SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 6
Baixar para ler offline
ESCOLA EB 2,3 DR. JOÃO DAS REGRAS

                                                       Teste de Língua Portuguesa — 7.º Ano de Escolaridade
                                                                    Duração do Teste: 90 minutos | Fev.2012

      Nome _______________________________________________________ N.º _______ Turma _______
     Classificação ________________ Professor ______________ Enc. Educação _______________


                                                GRUPO I




                            PARTE A


       Lêos textoscom muita atenção e recorda o estudo que efetuaste à respetiva obra.


      Esta é a história de Zorbas, um gato grande, preto, e gordo. Um dia, uma formosa gaivota
apanhada por uma maré negra de petróleo deixa ao cuidado dele, momentos antes de morrer, o ovo que
acabara de pôr.

        Zorbas, que é um gato de palavra, cumprirá as três promessas que nesse momento dramático lhe é
obrigado a fazer: não comerá o ovo e não só criará a pequena gaivota, como também a ensinará a voar.
Tudo isto com a ajuda dos seus amigos Secretário, Sabetudo, Barlavento e Colonello, dado que, como se
verá, a tarefa não é fácil, sobretudo para um bando de gatos mais habituados a fazer frente à vida dura de
um porto como o de Hamburgo do que a fazer de pais de uma cria de gaivota…

                                                                          (in contracapa da obra abaixo indicada)


       (…)
       Recomposto da surpresa não foi capaz de reprimir o riso e, quando se dobrou apertando a barriga
de tanto rir, Zorbas aproveitou para se introduzir no interior da casa.
      Quando o humano, ainda morto de riso, se virou, deu com o gato grande, preto e gordo sentado
num cadeirão.
      - Basta de concerto! És um sedutor muito original, mas receio que a Bubulina não goste da tua
música. Um concerto ruim! Disse o humano.
       - Sei que canto muito mal. Ninguém é perfeito – respondeu Zorbas na linguagem dos humanos.
       O humano abriu a boca, deu uma palmada na cara e encostou as costas a uma parede.
       - Tufa… fa… falas – exclamou o humano.
       - Também tu falas e eu não estranho. Por favor, acalma-te – aconselhou-lhe Zorbas.
       - Um… um ga… gato… que fala – disse o humano deixando-se cair no sofá.
       - Não falo, mio, mas na tua língua. Sei miar em muitas línguas – esclareceu Zorbas.
      O humano levou as mãos à cabeça e tapou os olhos, enquanto repetia «é do cansaço, é do
cansaço». Ao retirar as mãos, o gato grande, preto e gordo continuava no cadeirão.
       - São alucinações(1). Não é verdade que és uma alucinação? Perguntou o humano.
- Não, sou um gato de verdade que está a miar contigo – garantiu-lhe Zorbas. – Entre muitos
humanos, nós, os gatos do porto, escolhemos-te a ti para te confiarmos um grande problema, e para nos
ajudares. Não estás louco. Eu sou real.
        (…)
        - Então posso ir ao que interessa – propôs Zorbas.
       O humano concordou, mas pediu-lhe que respeitasse o ritual da conversa dos humanos. Serviu ao
gato um prato de leite, e ele acomodou-se no sofá com um copo de conhaque nas mãos.
        - Mia, gato – disse o humano, e Zorbas contou-lhe a história da gaivota, do ovo, de Ditosa e dos
infrutíferos(2) esforços dos gatos para a ensinarem a voar.
        - Podes ajudar-nos? – quis saber Zorbas quando terminou o seu relato.
        - Acho que sim. Esta noite mesmo – respondeu o humano.


                                 Luís Sepúlveda, História de uma Gaivota e do Gato que a Ensinou a Voar


               (1)                                                     (2)
VOCABULÁRIO: alucinação–ilusão, delírio, ver coisas que não são reais; infrutífero – que não dá frutos/resultados.




Responde aos itens que se seguem, de acordo com as orientações que te são dadas.

    1. Quem é Zorbas? Descreve-o com base no que é dito neste texto.

        ______________________________________________________________________________

        ______________________________________________________________________________

        ______________________________________________________________________________

    2. O que aconteceua uma gaivota para que ela deixasse ao cuidado de Zorbas um ovo?

        ______________________________________________________________________________

        ______________________________________________________________________________

        ______________________________________________________________________________

    3. Explica o que significa: «é um gato de palavra».

        ______________________________________________________________________________

        ______________________________________________________________________________

        ______________________________________________________________________________

    4. Quais são as três promessas feitas por Zorbas à gaivota?

        ______________________________________________________________________________

        ______________________________________________________________________________
______________________________________________________________________________

    5. Como se chamam os quatro amigos de Zorbas?

        ______________________________________________________________________________

        ______________________________________________________________________________

    6. Os gatos vivem num porto, qual?

        ______________________________________________________________________________

    7. Por que motivo é que o humano fica muito espantado e julga que tem alucinações?

        ______________________________________________________________________________

        ______________________________________________________________________________

        ______________________________________________________________________________

    8. Zorbas diz: «escolhemos-te a ti para te confiarmos um grande problema, e para nos ajudares.»
       No que consiste o problema?
        ________________________________________________________________________________________

        ________________________________________________________________________________________




                                                         PARTE B
      Lê atentamente o texto, recorda o estudo efetuado à totalidade da obrae responde, em
seguida, ao questionário apresentado.


        Quando chegou o dia de Natal, ao fim da tarde, o cavaleiro dirigiu-se para a gruta de Belém. Ali rezouno lugar onde a
Virgem, São José, o boi, o burro, os pastores, os Reis Magos e os Anjos tinham adorado a criança acabada de nascer. E, quando
na torre das Igrejas bateram as doze badaladas da meia-noite, o Cavaleiro julgou ouvir um cântico altíssimo cantado por
multidões inumeráveis, a oração dos Anjos: ”Glória a Deus nas alturas e Paz na terra aos homens de boa vontade.”
        Então desceu sobre ele uma grande paz e uma grande confiança e, chorando de alegria, beijou as pedras da gruta.
        Rezou muito, nessa noite, o cavaleiro. Rezou pelo fim das misérias e das guerras, rezou pela paz e pela alegria do
mundo. Pediu a Deus que o fizesse um homem de boa vontade, um homem de vontade clara e direita, capaz de amar os outros.
E pediu também aos anjos que o protegessem e guiassem na viagem de regresso, para que, dai a um ano, ele pudesse
comemorar o Natal na sua casa com os seus.
                                                                    inO Cavaleiro da Dinamarca, Sophia de Mello Breyner
Responde aos itens que se seguem, de acordo com as orientações que te são dadas.

     1. Sublinha a resposta correta:

         - O motivo da viagem do Cavaleiro à Palestina foi…
             a) Rezar na gruta de Belém;
             b) Visitar o país;
             c) Encontrar-se com um amigo;
             d) Tratar de negócios.

     2. Assinala com V (verdadeira) ou F (falsa) as seguintes afirmações e corrigi-as:

         2.1. No dia de Natal, o cavaleiro foi passear à gruta de Belém. _______________________________
         2.2. O cavaleiro esteve ainda dois meses na Palestina a visitar lugares sagrados._________________
         2.3. Depois do embarque em Jafa, a viagem correu sem sobressaltos.__________________________

     3. Quais os sentimentos experimentados pelo cavaleiro ao ouvir as doze badaladas da meia-noite na gruta
        de Belém, na noite de Natal?
        _____________________________________________________________________________________
         _____________________________________________________________________________________
         _____________________________________________________________________________________


     4. O Cavaleiro fez uma promessa que vai referindo ao longo da história:
                      « - Não - disse o Cavaleiro. – Tenho de partir. Prometi (…)»

             4.1.1.   O que tinha o Cavaleiro prometido e a quem? Consegue cumprir a promessa?
                      ___________________________________________________________________________________
                      ___________________________________________________________________________________
                      ___________________________________________________________________________________
                      ___________________________________________________________________________________




                              GRUPO II- Conhecimento Explícito da Língua


Responde aos itens que se seguem, de acordo com as orientações que te são dadas.


1. Observa as Frases que se seguem, identifica os GRUPOS DE PALAVRAS sublinhados e
   faz um círculo à volta das respetivas PALAVRAS NUCLEARES de cada Grupo, identificando-a também.

   1.1. Zorbas ensinou a gaivota a voar.


   1.2. Vamos pôr uma mesa bonita.
2. Sublinha as formas verbais principais das seguintes frases:

    2.1. O João deu um bolo ao primo.
    2.2. A Rita levou o recado à mãe.
    2.3. A mãe contou uma história ao filho.


3. Preenche o quadro utilizando as frases anteriores:

                  Grupo Nominal - Sujeito                                Grupo Verbal - Predicado




4. Sublinha o SUJEITO das seguintes frases e indica se este é SIMPLES ou COMPOSTO.

    4.1. O elefante é um animal muito pesado.___________________________________
    4.2. O elefante, a girafa e o macaco fizeram vários números. _________________________



5. Identifica os COMPLEMENTOS verbais sublinhados.

    5.1. Os meus pais compraram um cãoao meu irmão.


    5.2. O Rui deu um bonecoà Patrícia.




6. Reescreve as frases anteriores, substituindo os COMPLEMENTOS pelo respetivo PRONOME PESSOAL.


    6.1. _______________________________________________________________

    6.2. _______________________________________________________________



7. Preenche o quadro com os dados adequados:


     Pergunto ao VERBO:                                  A resposta dá-me:
     ?                                                    O Sujeito
     ?                                                   O Complemento Direto
     ?                                                   O Complemento Indireto
GRUPO III
                                        Expressão Escrita


     Responde apenas a UMA das seguintes sugestões:
           A - Por certo, a chegada do Cavaleiro e o seu reencontro com a família foi uma cena de
     grande comoção. Alternando narração, descrição e diálogo, narra o episódio da chegada, em que o
     protagonista conta, num ambiente emocionado, as aventuras que viveu.

          B - Recorda o conto lido na aula “História de uma gaivota e do gato que a ensinou a voar” de
    Luís Sepúlveda.Elabora um resumo do conto.


____________________________________________________________________________________

____________________________________________________________________________________
____________________________________________________________________________________
____________________________________________________________________________________
____________________________________________________________________________________
____________________________________________________________________________________
____________________________________________________________________________________
____________________________________________________________________________________
____________________________________________________________________________________
____________________________________________________________________________________
____________________________________________________________________________________
____________________________________________________________________________________
____________________________________________________________________________________
____________________________________________________________________________________
____________________________________________________________________________________
____________________________________________________________________________________
____________________________________________________________________________________
____________________________________________________________________________________
____________________________________________________________________________________
____________________________________________________________________________________
____________________________________________________________________________________
____________________________________________________________________________________
____________________________________________________________________________________

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Ulisses: Ficha de Avaliação
Ulisses: Ficha de AvaliaçãoUlisses: Ficha de Avaliação
Ulisses: Ficha de AvaliaçãoA. Simoes
 
Ficha de-trabalho-saga
Ficha de-trabalho-sagaFicha de-trabalho-saga
Ficha de-trabalho-sagasandramarques8
 
Ficha de recursos expressivos 6º ano
Ficha de recursos expressivos 6º anoFicha de recursos expressivos 6º ano
Ficha de recursos expressivos 6º anozedobarco3
 
Ficha dos determinantes e pronomes possessivos
Ficha dos determinantes e pronomes possessivosFicha dos determinantes e pronomes possessivos
Ficha dos determinantes e pronomes possessivosCélia Gonçalves
 
Teste rochas 7º ano
Teste rochas 7º anoTeste rochas 7º ano
Teste rochas 7º anoSofia Ribeiro
 
lab7_teste_avaliacao_6a.docx
lab7_teste_avaliacao_6a.docxlab7_teste_avaliacao_6a.docx
lab7_teste_avaliacao_6a.docxMarisa Miranda
 
Geografia 7º ano - teste de avaliação
Geografia 7º ano - teste de avaliaçãoGeografia 7º ano - teste de avaliação
Geografia 7º ano - teste de avaliaçãoMaria Da Guia Fonseca
 
Ficha trabalho coordenação
Ficha trabalho coordenaçãoFicha trabalho coordenação
Ficha trabalho coordenaçãoMargarida Gomes
 
Teste cavaleiro da dinamarca
Teste cavaleiro da dinamarca Teste cavaleiro da dinamarca
Teste cavaleiro da dinamarca Escola
 
Ficha dos determinantes possessivos e demonstrativos
Ficha dos determinantes possessivos e demonstrativosFicha dos determinantes possessivos e demonstrativos
Ficha dos determinantes possessivos e demonstrativosInês Robalo
 
Ficha de avaliaçao_-_relevo,_rios,_litoral,_catástrofes
Ficha de avaliaçao_-_relevo,_rios,_litoral,_catástrofesFicha de avaliaçao_-_relevo,_rios,_litoral,_catástrofes
Ficha de avaliaçao_-_relevo,_rios,_litoral,_catástrofesLinda Pereira
 
Ficha de verificaço de leitura - História da Gaivora e do Gato que a ensinou ...
Ficha de verificaço de leitura - História da Gaivora e do Gato que a ensinou ...Ficha de verificaço de leitura - História da Gaivora e do Gato que a ensinou ...
Ficha de verificaço de leitura - História da Gaivora e do Gato que a ensinou ...Cristina Leitão
 
Exercícios determinantes pronomes e quantificadores
Exercícios determinantes pronomes e quantificadoresExercícios determinantes pronomes e quantificadores
Exercícios determinantes pronomes e quantificadoresCélia Gonçalves
 
Ficha formativa present simple vs present continuos (2)
Ficha formativa   present simple vs present continuos (2)Ficha formativa   present simple vs present continuos (2)
Ficha formativa present simple vs present continuos (2)Ângela Ferreira
 
História de uma gaivota e do gato que a ensinou a voar
História de uma gaivota e do gato que a ensinou a voarHistória de uma gaivota e do gato que a ensinou a voar
História de uma gaivota e do gato que a ensinou a voarLara Morgado
 
Ficha de trabalho sobre determinantes
Ficha de trabalho sobre determinantesFicha de trabalho sobre determinantes
Ficha de trabalho sobre determinantesCristina Sabino
 
Matemática trimestral 2º periodo 4º ano b
Matemática trimestral 2º periodo 4º ano bMatemática trimestral 2º periodo 4º ano b
Matemática trimestral 2º periodo 4º ano blveiga
 

Mais procurados (20)

"O Príncipe Nabo"
"O Príncipe Nabo""O Príncipe Nabo"
"O Príncipe Nabo"
 
Ulisses: Ficha de Avaliação
Ulisses: Ficha de AvaliaçãoUlisses: Ficha de Avaliação
Ulisses: Ficha de Avaliação
 
Ficha de-trabalho-saga
Ficha de-trabalho-sagaFicha de-trabalho-saga
Ficha de-trabalho-saga
 
Ficha de recursos expressivos 6º ano
Ficha de recursos expressivos 6º anoFicha de recursos expressivos 6º ano
Ficha de recursos expressivos 6º ano
 
Ficha dos determinantes e pronomes possessivos
Ficha dos determinantes e pronomes possessivosFicha dos determinantes e pronomes possessivos
Ficha dos determinantes e pronomes possessivos
 
Teste rochas 7º ano
Teste rochas 7º anoTeste rochas 7º ano
Teste rochas 7º ano
 
Em4ºano
Em4ºanoEm4ºano
Em4ºano
 
lab7_teste_avaliacao_6a.docx
lab7_teste_avaliacao_6a.docxlab7_teste_avaliacao_6a.docx
lab7_teste_avaliacao_6a.docx
 
Geografia 7º ano - teste de avaliação
Geografia 7º ano - teste de avaliaçãoGeografia 7º ano - teste de avaliação
Geografia 7º ano - teste de avaliação
 
Ficha trabalho coordenação
Ficha trabalho coordenaçãoFicha trabalho coordenação
Ficha trabalho coordenação
 
Teste cavaleiro da dinamarca
Teste cavaleiro da dinamarca Teste cavaleiro da dinamarca
Teste cavaleiro da dinamarca
 
Ficha dos determinantes possessivos e demonstrativos
Ficha dos determinantes possessivos e demonstrativosFicha dos determinantes possessivos e demonstrativos
Ficha dos determinantes possessivos e demonstrativos
 
Ficha de avaliaçao_-_relevo,_rios,_litoral,_catástrofes
Ficha de avaliaçao_-_relevo,_rios,_litoral,_catástrofesFicha de avaliaçao_-_relevo,_rios,_litoral,_catástrofes
Ficha de avaliaçao_-_relevo,_rios,_litoral,_catástrofes
 
Ficha de verificaço de leitura - História da Gaivora e do Gato que a ensinou ...
Ficha de verificaço de leitura - História da Gaivora e do Gato que a ensinou ...Ficha de verificaço de leitura - História da Gaivora e do Gato que a ensinou ...
Ficha de verificaço de leitura - História da Gaivora e do Gato que a ensinou ...
 
O Cavaleiro Dinamarca síntese
O Cavaleiro Dinamarca sínteseO Cavaleiro Dinamarca síntese
O Cavaleiro Dinamarca síntese
 
Exercícios determinantes pronomes e quantificadores
Exercícios determinantes pronomes e quantificadoresExercícios determinantes pronomes e quantificadores
Exercícios determinantes pronomes e quantificadores
 
Ficha formativa present simple vs present continuos (2)
Ficha formativa   present simple vs present continuos (2)Ficha formativa   present simple vs present continuos (2)
Ficha formativa present simple vs present continuos (2)
 
História de uma gaivota e do gato que a ensinou a voar
História de uma gaivota e do gato que a ensinou a voarHistória de uma gaivota e do gato que a ensinou a voar
História de uma gaivota e do gato que a ensinou a voar
 
Ficha de trabalho sobre determinantes
Ficha de trabalho sobre determinantesFicha de trabalho sobre determinantes
Ficha de trabalho sobre determinantes
 
Matemática trimestral 2º periodo 4º ano b
Matemática trimestral 2º periodo 4º ano bMatemática trimestral 2º periodo 4º ano b
Matemática trimestral 2º periodo 4º ano b
 

Destaque

História de uma gaivota e do gato que a ensinou a voar, de Luis Sepúlveda
História de uma gaivota e do gato que a ensinou a voar, de Luis SepúlvedaHistória de uma gaivota e do gato que a ensinou a voar, de Luis Sepúlveda
História de uma gaivota e do gato que a ensinou a voar, de Luis SepúlvedaLurdes Augusto
 
Constituintes morfológicos
Constituintes morfológicosConstituintes morfológicos
Constituintes morfológicosLuís Sérgio
 
Categorias da narrativa
Categorias da narrativaCategorias da narrativa
Categorias da narrativaLuís Sérgio
 
Correção do teste 1 b 2012
Correção do teste 1 b 2012Correção do teste 1 b 2012
Correção do teste 1 b 2012Luís Sérgio
 
Teste sumativo 2 ricardo ana catarina
Teste sumativo 2 ricardo ana catarinaTeste sumativo 2 ricardo ana catarina
Teste sumativo 2 ricardo ana catarinaDelfina Sousa
 
Apresentação resumida da "História da gaivota e do gato que a ensinou a voa" ...
Apresentação resumida da "História da gaivota e do gato que a ensinou a voa" ...Apresentação resumida da "História da gaivota e do gato que a ensinou a voa" ...
Apresentação resumida da "História da gaivota e do gato que a ensinou a voa" ...gugapedro
 
Ficha aval. gramatical 3 ricardo
Ficha aval. gramatical 3   ricardoFicha aval. gramatical 3   ricardo
Ficha aval. gramatical 3 ricardoDelfina Sousa
 
História de Uma Gaivota e do Gato que a Ensinou a Voar
História de Uma Gaivota e do Gato que a Ensinou a VoarHistória de Uma Gaivota e do Gato que a Ensinou a Voar
História de Uma Gaivota e do Gato que a Ensinou a VoarMargarete Gomes
 
Categorias Narrativa 2
Categorias Narrativa 2Categorias Narrativa 2
Categorias Narrativa 2guestd825828
 
Ficha aval. gramatical 3
Ficha aval. gramatical 3Ficha aval. gramatical 3
Ficha aval. gramatical 3Delfina Sousa
 
preparaçao para testes de português
preparaçao para testes de portuguêspreparaçao para testes de português
preparaçao para testes de portuguêsMadalena Câmara
 
Os provérbios
Os provérbiosOs provérbios
Os provérbiossuzanamar
 

Destaque (20)

História de uma gaivota e do gato que a essinou a voar
História de uma gaivota e do gato que a essinou a voarHistória de uma gaivota e do gato que a essinou a voar
História de uma gaivota e do gato que a essinou a voar
 
Teste sumativo 2
Teste sumativo 2Teste sumativo 2
Teste sumativo 2
 
História de uma gaivota e do gato que a ensinou a voar, de Luis Sepúlveda
História de uma gaivota e do gato que a ensinou a voar, de Luis SepúlvedaHistória de uma gaivota e do gato que a ensinou a voar, de Luis Sepúlveda
História de uma gaivota e do gato que a ensinou a voar, de Luis Sepúlveda
 
Constituintes morfológicos
Constituintes morfológicosConstituintes morfológicos
Constituintes morfológicos
 
Categorias da narrativa
Categorias da narrativaCategorias da narrativa
Categorias da narrativa
 
Correção do teste 1 b 2012
Correção do teste 1 b 2012Correção do teste 1 b 2012
Correção do teste 1 b 2012
 
Teste sumativo 2 ricardo ana catarina
Teste sumativo 2 ricardo ana catarinaTeste sumativo 2 ricardo ana catarina
Teste sumativo 2 ricardo ana catarina
 
Luis Sepúlveda
Luis SepúlvedaLuis Sepúlveda
Luis Sepúlveda
 
Apresentação resumida da "História da gaivota e do gato que a ensinou a voa" ...
Apresentação resumida da "História da gaivota e do gato que a ensinou a voa" ...Apresentação resumida da "História da gaivota e do gato que a ensinou a voa" ...
Apresentação resumida da "História da gaivota e do gato que a ensinou a voa" ...
 
Teste sumativo 1
Teste sumativo 1Teste sumativo 1
Teste sumativo 1
 
Flor da vida
Flor da vidaFlor da vida
Flor da vida
 
Ficha aval. gramatical 3 ricardo
Ficha aval. gramatical 3   ricardoFicha aval. gramatical 3   ricardo
Ficha aval. gramatical 3 ricardo
 
História de Uma Gaivota e do Gato que a Ensinou a Voar
História de Uma Gaivota e do Gato que a Ensinou a VoarHistória de Uma Gaivota e do Gato que a Ensinou a Voar
História de Uma Gaivota e do Gato que a Ensinou a Voar
 
Amor De Pedro E Ines
Amor De Pedro E InesAmor De Pedro E Ines
Amor De Pedro E Ines
 
Categorias Narrativa 2
Categorias Narrativa 2Categorias Narrativa 2
Categorias Narrativa 2
 
Resumos português
Resumos portuguêsResumos português
Resumos português
 
O príncipe nabo
O príncipe naboO príncipe nabo
O príncipe nabo
 
Ficha aval. gramatical 3
Ficha aval. gramatical 3Ficha aval. gramatical 3
Ficha aval. gramatical 3
 
preparaçao para testes de português
preparaçao para testes de portuguêspreparaçao para testes de português
preparaçao para testes de português
 
Os provérbios
Os provérbiosOs provérbios
Os provérbios
 

Semelhante a Teste sumativo 2 bruno

Semelhante a Teste sumativo 2 bruno (20)

Testesumativo2 120320052955-phpapp01
Testesumativo2 120320052955-phpapp01Testesumativo2 120320052955-phpapp01
Testesumativo2 120320052955-phpapp01
 
Prova.pb.linguaportuguesa.5ano.manha.4bim (2)
Prova.pb.linguaportuguesa.5ano.manha.4bim (2)Prova.pb.linguaportuguesa.5ano.manha.4bim (2)
Prova.pb.linguaportuguesa.5ano.manha.4bim (2)
 
O rapaz de pedra
O rapaz de pedraO rapaz de pedra
O rapaz de pedra
 
O rapaz de pedra
O rapaz de pedraO rapaz de pedra
O rapaz de pedra
 
Ficha de avaliação texto narrativo 7
Ficha de avaliação   texto narrativo 7Ficha de avaliação   texto narrativo 7
Ficha de avaliação texto narrativo 7
 
Verão inverno
Verão invernoVerão inverno
Verão inverno
 
Ava.por ts1
Ava.por ts1Ava.por ts1
Ava.por ts1
 
Menina do mar
Menina do marMenina do mar
Menina do mar
 
Apostila plantao portugues_6_ano_1_bim_4_2 (1)
Apostila plantao portugues_6_ano_1_bim_4_2 (1)Apostila plantao portugues_6_ano_1_bim_4_2 (1)
Apostila plantao portugues_6_ano_1_bim_4_2 (1)
 
Guiao gaivota-gato
Guiao gaivota-gatoGuiao gaivota-gato
Guiao gaivota-gato
 
Adjectivos 5ano (1)
Adjectivos 5ano (1)Adjectivos 5ano (1)
Adjectivos 5ano (1)
 
A casa da mosca fosca roteiro
A casa da mosca fosca roteiroA casa da mosca fosca roteiro
A casa da mosca fosca roteiro
 
Tc de literatura6º
Tc de literatura6ºTc de literatura6º
Tc de literatura6º
 
Rapazfichaleitura
RapazfichaleituraRapazfichaleitura
Rapazfichaleitura
 
Fa4eee
Fa4eeeFa4eee
Fa4eee
 
Português
PortuguêsPortuguês
Português
 
Texto i-disciplina-do-amor
Texto i-disciplina-do-amorTexto i-disciplina-do-amor
Texto i-disciplina-do-amor
 
O passarinho cantor, Queres Ouvir? Eu Conto!, Irene Lisboa
O passarinho cantor, Queres Ouvir? Eu Conto!, Irene LisboaO passarinho cantor, Queres Ouvir? Eu Conto!, Irene Lisboa
O passarinho cantor, Queres Ouvir? Eu Conto!, Irene Lisboa
 
Os bichos guião de leitura
Os bichos   guião de leituraOs bichos   guião de leitura
Os bichos guião de leitura
 
Av for por_fev
Av for por_fevAv for por_fev
Av for por_fev
 

Último

O Espetaculo das Racas - Cienti - Lilia Moritz Schwarcz capítulo 2.pdf
O Espetaculo das Racas - Cienti - Lilia Moritz Schwarcz capítulo 2.pdfO Espetaculo das Racas - Cienti - Lilia Moritz Schwarcz capítulo 2.pdf
O Espetaculo das Racas - Cienti - Lilia Moritz Schwarcz capítulo 2.pdfQueleLiberato
 
música paródia cmsp conteúdo 1 bimestre.pdf
música paródia cmsp conteúdo 1 bimestre.pdfmúsica paródia cmsp conteúdo 1 bimestre.pdf
música paródia cmsp conteúdo 1 bimestre.pdfWALDIRENEPINTODEMACE
 
Ser Mãe Atípica, uma jornada de amor e aceitação
Ser Mãe Atípica, uma jornada de amor e aceitaçãoSer Mãe Atípica, uma jornada de amor e aceitação
Ser Mãe Atípica, uma jornada de amor e aceitaçãoJayaneSales1
 
NOVA ORDEM MUNDIAL - Conceitos básicos na NOM
NOVA ORDEM MUNDIAL - Conceitos básicos na NOMNOVA ORDEM MUNDIAL - Conceitos básicos na NOM
NOVA ORDEM MUNDIAL - Conceitos básicos na NOMHenrique Pontes
 
Com base no excerto acima, escreva um texto explicando como a estrutura socia...
Com base no excerto acima, escreva um texto explicando como a estrutura socia...Com base no excerto acima, escreva um texto explicando como a estrutura socia...
Com base no excerto acima, escreva um texto explicando como a estrutura socia...azulassessoria9
 
Mini livro sanfona - Povos Indigenas Brasileiros
Mini livro sanfona  - Povos Indigenas BrasileirosMini livro sanfona  - Povos Indigenas Brasileiros
Mini livro sanfona - Povos Indigenas BrasileirosMary Alvarenga
 
Slides Lição 2, Betel, Ordenança para participar da Ceia do Senhor, 2Tr24.pptx
Slides Lição 2, Betel, Ordenança para participar da Ceia do Senhor, 2Tr24.pptxSlides Lição 2, Betel, Ordenança para participar da Ceia do Senhor, 2Tr24.pptx
Slides Lição 2, Betel, Ordenança para participar da Ceia do Senhor, 2Tr24.pptxLuizHenriquedeAlmeid6
 
AULA-06---DIZIMA-PERIODICA_9fdc896dbd1d4cce85a9fbd2e670e62f.pptx
AULA-06---DIZIMA-PERIODICA_9fdc896dbd1d4cce85a9fbd2e670e62f.pptxAULA-06---DIZIMA-PERIODICA_9fdc896dbd1d4cce85a9fbd2e670e62f.pptx
AULA-06---DIZIMA-PERIODICA_9fdc896dbd1d4cce85a9fbd2e670e62f.pptxGislaineDuresCruz
 
Algumas Curiosidades do uso da Matemática na escrita Phyton
Algumas Curiosidades do uso da Matemática na escrita PhytonAlgumas Curiosidades do uso da Matemática na escrita Phyton
Algumas Curiosidades do uso da Matemática na escrita PhytonRosiniaGonalves
 
Romero Britto - biografia 6º ano (1).pptx
Romero Britto - biografia 6º ano (1).pptxRomero Britto - biografia 6º ano (1).pptx
Romero Britto - biografia 6º ano (1).pptxLuisCarlosAlves10
 
Estudo Dirigido de Literatura / Primeira Série do E.M.
Estudo Dirigido de Literatura / Primeira Série do E.M.Estudo Dirigido de Literatura / Primeira Série do E.M.
Estudo Dirigido de Literatura / Primeira Série do E.M.Paula Meyer Piagentini
 
c) O crime ocorreu na forma simples ou qualificada? Justifique.
c) O crime ocorreu na forma simples ou qualificada? Justifique.c) O crime ocorreu na forma simples ou qualificada? Justifique.
c) O crime ocorreu na forma simples ou qualificada? Justifique.azulassessoria9
 
Livro de bio celular e molecular Junqueira e Carneiro.pdf
Livro de bio celular e molecular Junqueira e Carneiro.pdfLivro de bio celular e molecular Junqueira e Carneiro.pdf
Livro de bio celular e molecular Junqueira e Carneiro.pdfRafaela Vieira
 
As teorias de Lamarck e Darwin. Evolução
As teorias de Lamarck e Darwin. EvoluçãoAs teorias de Lamarck e Darwin. Evolução
As teorias de Lamarck e Darwin. Evoluçãoprofleticiasantosbio
 
Aula - 1º Ano - Ciência, Pesquisa e Sociologia.pdf
Aula - 1º Ano - Ciência, Pesquisa e Sociologia.pdfAula - 1º Ano - Ciência, Pesquisa e Sociologia.pdf
Aula - 1º Ano - Ciência, Pesquisa e Sociologia.pdfaulasgege
 
Ler e compreender 7º ano - Aula 7 - 1º Bimestre
Ler e compreender 7º ano -  Aula 7 - 1º BimestreLer e compreender 7º ano -  Aula 7 - 1º Bimestre
Ler e compreender 7º ano - Aula 7 - 1º BimestreProfaCintiaDosSantos
 
A área de ciências da religião no brasil 2023.ppsx
A área de ciências da religião no brasil  2023.ppsxA área de ciências da religião no brasil  2023.ppsx
A área de ciências da religião no brasil 2023.ppsxGilbraz Aragão
 
Minha Luta (Mein Kampf), A História do País que Lutou contra a União Soviétic...
Minha Luta (Mein Kampf), A História do País que Lutou contra a União Soviétic...Minha Luta (Mein Kampf), A História do País que Lutou contra a União Soviétic...
Minha Luta (Mein Kampf), A História do País que Lutou contra a União Soviétic...nexocan937
 
Mini livro sanfona - Diga não ao bullying
Mini livro sanfona - Diga não ao  bullyingMini livro sanfona - Diga não ao  bullying
Mini livro sanfona - Diga não ao bullyingMary Alvarenga
 

Último (20)

O Espetaculo das Racas - Cienti - Lilia Moritz Schwarcz capítulo 2.pdf
O Espetaculo das Racas - Cienti - Lilia Moritz Schwarcz capítulo 2.pdfO Espetaculo das Racas - Cienti - Lilia Moritz Schwarcz capítulo 2.pdf
O Espetaculo das Racas - Cienti - Lilia Moritz Schwarcz capítulo 2.pdf
 
música paródia cmsp conteúdo 1 bimestre.pdf
música paródia cmsp conteúdo 1 bimestre.pdfmúsica paródia cmsp conteúdo 1 bimestre.pdf
música paródia cmsp conteúdo 1 bimestre.pdf
 
Ser Mãe Atípica, uma jornada de amor e aceitação
Ser Mãe Atípica, uma jornada de amor e aceitaçãoSer Mãe Atípica, uma jornada de amor e aceitação
Ser Mãe Atípica, uma jornada de amor e aceitação
 
NOVA ORDEM MUNDIAL - Conceitos básicos na NOM
NOVA ORDEM MUNDIAL - Conceitos básicos na NOMNOVA ORDEM MUNDIAL - Conceitos básicos na NOM
NOVA ORDEM MUNDIAL - Conceitos básicos na NOM
 
Com base no excerto acima, escreva um texto explicando como a estrutura socia...
Com base no excerto acima, escreva um texto explicando como a estrutura socia...Com base no excerto acima, escreva um texto explicando como a estrutura socia...
Com base no excerto acima, escreva um texto explicando como a estrutura socia...
 
Mini livro sanfona - Povos Indigenas Brasileiros
Mini livro sanfona  - Povos Indigenas BrasileirosMini livro sanfona  - Povos Indigenas Brasileiros
Mini livro sanfona - Povos Indigenas Brasileiros
 
Slides Lição 2, Betel, Ordenança para participar da Ceia do Senhor, 2Tr24.pptx
Slides Lição 2, Betel, Ordenança para participar da Ceia do Senhor, 2Tr24.pptxSlides Lição 2, Betel, Ordenança para participar da Ceia do Senhor, 2Tr24.pptx
Slides Lição 2, Betel, Ordenança para participar da Ceia do Senhor, 2Tr24.pptx
 
AULA-06---DIZIMA-PERIODICA_9fdc896dbd1d4cce85a9fbd2e670e62f.pptx
AULA-06---DIZIMA-PERIODICA_9fdc896dbd1d4cce85a9fbd2e670e62f.pptxAULA-06---DIZIMA-PERIODICA_9fdc896dbd1d4cce85a9fbd2e670e62f.pptx
AULA-06---DIZIMA-PERIODICA_9fdc896dbd1d4cce85a9fbd2e670e62f.pptx
 
Algumas Curiosidades do uso da Matemática na escrita Phyton
Algumas Curiosidades do uso da Matemática na escrita PhytonAlgumas Curiosidades do uso da Matemática na escrita Phyton
Algumas Curiosidades do uso da Matemática na escrita Phyton
 
Romero Britto - biografia 6º ano (1).pptx
Romero Britto - biografia 6º ano (1).pptxRomero Britto - biografia 6º ano (1).pptx
Romero Britto - biografia 6º ano (1).pptx
 
Estudo Dirigido de Literatura / Primeira Série do E.M.
Estudo Dirigido de Literatura / Primeira Série do E.M.Estudo Dirigido de Literatura / Primeira Série do E.M.
Estudo Dirigido de Literatura / Primeira Série do E.M.
 
MANEJO INTEGRADO DE DOENÇAS (MID)
MANEJO INTEGRADO DE DOENÇAS (MID)MANEJO INTEGRADO DE DOENÇAS (MID)
MANEJO INTEGRADO DE DOENÇAS (MID)
 
c) O crime ocorreu na forma simples ou qualificada? Justifique.
c) O crime ocorreu na forma simples ou qualificada? Justifique.c) O crime ocorreu na forma simples ou qualificada? Justifique.
c) O crime ocorreu na forma simples ou qualificada? Justifique.
 
Livro de bio celular e molecular Junqueira e Carneiro.pdf
Livro de bio celular e molecular Junqueira e Carneiro.pdfLivro de bio celular e molecular Junqueira e Carneiro.pdf
Livro de bio celular e molecular Junqueira e Carneiro.pdf
 
As teorias de Lamarck e Darwin. Evolução
As teorias de Lamarck e Darwin. EvoluçãoAs teorias de Lamarck e Darwin. Evolução
As teorias de Lamarck e Darwin. Evolução
 
Aula - 1º Ano - Ciência, Pesquisa e Sociologia.pdf
Aula - 1º Ano - Ciência, Pesquisa e Sociologia.pdfAula - 1º Ano - Ciência, Pesquisa e Sociologia.pdf
Aula - 1º Ano - Ciência, Pesquisa e Sociologia.pdf
 
Ler e compreender 7º ano - Aula 7 - 1º Bimestre
Ler e compreender 7º ano -  Aula 7 - 1º BimestreLer e compreender 7º ano -  Aula 7 - 1º Bimestre
Ler e compreender 7º ano - Aula 7 - 1º Bimestre
 
A área de ciências da religião no brasil 2023.ppsx
A área de ciências da religião no brasil  2023.ppsxA área de ciências da religião no brasil  2023.ppsx
A área de ciências da religião no brasil 2023.ppsx
 
Minha Luta (Mein Kampf), A História do País que Lutou contra a União Soviétic...
Minha Luta (Mein Kampf), A História do País que Lutou contra a União Soviétic...Minha Luta (Mein Kampf), A História do País que Lutou contra a União Soviétic...
Minha Luta (Mein Kampf), A História do País que Lutou contra a União Soviétic...
 
Mini livro sanfona - Diga não ao bullying
Mini livro sanfona - Diga não ao  bullyingMini livro sanfona - Diga não ao  bullying
Mini livro sanfona - Diga não ao bullying
 

Teste sumativo 2 bruno

  • 1. ESCOLA EB 2,3 DR. JOÃO DAS REGRAS Teste de Língua Portuguesa — 7.º Ano de Escolaridade Duração do Teste: 90 minutos | Fev.2012 Nome _______________________________________________________ N.º _______ Turma _______ Classificação ________________ Professor ______________ Enc. Educação _______________ GRUPO I PARTE A Lêos textoscom muita atenção e recorda o estudo que efetuaste à respetiva obra. Esta é a história de Zorbas, um gato grande, preto, e gordo. Um dia, uma formosa gaivota apanhada por uma maré negra de petróleo deixa ao cuidado dele, momentos antes de morrer, o ovo que acabara de pôr. Zorbas, que é um gato de palavra, cumprirá as três promessas que nesse momento dramático lhe é obrigado a fazer: não comerá o ovo e não só criará a pequena gaivota, como também a ensinará a voar. Tudo isto com a ajuda dos seus amigos Secretário, Sabetudo, Barlavento e Colonello, dado que, como se verá, a tarefa não é fácil, sobretudo para um bando de gatos mais habituados a fazer frente à vida dura de um porto como o de Hamburgo do que a fazer de pais de uma cria de gaivota… (in contracapa da obra abaixo indicada) (…) Recomposto da surpresa não foi capaz de reprimir o riso e, quando se dobrou apertando a barriga de tanto rir, Zorbas aproveitou para se introduzir no interior da casa. Quando o humano, ainda morto de riso, se virou, deu com o gato grande, preto e gordo sentado num cadeirão. - Basta de concerto! És um sedutor muito original, mas receio que a Bubulina não goste da tua música. Um concerto ruim! Disse o humano. - Sei que canto muito mal. Ninguém é perfeito – respondeu Zorbas na linguagem dos humanos. O humano abriu a boca, deu uma palmada na cara e encostou as costas a uma parede. - Tufa… fa… falas – exclamou o humano. - Também tu falas e eu não estranho. Por favor, acalma-te – aconselhou-lhe Zorbas. - Um… um ga… gato… que fala – disse o humano deixando-se cair no sofá. - Não falo, mio, mas na tua língua. Sei miar em muitas línguas – esclareceu Zorbas. O humano levou as mãos à cabeça e tapou os olhos, enquanto repetia «é do cansaço, é do cansaço». Ao retirar as mãos, o gato grande, preto e gordo continuava no cadeirão. - São alucinações(1). Não é verdade que és uma alucinação? Perguntou o humano.
  • 2. - Não, sou um gato de verdade que está a miar contigo – garantiu-lhe Zorbas. – Entre muitos humanos, nós, os gatos do porto, escolhemos-te a ti para te confiarmos um grande problema, e para nos ajudares. Não estás louco. Eu sou real. (…) - Então posso ir ao que interessa – propôs Zorbas. O humano concordou, mas pediu-lhe que respeitasse o ritual da conversa dos humanos. Serviu ao gato um prato de leite, e ele acomodou-se no sofá com um copo de conhaque nas mãos. - Mia, gato – disse o humano, e Zorbas contou-lhe a história da gaivota, do ovo, de Ditosa e dos infrutíferos(2) esforços dos gatos para a ensinarem a voar. - Podes ajudar-nos? – quis saber Zorbas quando terminou o seu relato. - Acho que sim. Esta noite mesmo – respondeu o humano. Luís Sepúlveda, História de uma Gaivota e do Gato que a Ensinou a Voar (1) (2) VOCABULÁRIO: alucinação–ilusão, delírio, ver coisas que não são reais; infrutífero – que não dá frutos/resultados. Responde aos itens que se seguem, de acordo com as orientações que te são dadas. 1. Quem é Zorbas? Descreve-o com base no que é dito neste texto. ______________________________________________________________________________ ______________________________________________________________________________ ______________________________________________________________________________ 2. O que aconteceua uma gaivota para que ela deixasse ao cuidado de Zorbas um ovo? ______________________________________________________________________________ ______________________________________________________________________________ ______________________________________________________________________________ 3. Explica o que significa: «é um gato de palavra». ______________________________________________________________________________ ______________________________________________________________________________ ______________________________________________________________________________ 4. Quais são as três promessas feitas por Zorbas à gaivota? ______________________________________________________________________________ ______________________________________________________________________________
  • 3. ______________________________________________________________________________ 5. Como se chamam os quatro amigos de Zorbas? ______________________________________________________________________________ ______________________________________________________________________________ 6. Os gatos vivem num porto, qual? ______________________________________________________________________________ 7. Por que motivo é que o humano fica muito espantado e julga que tem alucinações? ______________________________________________________________________________ ______________________________________________________________________________ ______________________________________________________________________________ 8. Zorbas diz: «escolhemos-te a ti para te confiarmos um grande problema, e para nos ajudares.» No que consiste o problema? ________________________________________________________________________________________ ________________________________________________________________________________________ PARTE B Lê atentamente o texto, recorda o estudo efetuado à totalidade da obrae responde, em seguida, ao questionário apresentado. Quando chegou o dia de Natal, ao fim da tarde, o cavaleiro dirigiu-se para a gruta de Belém. Ali rezouno lugar onde a Virgem, São José, o boi, o burro, os pastores, os Reis Magos e os Anjos tinham adorado a criança acabada de nascer. E, quando na torre das Igrejas bateram as doze badaladas da meia-noite, o Cavaleiro julgou ouvir um cântico altíssimo cantado por multidões inumeráveis, a oração dos Anjos: ”Glória a Deus nas alturas e Paz na terra aos homens de boa vontade.” Então desceu sobre ele uma grande paz e uma grande confiança e, chorando de alegria, beijou as pedras da gruta. Rezou muito, nessa noite, o cavaleiro. Rezou pelo fim das misérias e das guerras, rezou pela paz e pela alegria do mundo. Pediu a Deus que o fizesse um homem de boa vontade, um homem de vontade clara e direita, capaz de amar os outros. E pediu também aos anjos que o protegessem e guiassem na viagem de regresso, para que, dai a um ano, ele pudesse comemorar o Natal na sua casa com os seus. inO Cavaleiro da Dinamarca, Sophia de Mello Breyner
  • 4. Responde aos itens que se seguem, de acordo com as orientações que te são dadas. 1. Sublinha a resposta correta: - O motivo da viagem do Cavaleiro à Palestina foi… a) Rezar na gruta de Belém; b) Visitar o país; c) Encontrar-se com um amigo; d) Tratar de negócios. 2. Assinala com V (verdadeira) ou F (falsa) as seguintes afirmações e corrigi-as: 2.1. No dia de Natal, o cavaleiro foi passear à gruta de Belém. _______________________________ 2.2. O cavaleiro esteve ainda dois meses na Palestina a visitar lugares sagrados._________________ 2.3. Depois do embarque em Jafa, a viagem correu sem sobressaltos.__________________________ 3. Quais os sentimentos experimentados pelo cavaleiro ao ouvir as doze badaladas da meia-noite na gruta de Belém, na noite de Natal? _____________________________________________________________________________________ _____________________________________________________________________________________ _____________________________________________________________________________________ 4. O Cavaleiro fez uma promessa que vai referindo ao longo da história: « - Não - disse o Cavaleiro. – Tenho de partir. Prometi (…)» 4.1.1. O que tinha o Cavaleiro prometido e a quem? Consegue cumprir a promessa? ___________________________________________________________________________________ ___________________________________________________________________________________ ___________________________________________________________________________________ ___________________________________________________________________________________ GRUPO II- Conhecimento Explícito da Língua Responde aos itens que se seguem, de acordo com as orientações que te são dadas. 1. Observa as Frases que se seguem, identifica os GRUPOS DE PALAVRAS sublinhados e faz um círculo à volta das respetivas PALAVRAS NUCLEARES de cada Grupo, identificando-a também. 1.1. Zorbas ensinou a gaivota a voar. 1.2. Vamos pôr uma mesa bonita.
  • 5. 2. Sublinha as formas verbais principais das seguintes frases: 2.1. O João deu um bolo ao primo. 2.2. A Rita levou o recado à mãe. 2.3. A mãe contou uma história ao filho. 3. Preenche o quadro utilizando as frases anteriores: Grupo Nominal - Sujeito Grupo Verbal - Predicado 4. Sublinha o SUJEITO das seguintes frases e indica se este é SIMPLES ou COMPOSTO. 4.1. O elefante é um animal muito pesado.___________________________________ 4.2. O elefante, a girafa e o macaco fizeram vários números. _________________________ 5. Identifica os COMPLEMENTOS verbais sublinhados. 5.1. Os meus pais compraram um cãoao meu irmão. 5.2. O Rui deu um bonecoà Patrícia. 6. Reescreve as frases anteriores, substituindo os COMPLEMENTOS pelo respetivo PRONOME PESSOAL. 6.1. _______________________________________________________________ 6.2. _______________________________________________________________ 7. Preenche o quadro com os dados adequados: Pergunto ao VERBO: A resposta dá-me: ? O Sujeito ? O Complemento Direto ? O Complemento Indireto
  • 6. GRUPO III Expressão Escrita Responde apenas a UMA das seguintes sugestões: A - Por certo, a chegada do Cavaleiro e o seu reencontro com a família foi uma cena de grande comoção. Alternando narração, descrição e diálogo, narra o episódio da chegada, em que o protagonista conta, num ambiente emocionado, as aventuras que viveu. B - Recorda o conto lido na aula “História de uma gaivota e do gato que a ensinou a voar” de Luís Sepúlveda.Elabora um resumo do conto. ____________________________________________________________________________________ ____________________________________________________________________________________ ____________________________________________________________________________________ ____________________________________________________________________________________ ____________________________________________________________________________________ ____________________________________________________________________________________ ____________________________________________________________________________________ ____________________________________________________________________________________ ____________________________________________________________________________________ ____________________________________________________________________________________ ____________________________________________________________________________________ ____________________________________________________________________________________ ____________________________________________________________________________________ ____________________________________________________________________________________ ____________________________________________________________________________________ ____________________________________________________________________________________ ____________________________________________________________________________________ ____________________________________________________________________________________ ____________________________________________________________________________________ ____________________________________________________________________________________ ____________________________________________________________________________________ ____________________________________________________________________________________ ____________________________________________________________________________________