SlideShare uma empresa Scribd logo
ESCOLA MUNICIPAL ALEXANDRE
DINIZ DA PENHA
3º ANO – “A”
TURNO: VESPERTINO
DAMIÃO-PB
PROFESSOR: FRANCISCO
FERREIRA
•“ALFABETIZAR É LIBERTAR, É DAR
OPORTUNIDADE DE OUTRO VIVER
COM NOVOS CAMINHOS DE
DESCOBERTA. É POSSIBILITAR
VIAJAR O MUNDO SEM SAIR DO
LUGAR. É PERMITIR FAZER-SE
OUVIR SEM PRECISAR GRITAR.”
ATIVIDADES DESENVOLVIDAS EM
2016
PANIC 2016
• O ANO DE 2016, PARA MIM, FOI REPLETO DE NOVAS
EXPERIÊNCIAS. INICIAMOS COM UMA TURMA DE 29 ALUNOS, 2
FORAM TRANSFERIDOS, FICANDO 27. NUMA FAIXA ETÁRIA DE 8
A 15 ANOS COM UMA GRANDE VARIEDADE DE CONHECIMENTOS
E DISTORÇÃO DE SABERES. DE ACORDO COM O DIAGNÓSTICO
INICIAL, VERIFICOU-SE QUE HAVIAM ALUNOS COM 8 ANOS JÁ
EM NÍVEL AVANÇADO DE ALFABETIZAÇÃO, ENQUANTO OUTROS,
PRÓXIMOS DE 15 ANOS DE IDADE EM FASE SILÁBICA.
CONSTATAMOS TAMBÉM QUE A MAIORIA DESSES ALUNOS COM
DÉFICITS DE APRENDIZAGEM JÁ VINHAM SIDO RETIDOS EM ANOS
PNAIC 2016
Atentamos para uma proposta de ensino heterogêneo, respeitando as
limitações de cada aluno, porém não fluiu muito, devido ao tamanho da
turma, e que enquanto se estava concentrado em ensinar
individualmente, por exemplo: Uma leitura individual, grande parte dos
outros ficam dispersos, fazendo muito barulho, e isso tirou a atenção do
aluno que estava sendo tratado individual.
O planejamento de atividades diferenciadas, impressas em papel A4,
fez com que os alunos com déficits percebessem que estavam sendo
tratados de forma inferior aos que já liam, e assim não valorizavam as
atividades propostas.
Já para apresentar uma sequência didática homogênea com nível fácil
a fim de atender de forma direcionada aos alunos deficitários para tentar
PNAIC 2016
Propomos que os alunos com déficit de aprendizagem fossem
inseridos também num programa de reforço escolar em turno diferente
a fim de que fossem promovidos a acompanhar o ritmo de
aprendizagem dos demais alunos. Mesmo assim não surtiu efeito, uma
vez que sentiu-se a falta do envolvimento efetivo da família.
Uma parte dos alunos com dificuldades moram na Zona Rural e isso
também não contribui para o avanço na aprendizagem dessas crianças.
No final verificou-se que nenhum dos alunos selecionados estavam
participando das aulas de reforço.
PNAIC 2016
Solicitamos uma reunião com os pais ou responsáveis pelos
alunos, porém desses convidados apenas atenderam aqueles cujos
filhos não estão com déficit, compareceram apenas 22% dos pais
ou responsáveis. De acordo com Içami Tiba, o melhor caminho
para não ser reprovado é o aprendizado. Não bastando apenas
que os pais cobrem que os filhos sejam aprovados, mas que
aprendam para a vida.
PNAIC 2016
Nos últimos anos, com a publicação da chamada Lei da “aprovação
automática”, aprender ou não deixou de ser significado, o que importa é o
aluno ser aprovado, com isso, já podemos notar vários resultados, muitos
já foram prejudicados, pois o mercado de trabalho não emprega quem
não tem competência, que é o que os alunos deixaram de adquirir ao não
aprender o necessário para merecer um diploma. São formados até pelo
ensino médio, mas são analfabetos funcionais.
De acordo com dados estatístico do IBGE, hoje no Brasil, cerca de 12
milhões de pessoas em idade economicamente ativa estão desocupadas,
isso porque as empresas exigem trabalhadores que realmente resolvam
problemas, reduzam custos e tragam bons resultados.
PNAIC 2016
DESAFIOS DO PNAIC
O PNAIC nasceu com uma proposta inovadora, de alfabetizar
plenamente todos os alunos de até 8 anos de idade em até o 3º ano
do 1º Ciclo. Para essa transformação acontecer efetivamente é preciso
uma formação continuada dos docentes. Isso leva um processo de
muita leitura e pesquisa, a fim adequar a realidade da teoria à prática
do ensino. Também requer tempo e dedicação de todos os envolvidos
no processo.
Diante das questões apresentadas e confrontando-as com as
propostas do Pacto, não se deveria admitir que nenhuma criança
ficasse retida no 3º ano. Todavia, se por outro lado a criança não
consegue dominar o sistema de leitura e escrita nem mesmo
PNAIC 2016
DESAFIOS
o mínimo necessário. Daí surge a pergunta: Então como ela chegou até aqui
(no 3º ano)? De acordo com o caderno 5 (A oralidade, a leitura e a escrita no
Ciclo de Alfabetização, p.61), a aprendizagem da Escrita Alfabética começa
antes do 1º ano do Ensino Fundamental. Assim ela segue avançando nos níveis
posteriores sem apresentar problemas para a turma e para o professor. Agora,
em 2016, já estamos no 4º ano de aplicação do PNAIC, assim, se estivesse
funcionando na plenitude como preconiza a teoria não deveria existir alunos
concluindo o 3º ano e não alfabetizado. Não deveria entregar a prova ANA em
branco.
Com um método de ensino sistemático, adotamos uma prática de sequência
didática desenvolvida em nossas atividades de sala de aula de forma bem
planejada anteriormente pensando em cada situação, em cada momento e em
cada aluno. Adotamos várias literaturas, diversos gêneros textuais e assim
planejamos as atividades respeitando os gêneros textuais, a fim de que nossos
PNAIC 2016
RESULTADOS ALCANÇADOS
Além do ensino sistemático, através de sequências didáticas
implementamos a metodologia dos jogos matemáticos, onde a
criança aprende com o lúdico e assim de forma mais interativa
desenvolve as habilidades e o raciocínio lógico. De acordo com
as práticas vivenciadas e pesquisas feitas, a lógica está
relacionada a todas as ciências do mundo contemporâneo.
Segundo Avilliano(2006, p.35), Lógica é a Ciência do raciocínio e
da demonstração. E para Forbellone(2005), “A Lógica estuda e
ensina a colocar ordem no pensamento”. Assim, comprova-se a
importância de adotar um modelo de ensinar matemática
brincando através dos jogos matemáticos.
PNAIC 2016
RESULTADOS ALCANÇADOS
Além de ensinar matemática através dos jogos, também vimos a
importância de ensinar os alunos a produzir as peças dos jogos através
de materiais reciclados, como livros antigos, revistas velhas, etc.
Nesse ano letivo utilizamos em nossa sala de aula os seguintes
jogos: TANGRAM, DOMINÓ de vários tipos(de números, pontos,
geométricos de frutas, palavras, etc.) , DADO, 4 E 7 ERROS, TRAVESSIA
DO RIO, QUEBRA CABEÇA, XADREZ, JOGO DOS PONTINHOS, JOGO DA
VELHA, JOGO DA FORCA. Em Língua Portuguesa utilizamos vários jogos
de cartas, como jogo do contrário, bicho esquisito, etc.
PNAIC 2016
• REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS
FORBELLONE, André Luiz Villar, Heni Frederico Eberspächer, LÓGICA DE PROGRAMAÇÃO, São Paulo, Pearson Prentice Hall, 2005.
TIBA, Içami, Disponível em http://www.tiba.com.br/artigo.php?id=048, Acessado em
13/12/2016
MEC, Disponível em:
http://pacto.mec.gov.br/images/pdf/Cadernos_2015/cadernos_novembro/pnaic_cad_5_19112015
.pdf,
Acessado em 13/12/2016.http://www.dieese.org.br/notatecnica/2007/notatec46PrevidenciaMercadoTrabalho.pd
fhttp://g1.globo.com/economia/noticia/2016/08/desemprego-fica-em-116-no-trimestre-
encerrado-em-julho.html
http://g1.globo.com/concursos-e-emprego/noticia/2016/01/emprego-na-crise-veja-13-
profissoes-que-estarao-em-alta-em-2016.html
APRENDENDO A FAZER UM DOMINÓ
CONSTRUINDO UM DOMINÓ
LEITURA INDIVIDUAL
JOGO DO CONTRÁRIO
EXPLORANDO PARLENDA (A CASINHA DA
VOVÓ)
CONSTRUINDO DOMINÓ
SITUAÇÃO PROBLEMA(COMBINAÇÃO E
ARRANJO)
EXPLORANDO O GÊNERO TEXTUAL CONTO
SEQUÊNCIA DIDÁTICA: SÓ UM MINUTINHO
DINÂMICA DO PATO
CONSTRUINDO O JOGO DA MEMÓRIA
Foto das
crianças
Professor
Francisco

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Relatório 2011 acompanhamento
Relatório 2011 acompanhamentoRelatório 2011 acompanhamento
Relatório 2011 acompanhamento
Wendel Matos
 
MEMORIA PNAIC CRE SÃO CAETANO
MEMORIA PNAIC CRE SÃO CAETANOMEMORIA PNAIC CRE SÃO CAETANO
MEMORIA PNAIC CRE SÃO CAETANO
acsf26
 
Relatório da sequencia de atividades - Viviane
Relatório da sequencia de atividades - VivianeRelatório da sequencia de atividades - Viviane
Relatório da sequencia de atividades - Viviane
weleslima
 
Slides 1o dia pacto e caderno apresentacao 1
Slides 1o dia   pacto e caderno apresentacao 1Slides 1o dia   pacto e caderno apresentacao 1
Slides 1o dia pacto e caderno apresentacao 1
Wilma Freire
 
SEMINÁRIO FINAL DO PNAIC (2013)
SEMINÁRIO FINAL DO PNAIC (2013)SEMINÁRIO FINAL DO PNAIC (2013)
SEMINÁRIO FINAL DO PNAIC (2013)
educacaodetodos
 
RELATÓRIO DE ESTÁGIO NA EJA-CARUTAPERA
RELATÓRIO DE ESTÁGIO NA EJA-CARUTAPERARELATÓRIO DE ESTÁGIO NA EJA-CARUTAPERA
RELATÓRIO DE ESTÁGIO NA EJA-CARUTAPERA
UFMA e UEMA
 
Apresentação pnaic
Apresentação   pnaicApresentação   pnaic
Apresentação pnaic
Aline Caixeta
 
Expandindo a qualidade da educação pública de minas gerais
Expandindo a qualidade da educação pública de minas geraisExpandindo a qualidade da educação pública de minas gerais
Expandindo a qualidade da educação pública de minas gerais
Eunice Mendes de Oliveira
 
RELATO DE EXPERIÊNCIA DO MUNICÍPIO DE SÃO PEDRO NO SEMINÁRIO FINAL DO PNAIC 2014
RELATO DE EXPERIÊNCIA DO MUNICÍPIO DE SÃO PEDRO NO SEMINÁRIO FINAL DO PNAIC 2014RELATO DE EXPERIÊNCIA DO MUNICÍPIO DE SÃO PEDRO NO SEMINÁRIO FINAL DO PNAIC 2014
RELATO DE EXPERIÊNCIA DO MUNICÍPIO DE SÃO PEDRO NO SEMINÁRIO FINAL DO PNAIC 2014
Claudio Pessoa
 
Relatório sequência didática silvania
Relatório sequência didática   silvaniaRelatório sequência didática   silvania
Relatório sequência didática silvania
weleslima
 
3º encontro pnaic vânia 2015
3º encontro pnaic  vânia 20153º encontro pnaic  vânia 2015
3º encontro pnaic vânia 2015
Wanya Castro
 
1º ano Expectativas de Aprendizagem
1º ano Expectativas de Aprendizagem1º ano Expectativas de Aprendizagem
1º ano Expectativas de Aprendizagem
orientacoesdidaticas
 
Reforço escolar, alunos do 6 e 7 ano escolar
Reforço escolar, alunos do 6 e 7 ano escolarReforço escolar, alunos do 6 e 7 ano escolar
Reforço escolar, alunos do 6 e 7 ano escolar
Fatima Liutheviciene
 
Método fônico excelente
Método fônico excelenteMétodo fônico excelente
Método fônico excelente
Inez Kwiecinski
 
Cartilha Educação para Surdos_versão final.pdf
Cartilha Educação para Surdos_versão final.pdfCartilha Educação para Surdos_versão final.pdf
Cartilha Educação para Surdos_versão final.pdf
Semônica Silva
 
1° encontro professores alfabetizadores
1° encontro  professores alfabetizadores1° encontro  professores alfabetizadores
1° encontro professores alfabetizadores
miesbella
 
DIAGNÓSTICO ESCOLAR – SEQUÊNCIA DIDÁTICA (MATEMÁTICA)
 DIAGNÓSTICO ESCOLAR – SEQUÊNCIA DIDÁTICA (MATEMÁTICA) DIAGNÓSTICO ESCOLAR – SEQUÊNCIA DIDÁTICA (MATEMÁTICA)
DIAGNÓSTICO ESCOLAR – SEQUÊNCIA DIDÁTICA (MATEMÁTICA)
Daniella Bezerra
 
Apresentação no II Seminário de Investigação Didática do Projeto Bolsa Alfabe...
Apresentação no II Seminário de Investigação Didática do Projeto Bolsa Alfabe...Apresentação no II Seminário de Investigação Didática do Projeto Bolsa Alfabe...
Apresentação no II Seminário de Investigação Didática do Projeto Bolsa Alfabe...
Gabriele Agostini Martins
 
A intervenção do Psicopedagogo nas dificuldades de aprendizagens
A intervenção do Psicopedagogo nas dificuldades de aprendizagensA intervenção do Psicopedagogo nas dificuldades de aprendizagens
A intervenção do Psicopedagogo nas dificuldades de aprendizagens
helio123456
 

Mais procurados (19)

Relatório 2011 acompanhamento
Relatório 2011 acompanhamentoRelatório 2011 acompanhamento
Relatório 2011 acompanhamento
 
MEMORIA PNAIC CRE SÃO CAETANO
MEMORIA PNAIC CRE SÃO CAETANOMEMORIA PNAIC CRE SÃO CAETANO
MEMORIA PNAIC CRE SÃO CAETANO
 
Relatório da sequencia de atividades - Viviane
Relatório da sequencia de atividades - VivianeRelatório da sequencia de atividades - Viviane
Relatório da sequencia de atividades - Viviane
 
Slides 1o dia pacto e caderno apresentacao 1
Slides 1o dia   pacto e caderno apresentacao 1Slides 1o dia   pacto e caderno apresentacao 1
Slides 1o dia pacto e caderno apresentacao 1
 
SEMINÁRIO FINAL DO PNAIC (2013)
SEMINÁRIO FINAL DO PNAIC (2013)SEMINÁRIO FINAL DO PNAIC (2013)
SEMINÁRIO FINAL DO PNAIC (2013)
 
RELATÓRIO DE ESTÁGIO NA EJA-CARUTAPERA
RELATÓRIO DE ESTÁGIO NA EJA-CARUTAPERARELATÓRIO DE ESTÁGIO NA EJA-CARUTAPERA
RELATÓRIO DE ESTÁGIO NA EJA-CARUTAPERA
 
Apresentação pnaic
Apresentação   pnaicApresentação   pnaic
Apresentação pnaic
 
Expandindo a qualidade da educação pública de minas gerais
Expandindo a qualidade da educação pública de minas geraisExpandindo a qualidade da educação pública de minas gerais
Expandindo a qualidade da educação pública de minas gerais
 
RELATO DE EXPERIÊNCIA DO MUNICÍPIO DE SÃO PEDRO NO SEMINÁRIO FINAL DO PNAIC 2014
RELATO DE EXPERIÊNCIA DO MUNICÍPIO DE SÃO PEDRO NO SEMINÁRIO FINAL DO PNAIC 2014RELATO DE EXPERIÊNCIA DO MUNICÍPIO DE SÃO PEDRO NO SEMINÁRIO FINAL DO PNAIC 2014
RELATO DE EXPERIÊNCIA DO MUNICÍPIO DE SÃO PEDRO NO SEMINÁRIO FINAL DO PNAIC 2014
 
Relatório sequência didática silvania
Relatório sequência didática   silvaniaRelatório sequência didática   silvania
Relatório sequência didática silvania
 
3º encontro pnaic vânia 2015
3º encontro pnaic  vânia 20153º encontro pnaic  vânia 2015
3º encontro pnaic vânia 2015
 
1º ano Expectativas de Aprendizagem
1º ano Expectativas de Aprendizagem1º ano Expectativas de Aprendizagem
1º ano Expectativas de Aprendizagem
 
Reforço escolar, alunos do 6 e 7 ano escolar
Reforço escolar, alunos do 6 e 7 ano escolarReforço escolar, alunos do 6 e 7 ano escolar
Reforço escolar, alunos do 6 e 7 ano escolar
 
Método fônico excelente
Método fônico excelenteMétodo fônico excelente
Método fônico excelente
 
Cartilha Educação para Surdos_versão final.pdf
Cartilha Educação para Surdos_versão final.pdfCartilha Educação para Surdos_versão final.pdf
Cartilha Educação para Surdos_versão final.pdf
 
1° encontro professores alfabetizadores
1° encontro  professores alfabetizadores1° encontro  professores alfabetizadores
1° encontro professores alfabetizadores
 
DIAGNÓSTICO ESCOLAR – SEQUÊNCIA DIDÁTICA (MATEMÁTICA)
 DIAGNÓSTICO ESCOLAR – SEQUÊNCIA DIDÁTICA (MATEMÁTICA) DIAGNÓSTICO ESCOLAR – SEQUÊNCIA DIDÁTICA (MATEMÁTICA)
DIAGNÓSTICO ESCOLAR – SEQUÊNCIA DIDÁTICA (MATEMÁTICA)
 
Apresentação no II Seminário de Investigação Didática do Projeto Bolsa Alfabe...
Apresentação no II Seminário de Investigação Didática do Projeto Bolsa Alfabe...Apresentação no II Seminário de Investigação Didática do Projeto Bolsa Alfabe...
Apresentação no II Seminário de Investigação Didática do Projeto Bolsa Alfabe...
 
A intervenção do Psicopedagogo nas dificuldades de aprendizagens
A intervenção do Psicopedagogo nas dificuldades de aprendizagensA intervenção do Psicopedagogo nas dificuldades de aprendizagens
A intervenção do Psicopedagogo nas dificuldades de aprendizagens
 

Destaque

2ª formação formação em serviço
2ª formação   formação em serviço2ª formação   formação em serviço
2ª formação formação em serviço
PNAIC UFSCar
 
Livreto Pacto
Livreto PactoLivreto Pacto
Livreto Pacto
Fabiana Barbom Mendes
 
Pnaic – 2016 1 encontro
Pnaic – 2016   1 encontroPnaic – 2016   1 encontro
Pnaic – 2016 1 encontro
Tatiana Schiavon
 
3. sequencias e projetos didátic
3. sequencias e projetos didátic3. sequencias e projetos didátic
3. sequencias e projetos didátic
ntebrusque
 
2ª formação leitura e escrita
2ª formação   leitura e escrita2ª formação   leitura e escrita
2ª formação leitura e escrita
PNAIC UFSCar
 
1ª formação - Leitura e Escrita
1ª formação - Leitura e Escrita1ª formação - Leitura e Escrita
1ª formação - Leitura e Escrita
PNAIC UFSCar
 
Redação 1 - gêneros e tipos textuais
Redação 1 - gêneros e tipos textuaisRedação 1 - gêneros e tipos textuais
Redação 1 - gêneros e tipos textuais
Maria Glalcy Fequetia Dalcim
 
2ª formação - Matemática
2ª formação - Matemática2ª formação - Matemática
2ª formação - Matemática
PNAIC UFSCar
 
1ª formação - Formação em Serviço
1ª formação - Formação em Serviço1ª formação - Formação em Serviço
1ª formação - Formação em Serviço
PNAIC UFSCar
 
1ª formação - Matemática
1ª formação - Matemática1ª formação - Matemática
1ª formação - Matemática
PNAIC UFSCar
 
2ª formação - Avaliaçâo
2ª formação - Avaliaçâo2ª formação - Avaliaçâo
2ª formação - Avaliaçâo
PNAIC UFSCar
 
1ª formação - Avaliação
1ª formação - Avaliação1ª formação - Avaliação
1ª formação - Avaliação
PNAIC UFSCar
 
2ª formação pnaic 2016
2ª formação pnaic 20162ª formação pnaic 2016
2ª formação pnaic 2016
educacao sao roque
 
3 formação pnaic
3 formação pnaic3 formação pnaic
3 formação pnaic
Nadylva Guedes
 
Formação de professores alfabetizadores pnaic
Formação de professores alfabetizadores pnaicFormação de professores alfabetizadores pnaic
Formação de professores alfabetizadores pnaic
Raquel Caparroz
 
Resumo das ações PNAIC 2015
Resumo das ações PNAIC 2015Resumo das ações PNAIC 2015
Resumo das ações PNAIC 2015
Luana Maria Ferreira Fernandes
 
Pacto nacional para a alfabetização na idade certa
Pacto nacional para a alfabetização na idade certaPacto nacional para a alfabetização na idade certa
Pacto nacional para a alfabetização na idade certa
Raquel Caparroz
 
Unidade 3 texto 2 - O ENSINO DO SISTEMA DE ESCRITA ALFABÉTICA NO 2º ANO D...
Unidade 3   texto 2 - O ENSINO  DO SISTEMA DE  ESCRITA ALFABÉTICA NO 2º ANO D...Unidade 3   texto 2 - O ENSINO  DO SISTEMA DE  ESCRITA ALFABÉTICA NO 2º ANO D...
Unidade 3 texto 2 - O ENSINO DO SISTEMA DE ESCRITA ALFABÉTICA NO 2º ANO D...
Bete Feliciano
 
PNAIC-Tabelas com os Direitos de aprendizagem
PNAIC-Tabelas com os Direitos de aprendizagem PNAIC-Tabelas com os Direitos de aprendizagem
PNAIC-Tabelas com os Direitos de aprendizagem
Graça Sousa
 
Abrindo caminho-de-ana-maria-machado
Abrindo caminho-de-ana-maria-machadoAbrindo caminho-de-ana-maria-machado
Abrindo caminho-de-ana-maria-machado
Naysa Taboada
 

Destaque (20)

2ª formação formação em serviço
2ª formação   formação em serviço2ª formação   formação em serviço
2ª formação formação em serviço
 
Livreto Pacto
Livreto PactoLivreto Pacto
Livreto Pacto
 
Pnaic – 2016 1 encontro
Pnaic – 2016   1 encontroPnaic – 2016   1 encontro
Pnaic – 2016 1 encontro
 
3. sequencias e projetos didátic
3. sequencias e projetos didátic3. sequencias e projetos didátic
3. sequencias e projetos didátic
 
2ª formação leitura e escrita
2ª formação   leitura e escrita2ª formação   leitura e escrita
2ª formação leitura e escrita
 
1ª formação - Leitura e Escrita
1ª formação - Leitura e Escrita1ª formação - Leitura e Escrita
1ª formação - Leitura e Escrita
 
Redação 1 - gêneros e tipos textuais
Redação 1 - gêneros e tipos textuaisRedação 1 - gêneros e tipos textuais
Redação 1 - gêneros e tipos textuais
 
2ª formação - Matemática
2ª formação - Matemática2ª formação - Matemática
2ª formação - Matemática
 
1ª formação - Formação em Serviço
1ª formação - Formação em Serviço1ª formação - Formação em Serviço
1ª formação - Formação em Serviço
 
1ª formação - Matemática
1ª formação - Matemática1ª formação - Matemática
1ª formação - Matemática
 
2ª formação - Avaliaçâo
2ª formação - Avaliaçâo2ª formação - Avaliaçâo
2ª formação - Avaliaçâo
 
1ª formação - Avaliação
1ª formação - Avaliação1ª formação - Avaliação
1ª formação - Avaliação
 
2ª formação pnaic 2016
2ª formação pnaic 20162ª formação pnaic 2016
2ª formação pnaic 2016
 
3 formação pnaic
3 formação pnaic3 formação pnaic
3 formação pnaic
 
Formação de professores alfabetizadores pnaic
Formação de professores alfabetizadores pnaicFormação de professores alfabetizadores pnaic
Formação de professores alfabetizadores pnaic
 
Resumo das ações PNAIC 2015
Resumo das ações PNAIC 2015Resumo das ações PNAIC 2015
Resumo das ações PNAIC 2015
 
Pacto nacional para a alfabetização na idade certa
Pacto nacional para a alfabetização na idade certaPacto nacional para a alfabetização na idade certa
Pacto nacional para a alfabetização na idade certa
 
Unidade 3 texto 2 - O ENSINO DO SISTEMA DE ESCRITA ALFABÉTICA NO 2º ANO D...
Unidade 3   texto 2 - O ENSINO  DO SISTEMA DE  ESCRITA ALFABÉTICA NO 2º ANO D...Unidade 3   texto 2 - O ENSINO  DO SISTEMA DE  ESCRITA ALFABÉTICA NO 2º ANO D...
Unidade 3 texto 2 - O ENSINO DO SISTEMA DE ESCRITA ALFABÉTICA NO 2º ANO D...
 
PNAIC-Tabelas com os Direitos de aprendizagem
PNAIC-Tabelas com os Direitos de aprendizagem PNAIC-Tabelas com os Direitos de aprendizagem
PNAIC-Tabelas com os Direitos de aprendizagem
 
Abrindo caminho-de-ana-maria-machado
Abrindo caminho-de-ana-maria-machadoAbrindo caminho-de-ana-maria-machado
Abrindo caminho-de-ana-maria-machado
 

Semelhante a Relatório PNAIC FRANCISCO

Ciclo De FormaçãO Humana
Ciclo De FormaçãO HumanaCiclo De FormaçãO Humana
Ciclo De FormaçãO Humana
Euta Martins Barbosa
 
Bett Brasil Educar | Educação fora da caixa
Bett Brasil Educar | Educação fora da caixaBett Brasil Educar | Educação fora da caixa
Bett Brasil Educar | Educação fora da caixa
BettShow
 
Ensifund9anobasefinal
Ensifund9anobasefinalEnsifund9anobasefinal
Ensifund9anobasefinal
FSBA
 
ENSINO FUNDAMENTAL DE NOVE ANOS: ORIENTAÇÕES PARA A INCLUSÃO DA CRIANÇA DE SE...
ENSINO FUNDAMENTAL DE NOVE ANOS: ORIENTAÇÕES PARA A INCLUSÃO DA CRIANÇA DE SE...ENSINO FUNDAMENTAL DE NOVE ANOS: ORIENTAÇÕES PARA A INCLUSÃO DA CRIANÇA DE SE...
ENSINO FUNDAMENTAL DE NOVE ANOS: ORIENTAÇÕES PARA A INCLUSÃO DA CRIANÇA DE SE...
Fabiana Esteves
 
Ensino fundamental de nove anos
Ensino fundamental de nove anosEnsino fundamental de nove anos
Ensino fundamental de nove anos
PactoAracatuba
 
As criancas-de-seis-anos-e-as-areas-do-conhecimento
As criancas-de-seis-anos-e-as-areas-do-conhecimentoAs criancas-de-seis-anos-e-as-areas-do-conhecimento
As criancas-de-seis-anos-e-as-areas-do-conhecimento
David Goes
 
O Protagonismo de alunos de 6º ao 9º ano da Escola Estadual de Ensino Fundame...
O Protagonismo de alunos de 6º ao 9º ano da Escola Estadual de Ensino Fundame...O Protagonismo de alunos de 6º ao 9º ano da Escola Estadual de Ensino Fundame...
O Protagonismo de alunos de 6º ao 9º ano da Escola Estadual de Ensino Fundame...
LOCIMAR MASSALAI
 
2 alfabetização pelo metodo fonico.pdf
2 alfabetização pelo metodo fonico.pdf2 alfabetização pelo metodo fonico.pdf
2 alfabetização pelo metodo fonico.pdf
DENISERAMOSSILVADEPA1
 
PROEJA-FIC - Trabalhando o Universo de Jovens e Adultos na EJA e PROEJA - EME...
PROEJA-FIC - Trabalhando o Universo de Jovens e Adultos na EJA e PROEJA - EME...PROEJA-FIC - Trabalhando o Universo de Jovens e Adultos na EJA e PROEJA - EME...
PROEJA-FIC - Trabalhando o Universo de Jovens e Adultos na EJA e PROEJA - EME...
Alexandre da Rosa
 
Revista Opinativa - Dylio Penedo 3ª M02
Revista Opinativa - Dylio Penedo   3ª M02Revista Opinativa - Dylio Penedo   3ª M02
Revista Opinativa - Dylio Penedo 3ª M02
Marilene Mai
 
Revista pronta 3ª m02 - revisada e editada - imprimir
Revista pronta   3ª m02 - revisada e editada - imprimirRevista pronta   3ª m02 - revisada e editada - imprimir
Revista pronta 3ª m02 - revisada e editada - imprimir
Marilene Mai
 
Fénix Digital nº 3
Fénix Digital nº 3Fénix Digital nº 3
Fénix Digital nº 3
ProjectoFenix
 
Jornal fenix3 vf
Jornal fenix3 vfJornal fenix3 vf
Jornal fenix3 vf
José Matias Alves
 
Folha teen setembro 2013
Folha teen setembro 2013Folha teen setembro 2013
Folha teen setembro 2013
daiskvaleria
 
Jornaldaescolatancredoneves setembro2013
Jornaldaescolatancredoneves setembro2013Jornaldaescolatancredoneves setembro2013
Jornaldaescolatancredoneves setembro2013
daiskvaleria
 
RessignificaçãO Do Ensino MéDio
RessignificaçãO Do Ensino MéDio RessignificaçãO Do Ensino MéDio
RessignificaçãO Do Ensino MéDio
ERlam uales Novaes de Carvalho
 
Artigo sobre evasão
Artigo sobre evasãoArtigo sobre evasão
Artigo sobre evasão
mdemiguel
 
EaD - Cintia Fernandes Kuskoski
EaD - Cintia Fernandes KuskoskiEaD - Cintia Fernandes Kuskoski
EaD - Cintia Fernandes Kuskoski
cintiakuskoski
 
1 ano expectativas aprendizagem
1 ano expectativas aprendizagem1 ano expectativas aprendizagem
1 ano expectativas aprendizagem
Vanessa Pereira
 
José pacheco -aulas no século xxi são um escândalo. com aulas ninguém aprend...
José pacheco  -aulas no século xxi são um escândalo. com aulas ninguém aprend...José pacheco  -aulas no século xxi são um escândalo. com aulas ninguém aprend...
José pacheco -aulas no século xxi são um escândalo. com aulas ninguém aprend...
Ria da Escrita
 

Semelhante a Relatório PNAIC FRANCISCO (20)

Ciclo De FormaçãO Humana
Ciclo De FormaçãO HumanaCiclo De FormaçãO Humana
Ciclo De FormaçãO Humana
 
Bett Brasil Educar | Educação fora da caixa
Bett Brasil Educar | Educação fora da caixaBett Brasil Educar | Educação fora da caixa
Bett Brasil Educar | Educação fora da caixa
 
Ensifund9anobasefinal
Ensifund9anobasefinalEnsifund9anobasefinal
Ensifund9anobasefinal
 
ENSINO FUNDAMENTAL DE NOVE ANOS: ORIENTAÇÕES PARA A INCLUSÃO DA CRIANÇA DE SE...
ENSINO FUNDAMENTAL DE NOVE ANOS: ORIENTAÇÕES PARA A INCLUSÃO DA CRIANÇA DE SE...ENSINO FUNDAMENTAL DE NOVE ANOS: ORIENTAÇÕES PARA A INCLUSÃO DA CRIANÇA DE SE...
ENSINO FUNDAMENTAL DE NOVE ANOS: ORIENTAÇÕES PARA A INCLUSÃO DA CRIANÇA DE SE...
 
Ensino fundamental de nove anos
Ensino fundamental de nove anosEnsino fundamental de nove anos
Ensino fundamental de nove anos
 
As criancas-de-seis-anos-e-as-areas-do-conhecimento
As criancas-de-seis-anos-e-as-areas-do-conhecimentoAs criancas-de-seis-anos-e-as-areas-do-conhecimento
As criancas-de-seis-anos-e-as-areas-do-conhecimento
 
O Protagonismo de alunos de 6º ao 9º ano da Escola Estadual de Ensino Fundame...
O Protagonismo de alunos de 6º ao 9º ano da Escola Estadual de Ensino Fundame...O Protagonismo de alunos de 6º ao 9º ano da Escola Estadual de Ensino Fundame...
O Protagonismo de alunos de 6º ao 9º ano da Escola Estadual de Ensino Fundame...
 
2 alfabetização pelo metodo fonico.pdf
2 alfabetização pelo metodo fonico.pdf2 alfabetização pelo metodo fonico.pdf
2 alfabetização pelo metodo fonico.pdf
 
PROEJA-FIC - Trabalhando o Universo de Jovens e Adultos na EJA e PROEJA - EME...
PROEJA-FIC - Trabalhando o Universo de Jovens e Adultos na EJA e PROEJA - EME...PROEJA-FIC - Trabalhando o Universo de Jovens e Adultos na EJA e PROEJA - EME...
PROEJA-FIC - Trabalhando o Universo de Jovens e Adultos na EJA e PROEJA - EME...
 
Revista Opinativa - Dylio Penedo 3ª M02
Revista Opinativa - Dylio Penedo   3ª M02Revista Opinativa - Dylio Penedo   3ª M02
Revista Opinativa - Dylio Penedo 3ª M02
 
Revista pronta 3ª m02 - revisada e editada - imprimir
Revista pronta   3ª m02 - revisada e editada - imprimirRevista pronta   3ª m02 - revisada e editada - imprimir
Revista pronta 3ª m02 - revisada e editada - imprimir
 
Fénix Digital nº 3
Fénix Digital nº 3Fénix Digital nº 3
Fénix Digital nº 3
 
Jornal fenix3 vf
Jornal fenix3 vfJornal fenix3 vf
Jornal fenix3 vf
 
Folha teen setembro 2013
Folha teen setembro 2013Folha teen setembro 2013
Folha teen setembro 2013
 
Jornaldaescolatancredoneves setembro2013
Jornaldaescolatancredoneves setembro2013Jornaldaescolatancredoneves setembro2013
Jornaldaescolatancredoneves setembro2013
 
RessignificaçãO Do Ensino MéDio
RessignificaçãO Do Ensino MéDio RessignificaçãO Do Ensino MéDio
RessignificaçãO Do Ensino MéDio
 
Artigo sobre evasão
Artigo sobre evasãoArtigo sobre evasão
Artigo sobre evasão
 
EaD - Cintia Fernandes Kuskoski
EaD - Cintia Fernandes KuskoskiEaD - Cintia Fernandes Kuskoski
EaD - Cintia Fernandes Kuskoski
 
1 ano expectativas aprendizagem
1 ano expectativas aprendizagem1 ano expectativas aprendizagem
1 ano expectativas aprendizagem
 
José pacheco -aulas no século xxi são um escândalo. com aulas ninguém aprend...
José pacheco  -aulas no século xxi são um escândalo. com aulas ninguém aprend...José pacheco  -aulas no século xxi são um escândalo. com aulas ninguém aprend...
José pacheco -aulas no século xxi são um escândalo. com aulas ninguém aprend...
 

Último

Introdução à Sociologia: caça-palavras na escola
Introdução à Sociologia: caça-palavras na escolaIntrodução à Sociologia: caça-palavras na escola
Introdução à Sociologia: caça-palavras na escola
Professor Belinaso
 
497417426-conheca-os-principais-graficos-da-radiestesia-e-da-radionica.pdf
497417426-conheca-os-principais-graficos-da-radiestesia-e-da-radionica.pdf497417426-conheca-os-principais-graficos-da-radiestesia-e-da-radionica.pdf
497417426-conheca-os-principais-graficos-da-radiestesia-e-da-radionica.pdf
JoanaFigueira11
 
Treinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptx
Treinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptxTreinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptx
Treinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptx
MarcosPaulo777883
 
FUNCAO EQUAÇÃO DO 2° GRAU SLIDES AULA 1.ppt
FUNCAO EQUAÇÃO DO 2° GRAU SLIDES AULA 1.pptFUNCAO EQUAÇÃO DO 2° GRAU SLIDES AULA 1.ppt
FUNCAO EQUAÇÃO DO 2° GRAU SLIDES AULA 1.ppt
MarceloMonteiro213738
 
UFCD_6580_Cuidados na saúde a populações mais vulneráveis_índice.pdf
UFCD_6580_Cuidados na saúde a populações mais vulneráveis_índice.pdfUFCD_6580_Cuidados na saúde a populações mais vulneráveis_índice.pdf
UFCD_6580_Cuidados na saúde a populações mais vulneráveis_índice.pdf
Manuais Formação
 
cronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdf
cronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdfcronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdf
cronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdf
todorokillmepls
 
O Profeta Jeremias - A Biografia de Jeremias.pptx4
O Profeta Jeremias - A Biografia de Jeremias.pptx4O Profeta Jeremias - A Biografia de Jeremias.pptx4
O Profeta Jeremias - A Biografia de Jeremias.pptx4
DouglasMoraes54
 
Aula Contrato Individual de Trabalho .pdf
Aula Contrato Individual de Trabalho .pdfAula Contrato Individual de Trabalho .pdf
Aula Contrato Individual de Trabalho .pdf
Pedro Luis Moraes
 
A SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIAS
A SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIASA SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIAS
A SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIAS
HisrelBlog
 
PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptxPP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
ESTRUTURA E FORMAÇÃO DE PALAVRAS- 9º ANO A - 2024.ppt
ESTRUTURA E FORMAÇÃO DE PALAVRAS- 9º ANO A - 2024.pptESTRUTURA E FORMAÇÃO DE PALAVRAS- 9º ANO A - 2024.ppt
ESTRUTURA E FORMAÇÃO DE PALAVRAS- 9º ANO A - 2024.ppt
maria-oliveira
 
Slides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptx
Slides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptxSlides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptx
Slides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
-Rudolf-Laban-e-a-teoria-do-movimento.ppt
-Rudolf-Laban-e-a-teoria-do-movimento.ppt-Rudolf-Laban-e-a-teoria-do-movimento.ppt
-Rudolf-Laban-e-a-teoria-do-movimento.ppt
fagnerlopes11
 
REGULAMENTO DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...
REGULAMENTO  DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...REGULAMENTO  DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...
REGULAMENTO DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...
Eró Cunha
 
D20 - Descritores SAEB de Língua Portuguesa
D20 - Descritores SAEB de Língua PortuguesaD20 - Descritores SAEB de Língua Portuguesa
D20 - Descritores SAEB de Língua Portuguesa
eaiprofpolly
 
Atpcg PEI Rev Irineu GESTÃO DE SALA DE AULA.pptx
Atpcg PEI Rev Irineu GESTÃO DE SALA DE AULA.pptxAtpcg PEI Rev Irineu GESTÃO DE SALA DE AULA.pptx
Atpcg PEI Rev Irineu GESTÃO DE SALA DE AULA.pptx
joaresmonte3
 
cidadas 5° ano - ensino fundamental 2 ..
cidadas 5° ano - ensino fundamental 2 ..cidadas 5° ano - ensino fundamental 2 ..
cidadas 5° ano - ensino fundamental 2 ..
MatheusSousa716350
 
A Núbia e o Reino De Cuxe- 6º ano....ppt
A Núbia e o Reino De Cuxe- 6º ano....pptA Núbia e o Reino De Cuxe- 6º ano....ppt
A Núbia e o Reino De Cuxe- 6º ano....ppt
WilianeBarbosa2
 
Atividade de reforço de matemática 2º ano
Atividade de reforço de matemática 2º anoAtividade de reforço de matemática 2º ano
Atividade de reforço de matemática 2º ano
fernandacosta37763
 
Vogais Ilustrados para alfabetização infantil
Vogais Ilustrados para alfabetização infantilVogais Ilustrados para alfabetização infantil
Vogais Ilustrados para alfabetização infantil
mamaeieby
 

Último (20)

Introdução à Sociologia: caça-palavras na escola
Introdução à Sociologia: caça-palavras na escolaIntrodução à Sociologia: caça-palavras na escola
Introdução à Sociologia: caça-palavras na escola
 
497417426-conheca-os-principais-graficos-da-radiestesia-e-da-radionica.pdf
497417426-conheca-os-principais-graficos-da-radiestesia-e-da-radionica.pdf497417426-conheca-os-principais-graficos-da-radiestesia-e-da-radionica.pdf
497417426-conheca-os-principais-graficos-da-radiestesia-e-da-radionica.pdf
 
Treinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptx
Treinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptxTreinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptx
Treinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptx
 
FUNCAO EQUAÇÃO DO 2° GRAU SLIDES AULA 1.ppt
FUNCAO EQUAÇÃO DO 2° GRAU SLIDES AULA 1.pptFUNCAO EQUAÇÃO DO 2° GRAU SLIDES AULA 1.ppt
FUNCAO EQUAÇÃO DO 2° GRAU SLIDES AULA 1.ppt
 
UFCD_6580_Cuidados na saúde a populações mais vulneráveis_índice.pdf
UFCD_6580_Cuidados na saúde a populações mais vulneráveis_índice.pdfUFCD_6580_Cuidados na saúde a populações mais vulneráveis_índice.pdf
UFCD_6580_Cuidados na saúde a populações mais vulneráveis_índice.pdf
 
cronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdf
cronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdfcronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdf
cronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdf
 
O Profeta Jeremias - A Biografia de Jeremias.pptx4
O Profeta Jeremias - A Biografia de Jeremias.pptx4O Profeta Jeremias - A Biografia de Jeremias.pptx4
O Profeta Jeremias - A Biografia de Jeremias.pptx4
 
Aula Contrato Individual de Trabalho .pdf
Aula Contrato Individual de Trabalho .pdfAula Contrato Individual de Trabalho .pdf
Aula Contrato Individual de Trabalho .pdf
 
A SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIAS
A SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIASA SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIAS
A SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIAS
 
PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptxPP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
 
ESTRUTURA E FORMAÇÃO DE PALAVRAS- 9º ANO A - 2024.ppt
ESTRUTURA E FORMAÇÃO DE PALAVRAS- 9º ANO A - 2024.pptESTRUTURA E FORMAÇÃO DE PALAVRAS- 9º ANO A - 2024.ppt
ESTRUTURA E FORMAÇÃO DE PALAVRAS- 9º ANO A - 2024.ppt
 
Slides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptx
Slides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptxSlides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptx
Slides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptx
 
-Rudolf-Laban-e-a-teoria-do-movimento.ppt
-Rudolf-Laban-e-a-teoria-do-movimento.ppt-Rudolf-Laban-e-a-teoria-do-movimento.ppt
-Rudolf-Laban-e-a-teoria-do-movimento.ppt
 
REGULAMENTO DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...
REGULAMENTO  DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...REGULAMENTO  DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...
REGULAMENTO DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...
 
D20 - Descritores SAEB de Língua Portuguesa
D20 - Descritores SAEB de Língua PortuguesaD20 - Descritores SAEB de Língua Portuguesa
D20 - Descritores SAEB de Língua Portuguesa
 
Atpcg PEI Rev Irineu GESTÃO DE SALA DE AULA.pptx
Atpcg PEI Rev Irineu GESTÃO DE SALA DE AULA.pptxAtpcg PEI Rev Irineu GESTÃO DE SALA DE AULA.pptx
Atpcg PEI Rev Irineu GESTÃO DE SALA DE AULA.pptx
 
cidadas 5° ano - ensino fundamental 2 ..
cidadas 5° ano - ensino fundamental 2 ..cidadas 5° ano - ensino fundamental 2 ..
cidadas 5° ano - ensino fundamental 2 ..
 
A Núbia e o Reino De Cuxe- 6º ano....ppt
A Núbia e o Reino De Cuxe- 6º ano....pptA Núbia e o Reino De Cuxe- 6º ano....ppt
A Núbia e o Reino De Cuxe- 6º ano....ppt
 
Atividade de reforço de matemática 2º ano
Atividade de reforço de matemática 2º anoAtividade de reforço de matemática 2º ano
Atividade de reforço de matemática 2º ano
 
Vogais Ilustrados para alfabetização infantil
Vogais Ilustrados para alfabetização infantilVogais Ilustrados para alfabetização infantil
Vogais Ilustrados para alfabetização infantil
 

Relatório PNAIC FRANCISCO

  • 1. ESCOLA MUNICIPAL ALEXANDRE DINIZ DA PENHA 3º ANO – “A” TURNO: VESPERTINO DAMIÃO-PB PROFESSOR: FRANCISCO FERREIRA
  • 2. •“ALFABETIZAR É LIBERTAR, É DAR OPORTUNIDADE DE OUTRO VIVER COM NOVOS CAMINHOS DE DESCOBERTA. É POSSIBILITAR VIAJAR O MUNDO SEM SAIR DO LUGAR. É PERMITIR FAZER-SE OUVIR SEM PRECISAR GRITAR.”
  • 4. PANIC 2016 • O ANO DE 2016, PARA MIM, FOI REPLETO DE NOVAS EXPERIÊNCIAS. INICIAMOS COM UMA TURMA DE 29 ALUNOS, 2 FORAM TRANSFERIDOS, FICANDO 27. NUMA FAIXA ETÁRIA DE 8 A 15 ANOS COM UMA GRANDE VARIEDADE DE CONHECIMENTOS E DISTORÇÃO DE SABERES. DE ACORDO COM O DIAGNÓSTICO INICIAL, VERIFICOU-SE QUE HAVIAM ALUNOS COM 8 ANOS JÁ EM NÍVEL AVANÇADO DE ALFABETIZAÇÃO, ENQUANTO OUTROS, PRÓXIMOS DE 15 ANOS DE IDADE EM FASE SILÁBICA. CONSTATAMOS TAMBÉM QUE A MAIORIA DESSES ALUNOS COM DÉFICITS DE APRENDIZAGEM JÁ VINHAM SIDO RETIDOS EM ANOS
  • 5. PNAIC 2016 Atentamos para uma proposta de ensino heterogêneo, respeitando as limitações de cada aluno, porém não fluiu muito, devido ao tamanho da turma, e que enquanto se estava concentrado em ensinar individualmente, por exemplo: Uma leitura individual, grande parte dos outros ficam dispersos, fazendo muito barulho, e isso tirou a atenção do aluno que estava sendo tratado individual. O planejamento de atividades diferenciadas, impressas em papel A4, fez com que os alunos com déficits percebessem que estavam sendo tratados de forma inferior aos que já liam, e assim não valorizavam as atividades propostas. Já para apresentar uma sequência didática homogênea com nível fácil a fim de atender de forma direcionada aos alunos deficitários para tentar
  • 6. PNAIC 2016 Propomos que os alunos com déficit de aprendizagem fossem inseridos também num programa de reforço escolar em turno diferente a fim de que fossem promovidos a acompanhar o ritmo de aprendizagem dos demais alunos. Mesmo assim não surtiu efeito, uma vez que sentiu-se a falta do envolvimento efetivo da família. Uma parte dos alunos com dificuldades moram na Zona Rural e isso também não contribui para o avanço na aprendizagem dessas crianças. No final verificou-se que nenhum dos alunos selecionados estavam participando das aulas de reforço.
  • 7. PNAIC 2016 Solicitamos uma reunião com os pais ou responsáveis pelos alunos, porém desses convidados apenas atenderam aqueles cujos filhos não estão com déficit, compareceram apenas 22% dos pais ou responsáveis. De acordo com Içami Tiba, o melhor caminho para não ser reprovado é o aprendizado. Não bastando apenas que os pais cobrem que os filhos sejam aprovados, mas que aprendam para a vida.
  • 8. PNAIC 2016 Nos últimos anos, com a publicação da chamada Lei da “aprovação automática”, aprender ou não deixou de ser significado, o que importa é o aluno ser aprovado, com isso, já podemos notar vários resultados, muitos já foram prejudicados, pois o mercado de trabalho não emprega quem não tem competência, que é o que os alunos deixaram de adquirir ao não aprender o necessário para merecer um diploma. São formados até pelo ensino médio, mas são analfabetos funcionais. De acordo com dados estatístico do IBGE, hoje no Brasil, cerca de 12 milhões de pessoas em idade economicamente ativa estão desocupadas, isso porque as empresas exigem trabalhadores que realmente resolvam problemas, reduzam custos e tragam bons resultados.
  • 9. PNAIC 2016 DESAFIOS DO PNAIC O PNAIC nasceu com uma proposta inovadora, de alfabetizar plenamente todos os alunos de até 8 anos de idade em até o 3º ano do 1º Ciclo. Para essa transformação acontecer efetivamente é preciso uma formação continuada dos docentes. Isso leva um processo de muita leitura e pesquisa, a fim adequar a realidade da teoria à prática do ensino. Também requer tempo e dedicação de todos os envolvidos no processo. Diante das questões apresentadas e confrontando-as com as propostas do Pacto, não se deveria admitir que nenhuma criança ficasse retida no 3º ano. Todavia, se por outro lado a criança não consegue dominar o sistema de leitura e escrita nem mesmo
  • 10. PNAIC 2016 DESAFIOS o mínimo necessário. Daí surge a pergunta: Então como ela chegou até aqui (no 3º ano)? De acordo com o caderno 5 (A oralidade, a leitura e a escrita no Ciclo de Alfabetização, p.61), a aprendizagem da Escrita Alfabética começa antes do 1º ano do Ensino Fundamental. Assim ela segue avançando nos níveis posteriores sem apresentar problemas para a turma e para o professor. Agora, em 2016, já estamos no 4º ano de aplicação do PNAIC, assim, se estivesse funcionando na plenitude como preconiza a teoria não deveria existir alunos concluindo o 3º ano e não alfabetizado. Não deveria entregar a prova ANA em branco. Com um método de ensino sistemático, adotamos uma prática de sequência didática desenvolvida em nossas atividades de sala de aula de forma bem planejada anteriormente pensando em cada situação, em cada momento e em cada aluno. Adotamos várias literaturas, diversos gêneros textuais e assim planejamos as atividades respeitando os gêneros textuais, a fim de que nossos
  • 11. PNAIC 2016 RESULTADOS ALCANÇADOS Além do ensino sistemático, através de sequências didáticas implementamos a metodologia dos jogos matemáticos, onde a criança aprende com o lúdico e assim de forma mais interativa desenvolve as habilidades e o raciocínio lógico. De acordo com as práticas vivenciadas e pesquisas feitas, a lógica está relacionada a todas as ciências do mundo contemporâneo. Segundo Avilliano(2006, p.35), Lógica é a Ciência do raciocínio e da demonstração. E para Forbellone(2005), “A Lógica estuda e ensina a colocar ordem no pensamento”. Assim, comprova-se a importância de adotar um modelo de ensinar matemática brincando através dos jogos matemáticos.
  • 12. PNAIC 2016 RESULTADOS ALCANÇADOS Além de ensinar matemática através dos jogos, também vimos a importância de ensinar os alunos a produzir as peças dos jogos através de materiais reciclados, como livros antigos, revistas velhas, etc. Nesse ano letivo utilizamos em nossa sala de aula os seguintes jogos: TANGRAM, DOMINÓ de vários tipos(de números, pontos, geométricos de frutas, palavras, etc.) , DADO, 4 E 7 ERROS, TRAVESSIA DO RIO, QUEBRA CABEÇA, XADREZ, JOGO DOS PONTINHOS, JOGO DA VELHA, JOGO DA FORCA. Em Língua Portuguesa utilizamos vários jogos de cartas, como jogo do contrário, bicho esquisito, etc.
  • 13. PNAIC 2016 • REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS FORBELLONE, André Luiz Villar, Heni Frederico Eberspächer, LÓGICA DE PROGRAMAÇÃO, São Paulo, Pearson Prentice Hall, 2005. TIBA, Içami, Disponível em http://www.tiba.com.br/artigo.php?id=048, Acessado em 13/12/2016 MEC, Disponível em: http://pacto.mec.gov.br/images/pdf/Cadernos_2015/cadernos_novembro/pnaic_cad_5_19112015 .pdf, Acessado em 13/12/2016.http://www.dieese.org.br/notatecnica/2007/notatec46PrevidenciaMercadoTrabalho.pd fhttp://g1.globo.com/economia/noticia/2016/08/desemprego-fica-em-116-no-trimestre- encerrado-em-julho.html http://g1.globo.com/concursos-e-emprego/noticia/2016/01/emprego-na-crise-veja-13- profissoes-que-estarao-em-alta-em-2016.html
  • 14. APRENDENDO A FAZER UM DOMINÓ
  • 18. EXPLORANDO PARLENDA (A CASINHA DA VOVÓ)
  • 21. EXPLORANDO O GÊNERO TEXTUAL CONTO
  • 23.
  • 25. CONSTRUINDO O JOGO DA MEMÓRIA