O IMPÉRIO PERSAOs persas viviam onde hoje é o Irã.A partir do século VI a.C., iniciaram aconquista de um dos maiores impér...
Os persas formaram o maior império do OrienteAntigo, unificando vários povos do CrescenteFér til, suas fronteiras se esten...
A Origem do Império Persa: A partir de2000 a.C., a região foi ocupada por povos depastores e agricultores, vindos do sul d...
Os primeiros habitantes desse planaltodedicaram-se ao pastoreio e, nos vales férteis,desenvolveram o cultivo de cereais, f...
Formação: No século VIII a.C., os medospossuíam um reino com exército organizado, quedominava povos iranianos e persas, ob...
A partir daí, começou a formação do ImpérioPersa. Ciro conduziu a Pérsia à expansão,conquistando várias regiões, soluciona...
Fundador do Império Persa, Ciro, o Grande, apósvencer os medos e reunir sob seu domínio todasas tribos que habitavam o pla...
Por sua ordem, nesse mesmo ano, os judeusretornaram à Palestina, terminando assim ocativeiro da Babilônia. Ciro incorporou...
Ciro morreu em combate, em 529 a.C., e foisucedido pelo filho, Cambises, que com umgrande exército conquistou o Egito, em ...
Administração: O sistema administrativo persafoi um dos mais eficientes da AntiguidadeOriental. O Império Persa era govern...
Dario I enfrentou diversas rebeliões dos povosdominados. A fim de combater as rebeliões,Dario I dividiu o Império Persa em...
O sátrapa era responsável pela arrecadação dosimpostos em seu território. Uma parte dostributos ele usava para manter a ad...
Para evitar traições, Dario I, enviava fiscais reaisàs Satrápias, conhecidos como “os olhos e osouvidos do rei”, para fisc...
Ele organizou um eficiente sistema de correios einstituiu uma moeda, o dárico, cunhada em prataou ouro, para facilitar as ...
Com o tempo a metrópole tornou-se parasitária,vivendo fundamentalmente dos tributos cobradosdos povos conquistados. Estes ...
Apesar dos conquistadores persas respeitaremos usos e costumes das regiões conquistadas,era constante as rebeliões das pop...
 Como no Egito, a agricultura (base de suaeconomia) dependia das cheias dos rios Tigre eEufrates. O controle econômico era...
Declínio: O governo de Dario I não só marcou oapogeu do império (período compreendido entreo final do século VI a.C. e o i...
Xerxes, filho de Dario que o sucedeu no poder,também foi derrotado pelos gregos. Em 330 a.C.,o Império Persa caiu sob o do...
Por volta do século VIII a.C., iniciou-se a expansãogrega pelas costas e ilhas do mar Egeu, pelo marNegro, pelas costas da...
Isto levou às guerras Médicas onde os persasforam derrotados pelos gregos. Começou aí aretração do Império Persa, que acab...
Mais tarde, depois da dominação macedônica, ospersas caíram sob o jugo romano, só ressurgindode forma independente no sécu...
Economia e sociedade: Baseava-se naagropecuária, com irrigação pela água dasmontanhas, na criação de gado e na exploraçãod...
A sociedade persa era dividida em rígidascamadas sociais. No topo da sociedade estava orei, abaixo do rei estavam os arist...
Os camponeses, considerados homens livres,formavam outra classe social. Estes viviammiseravelmente, muito explorados eram ...
Religião: O profeta Zoroastro ou Zaratustracriou uma religião dualista, que afirmava ser ouniverso dividido entre um deus ...
Os persas aceitavam a existência de duasdivindades opostas, que estavam sempre emluta: Aura-Mazda (o Bem) era o deus da lu...
Na Pérsia não existiam templos ou cultos. Zoroastroacabou com as crenças nos antigos ídolos ao demonstrarque a verdade e a...
Cultura: As criações artísticas e intelectuaissofreram influência das culturas dos povosvizinhos. Os persas optaram a prin...
Na arquitetura, os persas usaram como modeloas construções babilônicas e egípcias, embora osgrandes monumentos persas não ...
Alexandre Magno   Bracelete de ouro
Coluna do Palácio de Persépolis   Cumbuca de ouro
Exército Persa
Mapa Império Persa
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Aula de história – 1º ano – técnico o império persa

4.363 visualizações

Publicada em

  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Aula de história – 1º ano – técnico o império persa

  1. 1. O IMPÉRIO PERSAOs persas viviam onde hoje é o Irã.A partir do século VI a.C., iniciaram aconquista de um dos maiores impérios daAntiguidade.Em 1935, a Pérsia passou a se chamar Irã.
  2. 2. Os persas formaram o maior império do OrienteAntigo, unificando vários povos do CrescenteFér til, suas fronteiras se estendiam do MarMediterrâneo até o Oceano Índico. Habitavam oplanalto do Irã, situado a leste da Mesopotâmia,uma região semi-árida, com montanhas, ricas emminerais, desertos e poucos vales férteis, declima seco, com grandes oscilações detemperatura.
  3. 3. A Origem do Império Persa: A partir de2000 a.C., a região foi ocupada por povos depastores e agricultores, vindos do sul da atualRússia, que invadiram o planalto. Os medosfixaram-se ao norte do planalto do Irã, enquantoos persas se estabeleceram na parte sudeste,próxima ao golfo Pérsico.
  4. 4. Os primeiros habitantes desse planaltodedicaram-se ao pastoreio e, nos vales férteis,desenvolveram o cultivo de cereais, frutas ehortaliças.A região era também rica em recursos minerais,encontrados nas montanhas vizinhas: ferro,cobre, prata etc.
  5. 5. Formação: No século VIII a.C., os medospossuíam um reino com exército organizado, quedominava povos iranianos e persas, obrigando-osa pagar impostos.Em 550 a.C. (séc. VI a.C.), Ciro, do clã persa dosaquemênidas, liderou uma rebelião contra osmedos, vitorioso, reuniu sob seu domínio todasas tribos que habitavam o planalto iraniano.
  6. 6. A partir daí, começou a formação do ImpérioPersa. Ciro conduziu a Pérsia à expansão,conquistando várias regiões, solucionando oproblema do aumento da população e dapequena produção agrícola na região.
  7. 7. Fundador do Império Persa, Ciro, o Grande, apósvencer os medos e reunir sob seu domínio todasas tribos que habitavam o planalto iraniano,conquistou os reinos da Lídia e as cidades gregasda Ásia Menor. Em 539 a.C., conquistou aMesopotâmia.
  8. 8. Por sua ordem, nesse mesmo ano, os judeusretornaram à Palestina, terminando assim ocativeiro da Babilônia. Ciro incorporou ao impériotoda a Mesopotâmia, a Fenícia e a Palestina.
  9. 9. Ciro morreu em combate, em 529 a.C., e foisucedido pelo filho, Cambises, que com umgrande exército conquistou o Egito, em 525 a.C.,na batalha de Pelusa. Ao voltar para a Pérsia,Cambises morreu assassinado em uma revoltainterna. Foi sucedido por Dario I (521-486 a .C.).
  10. 10. Administração: O sistema administrativo persafoi um dos mais eficientes da AntiguidadeOriental. O Império Persa era governado por umamonarquia absoluta teocrática. Possuía quatrocapitais: Susa, Persépolis, Babilônia e Ecbátana.
  11. 11. Dario I enfrentou diversas rebeliões dos povosdominados. A fim de combater as rebeliões,Dario I dividiu o Império Persa em 20 provínciasdenominadas Satrápias, e nomeou sátrapas,altos funcionários reais, para administrá-las. Coma intenção de não dar poderes absolutos aossátrapas, nomeou para cada província umgeneral e um secretário subordinadosdiretamente ao sátrapa.
  12. 12. O sátrapa era responsável pela arrecadação dosimpostos em seu território. Uma parte dostributos ele usava para manter a administração eo exército, a outra, ele enviava para o rei.
  13. 13. Para evitar traições, Dario I, enviava fiscais reaisàs Satrápias, conhecidos como “os olhos e osouvidos do rei”, para fiscalizá-los. Para garantir ocontrole do império, o rei possuía um poderosoexército e mandou construir uma rede deestradas ligando os grandes centros, que lhepermitiram mandar seus funcionários ou oexército de um extremo ao outro com relativafacilidade. A mais famosa era estrada real, que iade Susa até Sardes, na Ásia Menor, com umaextensão de 2500 quilômetros.
  14. 14. Ele organizou um eficiente sistema de correios einstituiu uma moeda, o dárico, cunhada em prataou ouro, para facilitar as atividades comerciais.O rei dos persas não era considerado um deus,mas apenas um representante de Deus diantedos homens. Cuidava da administração do país, apartir de grandes capitais como Pasárgada,Babilônia e Susa, deslocando-se muito poucoatravés do império.
  15. 15. Com o tempo a metrópole tornou-se parasitária,vivendo fundamentalmente dos tributos cobradosdos povos conquistados. Estes tributospermitiram grandes construções em Persépolis,nova capital do império, e contribuíram para ofortalecimento econômico e político daburocracia persa, ao mesmo tempo em quearruinaram a economia das regiõesconquistadas.
  16. 16. Apesar dos conquistadores persas respeitaremos usos e costumes das regiões conquistadas,era constante as rebeliões das populaçõessubjugadas contra a dominação persa. Isto éfacilmente explicável: era o excedenteeconômico, produzido por estas populações, quefinanciava as grandes construções e a expansãomilitar persa. Com o aumento das guerras deconquista, aumentavam constantemente ostributos cobrados pela metrópole.
  17. 17.  Como no Egito, a agricultura (base de suaeconomia) dependia das cheias dos rios Tigre eEufrates. O controle econômico era exercido peloEstado, conforme os padrões do “modo deprodução asiático”. Plantava-se a cevada, o trigoe o centeio.
  18. 18. Declínio: O governo de Dario I não só marcou oapogeu do império (período compreendido entreo final do século VI a.C. e o início do século Va.C), mas também o início de sua decadência. Ogrande objetivo de Dario I era conquistar aGrécia; mas, em 490 a.C., foi derrotado pelascidades gregas sob o comando de Atenas.
  19. 19. Xerxes, filho de Dario que o sucedeu no poder,também foi derrotado pelos gregos. Em 330 a.C.,o Império Persa caiu sob o domínio de Alexandre,da Macedônia.Com dificuldades de manutenção do poderinterno, a Pérsia enfraqueceu-se, sendo alvo devários golpes políticos. Alexandre, o Grande, daMacedônia, conquista a Pérsia em 330 a.C.     
  20. 20. Por volta do século VIII a.C., iniciou-se a expansãogrega pelas costas e ilhas do mar Egeu, pelo marNegro, pelas costas da Ásia Menor. Nos fins doséculo VI a.C., o Império Persa, que havia seexpandido pela Ásia Menor, havia conquistado ascolônias gregas desta região. Com oenfraquecimento do Império Persa, motivadopelas rebeliões internas e pela derrota dospersas na Frigia, estas colônias gregas serevoltaram.
  21. 21. Isto levou às guerras Médicas onde os persasforam derrotados pelos gregos. Começou aí aretração do Império Persa, que acabou sendoconquistado pelos gregos em 330 a.C.Apesar de manter um exército superequipado, ospersas tiveram grande dificuldade emadministrar os vastos territórios conquistados.Em consequência, o império persa chegou ao fimem 331 a.C. quando Alexandre Magno derrotouDario III na Batalha de Arbelas.
  22. 22. Mais tarde, depois da dominação macedônica, ospersas caíram sob o jugo romano, só ressurgindode forma independente no século III d. C. Noséculo VII, o Império Persa acabou conquistadopelos árabes, incorporando traços de sua cultura,como a religião islâmica.
  23. 23. Economia e sociedade: Baseava-se naagropecuária, com irrigação pela água dasmontanhas, na criação de gado e na exploraçãode minérios. A moeda era o dárico, cunhada emouro, que estimulou o comércio econsequentemente o artesanato.Com a formação do império, o comércio passou aser uma atividade importante, dando origem auma camada de ricos comerciantes. Por elepassavam rotas de caravanas comerciais ligandoa Índia e a China ao mar Mediterrâneo. Ocomércio impulsionou a indústria de tecidos deluxo, jóias, mosaicos e tapetes de rara beleza.
  24. 24. A sociedade persa era dividida em rígidascamadas sociais. No topo da sociedade estava orei, abaixo do rei estavam os aristocratas(sacerdotes, nobreza e os grandes comerciantes).Depois, a camada média da população(pequenos comerciantes, artesãos e soldados).
  25. 25. Os camponeses, considerados homens livres,formavam outra classe social. Estes viviammiseravelmente, muito explorados eram obrigados aentregar quase tudo o que produziam para os donosdas terras. Eram obrigados também a prestarserviços na construção de palácios e de obraspúblicas (canais de irrigação, estradas, etc.). Porúltimo, vinham os escravos, aprisionados nasconquistas militares, formavam um grupo numeroso,que executavam os trabalhos mais pesados naconstrução de palácios e obras públicas.
  26. 26. Religião: O profeta Zoroastro ou Zaratustracriou uma religião dualista, que afirmava ser ouniverso dividido entre um deus mau, Arimã; eum deus bom, Ormuz, que lutam até a vitóriafinal do bem. Zoroastro viveu entre 628 e 551 a.C. Seus princípios estão contidos no livro sagradodenominado Zend-Avesta.
  27. 27. Os persas aceitavam a existência de duasdivindades opostas, que estavam sempre emluta: Aura-Mazda (o Bem) era o deus da luz ecriador das coisas boas da Terra e Arimã (o Mal)era o responsável pelas doenças e pelasdesgraças do mundo, sendo o deus das trevas.A vitória final seria de Aura-Mazda, que lançariaArimã num precipício. Acreditavam também naimortalidade da alma, na ressurreição dosmortos e no juízo final.
  28. 28. Na Pérsia não existiam templos ou cultos. Zoroastroacabou com as crenças nos antigos ídolos ao demonstrarque a verdade e a pureza eram expressões do próprioculto.Muita característica do zoroastrismo influenciou outrasreligiões, como o cristianismo e o judaísmo. Algumasvirtudes recomendadas pelo zoroastrismo, como ocumprimento às obrigações de trabalho, obediência aosgovernantes, criação de muitos filhos e cultivo da terra,serviam também para convencer a camada mais inferiorda sociedade persa a não se revoltar contra a situação deexploração a que vivia submetida. Essa concepçãoreligiosa acabou por se transformar em importante fatorde controle político e social por parte dos reis e daaristocracia persa.
  29. 29. Cultura: As criações artísticas e intelectuaissofreram influência das culturas dos povosvizinhos. Os persas optaram a princípio pelaescrita cuneiforme, inventada pelos sumérios,que depois foi substituída por uma escritaalfabética. Adotaram o uso de moeda (o dárico),visando ao desenvolvimento do comércio.
  30. 30. Na arquitetura, os persas usaram como modeloas construções babilônicas e egípcias, embora osgrandes monumentos persas não fossemtemplos – como no Egito e na Mesopotâmia – esim palácios reais.A grande herança cultural deixada pelos persasfoi a religião, diferente de todas as outrasexistentes no Oriente Próximo.
  31. 31. Alexandre Magno Bracelete de ouro
  32. 32. Coluna do Palácio de Persépolis Cumbuca de ouro
  33. 33. Exército Persa
  34. 34. Mapa Império Persa

×