SlideShare uma empresa Scribd logo
PONTO 
LINHA
TEORIA DE DESIGN ARTÍSTICO 
PONTO 
• É o elemento mais básico dos elementos formais 
• Na composição artística não têm dimensões definidas, pois se apresentam 
de diferentes formas 
• Pode variar de forma e de tamanho: redondos, ovais, quadrados, pequenos 
ou grandes 
www.mauriciomallet.com
TEORIA DE DESIGN ARTÍSTICO 
PONTO 
É AQUELE EM QUE SUA FORMA E DIMENSÃO SÃO DEFINIDAS PELO ARTISTA 
www.mauriciomallet.com
TEORIA DE DESIGN ARTÍSTICO 
PONTO 
É USADO NA GEOMETRIA PARA DETERMINAR UM LUGAR NO PLANO OU NO ESPAÇO 
www.mauriciomallet.com
TEORIA DE DESIGN ARTÍSTICO 
PONTO 
É AQUELE QUE DETERMINA UM LUGAR, UM OBJETO… (LARGURA, ALTURA E PROFUNDIDADE) 
www.mauriciomallet.com
TEORIA DE DESIGN ARTÍSTICO 
PONTO 
ASPECTOS GRÁFICOS 
www.mauriciomallet.com
TEORIA DE DESIGN ARTÍSTICO 
PONTO 
ASPECTOS GRÁFICOS 
www.mauriciomallet.com
TEORIA DE DESIGN ARTÍSTICO 
PONTO 
• Contornar: é pontilhar o contorno da figura 
! 
• Delinear: é pontilhar o contorno e os detalhes da forma 
! 
• Sombrear: é preencher o espaço interno, dando a noção de volume 
www.mauriciomallet.com
TEORIA DE DESIGN ARTÍSTICO 
PONTILHISMO 
• Criado na França (meados do século XIX) 
• Georges Seurat e Paul Signac 
• Técnica de pintura (Movimento Impressionista) em que pequenas manchas 
ou pontos de cor provocam uma mistura óptica por justaposição (forma a 
imagem na retina) 
• Baseia-se na lei das Cores Complementares 
www.mauriciomallet.com
TEORIA DE DESIGN ARTÍSTICO 
PONTILHISMO 
TARDE DE DOMINGO NA ILHA DE GRANDE JATTE (1884-1886) - GEORGES SEURAT 
www.mauriciomallet.com
TEORIA DE DESIGN ARTÍSTICO 
www.mauriciomallet.com 
Detalhe
TEORIA DE DESIGN ARTÍSTICO 
PONTILHISMO 
NOVA IORQUE (1888) - GEORGES SEURAT 
www.mauriciomallet.com
TEORIA DE DESIGN ARTÍSTICO 
www.mauriciomallet.com 
Detalhe
TEORIA DE DESIGN ARTÍSTICO 
PONTILHISMO 
WOMEN AT THE WELL (1892) - PAUL SIGNAC 
www.mauriciomallet.com 
Detalhe
TEORIA DE DESIGN ARTÍSTICO 
PONTILHISMO 
THE PORT OF SAINT-TROPEZ (1901) - PAUL SIGNAC 
www.mauriciomallet.com
TEORIA DE DESIGN ARTÍSTICO 
www.mauriciomallet.com 
Detalhe
TEORIA DE DESIGN ARTÍSTICO 
ARTE CONTEMPORÂNEA 
AUTO RETRATO (2003) - VIK MUNIZ 
www.mauriciomallet.com 
Detalhe
TEORIA DE DESIGN ARTÍSTICO 
ARTE CONTEMPORÂNEA 
SEU JORGE (2005) - VIK MUNIZ 
www.mauriciomallet.com 
Detalhe
TEORIA DE DESIGN ARTÍSTICO 
ARTE CONTEMPORÂNEA 
WPA PORTRAIT 4 (2010) - CHRISTIAN FAUR 
www.mauriciomallet.com 
Detalhe
TEORIA DE DESIGN ARTÍSTICO 
ARTE CONTEMPORÂNEA 
WPA PORTRAIT 10 (2010) - CHRISTIAN FAUR 
www.mauriciomallet.com 
Detalhe
TEORIA DE DESIGN ARTÍSTICO 
LINHA 
• É obtida através de infinitos pontos 
• É a trajetória definida pelo movimento de um ponto no espaço 
• É um conjunto de pontos que se sucedem uns aos outros, numa seqüência 
infinita 
• É o elemento visual que mostra direção, delimita e insinua formas, cria 
texturas, carrega em si a ideia de movimento 
www.mauriciomallet.com
TEORIA DE DESIGN ARTÍSTICO 
LINHA 
• Físicas: podem ser enxergadas pelo homem no meio ambiente 
• Geométricas: apresentam comprimento ilimitado não possuindo altura e 
espessura 
• Geométricas gráficas: desenhadas numa superfície, sendo concretizadas 
quando colocamos a ponta de qualquer material gráfico sobre uma 
superfície e o movemos seguindo uma direção 
! 
www.mauriciomallet.com
TEORIA DE DESIGN ARTÍSTICO 
LINHA SIMPLES 
RETA: SEGUEM A MESMA DIREÇÃO 
www.mauriciomallet.com
TEORIA DE DESIGN ARTÍSTICO 
LINHA SIMPLES 
CURVA: ESTÃO SEMPRE EM MUDANÇA DE DIREÇÃO, DE FORMA CONSTANTE E SUAVE 
www.mauriciomallet.com
TEORIA DE DESIGN ARTÍSTICO 
LINHA COMPLEXA 
POLIGONAL OU QUEBRADA: É COMPOSTA POR SEGMENTOS DE RETAS QUE POSSUEM DIVERSAS DIREÇÕES 
www.mauriciomallet.com
TEORIA DE DESIGN ARTÍSTICO 
LINHA COMPLEXA 
SINUOSAS OU ONDULADAS: É COMPOSTA POR UMA SEQUÊNCIA DE LINHAS CURVAS 
www.mauriciomallet.com
TEORIA DE DESIGN ARTÍSTICO 
LINHA COMPLEXA 
MISTA OU MISTILÍNEA: É COMPOSTA POR LINHAS RETAS E CURVAS 
www.mauriciomallet.com
TEORIA DE DESIGN ARTÍSTICO 
LINHA COMPLEXA 
CHEIAS OU CONTÍNUAS: É FEITA SEM NENHUMA INTERRUPÇÃO, TORNA O MOVIMENTO VISUAL EXTREMAMENTE 
RÁPIDO 
PONTILHADAS: POR MEIO DE PONTOS TORNAM O MOVIMENTO VISUAL MAIS LENTO 
www.mauriciomallet.com
TEORIA DE DESIGN ARTÍSTICO 
TRACEJADAS: REPRESENTADAS POR MEIO DE TRAÇOS. QUANTO MAIOR O INTERVALO ENTRE OS TRAÇOS, MAIS 
LENTO E PESADO SERÁ O MOVIMENTO 
www.mauriciomallet.com 
! 
LINHA COMPLEXA 
COMBINADAS: REPRESENTADAS POR MEIO DE TRAÇOS E PONTOS ALTERNADOS
TEORIA DE DESIGN ARTÍSTICO 
LINHA SIGNIFICADO 
INTENÇÃO DE ALTURA, ATIVIDADE, EQUILÍBRIO 
www.mauriciomallet.com
TEORIA DE DESIGN ARTÍSTICO 
LINHA SIGNIFICADO 
SENSAÇÃO DE TRANQUILIDADE, REPOUSO 
www.mauriciomallet.com
TEORIA DE DESIGN ARTÍSTICO 
LINHA SIGNIFICADO 
CARÁTER DE MOVIMENTO, INSTABILIDADE 
www.mauriciomallet.com
TEORIA DE DESIGN ARTÍSTICO 
LINHA SIGNIFICADO 
AGRESSIVIDADE, DINAMISMO 
www.mauriciomallet.com
TEORIA DE DESIGN ARTÍSTICO 
LINHA SIGNIFICADO 
SUAVIDADE, ABRANGÊNCIA, REPETIÇÃO, ELEGÂNCIA 
www.mauriciomallet.com
TEORIA DE DESIGN ARTÍSTICO 
LINHA SIGNIFICADO 
EMBARAÇO, CONFUSÃO 
www.mauriciomallet.com
TEORIA DE DESIGN ARTÍSTICO 
PÓS-IMPRESSIONISMO 
AUTO-RETRATO (1889) - VAN GOGH 
www.mauriciomallet.com 
Detalhe
TEORIA DE DESIGN ARTÍSTICO 
SURREALISMO 
TWITTERING MACHINE (1922) - PAUL KLEE 
www.mauriciomallet.com 
Detalhe
TEORIA DE DESIGN ARTÍSTICO 
CUBISMO 
THE WEEPING WOMAN (1937) - PABLO PICASSO 
www.mauriciomallet.com 
Detalhe
TEORIA DE DESIGN ARTÍSTICO 
CUBISMO 
BIG JULIE (1945) - FERNAND LÉGER 
www.mauriciomallet.com
www.mauriciomallet.com

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Luz e sombra
Luz e sombraLuz e sombra
Luz e sombra
Paulo Alexandre
 
Aula 2 composição visual
Aula  2 composição visualAula  2 composição visual
Aula 2 composição visual
Artedoiscmb Cmb
 
Artes visuais e seus elementos visuais
Artes visuais e seus elementos visuaisArtes visuais e seus elementos visuais
Artes visuais e seus elementos visuais
Claudio Bastos
 
Funções da arte
Funções da arteFunções da arte
Funções da arte
JulianoFonseca17
 
Abstracionismo (Arte Abstrata)
Abstracionismo (Arte Abstrata)Abstracionismo (Arte Abstrata)
Abstracionismo (Arte Abstrata)
Samara Coimbra
 
Arte urbana
Arte urbana Arte urbana
Arte urbana
Turmasthera
 
O que é a arte
O que é a arteO que é a arte
O que é a arte
Ana Barreiros
 
Estudo das cores
Estudo das coresEstudo das cores
Estudo das cores
Mara dalto
 
O que é arte?!
O que é arte?!O que é arte?!
O que é arte?!
Mary Lopes
 
Pop Art
Pop ArtPop Art
Aula básica sobre as cores
Aula básica sobre as coresAula básica sobre as cores
Aula básica sobre as cores
Céu Barros
 
Texturas naturais e artificiais
Texturas naturais e artificiaisTexturas naturais e artificiais
Texturas naturais e artificiais
claudiafarias
 
Elementos visuais
Elementos visuaisElementos visuais
Elementos visuais
Viviane Marques
 
Pintura figurativa e abstrata
Pintura figurativa e abstrataPintura figurativa e abstrata
Pintura figurativa e abstrata
manasantos
 
Slide música – estilos e gêneros musicais diversos
Slide música – estilos e gêneros musicais diversosSlide música – estilos e gêneros musicais diversos
Slide música – estilos e gêneros musicais diversos
Natália Matos
 
Elementos Básicos da Linguagem Visual. Prof. Garcia Junior
Elementos Básicos da Linguagem Visual. Prof. Garcia JuniorElementos Básicos da Linguagem Visual. Prof. Garcia Junior
Elementos Básicos da Linguagem Visual. Prof. Garcia Junior
Secretaria de Educação do Maranhão e Imagética Consultoria e Design
 
Elementos linguagem visual
Elementos linguagem visual Elementos linguagem visual
Elementos linguagem visual
melzynhabessa
 
Rosto Humano
Rosto HumanoRosto Humano
Rosto Humano
sergiolemos
 
Artes Visuais
Artes VisuaisArtes Visuais
Artes Visuais
Júnior Maciel
 
Vanguardas(2) 9º ano
Vanguardas(2) 9º anoVanguardas(2) 9º ano
Vanguardas(2) 9º ano
Raphael Lanzillotte
 

Mais procurados (20)

Luz e sombra
Luz e sombraLuz e sombra
Luz e sombra
 
Aula 2 composição visual
Aula  2 composição visualAula  2 composição visual
Aula 2 composição visual
 
Artes visuais e seus elementos visuais
Artes visuais e seus elementos visuaisArtes visuais e seus elementos visuais
Artes visuais e seus elementos visuais
 
Funções da arte
Funções da arteFunções da arte
Funções da arte
 
Abstracionismo (Arte Abstrata)
Abstracionismo (Arte Abstrata)Abstracionismo (Arte Abstrata)
Abstracionismo (Arte Abstrata)
 
Arte urbana
Arte urbana Arte urbana
Arte urbana
 
O que é a arte
O que é a arteO que é a arte
O que é a arte
 
Estudo das cores
Estudo das coresEstudo das cores
Estudo das cores
 
O que é arte?!
O que é arte?!O que é arte?!
O que é arte?!
 
Pop Art
Pop ArtPop Art
Pop Art
 
Aula básica sobre as cores
Aula básica sobre as coresAula básica sobre as cores
Aula básica sobre as cores
 
Texturas naturais e artificiais
Texturas naturais e artificiaisTexturas naturais e artificiais
Texturas naturais e artificiais
 
Elementos visuais
Elementos visuaisElementos visuais
Elementos visuais
 
Pintura figurativa e abstrata
Pintura figurativa e abstrataPintura figurativa e abstrata
Pintura figurativa e abstrata
 
Slide música – estilos e gêneros musicais diversos
Slide música – estilos e gêneros musicais diversosSlide música – estilos e gêneros musicais diversos
Slide música – estilos e gêneros musicais diversos
 
Elementos Básicos da Linguagem Visual. Prof. Garcia Junior
Elementos Básicos da Linguagem Visual. Prof. Garcia JuniorElementos Básicos da Linguagem Visual. Prof. Garcia Junior
Elementos Básicos da Linguagem Visual. Prof. Garcia Junior
 
Elementos linguagem visual
Elementos linguagem visual Elementos linguagem visual
Elementos linguagem visual
 
Rosto Humano
Rosto HumanoRosto Humano
Rosto Humano
 
Artes Visuais
Artes VisuaisArtes Visuais
Artes Visuais
 
Vanguardas(2) 9º ano
Vanguardas(2) 9º anoVanguardas(2) 9º ano
Vanguardas(2) 9º ano
 

Destaque

Pontos e linhas - Arte - Escola APP - 3º Ano EF
Pontos e linhas - Arte - Escola APP - 3º Ano EFPontos e linhas - Arte - Escola APP - 3º Ano EF
Pontos e linhas - Arte - Escola APP - 3º Ano EF
Antonio Pinto Pereira
 
Educação visual e tecnológica ( o ponto e a linha)
Educação visual e tecnológica ( o ponto e a linha)Educação visual e tecnológica ( o ponto e a linha)
Educação visual e tecnológica ( o ponto e a linha)
Rita Godinho
 
DESENHO TÉCNICO
DESENHO TÉCNICO DESENHO TÉCNICO
DESENHO TÉCNICO
WELLINGTON MARTINS
 
Desenho B 10 11 12
Desenho B 10 11 12Desenho B 10 11 12
Desenho B 10 11 12
martha
 
Avaliaçao vanguardas (recuperaçao)
Avaliaçao vanguardas (recuperaçao)Avaliaçao vanguardas (recuperaçao)
Avaliaçao vanguardas (recuperaçao)
Silvia Escobar
 
Artes atividades
Artes   atividadesArtes   atividades
Artes atividades
Ronaldo Russou
 
Avaliação de Arte 2º Ensino Médio
Avaliação de Arte 2º Ensino MédioAvaliação de Arte 2º Ensino Médio
Avaliação de Arte 2º Ensino Médio
Marcia Oliveira
 

Destaque (7)

Pontos e linhas - Arte - Escola APP - 3º Ano EF
Pontos e linhas - Arte - Escola APP - 3º Ano EFPontos e linhas - Arte - Escola APP - 3º Ano EF
Pontos e linhas - Arte - Escola APP - 3º Ano EF
 
Educação visual e tecnológica ( o ponto e a linha)
Educação visual e tecnológica ( o ponto e a linha)Educação visual e tecnológica ( o ponto e a linha)
Educação visual e tecnológica ( o ponto e a linha)
 
DESENHO TÉCNICO
DESENHO TÉCNICO DESENHO TÉCNICO
DESENHO TÉCNICO
 
Desenho B 10 11 12
Desenho B 10 11 12Desenho B 10 11 12
Desenho B 10 11 12
 
Avaliaçao vanguardas (recuperaçao)
Avaliaçao vanguardas (recuperaçao)Avaliaçao vanguardas (recuperaçao)
Avaliaçao vanguardas (recuperaçao)
 
Artes atividades
Artes   atividadesArtes   atividades
Artes atividades
 
Avaliação de Arte 2º Ensino Médio
Avaliação de Arte 2º Ensino MédioAvaliação de Arte 2º Ensino Médio
Avaliação de Arte 2º Ensino Médio
 

Mais de Mauricio Mallet Duprat

Sistemas Organizacionais (FOCW)
Sistemas Organizacionais (FOCW)Sistemas Organizacionais (FOCW)
Sistemas Organizacionais (FOCW)
Mauricio Mallet Duprat
 
Direção de Arte e Fotografia no Cinema
Direção de Arte e Fotografia no CinemaDireção de Arte e Fotografia no Cinema
Direção de Arte e Fotografia no Cinema
Mauricio Mallet Duprat
 
Projeto para WEB
Projeto para WEBProjeto para WEB
Projeto para WEB
Mauricio Mallet Duprat
 
Projeto de Jogos
Projeto de JogosProjeto de Jogos
Projeto de Jogos
Mauricio Mallet Duprat
 
Conceitos Básicos da Animação (p.3/3)
Conceitos Básicos da Animação (p.3/3)Conceitos Básicos da Animação (p.3/3)
Conceitos Básicos da Animação (p.3/3)
Mauricio Mallet Duprat
 
Conceitos Básicos da Animação (p.2/3)
Conceitos Básicos da Animação (p.2/3)Conceitos Básicos da Animação (p.2/3)
Conceitos Básicos da Animação (p.2/3)
Mauricio Mallet Duprat
 
Conceitos Básicos da Animação (p.1/3)
Conceitos Básicos da Animação (p.1/3)Conceitos Básicos da Animação (p.1/3)
Conceitos Básicos da Animação (p.1/3)
Mauricio Mallet Duprat
 
Elementos narrativos do cinema - Parte 2 (Ângulos e Efeitos Psicológicos)
Elementos narrativos do cinema - Parte 2 (Ângulos e Efeitos Psicológicos)Elementos narrativos do cinema - Parte 2 (Ângulos e Efeitos Psicológicos)
Elementos narrativos do cinema - Parte 2 (Ângulos e Efeitos Psicológicos)
Mauricio Mallet Duprat
 
Elementos narrativos do cinema - Parte 1 (Planos e enquadramentos)
Elementos narrativos do cinema - Parte 1 (Planos e enquadramentos)Elementos narrativos do cinema - Parte 1 (Planos e enquadramentos)
Elementos narrativos do cinema - Parte 1 (Planos e enquadramentos)
Mauricio Mallet Duprat
 
CINEMA - Parte 2 (Desenvolvimento e indústria)
CINEMA - Parte 2 (Desenvolvimento e indústria)CINEMA - Parte 2 (Desenvolvimento e indústria)
CINEMA - Parte 2 (Desenvolvimento e indústria)
Mauricio Mallet Duprat
 
Proporção Áurea
Proporção ÁureaProporção Áurea
Proporção Áurea
Mauricio Mallet Duprat
 
CINEMA - Parte 1 (O início da história)
CINEMA - Parte 1 (O início da história)CINEMA - Parte 1 (O início da história)
CINEMA - Parte 1 (O início da história)
Mauricio Mallet Duprat
 
Design - O que é?
Design - O que é?Design - O que é?
Design - O que é?
Mauricio Mallet Duprat
 
Teoria de Desenho (Textura / Iluminação / Signos)
Teoria de Desenho (Textura / Iluminação / Signos)Teoria de Desenho (Textura / Iluminação / Signos)
Teoria de Desenho (Textura / Iluminação / Signos)
Mauricio Mallet Duprat
 
Design de Animação
Design de AnimaçãoDesign de Animação
Design de Animação
Mauricio Mallet Duprat
 
História da Arte:: do Pós-Impressionismo ao Minimalismo.
História da Arte:: do Pós-Impressionismo ao Minimalismo.História da Arte:: do Pós-Impressionismo ao Minimalismo.
História da Arte:: do Pós-Impressionismo ao Minimalismo.
Mauricio Mallet Duprat
 
História da Arte:: da Pré-história a Roma.
História da Arte:: da Pré-história a Roma.História da Arte:: da Pré-história a Roma.
História da Arte:: da Pré-história a Roma.
Mauricio Mallet Duprat
 
História da Arte:: Do realismo ao pós-impressionismo
História da Arte:: Do realismo ao pós-impressionismoHistória da Arte:: Do realismo ao pós-impressionismo
História da Arte:: Do realismo ao pós-impressionismo
Mauricio Mallet Duprat
 
História da Arte:: Do gótico ao renascimento
História da Arte:: Do gótico ao renascimentoHistória da Arte:: Do gótico ao renascimento
História da Arte:: Do gótico ao renascimento
Mauricio Mallet Duprat
 
História da Arte:: do Maneirismo ao Romântismo.
História da Arte:: do Maneirismo ao Romântismo.História da Arte:: do Maneirismo ao Romântismo.
História da Arte:: do Maneirismo ao Romântismo.
Mauricio Mallet Duprat
 

Mais de Mauricio Mallet Duprat (20)

Sistemas Organizacionais (FOCW)
Sistemas Organizacionais (FOCW)Sistemas Organizacionais (FOCW)
Sistemas Organizacionais (FOCW)
 
Direção de Arte e Fotografia no Cinema
Direção de Arte e Fotografia no CinemaDireção de Arte e Fotografia no Cinema
Direção de Arte e Fotografia no Cinema
 
Projeto para WEB
Projeto para WEBProjeto para WEB
Projeto para WEB
 
Projeto de Jogos
Projeto de JogosProjeto de Jogos
Projeto de Jogos
 
Conceitos Básicos da Animação (p.3/3)
Conceitos Básicos da Animação (p.3/3)Conceitos Básicos da Animação (p.3/3)
Conceitos Básicos da Animação (p.3/3)
 
Conceitos Básicos da Animação (p.2/3)
Conceitos Básicos da Animação (p.2/3)Conceitos Básicos da Animação (p.2/3)
Conceitos Básicos da Animação (p.2/3)
 
Conceitos Básicos da Animação (p.1/3)
Conceitos Básicos da Animação (p.1/3)Conceitos Básicos da Animação (p.1/3)
Conceitos Básicos da Animação (p.1/3)
 
Elementos narrativos do cinema - Parte 2 (Ângulos e Efeitos Psicológicos)
Elementos narrativos do cinema - Parte 2 (Ângulos e Efeitos Psicológicos)Elementos narrativos do cinema - Parte 2 (Ângulos e Efeitos Psicológicos)
Elementos narrativos do cinema - Parte 2 (Ângulos e Efeitos Psicológicos)
 
Elementos narrativos do cinema - Parte 1 (Planos e enquadramentos)
Elementos narrativos do cinema - Parte 1 (Planos e enquadramentos)Elementos narrativos do cinema - Parte 1 (Planos e enquadramentos)
Elementos narrativos do cinema - Parte 1 (Planos e enquadramentos)
 
CINEMA - Parte 2 (Desenvolvimento e indústria)
CINEMA - Parte 2 (Desenvolvimento e indústria)CINEMA - Parte 2 (Desenvolvimento e indústria)
CINEMA - Parte 2 (Desenvolvimento e indústria)
 
Proporção Áurea
Proporção ÁureaProporção Áurea
Proporção Áurea
 
CINEMA - Parte 1 (O início da história)
CINEMA - Parte 1 (O início da história)CINEMA - Parte 1 (O início da história)
CINEMA - Parte 1 (O início da história)
 
Design - O que é?
Design - O que é?Design - O que é?
Design - O que é?
 
Teoria de Desenho (Textura / Iluminação / Signos)
Teoria de Desenho (Textura / Iluminação / Signos)Teoria de Desenho (Textura / Iluminação / Signos)
Teoria de Desenho (Textura / Iluminação / Signos)
 
Design de Animação
Design de AnimaçãoDesign de Animação
Design de Animação
 
História da Arte:: do Pós-Impressionismo ao Minimalismo.
História da Arte:: do Pós-Impressionismo ao Minimalismo.História da Arte:: do Pós-Impressionismo ao Minimalismo.
História da Arte:: do Pós-Impressionismo ao Minimalismo.
 
História da Arte:: da Pré-história a Roma.
História da Arte:: da Pré-história a Roma.História da Arte:: da Pré-história a Roma.
História da Arte:: da Pré-história a Roma.
 
História da Arte:: Do realismo ao pós-impressionismo
História da Arte:: Do realismo ao pós-impressionismoHistória da Arte:: Do realismo ao pós-impressionismo
História da Arte:: Do realismo ao pós-impressionismo
 
História da Arte:: Do gótico ao renascimento
História da Arte:: Do gótico ao renascimentoHistória da Arte:: Do gótico ao renascimento
História da Arte:: Do gótico ao renascimento
 
História da Arte:: do Maneirismo ao Romântismo.
História da Arte:: do Maneirismo ao Romântismo.História da Arte:: do Maneirismo ao Romântismo.
História da Arte:: do Maneirismo ao Romântismo.
 

Último

Que Pena Amor! Eugénio de Sá - Soneto.ppsx
Que Pena Amor! Eugénio de Sá - Soneto.ppsxQue Pena Amor! Eugénio de Sá - Soneto.ppsx
Que Pena Amor! Eugénio de Sá - Soneto.ppsx
Luzia Gabriele
 
Portfólio Estratégico da Força Aérea Brasileira (FAB).pdf
Portfólio Estratégico da Força Aérea Brasileira (FAB).pdfPortfólio Estratégico da Força Aérea Brasileira (FAB).pdf
Portfólio Estratégico da Força Aérea Brasileira (FAB).pdf
Falcão Brasil
 
A Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdf
A Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdfA Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdf
A Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdf
Falcão Brasil
 
Slides Lição 3, Betel, A relevância da Igreja no cumprimento de sua Missão.pptx
Slides Lição 3, Betel, A relevância da Igreja no cumprimento de sua Missão.pptxSlides Lição 3, Betel, A relevância da Igreja no cumprimento de sua Missão.pptx
Slides Lição 3, Betel, A relevância da Igreja no cumprimento de sua Missão.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
Slides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Slides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptxSlides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Slides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
Os Setores Estratégicos da END - O Setor Cibernético.pdf
Os Setores Estratégicos da END - O Setor Cibernético.pdfOs Setores Estratégicos da END - O Setor Cibernético.pdf
Os Setores Estratégicos da END - O Setor Cibernético.pdf
Falcão Brasil
 
UFCD_7224_Prevenção de acidentes em contexto domiciliário e institucional_índ...
UFCD_7224_Prevenção de acidentes em contexto domiciliário e institucional_índ...UFCD_7224_Prevenção de acidentes em contexto domiciliário e institucional_índ...
UFCD_7224_Prevenção de acidentes em contexto domiciliário e institucional_índ...
Manuais Formação
 
A GEOPOLÍTICA ATUAL E A INTEGRAÇÃO ECONÔMICA E SOCIAL
A GEOPOLÍTICA ATUAL E A INTEGRAÇÃO ECONÔMICA E SOCIALA GEOPOLÍTICA ATUAL E A INTEGRAÇÃO ECONÔMICA E SOCIAL
A GEOPOLÍTICA ATUAL E A INTEGRAÇÃO ECONÔMICA E SOCIAL
ArapiracaNoticiasFat
 
Escola de Especialistas de Aeronáutica (EEAR).pdf
Escola de Especialistas de Aeronáutica (EEAR).pdfEscola de Especialistas de Aeronáutica (EEAR).pdf
Escola de Especialistas de Aeronáutica (EEAR).pdf
Falcão Brasil
 
O Ministério da Defesa e a Sociedade no Tema de Defesa Nacional.pdf
O Ministério da Defesa e a Sociedade no Tema de Defesa Nacional.pdfO Ministério da Defesa e a Sociedade no Tema de Defesa Nacional.pdf
O Ministério da Defesa e a Sociedade no Tema de Defesa Nacional.pdf
Falcão Brasil
 
28 - Agente de Endemias (40 mapas mentais) - Amostra.pdf
28 - Agente de Endemias (40 mapas mentais) - Amostra.pdf28 - Agente de Endemias (40 mapas mentais) - Amostra.pdf
28 - Agente de Endemias (40 mapas mentais) - Amostra.pdf
SheylaAlves6
 
Endereços — Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia - ...
Endereços — Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia - ...Endereços — Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia - ...
Endereços — Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia - ...
Falcão Brasil
 
Uma Breve História da Origem, Formação e Evolução da Terra
Uma Breve História da Origem, Formação e Evolução da TerraUma Breve História da Origem, Formação e Evolução da Terra
Uma Breve História da Origem, Formação e Evolução da Terra
Luiz C. da Silva
 
Administração Em Enfermagem.pptx caala - Cópia-1.pptx
Administração Em Enfermagem.pptx caala - Cópia-1.pptxAdministração Em Enfermagem.pptx caala - Cópia-1.pptx
Administração Em Enfermagem.pptx caala - Cópia-1.pptx
helenawaya9
 
Relatório do Ministério da Defesa (MD) 2017.pdf
Relatório do Ministério da Defesa (MD) 2017.pdfRelatório do Ministério da Defesa (MD) 2017.pdf
Relatório do Ministério da Defesa (MD) 2017.pdf
Falcão Brasil
 
Plano_Aula_01_Introdução_com_Circuito_Piscar_LED
Plano_Aula_01_Introdução_com_Circuito_Piscar_LEDPlano_Aula_01_Introdução_com_Circuito_Piscar_LED
Plano_Aula_01_Introdução_com_Circuito_Piscar_LED
luggio9854
 
Geotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdf
Geotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdfGeotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdf
Geotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdf
Falcão Brasil
 
Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...
Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...
Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...
Centro Jacques Delors
 

Último (20)

Que Pena Amor! Eugénio de Sá - Soneto.ppsx
Que Pena Amor! Eugénio de Sá - Soneto.ppsxQue Pena Amor! Eugénio de Sá - Soneto.ppsx
Que Pena Amor! Eugénio de Sá - Soneto.ppsx
 
Portfólio Estratégico da Força Aérea Brasileira (FAB).pdf
Portfólio Estratégico da Força Aérea Brasileira (FAB).pdfPortfólio Estratégico da Força Aérea Brasileira (FAB).pdf
Portfólio Estratégico da Força Aérea Brasileira (FAB).pdf
 
A Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdf
A Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdfA Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdf
A Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdf
 
Slides Lição 3, Betel, A relevância da Igreja no cumprimento de sua Missão.pptx
Slides Lição 3, Betel, A relevância da Igreja no cumprimento de sua Missão.pptxSlides Lição 3, Betel, A relevância da Igreja no cumprimento de sua Missão.pptx
Slides Lição 3, Betel, A relevância da Igreja no cumprimento de sua Missão.pptx
 
Slides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Slides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptxSlides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Slides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptx
 
Os Setores Estratégicos da END - O Setor Cibernético.pdf
Os Setores Estratégicos da END - O Setor Cibernético.pdfOs Setores Estratégicos da END - O Setor Cibernético.pdf
Os Setores Estratégicos da END - O Setor Cibernético.pdf
 
UFCD_7224_Prevenção de acidentes em contexto domiciliário e institucional_índ...
UFCD_7224_Prevenção de acidentes em contexto domiciliário e institucional_índ...UFCD_7224_Prevenção de acidentes em contexto domiciliário e institucional_índ...
UFCD_7224_Prevenção de acidentes em contexto domiciliário e institucional_índ...
 
Festa dos Finalistas .
Festa dos Finalistas                    .Festa dos Finalistas                    .
Festa dos Finalistas .
 
A GEOPOLÍTICA ATUAL E A INTEGRAÇÃO ECONÔMICA E SOCIAL
A GEOPOLÍTICA ATUAL E A INTEGRAÇÃO ECONÔMICA E SOCIALA GEOPOLÍTICA ATUAL E A INTEGRAÇÃO ECONÔMICA E SOCIAL
A GEOPOLÍTICA ATUAL E A INTEGRAÇÃO ECONÔMICA E SOCIAL
 
Escola de Especialistas de Aeronáutica (EEAR).pdf
Escola de Especialistas de Aeronáutica (EEAR).pdfEscola de Especialistas de Aeronáutica (EEAR).pdf
Escola de Especialistas de Aeronáutica (EEAR).pdf
 
O Ministério da Defesa e a Sociedade no Tema de Defesa Nacional.pdf
O Ministério da Defesa e a Sociedade no Tema de Defesa Nacional.pdfO Ministério da Defesa e a Sociedade no Tema de Defesa Nacional.pdf
O Ministério da Defesa e a Sociedade no Tema de Defesa Nacional.pdf
 
28 - Agente de Endemias (40 mapas mentais) - Amostra.pdf
28 - Agente de Endemias (40 mapas mentais) - Amostra.pdf28 - Agente de Endemias (40 mapas mentais) - Amostra.pdf
28 - Agente de Endemias (40 mapas mentais) - Amostra.pdf
 
Endereços — Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia - ...
Endereços — Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia - ...Endereços — Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia - ...
Endereços — Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia - ...
 
Uma Breve História da Origem, Formação e Evolução da Terra
Uma Breve História da Origem, Formação e Evolução da TerraUma Breve História da Origem, Formação e Evolução da Terra
Uma Breve História da Origem, Formação e Evolução da Terra
 
Elogio da Saudade .
Elogio da Saudade                          .Elogio da Saudade                          .
Elogio da Saudade .
 
Administração Em Enfermagem.pptx caala - Cópia-1.pptx
Administração Em Enfermagem.pptx caala - Cópia-1.pptxAdministração Em Enfermagem.pptx caala - Cópia-1.pptx
Administração Em Enfermagem.pptx caala - Cópia-1.pptx
 
Relatório do Ministério da Defesa (MD) 2017.pdf
Relatório do Ministério da Defesa (MD) 2017.pdfRelatório do Ministério da Defesa (MD) 2017.pdf
Relatório do Ministério da Defesa (MD) 2017.pdf
 
Plano_Aula_01_Introdução_com_Circuito_Piscar_LED
Plano_Aula_01_Introdução_com_Circuito_Piscar_LEDPlano_Aula_01_Introdução_com_Circuito_Piscar_LED
Plano_Aula_01_Introdução_com_Circuito_Piscar_LED
 
Geotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdf
Geotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdfGeotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdf
Geotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdf
 
Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...
Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...
Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...
 

Teoria de Desenho (Ponto e Linha)

  • 2. TEORIA DE DESIGN ARTÍSTICO PONTO • É o elemento mais básico dos elementos formais • Na composição artística não têm dimensões definidas, pois se apresentam de diferentes formas • Pode variar de forma e de tamanho: redondos, ovais, quadrados, pequenos ou grandes www.mauriciomallet.com
  • 3. TEORIA DE DESIGN ARTÍSTICO PONTO É AQUELE EM QUE SUA FORMA E DIMENSÃO SÃO DEFINIDAS PELO ARTISTA www.mauriciomallet.com
  • 4. TEORIA DE DESIGN ARTÍSTICO PONTO É USADO NA GEOMETRIA PARA DETERMINAR UM LUGAR NO PLANO OU NO ESPAÇO www.mauriciomallet.com
  • 5. TEORIA DE DESIGN ARTÍSTICO PONTO É AQUELE QUE DETERMINA UM LUGAR, UM OBJETO… (LARGURA, ALTURA E PROFUNDIDADE) www.mauriciomallet.com
  • 6. TEORIA DE DESIGN ARTÍSTICO PONTO ASPECTOS GRÁFICOS www.mauriciomallet.com
  • 7. TEORIA DE DESIGN ARTÍSTICO PONTO ASPECTOS GRÁFICOS www.mauriciomallet.com
  • 8. TEORIA DE DESIGN ARTÍSTICO PONTO • Contornar: é pontilhar o contorno da figura ! • Delinear: é pontilhar o contorno e os detalhes da forma ! • Sombrear: é preencher o espaço interno, dando a noção de volume www.mauriciomallet.com
  • 9. TEORIA DE DESIGN ARTÍSTICO PONTILHISMO • Criado na França (meados do século XIX) • Georges Seurat e Paul Signac • Técnica de pintura (Movimento Impressionista) em que pequenas manchas ou pontos de cor provocam uma mistura óptica por justaposição (forma a imagem na retina) • Baseia-se na lei das Cores Complementares www.mauriciomallet.com
  • 10. TEORIA DE DESIGN ARTÍSTICO PONTILHISMO TARDE DE DOMINGO NA ILHA DE GRANDE JATTE (1884-1886) - GEORGES SEURAT www.mauriciomallet.com
  • 11. TEORIA DE DESIGN ARTÍSTICO www.mauriciomallet.com Detalhe
  • 12. TEORIA DE DESIGN ARTÍSTICO PONTILHISMO NOVA IORQUE (1888) - GEORGES SEURAT www.mauriciomallet.com
  • 13. TEORIA DE DESIGN ARTÍSTICO www.mauriciomallet.com Detalhe
  • 14. TEORIA DE DESIGN ARTÍSTICO PONTILHISMO WOMEN AT THE WELL (1892) - PAUL SIGNAC www.mauriciomallet.com Detalhe
  • 15. TEORIA DE DESIGN ARTÍSTICO PONTILHISMO THE PORT OF SAINT-TROPEZ (1901) - PAUL SIGNAC www.mauriciomallet.com
  • 16. TEORIA DE DESIGN ARTÍSTICO www.mauriciomallet.com Detalhe
  • 17. TEORIA DE DESIGN ARTÍSTICO ARTE CONTEMPORÂNEA AUTO RETRATO (2003) - VIK MUNIZ www.mauriciomallet.com Detalhe
  • 18. TEORIA DE DESIGN ARTÍSTICO ARTE CONTEMPORÂNEA SEU JORGE (2005) - VIK MUNIZ www.mauriciomallet.com Detalhe
  • 19. TEORIA DE DESIGN ARTÍSTICO ARTE CONTEMPORÂNEA WPA PORTRAIT 4 (2010) - CHRISTIAN FAUR www.mauriciomallet.com Detalhe
  • 20. TEORIA DE DESIGN ARTÍSTICO ARTE CONTEMPORÂNEA WPA PORTRAIT 10 (2010) - CHRISTIAN FAUR www.mauriciomallet.com Detalhe
  • 21. TEORIA DE DESIGN ARTÍSTICO LINHA • É obtida através de infinitos pontos • É a trajetória definida pelo movimento de um ponto no espaço • É um conjunto de pontos que se sucedem uns aos outros, numa seqüência infinita • É o elemento visual que mostra direção, delimita e insinua formas, cria texturas, carrega em si a ideia de movimento www.mauriciomallet.com
  • 22. TEORIA DE DESIGN ARTÍSTICO LINHA • Físicas: podem ser enxergadas pelo homem no meio ambiente • Geométricas: apresentam comprimento ilimitado não possuindo altura e espessura • Geométricas gráficas: desenhadas numa superfície, sendo concretizadas quando colocamos a ponta de qualquer material gráfico sobre uma superfície e o movemos seguindo uma direção ! www.mauriciomallet.com
  • 23. TEORIA DE DESIGN ARTÍSTICO LINHA SIMPLES RETA: SEGUEM A MESMA DIREÇÃO www.mauriciomallet.com
  • 24. TEORIA DE DESIGN ARTÍSTICO LINHA SIMPLES CURVA: ESTÃO SEMPRE EM MUDANÇA DE DIREÇÃO, DE FORMA CONSTANTE E SUAVE www.mauriciomallet.com
  • 25. TEORIA DE DESIGN ARTÍSTICO LINHA COMPLEXA POLIGONAL OU QUEBRADA: É COMPOSTA POR SEGMENTOS DE RETAS QUE POSSUEM DIVERSAS DIREÇÕES www.mauriciomallet.com
  • 26. TEORIA DE DESIGN ARTÍSTICO LINHA COMPLEXA SINUOSAS OU ONDULADAS: É COMPOSTA POR UMA SEQUÊNCIA DE LINHAS CURVAS www.mauriciomallet.com
  • 27. TEORIA DE DESIGN ARTÍSTICO LINHA COMPLEXA MISTA OU MISTILÍNEA: É COMPOSTA POR LINHAS RETAS E CURVAS www.mauriciomallet.com
  • 28. TEORIA DE DESIGN ARTÍSTICO LINHA COMPLEXA CHEIAS OU CONTÍNUAS: É FEITA SEM NENHUMA INTERRUPÇÃO, TORNA O MOVIMENTO VISUAL EXTREMAMENTE RÁPIDO PONTILHADAS: POR MEIO DE PONTOS TORNAM O MOVIMENTO VISUAL MAIS LENTO www.mauriciomallet.com
  • 29. TEORIA DE DESIGN ARTÍSTICO TRACEJADAS: REPRESENTADAS POR MEIO DE TRAÇOS. QUANTO MAIOR O INTERVALO ENTRE OS TRAÇOS, MAIS LENTO E PESADO SERÁ O MOVIMENTO www.mauriciomallet.com ! LINHA COMPLEXA COMBINADAS: REPRESENTADAS POR MEIO DE TRAÇOS E PONTOS ALTERNADOS
  • 30. TEORIA DE DESIGN ARTÍSTICO LINHA SIGNIFICADO INTENÇÃO DE ALTURA, ATIVIDADE, EQUILÍBRIO www.mauriciomallet.com
  • 31. TEORIA DE DESIGN ARTÍSTICO LINHA SIGNIFICADO SENSAÇÃO DE TRANQUILIDADE, REPOUSO www.mauriciomallet.com
  • 32. TEORIA DE DESIGN ARTÍSTICO LINHA SIGNIFICADO CARÁTER DE MOVIMENTO, INSTABILIDADE www.mauriciomallet.com
  • 33. TEORIA DE DESIGN ARTÍSTICO LINHA SIGNIFICADO AGRESSIVIDADE, DINAMISMO www.mauriciomallet.com
  • 34. TEORIA DE DESIGN ARTÍSTICO LINHA SIGNIFICADO SUAVIDADE, ABRANGÊNCIA, REPETIÇÃO, ELEGÂNCIA www.mauriciomallet.com
  • 35. TEORIA DE DESIGN ARTÍSTICO LINHA SIGNIFICADO EMBARAÇO, CONFUSÃO www.mauriciomallet.com
  • 36. TEORIA DE DESIGN ARTÍSTICO PÓS-IMPRESSIONISMO AUTO-RETRATO (1889) - VAN GOGH www.mauriciomallet.com Detalhe
  • 37. TEORIA DE DESIGN ARTÍSTICO SURREALISMO TWITTERING MACHINE (1922) - PAUL KLEE www.mauriciomallet.com Detalhe
  • 38. TEORIA DE DESIGN ARTÍSTICO CUBISMO THE WEEPING WOMAN (1937) - PABLO PICASSO www.mauriciomallet.com Detalhe
  • 39. TEORIA DE DESIGN ARTÍSTICO CUBISMO BIG JULIE (1945) - FERNAND LÉGER www.mauriciomallet.com