolvimento dos pais na vida escolar dos filhos, sobretudo com famílias e comunidades com menor escolaridade e maior vulnerabilidade socioeconômica  Mudança de paradigma: estratégia deixa de ser vista como responsabilidade única do diretor para entrar na agenda de secretarias e ministérios
  6. 6. Coordenadores de Pais Estratégia de aproximação família-escola Ser um elo entre a escola, a família e a comunidade, desenvolvendo ações que propiciem e facilitem a entrada e o envolvimento das famílias no cotidiano escolar e auxiliem os pais de alunos a melhor acompanhar e apoiar o aprendizado dos filhos.
  7. 7. Histórico 2009 Pesquisa Reforma Educacional de Nova York 2012 2013 Coordenadores de Pais ES • 15 escolas • Programa Estado Presente Coordenadores de Pais GO 2009 / 2012 Piloto Leste 3 SP • • • 10 escolas EF II e EM Parceria com a Secretaria Estadual de Educação Orientadores Familiares - RJ • • 10 creches Programa Primeira Infância Completa • 10 escolas Expansão ES • 34 escolas Continuidade RJ 2014 Continuidade GO Continuidade ES Coordenadores de Pais RJ • 15 escolas EF Coordenadores de Pais PA • 10 escolas EF
  8. 8. Perfil Mulheres, com média de 35 anos de idade, moradoras do entorno da escola, tendo cursado no máximo o Ensino Médio. Várias delas já foram inspetoras ou merendeiras, ou tiveram/têm filhos nas escolas. • Escuta e observação • Boa comunicação • Facilidade para adaptar a linguagem com diferentes públicos: jovens, funcionários da escola, pais, líderes comunitários • Conhecimento da comunidade em que a escola está inserida • Iniciativa para criar redes na comunidade: entre familiares, organizações sociais, empresas • Capacidade de trabalhar em conjunto com outros parceiros (tirar dúvidas, encaminhar para outros profissionais, dividir responsabilidades) • Iniciativa para desenvolver diferentes tipos de atividades de integração entre pais, alunos e funcionários da escola
  9. 9. Competências • Amorosidade • Entusiasmo e comprometimento • Habilidade para construção de parcerias • Resiliência • Empreendedorismo e criatividade • Análise e solução de problemas • Comunicação oral e escrita • Organização
  10. 10. Relações Famílias Gestão Escolar Equipe Pedagógica Comunidade ALUNO Comunidade Escolar ONGs SEDUC Equipamentos sociais
  11. 11. Rotinas • Entrada e saída dos alunos Alunos • Reunião de pais • Atendimento aos pais • Acompanhamento durante intervalos • Mobilização de voluntários Pais • Visita domiciliar
  12. 12. Rotinas Equipe Gestora • Montagem da programação da semana • Organização de atividades e eventos • Participação na reunião de pais e mestres • Participação na reunião de professores Parceiros • Parcerias internas e externas
  13. 13. Atuação Atuação customizada: As funções assumidas pelo Coordenador de Pais são moldadas à realidade de cada escola, sempre com a aprovação do Diretor e acompanhamento do Coordenador Pedagógico. O papel de mediação entre escola e família está sempre presente, com o objetivo de auxiliar pais de alunos a melhor acompanhar e apoiar o aprendizado dos filhos.
  14. 14. Desafios • Trabalhar de maneira articulada com a equipe pedagógica • Contribuir para diminuir a evasão escolar e o absenteísmo (permanência) • Atuar com foco em seus objetivos, para não ocorrer desvio da função (planejamento) • Aumentar a participação dos pais nas reuniões e eventos da escola, para estarem mais próximos do aprendizado dos filhos • Tornar o ambiente da escola mais acolhedor e receptivo, para conquistar a adesão dos pais, concretizando o foco da escola na aprendizagem do aluno
  15. 15. Resultados de Processo São Paulo: • Redução de até 80% em absenteísmo de alunos • Participação de 90% de pais nas reuniões Espírito Santo: • • • • 61% de melhora nos problemas de comportamento 56% de melhora no desempenho 66% de redução das faltas 44% de retorno de alunos evadidos
  16. 16. Considerações finais: pesquisa e prática • Apoio às equipes escolares no desenvolvimento de diferentes canais e estratégias de comunicação • Repensar o espaço escolar/acolhimento • Ações formativas para pais: o “currículo de casa” • Agenda equilibrada: “não só ser chamado para notícias ruins”, “não só ser chamado para ajudar na festa junina” (grupos focais) • Estratégias diferenciadas para pais em situação mais vulnerável: visitas domiciliares, horários diferenciados, articulação com equipamentos públicos do entorno • Construção de parceria entre família e escola: exige planejamento, estratégias, formação
  17. 17. Fonte: qedu.org.br
  18. 18. Implantação do Programa Coordenadores de Pais no Pará
  19. 19. Processo seletivo e contratação Perfil desejado - Ser morador da comunidade em que está a escola - Ter mais de 22 anos - Ter filho na escola - Ter Ensino Médio completo - É diferencial ter uma participação ativa na escola Informações sobre a contratação - Regime CLT - Remuneração bruta mensal: R$ 900,00 - vale-transporte e vale-refeição Recrutamento - Diretor indica até 5 candidatos - Enviar, até 14/02, ficha de inscrição e currículo do candidato para o email coordenadordepais.pa@cieds.org.br (Assunto: Seleção)
  20. 20. Processo seletivo e contratação Seleção Equipe CIEDS - análise de fichas de inscrição e currículos: 17/02 a 07/03 - convocação para dinâmica de grupo e entrevistas: 10 a 14/03 - dinâmica de grupo e entrevistas: entre 17 e 21/03 - divulgação do resultado: 24/03 - trâmites de contratação: até 28/03 - início da atuação: abril
  21. 21. Formação, Acompanhamento e Avaliação Formação - Formação Inicial – 16h - Formações continuadas – 3 encontros de 16h - Possível formação intensiva em julho (férias escolares) Acompanhamento - Visitas periódicas do Coordenador Local à escola - Reuniões de acompanhamento e planejamento com Coordenador Local - Visitas técnicas: SEDUC, Fundação Itaú Social e CIEDS Avaliação - definição de indicadores de ‘marco zero’ - elaboração de matriz de avaliação - outras metodologias avaliativas (a definir)
  22. 22. Vocês topam?

×