SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 8
Baixar para ler offline
O ILUMINISMO
METAS
O Iluminismo
1.1 Relacionar as ideias iluministas com a crença na razão potenciada pelo
pensamento científico do século XVII.
1.2 Identificar os princípios norteadores do Iluminismo e os seus principais
representantes.
1.3 Identificar os meios de difusão das ideias iluministas e os estratos sociais
que mais cedo a elas aderir
1.4. Analisar as propostas do Iluminismo para um novo regime político e
social baseado na separação dos poderes, na soberania da nação e no
contrato social, na tolerância religiosa, na liberdade de pensamento, na
igualdade à nascença e perante a lei.
1.5.Reconhecer a aceitação por parte de alguns dos iluministas da existência
de monarcas absolutos, mas cuja governação seria feita em nome da razão e
apoiada pelos filósofos (despotismo esclarecido).
1.6. Reconhecer a influência das propostas iluministas nas democracias
atuais.
O que foi o Iluminismo?
Renascimento e revolução
científica do século XVII
Crença na Razão como fonte de
conhecimento
Iluminismo
A razão é a fonte do conhecimento
e do progresso. Através dela se
alcança a liberdade e a igualdade,
se combate a injustiça e atinge a
felicidade
O véu da verdade está a ser retirado por duas
outras figuras, a razão e a filosofia, que a
mostram tal e qual ela é.
Frontispício da Enciclopédia (1772).
Condorcet
• Igualdade e
liberdade
• Acesso à
educação para
todos
Rousseau
• Soberania
popular
• Igualdade e
liberdade
Voltaire
• Crítica ao clero
e à Igreja
• Liberdade,
tolerância e
justiça social
Montesquieu
• Teoria da
Separação dos
poderes do Estado
(legislativo,
executivo e
judicial)
Os ideais iluministas
Os filósofos do Iluminismo defendiam uma nova conceção do poder político e social: o
liberalismo, que esteve nas bases das mudanças políticas e sociais que vão acontecer nos
finais do século XVIII.:
Novas conceções do poder político
Princípio de divisão dos poderes do Estado por três órgãos autónomos e
independentes entre si: legislativo, executivo e judicial.
Separação de
poderes
O poder pertence ao povo que delega nos representantes, através do
voto, a competência de governar a Nação.
Soberania
popular
As minorias devem aceitar a vontade e as decisões da maioria.
Todos os indivíduos nascem iguais em direitos e deveres perante a lei.
Contrato social
Igualdade
Salões da
nobreza/
burguesia
Jornais Cafés Enciclopédia
REVOLUÇÕES
LIBERAIS
Homenagem a Voltaire
no salão de madame
Geoffrin, 1755.
Encontro de filósofos
iluministas no café Procope. Liberdade guiando o
povo (pintura de
Delacroix, 1830).
A Enciclopédia publicada em
1751.
Como se difundiram as ideias iluministas?
Representa a burguesia
Representa a liberdade
A burguesia foi o grupo
social que mais cedo
aderiu às novas
propostas sociais e
políticas:
 possuía poder
económico e era
instruída;
 era excluída dos
cargos políticos
devido à barreira
do nascimento,
que a impedia de
ter os mesmos
privilégios da
nobreza e do
clero.
As ideias iluministas constituíram a bandeira em nome da qual se fizeram
as revoluções liberais.
Quais foram os estratos sociais que aderiram
mais cedo às ideias iluministas?
O DESPOTISMO ILUMINADO
Na segunda metade do século XVIII,
desenvolveu-se a conceção do “Despotismo
Esclarecido”, uma doutrina política que
aceitava o poder absoluto do rei defendendo
que este era guiado pela Razão e por isso
esclarecido ou iluminado, governando para o
bem do povo. Os monarcas esclarecidos
tomaram medidas como a liberdade de
imprensa, reformas no ensino e legislação
sobre o fim da servidão.
Catarina II da Rússia Frederico II da Prússia
A HERANÇA DO ILUMINISMO
Os seus ideais passavam por
promover a liberdade, a igualdade, o
direito à propriedade, o acesso à
educação, a aplicação de uma justiça
mais moderada, que corrigisse e
reformasse a sociedade,
promovesse o progresso e a
felicidade.
As propostas iluministas foram de
tal modo inovadoras e ambiciosas
que ainda hoje é visível a sua
influência nas democracias atuais.

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Independência da América Espanhola
Independência da América EspanholaIndependência da América Espanhola
Independência da América Espanhola
Aulas de História
 
Aula sobre o iluminismo.
Aula sobre o iluminismo.Aula sobre o iluminismo.
Aula sobre o iluminismo.
Dênis Ribas
 
A revolução inglesa
A revolução inglesaA revolução inglesa
A revolução inglesa
Janayna Lira
 
Reforma Protestante e Contra Reforma
Reforma Protestante e Contra ReformaReforma Protestante e Contra Reforma
Reforma Protestante e Contra Reforma
Luiz Henrique Ferreira
 

Mais procurados (20)

1° ano aula slide - feudalismo
1° ano   aula slide - feudalismo1° ano   aula slide - feudalismo
1° ano aula slide - feudalismo
 
Absolutismo
AbsolutismoAbsolutismo
Absolutismo
 
Independência da América Espanhola
Independência da América EspanholaIndependência da América Espanhola
Independência da América Espanhola
 
Primeira guerra mundial
Primeira guerra mundialPrimeira guerra mundial
Primeira guerra mundial
 
Formação do estado moderno
Formação do estado modernoFormação do estado moderno
Formação do estado moderno
 
Astecas maias e incas
Astecas maias e incasAstecas maias e incas
Astecas maias e incas
 
Civilização Grega
Civilização GregaCivilização Grega
Civilização Grega
 
Imperialismo
ImperialismoImperialismo
Imperialismo
 
Iluminismo
IluminismoIluminismo
Iluminismo
 
1° ano - Grécia Antiga
1° ano -  Grécia Antiga1° ano -  Grécia Antiga
1° ano - Grécia Antiga
 
O iluminismo
O iluminismoO iluminismo
O iluminismo
 
Aula sobre o iluminismo.
Aula sobre o iluminismo.Aula sobre o iluminismo.
Aula sobre o iluminismo.
 
A revolução inglesa
A revolução inglesaA revolução inglesa
A revolução inglesa
 
O Iluminismo, O Século das Luzes
O Iluminismo, O Século das LuzesO Iluminismo, O Século das Luzes
O Iluminismo, O Século das Luzes
 
Democracia
DemocraciaDemocracia
Democracia
 
O ILUMINISMO
O ILUMINISMOO ILUMINISMO
O ILUMINISMO
 
Roma Antiga
Roma AntigaRoma Antiga
Roma Antiga
 
1° ano império romano - completo
1° ano    império romano - completo1° ano    império romano - completo
1° ano império romano - completo
 
Primeira guerra mundial
Primeira guerra mundialPrimeira guerra mundial
Primeira guerra mundial
 
Reforma Protestante e Contra Reforma
Reforma Protestante e Contra ReformaReforma Protestante e Contra Reforma
Reforma Protestante e Contra Reforma
 

Destaque

Iluminismo power point
Iluminismo power pointIluminismo power point
Iluminismo power point
Odairdesouza
 

Destaque (20)

O Iluminismo
O IluminismoO Iluminismo
O Iluminismo
 
O Iluminismo
O IluminismoO Iluminismo
O Iluminismo
 
O tempo das Reformas Religiosas - 8ºano
O tempo das Reformas Religiosas - 8ºanoO tempo das Reformas Religiosas - 8ºano
O tempo das Reformas Religiosas - 8ºano
 
Iluminismo
IluminismoIluminismo
Iluminismo
 
O iluminismo(Resumo)
O iluminismo(Resumo)O iluminismo(Resumo)
O iluminismo(Resumo)
 
A governação do Marquês de Pombal
A governação do Marquês de PombalA governação do Marquês de Pombal
A governação do Marquês de Pombal
 
Revolução Francesa
Revolução FrancesaRevolução Francesa
Revolução Francesa
 
Iluminismo II
Iluminismo IIIluminismo II
Iluminismo II
 
Urbanismo Pombalino
Urbanismo PombalinoUrbanismo Pombalino
Urbanismo Pombalino
 
História 8º ano aula 2
História 8º ano   aula 2História 8º ano   aula 2
História 8º ano aula 2
 
Iluminismo power point
Iluminismo power pointIluminismo power point
Iluminismo power point
 
History of United States of America
History of United States of AmericaHistory of United States of America
History of United States of America
 
Iluminismo
IluminismoIluminismo
Iluminismo
 
A crise do Império no Oriente e União Dinástica
A crise do Império no Oriente e União DinásticaA crise do Império no Oriente e União Dinástica
A crise do Império no Oriente e União Dinástica
 
O Renascimento
O RenascimentoO Renascimento
O Renascimento
 
Revolução industrial
Revolução industrialRevolução industrial
Revolução industrial
 
O antigo regime: regra e exceção
O antigo regime: regra e exceçãoO antigo regime: regra e exceção
O antigo regime: regra e exceção
 
ILUMINISMO SÉCULO XVIII
ILUMINISMO SÉCULO XVIIIILUMINISMO SÉCULO XVIII
ILUMINISMO SÉCULO XVIII
 
História- 8ºano
História- 8ºanoHistória- 8ºano
História- 8ºano
 
Iluminismo2
Iluminismo2Iluminismo2
Iluminismo2
 

Semelhante a Um século de mudanças - O iluminismo

Iluminismo - www.carloszaranza.com
Iluminismo - www.carloszaranza.comIluminismo - www.carloszaranza.com
Iluminismo - www.carloszaranza.com
Carlos Zaranza
 
Iluminismo (seu surgimento, contexto histórico)
Iluminismo (seu surgimento, contexto histórico)Iluminismo (seu surgimento, contexto histórico)
Iluminismo (seu surgimento, contexto histórico)
Iracema16
 
Iluminismo
IluminismoIluminismo
Iluminismo
joana71
 

Semelhante a Um século de mudanças - O iluminismo (20)

O iluminismo
O iluminismoO iluminismo
O iluminismo
 
Ilumimismo
IlumimismoIlumimismo
Ilumimismo
 
Iluminismo
IluminismoIluminismo
Iluminismo
 
Iluminismo - www.carloszaranza.com
Iluminismo - www.carloszaranza.comIluminismo - www.carloszaranza.com
Iluminismo - www.carloszaranza.com
 
O ILUMINISMO
O ILUMINISMOO ILUMINISMO
O ILUMINISMO
 
Iluminismo (seu surgimento, contexto histórico)
Iluminismo (seu surgimento, contexto histórico)Iluminismo (seu surgimento, contexto histórico)
Iluminismo (seu surgimento, contexto histórico)
 
Iluminismo
IluminismoIluminismo
Iluminismo
 
Iluminismo
IluminismoIluminismo
Iluminismo
 
Iluminismo 2ª ano a
Iluminismo 2ª ano a Iluminismo 2ª ano a
Iluminismo 2ª ano a
 
Ideias revolucionárias dos séculos XVII e XVIII
Ideias revolucionárias dos séculos XVII e XVIIIIdeias revolucionárias dos séculos XVII e XVIII
Ideias revolucionárias dos séculos XVII e XVIII
 
Iluminismo
IluminismoIluminismo
Iluminismo
 
O Iluminismo.ppt
O Iluminismo.pptO Iluminismo.ppt
O Iluminismo.ppt
 
O Iluminismo (3).ppt
O Iluminismo (3).pptO Iluminismo (3).ppt
O Iluminismo (3).ppt
 
O iluminismo
O iluminismoO iluminismo
O iluminismo
 
Relação entre filosofia e democracia
Relação entre filosofia e democraciaRelação entre filosofia e democracia
Relação entre filosofia e democracia
 
ILUMINISMO
ILUMINISMOILUMINISMO
ILUMINISMO
 
Iluminismo 2012
Iluminismo 2012Iluminismo 2012
Iluminismo 2012
 
Iluminismo.ppt
Iluminismo.pptIluminismo.ppt
Iluminismo.ppt
 
O Iluminismo com suas características básicas.
O Iluminismo com suas características básicas.O Iluminismo com suas características básicas.
O Iluminismo com suas características básicas.
 
20102021133204O Iluminismo.pptgtgtgtgtgsdfgsg
20102021133204O Iluminismo.pptgtgtgtgtgsdfgsg20102021133204O Iluminismo.pptgtgtgtgtgsdfgsg
20102021133204O Iluminismo.pptgtgtgtgtgsdfgsg
 

Mais de Zé Mário (6)

Teste de História 10ºano - Grécia Antiga
Teste de História 10ºano - Grécia AntigaTeste de História 10ºano - Grécia Antiga
Teste de História 10ºano - Grécia Antiga
 
Antonio Guterres
Antonio GuterresAntonio Guterres
Antonio Guterres
 
Teste de História 8º ano- Porto Editora
Teste de História 8º ano- Porto EditoraTeste de História 8º ano- Porto Editora
Teste de História 8º ano- Porto Editora
 
A Expansão Portuguesa
A Expansão PortuguesaA Expansão Portuguesa
A Expansão Portuguesa
 
Os Descobrimentos Portugueses
Os Descobrimentos PortuguesesOs Descobrimentos Portugueses
Os Descobrimentos Portugueses
 
Império Português no Século XVIII
Império Português no Século XVIII Império Português no Século XVIII
Império Português no Século XVIII
 

Último

Aspectos históricos da educação dos surdos.pptx
Aspectos históricos da educação dos surdos.pptxAspectos históricos da educação dos surdos.pptx
Aspectos históricos da educação dos surdos.pptx
profbrunogeo95
 
Gramática - Texto - análise e construção de sentido - Moderna.pdf
Gramática - Texto - análise e construção de sentido - Moderna.pdfGramática - Texto - análise e construção de sentido - Moderna.pdf
Gramática - Texto - análise e construção de sentido - Moderna.pdf
Kelly Mendes
 

Último (20)

Edital do processo seletivo para contratação de agentes de saúde em Floresta, PE
Edital do processo seletivo para contratação de agentes de saúde em Floresta, PEEdital do processo seletivo para contratação de agentes de saúde em Floresta, PE
Edital do processo seletivo para contratação de agentes de saúde em Floresta, PE
 
Aspectos históricos da educação dos surdos.pptx
Aspectos históricos da educação dos surdos.pptxAspectos históricos da educação dos surdos.pptx
Aspectos históricos da educação dos surdos.pptx
 
O que é literatura - Marisa Lajolo com.pdf
O que é literatura - Marisa Lajolo com.pdfO que é literatura - Marisa Lajolo com.pdf
O que é literatura - Marisa Lajolo com.pdf
 
Periodo da escravidAo O Brasil tem seu corpo na América e sua alma na África
Periodo da escravidAo O Brasil tem seu corpo na América e sua alma na ÁfricaPeriodo da escravidAo O Brasil tem seu corpo na América e sua alma na África
Periodo da escravidAo O Brasil tem seu corpo na América e sua alma na África
 
Dados espaciais em R - 2023 - UFABC - Geoprocessamento
Dados espaciais em R - 2023 - UFABC - GeoprocessamentoDados espaciais em R - 2023 - UFABC - Geoprocessamento
Dados espaciais em R - 2023 - UFABC - Geoprocessamento
 
QUESTÃO 4 Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...
QUESTÃO 4   Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...QUESTÃO 4   Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...
QUESTÃO 4 Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...
 
425416820-Testes-7º-Ano-Leandro-Rei-Da-Heliria-Com-Solucoes.pdf
425416820-Testes-7º-Ano-Leandro-Rei-Da-Heliria-Com-Solucoes.pdf425416820-Testes-7º-Ano-Leandro-Rei-Da-Heliria-Com-Solucoes.pdf
425416820-Testes-7º-Ano-Leandro-Rei-Da-Heliria-Com-Solucoes.pdf
 
Poema - Maio Laranja
Poema - Maio Laranja Poema - Maio Laranja
Poema - Maio Laranja
 
Gramática - Texto - análise e construção de sentido - Moderna.pdf
Gramática - Texto - análise e construção de sentido - Moderna.pdfGramática - Texto - análise e construção de sentido - Moderna.pdf
Gramática - Texto - análise e construção de sentido - Moderna.pdf
 
Slides Lição 7, Betel, Ordenança para uma vida de fidelidade e lealdade, 2Tr2...
Slides Lição 7, Betel, Ordenança para uma vida de fidelidade e lealdade, 2Tr2...Slides Lição 7, Betel, Ordenança para uma vida de fidelidade e lealdade, 2Tr2...
Slides Lição 7, Betel, Ordenança para uma vida de fidelidade e lealdade, 2Tr2...
 
Slides Lição 7, CPAD, O Perigo Da Murmuração, 2Tr24.pptx
Slides Lição 7, CPAD, O Perigo Da Murmuração, 2Tr24.pptxSlides Lição 7, CPAD, O Perigo Da Murmuração, 2Tr24.pptx
Slides Lição 7, CPAD, O Perigo Da Murmuração, 2Tr24.pptx
 
Currículo Professor Pablo Ortellado - Universidade de São Paulo
Currículo Professor Pablo Ortellado - Universidade de São PauloCurrículo Professor Pablo Ortellado - Universidade de São Paulo
Currículo Professor Pablo Ortellado - Universidade de São Paulo
 
5. EJEMPLOS DE ESTRUCTURASQUINTO GRADO.pptx
5. EJEMPLOS DE ESTRUCTURASQUINTO GRADO.pptx5. EJEMPLOS DE ESTRUCTURASQUINTO GRADO.pptx
5. EJEMPLOS DE ESTRUCTURASQUINTO GRADO.pptx
 
O que é, de facto, a Educação de Infância
O que é, de facto, a Educação de InfânciaO que é, de facto, a Educação de Infância
O que é, de facto, a Educação de Infância
 
Poema - Aedes Aegypt.
Poema - Aedes Aegypt.Poema - Aedes Aegypt.
Poema - Aedes Aegypt.
 
UFCD_10659_Ficheiros de recursos educativos_índice .pdf
UFCD_10659_Ficheiros de recursos educativos_índice .pdfUFCD_10659_Ficheiros de recursos educativos_índice .pdf
UFCD_10659_Ficheiros de recursos educativos_índice .pdf
 
Power Point sobre as etapas do Desenvolvimento infantil
Power Point sobre as etapas do Desenvolvimento infantilPower Point sobre as etapas do Desenvolvimento infantil
Power Point sobre as etapas do Desenvolvimento infantil
 
Peça de teatro infantil: A cigarra e as formigas
Peça de teatro infantil: A cigarra e as formigasPeça de teatro infantil: A cigarra e as formigas
Peça de teatro infantil: A cigarra e as formigas
 
EB1 Cumeada Co(n)Vida à Leitura - Livros à Solta_Serta.pptx
EB1 Cumeada Co(n)Vida à Leitura - Livros à Solta_Serta.pptxEB1 Cumeada Co(n)Vida à Leitura - Livros à Solta_Serta.pptx
EB1 Cumeada Co(n)Vida à Leitura - Livros à Solta_Serta.pptx
 
Sequência didática Carona 1º Encontro.pptx
Sequência didática Carona 1º Encontro.pptxSequência didática Carona 1º Encontro.pptx
Sequência didática Carona 1º Encontro.pptx
 

Um século de mudanças - O iluminismo

  • 2. METAS O Iluminismo 1.1 Relacionar as ideias iluministas com a crença na razão potenciada pelo pensamento científico do século XVII. 1.2 Identificar os princípios norteadores do Iluminismo e os seus principais representantes. 1.3 Identificar os meios de difusão das ideias iluministas e os estratos sociais que mais cedo a elas aderir 1.4. Analisar as propostas do Iluminismo para um novo regime político e social baseado na separação dos poderes, na soberania da nação e no contrato social, na tolerância religiosa, na liberdade de pensamento, na igualdade à nascença e perante a lei. 1.5.Reconhecer a aceitação por parte de alguns dos iluministas da existência de monarcas absolutos, mas cuja governação seria feita em nome da razão e apoiada pelos filósofos (despotismo esclarecido). 1.6. Reconhecer a influência das propostas iluministas nas democracias atuais.
  • 3. O que foi o Iluminismo? Renascimento e revolução científica do século XVII Crença na Razão como fonte de conhecimento Iluminismo A razão é a fonte do conhecimento e do progresso. Através dela se alcança a liberdade e a igualdade, se combate a injustiça e atinge a felicidade O véu da verdade está a ser retirado por duas outras figuras, a razão e a filosofia, que a mostram tal e qual ela é. Frontispício da Enciclopédia (1772).
  • 4. Condorcet • Igualdade e liberdade • Acesso à educação para todos Rousseau • Soberania popular • Igualdade e liberdade Voltaire • Crítica ao clero e à Igreja • Liberdade, tolerância e justiça social Montesquieu • Teoria da Separação dos poderes do Estado (legislativo, executivo e judicial) Os ideais iluministas
  • 5. Os filósofos do Iluminismo defendiam uma nova conceção do poder político e social: o liberalismo, que esteve nas bases das mudanças políticas e sociais que vão acontecer nos finais do século XVIII.: Novas conceções do poder político Princípio de divisão dos poderes do Estado por três órgãos autónomos e independentes entre si: legislativo, executivo e judicial. Separação de poderes O poder pertence ao povo que delega nos representantes, através do voto, a competência de governar a Nação. Soberania popular As minorias devem aceitar a vontade e as decisões da maioria. Todos os indivíduos nascem iguais em direitos e deveres perante a lei. Contrato social Igualdade
  • 6. Salões da nobreza/ burguesia Jornais Cafés Enciclopédia REVOLUÇÕES LIBERAIS Homenagem a Voltaire no salão de madame Geoffrin, 1755. Encontro de filósofos iluministas no café Procope. Liberdade guiando o povo (pintura de Delacroix, 1830). A Enciclopédia publicada em 1751. Como se difundiram as ideias iluministas?
  • 7. Representa a burguesia Representa a liberdade A burguesia foi o grupo social que mais cedo aderiu às novas propostas sociais e políticas:  possuía poder económico e era instruída;  era excluída dos cargos políticos devido à barreira do nascimento, que a impedia de ter os mesmos privilégios da nobreza e do clero. As ideias iluministas constituíram a bandeira em nome da qual se fizeram as revoluções liberais. Quais foram os estratos sociais que aderiram mais cedo às ideias iluministas?
  • 8. O DESPOTISMO ILUMINADO Na segunda metade do século XVIII, desenvolveu-se a conceção do “Despotismo Esclarecido”, uma doutrina política que aceitava o poder absoluto do rei defendendo que este era guiado pela Razão e por isso esclarecido ou iluminado, governando para o bem do povo. Os monarcas esclarecidos tomaram medidas como a liberdade de imprensa, reformas no ensino e legislação sobre o fim da servidão. Catarina II da Rússia Frederico II da Prússia A HERANÇA DO ILUMINISMO Os seus ideais passavam por promover a liberdade, a igualdade, o direito à propriedade, o acesso à educação, a aplicação de uma justiça mais moderada, que corrigisse e reformasse a sociedade, promovesse o progresso e a felicidade. As propostas iluministas foram de tal modo inovadoras e ambiciosas que ainda hoje é visível a sua influência nas democracias atuais.