AULA DE HISTÓRIA – 1º ANO – TÉCNICO EM HOSPEDAGEM                   Profª Maristela Winters SteilCapítulo 4 – Hebreus, Fen...
AULA DE HISTÓRIA – 1º ANO – TÉCNICO EM HOSPEDAGEM                   Profª Maristela Winters SteilO Oriente Médio AntigoEnt...
AULA DE HISTÓRIA – 1º ANO – TÉCNICO EM HOSPEDAGEM                   Profª Maristela Winters SteilIMPORTANTE: Por que o Fer...
AULA DE HISTÓRIA – 1º ANO – TÉCNICO EM HOSPEDAGEM                   Profª Maristela Winters SteilNo sul da Palestina surgi...
AULA DE HISTÓRIA – 1º ANO – TÉCNICO EM HOSPEDAGEM                   Profª Maristela Winters SteilA difusão do ferroDurante...
AULA DE HISTÓRIA – 1º ANO – TÉCNICO EM HOSPEDAGEM                   Profª Maristela Winters SteilEntre os séculos XII e X,...
AULA DE HISTÓRIA – 1º ANO – TÉCNICO EM HOSPEDAGEM                   Profª Maristela Winters SteilOs Hebreus são originário...
AULA DE HISTÓRIA – 1º ANO – TÉCNICO EM HOSPEDAGEM                  Profª Maristela Winters SteilAbraão deveria abandonar o...
AULA DE HISTÓRIA – 1º ANO – TÉCNICO EM HOSPEDAGEM              Profª Maristela Winters Steil
AULA DE HISTÓRIA – 1º ANO – TÉCNICO EM HOSPEDAGEM                   Profª Maristela Winters SteilAs três têm em comum:a) C...
AULA DE HISTÓRIA – 1º ANO – TÉCNICO EM HOSPEDAGEM                    Profª Maristela Winters SteilMURO DAS LAMENTAÇÕES:É o...
AULA DE HISTÓRIA – 1º ANO – TÉCNICO EM HOSPEDAGEM              Profª Maristela Winters Steil            MURO DAS LAMENTAÇÕES
AULA DE HISTÓRIA – 1º ANO – TÉCNICO EM HOSPEDAGEM                   Profª Maristela Winters Steil                         ...
AULA DE HISTÓRIA – 1º ANO – TÉCNICO EM HOSPEDAGEM              Profª Maristela Winters Steil
AULA DE HISTÓRIA – 1º ANO – TÉCNICO EM HOSPEDAGEM                   Profª Maristela Winters SteilO SANTO SEPLUCRO:O Santo ...
AULA DE HISTÓRIA – 1º ANO – TÉCNICO EM HOSPEDAGEM                  Profª Maristela Winters SteilO imperador decidiu então ...
AULA DE HISTÓRIA – 1º ANO – TÉCNICO EM HOSPEDAGEM               Profª Maristela Winters SteilSANTO SEPULCRO
AULA DE HISTÓRIA – 1º ANO – TÉCNICO EM HOSPEDAGEM              Profª Maristela Winters Steil               SANTO SEPULCRO
AULA DE HISTÓRIA – 1º ANO – TÉCNICO EM HOSPEDAGEM              Profª Maristela Winters Steil               SANTO SEPULCRO
AULA DE HISTÓRIA – 1º ANO – TÉCNICO EM HOSPEDAGEM                   Profª Maristela Winters SteilMONTE DO TEMPLOO local é ...
AULA DE HISTÓRIA – 1º ANO – TÉCNICO EM HOSPEDAGEM                   Profª Maristela Winters SteilA religião muçulmana tem ...
AULA DE HISTÓRIA – 1º ANO – TÉCNICO EM HOSPEDAGEM              Profª Maristela Winters Steil
AULA DE HISTÓRIA – 1º ANO – TÉCNICO EM HOSPEDAGEM              Profª Maristela Winters Steil
AULA DE HISTÓRIA – 1º ANO – TÉCNICO EM HOSPEDAGEM              Profª Maristela Winters Steil
AULA DE HISTÓRIA – 1º ANO – TÉCNICO EM HOSPEDAGEM                  Profª Maristela Winters SteilOs fenícios era semitas pe...
AULA DE HISTÓRIA – 1º ANO – TÉCNICO EM HOSPEDAGEM                  Profª Maristela Winters SteilA designação de fenícios f...
AULA DE HISTÓRIA – 1º ANO – TÉCNICO EM HOSPEDAGEM                       Profª Maristela Winters SteilAo contrário de outro...
AULA DE HISTÓRIA – 1º ANO – TÉCNICO EM HOSPEDAGEM                       Profª Maristela Winters SteilA Atividade comercia ...
AULA DE HISTÓRIA – 1º ANO – TÉCNICO EM HOSPEDAGEM                    Profª Maristela Winters SteilDe outro lado, os feníci...
AULA DE HISTÓRIA – 1º ANO – TÉCNICO EM HOSPEDAGEM                      Profª Maristela Winters SteilOs fenícios são um pov...
AULA DE HISTÓRIA – 1º ANO – TÉCNICO EM HOSPEDAGEM                  Profª Maristela Winters SteilA principal atividade econ...
AULA DE HISTÓRIA – 1º ANO – TÉCNICO EM HOSPEDAGEM                       Profª Maristela Winters SteilCada cidade-estado é ...
AULA DE HISTÓRIA – 1º ANO – TÉCNICO EM HOSPEDAGEM                      Profª Maristela Winters SteilA agricultura e a pecu...
AULA DE HISTÓRIA – 1º ANO – TÉCNICO EM HOSPEDAGEM                      Profª Maristela Winters SteilOs fenícios eram exími...
AULA DE HISTÓRIA – 1º ANO – TÉCNICO EM HOSPEDAGEM                      Profª Maristela Winters SteilOs fenícios assimilara...
AULA DE HISTÓRIA – 1º ANO – TÉCNICO EM HOSPEDAGEM              Profª Maristela Winters Steil
AULA DE HISTÓRIA – 1º ANO – TÉCNICO EM HOSPEDAGEM              Profª Maristela Winters Steil
AULA DE HISTÓRIA – 1º ANO – TÉCNICO EM HOSPEDAGEM              Profª Maristela Winters Steil
AULA DE HISTÓRIA – 1º ANO – TÉCNICO EM HOSPEDAGEM              Profª Maristela Winters Steil
AULA DE HISTÓRIA – 1º ANO – TÉCNICO EM HOSPEDAGEM              Profª Maristela Winters Steil
Aula de história – 1º ano – técnico
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Aula de história – 1º ano – técnico

1.816 visualizações

Publicada em

Publicada em: Educação
  • Seja o primeiro a comentar

Aula de história – 1º ano – técnico

  1. 1. AULA DE HISTÓRIA – 1º ANO – TÉCNICO EM HOSPEDAGEM Profª Maristela Winters SteilCapítulo 4 – Hebreus, Fenícios e PersasObjetivos:Entender as transformações ocasionadas pelaera do ferro.Entender a formação histórica de três povos:Hebreus Fenícios e Persas.
  2. 2. AULA DE HISTÓRIA – 1º ANO – TÉCNICO EM HOSPEDAGEM Profª Maristela Winters SteilO Oriente Médio AntigoEntre os séc. XII e X a.C. transformações técnicas,políticas e sociais pôs fim aos grandes impériosque disputavam o poder no Oriente Médio.Uma inovação técnica importante foi a introduçãoda metalurgia do ferro, que permitiu construirarmas bem mais potentes.
  3. 3. AULA DE HISTÓRIA – 1º ANO – TÉCNICO EM HOSPEDAGEM Profª Maristela Winters SteilIMPORTANTE: Por que o Ferro foi mais usado queo Bronze?Resposta: Porque o bronze é formado pela liga docobre com o estanho. O cobre é flexível demais epor isso era necessário adicionar o estanho para aconstrução de armas. O problema é que não seencontra tão facilmente cobre e estanho egeralmente eles não estão no mesmo lugar. Erapreciso comercializar os minérios entre diferentespovos e as guerras e longas distancias nemsempre permitiam isso. Com a descoberta dafundição do ferro que é mais duro, mais abundantee portanto mais fácil de achar, ficou muito maisfácil construir armas e utensílios!
  4. 4. AULA DE HISTÓRIA – 1º ANO – TÉCNICO EM HOSPEDAGEM Profª Maristela Winters SteilNo sul da Palestina surgiu o Reino de Israelformado pelos Hebreus (povos até entãonômades).No norte da Palestina formou-se uma civilizaçãoconstituída de cidades-estado em grande partededicada ao comércio marítimo, formando osFenícios.A leste da Mesopotâmia desenvolveu-se o impérioPersa, que em pouco tempo dominou toda umacivilização numa extensa região.
  5. 5. AULA DE HISTÓRIA – 1º ANO – TÉCNICO EM HOSPEDAGEM Profª Maristela Winters SteilA difusão do ferroDurante os últimos séculos da Era do Bronze osreinos mantiveram-se em relativa harmonia. Aintrodução da metalurgia do ferro contribuiu paramodificar esta situação pois a criação de armas,armaduras e carros de ferro permitiu construirexércitos muito mais poderosos, letais e bemarmados.
  6. 6. AULA DE HISTÓRIA – 1º ANO – TÉCNICO EM HOSPEDAGEM Profª Maristela Winters SteilEntre os séculos XII e X, os arameus, povosnômades que viviam no Deserto da Síria,expandiram-se para todo o Oriente Médio. Aospoucos os arameus formaram uma rede decidades-estado, principalmente na Síria eMesopotâmia e atuaram como os principaiscomerciantes no Golfo Pérsico e Mediterrâneo.Sua influencia foi tão grande que, em alguns séc.o aramaico tornou-se a língua oficial do ImpérioPersa.
  7. 7. AULA DE HISTÓRIA – 1º ANO – TÉCNICO EM HOSPEDAGEM Profª Maristela Winters SteilOs Hebreus são originários de tribos de pastoresnômades que vagavam entre a Caldéia, a Terra deCanaã e o Egito. Essas tribos fixaram-se nasterras de Canaã, às margens do Rio Jordão.De acordo com a Bíblia o primeiro grande líder dosisraelitas foi Abraão, um velho pastor nômade quedeu aos hebreus sua forte identidade culturalcentrada no culto ao deus Yahveh.Segundo a Bíblia, Yahveh teria ordenado a Abraãoque partisse da cidade de Ur (Mesopotâmia) paraa terra de Canaã ou Palestina para ali se fixar.
  8. 8. AULA DE HISTÓRIA – 1º ANO – TÉCNICO EM HOSPEDAGEM Profª Maristela Winters SteilAbraão deveria abandonar o culto a outros deusese reconhecer Yahveh como deus único eautoridade suprema. Em troca, seria abençoadocom uma descendência inumerável da qualnasceriam nações, reis e povos inteiros. Abraão,Isaac e Jacó (depois chamado de Israel) foram osprimeiros patriarcas. Os descendentes de Israelpassaram a ser chamados de Israelitas.Abraão é considerado o fundador de três grandesreligiões monoteístas da humanidade:cristianismo, judaísmo e islamismo.
  9. 9. AULA DE HISTÓRIA – 1º ANO – TÉCNICO EM HOSPEDAGEM Profª Maristela Winters Steil
  10. 10. AULA DE HISTÓRIA – 1º ANO – TÉCNICO EM HOSPEDAGEM Profª Maristela Winters SteilAs três têm em comum:a) Crença em um Deus único, criador e universal;b) Presença de um livro sagrado (Bíblia, Torá eCorão);c) Crença numa lei moral universal emanada deDeus e codificada nos livros sagrados.Para as três religiões Jerusalém é uma cidadesagrada, que abriga lugares santos: O Muro dasLamentações (Judeus); O Santo Sepulcro(Cristãos) e O Monte do Templo (Muçulmanos).
  11. 11. AULA DE HISTÓRIA – 1º ANO – TÉCNICO EM HOSPEDAGEM Profª Maristela Winters SteilMURO DAS LAMENTAÇÕES:É o lugar mais sagrado e venerado pelo povo judeu por tratar-seda única relíquia do último templo. O Muro Ocidental é umapequena parte da muralha que Herodes construiu no ano 20 a.C.,em redor do segundo Grande Templo. No ano 70, quando dadestruição da cidade por Tito, este deixou de pé esta parte damuralha com seus enormes blocos de pedra, a fim de mostrar, àsgerações futuras, a grandeza dos soldados romanos que foramcapazes de destruir o resto da edificação. Durante o períodoromano não era permitida, aos judeus, a entrada em Jerusalém.Entretanto, durante o período bizantino, lhes foi permitido entrar,uma vez por ano, no aniversário da destruição, quandolamentavam a dispersão de seu povo e choravam sobre as ruínasdo Templo. Daí o nome: Muro das Lamentações.Milhares de papéis e orações preenchem as frestas do muro. Nosúltimos anos, a fundação responsável pela manutenção do localinaugurou uma linha de fax e um site onde as pessoas podemenviar suas orações, que são impressas e colocadas naconstrução.Os papéis são retirados do Muro das Lamentações várias vezesao ano, e compõe livros de orações, que posteriormente sãoenterrados.
  12. 12. AULA DE HISTÓRIA – 1º ANO – TÉCNICO EM HOSPEDAGEM Profª Maristela Winters Steil MURO DAS LAMENTAÇÕES
  13. 13. AULA DE HISTÓRIA – 1º ANO – TÉCNICO EM HOSPEDAGEM Profª Maristela Winters Steil Carta que Barack Obama deixou no Muro das Lamentações…Barack Obama quando aindaera candidato a Presidênciados EUA
  14. 14. AULA DE HISTÓRIA – 1º ANO – TÉCNICO EM HOSPEDAGEM Profª Maristela Winters Steil
  15. 15. AULA DE HISTÓRIA – 1º ANO – TÉCNICO EM HOSPEDAGEM Profª Maristela Winters SteilO SANTO SEPLUCRO:O Santo Sepulcro é o local onde Jesus Cristo foicrucificado, sepultado e de onde ressuscitou noDomingo de Páscoa.Na sequência da destruição de Jerusalém em 70 d.C,o imperador romano Adriano em 129-130, ordenandoa sua reconstrução visando fazer dela uma cidadepagã. O imperador ordena que o local identificadocom a sepultura de Jesus seja coberto com terra eque nele fosse construído um templo dedicado aVénus.Em 313 o imperador Constantino decretou o Édito deTolerância para com os cristãos que implicou o fim dasperseguições. Em 326, sua mãe Helena visitouJerusalém com o objectivo de procurar os locaisassociados aos últimos dias de Cristo. Em Jerusalém,ela identificou o local da crucificação (o rochedochamado Gólgota) e a tumba próxima conhecidacomo Anastasis ("ressurreição", em grego).
  16. 16. AULA DE HISTÓRIA – 1º ANO – TÉCNICO EM HOSPEDAGEM Profª Maristela Winters SteilO imperador decidiu então construir um santuárioapropriado no local, a Igreja do Santo Sepulcro.Em 614, a igreja de Constantino foi destruída pelainvasão dos persas sassânidas que roubaram osseus tesouros. A basílica foi reconstruída pelosbizantinos.Em 638, a cidade de Jerusalém passa para asmãos dos muçulmanos. Em 1009 o califa fatímidaAl-Hakim ordenou a destruição de todas as igrejasde Jerusalém, incluindo o Santo Sepulcro. Em1099, os Cruzados tomaram Jerusalém econstruíram uma nova basílica que se encontrahoje no local.
  17. 17. AULA DE HISTÓRIA – 1º ANO – TÉCNICO EM HOSPEDAGEM Profª Maristela Winters SteilSANTO SEPULCRO
  18. 18. AULA DE HISTÓRIA – 1º ANO – TÉCNICO EM HOSPEDAGEM Profª Maristela Winters Steil SANTO SEPULCRO
  19. 19. AULA DE HISTÓRIA – 1º ANO – TÉCNICO EM HOSPEDAGEM Profª Maristela Winters Steil SANTO SEPULCRO
  20. 20. AULA DE HISTÓRIA – 1º ANO – TÉCNICO EM HOSPEDAGEM Profª Maristela Winters SteilMONTE DO TEMPLOO local é o terceiro lugar mais sagrado do islamismo,referência a viagem até Jerusalém e a ascensão deMuhammad ao paraíso. O local é também associado avários profetas judeus, sendo que os própriosmuçulmanos consideram estes profetas judeus comomuçulmanos. Lá localiza-se a Mesquita de Al-Aqsa e oDomo da Rocha, construídas ambas no século VII,uma das estruturas mais antigas do mundomuçulmano.Em 691 uma mesquita octogonal com uma cúpula foiconstruída sobre as rochas, chefiada pelo califa Abdal-Malik, ficando o santuário conhecido como a Domoda Rocha. Sua cúpula em si foi coberta de ouro
  21. 21. AULA DE HISTÓRIA – 1º ANO – TÉCNICO EM HOSPEDAGEM Profª Maristela Winters SteilA religião muçulmana tem crescido nos últimosanos (atualmente é a segunda maior do mundo) eestá presente em todos os continentes. Porém, amaior parte de seguidores do islamismo encontra-se nos países árabes do Oriente Médio e do norteda África.Para os muçulmanos, existem três locaissagrados: A cidade de Meca, onde fica a pedranegra, também conhecida como Caaba. A cidadede Medina, local onde Maomé construiu a primeiraMesquita. A cidade de Jerusalém, cidade onde oprofeta subiu ao céu e foi ao paraíso paraencontrar com Moises e Jesus.
  22. 22. AULA DE HISTÓRIA – 1º ANO – TÉCNICO EM HOSPEDAGEM Profª Maristela Winters Steil
  23. 23. AULA DE HISTÓRIA – 1º ANO – TÉCNICO EM HOSPEDAGEM Profª Maristela Winters Steil
  24. 24. AULA DE HISTÓRIA – 1º ANO – TÉCNICO EM HOSPEDAGEM Profª Maristela Winters Steil
  25. 25. AULA DE HISTÓRIA – 1º ANO – TÉCNICO EM HOSPEDAGEM Profª Maristela Winters SteilOs fenícios era semitas pertencentes ao ramo doscananeus. Sua origem é praticamentedesconhecida, mas certamente, não eramautóctones. Segundo o Herótodo, teriam vindo dooceano Índico. É provável que tenham imigrado daregião compreendida entre o mar Morto e o MarVermelho, mas ainda hoje é esse um pontodiscutível. Denominava-se a região onde seestabeleceram, na Síria de Canaã.
  26. 26. AULA DE HISTÓRIA – 1º ANO – TÉCNICO EM HOSPEDAGEM Profª Maristela Winters SteilA designação de fenícios foi lhe atribuídapelos gregos milênio, que estabeleceramcontatos comerciais com Canaã, porvolta do fim do II milênio. Originalmente apalavra expressava uma tonalidade deavermelhada, que os gregos acreditavamver na pele dos fenícios.
  27. 27. AULA DE HISTÓRIA – 1º ANO – TÉCNICO EM HOSPEDAGEM Profª Maristela Winters SteilAo contrário de outros povos da Antiguidade, que sedestacam como criadores de formas próprias einéditas de civilização, os fenícios apresentam-secomo expressão de uma cultura sincrética, sem muitaoriginalidade, mas que, imbuída de um senso práticoagudo, soube adaptar e aperfeiçoar com êxitoconquistas alheias. A concretização mais significativadesse traço foi, sem dúvida alguma, invenção doalfabeto de 22 letras, que veio substituir o intricadosistema hieroglífico ou cuneiforme utilizado na época.O alfabeto fenício – seu maior legado para a culturaocidental – nasceu pela necessidade de existência deum meio de comunicação e documentaçãosimplificado, dado ser o comércio a atividade básicado povo.
  28. 28. AULA DE HISTÓRIA – 1º ANO – TÉCNICO EM HOSPEDAGEM Profª Maristela Winters SteilA Atividade comercia intensa transformou osfenícios em importantíssimos transmissores deculturas de umas regiões para outras, as quais, porvia direta, talvez só muito mais tarde tivessemestado em contato.Na própria antigüidade , escritores como Herótodo,Tucídides, Estrabão e outras já salientavam o papelrelevante dos fenícios como intermediários nadivulgação de técnicas e de idéias. Para o geógrafoEstrabão, por exemplo, os fenícios seriam a fonteutilizada para compor as rotas constantes daOdisséia.
  29. 29. AULA DE HISTÓRIA – 1º ANO – TÉCNICO EM HOSPEDAGEM Profª Maristela Winters SteilDe outro lado, os fenícios diferenciam-sepor terem constituído, não um Estadounificado, mas uma cultura peculiar,subordinada a traços comuns de língua,religião, tendências, interesses e umamentalidade pragmática característica,estivessem ele em Sídon ou na Sicília.
  30. 30. AULA DE HISTÓRIA – 1º ANO – TÉCNICO EM HOSPEDAGEM Profª Maristela Winters SteilOs fenícios são um povo de origem semita dacosta setentrional do mar Vermelho (atual Líbano).Por volta do ano 1000 a.C., cidades-estadosinstauram a Fenícia como federação, sob ahegemonia de Tiro. Colonizam o sul da penínsulaItálica, parte da Sicília, litoral sul da penínsulaIbérica e norte da África, onde fundam Cartago em814 a.C. A partir de 800 a.C., a Fenícia faz parte,sucessivamente, do Império Babilônico, do Persa edo Macedônico. Com a queda de Tiro, em 332a.C., a hegemonia passa para Cartago, queenfrenta os romanos nas Guerras Púnicas.Cartago é derrotada em 146 a.C.
  31. 31. AULA DE HISTÓRIA – 1º ANO – TÉCNICO EM HOSPEDAGEM Profª Maristela Winters SteilA principal atividade econômica dos fenícios éo comércio marítimo. Realizam grandeintercâmbio com as cidades gregas e egípciase as tribos litorâneas da África e da penínsulaIbérica, no Mediterrâneo. Possuem umapoderosa classe de comerciantes ricos eutilizam o trabalho escravo. A base daorganização política são os clãs familiares,detentores da riqueza e do poder militar.
  32. 32. AULA DE HISTÓRIA – 1º ANO – TÉCNICO EM HOSPEDAGEM Profª Maristela Winters SteilCada cidade-estado é governada por um rei,indicado pelas famílias mais poderosas.Desenvolvem técnicas de navegação e defabricação de barco, vidro, tecido e artesanatometalúrgico. Criam também um alfabeto,posteriormente adotado com modificações pelosgregos e a partir do qual é instituído o alfabetolatino. Sua religião é politeísta, com cultos esacrifícios humanos.
  33. 33. AULA DE HISTÓRIA – 1º ANO – TÉCNICO EM HOSPEDAGEM Profª Maristela Winters SteilA agricultura e a pecuária eram importantes para asobrevivência dos fenícios, mas suas principaisatividades econômicas se concentravam nocomércio e no artesanato. Com as excelentesmadeiras de suas florestas, construíam navios.Fabricavam jóias de âmbar, ouro, prata e marfim.Produziam o vidro transparente e descobriram apúrpura, matéria corante vermelho- escuro queusavam para tingir tecidos. Essas manufaturas,bem como suas madeiras, eram comerciadas domar Negro até o Egeu.
  34. 34. AULA DE HISTÓRIA – 1º ANO – TÉCNICO EM HOSPEDAGEM Profª Maristela Winters SteilOs fenícios eram exímios navegadores, em funçãode suas atividades comerciais. Em suas viagens,orientavam-se durante o dia pelo sol e durante anoite pela Ursa Maior. Utilizavam em seus barcos acombinação de remos e velas, o que lhesproporcionava maior velocidade. Comerciavamtodas as "mercadorias" imagináveis ( inclusiveescravos) e isso fez com que navegassem alugares muito distantes para a época.
  35. 35. AULA DE HISTÓRIA – 1º ANO – TÉCNICO EM HOSPEDAGEM Profª Maristela Winters SteilOs fenícios assimilaram as culturas do Egito e daMesopotâmia e as estenderam por todo oMediterrâneo, do Oriente Médio até as costasorientais da península ibérica. O maior legado quedeixaram foi um alfabeto do qual derivam oscaracteres gregos e latinos.
  36. 36. AULA DE HISTÓRIA – 1º ANO – TÉCNICO EM HOSPEDAGEM Profª Maristela Winters Steil
  37. 37. AULA DE HISTÓRIA – 1º ANO – TÉCNICO EM HOSPEDAGEM Profª Maristela Winters Steil
  38. 38. AULA DE HISTÓRIA – 1º ANO – TÉCNICO EM HOSPEDAGEM Profª Maristela Winters Steil
  39. 39. AULA DE HISTÓRIA – 1º ANO – TÉCNICO EM HOSPEDAGEM Profª Maristela Winters Steil
  40. 40. AULA DE HISTÓRIA – 1º ANO – TÉCNICO EM HOSPEDAGEM Profª Maristela Winters Steil

×