SlideShare uma empresa Scribd logo
- 1 -
Festival Estudantil de Teatro (Feste) - 2018
O que é
O projeto Festival Estudantil de Teatro (Feste) trata-se de experiências em políticas culturais
com a juventude estudantil, para avivar o debate e incrementar as práticas artísticas e culturais nos
campos da história, da arte, do patrimônio, da juventude e da democratização desses saberes, com
vistas ao desenvolvimento das artes cênicas nos contextos escolares. A arte, a cultura e o teatro, em
particular, são expressões da pluralidade de mecanismos simbólicos e de inclusão artística e
cultural. A arte cênica é entendida como um processo artístico educativo, um jeito de comunicação,
expressão e representação das distintas formas de manifestação da vida cultural. Assim como
acontece com as outras formas de apreensão de saberes, o teatro, como área de conhecimento, com
suas teorias, conceitos e sentidos distintos, expressa, por meio da dramaturgia, a pluralidade cultural
das sociedades. As artes cênicas nas escolas constituem-se como o lugar dos distintos gêneros
teatrais (auto, monólogo, comédia, drama, fantoche, ópera, revista, tragédia e tragicomédia)
voltados para a ação emancipatória.
A compreensão do teatro, como expressão do nosso patrimônio cultural, é entendida como
meio de pensar, viver e representar a vida presente. A educação, por meio da dramaturgia, permite-
nos o conhecimento de si, do outro e do mundo, de nossa experiência cotidiana individual e social,
assim como das formas de representação e valorização das expressões da vida cultural.
Cabe ressaltar que, por ser este projeto de cunho pedagógico e estudantil, a Secretaria da
Educação preza pela qualidade das criações teatrais concebidas pelos estudantes, tendo por objetivo
principal o protagonismo estudantil e o despertar dos estudantes, para o desenvolvimento de estilos
e técnicas de teatro que avancem os padrões estabelecidos pela indústria cultural. A partir deste
projeto, pretende-se incrementar, nos contextos escolares, o desenvolvimento das artes cênicas e de
ações essenciais para o exercício do direito à arte, a valorização das expressões culturais e dos
valores estéticos, com vistas à formação de uma nova mentalidade cultural em nossa sociedade.
Objetivos
 Entender artes cênicas como linguagens essenciais do processo de produção do conhecimento e,
em especial, das linguagens artísticas.
 Explorar o processo educativo, estimulando a dramaturgia e a criação de textos teatrais dos
estudantes nos ambientesescolares.
 Possibilitar, a partir das artes cênicas, a compreensão das questões ligadas à convivência,
sociabilidade, ao pertencimento, às expressões das identidades, das diversidades de
manifestações culturais eestéticas e das distintas formas de representações do mundo.
 Promover o exercício da experiência sensível e criativa.
 Promover o interesse pelos distintos gêneros teatrais (auto, monólogo, comédia, drama, fantoche,
ópera, revista, tragédia e tragicomédia).
 Compreender a importância das diferentes linguagens artísticas para o entendimento das
experiências cotidianas e do mundo.
- 2 -
 Aprimorar a estética do olhar, por meio do teatro, para o exercício das formas de percepção dos
movimentos da vida cultural que nos rodeia.
 Entender as distintas linguagens artísticas (visual, fílmica, literária, musical, cênica, dança, entre
outras) como parte do nosso patrimônio cultural.
 Vivenciar a experiência do belo e do lúdico nas escolas estaduais e na sociedadebaiana.
 Garantir a apropriação da história a partir da experiênciadramatúrgica.
Operacionalização
O projeto Feste ocorre em três fases: 1) as criações teatrais de cenas curtas e os
Festivais de teatro nas escolas. Essa é a fase mais importante, onde o princípio é a experiência
dramatúrgica e com as primeiras noções teatrais. O universo estudantil é o ponto de partida
para o desenvolvimento das linguagens e expressões teatrais; 2) a pré seleção e os Festivais
estudantis de teatro regionais; 3) o 3º Festival Estudantil de Teatro, no 7º Encontro Estudantil
da Rede Estadual: ciência, arte, esporte e cultura, na cidade de Salvador, com a participação
dos estudantes finalistas selecionados nos Núcleos Territoriais de Educação (NTE).
Para a sua realização, faz-se necessário o desenvolvimento das seguintes ações e
estratégias, em suas distintas instâncias:
1. Cursos formativos para apreensão das noções do universo do teatro, para os professores,
coordenadores e estudantes, visando a execução do projeto Feste, por meio da criação de
cenas curtas. Os referidos cursos objetivam a socialização do conhecimento nesse campo
temático.
2. A difusão do projeto e a sensibilização nas escolas são imprescindíveis para a adesão ao
Feste e a socialização das práticas teatrais, sob a ótica estudantil, como eixo estruturante no
processo educativo, para a formação de nova mentalidade cultural.
3. A realização de oficinas para estimular as experiências de criação teatral, com vistas à
apreensão, à democratização dos saberes artísticos e culturais e à representação e
valorização das manifestações culturais de cada Território de Identidade.
4. A instituição da comissão organizadora e da comissão julgadora nas escolas; a realização
das experiências de criação teatral nos contextos escolares; a realização dos festivais
estudantis de teatro nas escolas; a seleção da obra que representará a escola e a inscrição da
mesma nos Núcleos Territoriais de Educação (NTE).
5. A instituição da comissão organizadora e julgadora nos NTE, a pré-seleção das criações
teatrais; a realização dos festivais de teatro nos NTE, a seleção das peças teatrais, e,
posteriormente, a inscrição das mesmas na Secretaria da Educação, em conformidade com
as orientações sobre o quantitativo de peças por NTE, conforme gráfico abaixo.
6. Os Núcleos Territoriais devem enviar, por meio dos professores articuladores dos projetos
artísticos, o relatório das atividades realizadas pelas escolas (número de escolas, de
estudantes envolvidos e a quantidade de peças teatrais por escolas) para a Secretaria da
Educação.
- 3 -
7. A instituição da comissão julgadora estadual no órgão central; a pré-seleção das criações
teatrais; a realização do 2º Festival Estudantil de Teatro, no 7º Encontro Estudantil da Rede
Estadual. Esse Festival não possui caráter classificatório e/ou eliminatório.
8. Nas distintas fases, somente poderão participar do projeto Feste os estudantes matriculados
da rede estadual que estejam cursando do 6º ano do Ensino Fundamental ao 3º ano do
Ensino Médio e equivalentes (Educação de Jovens e Adultos (EJA), Educação Profissional,
entre outros).
9. As criações teatrais são de autoria estudantil, solo ou em equipe de até 05 (cinco)
componentes, devendo ser inéditas ou releituras, nos mais distintos gêneros que englobam a
dramaturgia (auto, comédia, drama, fantoche, ópera, revista, tragédia, tragicomédia, entre
outras). Os professores podem contribuir para aprimorar, mas a liberdade de criação e
participação compete apenas aos estudantes.
10. É de responsabilidade dos NTE a garantia das condições de operacionalização dos
Encontros Territoriais, tendo em vista que cabe ao Órgão Central apenas a descentralização
dos recursos, com base no plano de ação aprovado.
11. Não será possível a substituição de estudantes em caso de ausência de algum componente
na equipe.
12. Para as inscrições das fases, territorial e estadual, deverão ser apresentados os seguintes
documentos atualizados:
 Ficha de inscrição do estudante.
 Ficha de inscrição da equipe
 02 (duas) vias do Termo de autorização dos pais ou responsáveis para menores de
idade (em caso de menores de 18 anos).
 02 (duas) cópias do RG do estudante e 2 cópias do RG do responsável.
 Termo de responsabilidade autoral (individual).
 Termo de autorização para uso da criação artística, imagem e voz (individual).
 Comprovante de matrícula ou atestado de escolaridade (atualizado, assinado e
carimbado).
 03 (três) cópias do CD com a canção ou sonoplastia utilizada, no formato MP3, Wav.
 03 (três) cópias do roteiro/texto em CD, formato DOC em Word.
 03 (três) cópias de DVD com o arquivo da criação teatral (de 5 a 7 minutos), no
formato Mpeg4, MOV ou AVI.
 As fichas e termos deverão seguir, necessariamente, os padrões estabelecidos,
devidamente atualizados, e de acordo com a identidade visual do Feste, marca dos
Projetos Artísticos, Educar Para Transformar e Secretaria da Educação.
 O termo de autorização dos pais ou responsáveis para menores de idade (em caso de
menores de 18 anos), bem como todos os demais documentos, devem ser assinados
pelos pais ou em caso de ser assinado por outrem, deve vir, acompanhado aos demais
documentos, uma declaração de tutela legal do(a) menor, emitida pelo Juizado de
Menores ou pelo diretor da U.E.
13. Em todas as composições cênicas deverão ser especificadas o título da obra, o número e
nomes de componentes (05 estudantes, no máximo, por equipe, independente da concepção
artística). Orienta-se que os estudantes escolham, preferencialmente, canções de domínio
- 4 -
público, música livre ou similares, podendo ser, também, de autoria estudantil e/ou as canções
do Face que estarão disponíveis no Portal da Educação, valorizando canções em língua
nacional, podendo utilizar-se apenas de músicas estrangeiras em sua versão instrumental (play
back).
14. As equipes de articuladores dos projetos artísticos de cada NTE deverão ser constituídas de
professores efetivos das seguintes áreas de conhecimento (Arte, Língua Portuguesa e
Humanas). Tais professores devem ter afinidade com os projetos artísticos, interesse,
compromisso, disposição de tempo e competência, também, para lidar com as questões de
juventude.
São atribuições desses professores a apropriação e a difusão dos saberes artísticos e
culturais, participando das distintas fases de desenvolvimento dos projetos, desde os processos
formativos às culminâncias escolares, territoriais e estadual, bem como a operacionalização dos
processos que envolvem todas as fases, durante o ano letivo. Em cada fase, faz-se necessária a
elaboração do plano de ação das culminâncias escolares e territoriais, a realização das
atividades, os orçamentos e a sistematização dos relatórios, que competem, ainda, aos
articuladores, juntamente aos coordenadores e diretores dos NTE.
Cada NTE deverá propiciar o acompanhamento dos estudantes, com um professor
responsável pela atenção aos mesmos e aos procedimentos (cursos preparatórios, participação
em eventos, traslados, prestação de contas, devolução de passagens) que envolvem esse
acompanhamento.
15. Serão desclassificados os estudantes e/ou equipes que não apresentarem as condições
requeridas neste documento e em conformidade com o cronograma pré-estabelecido pela
Secretaria da Educação. Serão desclassificadas, ainda, na fase estadual, as equipes em que os
NTE não consigam se responsabilizar pela garantia das condições de deslocamento dos
estudantes.
16. Da premiação na fase escolar e territorial, esta deverá obedecer a natureza do projeto e os
recursos descentralizados, já na fase estadual, a premiação será uma filmadora para cada uma
das obras finalistas.
17. Todo contato com o Órgão Central deve ser mantido por meio de ofício, email institucional
ou correios.
- 5 -
Recursos Humanos Recursos Materiais
 93 professores representantes de cada
NTE, conforme gráfico abaixo.
 06 professores especialistas em teatro
para o Curso de formação dos
professores organizadores dos
projetos artísticos da rede.
 05 jurados para as pré-seleções
territoriais.
 05 jurados para as culminâncias
territoriais.
 05 jurados para a pré-seleção do
Festival Estadual.
 01 profissional de artes cênicas para
tecer comentários sobre as obras de
arte teatral.
 01 diretor de teatro.
 04 professores especialistas em artes
cênicas para o Curso preparatório dos
estudantes finalistas do Feste.
 1 apresentador.
 04 monitores para acompanhamento
dos finalistas.
 Descentralização de recursos para as
escolas e para os NTE (aquisição de
materiais diversos e premiação).
 Serviços variados para as culminâncias
territoriais e estadual.
 Passagens e hospedagens para o Curso
de formação, preparatório dos
finalistas e para as culminâncias
territoriais e estaduais.
 Espaços para a realização das
culminâncias (escolas, centros de
cultura, teatros, museus, tendas,
estádios, etc.).
Público-alvo
O projeto Feste é desenvolvido nas escolas exclusivamente para os estudantes do 6º ano do Ensino
Fundamental ao 3º ano do Ensino Médio e equivalentes (Educação de Jovens e Adultos (EJA),
Educação Profissional, entre outros). Envolvem, na condição de orientadores, os professores de
História, Geografia, Sociologia, Filosofia, Arte, Língua Portuguesa e Literatura, os artistas locais,
os NTE e técnicos da Secretaria da Educação.
Adesão
As escolas deverão enviar os termos de adesão aos Núcleos, por e-mail, a relação das escolas de sua
jurisprudência que desenvolverá os distintos projetos artísticos, com as informações necessárias
para a descentralização de recursos (nome da escola, município, código do MEC e os nomes dos
- 6 -
projetos) e, posteriormente, encaminhar os termos de adesão por malote ou sedex. As escolas
devem encaminhar também os relatórios com os dados referentes à implantação do projeto e a
produção artística estudantil, para os NTE. Os Núcleos devem encaminhar os relatórios com os
dados sobre a execução da produção artística nas escolas e a realização da fase Territorial para a
Secretaria da Educação.
No que tange aos direitos autorais, a obra de arte estudantil é de domínio da Secretaria da
Educação do Estado da Bahia, o uso da obra, imagem e voz, podendo a mesma ser transmitida e
reexibida em qualquer tempo pelos meios de comunicação dessa Secretaria e de outras instituições
governamentais, em publicações, TV, internet e em outras mídias e tecnologias (CD, DVD, MD).
Distribuição de escolas por NTE X projetos artísticos: Feste
Contatos da equipe dos Projetos Artísticos e Culturais na Rede
Festival Estudantil de Teatro (Feste)
Superintendência de Políticas para a Educação Básica - Suped
Diretoria de Ensino Médio
Coordenação de Projetos Intersetoriais - CPI
Maria Ivanilde Ferreira Nobre
E-mails: mariaivanilde.nobre@educacao.ba.gov.br, erida.santos@educacao.ba.gov.br,
elainesouza.silva@educacao.ba.gov.br, lenildes.moreira@educacao.ba.gov.br,
lorena.lisboa@educacao.ba.gov.br, nadjane.moraes@educacao.ba.gov.br.
francine.torres@educacao.ba.gov.br sandra.xavier@educacao.ba.gov.br
Tel.: (71) 3115-9004

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Máscara
MáscaraMáscara
Máscara
BibliotecaLavra
 
Arte 1º ao 5ºano
Arte   1º ao 5ºanoArte   1º ao 5ºano
Arte 1º ao 5ºano
terezamaciel
 
Romantismo trabalho de music
Romantismo trabalho de musicRomantismo trabalho de music
Romantismo trabalho de music
Joel Rocha
 
Vik Muniz - Arte contemporânea
Vik Muniz - Arte contemporâneaVik Muniz - Arte contemporânea
Vik Muniz - Arte contemporânea
Angélica Santos
 
Arte 9 ano slide_hitória do cinema 2
Arte 9 ano slide_hitória do cinema 2Arte 9 ano slide_hitória do cinema 2
Arte 9 ano slide_hitória do cinema 2
FranciscoDianadiniz
 
Prova de arte 4b 9 ano1
Prova de arte 4b 9 ano1Prova de arte 4b 9 ano1
Prova de arte 4b 9 ano1
Atividades Diversas Cláudia
 
História da arte
História da arteHistória da arte
História da arte
DboraMariaMartinsBra
 
A arte na mesopotâmia
A arte na mesopotâmiaA arte na mesopotâmia
A arte na mesopotâmia
Daniella Cincoetti
 
Estética
Estética Estética
Estética
geehrodrigues
 
Teatro Medieval e Renacentista
Teatro Medieval e RenacentistaTeatro Medieval e Renacentista
Teatro Medieval e Renacentista
Andrea Dressler
 
Arte Grega - 6º Ano E.F.
Arte Grega - 6º Ano E.F. Arte Grega - 6º Ano E.F.
Arte Grega - 6º Ano E.F.
Antonio Pinto Pereira
 
Arte na linha do tempo
Arte na linha do tempo Arte na linha do tempo
Arte na linha do tempo
Regina Ferreira
 
Teatro brasileiro
Teatro brasileiroTeatro brasileiro
Teatro brasileiro
VIVIAN TROMBINI
 
O que é cultura?
O que é cultura?O que é cultura?
O que é cultura?
Renata Telha
 
Moluscos de importância médica - Parasitologia
Moluscos de importância médica - ParasitologiaMoluscos de importância médica - Parasitologia
Moluscos de importância médica - Parasitologia
Colégio Estadual Padre Fernando Gomes de Melo
 
Origem cinema
Origem cinemaOrigem cinema
Origem cinema
Ana Roberta Souza
 
1) o que é arte -Texto
1)  o que é arte -Texto1)  o que é arte -Texto
1) o que é arte -Texto
ArtesElisa
 
Simulado de filosofia 1 ano
Simulado de filosofia 1 anoSimulado de filosofia 1 ano
Simulado de filosofia 1 ano
Kiko Viana
 
Questões Arte
Questões ArteQuestões Arte
Questões Arte
Renata Assunção
 
Reino Animal
Reino AnimalReino Animal

Mais procurados (20)

Máscara
MáscaraMáscara
Máscara
 
Arte 1º ao 5ºano
Arte   1º ao 5ºanoArte   1º ao 5ºano
Arte 1º ao 5ºano
 
Romantismo trabalho de music
Romantismo trabalho de musicRomantismo trabalho de music
Romantismo trabalho de music
 
Vik Muniz - Arte contemporânea
Vik Muniz - Arte contemporâneaVik Muniz - Arte contemporânea
Vik Muniz - Arte contemporânea
 
Arte 9 ano slide_hitória do cinema 2
Arte 9 ano slide_hitória do cinema 2Arte 9 ano slide_hitória do cinema 2
Arte 9 ano slide_hitória do cinema 2
 
Prova de arte 4b 9 ano1
Prova de arte 4b 9 ano1Prova de arte 4b 9 ano1
Prova de arte 4b 9 ano1
 
História da arte
História da arteHistória da arte
História da arte
 
A arte na mesopotâmia
A arte na mesopotâmiaA arte na mesopotâmia
A arte na mesopotâmia
 
Estética
Estética Estética
Estética
 
Teatro Medieval e Renacentista
Teatro Medieval e RenacentistaTeatro Medieval e Renacentista
Teatro Medieval e Renacentista
 
Arte Grega - 6º Ano E.F.
Arte Grega - 6º Ano E.F. Arte Grega - 6º Ano E.F.
Arte Grega - 6º Ano E.F.
 
Arte na linha do tempo
Arte na linha do tempo Arte na linha do tempo
Arte na linha do tempo
 
Teatro brasileiro
Teatro brasileiroTeatro brasileiro
Teatro brasileiro
 
O que é cultura?
O que é cultura?O que é cultura?
O que é cultura?
 
Moluscos de importância médica - Parasitologia
Moluscos de importância médica - ParasitologiaMoluscos de importância médica - Parasitologia
Moluscos de importância médica - Parasitologia
 
Origem cinema
Origem cinemaOrigem cinema
Origem cinema
 
1) o que é arte -Texto
1)  o que é arte -Texto1)  o que é arte -Texto
1) o que é arte -Texto
 
Simulado de filosofia 1 ano
Simulado de filosofia 1 anoSimulado de filosofia 1 ano
Simulado de filosofia 1 ano
 
Questões Arte
Questões ArteQuestões Arte
Questões Arte
 
Reino Animal
Reino AnimalReino Animal
Reino Animal
 

Semelhante a Sintese do-feste-2018

arte-planejamento-6-ano-www.leonardoportal.com-.docx
arte-planejamento-6-ano-www.leonardoportal.com-.docxarte-planejamento-6-ano-www.leonardoportal.com-.docx
arte-planejamento-6-ano-www.leonardoportal.com-.docx
JoaoAlves319493
 
arte-planejamento-6-ano-www.leonardoportal.com-.pdf
arte-planejamento-6-ano-www.leonardoportal.com-.pdfarte-planejamento-6-ano-www.leonardoportal.com-.pdf
arte-planejamento-6-ano-www.leonardoportal.com-.pdf
JohnArislandaSilva
 
Universidade Estadual Vale Do Acaraú
Universidade  Estadual Vale Do AcaraúUniversidade  Estadual Vale Do Acaraú
Universidade Estadual Vale Do Acaraú
andreza miranda
 
Plano de curso de teatro Ensino Médio
Plano de curso de teatro Ensino MédioPlano de curso de teatro Ensino Médio
Plano de curso de teatro Ensino Médio
Gliciane S. Aragão
 
Arte Na Escola LegislaçãO
Arte Na Escola   LegislaçãOArte Na Escola   LegislaçãO
Arte Na Escola LegislaçãO
Kristiane Munique Costa e Costa
 
Regulamento Festival de Teatro Negro - FESTIAFRO 2023 - 9ª edição - CEIRI-...
Regulamento  Festival de Teatro Negro -  FESTIAFRO 2023 - 9ª edição -  CEIRI-...Regulamento  Festival de Teatro Negro -  FESTIAFRO 2023 - 9ª edição -  CEIRI-...
Regulamento Festival de Teatro Negro - FESTIAFRO 2023 - 9ª edição - CEIRI-...
ErCunha
 
Regulamento da 9ª Edição do FESTIAFRO/23 - CEIRI-UREI - Eró Cunha
Regulamento da  9ª Edição do FESTIAFRO/23 - CEIRI-UREI -  Eró CunhaRegulamento da  9ª Edição do FESTIAFRO/23 - CEIRI-UREI -  Eró Cunha
Regulamento da 9ª Edição do FESTIAFRO/23 - CEIRI-UREI - Eró Cunha
Eró Cunha
 
Texto sobre o subprojeto artista e arteiro, cristina
Texto sobre o subprojeto artista e arteiro, cristinaTexto sobre o subprojeto artista e arteiro, cristina
Texto sobre o subprojeto artista e arteiro, cristina
pibiduergsmontenegro
 
Eletiva-Do-ATO-ao-TEATRO-1.pdf
Eletiva-Do-ATO-ao-TEATRO-1.pdfEletiva-Do-ATO-ao-TEATRO-1.pdf
Eletiva-Do-ATO-ao-TEATRO-1.pdf
Luciana Santos
 
Regulamento do Festival de Teatro Negro - FESTIAFRO 2024 - 10ª edição - CEI...
Regulamento do Festival de Teatro Negro -  FESTIAFRO 2024 - 10ª edição -  CEI...Regulamento do Festival de Teatro Negro -  FESTIAFRO 2024 - 10ª edição -  CEI...
Regulamento do Festival de Teatro Negro - FESTIAFRO 2024 - 10ª edição - CEI...
Eró Cunha
 
Regulamento - TEATRO NEGRO - 8ª Edição do FESTIAFRO 2022 - CEIRI-UREI.pdf
Regulamento - TEATRO NEGRO - 8ª Edição do FESTIAFRO 2022 - CEIRI-UREI.pdfRegulamento - TEATRO NEGRO - 8ª Edição do FESTIAFRO 2022 - CEIRI-UREI.pdf
Regulamento - TEATRO NEGRO - 8ª Edição do FESTIAFRO 2022 - CEIRI-UREI.pdf
Eró Cunha
 
PdfFile(22).PDF
PdfFile(22).PDFPdfFile(22).PDF
PdfFile(22).PDF
JoaoAlves319493
 
PLANEJAMENTO ANUAL REDE ARTE 2022 corrigido-convertido.docx
PLANEJAMENTO ANUAL REDE ARTE 2022 corrigido-convertido.docxPLANEJAMENTO ANUAL REDE ARTE 2022 corrigido-convertido.docx
PLANEJAMENTO ANUAL REDE ARTE 2022 corrigido-convertido.docx
WeslleyDias8
 
1º Período - Ensino Fundamental_EJA_PLANO_DE_CURSO_2024.pdf
1º Período - Ensino Fundamental_EJA_PLANO_DE_CURSO_2024.pdf1º Período - Ensino Fundamental_EJA_PLANO_DE_CURSO_2024.pdf
1º Período - Ensino Fundamental_EJA_PLANO_DE_CURSO_2024.pdf
AndreiaAlves223883
 
OT O Ensino de Arte nas Series Iniciais
OT O Ensino de Arte nas Series IniciaisOT O Ensino de Arte nas Series Iniciais
OT O Ensino de Arte nas Series Iniciais
Claudia Elisabete Silva
 
31.10.19 edital iii trilhas do conhecimento 2019 para editar
31.10.19 edital iii trilhas do conhecimento 2019 para editar31.10.19 edital iii trilhas do conhecimento 2019 para editar
31.10.19 edital iii trilhas do conhecimento 2019 para editar
DiedNuenf
 
ARTE.pdf
ARTE.pdfARTE.pdf
arte-reorganizacao-curricular-anos-iniciais (1).pdf
arte-reorganizacao-curricular-anos-iniciais (1).pdfarte-reorganizacao-curricular-anos-iniciais (1).pdf
arte-reorganizacao-curricular-anos-iniciais (1).pdf
AmorimLuciSantos
 
26.09.19 edital iii trilhas do conhecimento 2019 para editar
26.09.19 edital iii trilhas do conhecimento 2019 para editar26.09.19 edital iii trilhas do conhecimento 2019 para editar
26.09.19 edital iii trilhas do conhecimento 2019 para editar
DiedNuenf
 
Artes - Curitiba - 1 ao 5 anos.pdf
Artes - Curitiba - 1 ao 5 anos.pdfArtes - Curitiba - 1 ao 5 anos.pdf
Artes - Curitiba - 1 ao 5 anos.pdf
EDUARDOSOARESGUIA1
 

Semelhante a Sintese do-feste-2018 (20)

arte-planejamento-6-ano-www.leonardoportal.com-.docx
arte-planejamento-6-ano-www.leonardoportal.com-.docxarte-planejamento-6-ano-www.leonardoportal.com-.docx
arte-planejamento-6-ano-www.leonardoportal.com-.docx
 
arte-planejamento-6-ano-www.leonardoportal.com-.pdf
arte-planejamento-6-ano-www.leonardoportal.com-.pdfarte-planejamento-6-ano-www.leonardoportal.com-.pdf
arte-planejamento-6-ano-www.leonardoportal.com-.pdf
 
Universidade Estadual Vale Do Acaraú
Universidade  Estadual Vale Do AcaraúUniversidade  Estadual Vale Do Acaraú
Universidade Estadual Vale Do Acaraú
 
Plano de curso de teatro Ensino Médio
Plano de curso de teatro Ensino MédioPlano de curso de teatro Ensino Médio
Plano de curso de teatro Ensino Médio
 
Arte Na Escola LegislaçãO
Arte Na Escola   LegislaçãOArte Na Escola   LegislaçãO
Arte Na Escola LegislaçãO
 
Regulamento Festival de Teatro Negro - FESTIAFRO 2023 - 9ª edição - CEIRI-...
Regulamento  Festival de Teatro Negro -  FESTIAFRO 2023 - 9ª edição -  CEIRI-...Regulamento  Festival de Teatro Negro -  FESTIAFRO 2023 - 9ª edição -  CEIRI-...
Regulamento Festival de Teatro Negro - FESTIAFRO 2023 - 9ª edição - CEIRI-...
 
Regulamento da 9ª Edição do FESTIAFRO/23 - CEIRI-UREI - Eró Cunha
Regulamento da  9ª Edição do FESTIAFRO/23 - CEIRI-UREI -  Eró CunhaRegulamento da  9ª Edição do FESTIAFRO/23 - CEIRI-UREI -  Eró Cunha
Regulamento da 9ª Edição do FESTIAFRO/23 - CEIRI-UREI - Eró Cunha
 
Texto sobre o subprojeto artista e arteiro, cristina
Texto sobre o subprojeto artista e arteiro, cristinaTexto sobre o subprojeto artista e arteiro, cristina
Texto sobre o subprojeto artista e arteiro, cristina
 
Eletiva-Do-ATO-ao-TEATRO-1.pdf
Eletiva-Do-ATO-ao-TEATRO-1.pdfEletiva-Do-ATO-ao-TEATRO-1.pdf
Eletiva-Do-ATO-ao-TEATRO-1.pdf
 
Regulamento do Festival de Teatro Negro - FESTIAFRO 2024 - 10ª edição - CEI...
Regulamento do Festival de Teatro Negro -  FESTIAFRO 2024 - 10ª edição -  CEI...Regulamento do Festival de Teatro Negro -  FESTIAFRO 2024 - 10ª edição -  CEI...
Regulamento do Festival de Teatro Negro - FESTIAFRO 2024 - 10ª edição - CEI...
 
Regulamento - TEATRO NEGRO - 8ª Edição do FESTIAFRO 2022 - CEIRI-UREI.pdf
Regulamento - TEATRO NEGRO - 8ª Edição do FESTIAFRO 2022 - CEIRI-UREI.pdfRegulamento - TEATRO NEGRO - 8ª Edição do FESTIAFRO 2022 - CEIRI-UREI.pdf
Regulamento - TEATRO NEGRO - 8ª Edição do FESTIAFRO 2022 - CEIRI-UREI.pdf
 
PdfFile(22).PDF
PdfFile(22).PDFPdfFile(22).PDF
PdfFile(22).PDF
 
PLANEJAMENTO ANUAL REDE ARTE 2022 corrigido-convertido.docx
PLANEJAMENTO ANUAL REDE ARTE 2022 corrigido-convertido.docxPLANEJAMENTO ANUAL REDE ARTE 2022 corrigido-convertido.docx
PLANEJAMENTO ANUAL REDE ARTE 2022 corrigido-convertido.docx
 
1º Período - Ensino Fundamental_EJA_PLANO_DE_CURSO_2024.pdf
1º Período - Ensino Fundamental_EJA_PLANO_DE_CURSO_2024.pdf1º Período - Ensino Fundamental_EJA_PLANO_DE_CURSO_2024.pdf
1º Período - Ensino Fundamental_EJA_PLANO_DE_CURSO_2024.pdf
 
OT O Ensino de Arte nas Series Iniciais
OT O Ensino de Arte nas Series IniciaisOT O Ensino de Arte nas Series Iniciais
OT O Ensino de Arte nas Series Iniciais
 
31.10.19 edital iii trilhas do conhecimento 2019 para editar
31.10.19 edital iii trilhas do conhecimento 2019 para editar31.10.19 edital iii trilhas do conhecimento 2019 para editar
31.10.19 edital iii trilhas do conhecimento 2019 para editar
 
ARTE.pdf
ARTE.pdfARTE.pdf
ARTE.pdf
 
arte-reorganizacao-curricular-anos-iniciais (1).pdf
arte-reorganizacao-curricular-anos-iniciais (1).pdfarte-reorganizacao-curricular-anos-iniciais (1).pdf
arte-reorganizacao-curricular-anos-iniciais (1).pdf
 
26.09.19 edital iii trilhas do conhecimento 2019 para editar
26.09.19 edital iii trilhas do conhecimento 2019 para editar26.09.19 edital iii trilhas do conhecimento 2019 para editar
26.09.19 edital iii trilhas do conhecimento 2019 para editar
 
Artes - Curitiba - 1 ao 5 anos.pdf
Artes - Curitiba - 1 ao 5 anos.pdfArtes - Curitiba - 1 ao 5 anos.pdf
Artes - Curitiba - 1 ao 5 anos.pdf
 

Mais de Gabriel Oliveira

34319 122553-1-pb
34319 122553-1-pb34319 122553-1-pb
34319 122553-1-pb
Gabriel Oliveira
 
Materiale completo corso di lingua e cultura italiane ppgesa uneb 2020 on.line
Materiale completo corso di lingua e cultura italiane ppgesa uneb 2020 on.lineMateriale completo corso di lingua e cultura italiane ppgesa uneb 2020 on.line
Materiale completo corso di lingua e cultura italiane ppgesa uneb 2020 on.line
Gabriel Oliveira
 
Cartilhaestrategiasprotetorasdavozdoprofessor
CartilhaestrategiasprotetorasdavozdoprofessorCartilhaestrategiasprotetorasdavozdoprofessor
Cartilhaestrategiasprotetorasdavozdoprofessor
Gabriel Oliveira
 
Cartilhaestrategiasprotetorasdavozdoprofessor
CartilhaestrategiasprotetorasdavozdoprofessorCartilhaestrategiasprotetorasdavozdoprofessor
Cartilhaestrategiasprotetorasdavozdoprofessor
Gabriel Oliveira
 
Edital de abertura patos
Edital de abertura   patosEdital de abertura   patos
Edital de abertura patos
Gabriel Oliveira
 
Diario oficial 2013_05_151420003511
Diario oficial 2013_05_151420003511Diario oficial 2013_05_151420003511
Diario oficial 2013_05_151420003511
Gabriel Oliveira
 
1 aprendendo a compor
1 aprendendo a compor1 aprendendo a compor
1 aprendendo a compor
Gabriel Oliveira
 
Edital 067-2016-seleção-de-aluno-regular-2017
Edital 067-2016-seleção-de-aluno-regular-2017Edital 067-2016-seleção-de-aluno-regular-2017
Edital 067-2016-seleção-de-aluno-regular-2017
Gabriel Oliveira
 

Mais de Gabriel Oliveira (8)

34319 122553-1-pb
34319 122553-1-pb34319 122553-1-pb
34319 122553-1-pb
 
Materiale completo corso di lingua e cultura italiane ppgesa uneb 2020 on.line
Materiale completo corso di lingua e cultura italiane ppgesa uneb 2020 on.lineMateriale completo corso di lingua e cultura italiane ppgesa uneb 2020 on.line
Materiale completo corso di lingua e cultura italiane ppgesa uneb 2020 on.line
 
Cartilhaestrategiasprotetorasdavozdoprofessor
CartilhaestrategiasprotetorasdavozdoprofessorCartilhaestrategiasprotetorasdavozdoprofessor
Cartilhaestrategiasprotetorasdavozdoprofessor
 
Cartilhaestrategiasprotetorasdavozdoprofessor
CartilhaestrategiasprotetorasdavozdoprofessorCartilhaestrategiasprotetorasdavozdoprofessor
Cartilhaestrategiasprotetorasdavozdoprofessor
 
Edital de abertura patos
Edital de abertura   patosEdital de abertura   patos
Edital de abertura patos
 
Diario oficial 2013_05_151420003511
Diario oficial 2013_05_151420003511Diario oficial 2013_05_151420003511
Diario oficial 2013_05_151420003511
 
1 aprendendo a compor
1 aprendendo a compor1 aprendendo a compor
1 aprendendo a compor
 
Edital 067-2016-seleção-de-aluno-regular-2017
Edital 067-2016-seleção-de-aluno-regular-2017Edital 067-2016-seleção-de-aluno-regular-2017
Edital 067-2016-seleção-de-aluno-regular-2017
 

Último

Famílias Que Contribuíram Para O Crescimento Do Assaré
Famílias Que Contribuíram Para O Crescimento Do AssaréFamílias Que Contribuíram Para O Crescimento Do Assaré
Famílias Que Contribuíram Para O Crescimento Do Assaré
profesfrancleite
 
APOSTILA DE TEXTOS CURTOS E INTERPRETAÇÃO.pdf
APOSTILA DE TEXTOS CURTOS E INTERPRETAÇÃO.pdfAPOSTILA DE TEXTOS CURTOS E INTERPRETAÇÃO.pdf
APOSTILA DE TEXTOS CURTOS E INTERPRETAÇÃO.pdf
RenanSilva991968
 
- TEMPLATE DA PRATICA - Psicomotricidade.pptx
- TEMPLATE DA PRATICA - Psicomotricidade.pptx- TEMPLATE DA PRATICA - Psicomotricidade.pptx
- TEMPLATE DA PRATICA - Psicomotricidade.pptx
LucianaCristina58
 
EJA -livro para professor -dos anos iniciais letramento e alfabetização.pdf
EJA -livro para professor -dos anos iniciais letramento e alfabetização.pdfEJA -livro para professor -dos anos iniciais letramento e alfabetização.pdf
EJA -livro para professor -dos anos iniciais letramento e alfabetização.pdf
Escola Municipal Jesus Cristo
 
educação inclusiva na atualidade como ela se estabelece atualmente
educação inclusiva na atualidade como ela se estabelece atualmenteeducação inclusiva na atualidade como ela se estabelece atualmente
educação inclusiva na atualidade como ela se estabelece atualmente
DeuzinhaAzevedo
 
Biologia - Jogos da memória genetico.pdf
Biologia - Jogos da memória genetico.pdfBiologia - Jogos da memória genetico.pdf
Biologia - Jogos da memória genetico.pdf
Ana Da Silva Ponce
 
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdfUFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
Manuais Formação
 
Acróstico - Reciclar é preciso
Acróstico   -  Reciclar é preciso Acróstico   -  Reciclar é preciso
Acróstico - Reciclar é preciso
Mary Alvarenga
 
the_story_garden_5_SB_with_activities.pdf
the_story_garden_5_SB_with_activities.pdfthe_story_garden_5_SB_with_activities.pdf
the_story_garden_5_SB_with_activities.pdf
CarinaSoto12
 
05-os-pre-socraticos sociologia-28-slides.pptx
05-os-pre-socraticos sociologia-28-slides.pptx05-os-pre-socraticos sociologia-28-slides.pptx
05-os-pre-socraticos sociologia-28-slides.pptx
ValdineyRodriguesBez1
 
Sistema de Bibliotecas UCS - Chronica do emperador Clarimundo, donde os reis ...
Sistema de Bibliotecas UCS - Chronica do emperador Clarimundo, donde os reis ...Sistema de Bibliotecas UCS - Chronica do emperador Clarimundo, donde os reis ...
Sistema de Bibliotecas UCS - Chronica do emperador Clarimundo, donde os reis ...
Biblioteca UCS
 
Caça-palavras ortografia M antes de P e B.
Caça-palavras    ortografia M antes de P e B.Caça-palavras    ortografia M antes de P e B.
Caça-palavras ortografia M antes de P e B.
Mary Alvarenga
 
Aula01 - ensino médio - (Filosofia).pptx
Aula01 - ensino médio - (Filosofia).pptxAula01 - ensino médio - (Filosofia).pptx
Aula01 - ensino médio - (Filosofia).pptx
kdn15710
 
APOSTILA DE TEXTOS CURTOS E INTERPRETAÇÃO.pdf
APOSTILA DE TEXTOS CURTOS E INTERPRETAÇÃO.pdfAPOSTILA DE TEXTOS CURTOS E INTERPRETAÇÃO.pdf
APOSTILA DE TEXTOS CURTOS E INTERPRETAÇÃO.pdf
RenanSilva991968
 
Sócrates e os sofistas - apresentação de slides
Sócrates e os sofistas - apresentação de slidesSócrates e os sofistas - apresentação de slides
Sócrates e os sofistas - apresentação de slides
jbellas2
 
Pintura Romana .pptx
Pintura Romana                     .pptxPintura Romana                     .pptx
Pintura Romana .pptx
TomasSousa7
 
Slides Lição 9, Betel, Ordenança para uma vida de santificação, 2Tr24.pptx
Slides Lição 9, Betel, Ordenança para uma vida de santificação, 2Tr24.pptxSlides Lição 9, Betel, Ordenança para uma vida de santificação, 2Tr24.pptx
Slides Lição 9, Betel, Ordenança para uma vida de santificação, 2Tr24.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
A dinâmica da população mundial de acordo com as teorias populacionais.pptx
A dinâmica da população mundial de acordo com as teorias populacionais.pptxA dinâmica da população mundial de acordo com as teorias populacionais.pptx
A dinâmica da população mundial de acordo com as teorias populacionais.pptx
ReinaldoSouza57
 
Caderno de Resumos XVIII ENPFil UFU, IX EPGFil UFU E VII EPFEM.pdf
Caderno de Resumos XVIII ENPFil UFU, IX EPGFil UFU E VII EPFEM.pdfCaderno de Resumos XVIII ENPFil UFU, IX EPGFil UFU E VII EPFEM.pdf
Caderno de Resumos XVIII ENPFil UFU, IX EPGFil UFU E VII EPFEM.pdf
enpfilosofiaufu
 
proposta curricular ou plano de cursode lingua portuguesa eja anos finais ( ...
proposta curricular  ou plano de cursode lingua portuguesa eja anos finais ( ...proposta curricular  ou plano de cursode lingua portuguesa eja anos finais ( ...
proposta curricular ou plano de cursode lingua portuguesa eja anos finais ( ...
Escola Municipal Jesus Cristo
 

Último (20)

Famílias Que Contribuíram Para O Crescimento Do Assaré
Famílias Que Contribuíram Para O Crescimento Do AssaréFamílias Que Contribuíram Para O Crescimento Do Assaré
Famílias Que Contribuíram Para O Crescimento Do Assaré
 
APOSTILA DE TEXTOS CURTOS E INTERPRETAÇÃO.pdf
APOSTILA DE TEXTOS CURTOS E INTERPRETAÇÃO.pdfAPOSTILA DE TEXTOS CURTOS E INTERPRETAÇÃO.pdf
APOSTILA DE TEXTOS CURTOS E INTERPRETAÇÃO.pdf
 
- TEMPLATE DA PRATICA - Psicomotricidade.pptx
- TEMPLATE DA PRATICA - Psicomotricidade.pptx- TEMPLATE DA PRATICA - Psicomotricidade.pptx
- TEMPLATE DA PRATICA - Psicomotricidade.pptx
 
EJA -livro para professor -dos anos iniciais letramento e alfabetização.pdf
EJA -livro para professor -dos anos iniciais letramento e alfabetização.pdfEJA -livro para professor -dos anos iniciais letramento e alfabetização.pdf
EJA -livro para professor -dos anos iniciais letramento e alfabetização.pdf
 
educação inclusiva na atualidade como ela se estabelece atualmente
educação inclusiva na atualidade como ela se estabelece atualmenteeducação inclusiva na atualidade como ela se estabelece atualmente
educação inclusiva na atualidade como ela se estabelece atualmente
 
Biologia - Jogos da memória genetico.pdf
Biologia - Jogos da memória genetico.pdfBiologia - Jogos da memória genetico.pdf
Biologia - Jogos da memória genetico.pdf
 
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdfUFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
 
Acróstico - Reciclar é preciso
Acróstico   -  Reciclar é preciso Acróstico   -  Reciclar é preciso
Acróstico - Reciclar é preciso
 
the_story_garden_5_SB_with_activities.pdf
the_story_garden_5_SB_with_activities.pdfthe_story_garden_5_SB_with_activities.pdf
the_story_garden_5_SB_with_activities.pdf
 
05-os-pre-socraticos sociologia-28-slides.pptx
05-os-pre-socraticos sociologia-28-slides.pptx05-os-pre-socraticos sociologia-28-slides.pptx
05-os-pre-socraticos sociologia-28-slides.pptx
 
Sistema de Bibliotecas UCS - Chronica do emperador Clarimundo, donde os reis ...
Sistema de Bibliotecas UCS - Chronica do emperador Clarimundo, donde os reis ...Sistema de Bibliotecas UCS - Chronica do emperador Clarimundo, donde os reis ...
Sistema de Bibliotecas UCS - Chronica do emperador Clarimundo, donde os reis ...
 
Caça-palavras ortografia M antes de P e B.
Caça-palavras    ortografia M antes de P e B.Caça-palavras    ortografia M antes de P e B.
Caça-palavras ortografia M antes de P e B.
 
Aula01 - ensino médio - (Filosofia).pptx
Aula01 - ensino médio - (Filosofia).pptxAula01 - ensino médio - (Filosofia).pptx
Aula01 - ensino médio - (Filosofia).pptx
 
APOSTILA DE TEXTOS CURTOS E INTERPRETAÇÃO.pdf
APOSTILA DE TEXTOS CURTOS E INTERPRETAÇÃO.pdfAPOSTILA DE TEXTOS CURTOS E INTERPRETAÇÃO.pdf
APOSTILA DE TEXTOS CURTOS E INTERPRETAÇÃO.pdf
 
Sócrates e os sofistas - apresentação de slides
Sócrates e os sofistas - apresentação de slidesSócrates e os sofistas - apresentação de slides
Sócrates e os sofistas - apresentação de slides
 
Pintura Romana .pptx
Pintura Romana                     .pptxPintura Romana                     .pptx
Pintura Romana .pptx
 
Slides Lição 9, Betel, Ordenança para uma vida de santificação, 2Tr24.pptx
Slides Lição 9, Betel, Ordenança para uma vida de santificação, 2Tr24.pptxSlides Lição 9, Betel, Ordenança para uma vida de santificação, 2Tr24.pptx
Slides Lição 9, Betel, Ordenança para uma vida de santificação, 2Tr24.pptx
 
A dinâmica da população mundial de acordo com as teorias populacionais.pptx
A dinâmica da população mundial de acordo com as teorias populacionais.pptxA dinâmica da população mundial de acordo com as teorias populacionais.pptx
A dinâmica da população mundial de acordo com as teorias populacionais.pptx
 
Caderno de Resumos XVIII ENPFil UFU, IX EPGFil UFU E VII EPFEM.pdf
Caderno de Resumos XVIII ENPFil UFU, IX EPGFil UFU E VII EPFEM.pdfCaderno de Resumos XVIII ENPFil UFU, IX EPGFil UFU E VII EPFEM.pdf
Caderno de Resumos XVIII ENPFil UFU, IX EPGFil UFU E VII EPFEM.pdf
 
proposta curricular ou plano de cursode lingua portuguesa eja anos finais ( ...
proposta curricular  ou plano de cursode lingua portuguesa eja anos finais ( ...proposta curricular  ou plano de cursode lingua portuguesa eja anos finais ( ...
proposta curricular ou plano de cursode lingua portuguesa eja anos finais ( ...
 

Sintese do-feste-2018

  • 1. - 1 - Festival Estudantil de Teatro (Feste) - 2018 O que é O projeto Festival Estudantil de Teatro (Feste) trata-se de experiências em políticas culturais com a juventude estudantil, para avivar o debate e incrementar as práticas artísticas e culturais nos campos da história, da arte, do patrimônio, da juventude e da democratização desses saberes, com vistas ao desenvolvimento das artes cênicas nos contextos escolares. A arte, a cultura e o teatro, em particular, são expressões da pluralidade de mecanismos simbólicos e de inclusão artística e cultural. A arte cênica é entendida como um processo artístico educativo, um jeito de comunicação, expressão e representação das distintas formas de manifestação da vida cultural. Assim como acontece com as outras formas de apreensão de saberes, o teatro, como área de conhecimento, com suas teorias, conceitos e sentidos distintos, expressa, por meio da dramaturgia, a pluralidade cultural das sociedades. As artes cênicas nas escolas constituem-se como o lugar dos distintos gêneros teatrais (auto, monólogo, comédia, drama, fantoche, ópera, revista, tragédia e tragicomédia) voltados para a ação emancipatória. A compreensão do teatro, como expressão do nosso patrimônio cultural, é entendida como meio de pensar, viver e representar a vida presente. A educação, por meio da dramaturgia, permite- nos o conhecimento de si, do outro e do mundo, de nossa experiência cotidiana individual e social, assim como das formas de representação e valorização das expressões da vida cultural. Cabe ressaltar que, por ser este projeto de cunho pedagógico e estudantil, a Secretaria da Educação preza pela qualidade das criações teatrais concebidas pelos estudantes, tendo por objetivo principal o protagonismo estudantil e o despertar dos estudantes, para o desenvolvimento de estilos e técnicas de teatro que avancem os padrões estabelecidos pela indústria cultural. A partir deste projeto, pretende-se incrementar, nos contextos escolares, o desenvolvimento das artes cênicas e de ações essenciais para o exercício do direito à arte, a valorização das expressões culturais e dos valores estéticos, com vistas à formação de uma nova mentalidade cultural em nossa sociedade. Objetivos  Entender artes cênicas como linguagens essenciais do processo de produção do conhecimento e, em especial, das linguagens artísticas.  Explorar o processo educativo, estimulando a dramaturgia e a criação de textos teatrais dos estudantes nos ambientesescolares.  Possibilitar, a partir das artes cênicas, a compreensão das questões ligadas à convivência, sociabilidade, ao pertencimento, às expressões das identidades, das diversidades de manifestações culturais eestéticas e das distintas formas de representações do mundo.  Promover o exercício da experiência sensível e criativa.  Promover o interesse pelos distintos gêneros teatrais (auto, monólogo, comédia, drama, fantoche, ópera, revista, tragédia e tragicomédia).  Compreender a importância das diferentes linguagens artísticas para o entendimento das experiências cotidianas e do mundo.
  • 2. - 2 -  Aprimorar a estética do olhar, por meio do teatro, para o exercício das formas de percepção dos movimentos da vida cultural que nos rodeia.  Entender as distintas linguagens artísticas (visual, fílmica, literária, musical, cênica, dança, entre outras) como parte do nosso patrimônio cultural.  Vivenciar a experiência do belo e do lúdico nas escolas estaduais e na sociedadebaiana.  Garantir a apropriação da história a partir da experiênciadramatúrgica. Operacionalização O projeto Feste ocorre em três fases: 1) as criações teatrais de cenas curtas e os Festivais de teatro nas escolas. Essa é a fase mais importante, onde o princípio é a experiência dramatúrgica e com as primeiras noções teatrais. O universo estudantil é o ponto de partida para o desenvolvimento das linguagens e expressões teatrais; 2) a pré seleção e os Festivais estudantis de teatro regionais; 3) o 3º Festival Estudantil de Teatro, no 7º Encontro Estudantil da Rede Estadual: ciência, arte, esporte e cultura, na cidade de Salvador, com a participação dos estudantes finalistas selecionados nos Núcleos Territoriais de Educação (NTE). Para a sua realização, faz-se necessário o desenvolvimento das seguintes ações e estratégias, em suas distintas instâncias: 1. Cursos formativos para apreensão das noções do universo do teatro, para os professores, coordenadores e estudantes, visando a execução do projeto Feste, por meio da criação de cenas curtas. Os referidos cursos objetivam a socialização do conhecimento nesse campo temático. 2. A difusão do projeto e a sensibilização nas escolas são imprescindíveis para a adesão ao Feste e a socialização das práticas teatrais, sob a ótica estudantil, como eixo estruturante no processo educativo, para a formação de nova mentalidade cultural. 3. A realização de oficinas para estimular as experiências de criação teatral, com vistas à apreensão, à democratização dos saberes artísticos e culturais e à representação e valorização das manifestações culturais de cada Território de Identidade. 4. A instituição da comissão organizadora e da comissão julgadora nas escolas; a realização das experiências de criação teatral nos contextos escolares; a realização dos festivais estudantis de teatro nas escolas; a seleção da obra que representará a escola e a inscrição da mesma nos Núcleos Territoriais de Educação (NTE). 5. A instituição da comissão organizadora e julgadora nos NTE, a pré-seleção das criações teatrais; a realização dos festivais de teatro nos NTE, a seleção das peças teatrais, e, posteriormente, a inscrição das mesmas na Secretaria da Educação, em conformidade com as orientações sobre o quantitativo de peças por NTE, conforme gráfico abaixo. 6. Os Núcleos Territoriais devem enviar, por meio dos professores articuladores dos projetos artísticos, o relatório das atividades realizadas pelas escolas (número de escolas, de estudantes envolvidos e a quantidade de peças teatrais por escolas) para a Secretaria da Educação.
  • 3. - 3 - 7. A instituição da comissão julgadora estadual no órgão central; a pré-seleção das criações teatrais; a realização do 2º Festival Estudantil de Teatro, no 7º Encontro Estudantil da Rede Estadual. Esse Festival não possui caráter classificatório e/ou eliminatório. 8. Nas distintas fases, somente poderão participar do projeto Feste os estudantes matriculados da rede estadual que estejam cursando do 6º ano do Ensino Fundamental ao 3º ano do Ensino Médio e equivalentes (Educação de Jovens e Adultos (EJA), Educação Profissional, entre outros). 9. As criações teatrais são de autoria estudantil, solo ou em equipe de até 05 (cinco) componentes, devendo ser inéditas ou releituras, nos mais distintos gêneros que englobam a dramaturgia (auto, comédia, drama, fantoche, ópera, revista, tragédia, tragicomédia, entre outras). Os professores podem contribuir para aprimorar, mas a liberdade de criação e participação compete apenas aos estudantes. 10. É de responsabilidade dos NTE a garantia das condições de operacionalização dos Encontros Territoriais, tendo em vista que cabe ao Órgão Central apenas a descentralização dos recursos, com base no plano de ação aprovado. 11. Não será possível a substituição de estudantes em caso de ausência de algum componente na equipe. 12. Para as inscrições das fases, territorial e estadual, deverão ser apresentados os seguintes documentos atualizados:  Ficha de inscrição do estudante.  Ficha de inscrição da equipe  02 (duas) vias do Termo de autorização dos pais ou responsáveis para menores de idade (em caso de menores de 18 anos).  02 (duas) cópias do RG do estudante e 2 cópias do RG do responsável.  Termo de responsabilidade autoral (individual).  Termo de autorização para uso da criação artística, imagem e voz (individual).  Comprovante de matrícula ou atestado de escolaridade (atualizado, assinado e carimbado).  03 (três) cópias do CD com a canção ou sonoplastia utilizada, no formato MP3, Wav.  03 (três) cópias do roteiro/texto em CD, formato DOC em Word.  03 (três) cópias de DVD com o arquivo da criação teatral (de 5 a 7 minutos), no formato Mpeg4, MOV ou AVI.  As fichas e termos deverão seguir, necessariamente, os padrões estabelecidos, devidamente atualizados, e de acordo com a identidade visual do Feste, marca dos Projetos Artísticos, Educar Para Transformar e Secretaria da Educação.  O termo de autorização dos pais ou responsáveis para menores de idade (em caso de menores de 18 anos), bem como todos os demais documentos, devem ser assinados pelos pais ou em caso de ser assinado por outrem, deve vir, acompanhado aos demais documentos, uma declaração de tutela legal do(a) menor, emitida pelo Juizado de Menores ou pelo diretor da U.E. 13. Em todas as composições cênicas deverão ser especificadas o título da obra, o número e nomes de componentes (05 estudantes, no máximo, por equipe, independente da concepção artística). Orienta-se que os estudantes escolham, preferencialmente, canções de domínio
  • 4. - 4 - público, música livre ou similares, podendo ser, também, de autoria estudantil e/ou as canções do Face que estarão disponíveis no Portal da Educação, valorizando canções em língua nacional, podendo utilizar-se apenas de músicas estrangeiras em sua versão instrumental (play back). 14. As equipes de articuladores dos projetos artísticos de cada NTE deverão ser constituídas de professores efetivos das seguintes áreas de conhecimento (Arte, Língua Portuguesa e Humanas). Tais professores devem ter afinidade com os projetos artísticos, interesse, compromisso, disposição de tempo e competência, também, para lidar com as questões de juventude. São atribuições desses professores a apropriação e a difusão dos saberes artísticos e culturais, participando das distintas fases de desenvolvimento dos projetos, desde os processos formativos às culminâncias escolares, territoriais e estadual, bem como a operacionalização dos processos que envolvem todas as fases, durante o ano letivo. Em cada fase, faz-se necessária a elaboração do plano de ação das culminâncias escolares e territoriais, a realização das atividades, os orçamentos e a sistematização dos relatórios, que competem, ainda, aos articuladores, juntamente aos coordenadores e diretores dos NTE. Cada NTE deverá propiciar o acompanhamento dos estudantes, com um professor responsável pela atenção aos mesmos e aos procedimentos (cursos preparatórios, participação em eventos, traslados, prestação de contas, devolução de passagens) que envolvem esse acompanhamento. 15. Serão desclassificados os estudantes e/ou equipes que não apresentarem as condições requeridas neste documento e em conformidade com o cronograma pré-estabelecido pela Secretaria da Educação. Serão desclassificadas, ainda, na fase estadual, as equipes em que os NTE não consigam se responsabilizar pela garantia das condições de deslocamento dos estudantes. 16. Da premiação na fase escolar e territorial, esta deverá obedecer a natureza do projeto e os recursos descentralizados, já na fase estadual, a premiação será uma filmadora para cada uma das obras finalistas. 17. Todo contato com o Órgão Central deve ser mantido por meio de ofício, email institucional ou correios.
  • 5. - 5 - Recursos Humanos Recursos Materiais  93 professores representantes de cada NTE, conforme gráfico abaixo.  06 professores especialistas em teatro para o Curso de formação dos professores organizadores dos projetos artísticos da rede.  05 jurados para as pré-seleções territoriais.  05 jurados para as culminâncias territoriais.  05 jurados para a pré-seleção do Festival Estadual.  01 profissional de artes cênicas para tecer comentários sobre as obras de arte teatral.  01 diretor de teatro.  04 professores especialistas em artes cênicas para o Curso preparatório dos estudantes finalistas do Feste.  1 apresentador.  04 monitores para acompanhamento dos finalistas.  Descentralização de recursos para as escolas e para os NTE (aquisição de materiais diversos e premiação).  Serviços variados para as culminâncias territoriais e estadual.  Passagens e hospedagens para o Curso de formação, preparatório dos finalistas e para as culminâncias territoriais e estaduais.  Espaços para a realização das culminâncias (escolas, centros de cultura, teatros, museus, tendas, estádios, etc.). Público-alvo O projeto Feste é desenvolvido nas escolas exclusivamente para os estudantes do 6º ano do Ensino Fundamental ao 3º ano do Ensino Médio e equivalentes (Educação de Jovens e Adultos (EJA), Educação Profissional, entre outros). Envolvem, na condição de orientadores, os professores de História, Geografia, Sociologia, Filosofia, Arte, Língua Portuguesa e Literatura, os artistas locais, os NTE e técnicos da Secretaria da Educação. Adesão As escolas deverão enviar os termos de adesão aos Núcleos, por e-mail, a relação das escolas de sua jurisprudência que desenvolverá os distintos projetos artísticos, com as informações necessárias para a descentralização de recursos (nome da escola, município, código do MEC e os nomes dos
  • 6. - 6 - projetos) e, posteriormente, encaminhar os termos de adesão por malote ou sedex. As escolas devem encaminhar também os relatórios com os dados referentes à implantação do projeto e a produção artística estudantil, para os NTE. Os Núcleos devem encaminhar os relatórios com os dados sobre a execução da produção artística nas escolas e a realização da fase Territorial para a Secretaria da Educação. No que tange aos direitos autorais, a obra de arte estudantil é de domínio da Secretaria da Educação do Estado da Bahia, o uso da obra, imagem e voz, podendo a mesma ser transmitida e reexibida em qualquer tempo pelos meios de comunicação dessa Secretaria e de outras instituições governamentais, em publicações, TV, internet e em outras mídias e tecnologias (CD, DVD, MD). Distribuição de escolas por NTE X projetos artísticos: Feste Contatos da equipe dos Projetos Artísticos e Culturais na Rede Festival Estudantil de Teatro (Feste) Superintendência de Políticas para a Educação Básica - Suped Diretoria de Ensino Médio Coordenação de Projetos Intersetoriais - CPI Maria Ivanilde Ferreira Nobre E-mails: mariaivanilde.nobre@educacao.ba.gov.br, erida.santos@educacao.ba.gov.br, elainesouza.silva@educacao.ba.gov.br, lenildes.moreira@educacao.ba.gov.br, lorena.lisboa@educacao.ba.gov.br, nadjane.moraes@educacao.ba.gov.br. francine.torres@educacao.ba.gov.br sandra.xavier@educacao.ba.gov.br Tel.: (71) 3115-9004