SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 1
Baixar para ler offline
Proporcionalidade 06
1. GRANDEZAS DIRETAMENTE PROPORCIONAIS
Duas grandezas são diretamente proporcionais se:
quando o valor de uma dobra, triplica ou é reduzido à metade, o
valor da outra também dobra, triplica ou é reduzido à metade, e
assim por diante.
Exemplo 1: A quantidade de fotocópias e o preço pago pelo
serviço. Quanto maior a quantidade de fotocópias, maior o valor à
pagar.
2. NÚMEROS DIRETAMENTE PROPORCIONAIS
Duas sucessões de números são denominadas
diretamente proporcionais ou, apenas, proporcionais, quando a
razão entre um número qualquer da primeira e seu
correspondente na segunda é constante.
Dizemos que os números 𝒂, 𝒄 e 𝒆 são diretamente
proporcionais aos números 𝒃, 𝒅 e 𝒇.
3. GRANDEZAS INVERSAMENTE PROPORCIONAIS
Duas grandezas são diretamente proporcionais se:
quando o valor de uma dobra, triplica ou é reduzido à metade, o
valor da outra também dobra, triplica ou é reduzido à metade, e
assim por diante.
Exemplo 2: A vazão de uma torneira e o tempo que se leva para
encher um balde. Quanto maior a vazão, menor o tempo gasto
para encher o balde.
4. NÚMEROS INVERSAMENTE PROPORCIONAIS
Duas sucessões são denominadas inversamente
proporcionais, quando o produto de dois termos correspondentes
é constante.
Dizemos que os números 𝒂, 𝒄 e 𝒆 são inversamente
proporcionais aos números 𝒃, 𝒅 e 𝒇.
EXERCÍCIO
1. Dona Raimunda é costureira. Ela está fazendo bermudas
encomendadas por uma instituição. Com 1,40 m de tecido, ela faz
duas bermudas. Para fazer 12 bermudas, de quantos metros de
tecido dona Raimunda precisa?
2. Dona Maria está vendendo na feira saquinhos com 3 maças ao
preço de R$ 5,00. Antônio é dono de uma confeitaria e vai precisar
de 30 maças para fazer algumas tortas. Quanto Antônio vai gastar
comprando de dona Maria as maças de que necessita?
3. Para percorrer 310 km, o carro de Afonso gastou 25 L de
gasolina. Nas mesmas condições, quantos quilômetros ele
percorrerá com 50 L?
4. Para ir da cidade A à cidade B de bicicleta, Ricardo, a uma
velocidade média de 15 km/h em sua bicicleta, leva 120 minutos.
Sendo assim, responda.
a) Qual a distância entre as duas cidades citadas?
b) Qual seria o tempo gasto para fazer esse percurso se a
velocidade média fosse de 45 km/h?
c) Qual deveria ser a velocidade para fazer o percurso em 30
minutos?
5. Uma torneira que despeja 15 litros de água por minuto (L/min)
enche uma piscina em 2 horas. Se essa torneira despejasse 30
L/min, em quanto tempo encheria essa mesma piscina?
6. Calcule x, sabendo que 6 e x são valores correspondentes a
duas grandezas diretamente proporcionais e que o coeficiente de
proporcionalidade, nessa ordem, é 1
2
3
.
8. Responda as questões relacionadas a velocidade média.
a) Qual a velocidade média em km/h de um jipe que percorre 342
km em 4 horas?
b) Qual a velocidade média em m/min de um ciclista que percorre
1800 m em 5 minutos?
c) Quanto tempo gasta uma caminhonete para percorrer 340 km
com uma velocidade média de 85 km/h?
d) Um corredor percorreu 500 m em 3 minutos. Qual foi sua
velocidade média em km/h?
9. Verifique se os números 9, 15, 21 e 6 são ou não diretamente
proporcionais aos números 6, 10, 14 e 4, respectivamente.
10. Os números 6, 10, 18 e 30 são diretamente proporcionais aos
números de outra sequência e o fator ou coeficiente de
proporcionalidade é 2. Quais são os números correspondentes
dessa outra sequência?
11. Determine os valores de x e y nas seguintes sequencias de
números diretamente proporcionais:
3, 4, 8 e 15, x, y
12. Verifique se os números 9, 6 e 2 são ou não inversamente
proporcionais aos números 4, 6 e 18, respectivamente.
13. Os números 4, x, 24 e 6, nessa ordem, são inversamente
proporcionais aos números y, 3, z e 8, respectivamente.
Determine o valor de x, y e z.
14. Divida o número 125 em partes diretamente proporcionais a 5,
7 e 13.
15. Divida o número 72 em partes diretamente proporcionais a 1/6,
1/3 e 1/2.
16. O pai de André (de 2 anos), Maria (de 4 anos) e Renato (de 6
anos) resolveu distribuir 48 biscoitos entre eles, mas de modo que
as quantidades fossem diretamente proporcionais às idades.
Assim, quantos biscoitos receberá cada filho?
17. Dois amigos dividiram a conta do restaurante
proporcionalmente ao que cada um consumiu. Se a conta foi de
28 reais e o consumo de um foi o triplo do outro, quanto cada um
pagou?

Mais conteúdo relacionado

Destaque

7o ano temática 3 radiciação (conclusões)
7o ano temática 3   radiciação (conclusões)7o ano temática 3   radiciação (conclusões)
7o ano temática 3 radiciação (conclusões)Otávio Sales
 
Decomposição em fatores primos
Decomposição em fatores primosDecomposição em fatores primos
Decomposição em fatores primosProf. Materaldo
 
Números primos e compostos
Números primos e compostosNúmeros primos e compostos
Números primos e compostos7F
 
POTENCIAÇÃO BÁSICA - LISTA EXERCÍCIOS - PARTE 1
POTENCIAÇÃO BÁSICA - LISTA EXERCÍCIOS - PARTE 1POTENCIAÇÃO BÁSICA - LISTA EXERCÍCIOS - PARTE 1
POTENCIAÇÃO BÁSICA - LISTA EXERCÍCIOS - PARTE 1Mario Andre Nunes Rodrigues
 
Matemática - Aula 5
Matemática - Aula 5Matemática - Aula 5
Matemática - Aula 5IBEST ESCOLA
 
Matemática 8º 9ºok
Matemática 8º 9ºokMatemática 8º 9ºok
Matemática 8º 9ºokemefeduprado
 
A história dos números primos
A história dos números primosA história dos números primos
A história dos números primosdavidjpereira
 
Números primos
Números primosNúmeros primos
Números primosearana
 
3 exercicios potencia conm respostas - 9º ano
3 exercicios potencia conm respostas - 9º ano3 exercicios potencia conm respostas - 9º ano
3 exercicios potencia conm respostas - 9º anosmpgiacobbo
 
Prova do 9º ano auzanir lacerda
Prova do 9º ano auzanir lacerdaProva do 9º ano auzanir lacerda
Prova do 9º ano auzanir lacerdaalunosderoberto
 
Exercícios de Potência - 2011
Exercícios de Potência - 2011Exercícios de Potência - 2011
Exercícios de Potência - 2011tioheraclito
 
1ª lista de exercícios 9º ano(potências)ilton bruno
1ª lista de exercícios 9º ano(potências)ilton bruno1ª lista de exercícios 9º ano(potências)ilton bruno
1ª lista de exercícios 9º ano(potências)ilton brunoIlton Bruno
 
Potenciacao e radiciaçao ( 9º Ano - 1º Bimestre) 2014
Potenciacao e radiciaçao  ( 9º Ano - 1º Bimestre) 2014Potenciacao e radiciaçao  ( 9º Ano - 1º Bimestre) 2014
Potenciacao e radiciaçao ( 9º Ano - 1º Bimestre) 2014Paulo Souto
 
Como fazer um trabalho escrito
Como fazer um trabalho escritoComo fazer um trabalho escrito
Como fazer um trabalho escritoCarlos Pinheiro
 

Destaque (18)

7o ano temática 3 radiciação (conclusões)
7o ano temática 3   radiciação (conclusões)7o ano temática 3   radiciação (conclusões)
7o ano temática 3 radiciação (conclusões)
 
Decomposição em fatores primos
Decomposição em fatores primosDecomposição em fatores primos
Decomposição em fatores primos
 
Números primos e compostos
Números primos e compostosNúmeros primos e compostos
Números primos e compostos
 
Potenciação - AP 03
Potenciação - AP 03Potenciação - AP 03
Potenciação - AP 03
 
POTENCIAÇÃO BÁSICA - LISTA EXERCÍCIOS - PARTE 1
POTENCIAÇÃO BÁSICA - LISTA EXERCÍCIOS - PARTE 1POTENCIAÇÃO BÁSICA - LISTA EXERCÍCIOS - PARTE 1
POTENCIAÇÃO BÁSICA - LISTA EXERCÍCIOS - PARTE 1
 
Matemática - Aula 5
Matemática - Aula 5Matemática - Aula 5
Matemática - Aula 5
 
Matemática 8º 9ºok
Matemática 8º 9ºokMatemática 8º 9ºok
Matemática 8º 9ºok
 
A história dos números primos
A história dos números primosA história dos números primos
A história dos números primos
 
Quadrado Perfeito
Quadrado PerfeitoQuadrado Perfeito
Quadrado Perfeito
 
Português 6ºok
Português 6ºokPortuguês 6ºok
Português 6ºok
 
Números primos
Números primosNúmeros primos
Números primos
 
Números primos
Números primosNúmeros primos
Números primos
 
3 exercicios potencia conm respostas - 9º ano
3 exercicios potencia conm respostas - 9º ano3 exercicios potencia conm respostas - 9º ano
3 exercicios potencia conm respostas - 9º ano
 
Prova do 9º ano auzanir lacerda
Prova do 9º ano auzanir lacerdaProva do 9º ano auzanir lacerda
Prova do 9º ano auzanir lacerda
 
Exercícios de Potência - 2011
Exercícios de Potência - 2011Exercícios de Potência - 2011
Exercícios de Potência - 2011
 
1ª lista de exercícios 9º ano(potências)ilton bruno
1ª lista de exercícios 9º ano(potências)ilton bruno1ª lista de exercícios 9º ano(potências)ilton bruno
1ª lista de exercícios 9º ano(potências)ilton bruno
 
Potenciacao e radiciaçao ( 9º Ano - 1º Bimestre) 2014
Potenciacao e radiciaçao  ( 9º Ano - 1º Bimestre) 2014Potenciacao e radiciaçao  ( 9º Ano - 1º Bimestre) 2014
Potenciacao e radiciaçao ( 9º Ano - 1º Bimestre) 2014
 
Como fazer um trabalho escrito
Como fazer um trabalho escritoComo fazer um trabalho escrito
Como fazer um trabalho escrito
 

Semelhante a Proporcionalidade - AP 06

Jose americo tarefa 1 plano de trabalho 1 9ª serie ef 1º bim 13
Jose americo tarefa 1 plano de trabalho 1 9ª serie ef 1º bim 13Jose americo tarefa 1 plano de trabalho 1 9ª serie ef 1º bim 13
Jose americo tarefa 1 plano de trabalho 1 9ª serie ef 1º bim 13José Américo Santos
 
Jose americo tarefa 1 plano de trabalho 1 9ª serie ef 1º bim 13
Jose americo tarefa 1 plano de trabalho 1 9ª serie ef 1º bim 13Jose americo tarefa 1 plano de trabalho 1 9ª serie ef 1º bim 13
Jose americo tarefa 1 plano de trabalho 1 9ª serie ef 1º bim 13José Américo Santos
 
Jose americo tarefa 1 plano de trabalho 1 9ª serie ef 1º bim 13
Jose americo tarefa 1 plano de trabalho 1 9ª serie ef 1º bim 13Jose americo tarefa 1 plano de trabalho 1 9ª serie ef 1º bim 13
Jose americo tarefa 1 plano de trabalho 1 9ª serie ef 1º bim 13José Américo Santos
 
Jose americo tarefa 1 plano de trabalho 1 9ª serie ef 1º bim 13
Jose americo tarefa 1 plano de trabalho 1 9ª serie ef 1º bim 13Jose americo tarefa 1 plano de trabalho 1 9ª serie ef 1º bim 13
Jose americo tarefa 1 plano de trabalho 1 9ª serie ef 1º bim 13José Américo Santos
 
José américo tarefa 1 plano de trabalho sobre números reais e radiciação 1 b ...
José américo tarefa 1 plano de trabalho sobre números reais e radiciação 1 b ...José américo tarefa 1 plano de trabalho sobre números reais e radiciação 1 b ...
José américo tarefa 1 plano de trabalho sobre números reais e radiciação 1 b ...José Américo Santos
 
Mat razoes e proporcoes 002
Mat razoes e proporcoes  002Mat razoes e proporcoes  002
Mat razoes e proporcoes 002trigono_metria
 
Razão e Proporção.ppttransformaçõestransformações
Razão e Proporção.ppttransformaçõestransformaçõesRazão e Proporção.ppttransformaçõestransformações
Razão e Proporção.ppttransformaçõestransformaçõesalessandraoliveira324
 
Cadernao 01 enem_pdf
Cadernao 01 enem_pdfCadernao 01 enem_pdf
Cadernao 01 enem_pdfqcavalcante
 
Revisão ENADE ADMINISTRAÇÃO - Matemática e Matemática Financeira
Revisão ENADE ADMINISTRAÇÃO - Matemática e Matemática FinanceiraRevisão ENADE ADMINISTRAÇÃO - Matemática e Matemática Financeira
Revisão ENADE ADMINISTRAÇÃO - Matemática e Matemática FinanceiraMilton Henrique do Couto Neto
 
C.A AULA 3 Razão, proporção e Regra de três simples .pptx
C.A AULA 3 Razão, proporção e Regra de três simples .pptxC.A AULA 3 Razão, proporção e Regra de três simples .pptx
C.A AULA 3 Razão, proporção e Regra de três simples .pptxARLANFERREIRANUNES
 
Exercícios sobre razão, proporção e regra de três
Exercícios sobre razão, proporção e  regra de trêsExercícios sobre razão, proporção e  regra de três
Exercícios sobre razão, proporção e regra de trêsRafael Marcelino
 
Atividade Revisão - 7º
Atividade Revisão - 7ºAtividade Revisão - 7º
Atividade Revisão - 7ºAirton Sabino
 
Fgv adm vest inverno matemática aplicada (2010)
Fgv adm   vest inverno matemática aplicada (2010)Fgv adm   vest inverno matemática aplicada (2010)
Fgv adm vest inverno matemática aplicada (2010)edudeoliv
 
Proporcionalidade Direta e Gráficos Cartesianos
Proporcionalidade Direta e Gráficos CartesianosProporcionalidade Direta e Gráficos Cartesianos
Proporcionalidade Direta e Gráficos Cartesianosnumerosnamente
 

Semelhante a Proporcionalidade - AP 06 (20)

Jose americo tarefa 1 plano de trabalho 1 9ª serie ef 1º bim 13
Jose americo tarefa 1 plano de trabalho 1 9ª serie ef 1º bim 13Jose americo tarefa 1 plano de trabalho 1 9ª serie ef 1º bim 13
Jose americo tarefa 1 plano de trabalho 1 9ª serie ef 1º bim 13
 
Razão conceito
Razão conceitoRazão conceito
Razão conceito
 
Jose americo tarefa 1 plano de trabalho 1 9ª serie ef 1º bim 13
Jose americo tarefa 1 plano de trabalho 1 9ª serie ef 1º bim 13Jose americo tarefa 1 plano de trabalho 1 9ª serie ef 1º bim 13
Jose americo tarefa 1 plano de trabalho 1 9ª serie ef 1º bim 13
 
Jose americo tarefa 1 plano de trabalho 1 9ª serie ef 1º bim 13
Jose americo tarefa 1 plano de trabalho 1 9ª serie ef 1º bim 13Jose americo tarefa 1 plano de trabalho 1 9ª serie ef 1º bim 13
Jose americo tarefa 1 plano de trabalho 1 9ª serie ef 1º bim 13
 
Jose americo tarefa 1 plano de trabalho 1 9ª serie ef 1º bim 13
Jose americo tarefa 1 plano de trabalho 1 9ª serie ef 1º bim 13Jose americo tarefa 1 plano de trabalho 1 9ª serie ef 1º bim 13
Jose americo tarefa 1 plano de trabalho 1 9ª serie ef 1º bim 13
 
José américo tarefa 1 plano de trabalho sobre números reais e radiciação 1 b ...
José américo tarefa 1 plano de trabalho sobre números reais e radiciação 1 b ...José américo tarefa 1 plano de trabalho sobre números reais e radiciação 1 b ...
José américo tarefa 1 plano de trabalho sobre números reais e radiciação 1 b ...
 
Mat razoes e proporcoes 002
Mat razoes e proporcoes  002Mat razoes e proporcoes  002
Mat razoes e proporcoes 002
 
Razão e Proporção.ppttransformaçõestransformações
Razão e Proporção.ppttransformaçõestransformaçõesRazão e Proporção.ppttransformaçõestransformações
Razão e Proporção.ppttransformaçõestransformações
 
M4 51 vb
M4 51 vbM4 51 vb
M4 51 vb
 
M4 47 vb
M4 47 vbM4 47 vb
M4 47 vb
 
Cadernao 01 enem_pdf
Cadernao 01 enem_pdfCadernao 01 enem_pdf
Cadernao 01 enem_pdf
 
Revisão ENADE ADMINISTRAÇÃO - Matemática e Matemática Financeira
Revisão ENADE ADMINISTRAÇÃO - Matemática e Matemática FinanceiraRevisão ENADE ADMINISTRAÇÃO - Matemática e Matemática Financeira
Revisão ENADE ADMINISTRAÇÃO - Matemática e Matemática Financeira
 
C.A AULA 3 Razão, proporção e Regra de três simples .pptx
C.A AULA 3 Razão, proporção e Regra de três simples .pptxC.A AULA 3 Razão, proporção e Regra de três simples .pptx
C.A AULA 3 Razão, proporção e Regra de três simples .pptx
 
Exercícios sobre razão, proporção e regra de três
Exercícios sobre razão, proporção e  regra de trêsExercícios sobre razão, proporção e  regra de três
Exercícios sobre razão, proporção e regra de três
 
Problemas
ProblemasProblemas
Problemas
 
Múltiplos, divisores e números primos - AP 02
Múltiplos, divisores e números primos - AP 02Múltiplos, divisores e números primos - AP 02
Múltiplos, divisores e números primos - AP 02
 
Mmc e mdc
Mmc e mdcMmc e mdc
Mmc e mdc
 
Atividade Revisão - 7º
Atividade Revisão - 7ºAtividade Revisão - 7º
Atividade Revisão - 7º
 
Fgv adm vest inverno matemática aplicada (2010)
Fgv adm   vest inverno matemática aplicada (2010)Fgv adm   vest inverno matemática aplicada (2010)
Fgv adm vest inverno matemática aplicada (2010)
 
Proporcionalidade Direta e Gráficos Cartesianos
Proporcionalidade Direta e Gráficos CartesianosProporcionalidade Direta e Gráficos Cartesianos
Proporcionalidade Direta e Gráficos Cartesianos
 

Mais de Secretaria de Estado de Educação do Pará

Mais de Secretaria de Estado de Educação do Pará (20)

Operações com Naturais - 1ª Atividade Avaliativa - 1ª Série - FGB.pdf
Operações com Naturais - 1ª Atividade Avaliativa - 1ª Série - FGB.pdfOperações com Naturais - 1ª Atividade Avaliativa - 1ª Série - FGB.pdf
Operações com Naturais - 1ª Atividade Avaliativa - 1ª Série - FGB.pdf
 
Espectro luminoso
Espectro luminosoEspectro luminoso
Espectro luminoso
 
02 - Introdução aos Números Naturais
02 - Introdução aos Números Naturais02 - Introdução aos Números Naturais
02 - Introdução aos Números Naturais
 
03 - Sistema de Numeração Decimal
03 - Sistema de Numeração Decimal03 - Sistema de Numeração Decimal
03 - Sistema de Numeração Decimal
 
04 - Adição com Números Naturais
04  - Adição com Números Naturais04  - Adição com Números Naturais
04 - Adição com Números Naturais
 
01 - Sistemas de Numeração
01 - Sistemas de Numeração01 - Sistemas de Numeração
01 - Sistemas de Numeração
 
Plano de estudo dirigido 8° ano
Plano de estudo dirigido   8° anoPlano de estudo dirigido   8° ano
Plano de estudo dirigido 8° ano
 
Plano de estudo dirigido 7° ano
Plano de estudo dirigido   7° anoPlano de estudo dirigido   7° ano
Plano de estudo dirigido 7° ano
 
ALGORITMOS DO PASSADO: as diferentes tecnicas de multiplicação
ALGORITMOS DO PASSADO: as diferentes tecnicas de multiplicaçãoALGORITMOS DO PASSADO: as diferentes tecnicas de multiplicação
ALGORITMOS DO PASSADO: as diferentes tecnicas de multiplicação
 
Análise combinatória I - exercícios - AP 19
Análise combinatória I - exercícios - AP 19Análise combinatória I - exercícios - AP 19
Análise combinatória I - exercícios - AP 19
 
Probabilidade I - exercícios - AP 21
Probabilidade I - exercícios - AP 21Probabilidade I - exercícios - AP 21
Probabilidade I - exercícios - AP 21
 
Análise combinatória II - exercícios - AP 20
Análise combinatória II - exercícios - AP 20 Análise combinatória II - exercícios - AP 20
Análise combinatória II - exercícios - AP 20
 
Geometria III - habilidade 8 e 9 - AP 18
Geometria III - habilidade 8 e  9 - AP 18Geometria III - habilidade 8 e  9 - AP 18
Geometria III - habilidade 8 e 9 - AP 18
 
Geometria II - habilidade 8 da matriz ENEM - AP 17
Geometria II - habilidade 8 da matriz ENEM - AP 17Geometria II - habilidade 8 da matriz ENEM - AP 17
Geometria II - habilidade 8 da matriz ENEM - AP 17
 
Geometria I - habilidade 6 e 7 da matriz ENEM - AP 16
Geometria I - habilidade 6 e 7 da matriz ENEM - AP 16Geometria I - habilidade 6 e 7 da matriz ENEM - AP 16
Geometria I - habilidade 6 e 7 da matriz ENEM - AP 16
 
Função exponencial - definições e exercícios - AP 13
Função exponencial - definições e exercícios - AP 13Função exponencial - definições e exercícios - AP 13
Função exponencial - definições e exercícios - AP 13
 
Sequências - pa e pg - definições e exercícios - AP 15
Sequências - pa e pg - definições e exercícios - AP 15Sequências - pa e pg - definições e exercícios - AP 15
Sequências - pa e pg - definições e exercícios - AP 15
 
Função logarítmica - definições propriedades e exercícios - AP 14
Função logarítmica - definições propriedades e exercícios - AP 14Função logarítmica - definições propriedades e exercícios - AP 14
Função logarítmica - definições propriedades e exercícios - AP 14
 
Função quadrática - definições e exercícios - AP 12
Função quadrática - definições e exercícios - AP 12Função quadrática - definições e exercícios - AP 12
Função quadrática - definições e exercícios - AP 12
 
Teoria dos conjuntos - definições e exercícios - AP 10
Teoria dos conjuntos - definições e exercícios - AP 10Teoria dos conjuntos - definições e exercícios - AP 10
Teoria dos conjuntos - definições e exercícios - AP 10
 

Último

Dança Contemporânea na arte da dança primeira parte
Dança Contemporânea na arte da dança primeira parteDança Contemporânea na arte da dança primeira parte
Dança Contemporânea na arte da dança primeira partecoletivoddois
 
v19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbb
v19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbv19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbb
v19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbyasminlarissa371
 
Gametogênese, formação dos gametas masculino e feminino
Gametogênese, formação dos gametas masculino e femininoGametogênese, formação dos gametas masculino e feminino
Gametogênese, formação dos gametas masculino e femininoCelianeOliveira8
 
EVANGELISMO É MISSÕES ATUALIZADO 2024.pptx
EVANGELISMO É MISSÕES ATUALIZADO 2024.pptxEVANGELISMO É MISSÕES ATUALIZADO 2024.pptx
EVANGELISMO É MISSÕES ATUALIZADO 2024.pptxHenriqueLuciano2
 
Apresentação sobre o Combate a Dengue 2024
Apresentação sobre o Combate a Dengue 2024Apresentação sobre o Combate a Dengue 2024
Apresentação sobre o Combate a Dengue 2024GleyceMoreiraXWeslle
 
Slides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptx
Slides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptxSlides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptx
Slides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptxLuizHenriquedeAlmeid6
 
POETAS CONTEMPORANEOS_TEMATICAS_explicacao.pptx
POETAS CONTEMPORANEOS_TEMATICAS_explicacao.pptxPOETAS CONTEMPORANEOS_TEMATICAS_explicacao.pptx
POETAS CONTEMPORANEOS_TEMATICAS_explicacao.pptxJMTCS
 
parte indígena.pptxzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzz
parte indígena.pptxzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzparte indígena.pptxzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzz
parte indígena.pptxzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzAlexandrePereira818171
 
Junto ao poço estava eu Quando um homem judeu Viu a sede que havia em mim
Junto ao poço estava eu Quando um homem judeu Viu a sede que havia em mimJunto ao poço estava eu Quando um homem judeu Viu a sede que havia em mim
Junto ao poço estava eu Quando um homem judeu Viu a sede que havia em mimWashingtonSampaio5
 
organizaao-do-clube-de-lideres-ctd-aamar_compress.pdf
organizaao-do-clube-de-lideres-ctd-aamar_compress.pdforganizaao-do-clube-de-lideres-ctd-aamar_compress.pdf
organizaao-do-clube-de-lideres-ctd-aamar_compress.pdfCarlosRodrigues832670
 
A Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão Linguística
A Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão LinguísticaA Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão Linguística
A Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão LinguísticaFernanda Ledesma
 
LIVRO A BELA BORBOLETA. Ziraldo e Zélio.
LIVRO A BELA BORBOLETA. Ziraldo e Zélio.LIVRO A BELA BORBOLETA. Ziraldo e Zélio.
LIVRO A BELA BORBOLETA. Ziraldo e Zélio.HildegardeAngel
 
DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...
DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...
DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...Martin M Flynn
 
Minha Luta (Mein Kampf), A História do País que Lutou contra a União Soviétic...
Minha Luta (Mein Kampf), A História do País que Lutou contra a União Soviétic...Minha Luta (Mein Kampf), A História do País que Lutou contra a União Soviétic...
Minha Luta (Mein Kampf), A História do País que Lutou contra a União Soviétic...nexocan937
 
TREINAMENTO - BOAS PRATICAS DE HIGIENE NA COZINHA.ppt
TREINAMENTO - BOAS PRATICAS DE HIGIENE NA COZINHA.pptTREINAMENTO - BOAS PRATICAS DE HIGIENE NA COZINHA.ppt
TREINAMENTO - BOAS PRATICAS DE HIGIENE NA COZINHA.pptAlineSilvaPotuk
 
Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...
Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...
Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...LuizHenriquedeAlmeid6
 
AULA-06---DIZIMA-PERIODICA_9fdc896dbd1d4cce85a9fbd2e670e62f.pptx
AULA-06---DIZIMA-PERIODICA_9fdc896dbd1d4cce85a9fbd2e670e62f.pptxAULA-06---DIZIMA-PERIODICA_9fdc896dbd1d4cce85a9fbd2e670e62f.pptx
AULA-06---DIZIMA-PERIODICA_9fdc896dbd1d4cce85a9fbd2e670e62f.pptxGislaineDuresCruz
 
Mini livro sanfona - Diga não ao bullying
Mini livro sanfona - Diga não ao  bullyingMini livro sanfona - Diga não ao  bullying
Mini livro sanfona - Diga não ao bullyingMary Alvarenga
 
6°ano Uso de pontuação e acentuação.pptx
6°ano Uso de pontuação e acentuação.pptx6°ano Uso de pontuação e acentuação.pptx
6°ano Uso de pontuação e acentuação.pptxErivaldoLima15
 

Último (20)

Dança Contemporânea na arte da dança primeira parte
Dança Contemporânea na arte da dança primeira parteDança Contemporânea na arte da dança primeira parte
Dança Contemporânea na arte da dança primeira parte
 
v19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbb
v19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbv19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbb
v19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbb
 
“O AMANHÃ EXIGE O MELHOR DE HOJE” _
“O AMANHÃ EXIGE O MELHOR DE HOJE”       _“O AMANHÃ EXIGE O MELHOR DE HOJE”       _
“O AMANHÃ EXIGE O MELHOR DE HOJE” _
 
Gametogênese, formação dos gametas masculino e feminino
Gametogênese, formação dos gametas masculino e femininoGametogênese, formação dos gametas masculino e feminino
Gametogênese, formação dos gametas masculino e feminino
 
EVANGELISMO É MISSÕES ATUALIZADO 2024.pptx
EVANGELISMO É MISSÕES ATUALIZADO 2024.pptxEVANGELISMO É MISSÕES ATUALIZADO 2024.pptx
EVANGELISMO É MISSÕES ATUALIZADO 2024.pptx
 
Apresentação sobre o Combate a Dengue 2024
Apresentação sobre o Combate a Dengue 2024Apresentação sobre o Combate a Dengue 2024
Apresentação sobre o Combate a Dengue 2024
 
Slides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptx
Slides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptxSlides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptx
Slides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptx
 
POETAS CONTEMPORANEOS_TEMATICAS_explicacao.pptx
POETAS CONTEMPORANEOS_TEMATICAS_explicacao.pptxPOETAS CONTEMPORANEOS_TEMATICAS_explicacao.pptx
POETAS CONTEMPORANEOS_TEMATICAS_explicacao.pptx
 
parte indígena.pptxzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzz
parte indígena.pptxzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzparte indígena.pptxzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzz
parte indígena.pptxzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzz
 
Junto ao poço estava eu Quando um homem judeu Viu a sede que havia em mim
Junto ao poço estava eu Quando um homem judeu Viu a sede que havia em mimJunto ao poço estava eu Quando um homem judeu Viu a sede que havia em mim
Junto ao poço estava eu Quando um homem judeu Viu a sede que havia em mim
 
organizaao-do-clube-de-lideres-ctd-aamar_compress.pdf
organizaao-do-clube-de-lideres-ctd-aamar_compress.pdforganizaao-do-clube-de-lideres-ctd-aamar_compress.pdf
organizaao-do-clube-de-lideres-ctd-aamar_compress.pdf
 
A Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão Linguística
A Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão LinguísticaA Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão Linguística
A Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão Linguística
 
LIVRO A BELA BORBOLETA. Ziraldo e Zélio.
LIVRO A BELA BORBOLETA. Ziraldo e Zélio.LIVRO A BELA BORBOLETA. Ziraldo e Zélio.
LIVRO A BELA BORBOLETA. Ziraldo e Zélio.
 
DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...
DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...
DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...
 
Minha Luta (Mein Kampf), A História do País que Lutou contra a União Soviétic...
Minha Luta (Mein Kampf), A História do País que Lutou contra a União Soviétic...Minha Luta (Mein Kampf), A História do País que Lutou contra a União Soviétic...
Minha Luta (Mein Kampf), A História do País que Lutou contra a União Soviétic...
 
TREINAMENTO - BOAS PRATICAS DE HIGIENE NA COZINHA.ppt
TREINAMENTO - BOAS PRATICAS DE HIGIENE NA COZINHA.pptTREINAMENTO - BOAS PRATICAS DE HIGIENE NA COZINHA.ppt
TREINAMENTO - BOAS PRATICAS DE HIGIENE NA COZINHA.ppt
 
Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...
Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...
Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...
 
AULA-06---DIZIMA-PERIODICA_9fdc896dbd1d4cce85a9fbd2e670e62f.pptx
AULA-06---DIZIMA-PERIODICA_9fdc896dbd1d4cce85a9fbd2e670e62f.pptxAULA-06---DIZIMA-PERIODICA_9fdc896dbd1d4cce85a9fbd2e670e62f.pptx
AULA-06---DIZIMA-PERIODICA_9fdc896dbd1d4cce85a9fbd2e670e62f.pptx
 
Mini livro sanfona - Diga não ao bullying
Mini livro sanfona - Diga não ao  bullyingMini livro sanfona - Diga não ao  bullying
Mini livro sanfona - Diga não ao bullying
 
6°ano Uso de pontuação e acentuação.pptx
6°ano Uso de pontuação e acentuação.pptx6°ano Uso de pontuação e acentuação.pptx
6°ano Uso de pontuação e acentuação.pptx
 

Proporcionalidade - AP 06

  • 1. Proporcionalidade 06 1. GRANDEZAS DIRETAMENTE PROPORCIONAIS Duas grandezas são diretamente proporcionais se: quando o valor de uma dobra, triplica ou é reduzido à metade, o valor da outra também dobra, triplica ou é reduzido à metade, e assim por diante. Exemplo 1: A quantidade de fotocópias e o preço pago pelo serviço. Quanto maior a quantidade de fotocópias, maior o valor à pagar. 2. NÚMEROS DIRETAMENTE PROPORCIONAIS Duas sucessões de números são denominadas diretamente proporcionais ou, apenas, proporcionais, quando a razão entre um número qualquer da primeira e seu correspondente na segunda é constante. Dizemos que os números 𝒂, 𝒄 e 𝒆 são diretamente proporcionais aos números 𝒃, 𝒅 e 𝒇. 3. GRANDEZAS INVERSAMENTE PROPORCIONAIS Duas grandezas são diretamente proporcionais se: quando o valor de uma dobra, triplica ou é reduzido à metade, o valor da outra também dobra, triplica ou é reduzido à metade, e assim por diante. Exemplo 2: A vazão de uma torneira e o tempo que se leva para encher um balde. Quanto maior a vazão, menor o tempo gasto para encher o balde. 4. NÚMEROS INVERSAMENTE PROPORCIONAIS Duas sucessões são denominadas inversamente proporcionais, quando o produto de dois termos correspondentes é constante. Dizemos que os números 𝒂, 𝒄 e 𝒆 são inversamente proporcionais aos números 𝒃, 𝒅 e 𝒇. EXERCÍCIO 1. Dona Raimunda é costureira. Ela está fazendo bermudas encomendadas por uma instituição. Com 1,40 m de tecido, ela faz duas bermudas. Para fazer 12 bermudas, de quantos metros de tecido dona Raimunda precisa? 2. Dona Maria está vendendo na feira saquinhos com 3 maças ao preço de R$ 5,00. Antônio é dono de uma confeitaria e vai precisar de 30 maças para fazer algumas tortas. Quanto Antônio vai gastar comprando de dona Maria as maças de que necessita? 3. Para percorrer 310 km, o carro de Afonso gastou 25 L de gasolina. Nas mesmas condições, quantos quilômetros ele percorrerá com 50 L? 4. Para ir da cidade A à cidade B de bicicleta, Ricardo, a uma velocidade média de 15 km/h em sua bicicleta, leva 120 minutos. Sendo assim, responda. a) Qual a distância entre as duas cidades citadas? b) Qual seria o tempo gasto para fazer esse percurso se a velocidade média fosse de 45 km/h? c) Qual deveria ser a velocidade para fazer o percurso em 30 minutos? 5. Uma torneira que despeja 15 litros de água por minuto (L/min) enche uma piscina em 2 horas. Se essa torneira despejasse 30 L/min, em quanto tempo encheria essa mesma piscina? 6. Calcule x, sabendo que 6 e x são valores correspondentes a duas grandezas diretamente proporcionais e que o coeficiente de proporcionalidade, nessa ordem, é 1 2 3 . 8. Responda as questões relacionadas a velocidade média. a) Qual a velocidade média em km/h de um jipe que percorre 342 km em 4 horas? b) Qual a velocidade média em m/min de um ciclista que percorre 1800 m em 5 minutos? c) Quanto tempo gasta uma caminhonete para percorrer 340 km com uma velocidade média de 85 km/h? d) Um corredor percorreu 500 m em 3 minutos. Qual foi sua velocidade média em km/h? 9. Verifique se os números 9, 15, 21 e 6 são ou não diretamente proporcionais aos números 6, 10, 14 e 4, respectivamente. 10. Os números 6, 10, 18 e 30 são diretamente proporcionais aos números de outra sequência e o fator ou coeficiente de proporcionalidade é 2. Quais são os números correspondentes dessa outra sequência? 11. Determine os valores de x e y nas seguintes sequencias de números diretamente proporcionais: 3, 4, 8 e 15, x, y 12. Verifique se os números 9, 6 e 2 são ou não inversamente proporcionais aos números 4, 6 e 18, respectivamente. 13. Os números 4, x, 24 e 6, nessa ordem, são inversamente proporcionais aos números y, 3, z e 8, respectivamente. Determine o valor de x, y e z. 14. Divida o número 125 em partes diretamente proporcionais a 5, 7 e 13. 15. Divida o número 72 em partes diretamente proporcionais a 1/6, 1/3 e 1/2. 16. O pai de André (de 2 anos), Maria (de 4 anos) e Renato (de 6 anos) resolveu distribuir 48 biscoitos entre eles, mas de modo que as quantidades fossem diretamente proporcionais às idades. Assim, quantos biscoitos receberá cada filho? 17. Dois amigos dividiram a conta do restaurante proporcionalmente ao que cada um consumiu. Se a conta foi de 28 reais e o consumo de um foi o triplo do outro, quanto cada um pagou?