Iluminismo

4.026 visualizações

Publicada em

Publicada em: Educação
0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
4.026
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
8
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
110
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Iluminismo

  1. 1. ILUMINISMO
  2. 2. IDADE MODERNA ABSOLUTISMO MAQUIAVEL O PRÍNCIPE
  3. 3. As transformações econômicas e sociais da Idade Moderna, principalmente a Revolução Industrial e os progressos científicos, provocaram mudanças na maneira de pensar e de sentir dos europeus.
  4. 4. A Revolução Inglesa do século XVII e aRevolução Industrial do século XVIII foram conduzidas pela burguesia inglesa, o objetivo desses movimentos revolucionários era destruir as estruturas econômicas, sociais e políticas quesustentavam o Antigo Regime, tais como odireito divino dos reis, a política econômica mercantilista e o poder político da Igreja Católica.
  5. 5. A crise do Antigo Regime foi acompanhada por um conjunto denovas idéias filosóficas e econômicas que defendiam a liberdade de pensamento e a igualdade de todos os homens perante as leis.
  6. 6. As idéias econômicas defendiam a prática da livre iniciativa. Esse movimento cultural, político efilosófico que aconteceu entre 1680 e 1780, em toda a Europa, sobretudo na França, no século XVIII, ficou conhecido como Iluminismo ou Século das Luzes.
  7. 7. Os iluministas caracterizavam-sepela importância que davam à razão. Somente por meio da razão, afirmavam ser possível compreender perfeitamente os fenômenos naturais e sociais.
  8. 8. Essas idéias baseavam-se noracionalismo. Defendiam a democracia, o liberalismo econômico e a liberdade de culto e pensamento. Na verdade, o Iluminismo foi um processo longo do qual as transformações culturais iniciadas no Renascimento prosseguiram e se estenderam pelo século XVII e século XVIII.
  9. 9. As idéias iluministas influenciarammovimentos como a Independênciados Estados Unidos, a Inconfidência Mineira e a Revolução Francesa.
  10. 10. O Iluminismo iniciou-se na Inglaterra, mais foi na França, queatingiu seu maior desenvolvimento. Foi na França que viveram os maiores pensadores iluministas, Voltaire, Montesquieu, Rousseau, Diderot e D´Alembert.
  11. 11. Principais filósofos iluministas:
  12. 12. Voltaire (1694-1778): François-Marie Arouet, escritor francês, crítico do absolutismo e dos privilégios da Igrejae da nobreza. Por suas críticas, foi preso duas vezes, deixando a França eexilando-se na Inglaterra. Atraído pelas idéias de John Locke, escreveu as Cartas Inglesas, nas quais exalta a liberdade de pensamento, de religião e às instituições inglesas, criticando indiretamente a França.
  13. 13. A necessidade de procurar a verdadeirafelicidade é o fundamento da nossa liberdade.
  14. 14. John Locke (1632-1704): filósofo inglês, autor de Ensaio sobre o Entendimento Humano, rejeitou o conceito de idéias inatas. Afirmava que a experiência é a base de todo o conhecimento. Combateu o absolutismo, negando aorigem divina dos reis e afirmando que o governo nasce de um entendimento entre governantes e governados.
  15. 15. Posso não concordar com nenhuma das palavras que você disser, mas defenderei até a morte o direito de você dizê-las.
  16. 16. Montesquieu (1689-1755): Charles Louis de Secondant, barão de Montesquieu. Considerado o pai do liberalismo burguês foijurista, filósofo e escritor. Em sua principal obra O Espírito das Leis, expôs sua teoria da divisão do poder político em Poder Legislativo – elabora e aprova as leis; Poder Executivo – executa as leis e administra o país; Poder Judiciário – fiscaliza o cumprimento das leis. Suas idéias influenciaram a organização de praticamente todos os governos pós-Revolução Francesa.
  17. 17. Quanto menos os homens pensam, mais eles falam.
  18. 18. Jean-Jacques Rousseau (1712-1778): filósofo francês, nascido na Suíça, foi o mais radical entre os iluministas. Aocontrário de Voltaire e Montesquieu, elenão foi porta-voz da burguesia e sim das camadas mais populares. Suas idéias contrariavam, por exemplo, um dos princípios centrais da sociedade burguesa - a propriedade privada.
  19. 19. Segundo Rousseau, esta era a raiz dainfelicidade humana, pois trazia consigo a desigualdade e a opressão do mais forte sobre o mais fraco. Suas principais obras foram: Discurso sobre a Origem daDesigualdade entre os Homens e Contrato Social.Democrata, defendeu a igualdade entre os homens; afirmava que o poder políticoemana do povo; exerceu grande influência na Revolução Francesa e na filosofia dos séculos posteriores.
  20. 20. Geralmente aqueles que sabem pouco falam muito e aqueles que sabem muito falam pouco.

×