Determinantes e pronomes (5.º ano)

3.595 visualizações

Publicada em

Ficha formativa sobre determinantes e pronomes (5.º ano)

Publicada em: Educação
0 comentários
2 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
3.595
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
5
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
164
Comentários
0
Gostaram
2
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Determinantes e pronomes (5.º ano)

  1. 1. Português – Ficha formativa Classes de palavras - O determinante e o pronome Resolve a ficha consultando os apontamentos do caderno diário e as páginas 28 a 32 do Caderno de Gramática. 1. Lê atentamente o texto e sublinha nele todos os determinantes (4 artigos definidos, 2 artigos indefinidos, 3 possessivos e 2 demonstrativos) que encontrares. 1.1. Completa o quadro com os determinantes que sublinhaste, tendo em conta a subclasse a que cada um pertence. (Classe) Determinante (subclasse) artigo definido (subclasse) artigo indefinido (subclasse) possessivo (subclasse) demonstrativo 1.2. Atenta nas palavras em destaque no texto. Como podes observar, os determinantes encontram-se contraídos com preposições: à = a (preposição) + a (determinante artigo definido) na = em (preposição) + a (determinante artigo definido) ao = a (preposição) + o (determinante artigo definido) Faz a contração das preposições com os determinantes propostos, seguindo o exemplo: Exemplo: em (preposição) + este (determinante demonstrativo)  neste a. em + o  ______________ b. por + o  ______________ c. em + aqueles ______________ d. em + uma  _____________ e. de + um  _____________ “Pinóquio, com o seu belo livro de leitura novo debaixo do braço, meteu pela estrada que conduzia à escola e, enquanto caminhava, fantasiava […] e construía castelos no ar […]. E assim ia pensando: — Hoje, na escola, vou aprender a ler rapidamente; amanhã aprenderei a escrever e depois de amanhã a fazer contas. Então, com a minha habilidade, hei de ganhar dinheiro e […] quero dar ao meu paizinho um belo casaco de lã. Mas que digo eu, de lã? Não, quero mandar fazer-lho todo de prata e de ouro e com uns botões de brilhantes. Que aquele pobre homem bem o merece, porque para me comprar o livro para que eu aprenda, ficou em mangas de camisa… e com este frio! Só os pais são capazes de tamanhos sacrifícios!” As aventuras de Pinóquio
  2. 2. 2. Completa as anedotas com os determinantes que encontras no retângulo: a. ____________ professor para ____ _________ aluno: — ____________ redação não foi feita por ti. É a letra do ____________ pai! — Ah! É que escrevi com ____________ caneta dele!... b. Professor: A ____________ redação sobre ____________ palavra “cão” está, palavra por palavra, igual à do ____________ irmão. Aluno: Pois não admira, senhor professor, é ____________ cão. 3. Distingue os determinantes possessivos dos pronomes possessivos. Sublinha com um traço os determinantes e com dois os pronomes. a. O Mário comprou um casaco, mas o meu é mais bonito. b. Os nossos amigos e os vossos viajaram para Londres. c. O meu pai convidou o teu para almoçar cá em casa. d. Os teus pais compraram uma casa; agora, a minha e a tua ficam perto. 4. Distingue os determinantes demostrativos dos pronomes demonstrativos. Sublinha com um traço os determinantes e com dois os pronomes. a. Eu conheço este rapaz e aquele. b. Tal pai, tal filho. c. Tu compraste os mesmos brinquedos que eu. d. Os outros rapazes que eu conheci ontem são os mesmos que encontraste hoje de manhã. 5. Completa as frases com formas de pronome pessoal: a. Ontem, ____________ encontrámos o João. b. ____________ já leste este livro? c. ____________ já estudei estes textos todos. d. A Ana disse que ____________ já não ia à festa. e. ____________ vamos todos juntos. ____________ também queres vir? 6. Lê atentamente o texto que segue e atenta nos pronomes pessoais sublinhados. Pedro ficou muito corado […] e pôs-se a comer à pressa para parecer que não. Mas à noite, quando a mãe o(1) deitou e levou a luz, aconteceu uma coisa extraordinária. E, com efeito, quando puxou a caixa,e a(2) abriu, a estrela brilhavacomoquando a(3) fora apanhar.Tirou-a devagar etodo o quarto ficou cheio da sua luz. Esteve assim algum tempo com ela(4) nas mãos até que os olhos começaram a arder com sono e a(5) guardou outra vez na caixa. Mas no dia seguinte, assim que acordou,foilogover seainda láestava.Ela(6) estavalárealmente.Masnãodeitavaluz nenhuma.[…] esta seu o teu um o mesmo sua a Vergílio Ferreira, A estrela (adaptado)
  3. 3. 6.1. Identifica, no texto, os nomes a que se referem os pronomes pessoais sublinhados. (1) o - _____________________________ (2) a - _____________________________ (3) a - _____________________________ (4) ela - ____________________________ (5) a - _____________________________ (6) Ela - ___________________________ 7. Reescreve as frases substituindo os grupos nominais sublinhados por um pronome pessoal. a. O João comprou uma casa nova. Anos mais tarde, vendeu a casa. ______________________________________________________________________________ b. A Marta e eu somos grandes amigas. Todos convidam a Marta e eu para as festas. ______________________________________________________________________________ c. As árvores dão frutos aos homens. ______________________________________________________________________________ d. O meu cão fugiu! Eu perdi o meu cão. ______________________________________________________________________________ e. Procuraram a estrela por toda a parte. ______________________________________________________________________________ f. O rapaz queria ter o último modelo. ______________________________________________________________________________ 8. Completa o quadro indicando na respetiva coluna, a subclasse de cada palavra sublinhada. Segue o exemplo. Determinantes Pronomes Ele comeu um bolo. ----- (pronome) pessoal Este casaco é igual ao teu. Eu encontrei uns amigos. Ele comprou um livro e tu compraste o mesmo. A Marta encontrou-a na rua. A mãe telefonou-lhe. Nós conhecemo-nos ontem. O meu cão detesta aquele gato. O Jaime é nosso amigo. Os meus pais e os teus são amigos. Limparam a cozinha depressa.
  4. 4. 9. Reescreve o texto que se segue, evitando as repetições. Substitui as expressões sublinhadas pelo respetivo pronome. ______________________________________________________________________________ ______________________________________________________________________________ ______________________________________________________________________________ ______________________________________________________________________________ ______________________________________________________________________________ ______________________________________________________________________________ ______________________________________________________________________________ ______________________________________________________________________________ ______________________________________________________________________________ ______________________________________________________________________________ ______________________________________________________________________________ ______________________________________________________________________________ ______________________________________________________________________________ ______________________________________________________________________________ ______________________________________________________________________________ ______________________________________________________________________________ ______________________________________________________________________________ Nome: _____________________________________ N.º: ___ Turma: ____ Data: ___/___/_____ O Jaime é um rapaz de 12 anos. O Jaime é um excelente aluno. Gosta de estudar e de estar com os seus amigos. Os amigos estão na mesma turma. Nas férias, o Jaime encontra os amigos quase todos os dias. Juntos, partilham as brincadeiras e têm sempre as mesmas brincadeiras, pois divertem-se muito. Certo dia quente de verão, o Jaime e os amigos encontraram um cão. O cão tinha ar de ter sido abandonado. Levaram o cão para o abrigo de animais que havia na sua zona. Lá, cuidaram bem, mas o Jaime não conseguiu esquecer o pobre animal. Dias mais tarde, o Jaime voltou ao abrigo de animais para adotar o cão. Quando este cão viu o rapaz, logo ladrou de alegria. Tornaram-se amigos inseparáveis.

×