SlideShare uma empresa Scribd logo
Treinamento Aberto II – Bahiana de Medicina – Prof. Emanuel
1. Considere as afirmações e o gráfico.
I. Nas carnes e vísceras, o ferro é encontrado na forma Fe
2+
.
II. Nos vegetais, o ferro é encontrado na forma mais oxidada, Fe
3+
.
III. A vitamina C é capaz de reduzir o ferro da forma Fe
3+
para a forma Fe
2+
.
a) Qual das formas iônicas do ferro é melhor absorvida pelo intestino humano? Justifique.
b) As afirmações e o gráfico justificam o hábito do brasileiro, de consumir laranja junto com a
feijoada? Justifique.
2. A restrição à venda de antibióticos no Brasil foi uma medida tomada em função do
aparecimento de bactérias super-resistentes. Atualmente, com os avanços na área da genética
e da biologia molecular, uma das explicações aceitas para o surgimento dessas bactérias é a
ocorrência de mutações, a partir das quais haveria uma mudança aleatória em um determinado
gene, e, dessa forma, as bactérias passariam a apresentar resistência ao antibiótico.
No passado, sem o conhecimento da genética e da biologia molecular, Lamarck e Darwin
elaboraram explicações para o surgimento de novas variedades de seres vivos.
Nesse contexto, como pode ser explicado o surgimento de bactérias super-resistentes
a) com base na teoria da evolução de Lamarck?
b) com base na teoria da evolução de Darwin?
3. A história da doença de Chagas se inicia com uma tripla descoberta, ocorrida no interior de
Minas Gerais. Em abril de 1909, Carlos Chagas (1878-1934) comunicou ao mundo científico a
descoberta de uma nova doença humana. O agente causal da doença e seu vetor também
haviam sido por ele identificados, ao final de 1908. A descoberta de Chagas, considerada única
na história da medicina, constitui um marco decisivo na história da ciência e da saúde
brasileiras, trazendo uma contribuição inovadora ao campo emergente da medicina tropical e
dos estudos sobre as doenças parasitárias transmitidas por insetos.
A doença de Chagas ainda preocupa, principalmente os moradores de Abaetetuba, no
nordeste do Pará. De acordo com a Secretaria de Saúde do Pará, só em agosto deste ano
foram registrados 18 casos na região associados ao consumo de açaí. No total, 365 casos
foram contabilizados de janeiro a agosto de 2012. Nas regiões Sul e Sudeste do Brasil, a
transmissão dessa doença já foi relacionada ao consumo de garapa.
a) Indique o agente causal da doença de Chagas e seu vetor descritos pelo pesquisador em
1908-1909. Explique a forma de transmissão dessa doença para humanos descrita por
Chagas.
b) Explique como o consumo de açaí ou de garapa pode transmitir essa parasitose. Como seria
possível impedir essa via de transmissão ao consumir esses alimentos?
4. Leia os trechos extraídos do romance O cortiço, de Aluísio Azevedo (1857-1913).
Trecho 1
A filha era a flor do cortiço. Chamavam-lhe Pombinha. [...] Tinha o seu noivo, o João da Costa,
[...] mas Dona Isabel não queria que o casamento se fizesse já. É que Pombinha, orçando aliás
Treinamento Aberto II – Bahiana de Medicina – Prof. Emanuel
pelos dezoito anos, não tinha ainda pago à natureza o cruento tributo da puberdade [...], por
coisa nenhuma desta vida consentiria que a sua pequena casasse antes de “ser mulher”, como
dizia ela. [...] entendia que não era decente, nem tinha jeito, dar homem a uma moça que ainda
não fora visitada pelas regras!
Trecho 2
— Veio?! perguntou a velha com um grito arrancado do fundo da alma.
A rapariga meneou a cabeça afirmativamente, sorrindo feliz e enrubescida.
[...]
— Milha filha é mulher! Minha filha é mulher!
O fato abalou o coração do cortiço, as duas receberam parabéns e felicitações.
a) Considerando a fisiologia da reprodução humana, o que vem a ser “as regras”, as quais o
autor se refere? Qual alteração hormonal finaliza o processo que resulta na “vinda das
regras”, como explicitado no trecho 2?
b) Suponha que Pombinha, já casada, e com “regras” regulares, quisesse evitar filhos, e para
isso adotasse o método contraceptivo conhecido por “tabelinha”. Como Pombinha poderia
determinar o período no qual deveria se abster de relações sexuais? Explique por que essa
abstenção sexual deve se dar ao longo de um período de dias, e não apenas em um dia.
5. Os indivíduos não são coisas estáveis. Eles são efêmeros. Os cromossomos também caem
no esquecimento, como as mãos num jogo de cartas pouco depois de serem distribuídas. Mas
as cartas, em si, sobrevivem ao embaralhamento. As cartas são os genes. Eles apenas trocam
de parceiros e seguem em frente. É claro que eles seguem em frente. É essa a sua vocação.
Eles são os replicadores e nós, suas máquinas de sobrevivência. Quando tivermos cumprido a
nossa missão, seremos descartados. Os genes, porém, são cidadãos do tempo geológico: os
genes são para sempre.
(Richard Dawkins. O gene egoísta, 2008.)
Considerando a reprodução sexuada, explique o que o autor do texto quis dizer ao comparar
cada cromossomo, e o conjunto cromossômico de uma pessoa, às mãos de cartas que se
desfazem assim que são distribuídas. Considerando o mecanismo de duplicação do DNA,
explique a afirmação de que os genes são para sempre.
6. A maior parte dos copinhos de café, copos de água e mamadeiras é feita de policarbonato
com bisfenol A, substância que é liberada quando algum líquido quente é colocado nesses
recipientes. O bisfenol A é um composto químico cuja estrutura molecular é muito semelhante
à do hormônio estrógeno. A ingestão do bisfenol A pode resultar em alterações do ciclo
menstrual e também causar alterações no amadurecimento sexual principalmente em
adolescentes do sexo feminino.
a) Considerando a semelhança do bisfenol A com o estrógeno e a sua presença em
adolescentes, explique como o bisfenol A poderia influenciar no amadurecimento sexual
desses adolescentes e no espessamento do endométrio no início do ciclo menstrual.
b) Embora o amadurecimento sexual ocorra para meninos e meninas em torno dos 12 anos, no
sexo feminino a divisão celular meiótica começa muito antes e pode durar décadas. Quando
esse processo de divisão começa no sexo feminino e por que essa divisão pode ser tão
longa?
7. A anemia falciforme é uma doença genética autossômica recessiva, caracterizada pela
presença de hemácias em forma de foice e deficiência no transporte de gases. O alelo
responsável por essa condição é o HbS, que codifica a forma S da globina β . Sabe-se que os
indivíduos heterozigotos para a HbS não têm os sintomas da anemia falciforme e apresentam
uma chance 76% maior de sobreviver à malária do que os indivíduos homozigotos para o alelo
normal da globina β (alelo HbA). Algumas regiões da África apresentam alta prevalência de
malária e acredita-se que essa condição tenha influenciado a frequência do alelo HbS nessas
áreas.
Treinamento Aberto II – Bahiana de Medicina – Prof. Emanuel
a) O que ocorre com a frequência do alelo HbS nas áreas com alta incidência de malária? Por
quê?
b) O heredograma abaixo se refere a uma família com um caso de anemia falciforme. Qual é a
probabilidade de o casal em questão ter outro(a) filho(a) com anemia falciforme? Explique.
8. Todos os anos, o serviço público de saúde do Brasil lança campanhas de vacinação
voltadas para a população. A vacinação funciona como uma primeira exposição do nosso
organismo ao agente infeccioso.
a) Compare como reage nosso organismo, em termos de velocidade de resposta e quantidade
de anticorpos produzidos, em uma primeira e em uma segunda exposição ao agente
infeccioso.
b) Ao contrário de outras vacinas, a vacina contra gripe é periódica, ou seja, mesmo quem já foi
vacinado anteriormente deve receber a vacina a cada ano. Por que isso ocorre?
9. O botox®, ou toxina botulínica, é um composto produzido por uma bactéria anaeróbia e
utilizado em tratamentos estéticos, em pequenas doses, para suavizar as marcas causadas
pelas contrações musculares na face ao longo do tempo. Ao ser aplicada no rosto, a toxina
bloqueia a liberação de acetilcolina, um neurotransmissor que leva mensagens elétricas do
cérebro aos músculos faciais.
(www.bbc.co.uk/portuguese)
a) Botulismo é a doença causada pela bactéria de onde foi retirada a toxina botulínica para
produzir o botox® e ela é adquirida normalmente por ingestão de alimento. O alimento
contaminado geralmente é o enlatado. Por que esse é um dos ambientes em que se pode
encontrar a bactéria botulínica?
b) Explique o que ocorreria no interior da fibra muscular caso houvesse a liberação de
acetilcolina.
10. A cirrose hepática é uma séria enfermidade que frequentemente surge do hábito de ingerir
bebida alcoólica. O álcool pode alterar várias estruturas do fígado, como ductos biliares e as
células produtoras de bile, além de causar acúmulo de glóbulos de gordura.
a) Qual a importância da bile para o processo de digestão e em que parte do tubo digestório a
bile é lançada?
b) Outra função realizada pelo fígado é a produção e armazenamento de glicogênio. Espera-se
que esse processo ocorra depois de uma refeição ou após um longo período de jejum? Qual
a importância do armazenamento do glicogênio?
TEXTO PARA A PRÓXIMA QUESTÃO:
Grande parte das mortes verificadas em países industrializados decorre de doenças
cardiovasculares, que constituem um dos mais graves problemas de Saúde Pública, inclusive
no Brasil. No gráfico abaixo, estão representados valores da pressão sanguínea em diferentes
vasos do sistema circulatório de um indivíduo saudável.
Treinamento Aberto II – Bahiana de Medicina – Prof. Emanuel
11. Com base nas informações contidas nesse gráfico e em outros conhecimentos sobre o
assunto, faça o que se pede.
a) Justifique os altos valores de pressão sanguínea encontrados nas artérias em relação aos
observados nas veias.
b) O sangue que sai do coração é impulsionado para todo o corpo e, depois de percorrer todo
ele, retorna ao coração. Cite dois mecanismos, além da diferença de pressão, que auxiliam
no retorno do sangue ao coração.
12. Os gráficos a seguir apresentam o crescimento de uma espécie de bactéria e de um vírus
bacteriófago em ciclo lítico, ambos em ambientes sem limitação de recursos.
Identifique qual gráfico (A ou B) representa o crescimento das bactérias e qual representa o
crescimento dos bacteriófagos. Justifique sua resposta.
13. Em famílias constituídas a partir da união de primos em primeiro grau, é mais alta a
ocorrência de distúrbios genéticos, em comparação com famílias formadas por casais que não
têm consanguinidade.
a) A que se deve essa maior ocorrência de distúrbios genéticos em uniões consanguíneas?
b) A fenilcetonúria (FCU) é um distúrbio genético que se deve a uma mutação no gene que
expressa a enzima responsável pelo metabolismo do aminoácido fenilalanina. Na ausência
da enzima, a fenilalanina se acumula no organismo e pode afetar o desenvolvimento
neurológico da criança. Esse distúrbio é facilmente detectado no recém-nascido pelo exame
do pezinho. No caso de ser constatada a doença, a alimentação dessa criança deve ser
Treinamento Aberto II – Bahiana de Medicina – Prof. Emanuel
controlada. Que tipos de alimento devem ser evitados: os ricos em carboidratos, lipídeos ou
proteínas?
Justifique.
14. O heredograma a seguir refere-se a uma família com braquidactilia. Os indivíduos
portadores dessa anomalia tem os terminais ósseos bem curtos nos dedos em comparação
com os de uma mão normal, em decorrência da manifestação de um alelo.
a) A braquidactilia é ocasionada por um gene dominante ou recessivo?
b) Qual a probabilidade do casal I ter filho normal?
15. Um turista veio para Vitória pela primeira vez em sua vida para conhecer o mar. Quando
chegou à praia, observou cada detalhe e notou, entre tantas coisas, que havia placas com o
indicativo de proibição de cachorros na praia, de acordo com uma lei municipal. Ele não
entendeu bem o significado daquilo, mas, independentemente disso, aproveitou ao máximo
seus dias de lazer. Alguns dias após retornar para sua cidade, ele percebeu o surgimento de
uma pequena ferida na pele de sua perna, que se desenvolveu na forma de linhas tortuosas.
Essa ferida foi diagnosticada como uma doença parasitária. Com base nessas informações,
faça o que se pede.
a) Indique o nome da doença parasitária (ou do parasita) de que trata o texto acima.
b) Indique a relação existente entre a proibição da lei municipal mencionada e essa parasitose.
c) Esse parasita pertence a um filo que apresenta o preenchimento da cavidade corporal
bastante típico, quando comparado com a cavidade corporal de outros parasitas humanos.
Explique como a cavidade corporal do parasita em questão está preenchida e indique uma
de suas funções.
16. Há aproximadamente 90 anos, o farmacologista alemão Otto Loewi realizou experimentos
que o credenciaram a receber o Prêmio Nobel de Medicina em 1936. Em um dos
experimentos, ele retirou os corações de dois sapos, deixando-os em solução fisiológica em
recipientes separados.
Em um dos corações, um nervo do sistema nervoso autônomo foi preservado. Loewi estimulou
eletricamente o nervo e observou a redução da frequência cardíaca.
Depois, ele injetou a solução do coração estimulado no outro coração e observou o mesmo
efeito, ou seja, o outro coração também apresentou uma redução da frequência de seus
batimentos.
a) A qual divisão do sistema nervoso autônomo pertence o nervo preservado?
b) Explique por que a solução do coração estimulado provocou o mesmo efeito no outro
coração.
Treinamento Aberto II – Bahiana de Medicina – Prof. Emanuel
c) O que aconteceria se a solução do coração estimulado fosse injetada em uma fibra muscular
esquelética?
17. Para desvendar crimes, a polícia científica costuma coletar e analisar diversos resíduos
encontrados no local do crime. Na investigação de um assassinato, quatro amostras de
resíduos foram analisadas e apresentaram os componentes relacionados na tabela a seguir.
Com base nos componentes identificados em cada amostra, os investigadores científicos
relacionaram uma das amostras, a cabelo, e as demais, a artrópode, planta e saliva.
a) A qual amostra corresponde o cabelo? E a saliva? Indique qual conteúdo de cada uma das
amostras permitiu a identificação do material analisado.
b) Sangue do tipo AB Rh
-
também foi coletado no local. Sabendo-se que o pai da vítima tem o
tipo sanguíneo O Rh
-
e a mãe tem o tipo AB Rh
+
, há possibilidade de o sangue ser da vítima?
Justifique sua resposta.
18. As infecções hospitalares são frequentemente causadas por bactérias que passaram por
um processo de seleção e se mostram, com isso, muito resistentes a antibióticos. A situação é
agravada pelo fato de as bactérias apresentarem um crescimento populacional bastante rápido.
a) Como a resistência a antibióticos se origina em bactérias de uma colônia que é sensível a
eles?
b) Explique de que maneira as características reprodutivas das bactérias contribuem para seu
rápido crescimento populacional.
19. Os rins mantêm o equilíbrio hídrico no corpo por meio da regulação da quantidade e dos
componentes do líquido dentro e fora das células. Quaisquer distúrbios dos canais de água nos
néfrons, ou do hormônio antidiurético (ADH), podem levar a doenças, como a desidratação.
O gráfico a seguir representa duas situações diferentes, em que as duas curvas se sobrepõem
até a metade da porção D do néfron.
Com base nas informações anteriores,
a) explique qual curva poderia representar uma pessoa com desidratação;
Treinamento Aberto II – Bahiana de Medicina – Prof. Emanuel
b) quais são as partes do néfron onde o ADH atua?
20. Um aluno em sua casa, estudando eletromicrografias de diferentes células, recortou o
núcleo de duas células para posterior montagem em seu colégio. O núcleo de uma destas
células apresentava muita eucromatina e nucléolo bem desenvolvido e, o da outra, muita
heterocromatina. No dia seguinte, em sala de aula, o aluno percebeu que os citoplasmas
destas duas células também eram diferentes: um apresentava grande quantidade de organelas
e, o outro, poucas. O aluno, então, sentiu dificuldade em executar a montagem porque não foi
capaz de associar, com precisão, cada núcleo ao respectivo citoplasma.
Tendo em vista as informações dadas, explique como devem ser montadas estas duas células.
Justifique sua resposta, levando em consideração a atividade metabólica destas células.
Treinamento Aberto II – Bahiana de Medicina – Prof. Emanuel
Gabarito:
Resposta da questão 1:
a) Fe
2+
. A forma Fe
2+
é encontrada nas carnes e vísceras. O gráfico mostra que esse
alimento contém a forma iônica do ferro melhor absorvida pelo intestino humano.
b) Sim. A laranja é rica em vitamina C. Essa vitamina auxilia a conversão do Fe
3+
em Fe
2+
,
melhorando a absorção do íon pelo intestino humano.
Resposta da questão 2:
a) Segundo a teoria lamarckista, as bactérias podem se tornar resistentes para sobreviver
na presença dos antibióticos e transmitem essa aptidão adquirida aos seus descendentes.
b) Segundo a teoria darwinista, os antibióticos selecionam as variedades bacterianas
naturalmente resistentes, eliminando as variedades sensíveis.
Resposta da questão 3:
a) O causador da doença de Chagas é o protozoário Trypanosoma cruzi. Esse protoctista
flagelado é transmitido ao homem por meio das fezes contaminadas do inseto hemíptero
conhecido popularmente por barbeiro ou chupança.
b) O consumo de açaí ou garapa pode transmitir o protoctista porque, durante o processo
desses alimentos e bebidas ocorre a moagem. Junto com os vegetais podem estar barbeiros,
ou suas fezes contaminadas com o T. cruzi. A melhor forma de se evitar essa via de
transmissão é a cuidadosa lavagem dos produtos antes de serem processados para o
consumo humano.
Resposta da questão 4:
a) As “regras” citadas no texto correspondem ao ciclo menstrual normal que ocorre a cada
28 dias, aproximadamente. A menstruação corresponde à descamação do endométrio
uterino e é determinada pela queda nos níveis plamáticos dos hormônios ovarianos
estrogênio e progesterona.
b) O método anticoncepcional conhecido como “tabelinha” baseia-se no fato de que, por volta
do 14º dia após o início do ciclo, deverá ocorrer a ovulação. A abstenção sexual deverá ocorrer
5 dias antes e 5 dias depois do 14º dia, porque o processo ovulatório não ocorre sempre no 14º
dia do ciclo menstrual.
Resposta da questão 5:
Os cromossomos e os genes são como as cartas de um baralho. A cada mão, são formadas
novas combinações de cartas, assim como, a cada geração, as permutações e a segregação,
independente dos cromossomos homólogos, produzem novas combinações gênicas e
cromossômicas nos gametas envolvidos na reprodução sexuada. A replicação
semiconservativa do DNA garante que as duas cadeias pareadas do DNA se separem e se
complementem, permitindo que as instruções genéticas se perpetuem nas células filhas e nas
gerações futuras.
Resposta da questão 6:
a) O bisfenol A provoca o amadurecimento sexual precoce e, consequentemente, o
aumento do espessamento do endométrio (mucosa uterina).
b) O processo de gametogênese feminino é iniciado durante o desenvolvimento embrionário.
As mulheres nascem com um número determinado de ovócitos II em meiose interrompida.
Caso ocorra a fecundação, o ovócito II se divide e as cromátides irmãs são separadas em um
glóbulo polar secundário e um óvulo funcional. O óvulo funcional fecundado originará o zigoto
ou célula-ovo.
Resposta da questão 7:
a) A frequência do alelo HbS aumenta nas áreas com alta incidência de malária. Nessas
regiões os indivíduos heterozigotos (HbA HbS) são resistentes à doença e transmitem o
alelo mutante HbS aos seus descendentes.
b) Alelos: HbA (normal) e HbS (anemia falciforme). Pais: HbA HbS x Hba HbS. P (criança HbS
HbS): ¼ ou 25%.
Treinamento Aberto II – Bahiana de Medicina – Prof. Emanuel
Resposta da questão 8:
a) A primeira aplicação de um antígeno no corpo humano induz a produção de anticorpos e
de células de memória de forma lenta e pouco intensa. A segunda aplicação do antígeno
(dose de reforço) resulta na produção de anticorpos específicos de forma rápida e mais
intensa, devido à ação das células de memória imunológica.
b) Existe grande variabilidade entre vírus causadores da gripe, porque a taxa de mutações
entre esses vírus é alta. A vacinação é periódica, com a finalidade de prevenir contra a
infecção dos vírus mais prevalentes na população em cada ano.
Resposta da questão 9:
a) A bactéria causadora do botulismo é um microrganismo anaeróbico estrito. Ele se
desenvolve bem em alimentos enlatados a vácuo.
b) A liberação de acetilcolina estimula a contração da fibra muscular estriada. O
neurotransmissor determina o deslizamento dos miofilamentos proteicos de actina sobre os
miofilamentos de miosina, na presença de cálcio, com consumo de ATP.
Resposta da questão 10:
a) A bile contém sais que funcionam como um “detergente” natural e mulsificando as
gorduras. Os sais biliares (taurocolato e glicolato de sódio) quebram a tensão superficial das
gotas de gordura, transformando-as em gotículas microscópicas. A bile é produzida pelo
fígado e secretada no duodeno.
b) As células do fígado produzem e armazenam o glicogênio após as refeições. O glicogênio
hepático se constitui em importante reserva enérgica durante os períodos de jejum.
Resposta da questão 11:
a) A pressão sanguínea nas artérias é determinada pela contração (sístole) do ventrículo
esquerdo do coração. A pressão sanguínea nas veias é menor por ser determinada pela
pressão exercida pelos músculos esqueléticos do corpo.
b) O retorno venoso é determinado pela contração dos músculos esqueléticos e pela presença
de valvas que impedem o reflexo do sangue venoso dos tecidos e órgãos pelos quais já
passou.
Resposta da questão 12:
Bactéria, B; bacteriófago, A. As bactérias possuem divisão binária, por isso seu número dobra
a cada ciclo. Os bacteriófagos são vírus que infectam as bactérias e utilizam seu metabolismo
para formar novos vírus. A cada ciclo lítico, um único bacteriófago gera muitos outros.
Resposta da questão 13:
a) Muitos genes que causam distúrbios genéticos são recessivos, ou seja, só se manifestam
em dose dupla. Como primos em primeiro grau possuem patrimônio genético muito parecido,
já que têm ascendentes comuns, a probabilidade de os dois terem o mesmo gene deletério é
maior do que em indivíduos não aparentados. Portanto, a chance desses genes aparecerem
em dose dupla no filho ou filha também é mais alta.
b) Os fenilcetonúricos não conseguem metabolizar o aminoácido fenilalanina, portanto, devem
ser evitados os alimentos ricos em proteínas, principalmente as que contenham fenilalanina.
Resposta da questão 14:
a) A braquidactilia é uma anomalia ocasionada por um gene autossômico dominante.
b) Tendo filhos normais, a mulher que forma o casal I é heterozigótica para a braquidactilia,
enquanto que o homem é homozigoto recessivo. Nesse caso, a probabilidade do casal ter um
filho normal é de ½ ou 50%.
Resposta da questão 15:
a) A doença parasitária é conhecida com o nome de bicho geográfico ou larva migrans e é
causada pelo nematelminto Ancylostoma braziliensis.
b) A. braziliensis é um parasita de cães e gatos. Os ovos do parasita são eliminados junto com
Treinamento Aberto II – Bahiana de Medicina – Prof. Emanuel
as fezes desses animais, contaminando a areia da praia, onde as larvas se desenvolvem,
sendo capazes de penetrar ativamente através da pele das pessoas que andarem descalças
na praia. Daí a razão da proibição da circulação de cães pela praia.
c) A. braziliensis pertence ao Filo Nematelminthes que se caracteriza pela presença de uma
cavidade corporal preenchida de líquido (pseudoceloma). O pseudoceloma realiza a
distribuição dos nutrientes e dos gases para todo o corpo do animal. Excreções resultantes do
metabolismo celular também são lançadas no pseudoceloma para posterior eliminação. Além
disso, o pseudoceloma funciona também como um esqueleto hidrostático dando sustentação,
mantendo a forma do animal e contribuindo para a sua locomoção.
Resposta da questão 16:
a) O sistema nervoso autônomo é dividido em simpático e parassimpático. O nervo
preservado no experimento de Loewi pertence ao sistema nervoso parassimpático.
b) O nervo parassimpático estimulado eliminou na solução a acetilcolina, neurotransmissor que
age provocando a redução da frequência cardíaca.
c) Se a solução do coração estimulado fosse injetada em uma fibra muscular esquelética,
ocorreriam contrações musculares.
Resposta da questão 17:
a) O cabelo corresponde à amostra 4, identificada pela queratina. A saliva corresponde à
amostra 2, o que é demonstrado pela presença de ptialina.
b) O sangue não é da vítima. Isso porque, tendo pai genótipo ii e mãe AB genótipo I
A
I
B
, ela não
poderia apresentar sangue AB.
Resposta da questão 18:
a) Bactérias resistentes surgem devido a alterações espontâneas em seu material genético.
Os antibióticos eliminam os microorganismos sensíveis, selecionando as formas resistentes.
b) O rápido crescimento populacional verificado em bactérias deve-se ao fato de que esses
organismos se multiplicam assexuadamente por bipartição, quando em condições favoráveis.
Resposta da questão 19:
a) Curva dois porque quando ocorre uma desidratação há um aumento na liberação de ADH
(ou vasopressina) que eleva a permeabilidade à água, tentando manter a osmolaridade
plasmática, permitindo o aumento da osmolaridade tubular e a diminuição do fluxo tubular,
produzindo antidiurese (pouca eliminação de urina) e urina hiperosmótica.
b) Túbulo distal e túbulo (ou ducto) coletor.
Resposta da questão 20:
Uma das células será montada utilizando-se o núcleo com nucléolo bem desenvolvido e o
citoplasma com grande quantidade de organelas. Esta célula tem uma intensa atividade
metabólica com elevada síntese de proteínas, uma vez que o nucléolo desenvolve-se quando
sintetiza grande quantidade de ribossomos.
A outra célula será montada utilizando-se o núcleo com muita heterocromatina e o citoplasma
com poucas organelas. Neste caso, a célula tem baixa atividade metabólica devido ao fato de a
heterocromatina ser inativa no que diz respeito à expressão gênica.

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Treinamento enem introdução a citologia
Treinamento enem   introdução a citologiaTreinamento enem   introdução a citologia
Treinamento enem introdução a citologia
emanuel
 
Av1 de biologia,química e física
Av1 de biologia,química e física Av1 de biologia,química e física
Av1 de biologia,química e física
emanuel
 
Treinamento de membrana plasmática
Treinamento de membrana plasmáticaTreinamento de membrana plasmática
Treinamento de membrana plasmática
emanuel
 
Treinamento Consultec - introdução citologia
Treinamento Consultec - introdução citologiaTreinamento Consultec - introdução citologia
Treinamento Consultec - introdução citologia
emanuel
 
Treinamento origem da vida
Treinamento origem da vidaTreinamento origem da vida
Treinamento origem da vida
emanuel
 
AV1 de ciências humanas e naturais - Colégio Sartre COC
AV1 de ciências humanas e naturais - Colégio Sartre COCAV1 de ciências humanas e naturais - Colégio Sartre COC
AV1 de ciências humanas e naturais - Colégio Sartre COC
emanuel
 
1 questao enem-citologia
1 questao enem-citologia1 questao enem-citologia
1 questao enem-citologia
Andréa Silva
 
Treinamento aberto III - Bahiana de Medicina
Treinamento aberto III -  Bahiana de MedicinaTreinamento aberto III -  Bahiana de Medicina
Treinamento aberto III - Bahiana de Medicina
emanuel
 
Areal teste 11 bg_outubro 2021
Areal teste 11 bg_outubro 2021Areal teste 11 bg_outubro 2021
Areal teste 11 bg_outubro 2021
Vanda Sirgado
 
Treinamento gametogênese
Treinamento gametogêneseTreinamento gametogênese
Treinamento gametogênese
emanuel
 
3 ano atividade 1 respostas
3 ano atividade 1 respostas3 ano atividade 1 respostas
3 ano atividade 1 respostas
Gustavo Pessoa
 
1S- Exercícios divisão celular 70 questoes- respondida
1S- Exercícios divisão celular   70 questoes- respondida1S- Exercícios divisão celular   70 questoes- respondida
1S- Exercícios divisão celular 70 questoes- respondida
Ionara Urrutia Moura
 
Correção Unesp 1 fase inverno 2015
Correção Unesp 1 fase inverno 2015Correção Unesp 1 fase inverno 2015
Correção Unesp 1 fase inverno 2015
Carlos Priante
 
Treinamento proteína e vitaminas
Treinamento proteína e vitaminasTreinamento proteína e vitaminas
Treinamento proteína e vitaminas
emanuel
 
lista de estatistica
lista de estatisticalista de estatistica
lista de estatistica
ROSIMEIRE VIEIRA
 
Ficha avaliação 2 11c
Ficha avaliação  2  11cFicha avaliação  2  11c
Ficha avaliação 2 11c
Estela Costa
 
EXERCÍCIOS DOS TESTES INTERMÉDIOS
EXERCÍCIOS DOS TESTES INTERMÉDIOSEXERCÍCIOS DOS TESTES INTERMÉDIOS
EXERCÍCIOS DOS TESTES INTERMÉDIOS
sandranascimento
 
Treinamento prova - 3. ano
Treinamento prova - 3. anoTreinamento prova - 3. ano
Treinamento prova - 3. ano
emanuel
 
Aula de correcção nr. 1
Aula de correcção nr. 1Aula de correcção nr. 1
Aula de correcção nr. 1
Nuno Correia
 
Ae bg10 teste_avaliacao_4_mar2021
Ae bg10 teste_avaliacao_4_mar2021Ae bg10 teste_avaliacao_4_mar2021
Ae bg10 teste_avaliacao_4_mar2021
AprenderIngls1
 

Mais procurados (20)

Treinamento enem introdução a citologia
Treinamento enem   introdução a citologiaTreinamento enem   introdução a citologia
Treinamento enem introdução a citologia
 
Av1 de biologia,química e física
Av1 de biologia,química e física Av1 de biologia,química e física
Av1 de biologia,química e física
 
Treinamento de membrana plasmática
Treinamento de membrana plasmáticaTreinamento de membrana plasmática
Treinamento de membrana plasmática
 
Treinamento Consultec - introdução citologia
Treinamento Consultec - introdução citologiaTreinamento Consultec - introdução citologia
Treinamento Consultec - introdução citologia
 
Treinamento origem da vida
Treinamento origem da vidaTreinamento origem da vida
Treinamento origem da vida
 
AV1 de ciências humanas e naturais - Colégio Sartre COC
AV1 de ciências humanas e naturais - Colégio Sartre COCAV1 de ciências humanas e naturais - Colégio Sartre COC
AV1 de ciências humanas e naturais - Colégio Sartre COC
 
1 questao enem-citologia
1 questao enem-citologia1 questao enem-citologia
1 questao enem-citologia
 
Treinamento aberto III - Bahiana de Medicina
Treinamento aberto III -  Bahiana de MedicinaTreinamento aberto III -  Bahiana de Medicina
Treinamento aberto III - Bahiana de Medicina
 
Areal teste 11 bg_outubro 2021
Areal teste 11 bg_outubro 2021Areal teste 11 bg_outubro 2021
Areal teste 11 bg_outubro 2021
 
Treinamento gametogênese
Treinamento gametogêneseTreinamento gametogênese
Treinamento gametogênese
 
3 ano atividade 1 respostas
3 ano atividade 1 respostas3 ano atividade 1 respostas
3 ano atividade 1 respostas
 
1S- Exercícios divisão celular 70 questoes- respondida
1S- Exercícios divisão celular   70 questoes- respondida1S- Exercícios divisão celular   70 questoes- respondida
1S- Exercícios divisão celular 70 questoes- respondida
 
Correção Unesp 1 fase inverno 2015
Correção Unesp 1 fase inverno 2015Correção Unesp 1 fase inverno 2015
Correção Unesp 1 fase inverno 2015
 
Treinamento proteína e vitaminas
Treinamento proteína e vitaminasTreinamento proteína e vitaminas
Treinamento proteína e vitaminas
 
lista de estatistica
lista de estatisticalista de estatistica
lista de estatistica
 
Ficha avaliação 2 11c
Ficha avaliação  2  11cFicha avaliação  2  11c
Ficha avaliação 2 11c
 
EXERCÍCIOS DOS TESTES INTERMÉDIOS
EXERCÍCIOS DOS TESTES INTERMÉDIOSEXERCÍCIOS DOS TESTES INTERMÉDIOS
EXERCÍCIOS DOS TESTES INTERMÉDIOS
 
Treinamento prova - 3. ano
Treinamento prova - 3. anoTreinamento prova - 3. ano
Treinamento prova - 3. ano
 
Aula de correcção nr. 1
Aula de correcção nr. 1Aula de correcção nr. 1
Aula de correcção nr. 1
 
Ae bg10 teste_avaliacao_4_mar2021
Ae bg10 teste_avaliacao_4_mar2021Ae bg10 teste_avaliacao_4_mar2021
Ae bg10 teste_avaliacao_4_mar2021
 

Destaque

Fuvest2016 2fase 3dia
Fuvest2016 2fase 3diaFuvest2016 2fase 3dia
Fuvest2016 2fase 3dia
Francisco Silva
 
Revisão bahiana 2ª etapa
Revisão bahiana 2ª etapaRevisão bahiana 2ª etapa
Revisão bahiana 2ª etapa
emanuel
 
Treinamento consultec introdução citologia
Treinamento consultec   introdução citologiaTreinamento consultec   introdução citologia
Treinamento consultec introdução citologia
emanuel
 
The cell - Introdução a citologia
The cell - Introdução a citologiaThe cell - Introdução a citologia
The cell - Introdução a citologia
emanuel
 
Leitura complementar de imunologia II
Leitura complementar de imunologia IILeitura complementar de imunologia II
Leitura complementar de imunologia II
emanuel
 
Treinamento para AV2 - Biologia
Treinamento para AV2 - BiologiaTreinamento para AV2 - Biologia
Treinamento para AV2 - Biologia
emanuel
 
Biomoleculas
BiomoleculasBiomoleculas
Biomoleculas
emanuel
 
Diferenciação celular das linhagens somática e germinativa
Diferenciação celular das linhagens somática e germinativaDiferenciação celular das linhagens somática e germinativa
Diferenciação celular das linhagens somática e germinativa
emanuel
 
2º simulado do Super Super MED
2º simulado do Super Super MED2º simulado do Super Super MED
2º simulado do Super Super MED
emanuel
 
Leitura de Introdução a fisiologia Humana
Leitura de Introdução a fisiologia HumanaLeitura de Introdução a fisiologia Humana
Leitura de Introdução a fisiologia Humana
emanuel
 
15 joias da evolucao
15 joias da evolucao15 joias da evolucao
15 joias da evolucao
emanuel
 
Av2 de biologia,química e física
Av2 de biologia,química e físicaAv2 de biologia,química e física
Av2 de biologia,química e física
emanuel
 
Leitura sobre manguezal
Leitura sobre manguezalLeitura sobre manguezal
Leitura sobre manguezal
emanuel
 
Chaperoninas
ChaperoninasChaperoninas
Chaperoninas
emanuel
 
Treinamento Super Med - sangue
Treinamento Super Med - sangueTreinamento Super Med - sangue
Treinamento Super Med - sangue
emanuel
 
Treinamento sistema excretor
Treinamento sistema excretorTreinamento sistema excretor
Treinamento sistema excretor
emanuel
 
Introdução a biologia celular - Leitura complementar
Introdução a biologia celular - Leitura complementarIntrodução a biologia celular - Leitura complementar
Introdução a biologia celular - Leitura complementar
emanuel
 
1º Simulado super super med
1º Simulado super super med1º Simulado super super med
1º Simulado super super med
emanuel
 
Leitura sobre célula- fundamentada em uma célula vegetal
Leitura sobre célula- fundamentada em uma célula vegetalLeitura sobre célula- fundamentada em uma célula vegetal
Leitura sobre célula- fundamentada em uma célula vegetal
emanuel
 
Reino fungi - Leitura
Reino fungi - LeituraReino fungi - Leitura
Reino fungi - Leitura
emanuel
 

Destaque (20)

Fuvest2016 2fase 3dia
Fuvest2016 2fase 3diaFuvest2016 2fase 3dia
Fuvest2016 2fase 3dia
 
Revisão bahiana 2ª etapa
Revisão bahiana 2ª etapaRevisão bahiana 2ª etapa
Revisão bahiana 2ª etapa
 
Treinamento consultec introdução citologia
Treinamento consultec   introdução citologiaTreinamento consultec   introdução citologia
Treinamento consultec introdução citologia
 
The cell - Introdução a citologia
The cell - Introdução a citologiaThe cell - Introdução a citologia
The cell - Introdução a citologia
 
Leitura complementar de imunologia II
Leitura complementar de imunologia IILeitura complementar de imunologia II
Leitura complementar de imunologia II
 
Treinamento para AV2 - Biologia
Treinamento para AV2 - BiologiaTreinamento para AV2 - Biologia
Treinamento para AV2 - Biologia
 
Biomoleculas
BiomoleculasBiomoleculas
Biomoleculas
 
Diferenciação celular das linhagens somática e germinativa
Diferenciação celular das linhagens somática e germinativaDiferenciação celular das linhagens somática e germinativa
Diferenciação celular das linhagens somática e germinativa
 
2º simulado do Super Super MED
2º simulado do Super Super MED2º simulado do Super Super MED
2º simulado do Super Super MED
 
Leitura de Introdução a fisiologia Humana
Leitura de Introdução a fisiologia HumanaLeitura de Introdução a fisiologia Humana
Leitura de Introdução a fisiologia Humana
 
15 joias da evolucao
15 joias da evolucao15 joias da evolucao
15 joias da evolucao
 
Av2 de biologia,química e física
Av2 de biologia,química e físicaAv2 de biologia,química e física
Av2 de biologia,química e física
 
Leitura sobre manguezal
Leitura sobre manguezalLeitura sobre manguezal
Leitura sobre manguezal
 
Chaperoninas
ChaperoninasChaperoninas
Chaperoninas
 
Treinamento Super Med - sangue
Treinamento Super Med - sangueTreinamento Super Med - sangue
Treinamento Super Med - sangue
 
Treinamento sistema excretor
Treinamento sistema excretorTreinamento sistema excretor
Treinamento sistema excretor
 
Introdução a biologia celular - Leitura complementar
Introdução a biologia celular - Leitura complementarIntrodução a biologia celular - Leitura complementar
Introdução a biologia celular - Leitura complementar
 
1º Simulado super super med
1º Simulado super super med1º Simulado super super med
1º Simulado super super med
 
Leitura sobre célula- fundamentada em uma célula vegetal
Leitura sobre célula- fundamentada em uma célula vegetalLeitura sobre célula- fundamentada em uma célula vegetal
Leitura sobre célula- fundamentada em uma célula vegetal
 
Reino fungi - Leitura
Reino fungi - LeituraReino fungi - Leitura
Reino fungi - Leitura
 

Semelhante a Treinamento aberto II - Bahiana de medicina

Lista de exercícios - bio frente 1 e 2 - 2º bim - profs james e mariana 2016
Lista de exercícios  -  bio frente 1 e 2 - 2º bim - profs james e mariana 2016Lista de exercícios  -  bio frente 1 e 2 - 2º bim - profs james e mariana 2016
Lista de exercícios - bio frente 1 e 2 - 2º bim - profs james e mariana 2016
James Martins
 
Fichas de-trabalho-diversas-9-cap1112
Fichas de-trabalho-diversas-9-cap1112Fichas de-trabalho-diversas-9-cap1112
Fichas de-trabalho-diversas-9-cap1112
Arlindo Sousa
 
C nat 9ano-diversos-fichas
C nat 9ano-diversos-fichasC nat 9ano-diversos-fichas
C nat 9ano-diversos-fichas
Sandra Gonçalves
 
Fichas de-trabalho-diversas-9-cap1112
Fichas de-trabalho-diversas-9-cap1112Fichas de-trabalho-diversas-9-cap1112
Fichas de-trabalho-diversas-9-cap1112
Filomena Tome
 
Biologia B aula 3
Biologia B aula 3Biologia B aula 3
Biologia B aula 3
ricardo.gaucho
 
questions_biologia_bioquimica_vitaminas.pdf
questions_biologia_bioquimica_vitaminas.pdfquestions_biologia_bioquimica_vitaminas.pdf
questions_biologia_bioquimica_vitaminas.pdf
TiagoNogueira81
 
Lista de exercícios - 3º bim - 3º ano - prof james - com respostas esperadas
Lista de exercícios - 3º bim - 3º ano - prof james - com respostas esperadasLista de exercícios - 3º bim - 3º ano - prof james - com respostas esperadas
Lista de exercícios - 3º bim - 3º ano - prof james - com respostas esperadas
James Martins
 
Lista de-exercícios-bio 2º ano -4º-bim-2017
Lista de-exercícios-bio 2º ano -4º-bim-2017Lista de-exercícios-bio 2º ano -4º-bim-2017
Lista de-exercícios-bio 2º ano -4º-bim-2017
James Martins
 
Lista de-exercícios- 2º ano - bio-4º-bim-2016
Lista de-exercícios- 2º ano - bio-4º-bim-2016Lista de-exercícios- 2º ano - bio-4º-bim-2016
Lista de-exercícios- 2º ano - bio-4º-bim-2016
James Martins
 
Lista de exercícios - bio 2º bim - prof. james e profa mariana 2017
Lista de exercícios  -  bio  2º bim - prof. james e profa mariana 2017Lista de exercícios  -  bio  2º bim - prof. james e profa mariana 2017
Lista de exercícios - bio 2º bim - prof. james e profa mariana 2017
James Martins
 
Obb 1
Obb 1Obb 1
Estudo dirigido para o 7º ano ciencias
Estudo dirigido para o 7º ano   cienciasEstudo dirigido para o 7º ano   ciencias
Estudo dirigido para o 7º ano ciencias
rodrigo-baster
 
Biologia ThárcioAdriano
Biologia ThárcioAdrianoBiologia ThárcioAdriano
Biologia ThárcioAdriano
Pré-Enem Seduc
 
Biologia citologia exercicios
Biologia citologia exerciciosBiologia citologia exercicios
Simulado Atualize - 19 de maio
Simulado Atualize - 19 de maioSimulado Atualize - 19 de maio
Simulado Atualize - 19 de maio
LuizMarquesJr
 
Prova SME Rio de Janeiro - 8º ano - 1º bim - 2010
Prova SME Rio de Janeiro - 8º ano - 1º bim - 2010Prova SME Rio de Janeiro - 8º ano - 1º bim - 2010
Prova SME Rio de Janeiro - 8º ano - 1º bim - 2010
Leonardo Kaplan
 
SSA 2
SSA 2SSA 2
SSA 2
SSA 2 SSA 2
Enem - Questões de biologia
Enem -  Questões de biologia Enem -  Questões de biologia
Enem - Questões de biologia
retimi
 
Prova comentada Biologia tipo a
Prova comentada  Biologia tipo aProva comentada  Biologia tipo a
Prova comentada Biologia tipo a
Evandro Batista
 

Semelhante a Treinamento aberto II - Bahiana de medicina (20)

Lista de exercícios - bio frente 1 e 2 - 2º bim - profs james e mariana 2016
Lista de exercícios  -  bio frente 1 e 2 - 2º bim - profs james e mariana 2016Lista de exercícios  -  bio frente 1 e 2 - 2º bim - profs james e mariana 2016
Lista de exercícios - bio frente 1 e 2 - 2º bim - profs james e mariana 2016
 
Fichas de-trabalho-diversas-9-cap1112
Fichas de-trabalho-diversas-9-cap1112Fichas de-trabalho-diversas-9-cap1112
Fichas de-trabalho-diversas-9-cap1112
 
C nat 9ano-diversos-fichas
C nat 9ano-diversos-fichasC nat 9ano-diversos-fichas
C nat 9ano-diversos-fichas
 
Fichas de-trabalho-diversas-9-cap1112
Fichas de-trabalho-diversas-9-cap1112Fichas de-trabalho-diversas-9-cap1112
Fichas de-trabalho-diversas-9-cap1112
 
Biologia B aula 3
Biologia B aula 3Biologia B aula 3
Biologia B aula 3
 
questions_biologia_bioquimica_vitaminas.pdf
questions_biologia_bioquimica_vitaminas.pdfquestions_biologia_bioquimica_vitaminas.pdf
questions_biologia_bioquimica_vitaminas.pdf
 
Lista de exercícios - 3º bim - 3º ano - prof james - com respostas esperadas
Lista de exercícios - 3º bim - 3º ano - prof james - com respostas esperadasLista de exercícios - 3º bim - 3º ano - prof james - com respostas esperadas
Lista de exercícios - 3º bim - 3º ano - prof james - com respostas esperadas
 
Lista de-exercícios-bio 2º ano -4º-bim-2017
Lista de-exercícios-bio 2º ano -4º-bim-2017Lista de-exercícios-bio 2º ano -4º-bim-2017
Lista de-exercícios-bio 2º ano -4º-bim-2017
 
Lista de-exercícios- 2º ano - bio-4º-bim-2016
Lista de-exercícios- 2º ano - bio-4º-bim-2016Lista de-exercícios- 2º ano - bio-4º-bim-2016
Lista de-exercícios- 2º ano - bio-4º-bim-2016
 
Lista de exercícios - bio 2º bim - prof. james e profa mariana 2017
Lista de exercícios  -  bio  2º bim - prof. james e profa mariana 2017Lista de exercícios  -  bio  2º bim - prof. james e profa mariana 2017
Lista de exercícios - bio 2º bim - prof. james e profa mariana 2017
 
Obb 1
Obb 1Obb 1
Obb 1
 
Estudo dirigido para o 7º ano ciencias
Estudo dirigido para o 7º ano   cienciasEstudo dirigido para o 7º ano   ciencias
Estudo dirigido para o 7º ano ciencias
 
Biologia ThárcioAdriano
Biologia ThárcioAdrianoBiologia ThárcioAdriano
Biologia ThárcioAdriano
 
Biologia citologia exercicios
Biologia citologia exerciciosBiologia citologia exercicios
Biologia citologia exercicios
 
Simulado Atualize - 19 de maio
Simulado Atualize - 19 de maioSimulado Atualize - 19 de maio
Simulado Atualize - 19 de maio
 
Prova SME Rio de Janeiro - 8º ano - 1º bim - 2010
Prova SME Rio de Janeiro - 8º ano - 1º bim - 2010Prova SME Rio de Janeiro - 8º ano - 1º bim - 2010
Prova SME Rio de Janeiro - 8º ano - 1º bim - 2010
 
SSA 2
SSA 2SSA 2
SSA 2
 
SSA 2
SSA 2 SSA 2
SSA 2
 
Enem - Questões de biologia
Enem -  Questões de biologia Enem -  Questões de biologia
Enem - Questões de biologia
 
Prova comentada Biologia tipo a
Prova comentada  Biologia tipo aProva comentada  Biologia tipo a
Prova comentada Biologia tipo a
 

Mais de emanuel

Revisão ENEM EVOLUÇÃO
Revisão ENEM EVOLUÇÃORevisão ENEM EVOLUÇÃO
Revisão ENEM EVOLUÇÃO
emanuel
 
Revisão de Ecologia
Revisão de Ecologia   Revisão de Ecologia
Revisão de Ecologia
emanuel
 
3° simulado ENEM - matematica e linguagens
3° simulado ENEM -  matematica e linguagens3° simulado ENEM -  matematica e linguagens
3° simulado ENEM - matematica e linguagens
emanuel
 
3º simulado enem - ciencias humanas e naturais
3º simulado enem -  ciencias humanas e naturais3º simulado enem -  ciencias humanas e naturais
3º simulado enem - ciencias humanas e naturais
emanuel
 
Noções de Biotecnologia
Noções de BiotecnologiaNoções de Biotecnologia
Noções de Biotecnologia
emanuel
 
Noções de Cladistica
Noções de CladisticaNoções de Cladistica
Noções de Cladistica
emanuel
 
Sistema digestório e circulatório
Sistema digestório e circulatórioSistema digestório e circulatório
Sistema digestório e circulatório
emanuel
 
2º simulado Enem - Matematica e Linguagens
2º simulado Enem - Matematica e Linguagens2º simulado Enem - Matematica e Linguagens
2º simulado Enem - Matematica e Linguagens
emanuel
 
2º simulado Enem- Ciências Humanas e Naturais
2º simulado Enem- Ciências Humanas e Naturais2º simulado Enem- Ciências Humanas e Naturais
2º simulado Enem- Ciências Humanas e Naturais
emanuel
 
1º simulado Enem Compacto
1º simulado   Enem Compacto 1º simulado   Enem Compacto
1º simulado Enem Compacto
emanuel
 
Simulado Bahiana 2015.1
Simulado Bahiana 2015.1Simulado Bahiana 2015.1
Simulado Bahiana 2015.1
emanuel
 
1º simulado ENEM - Matematica e Linguagens
1º simulado ENEM - Matematica e Linguagens1º simulado ENEM - Matematica e Linguagens
1º simulado ENEM - Matematica e Linguagens
emanuel
 
Ecologia - Níveis de organização
Ecologia - Níveis de organizaçãoEcologia - Níveis de organização
Ecologia - Níveis de organização
emanuel
 
Câncer ( arquivo atualizado)
Câncer ( arquivo atualizado)Câncer ( arquivo atualizado)
Câncer ( arquivo atualizado)
emanuel
 
Lista de Histologia Animal
Lista de Histologia AnimalLista de Histologia Animal
Lista de Histologia Animal
emanuel
 
Reino Monera 2015
Reino Monera 2015Reino Monera 2015
Reino Monera 2015
emanuel
 
Aula dica 2014
Aula dica 2014Aula dica 2014
Aula dica 2014
emanuel
 
Aula Dica 2014 - Lâminas
Aula Dica 2014 - Lâminas Aula Dica 2014 - Lâminas
Aula Dica 2014 - Lâminas
emanuel
 
Gabarito s4 sim_teste_2014
Gabarito s4 sim_teste_2014Gabarito s4 sim_teste_2014
Gabarito s4 sim_teste_2014emanuel
 
Av1 matemática e linguagens - 17-05
Av1   matemática e linguagens - 17-05Av1   matemática e linguagens - 17-05
Av1 matemática e linguagens - 17-05
emanuel
 

Mais de emanuel (20)

Revisão ENEM EVOLUÇÃO
Revisão ENEM EVOLUÇÃORevisão ENEM EVOLUÇÃO
Revisão ENEM EVOLUÇÃO
 
Revisão de Ecologia
Revisão de Ecologia   Revisão de Ecologia
Revisão de Ecologia
 
3° simulado ENEM - matematica e linguagens
3° simulado ENEM -  matematica e linguagens3° simulado ENEM -  matematica e linguagens
3° simulado ENEM - matematica e linguagens
 
3º simulado enem - ciencias humanas e naturais
3º simulado enem -  ciencias humanas e naturais3º simulado enem -  ciencias humanas e naturais
3º simulado enem - ciencias humanas e naturais
 
Noções de Biotecnologia
Noções de BiotecnologiaNoções de Biotecnologia
Noções de Biotecnologia
 
Noções de Cladistica
Noções de CladisticaNoções de Cladistica
Noções de Cladistica
 
Sistema digestório e circulatório
Sistema digestório e circulatórioSistema digestório e circulatório
Sistema digestório e circulatório
 
2º simulado Enem - Matematica e Linguagens
2º simulado Enem - Matematica e Linguagens2º simulado Enem - Matematica e Linguagens
2º simulado Enem - Matematica e Linguagens
 
2º simulado Enem- Ciências Humanas e Naturais
2º simulado Enem- Ciências Humanas e Naturais2º simulado Enem- Ciências Humanas e Naturais
2º simulado Enem- Ciências Humanas e Naturais
 
1º simulado Enem Compacto
1º simulado   Enem Compacto 1º simulado   Enem Compacto
1º simulado Enem Compacto
 
Simulado Bahiana 2015.1
Simulado Bahiana 2015.1Simulado Bahiana 2015.1
Simulado Bahiana 2015.1
 
1º simulado ENEM - Matematica e Linguagens
1º simulado ENEM - Matematica e Linguagens1º simulado ENEM - Matematica e Linguagens
1º simulado ENEM - Matematica e Linguagens
 
Ecologia - Níveis de organização
Ecologia - Níveis de organizaçãoEcologia - Níveis de organização
Ecologia - Níveis de organização
 
Câncer ( arquivo atualizado)
Câncer ( arquivo atualizado)Câncer ( arquivo atualizado)
Câncer ( arquivo atualizado)
 
Lista de Histologia Animal
Lista de Histologia AnimalLista de Histologia Animal
Lista de Histologia Animal
 
Reino Monera 2015
Reino Monera 2015Reino Monera 2015
Reino Monera 2015
 
Aula dica 2014
Aula dica 2014Aula dica 2014
Aula dica 2014
 
Aula Dica 2014 - Lâminas
Aula Dica 2014 - Lâminas Aula Dica 2014 - Lâminas
Aula Dica 2014 - Lâminas
 
Gabarito s4 sim_teste_2014
Gabarito s4 sim_teste_2014Gabarito s4 sim_teste_2014
Gabarito s4 sim_teste_2014
 
Av1 matemática e linguagens - 17-05
Av1   matemática e linguagens - 17-05Av1   matemática e linguagens - 17-05
Av1 matemática e linguagens - 17-05
 

Treinamento aberto II - Bahiana de medicina

  • 1. Treinamento Aberto II – Bahiana de Medicina – Prof. Emanuel 1. Considere as afirmações e o gráfico. I. Nas carnes e vísceras, o ferro é encontrado na forma Fe 2+ . II. Nos vegetais, o ferro é encontrado na forma mais oxidada, Fe 3+ . III. A vitamina C é capaz de reduzir o ferro da forma Fe 3+ para a forma Fe 2+ . a) Qual das formas iônicas do ferro é melhor absorvida pelo intestino humano? Justifique. b) As afirmações e o gráfico justificam o hábito do brasileiro, de consumir laranja junto com a feijoada? Justifique. 2. A restrição à venda de antibióticos no Brasil foi uma medida tomada em função do aparecimento de bactérias super-resistentes. Atualmente, com os avanços na área da genética e da biologia molecular, uma das explicações aceitas para o surgimento dessas bactérias é a ocorrência de mutações, a partir das quais haveria uma mudança aleatória em um determinado gene, e, dessa forma, as bactérias passariam a apresentar resistência ao antibiótico. No passado, sem o conhecimento da genética e da biologia molecular, Lamarck e Darwin elaboraram explicações para o surgimento de novas variedades de seres vivos. Nesse contexto, como pode ser explicado o surgimento de bactérias super-resistentes a) com base na teoria da evolução de Lamarck? b) com base na teoria da evolução de Darwin? 3. A história da doença de Chagas se inicia com uma tripla descoberta, ocorrida no interior de Minas Gerais. Em abril de 1909, Carlos Chagas (1878-1934) comunicou ao mundo científico a descoberta de uma nova doença humana. O agente causal da doença e seu vetor também haviam sido por ele identificados, ao final de 1908. A descoberta de Chagas, considerada única na história da medicina, constitui um marco decisivo na história da ciência e da saúde brasileiras, trazendo uma contribuição inovadora ao campo emergente da medicina tropical e dos estudos sobre as doenças parasitárias transmitidas por insetos. A doença de Chagas ainda preocupa, principalmente os moradores de Abaetetuba, no nordeste do Pará. De acordo com a Secretaria de Saúde do Pará, só em agosto deste ano foram registrados 18 casos na região associados ao consumo de açaí. No total, 365 casos foram contabilizados de janeiro a agosto de 2012. Nas regiões Sul e Sudeste do Brasil, a transmissão dessa doença já foi relacionada ao consumo de garapa. a) Indique o agente causal da doença de Chagas e seu vetor descritos pelo pesquisador em 1908-1909. Explique a forma de transmissão dessa doença para humanos descrita por Chagas. b) Explique como o consumo de açaí ou de garapa pode transmitir essa parasitose. Como seria possível impedir essa via de transmissão ao consumir esses alimentos? 4. Leia os trechos extraídos do romance O cortiço, de Aluísio Azevedo (1857-1913). Trecho 1 A filha era a flor do cortiço. Chamavam-lhe Pombinha. [...] Tinha o seu noivo, o João da Costa, [...] mas Dona Isabel não queria que o casamento se fizesse já. É que Pombinha, orçando aliás
  • 2. Treinamento Aberto II – Bahiana de Medicina – Prof. Emanuel pelos dezoito anos, não tinha ainda pago à natureza o cruento tributo da puberdade [...], por coisa nenhuma desta vida consentiria que a sua pequena casasse antes de “ser mulher”, como dizia ela. [...] entendia que não era decente, nem tinha jeito, dar homem a uma moça que ainda não fora visitada pelas regras! Trecho 2 — Veio?! perguntou a velha com um grito arrancado do fundo da alma. A rapariga meneou a cabeça afirmativamente, sorrindo feliz e enrubescida. [...] — Milha filha é mulher! Minha filha é mulher! O fato abalou o coração do cortiço, as duas receberam parabéns e felicitações. a) Considerando a fisiologia da reprodução humana, o que vem a ser “as regras”, as quais o autor se refere? Qual alteração hormonal finaliza o processo que resulta na “vinda das regras”, como explicitado no trecho 2? b) Suponha que Pombinha, já casada, e com “regras” regulares, quisesse evitar filhos, e para isso adotasse o método contraceptivo conhecido por “tabelinha”. Como Pombinha poderia determinar o período no qual deveria se abster de relações sexuais? Explique por que essa abstenção sexual deve se dar ao longo de um período de dias, e não apenas em um dia. 5. Os indivíduos não são coisas estáveis. Eles são efêmeros. Os cromossomos também caem no esquecimento, como as mãos num jogo de cartas pouco depois de serem distribuídas. Mas as cartas, em si, sobrevivem ao embaralhamento. As cartas são os genes. Eles apenas trocam de parceiros e seguem em frente. É claro que eles seguem em frente. É essa a sua vocação. Eles são os replicadores e nós, suas máquinas de sobrevivência. Quando tivermos cumprido a nossa missão, seremos descartados. Os genes, porém, são cidadãos do tempo geológico: os genes são para sempre. (Richard Dawkins. O gene egoísta, 2008.) Considerando a reprodução sexuada, explique o que o autor do texto quis dizer ao comparar cada cromossomo, e o conjunto cromossômico de uma pessoa, às mãos de cartas que se desfazem assim que são distribuídas. Considerando o mecanismo de duplicação do DNA, explique a afirmação de que os genes são para sempre. 6. A maior parte dos copinhos de café, copos de água e mamadeiras é feita de policarbonato com bisfenol A, substância que é liberada quando algum líquido quente é colocado nesses recipientes. O bisfenol A é um composto químico cuja estrutura molecular é muito semelhante à do hormônio estrógeno. A ingestão do bisfenol A pode resultar em alterações do ciclo menstrual e também causar alterações no amadurecimento sexual principalmente em adolescentes do sexo feminino. a) Considerando a semelhança do bisfenol A com o estrógeno e a sua presença em adolescentes, explique como o bisfenol A poderia influenciar no amadurecimento sexual desses adolescentes e no espessamento do endométrio no início do ciclo menstrual. b) Embora o amadurecimento sexual ocorra para meninos e meninas em torno dos 12 anos, no sexo feminino a divisão celular meiótica começa muito antes e pode durar décadas. Quando esse processo de divisão começa no sexo feminino e por que essa divisão pode ser tão longa? 7. A anemia falciforme é uma doença genética autossômica recessiva, caracterizada pela presença de hemácias em forma de foice e deficiência no transporte de gases. O alelo responsável por essa condição é o HbS, que codifica a forma S da globina β . Sabe-se que os indivíduos heterozigotos para a HbS não têm os sintomas da anemia falciforme e apresentam uma chance 76% maior de sobreviver à malária do que os indivíduos homozigotos para o alelo normal da globina β (alelo HbA). Algumas regiões da África apresentam alta prevalência de malária e acredita-se que essa condição tenha influenciado a frequência do alelo HbS nessas áreas.
  • 3. Treinamento Aberto II – Bahiana de Medicina – Prof. Emanuel a) O que ocorre com a frequência do alelo HbS nas áreas com alta incidência de malária? Por quê? b) O heredograma abaixo se refere a uma família com um caso de anemia falciforme. Qual é a probabilidade de o casal em questão ter outro(a) filho(a) com anemia falciforme? Explique. 8. Todos os anos, o serviço público de saúde do Brasil lança campanhas de vacinação voltadas para a população. A vacinação funciona como uma primeira exposição do nosso organismo ao agente infeccioso. a) Compare como reage nosso organismo, em termos de velocidade de resposta e quantidade de anticorpos produzidos, em uma primeira e em uma segunda exposição ao agente infeccioso. b) Ao contrário de outras vacinas, a vacina contra gripe é periódica, ou seja, mesmo quem já foi vacinado anteriormente deve receber a vacina a cada ano. Por que isso ocorre? 9. O botox®, ou toxina botulínica, é um composto produzido por uma bactéria anaeróbia e utilizado em tratamentos estéticos, em pequenas doses, para suavizar as marcas causadas pelas contrações musculares na face ao longo do tempo. Ao ser aplicada no rosto, a toxina bloqueia a liberação de acetilcolina, um neurotransmissor que leva mensagens elétricas do cérebro aos músculos faciais. (www.bbc.co.uk/portuguese) a) Botulismo é a doença causada pela bactéria de onde foi retirada a toxina botulínica para produzir o botox® e ela é adquirida normalmente por ingestão de alimento. O alimento contaminado geralmente é o enlatado. Por que esse é um dos ambientes em que se pode encontrar a bactéria botulínica? b) Explique o que ocorreria no interior da fibra muscular caso houvesse a liberação de acetilcolina. 10. A cirrose hepática é uma séria enfermidade que frequentemente surge do hábito de ingerir bebida alcoólica. O álcool pode alterar várias estruturas do fígado, como ductos biliares e as células produtoras de bile, além de causar acúmulo de glóbulos de gordura. a) Qual a importância da bile para o processo de digestão e em que parte do tubo digestório a bile é lançada? b) Outra função realizada pelo fígado é a produção e armazenamento de glicogênio. Espera-se que esse processo ocorra depois de uma refeição ou após um longo período de jejum? Qual a importância do armazenamento do glicogênio? TEXTO PARA A PRÓXIMA QUESTÃO: Grande parte das mortes verificadas em países industrializados decorre de doenças cardiovasculares, que constituem um dos mais graves problemas de Saúde Pública, inclusive no Brasil. No gráfico abaixo, estão representados valores da pressão sanguínea em diferentes vasos do sistema circulatório de um indivíduo saudável.
  • 4. Treinamento Aberto II – Bahiana de Medicina – Prof. Emanuel 11. Com base nas informações contidas nesse gráfico e em outros conhecimentos sobre o assunto, faça o que se pede. a) Justifique os altos valores de pressão sanguínea encontrados nas artérias em relação aos observados nas veias. b) O sangue que sai do coração é impulsionado para todo o corpo e, depois de percorrer todo ele, retorna ao coração. Cite dois mecanismos, além da diferença de pressão, que auxiliam no retorno do sangue ao coração. 12. Os gráficos a seguir apresentam o crescimento de uma espécie de bactéria e de um vírus bacteriófago em ciclo lítico, ambos em ambientes sem limitação de recursos. Identifique qual gráfico (A ou B) representa o crescimento das bactérias e qual representa o crescimento dos bacteriófagos. Justifique sua resposta. 13. Em famílias constituídas a partir da união de primos em primeiro grau, é mais alta a ocorrência de distúrbios genéticos, em comparação com famílias formadas por casais que não têm consanguinidade. a) A que se deve essa maior ocorrência de distúrbios genéticos em uniões consanguíneas? b) A fenilcetonúria (FCU) é um distúrbio genético que se deve a uma mutação no gene que expressa a enzima responsável pelo metabolismo do aminoácido fenilalanina. Na ausência da enzima, a fenilalanina se acumula no organismo e pode afetar o desenvolvimento neurológico da criança. Esse distúrbio é facilmente detectado no recém-nascido pelo exame do pezinho. No caso de ser constatada a doença, a alimentação dessa criança deve ser
  • 5. Treinamento Aberto II – Bahiana de Medicina – Prof. Emanuel controlada. Que tipos de alimento devem ser evitados: os ricos em carboidratos, lipídeos ou proteínas? Justifique. 14. O heredograma a seguir refere-se a uma família com braquidactilia. Os indivíduos portadores dessa anomalia tem os terminais ósseos bem curtos nos dedos em comparação com os de uma mão normal, em decorrência da manifestação de um alelo. a) A braquidactilia é ocasionada por um gene dominante ou recessivo? b) Qual a probabilidade do casal I ter filho normal? 15. Um turista veio para Vitória pela primeira vez em sua vida para conhecer o mar. Quando chegou à praia, observou cada detalhe e notou, entre tantas coisas, que havia placas com o indicativo de proibição de cachorros na praia, de acordo com uma lei municipal. Ele não entendeu bem o significado daquilo, mas, independentemente disso, aproveitou ao máximo seus dias de lazer. Alguns dias após retornar para sua cidade, ele percebeu o surgimento de uma pequena ferida na pele de sua perna, que se desenvolveu na forma de linhas tortuosas. Essa ferida foi diagnosticada como uma doença parasitária. Com base nessas informações, faça o que se pede. a) Indique o nome da doença parasitária (ou do parasita) de que trata o texto acima. b) Indique a relação existente entre a proibição da lei municipal mencionada e essa parasitose. c) Esse parasita pertence a um filo que apresenta o preenchimento da cavidade corporal bastante típico, quando comparado com a cavidade corporal de outros parasitas humanos. Explique como a cavidade corporal do parasita em questão está preenchida e indique uma de suas funções. 16. Há aproximadamente 90 anos, o farmacologista alemão Otto Loewi realizou experimentos que o credenciaram a receber o Prêmio Nobel de Medicina em 1936. Em um dos experimentos, ele retirou os corações de dois sapos, deixando-os em solução fisiológica em recipientes separados. Em um dos corações, um nervo do sistema nervoso autônomo foi preservado. Loewi estimulou eletricamente o nervo e observou a redução da frequência cardíaca. Depois, ele injetou a solução do coração estimulado no outro coração e observou o mesmo efeito, ou seja, o outro coração também apresentou uma redução da frequência de seus batimentos. a) A qual divisão do sistema nervoso autônomo pertence o nervo preservado? b) Explique por que a solução do coração estimulado provocou o mesmo efeito no outro coração.
  • 6. Treinamento Aberto II – Bahiana de Medicina – Prof. Emanuel c) O que aconteceria se a solução do coração estimulado fosse injetada em uma fibra muscular esquelética? 17. Para desvendar crimes, a polícia científica costuma coletar e analisar diversos resíduos encontrados no local do crime. Na investigação de um assassinato, quatro amostras de resíduos foram analisadas e apresentaram os componentes relacionados na tabela a seguir. Com base nos componentes identificados em cada amostra, os investigadores científicos relacionaram uma das amostras, a cabelo, e as demais, a artrópode, planta e saliva. a) A qual amostra corresponde o cabelo? E a saliva? Indique qual conteúdo de cada uma das amostras permitiu a identificação do material analisado. b) Sangue do tipo AB Rh - também foi coletado no local. Sabendo-se que o pai da vítima tem o tipo sanguíneo O Rh - e a mãe tem o tipo AB Rh + , há possibilidade de o sangue ser da vítima? Justifique sua resposta. 18. As infecções hospitalares são frequentemente causadas por bactérias que passaram por um processo de seleção e se mostram, com isso, muito resistentes a antibióticos. A situação é agravada pelo fato de as bactérias apresentarem um crescimento populacional bastante rápido. a) Como a resistência a antibióticos se origina em bactérias de uma colônia que é sensível a eles? b) Explique de que maneira as características reprodutivas das bactérias contribuem para seu rápido crescimento populacional. 19. Os rins mantêm o equilíbrio hídrico no corpo por meio da regulação da quantidade e dos componentes do líquido dentro e fora das células. Quaisquer distúrbios dos canais de água nos néfrons, ou do hormônio antidiurético (ADH), podem levar a doenças, como a desidratação. O gráfico a seguir representa duas situações diferentes, em que as duas curvas se sobrepõem até a metade da porção D do néfron. Com base nas informações anteriores, a) explique qual curva poderia representar uma pessoa com desidratação;
  • 7. Treinamento Aberto II – Bahiana de Medicina – Prof. Emanuel b) quais são as partes do néfron onde o ADH atua? 20. Um aluno em sua casa, estudando eletromicrografias de diferentes células, recortou o núcleo de duas células para posterior montagem em seu colégio. O núcleo de uma destas células apresentava muita eucromatina e nucléolo bem desenvolvido e, o da outra, muita heterocromatina. No dia seguinte, em sala de aula, o aluno percebeu que os citoplasmas destas duas células também eram diferentes: um apresentava grande quantidade de organelas e, o outro, poucas. O aluno, então, sentiu dificuldade em executar a montagem porque não foi capaz de associar, com precisão, cada núcleo ao respectivo citoplasma. Tendo em vista as informações dadas, explique como devem ser montadas estas duas células. Justifique sua resposta, levando em consideração a atividade metabólica destas células.
  • 8. Treinamento Aberto II – Bahiana de Medicina – Prof. Emanuel Gabarito: Resposta da questão 1: a) Fe 2+ . A forma Fe 2+ é encontrada nas carnes e vísceras. O gráfico mostra que esse alimento contém a forma iônica do ferro melhor absorvida pelo intestino humano. b) Sim. A laranja é rica em vitamina C. Essa vitamina auxilia a conversão do Fe 3+ em Fe 2+ , melhorando a absorção do íon pelo intestino humano. Resposta da questão 2: a) Segundo a teoria lamarckista, as bactérias podem se tornar resistentes para sobreviver na presença dos antibióticos e transmitem essa aptidão adquirida aos seus descendentes. b) Segundo a teoria darwinista, os antibióticos selecionam as variedades bacterianas naturalmente resistentes, eliminando as variedades sensíveis. Resposta da questão 3: a) O causador da doença de Chagas é o protozoário Trypanosoma cruzi. Esse protoctista flagelado é transmitido ao homem por meio das fezes contaminadas do inseto hemíptero conhecido popularmente por barbeiro ou chupança. b) O consumo de açaí ou garapa pode transmitir o protoctista porque, durante o processo desses alimentos e bebidas ocorre a moagem. Junto com os vegetais podem estar barbeiros, ou suas fezes contaminadas com o T. cruzi. A melhor forma de se evitar essa via de transmissão é a cuidadosa lavagem dos produtos antes de serem processados para o consumo humano. Resposta da questão 4: a) As “regras” citadas no texto correspondem ao ciclo menstrual normal que ocorre a cada 28 dias, aproximadamente. A menstruação corresponde à descamação do endométrio uterino e é determinada pela queda nos níveis plamáticos dos hormônios ovarianos estrogênio e progesterona. b) O método anticoncepcional conhecido como “tabelinha” baseia-se no fato de que, por volta do 14º dia após o início do ciclo, deverá ocorrer a ovulação. A abstenção sexual deverá ocorrer 5 dias antes e 5 dias depois do 14º dia, porque o processo ovulatório não ocorre sempre no 14º dia do ciclo menstrual. Resposta da questão 5: Os cromossomos e os genes são como as cartas de um baralho. A cada mão, são formadas novas combinações de cartas, assim como, a cada geração, as permutações e a segregação, independente dos cromossomos homólogos, produzem novas combinações gênicas e cromossômicas nos gametas envolvidos na reprodução sexuada. A replicação semiconservativa do DNA garante que as duas cadeias pareadas do DNA se separem e se complementem, permitindo que as instruções genéticas se perpetuem nas células filhas e nas gerações futuras. Resposta da questão 6: a) O bisfenol A provoca o amadurecimento sexual precoce e, consequentemente, o aumento do espessamento do endométrio (mucosa uterina). b) O processo de gametogênese feminino é iniciado durante o desenvolvimento embrionário. As mulheres nascem com um número determinado de ovócitos II em meiose interrompida. Caso ocorra a fecundação, o ovócito II se divide e as cromátides irmãs são separadas em um glóbulo polar secundário e um óvulo funcional. O óvulo funcional fecundado originará o zigoto ou célula-ovo. Resposta da questão 7: a) A frequência do alelo HbS aumenta nas áreas com alta incidência de malária. Nessas regiões os indivíduos heterozigotos (HbA HbS) são resistentes à doença e transmitem o alelo mutante HbS aos seus descendentes. b) Alelos: HbA (normal) e HbS (anemia falciforme). Pais: HbA HbS x Hba HbS. P (criança HbS HbS): ¼ ou 25%.
  • 9. Treinamento Aberto II – Bahiana de Medicina – Prof. Emanuel Resposta da questão 8: a) A primeira aplicação de um antígeno no corpo humano induz a produção de anticorpos e de células de memória de forma lenta e pouco intensa. A segunda aplicação do antígeno (dose de reforço) resulta na produção de anticorpos específicos de forma rápida e mais intensa, devido à ação das células de memória imunológica. b) Existe grande variabilidade entre vírus causadores da gripe, porque a taxa de mutações entre esses vírus é alta. A vacinação é periódica, com a finalidade de prevenir contra a infecção dos vírus mais prevalentes na população em cada ano. Resposta da questão 9: a) A bactéria causadora do botulismo é um microrganismo anaeróbico estrito. Ele se desenvolve bem em alimentos enlatados a vácuo. b) A liberação de acetilcolina estimula a contração da fibra muscular estriada. O neurotransmissor determina o deslizamento dos miofilamentos proteicos de actina sobre os miofilamentos de miosina, na presença de cálcio, com consumo de ATP. Resposta da questão 10: a) A bile contém sais que funcionam como um “detergente” natural e mulsificando as gorduras. Os sais biliares (taurocolato e glicolato de sódio) quebram a tensão superficial das gotas de gordura, transformando-as em gotículas microscópicas. A bile é produzida pelo fígado e secretada no duodeno. b) As células do fígado produzem e armazenam o glicogênio após as refeições. O glicogênio hepático se constitui em importante reserva enérgica durante os períodos de jejum. Resposta da questão 11: a) A pressão sanguínea nas artérias é determinada pela contração (sístole) do ventrículo esquerdo do coração. A pressão sanguínea nas veias é menor por ser determinada pela pressão exercida pelos músculos esqueléticos do corpo. b) O retorno venoso é determinado pela contração dos músculos esqueléticos e pela presença de valvas que impedem o reflexo do sangue venoso dos tecidos e órgãos pelos quais já passou. Resposta da questão 12: Bactéria, B; bacteriófago, A. As bactérias possuem divisão binária, por isso seu número dobra a cada ciclo. Os bacteriófagos são vírus que infectam as bactérias e utilizam seu metabolismo para formar novos vírus. A cada ciclo lítico, um único bacteriófago gera muitos outros. Resposta da questão 13: a) Muitos genes que causam distúrbios genéticos são recessivos, ou seja, só se manifestam em dose dupla. Como primos em primeiro grau possuem patrimônio genético muito parecido, já que têm ascendentes comuns, a probabilidade de os dois terem o mesmo gene deletério é maior do que em indivíduos não aparentados. Portanto, a chance desses genes aparecerem em dose dupla no filho ou filha também é mais alta. b) Os fenilcetonúricos não conseguem metabolizar o aminoácido fenilalanina, portanto, devem ser evitados os alimentos ricos em proteínas, principalmente as que contenham fenilalanina. Resposta da questão 14: a) A braquidactilia é uma anomalia ocasionada por um gene autossômico dominante. b) Tendo filhos normais, a mulher que forma o casal I é heterozigótica para a braquidactilia, enquanto que o homem é homozigoto recessivo. Nesse caso, a probabilidade do casal ter um filho normal é de ½ ou 50%. Resposta da questão 15: a) A doença parasitária é conhecida com o nome de bicho geográfico ou larva migrans e é causada pelo nematelminto Ancylostoma braziliensis. b) A. braziliensis é um parasita de cães e gatos. Os ovos do parasita são eliminados junto com
  • 10. Treinamento Aberto II – Bahiana de Medicina – Prof. Emanuel as fezes desses animais, contaminando a areia da praia, onde as larvas se desenvolvem, sendo capazes de penetrar ativamente através da pele das pessoas que andarem descalças na praia. Daí a razão da proibição da circulação de cães pela praia. c) A. braziliensis pertence ao Filo Nematelminthes que se caracteriza pela presença de uma cavidade corporal preenchida de líquido (pseudoceloma). O pseudoceloma realiza a distribuição dos nutrientes e dos gases para todo o corpo do animal. Excreções resultantes do metabolismo celular também são lançadas no pseudoceloma para posterior eliminação. Além disso, o pseudoceloma funciona também como um esqueleto hidrostático dando sustentação, mantendo a forma do animal e contribuindo para a sua locomoção. Resposta da questão 16: a) O sistema nervoso autônomo é dividido em simpático e parassimpático. O nervo preservado no experimento de Loewi pertence ao sistema nervoso parassimpático. b) O nervo parassimpático estimulado eliminou na solução a acetilcolina, neurotransmissor que age provocando a redução da frequência cardíaca. c) Se a solução do coração estimulado fosse injetada em uma fibra muscular esquelética, ocorreriam contrações musculares. Resposta da questão 17: a) O cabelo corresponde à amostra 4, identificada pela queratina. A saliva corresponde à amostra 2, o que é demonstrado pela presença de ptialina. b) O sangue não é da vítima. Isso porque, tendo pai genótipo ii e mãe AB genótipo I A I B , ela não poderia apresentar sangue AB. Resposta da questão 18: a) Bactérias resistentes surgem devido a alterações espontâneas em seu material genético. Os antibióticos eliminam os microorganismos sensíveis, selecionando as formas resistentes. b) O rápido crescimento populacional verificado em bactérias deve-se ao fato de que esses organismos se multiplicam assexuadamente por bipartição, quando em condições favoráveis. Resposta da questão 19: a) Curva dois porque quando ocorre uma desidratação há um aumento na liberação de ADH (ou vasopressina) que eleva a permeabilidade à água, tentando manter a osmolaridade plasmática, permitindo o aumento da osmolaridade tubular e a diminuição do fluxo tubular, produzindo antidiurese (pouca eliminação de urina) e urina hiperosmótica. b) Túbulo distal e túbulo (ou ducto) coletor. Resposta da questão 20: Uma das células será montada utilizando-se o núcleo com nucléolo bem desenvolvido e o citoplasma com grande quantidade de organelas. Esta célula tem uma intensa atividade metabólica com elevada síntese de proteínas, uma vez que o nucléolo desenvolve-se quando sintetiza grande quantidade de ribossomos. A outra célula será montada utilizando-se o núcleo com muita heterocromatina e o citoplasma com poucas organelas. Neste caso, a célula tem baixa atividade metabólica devido ao fato de a heterocromatina ser inativa no que diz respeito à expressão gênica.