Biologia
do
câncer
Prof. Emanuel
É o nome dado a um conjunto de mais de
100 doenças que têm em comum o crescimento
desordenado (maligno) de células que inv...
O que é câncer?
O câncer é um distúrbio clonal
Células normais
Células anormais
Causas do câncer
Causas do câncer
Mutação Alteração
Genética Epigenética
Mutações
São alterações na sequências
de bases do DNA
São herdáveis quando afetam a
linhagem germinativa
Epigenética
São modificações reversíveis e
herdáveis que ocorrem no
DNA, mas que não alteram a
sequência de bases.
Fatores...
Estilo de Vida , Ambiente Ocupacional,
Social e Cultural
Epigenética
Mecanismos epigenéticos
Metilação
Modificação de histonas
Silenciamento de Micro RNAs
Epigenética
HipermetilaçãoHipometilação
METILAÇÃO
Epigenética
Gene silenciado Gene ativado
Metilação
Metilação
RNA polimerase
Epigenética
Genes relacionados ao
câncer
Oncogenes
Genes supressores de tumor
Genes de proteínas de reparo
do DNA
Oncogenes
Controle positivo da
proliferação celular
Superexpressão (ativação)
Fenótipo maligno
Genes supressores de
tumor
Controle negativo da
proliferação celular
Silenciados (Inativados)
Fenótipo maligno
Genes de proteínas de
reparo
Síntese de proteínas
reparadoras de erros do DNA
Fenótipo maligno
Silenciados (Inativados)
Genes de proteínas de reparo
p53 – Reguladora do ciclo celular
( Checagem G1)
1. Produzida em grandes quantidades
quando e...
Genes de proteínas de reparo
Apoptose
Iniciação Promoção Progressão
Alteração no
DNA
Ativação do oncogene e
inativação do supressor
Mutação ou
epigenética
Poder...
Lesões precursoras do câncer
Tecido normal Hiper
plasia
Displasia
leve
Câncer in
situ
Câncer
invasor
Proliferação
Diferenc...
Lesões precursoras do câncer
Evolução tumoral
Tipo de câncer
Localização no corpo
Fatores ambientais
Fatores fisiológicos
                             
Critério Benigno Maligno
Cápsula Frequente Ausente
Crescimento Lento e
expansivo
Rápido e
in...
Neoplasia benigna X maligna
Marcadores tumorais
Substâncias
encontradas em
fluídos corporais e
tecidos que podem
estar em
quantidades
aumentadas
duran...
Linfonodo sentinela
Fenótipo maligno
Vantagem
proliferativa
Carcinogênese
Autosuficiência em sinais
proliferativos
01
ALTERAÇÃO NO CICLO
CELULAR (supressão de G1)
02
COMPROMETIMENTO DA
INIBIÇÃO POR CONTATO
03
eEvasão da apoptose
(morte celular programada)
04
eNecrose X Apoptose04
IMORTALIDADE EFETIVA
(telômeros e telomerase)
05
IMORTALIDADE EFETIVA
05
Encurtamento dos
telômeros (divisão)
Tamanho crítico
ALARME
(Sinalização pela p53)
Senescência e A...
ANGIOGÊNESE
SUSTENTADA
06
INVASÃO E METÁSTASE07
INVASÃO E METÁSTASE07
Indicação de leitura
Câncer ( arquivo atualizado)
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Câncer ( arquivo atualizado)

3.021 visualizações

Publicada em

Aula de câncer para Pré vestibular. Relação cancer epigenética e características celulares

Publicada em: Educação
0 comentários
10 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
3.021
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
93
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
0
Comentários
0
Gostaram
10
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Câncer ( arquivo atualizado)

  1. 1. Biologia do câncer Prof. Emanuel
  2. 2. É o nome dado a um conjunto de mais de 100 doenças que têm em comum o crescimento desordenado (maligno) de células que invadem os tecidos e órgãos. O que é câncer?
  3. 3. O que é câncer? O câncer é um distúrbio clonal Células normais Células anormais
  4. 4. Causas do câncer
  5. 5. Causas do câncer Mutação Alteração Genética Epigenética
  6. 6. Mutações São alterações na sequências de bases do DNA São herdáveis quando afetam a linhagem germinativa
  7. 7. Epigenética São modificações reversíveis e herdáveis que ocorrem no DNA, mas que não alteram a sequência de bases. Fatores ambientais são importantes na dinâmica do EPIGENOMA
  8. 8. Estilo de Vida , Ambiente Ocupacional, Social e Cultural Epigenética
  9. 9. Mecanismos epigenéticos Metilação Modificação de histonas Silenciamento de Micro RNAs
  10. 10. Epigenética HipermetilaçãoHipometilação METILAÇÃO
  11. 11. Epigenética Gene silenciado Gene ativado Metilação Metilação RNA polimerase
  12. 12. Epigenética
  13. 13. Genes relacionados ao câncer Oncogenes Genes supressores de tumor Genes de proteínas de reparo do DNA
  14. 14. Oncogenes Controle positivo da proliferação celular Superexpressão (ativação) Fenótipo maligno
  15. 15. Genes supressores de tumor Controle negativo da proliferação celular Silenciados (Inativados) Fenótipo maligno
  16. 16. Genes de proteínas de reparo Síntese de proteínas reparadoras de erros do DNA Fenótipo maligno Silenciados (Inativados)
  17. 17. Genes de proteínas de reparo p53 – Reguladora do ciclo celular ( Checagem G1) 1. Produzida em grandes quantidades quando existem danos no DNA 2. Interrompe o ciclo e ativa a apoptose 3. Alterações no gene p53 X câncer
  18. 18. Genes de proteínas de reparo Apoptose
  19. 19. Iniciação Promoção Progressão Alteração no DNA Ativação do oncogene e inativação do supressor Mutação ou epigenética Poder mitótico descontrolado Estágios do câncer 0 – 40 anos
  20. 20. Lesões precursoras do câncer Tecido normal Hiper plasia Displasia leve Câncer in situ Câncer invasor Proliferação Diferenciação Integridade genômica
  21. 21. Lesões precursoras do câncer
  22. 22. Evolução tumoral Tipo de câncer Localização no corpo Fatores ambientais Fatores fisiológicos
  23. 23.                               Critério Benigno Maligno Cápsula Frequente Ausente Crescimento Lento e expansivo Rápido e infiltrativo Ciclo celular Típico Atípico Metástase Ausente Presente Neoplasia benigna X maligna
  24. 24. Neoplasia benigna X maligna
  25. 25. Marcadores tumorais Substâncias encontradas em fluídos corporais e tecidos que podem estar em quantidades aumentadas durante a evolução do câncer
  26. 26. Linfonodo sentinela
  27. 27. Fenótipo maligno Vantagem proliferativa Carcinogênese
  28. 28. Autosuficiência em sinais proliferativos 01
  29. 29. ALTERAÇÃO NO CICLO CELULAR (supressão de G1) 02
  30. 30. COMPROMETIMENTO DA INIBIÇÃO POR CONTATO 03
  31. 31. eEvasão da apoptose (morte celular programada) 04
  32. 32. eNecrose X Apoptose04
  33. 33. IMORTALIDADE EFETIVA (telômeros e telomerase) 05
  34. 34. IMORTALIDADE EFETIVA 05 Encurtamento dos telômeros (divisão) Tamanho crítico ALARME (Sinalização pela p53) Senescência e Apoptose
  35. 35. ANGIOGÊNESE SUSTENTADA 06
  36. 36. INVASÃO E METÁSTASE07
  37. 37. INVASÃO E METÁSTASE07
  38. 38. Indicação de leitura

×