SlideShare uma empresa Scribd logo

Bullying - Entre alunos

Apresentação sobre Bullyin, assédio moral entre alunos.

1 de 47
Baixar para ler offline
Bullying - Entre alunos
Conceito:,[object Object],Bullying não é fácil de definir. Algumas vezes envolve bater, empurrar ou chutar. ,[object Object],Mas, ameaças, gozações e zombarias são mais comuns e                                                      podem causar                                                                            grandes danos.,[object Object]
Bullyingé uma violência continuada, física ou mental, praticada por um indivíduo ou grupo, diretamente contra um outro indivíduo que não                      é capaz de se                                         defender por si só,                                           na situação atual.,[object Object]
Bullyingé uma forma de agressão que ocorre nas escolas, caracterizada pelas ações de dominação de um indivíduo (bully) sobre outro (vítima), através de repetido comportamento                         agressivo.,[object Object]
Bullyingsão atos repetidos de intimidação, deliberados, de um indivíduo mais forte contra outro mais fraco, objetivando dominação. Pode ser físico (com ou sem contato), verbal, emocional,                                   racista ou sexual.,[object Object]
Bullyingé uma forma de abuso de poder, de crianças contra crianças.,[object Object]

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados (20)

ApresentaçãO Do Bullying Palestra 2007
ApresentaçãO Do Bullying Palestra 2007ApresentaçãO Do Bullying Palestra 2007
ApresentaçãO Do Bullying Palestra 2007
 
Palestra sobre bullying
Palestra sobre bullyingPalestra sobre bullying
Palestra sobre bullying
 
Slides bullying
Slides bullyingSlides bullying
Slides bullying
 
Bullying
BullyingBullying
Bullying
 
Bullying
BullyingBullying
Bullying
 
Trabalho sobre bullying
Trabalho sobre bullyingTrabalho sobre bullying
Trabalho sobre bullying
 
Bullying
BullyingBullying
Bullying
 
O que é bully
O que é bullyO que é bully
O que é bully
 
Bullying - Nao e Coisa de Crianca
Bullying - Nao e Coisa de CriancaBullying - Nao e Coisa de Crianca
Bullying - Nao e Coisa de Crianca
 
Violência na escola
Violência na escolaViolência na escola
Violência na escola
 
Bullying apresentação
Bullying apresentaçãoBullying apresentação
Bullying apresentação
 
Bullying
BullyingBullying
Bullying
 
Violência nas escolas palestra para crianças
Violência nas escolas palestra para criançasViolência nas escolas palestra para crianças
Violência nas escolas palestra para crianças
 
Power point apresentação bullying e ciberbullying 03-04-2013-1
Power point apresentação bullying e ciberbullying   03-04-2013-1Power point apresentação bullying e ciberbullying   03-04-2013-1
Power point apresentação bullying e ciberbullying 03-04-2013-1
 
Bullying
 Bullying Bullying
Bullying
 
Bullying na escola
Bullying na escolaBullying na escola
Bullying na escola
 
Bulllying
BulllyingBulllying
Bulllying
 
Violência Escolar
Violência EscolarViolência Escolar
Violência Escolar
 
Aula 8 adolescência e bullying
Aula 8   adolescência e bullyingAula 8   adolescência e bullying
Aula 8 adolescência e bullying
 
Bullying no ambiente escolar
Bullying no ambiente escolarBullying no ambiente escolar
Bullying no ambiente escolar
 

Destaque (20)

Projeto prevenção e combate ao bullying escolar slides
Projeto prevenção e combate ao bullying escolar slidesProjeto prevenção e combate ao bullying escolar slides
Projeto prevenção e combate ao bullying escolar slides
 
Microsoft Power Point Bullying
Microsoft Power Point   BullyingMicrosoft Power Point   Bullying
Microsoft Power Point Bullying
 
Projeto "Bullying: Somos todos iguais nas próprias diferenças"
Projeto "Bullying: Somos todos iguais nas próprias diferenças"Projeto "Bullying: Somos todos iguais nas próprias diferenças"
Projeto "Bullying: Somos todos iguais nas próprias diferenças"
 
Bullying
BullyingBullying
Bullying
 
Tema bulling
Tema bullingTema bulling
Tema bulling
 
Bullying respeite as diferenças!
Bullying   respeite as diferenças!Bullying   respeite as diferenças!
Bullying respeite as diferenças!
 
Bullying
BullyingBullying
Bullying
 
Quebrando o Silêncio - Abaixo o Bullying
Quebrando o Silêncio - Abaixo o BullyingQuebrando o Silêncio - Abaixo o Bullying
Quebrando o Silêncio - Abaixo o Bullying
 
Bullying
BullyingBullying
Bullying
 
Bullying na escola_diretores
Bullying na escola_diretoresBullying na escola_diretores
Bullying na escola_diretores
 
Violencia Doméstica
Violencia DomésticaViolencia Doméstica
Violencia Doméstica
 
Bullyng
BullyngBullyng
Bullyng
 
Bullying
BullyingBullying
Bullying
 
Bullying
BullyingBullying
Bullying
 
Bulling
BullingBulling
Bulling
 
O Bullying como um ato infracional
O Bullying como um ato infracionalO Bullying como um ato infracional
O Bullying como um ato infracional
 
C:\Documents And Settings\Aluno\Meus Documentos\Trabalhos Prontos 2010 Sonia\...
C:\Documents And Settings\Aluno\Meus Documentos\Trabalhos Prontos 2010 Sonia\...C:\Documents And Settings\Aluno\Meus Documentos\Trabalhos Prontos 2010 Sonia\...
C:\Documents And Settings\Aluno\Meus Documentos\Trabalhos Prontos 2010 Sonia\...
 
Curso online gratuito Bullying
Curso online gratuito BullyingCurso online gratuito Bullying
Curso online gratuito Bullying
 
Ciberbulling
CiberbullingCiberbulling
Ciberbulling
 
Protegendo minha criança! Quebrando o Silêncio
Protegendo minha criança! Quebrando o SilêncioProtegendo minha criança! Quebrando o Silêncio
Protegendo minha criança! Quebrando o Silêncio
 

Semelhante a Bullying - Entre alunos (20)

Bullyingassedio 121127083910-phpapp01
Bullyingassedio 121127083910-phpapp01Bullyingassedio 121127083910-phpapp01
Bullyingassedio 121127083910-phpapp01
 
Bullyingassedio
BullyingassedioBullyingassedio
Bullyingassedio
 
Bullying
BullyingBullying
Bullying
 
Aula sobre bullying observatoriodainfancia
Aula sobre bullying observatoriodainfanciaAula sobre bullying observatoriodainfancia
Aula sobre bullying observatoriodainfancia
 
Bullying
BullyingBullying
Bullying
 
Escola Contra Bullying
Escola Contra BullyingEscola Contra Bullying
Escola Contra Bullying
 
Aula 1
Aula 1Aula 1
Aula 1
 
Doc 157
Doc 157Doc 157
Doc 157
 
Bullying
BullyingBullying
Bullying
 
Gabriel e Jessica 7C
Gabriel e Jessica 7CGabriel e Jessica 7C
Gabriel e Jessica 7C
 
Bullyng
BullyngBullyng
Bullyng
 
Bullying
BullyingBullying
Bullying
 
Bullingeg
BullingegBullingeg
Bullingeg
 
Bulling power
Bulling powerBulling power
Bulling power
 
Buling
BulingBuling
Buling
 
Bullyng
BullyngBullyng
Bullyng
 
Ppt bullyng
Ppt bullyngPpt bullyng
Ppt bullyng
 
Bullying
BullyingBullying
Bullying
 
Projeto anti bullyng
Projeto anti bullyngProjeto anti bullyng
Projeto anti bullyng
 
Bullying
BullyingBullying
Bullying
 

Mais de Igreja Adventista do Sétimo Dia

Mais de Igreja Adventista do Sétimo Dia (20)

Inspirações sobre a mães
Inspirações sobre a mãesInspirações sobre a mães
Inspirações sobre a mães
 
Estudio Apocalipsis
Estudio ApocalipsisEstudio Apocalipsis
Estudio Apocalipsis
 
4. Bullying: lidando com o mal século
4. Bullying: lidando com o mal século4. Bullying: lidando com o mal século
4. Bullying: lidando com o mal século
 
3. Como conquistar a confiança do seu adolescente
3. Como conquistar a confiança do seu adolescente3. Como conquistar a confiança do seu adolescente
3. Como conquistar a confiança do seu adolescente
 
2. Como fortalecer os relacionamentos na família
2. Como fortalecer os relacionamentos na família2. Como fortalecer os relacionamentos na família
2. Como fortalecer os relacionamentos na família
 
1. Como fortalecer a fé do adolescente
1. Como fortalecer a fé do adolescente1. Como fortalecer a fé do adolescente
1. Como fortalecer a fé do adolescente
 
5. Despertar o sentido vida: missão
5. Despertar o sentido vida: missão5. Despertar o sentido vida: missão
5. Despertar o sentido vida: missão
 
Manual Prático de Marca da IASD [Versão 1.2]
Manual Prático de Marca da IASD [Versão 1.2]Manual Prático de Marca da IASD [Versão 1.2]
Manual Prático de Marca da IASD [Versão 1.2]
 
Familia feliz
Familia felizFamilia feliz
Familia feliz
 
Estudo Bíblico Fique Leve
Estudo Bíblico Fique LeveEstudo Bíblico Fique Leve
Estudo Bíblico Fique Leve
 
Revista acordes
Revista acordesRevista acordes
Revista acordes
 
A Verdade para o tempo do Fim
A Verdade para o tempo do FimA Verdade para o tempo do Fim
A Verdade para o tempo do Fim
 
Biblia mais PDF
Biblia mais PDFBiblia mais PDF
Biblia mais PDF
 
PPT - Guia do Aspirante 07
PPT - Guia do Aspirante 07PPT - Guia do Aspirante 07
PPT - Guia do Aspirante 07
 
PPT - Guia do Aspirante 08
PPT - Guia do Aspirante 08PPT - Guia do Aspirante 08
PPT - Guia do Aspirante 08
 
PPT - Guia do Aspirante 05
PPT - Guia do Aspirante 05PPT - Guia do Aspirante 05
PPT - Guia do Aspirante 05
 
PPT - Guia do Aspirante 06
PPT - Guia do Aspirante 06PPT - Guia do Aspirante 06
PPT - Guia do Aspirante 06
 
PPT - Guia do Aspirante 03
PPT - Guia do Aspirante 03PPT - Guia do Aspirante 03
PPT - Guia do Aspirante 03
 
PPT - Guia do Aspirante 04
PPT - Guia do Aspirante 04PPT - Guia do Aspirante 04
PPT - Guia do Aspirante 04
 
PPT - Guia do Aspirante 02
PPT - Guia do Aspirante 02PPT - Guia do Aspirante 02
PPT - Guia do Aspirante 02
 

Último

1. Considerando todas as informações que você obteve, descritas acima, calcul...
1. Considerando todas as informações que você obteve, descritas acima, calcul...1. Considerando todas as informações que você obteve, descritas acima, calcul...
1. Considerando todas as informações que você obteve, descritas acima, calcul...azulassessoriaacadem3
 
1) Cite os componentes que devem fazer parte de uma sessão de treinamento.
1) Cite os componentes que devem fazer parte de uma sessão de treinamento.1) Cite os componentes que devem fazer parte de uma sessão de treinamento.
1) Cite os componentes que devem fazer parte de uma sessão de treinamento.azulassessoriaacadem3
 
Acróstico - Maria da Penha Lei nº 11.340, de 7 de agosto de 2006
Acróstico - Maria da Penha    Lei nº 11.340, de 7 de agosto de 2006Acróstico - Maria da Penha    Lei nº 11.340, de 7 de agosto de 2006
Acróstico - Maria da Penha Lei nº 11.340, de 7 de agosto de 2006Mary Alvarenga
 
a. Cite e explique os três princípios básicos da progressão do treinamento de...
a. Cite e explique os três princípios básicos da progressão do treinamento de...a. Cite e explique os três princípios básicos da progressão do treinamento de...
a. Cite e explique os três princípios básicos da progressão do treinamento de...excellenceeducaciona
 
A partir desse panorama, suponha, então, que você foi contratado(a) pela Natu...
A partir desse panorama, suponha, então, que você foi contratado(a) pela Natu...A partir desse panorama, suponha, então, que você foi contratado(a) pela Natu...
A partir desse panorama, suponha, então, que você foi contratado(a) pela Natu...azulassessoriaacadem3
 
Considere a imagem abaixo: Fonte: ROSA, Tomás Amado. No âmbito do Direito, a...
Considere a imagem abaixo:  Fonte: ROSA, Tomás Amado. No âmbito do Direito, a...Considere a imagem abaixo:  Fonte: ROSA, Tomás Amado. No âmbito do Direito, a...
Considere a imagem abaixo: Fonte: ROSA, Tomás Amado. No âmbito do Direito, a...azulassessoriaacadem3
 
5. ​Agora suponha que esse mesmo aluno é do sexo feminino, você irá utilizar ...
5. ​Agora suponha que esse mesmo aluno é do sexo feminino, você irá utilizar ...5. ​Agora suponha que esse mesmo aluno é do sexo feminino, você irá utilizar ...
5. ​Agora suponha que esse mesmo aluno é do sexo feminino, você irá utilizar ...azulassessoriaacadem3
 
1) Cálculo completo e o resultado da densidade corporal da Carolina. Utilize ...
1) Cálculo completo e o resultado da densidade corporal da Carolina. Utilize ...1) Cálculo completo e o resultado da densidade corporal da Carolina. Utilize ...
1) Cálculo completo e o resultado da densidade corporal da Carolina. Utilize ...azulassessoriaacadem3
 
Discorra sobre a classificação da interpretação jurídica quanto à sua origem ...
Discorra sobre a classificação da interpretação jurídica quanto à sua origem ...Discorra sobre a classificação da interpretação jurídica quanto à sua origem ...
Discorra sobre a classificação da interpretação jurídica quanto à sua origem ...excellenceeducaciona
 
1 – O nome de cada uma das tendências pedagógicas, em ordem cronológica;
1 – O nome de cada uma das tendências pedagógicas, em ordem cronológica;1 – O nome de cada uma das tendências pedagógicas, em ordem cronológica;
1 – O nome de cada uma das tendências pedagógicas, em ordem cronológica;azulassessoriaacadem3
 
Slides Lição 9, CPAD, O Batismo – A Primeira Ordenança da Igreja, 1Tr24.pptx
Slides Lição 9, CPAD, O Batismo – A Primeira Ordenança da Igreja, 1Tr24.pptxSlides Lição 9, CPAD, O Batismo – A Primeira Ordenança da Igreja, 1Tr24.pptx
Slides Lição 9, CPAD, O Batismo – A Primeira Ordenança da Igreja, 1Tr24.pptxLuizHenriquedeAlmeid6
 
3 – As principais características de cada tendência pedagógica, na ordem: o p...
3 – As principais características de cada tendência pedagógica, na ordem: o p...3 – As principais características de cada tendência pedagógica, na ordem: o p...
3 – As principais características de cada tendência pedagógica, na ordem: o p...azulassessoriaacadem3
 
2 – A data de implantação de cada tendência pedagógica no Brasil;
2 – A data de implantação de cada tendência pedagógica no Brasil;2 – A data de implantação de cada tendência pedagógica no Brasil;
2 – A data de implantação de cada tendência pedagógica no Brasil;azulassessoriaacadem3
 
Domínio da Linguagem Oral Classificação Sílaba Inicial
Domínio da Linguagem  Oral Classificação Sílaba InicialDomínio da Linguagem  Oral Classificação Sílaba Inicial
Domínio da Linguagem Oral Classificação Sílaba InicialTeresaCosta92
 
1. Solicitar ao entrevistado uma breve apresentação da organização, mencionan...
1. Solicitar ao entrevistado uma breve apresentação da organização, mencionan...1. Solicitar ao entrevistado uma breve apresentação da organização, mencionan...
1. Solicitar ao entrevistado uma breve apresentação da organização, mencionan...azulassessoriaacadem3
 
4. Agora para analisar os resultados obtidos, você irá utilizar a classificaç...
4. Agora para analisar os resultados obtidos, você irá utilizar a classificaç...4. Agora para analisar os resultados obtidos, você irá utilizar a classificaç...
4. Agora para analisar os resultados obtidos, você irá utilizar a classificaç...azulassessoriaacadem3
 
2. É possível a denúncia do Estado agressor junto ao Tribunal Penal Internaci...
2. É possível a denúncia do Estado agressor junto ao Tribunal Penal Internaci...2. É possível a denúncia do Estado agressor junto ao Tribunal Penal Internaci...
2. É possível a denúncia do Estado agressor junto ao Tribunal Penal Internaci...azulassessoriaacadem3
 
ATIVIDADE PROPOSTA: Considerando o "estudo de caso" apresentado na disciplina...
ATIVIDADE PROPOSTA: Considerando o "estudo de caso" apresentado na disciplina...ATIVIDADE PROPOSTA: Considerando o "estudo de caso" apresentado na disciplina...
ATIVIDADE PROPOSTA: Considerando o "estudo de caso" apresentado na disciplina...azulassessoriaacadem3
 

Último (20)

1. Considerando todas as informações que você obteve, descritas acima, calcul...
1. Considerando todas as informações que você obteve, descritas acima, calcul...1. Considerando todas as informações que você obteve, descritas acima, calcul...
1. Considerando todas as informações que você obteve, descritas acima, calcul...
 
1) Cite os componentes que devem fazer parte de uma sessão de treinamento.
1) Cite os componentes que devem fazer parte de uma sessão de treinamento.1) Cite os componentes que devem fazer parte de uma sessão de treinamento.
1) Cite os componentes que devem fazer parte de uma sessão de treinamento.
 
Acróstico - Maria da Penha Lei nº 11.340, de 7 de agosto de 2006
Acróstico - Maria da Penha    Lei nº 11.340, de 7 de agosto de 2006Acróstico - Maria da Penha    Lei nº 11.340, de 7 de agosto de 2006
Acróstico - Maria da Penha Lei nº 11.340, de 7 de agosto de 2006
 
a. Cite e explique os três princípios básicos da progressão do treinamento de...
a. Cite e explique os três princípios básicos da progressão do treinamento de...a. Cite e explique os três princípios básicos da progressão do treinamento de...
a. Cite e explique os três princípios básicos da progressão do treinamento de...
 
A partir desse panorama, suponha, então, que você foi contratado(a) pela Natu...
A partir desse panorama, suponha, então, que você foi contratado(a) pela Natu...A partir desse panorama, suponha, então, que você foi contratado(a) pela Natu...
A partir desse panorama, suponha, então, que você foi contratado(a) pela Natu...
 
Considere a imagem abaixo: Fonte: ROSA, Tomás Amado. No âmbito do Direito, a...
Considere a imagem abaixo:  Fonte: ROSA, Tomás Amado. No âmbito do Direito, a...Considere a imagem abaixo:  Fonte: ROSA, Tomás Amado. No âmbito do Direito, a...
Considere a imagem abaixo: Fonte: ROSA, Tomás Amado. No âmbito do Direito, a...
 
5. ​Agora suponha que esse mesmo aluno é do sexo feminino, você irá utilizar ...
5. ​Agora suponha que esse mesmo aluno é do sexo feminino, você irá utilizar ...5. ​Agora suponha que esse mesmo aluno é do sexo feminino, você irá utilizar ...
5. ​Agora suponha que esse mesmo aluno é do sexo feminino, você irá utilizar ...
 
1) Cálculo completo e o resultado da densidade corporal da Carolina. Utilize ...
1) Cálculo completo e o resultado da densidade corporal da Carolina. Utilize ...1) Cálculo completo e o resultado da densidade corporal da Carolina. Utilize ...
1) Cálculo completo e o resultado da densidade corporal da Carolina. Utilize ...
 
Discorra sobre a classificação da interpretação jurídica quanto à sua origem ...
Discorra sobre a classificação da interpretação jurídica quanto à sua origem ...Discorra sobre a classificação da interpretação jurídica quanto à sua origem ...
Discorra sobre a classificação da interpretação jurídica quanto à sua origem ...
 
1 – O nome de cada uma das tendências pedagógicas, em ordem cronológica;
1 – O nome de cada uma das tendências pedagógicas, em ordem cronológica;1 – O nome de cada uma das tendências pedagógicas, em ordem cronológica;
1 – O nome de cada uma das tendências pedagógicas, em ordem cronológica;
 
Slides Lição 9, CPAD, O Batismo – A Primeira Ordenança da Igreja, 1Tr24.pptx
Slides Lição 9, CPAD, O Batismo – A Primeira Ordenança da Igreja, 1Tr24.pptxSlides Lição 9, CPAD, O Batismo – A Primeira Ordenança da Igreja, 1Tr24.pptx
Slides Lição 9, CPAD, O Batismo – A Primeira Ordenança da Igreja, 1Tr24.pptx
 
3 – As principais características de cada tendência pedagógica, na ordem: o p...
3 – As principais características de cada tendência pedagógica, na ordem: o p...3 – As principais características de cada tendência pedagógica, na ordem: o p...
3 – As principais características de cada tendência pedagógica, na ordem: o p...
 
2 – A data de implantação de cada tendência pedagógica no Brasil;
2 – A data de implantação de cada tendência pedagógica no Brasil;2 – A data de implantação de cada tendência pedagógica no Brasil;
2 – A data de implantação de cada tendência pedagógica no Brasil;
 
Namorar não és ser don .
Namorar não és ser don                  .Namorar não és ser don                  .
Namorar não és ser don .
 
Domínio da Linguagem Oral Classificação Sílaba Inicial
Domínio da Linguagem  Oral Classificação Sílaba InicialDomínio da Linguagem  Oral Classificação Sílaba Inicial
Domínio da Linguagem Oral Classificação Sílaba Inicial
 
1. Solicitar ao entrevistado uma breve apresentação da organização, mencionan...
1. Solicitar ao entrevistado uma breve apresentação da organização, mencionan...1. Solicitar ao entrevistado uma breve apresentação da organização, mencionan...
1. Solicitar ao entrevistado uma breve apresentação da organização, mencionan...
 
Atividade sobre o anacronismo na HIstoria
Atividade sobre o anacronismo na HIstoriaAtividade sobre o anacronismo na HIstoria
Atividade sobre o anacronismo na HIstoria
 
4. Agora para analisar os resultados obtidos, você irá utilizar a classificaç...
4. Agora para analisar os resultados obtidos, você irá utilizar a classificaç...4. Agora para analisar os resultados obtidos, você irá utilizar a classificaç...
4. Agora para analisar os resultados obtidos, você irá utilizar a classificaç...
 
2. É possível a denúncia do Estado agressor junto ao Tribunal Penal Internaci...
2. É possível a denúncia do Estado agressor junto ao Tribunal Penal Internaci...2. É possível a denúncia do Estado agressor junto ao Tribunal Penal Internaci...
2. É possível a denúncia do Estado agressor junto ao Tribunal Penal Internaci...
 
ATIVIDADE PROPOSTA: Considerando o "estudo de caso" apresentado na disciplina...
ATIVIDADE PROPOSTA: Considerando o "estudo de caso" apresentado na disciplina...ATIVIDADE PROPOSTA: Considerando o "estudo de caso" apresentado na disciplina...
ATIVIDADE PROPOSTA: Considerando o "estudo de caso" apresentado na disciplina...
 

Bullying - Entre alunos