SlideShare uma empresa Scribd logo
Teorias de AprendizagemMadalena Camacho – Mestrado em E-learningUniversidade de Sevilha – Módulo 10
Conducionismo Esta teoria de aprendizagem assenta numa estratégia de estímulo – resposta.
 O aluno tem um papel passivo no processo de aprendizagem e o professor o papel activo.
 Método expositivo.Esta teoria de aprendizagem assenta numa estratégia de estímulo – resposta. O aluno tem um papel passivo no processo de aprendizagem e o professor o papel activo. No entanto, essa actividade fica essencialmente marcada pelo método expositivo. Apresenta-se aos alunos um determinado conteúdo e espera-se uma determinada resposta. Depois, o professor analisa as respostas dadas e fornece a informação referente aos resultados atingidos. Espera-se que os resultados positivos estimulem o aluno a interiorizar os conteúdos da aula e que os resultados negativos o estimulem a melhorar. Sob esta metodologia os alunos são receptáculos de conhecimentos que lhe são transmitidos sem ter em conta o seu desenvolvimento cognitivo, ignoram-se os seus conhecimentos prévios acerca das matérias e os seus interesses e ritmos de aprendizagem.
ConstrutivismoA aquisição de conhecimento é feita com base nas suas estruturas cognitivas e experiencias pessoais.

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Principais teorias da aprendizagem
Principais teorias da aprendizagemPrincipais teorias da aprendizagem
Principais teorias da aprendizagem
cristina-ricardo
 
Teorias de Aprendizagem em Medicina
Teorias de Aprendizagem em MedicinaTeorias de Aprendizagem em Medicina
Teorias de Aprendizagem em Medicina
Rilva Lopes de Sousa Muñoz
 
Teorias da aprendizagem
Teorias da aprendizagemTeorias da aprendizagem
Teorias da aprendizagem
andressa pelinson
 
Teorias Cognitivas de aprendizagem
Teorias Cognitivas de aprendizagem Teorias Cognitivas de aprendizagem
Teorias Cognitivas de aprendizagem
Maria de los Dolores J Peña
 
55586200 teorias-da-aprendizagem-aula
55586200 teorias-da-aprendizagem-aula55586200 teorias-da-aprendizagem-aula
55586200 teorias-da-aprendizagem-aula
Patricia Mendes
 
Teorias de aprendizagem
Teorias de aprendizagemTeorias de aprendizagem
Teorias de aprendizagem
zearalenona
 
Teorias da aprendizagem
Teorias da aprendizagemTeorias da aprendizagem
Teorias da aprendizagem
SUZILEY
 
[Módulo 4] Tema: Teorias da Aprendizagem
[Módulo 4] Tema: Teorias da Aprendizagem[Módulo 4] Tema: Teorias da Aprendizagem
[Módulo 4] Tema: Teorias da Aprendizagem
tecnodocencia_ufc
 
Teorias da aprendizagem
Teorias da aprendizagemTeorias da aprendizagem
Teorias da aprendizagem
Vânia Oliveira
 
As teorias de Robert Gagné, Jerome Bruner, David Ausubel e Paulo Freire.
As teorias de Robert Gagné, Jerome Bruner, David Ausubel e Paulo Freire.As teorias de Robert Gagné, Jerome Bruner, David Ausubel e Paulo Freire.
As teorias de Robert Gagné, Jerome Bruner, David Ausubel e Paulo Freire.
Pedrofeier
 
Teorias 1 - Concepções de aprendizagem
Teorias 1 - Concepções de aprendizagemTeorias 1 - Concepções de aprendizagem
Teorias 1 - Concepções de aprendizagem
Kelly Moraes
 
Psicologia da aprendizagem
Psicologia da aprendizagemPsicologia da aprendizagem
Psicologia da aprendizagem
deborahkarolina
 
Teorias da Aprendizagem
Teorias da AprendizagemTeorias da Aprendizagem
Teorias da Aprendizagem
Elomar Barilli
 
Teorias da aprendizagem
Teorias da aprendizagemTeorias da aprendizagem
Teorias da aprendizagem
Librol
 
Teorias da Aprendizagem e Modelos Pedagógicos
Teorias da Aprendizagem e Modelos PedagógicosTeorias da Aprendizagem e Modelos Pedagógicos
Teorias da Aprendizagem e Modelos Pedagógicos
Instituto Consciência GO
 
Modelos de aprendizagem
Modelos de aprendizagemModelos de aprendizagem
Modelos de aprendizagem
Pessoal
 
Teorias da aprendizagem camila de abreu fontes de oliveira
Teorias da aprendizagem   camila de abreu fontes de oliveiraTeorias da aprendizagem   camila de abreu fontes de oliveira
Teorias da aprendizagem camila de abreu fontes de oliveira
CamilaAbreuFontes
 
Aprendizagem
AprendizagemAprendizagem
Aprendizagem
Vania Cardoso
 
Trabalho prático pe
Trabalho prático peTrabalho prático pe
Trabalho prático pe
Glória Pimenta
 
Teorias da aprendizagem
Teorias da aprendizagemTeorias da aprendizagem
Teorias da aprendizagem
Aline Pereira
 

Mais procurados (20)

Principais teorias da aprendizagem
Principais teorias da aprendizagemPrincipais teorias da aprendizagem
Principais teorias da aprendizagem
 
Teorias de Aprendizagem em Medicina
Teorias de Aprendizagem em MedicinaTeorias de Aprendizagem em Medicina
Teorias de Aprendizagem em Medicina
 
Teorias da aprendizagem
Teorias da aprendizagemTeorias da aprendizagem
Teorias da aprendizagem
 
Teorias Cognitivas de aprendizagem
Teorias Cognitivas de aprendizagem Teorias Cognitivas de aprendizagem
Teorias Cognitivas de aprendizagem
 
55586200 teorias-da-aprendizagem-aula
55586200 teorias-da-aprendizagem-aula55586200 teorias-da-aprendizagem-aula
55586200 teorias-da-aprendizagem-aula
 
Teorias de aprendizagem
Teorias de aprendizagemTeorias de aprendizagem
Teorias de aprendizagem
 
Teorias da aprendizagem
Teorias da aprendizagemTeorias da aprendizagem
Teorias da aprendizagem
 
[Módulo 4] Tema: Teorias da Aprendizagem
[Módulo 4] Tema: Teorias da Aprendizagem[Módulo 4] Tema: Teorias da Aprendizagem
[Módulo 4] Tema: Teorias da Aprendizagem
 
Teorias da aprendizagem
Teorias da aprendizagemTeorias da aprendizagem
Teorias da aprendizagem
 
As teorias de Robert Gagné, Jerome Bruner, David Ausubel e Paulo Freire.
As teorias de Robert Gagné, Jerome Bruner, David Ausubel e Paulo Freire.As teorias de Robert Gagné, Jerome Bruner, David Ausubel e Paulo Freire.
As teorias de Robert Gagné, Jerome Bruner, David Ausubel e Paulo Freire.
 
Teorias 1 - Concepções de aprendizagem
Teorias 1 - Concepções de aprendizagemTeorias 1 - Concepções de aprendizagem
Teorias 1 - Concepções de aprendizagem
 
Psicologia da aprendizagem
Psicologia da aprendizagemPsicologia da aprendizagem
Psicologia da aprendizagem
 
Teorias da Aprendizagem
Teorias da AprendizagemTeorias da Aprendizagem
Teorias da Aprendizagem
 
Teorias da aprendizagem
Teorias da aprendizagemTeorias da aprendizagem
Teorias da aprendizagem
 
Teorias da Aprendizagem e Modelos Pedagógicos
Teorias da Aprendizagem e Modelos PedagógicosTeorias da Aprendizagem e Modelos Pedagógicos
Teorias da Aprendizagem e Modelos Pedagógicos
 
Modelos de aprendizagem
Modelos de aprendizagemModelos de aprendizagem
Modelos de aprendizagem
 
Teorias da aprendizagem camila de abreu fontes de oliveira
Teorias da aprendizagem   camila de abreu fontes de oliveiraTeorias da aprendizagem   camila de abreu fontes de oliveira
Teorias da aprendizagem camila de abreu fontes de oliveira
 
Aprendizagem
AprendizagemAprendizagem
Aprendizagem
 
Trabalho prático pe
Trabalho prático peTrabalho prático pe
Trabalho prático pe
 
Teorias da aprendizagem
Teorias da aprendizagemTeorias da aprendizagem
Teorias da aprendizagem
 

Semelhante a Teorias aprendizagem

didatica no ensino superios 3
didatica no ensino superios 3didatica no ensino superios 3
didatica no ensino superios 3
jairdeoliveirajunior
 
RELAÇÃO PROFESSOR X ALUNO
RELAÇÃO PROFESSOR X ALUNORELAÇÃO PROFESSOR X ALUNO
RELAÇÃO PROFESSOR X ALUNO
Cursos Profissionalizantes
 
Métodos e Modelos de ensino
Métodos e Modelos de ensinoMétodos e Modelos de ensino
Métodos e Modelos de ensino
Universidade de Lisboa
 
Trabalho da dona elena
Trabalho da dona elenaTrabalho da dona elena
Trabalho da dona elena
Handre Phernando
 
Artigo 7 saberes Andreucci
Artigo 7 saberes  AndreucciArtigo 7 saberes  Andreucci
Artigo 7 saberes Andreucci
Ronilson de Souza Luiz
 
Aprendizagem e ensino as teorias pedagógicas da educação
Aprendizagem e ensino   as teorias pedagógicas da educaçãoAprendizagem e ensino   as teorias pedagógicas da educação
Aprendizagem e ensino as teorias pedagógicas da educação
Kelly Lima
 
Abordagens de ensino
Abordagens de ensinoAbordagens de ensino
Abordagens de ensino
ADRIANA BECKER
 
Neuroeducaçao a medula da educação
Neuroeducaçao a medula da educaçãoNeuroeducaçao a medula da educação
Neuroeducaçao a medula da educação
Claudia Loureiro
 
A avaliação da aprendizagem
A avaliação da aprendizagemA avaliação da aprendizagem
A avaliação da aprendizagem
André Pereira Rocha
 
Abordagem pedagógica
Abordagem pedagógicaAbordagem pedagógica
Abordagem pedagógica
Pedro Vargas
 
Sugestões de como trabalhar (ensinar) a turma toda
Sugestões de como trabalhar (ensinar) a turma todaSugestões de como trabalhar (ensinar) a turma toda
Sugestões de como trabalhar (ensinar) a turma toda
Profª Fabi Sobrenome
 
Teoria e crítica literária
Teoria e crítica literáriaTeoria e crítica literária
Teoria e crítica literária
Edilene Jadao
 
A avaliação da aprendizagem e o princípio da continuidade da
A avaliação da aprendizagem e o princípio da continuidade daA avaliação da aprendizagem e o princípio da continuidade da
A avaliação da aprendizagem e o princípio da continuidade da
Eliana Zati
 
ATPC 11-13_08 Metodologias ativas e currículo_ abordagens possíveis Parte 1...
ATPC 11-13_08 Metodologias ativas  e  currículo_ abordagens possíveis Parte 1...ATPC 11-13_08 Metodologias ativas  e  currículo_ abordagens possíveis Parte 1...
ATPC 11-13_08 Metodologias ativas e currículo_ abordagens possíveis Parte 1...
CLARICEFIRMINO
 
Relação professor-aluno no contexto escolar - EJA
Relação professor-aluno no contexto escolar - EJARelação professor-aluno no contexto escolar - EJA
Relação professor-aluno no contexto escolar - EJA
Bruno Roots
 
1.ensino as abordagens do processo
1.ensino as abordagens do processo1.ensino as abordagens do processo
1.ensino as abordagens do processo
Ulisses Vakirtzis
 
Módulo especifico iii
Módulo especifico iiiMódulo especifico iii
Módulo especifico iii
Alexsandro Prates
 
Situação de aprendizagem
Situação de aprendizagemSituação de aprendizagem
Situação de aprendizagem
Jeca Tatu
 
Tendências Pedagógicas Liberais .pdf
Tendências Pedagógicas Liberais .pdfTendências Pedagógicas Liberais .pdf
Tendências Pedagógicas Liberais .pdf
AglemisonLobato
 
Metodologias Ativas como proposta estratégica para a o desenvolvimento de apr...
Metodologias Ativas como proposta estratégica para a o desenvolvimento de apr...Metodologias Ativas como proposta estratégica para a o desenvolvimento de apr...
Metodologias Ativas como proposta estratégica para a o desenvolvimento de apr...
LindsaiSantosAmaralB
 

Semelhante a Teorias aprendizagem (20)

didatica no ensino superios 3
didatica no ensino superios 3didatica no ensino superios 3
didatica no ensino superios 3
 
RELAÇÃO PROFESSOR X ALUNO
RELAÇÃO PROFESSOR X ALUNORELAÇÃO PROFESSOR X ALUNO
RELAÇÃO PROFESSOR X ALUNO
 
Métodos e Modelos de ensino
Métodos e Modelos de ensinoMétodos e Modelos de ensino
Métodos e Modelos de ensino
 
Trabalho da dona elena
Trabalho da dona elenaTrabalho da dona elena
Trabalho da dona elena
 
Artigo 7 saberes Andreucci
Artigo 7 saberes  AndreucciArtigo 7 saberes  Andreucci
Artigo 7 saberes Andreucci
 
Aprendizagem e ensino as teorias pedagógicas da educação
Aprendizagem e ensino   as teorias pedagógicas da educaçãoAprendizagem e ensino   as teorias pedagógicas da educação
Aprendizagem e ensino as teorias pedagógicas da educação
 
Abordagens de ensino
Abordagens de ensinoAbordagens de ensino
Abordagens de ensino
 
Neuroeducaçao a medula da educação
Neuroeducaçao a medula da educaçãoNeuroeducaçao a medula da educação
Neuroeducaçao a medula da educação
 
A avaliação da aprendizagem
A avaliação da aprendizagemA avaliação da aprendizagem
A avaliação da aprendizagem
 
Abordagem pedagógica
Abordagem pedagógicaAbordagem pedagógica
Abordagem pedagógica
 
Sugestões de como trabalhar (ensinar) a turma toda
Sugestões de como trabalhar (ensinar) a turma todaSugestões de como trabalhar (ensinar) a turma toda
Sugestões de como trabalhar (ensinar) a turma toda
 
Teoria e crítica literária
Teoria e crítica literáriaTeoria e crítica literária
Teoria e crítica literária
 
A avaliação da aprendizagem e o princípio da continuidade da
A avaliação da aprendizagem e o princípio da continuidade daA avaliação da aprendizagem e o princípio da continuidade da
A avaliação da aprendizagem e o princípio da continuidade da
 
ATPC 11-13_08 Metodologias ativas e currículo_ abordagens possíveis Parte 1...
ATPC 11-13_08 Metodologias ativas  e  currículo_ abordagens possíveis Parte 1...ATPC 11-13_08 Metodologias ativas  e  currículo_ abordagens possíveis Parte 1...
ATPC 11-13_08 Metodologias ativas e currículo_ abordagens possíveis Parte 1...
 
Relação professor-aluno no contexto escolar - EJA
Relação professor-aluno no contexto escolar - EJARelação professor-aluno no contexto escolar - EJA
Relação professor-aluno no contexto escolar - EJA
 
1.ensino as abordagens do processo
1.ensino as abordagens do processo1.ensino as abordagens do processo
1.ensino as abordagens do processo
 
Módulo especifico iii
Módulo especifico iiiMódulo especifico iii
Módulo especifico iii
 
Situação de aprendizagem
Situação de aprendizagemSituação de aprendizagem
Situação de aprendizagem
 
Tendências Pedagógicas Liberais .pdf
Tendências Pedagógicas Liberais .pdfTendências Pedagógicas Liberais .pdf
Tendências Pedagógicas Liberais .pdf
 
Metodologias Ativas como proposta estratégica para a o desenvolvimento de apr...
Metodologias Ativas como proposta estratégica para a o desenvolvimento de apr...Metodologias Ativas como proposta estratégica para a o desenvolvimento de apr...
Metodologias Ativas como proposta estratégica para a o desenvolvimento de apr...
 

Último

oficia de construção de recursos para aluno DI.pdf
oficia de construção de recursos para aluno DI.pdfoficia de construção de recursos para aluno DI.pdf
oficia de construção de recursos para aluno DI.pdf
marcos oliveira
 
Oficina de bases de dados - Dimensions.pdf
Oficina de bases de dados - Dimensions.pdfOficina de bases de dados - Dimensions.pdf
Oficina de bases de dados - Dimensions.pdf
beathrizalves131
 
Registros da 8ª edição da FECINTEC - AFV
Registros da 8ª edição da FECINTEC - AFVRegistros da 8ª edição da FECINTEC - AFV
Registros da 8ª edição da FECINTEC - AFV
Yan Kayk da Cruz Ferreira
 
Relatório de Atividades 2021/2022 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2021/2022 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2021/2022 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2021/2022 CENSIPAM.pdf
Falcão Brasil
 
Caderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdf
Caderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdfCaderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdf
Caderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdf
shirleisousa9166
 
escrita criativa utilizada na arteterapia
escrita criativa   utilizada na arteterapiaescrita criativa   utilizada na arteterapia
escrita criativa utilizada na arteterapia
shirleisousa9166
 
Ideais do Ministério jovem Adventista pdf
Ideais do Ministério jovem Adventista pdfIdeais do Ministério jovem Adventista pdf
Ideais do Ministério jovem Adventista pdf
Anesio2
 
Relatório de Atividades 2009 CENSIPAM
Relatório de Atividades 2009 CENSIPAM Relatório de Atividades 2009 CENSIPAM
Relatório de Atividades 2009 CENSIPAM
Falcão Brasil
 
Caça - palavras e cruzadinha com dígrafos
Caça - palavras  e cruzadinha   com  dígrafosCaça - palavras  e cruzadinha   com  dígrafos
Caça - palavras e cruzadinha com dígrafos
Mary Alvarenga
 
Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...
Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...
Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...
marcos oliveira
 
Painel para comemerorar odia dos avós grátis.pdf
Painel  para comemerorar odia dos avós grátis.pdfPainel  para comemerorar odia dos avós grátis.pdf
Painel para comemerorar odia dos avós grátis.pdf
marcos oliveira
 
TEORIAS UECE.pdf química geral nome de cientistas famosos da química
TEORIAS UECE.pdf química geral nome de cientistas famosos da químicaTEORIAS UECE.pdf química geral nome de cientistas famosos da química
TEORIAS UECE.pdf química geral nome de cientistas famosos da química
VictorEmanoel37
 
Resolução do Exame de Biologia UEM - 2008.
Resolução do Exame de Biologia UEM - 2008.Resolução do Exame de Biologia UEM - 2008.
Resolução do Exame de Biologia UEM - 2008.
mozalgebrista
 
Relatório de Atividades 2011 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2011 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2011 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2011 CENSIPAM.pdf
Falcão Brasil
 
Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...
Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...
Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...
LuizHenriquedeAlmeid6
 
Slide para aplicação da AVAL. FLUÊNCIA.pptx
Slide para aplicação  da AVAL. FLUÊNCIA.pptxSlide para aplicação  da AVAL. FLUÊNCIA.pptx
Slide para aplicação da AVAL. FLUÊNCIA.pptx
LeilaVilasboas
 
Temática – Projeto para Empreendedores Locais
Temática – Projeto para Empreendedores LocaisTemática – Projeto para Empreendedores Locais
Temática – Projeto para Empreendedores Locais
Colaborar Educacional
 
Auxiliar Adolescente 2024 3 trimestre 24
Auxiliar Adolescente 2024 3 trimestre 24Auxiliar Adolescente 2024 3 trimestre 24
Auxiliar Adolescente 2024 3 trimestre 24
DirceuSilva26
 
Se A Música É O Alimento do Amor Não Parem de Tocar Luzia Gabriele.ppsx
Se A Música É O Alimento do Amor Não Parem de Tocar Luzia Gabriele.ppsxSe A Música É O Alimento do Amor Não Parem de Tocar Luzia Gabriele.ppsx
Se A Música É O Alimento do Amor Não Parem de Tocar Luzia Gabriele.ppsx
Luzia Gabriele
 

Último (20)

oficia de construção de recursos para aluno DI.pdf
oficia de construção de recursos para aluno DI.pdfoficia de construção de recursos para aluno DI.pdf
oficia de construção de recursos para aluno DI.pdf
 
Oficina de bases de dados - Dimensions.pdf
Oficina de bases de dados - Dimensions.pdfOficina de bases de dados - Dimensions.pdf
Oficina de bases de dados - Dimensions.pdf
 
Registros da 8ª edição da FECINTEC - AFV
Registros da 8ª edição da FECINTEC - AFVRegistros da 8ª edição da FECINTEC - AFV
Registros da 8ª edição da FECINTEC - AFV
 
Relatório de Atividades 2021/2022 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2021/2022 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2021/2022 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2021/2022 CENSIPAM.pdf
 
Caderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdf
Caderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdfCaderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdf
Caderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdf
 
escrita criativa utilizada na arteterapia
escrita criativa   utilizada na arteterapiaescrita criativa   utilizada na arteterapia
escrita criativa utilizada na arteterapia
 
Ideais do Ministério jovem Adventista pdf
Ideais do Ministério jovem Adventista pdfIdeais do Ministério jovem Adventista pdf
Ideais do Ministério jovem Adventista pdf
 
Relatório de Atividades 2009 CENSIPAM
Relatório de Atividades 2009 CENSIPAM Relatório de Atividades 2009 CENSIPAM
Relatório de Atividades 2009 CENSIPAM
 
Caça - palavras e cruzadinha com dígrafos
Caça - palavras  e cruzadinha   com  dígrafosCaça - palavras  e cruzadinha   com  dígrafos
Caça - palavras e cruzadinha com dígrafos
 
Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...
Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...
Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...
 
Painel para comemerorar odia dos avós grátis.pdf
Painel  para comemerorar odia dos avós grátis.pdfPainel  para comemerorar odia dos avós grátis.pdf
Painel para comemerorar odia dos avós grátis.pdf
 
TEORIAS UECE.pdf química geral nome de cientistas famosos da química
TEORIAS UECE.pdf química geral nome de cientistas famosos da químicaTEORIAS UECE.pdf química geral nome de cientistas famosos da química
TEORIAS UECE.pdf química geral nome de cientistas famosos da química
 
Resolução do Exame de Biologia UEM - 2008.
Resolução do Exame de Biologia UEM - 2008.Resolução do Exame de Biologia UEM - 2008.
Resolução do Exame de Biologia UEM - 2008.
 
Relatório de Atividades 2011 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2011 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2011 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2011 CENSIPAM.pdf
 
Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...
Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...
Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...
 
Slide para aplicação da AVAL. FLUÊNCIA.pptx
Slide para aplicação  da AVAL. FLUÊNCIA.pptxSlide para aplicação  da AVAL. FLUÊNCIA.pptx
Slide para aplicação da AVAL. FLUÊNCIA.pptx
 
Temática – Projeto para Empreendedores Locais
Temática – Projeto para Empreendedores LocaisTemática – Projeto para Empreendedores Locais
Temática – Projeto para Empreendedores Locais
 
Auxiliar Adolescente 2024 3 trimestre 24
Auxiliar Adolescente 2024 3 trimestre 24Auxiliar Adolescente 2024 3 trimestre 24
Auxiliar Adolescente 2024 3 trimestre 24
 
RECORDANDO BONS MOMENTOS! _
RECORDANDO BONS MOMENTOS!               _RECORDANDO BONS MOMENTOS!               _
RECORDANDO BONS MOMENTOS! _
 
Se A Música É O Alimento do Amor Não Parem de Tocar Luzia Gabriele.ppsx
Se A Música É O Alimento do Amor Não Parem de Tocar Luzia Gabriele.ppsxSe A Música É O Alimento do Amor Não Parem de Tocar Luzia Gabriele.ppsx
Se A Música É O Alimento do Amor Não Parem de Tocar Luzia Gabriele.ppsx
 

Teorias aprendizagem

  • 1. Teorias de AprendizagemMadalena Camacho – Mestrado em E-learningUniversidade de Sevilha – Módulo 10
  • 2. Conducionismo Esta teoria de aprendizagem assenta numa estratégia de estímulo – resposta.
  • 3. O aluno tem um papel passivo no processo de aprendizagem e o professor o papel activo.
  • 4. Método expositivo.Esta teoria de aprendizagem assenta numa estratégia de estímulo – resposta. O aluno tem um papel passivo no processo de aprendizagem e o professor o papel activo. No entanto, essa actividade fica essencialmente marcada pelo método expositivo. Apresenta-se aos alunos um determinado conteúdo e espera-se uma determinada resposta. Depois, o professor analisa as respostas dadas e fornece a informação referente aos resultados atingidos. Espera-se que os resultados positivos estimulem o aluno a interiorizar os conteúdos da aula e que os resultados negativos o estimulem a melhorar. Sob esta metodologia os alunos são receptáculos de conhecimentos que lhe são transmitidos sem ter em conta o seu desenvolvimento cognitivo, ignoram-se os seus conhecimentos prévios acerca das matérias e os seus interesses e ritmos de aprendizagem.
  • 5. ConstrutivismoA aquisição de conhecimento é feita com base nas suas estruturas cognitivas e experiencias pessoais.
  • 6. Os alunos tem um papel activo no processo educativo
  • 7. O professor passa a ter um papel mediador entre os conteúdos e os alunos.Nesta teoria de aprendizagem os alunos tem um papel activo no processo educativo e a aquisição de conhecimento é feita com base nas suas estruturas cognitivas e experiencias pessoais. Isto permite que cada um aprenda ao seu próprio ritmo e que utilize os seus conhecimentos prévios. Esta teoria defende essencialmente a renovação, modificação e reorganização dos esquemas do conhecimento inicial dos alunos e a construção de outros novos, sendo a aprendizagem a ferramenta motora dessa renovação e construção. O professor passa a ter um papel mediador entre os conteúdos e os alunos, e à da sua responsabilidade organizar ambientes de aprendizagem estimulantes que facilitem esta construção cognitiva.