SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 4
Baixar para ler offline
Atividade de Matemática 
7º ano do Ensino fundamental - Prof.: Adriano Augusto Quirino 
Assunto: Razão. 
Razão 
Ao preparar o suco para o lanche , minha mãe dilui 1 copo de suco concentrado em 6 
copos de água. 
Com 2 copos de suco concentrado diluídos em 12 copos de água, ela poderia preparar 
o dobro de suco. Com 3 copos de suco concentrado diluídos em 18 copos de água, ela 
poderia preparar o triplo e assim por diante. 
Para facilitar o trabalho vamos organizar esses dados na seguinte tabela: 
Quantidade de copos de suco concentrado 1 2 3 5 7 10 
Quantidade de copos de água 6 12 18 30 45 60 
Observe que existe uma relação entre a quantidade de copos de suco concentrado e a 
quantidade de copos de água, pois dobrando o número de copos de suco concentrado o 
número de copos de água também dobra; triplicando a quantidade de copos de suco 
concentrado a quantidade de copos de água também triplica. 
Essa comparação entre o número de copos de suco concentrado e os de copos de 
água é chamada razão. 
A razão de 1 copo de suco concentrado para 6 copos de água pode ser representada 
por 16 
ou 1: 6 e se lê: “ 1 está para 6” ou simplesmente “ 1 para 6”. 
Veja outros exemplos: 
I) A quantidade de cloro recomendada para o 
tratamento da água de piscinas é 1 grama para 
cada 100 litros de água. Com essa informação 
podemos construir a tabela a seguir. 
Cloro (g) Água (l) 
1 100 
2 200 
3 300 
10 1000 
50 5000 
Podemos notar que a quantidade de água 
varia de acordo com a quantidade de água: 1 
grama de cloro para 100 litros de água; 2 
gramas de cloro para 200 litros de água e 
etc. Utilizando razões para representar as 
informações desse quadro, temos: 
Dizemos simplesmente 1 grama de cloro 
esta para 100 litros de água ou 
simplesmente 1 está para 100 
II) Uma pesquisa realizada com 150 pessoas para conhecer qual é o canal de televisão 
preferido pelo público mostrou que 90 delas tinham a preferencia pelo canal DNN. A razão 
entre o número de pessoas que preferem o canal DNN e o número de pessoas entrevistadas é 
indicada pela razão 90 
150 que simplificada, resulta em 35 
. A razão também pode ser 
representada por 3 : 5 ( lê-se “3 está para 5”) ela indica que, de cada 5 pessoas entrevistadas, 
3 têm preferência pelo canal DNN. 
Percebeu a utilidade das razões em matemática? Elas servem para comparar duas 
1 
1 
100= 2 
200= 3 
100= 10 
1000= 50 
5000
xy 
grandezas. A razão entre os números x e y, nesta ordem, com y≠0 , pode ser indicada pela 
fração ou pelo quociente x : y. 
Exercícios 
43 
1) Escreva em 59 
45 
seu caderno a razão entre os números 20 e 30, nessa ordem. 
2) Agora escreva a razão entre os números na ordem inversa, ou seja, entre 30 e 20. 
3) Represente a razão entre o primeiro e o segundo número, nos seguintes casos: 
a)6 e 8. b)10 e 15 c) 3 e d) e e) 2,4 e 3,6 
4) Numa classe há 20 alunos e 25 alunas. Encontre a razão entre: 
a) O número de alunos e o número de alunas. 
b) O número de alunas e o número de alunos. 
c) O número de alunos e o total de alunos da classe. 
d) O número de alunas e o total de alunos da classe. 
5) Complete a tabela e em seguida responda ou que se pede. 
x 1 2 3 5 
y 5 10 20 200 
a) Qual é a razão entre x e y? 
b) Qual é o valor de y quando x vale 3? 
c)Qual é o valor de x quando y vale 20? 
d)Qual é o valor de y quando x vale 5? 
e) Qual é o valor de x quando y vale 200? 
6) Numa prova de matemática, um aluno acertou 20 questões e errou 5. Escreva em seu 
caderno a razão entre: 
a) O número de acertos e o número de questões. 
b) O número de acertos e o número de erros. 
c) O número de erros e o número de acertos 
d) O número de erros e o número de questões. 
e) Quanto dá a soma dos resultados obtidos nas letras a e d? 
Outras Razões 
Existem razões que recebem nomes especiais devido sua importância quando 
aplicadas em outras áreas do conhecimento, entre elas: densidade demográfica, velocidade 
média, escala e porcentagem. 
Densidade demográfica: 
Também conhecida como população relativa é a razão entre o número de habitantes de 
uma localidade e a sua área em quilômetros quadrados ( km2). 
Representando a densidade demográfica por Dd, temos: 
2 
Dd=numero de habitantes 
área territorial
Por exemplo, a população de Belo Horizonte era de 2.479.175 habitantes, em 2013, 
vivendo no município cuja área é de 331 km2. 
Podemos então calcular a densidade demográfica de nossa cidade: 
Velocidade Média 
É a razão entre a distância percorrida por um móvel (automóvel, avião, bicicleta, etc) e o 
tempo gasto nesse deslocamento, ou seja: 
Por exemplo, se um avião percorreu uma distância de 900 km em 3horas, temos: 
e 
Escala 
É a razão entre uma medida linear no mapa (por exemplo 1cm) e a medida real 
( também em cm). 
Por exemplo, vemos diretamente no mapa abaixo a escala usada. Mas é possível 
determiná-la a partir da informação gráfica padrão informada nos mapas que ampliamos a 
seguir: 
Ela nos informa que cada 1cm 
linear no mapa representa 1,2 km na 
realidade. 
Entretanto, para determinarmos a 
escala, precisamos expressar o 
numerador e o denominador da razão 
numa mesma unidade de medida. Assim 
devemos converter o último valor e 
expressá-lo na mesma unidade de 
medida: 1,2 km = 1.200.000 cm. Agora 
podemos determinar a escala: 
Escala 1: 1.200.000 
3 
Dd=2479175 
331 =7489,95 hab/km2 
Velocidademédia=distância percorrida 
tempo gasto 
Vm=dt 
Vm=900 km 
3h =300km/ h 
Escala=medida nomapa 
medida real 
0 1,2 2,4 
Escala= 1 
1.200.000 
3,6 km 
Escala=medida nomapa 
medida real = 1cm 
1.200.000 cm
Porcentagem 
É uma razão que compara grandezas de mesma natureza. Por exemplo, em uma turma 
de 35 alunos 14 são do sexo masculino. Os alunos representam que porcentagem do total de 
alunos da turma? 
Percentual de meninos na turma=número de meninos na turma 
total de alunos 
Percentual de meninos na turma=14 
35 
Percentual de meninos na turma=25 
=0,4 ou 40% 
Assim, 40% dos alunos da turma são do sexo masculino. 
Probabilidade 
É uma razão que nos indica se as chances de um evento ocorrer são grandes ou 
pequenas. A probabilidade de um evento ocorrer pode ser calculada pela razão: 
Probabilidade=número de casos favoráveis à ocorrência doevento 
número de casos possíveis 
Por exemplo, em uma caixa existem bolas numeradas de 1 a 10. A probabilidade de, 
sorteando-se uma bola ao acaso, ela ser a de número múltiplo de 5 é: 
Probabilidade ocorrência de ummúltiplo de5=número de múltiplos de5 dentre osnúmeros de 1 a 10 
total de números de1 a 10 
Probabilidade ocorrência de ummúltiplo de5= 2 
10 
ou 
Probabilidade ocorrência de ummúltiplo de5=15 
Exercícios: 
1) Expresse cada situação com uma razão: 
a) No campeonato brasileiro, série z, o Venda Nova Futebol Clube venceu 8 dos 15 jogos 
que disputou. 
b) Em uma receita de torta são necessários 60g de açúcar para cada 1000 g de farinha. 
c) Um carro popular percorre 12 km com 1litro de combustível . 
d) Em uma loja, um vendedor recebe R$ 3,00 de comissão para cada R$ 80,00 em 
mercadorias vendidas. 
e) Márcia escreveu 10 carta para concorrer num sorteio em que o total de cartas enviadas 
foi de 500 cartas. 
2) A população de Brasília (DF) é uma das que mais cresceram no Brasil nos últimos anos. De 
2007 a 2010 a população desse município, que tem 5.788 km2 de área territorial, passou de 
2.455.903 para 2.570.160 habitantes. Qual era a densidade demográfica de Brasília em 2007? 
E em 2010? 
4

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Trabalho de estatistica
Trabalho de estatisticaTrabalho de estatistica
Trabalho de estatisticabrenoweb
 
Anpad fev 2007-rq_resolvida
Anpad fev 2007-rq_resolvidaAnpad fev 2007-rq_resolvida
Anpad fev 2007-rq_resolvidaAndre Somar
 
(Apostila%20 raz%c3%a3o-propor%c3%a7%c3%a3o-porcentagem-juros)
(Apostila%20 raz%c3%a3o-propor%c3%a7%c3%a3o-porcentagem-juros)(Apostila%20 raz%c3%a3o-propor%c3%a7%c3%a3o-porcentagem-juros)
(Apostila%20 raz%c3%a3o-propor%c3%a7%c3%a3o-porcentagem-juros)Dickson Santos
 
1eja f 28 cópias frente e verso
1eja f   28 cópias frente e verso1eja f   28 cópias frente e verso
1eja f 28 cópias frente e versoOtávio Sales
 
RazãO E ProporçãO
RazãO  E ProporçãORazãO  E ProporçãO
RazãO E ProporçãOAri_Avilez
 
Cadernao 01 enem_pdf
Cadernao 01 enem_pdfCadernao 01 enem_pdf
Cadernao 01 enem_pdfqcavalcante
 
Pmsp vunesp 2017
Pmsp vunesp 2017Pmsp vunesp 2017
Pmsp vunesp 2017Arthur Lima
 
Tipos de questão de rlm artigo 01 - com gabarito
Tipos de questão de rlm   artigo 01 - com gabaritoTipos de questão de rlm   artigo 01 - com gabarito
Tipos de questão de rlm artigo 01 - com gabaritoArthur Lima
 
Fcc detran ma 2018
Fcc detran ma 2018Fcc detran ma 2018
Fcc detran ma 2018Arthur Lima
 
36489696 solucao-da-prova-de-rq-anpad-2009-junho
36489696 solucao-da-prova-de-rq-anpad-2009-junho36489696 solucao-da-prova-de-rq-anpad-2009-junho
36489696 solucao-da-prova-de-rq-anpad-2009-junhoAndre Somar
 
Pmsp vunesp 2017
Pmsp vunesp 2017Pmsp vunesp 2017
Pmsp vunesp 2017Arthur Lima
 
Matemática por assunto
Matemática por assuntoMatemática por assunto
Matemática por assuntoJota Sousa
 
Lista de estatistica
Lista de estatisticaLista de estatistica
Lista de estatisticaBriefCase
 

Mais procurados (20)

Médias
MédiasMédias
Médias
 
Trabalho de estatistica
Trabalho de estatisticaTrabalho de estatistica
Trabalho de estatistica
 
Estatística lista 2
Estatística lista 2Estatística lista 2
Estatística lista 2
 
Anpad fev 2007-rq_resolvida
Anpad fev 2007-rq_resolvidaAnpad fev 2007-rq_resolvida
Anpad fev 2007-rq_resolvida
 
(Apostila%20 raz%c3%a3o-propor%c3%a7%c3%a3o-porcentagem-juros)
(Apostila%20 raz%c3%a3o-propor%c3%a7%c3%a3o-porcentagem-juros)(Apostila%20 raz%c3%a3o-propor%c3%a7%c3%a3o-porcentagem-juros)
(Apostila%20 raz%c3%a3o-propor%c3%a7%c3%a3o-porcentagem-juros)
 
1eja f 28 cópias frente e verso
1eja f   28 cópias frente e verso1eja f   28 cópias frente e verso
1eja f 28 cópias frente e verso
 
RazãO E ProporçãO
RazãO  E ProporçãORazãO  E ProporçãO
RazãO E ProporçãO
 
Razao e-proporcao
Razao e-proporcaoRazao e-proporcao
Razao e-proporcao
 
Cadernao 01 enem_pdf
Cadernao 01 enem_pdfCadernao 01 enem_pdf
Cadernao 01 enem_pdf
 
Pmsp vunesp 2017
Pmsp vunesp 2017Pmsp vunesp 2017
Pmsp vunesp 2017
 
C1 ita mod1a4 alu
C1 ita mod1a4 aluC1 ita mod1a4 alu
C1 ita mod1a4 alu
 
Tipos de questão de rlm artigo 01 - com gabarito
Tipos de questão de rlm   artigo 01 - com gabaritoTipos de questão de rlm   artigo 01 - com gabarito
Tipos de questão de rlm artigo 01 - com gabarito
 
Fcc detran ma 2018
Fcc detran ma 2018Fcc detran ma 2018
Fcc detran ma 2018
 
7o ano r9
7o ano r97o ano r9
7o ano r9
 
Matemática
MatemáticaMatemática
Matemática
 
36489696 solucao-da-prova-de-rq-anpad-2009-junho
36489696 solucao-da-prova-de-rq-anpad-2009-junho36489696 solucao-da-prova-de-rq-anpad-2009-junho
36489696 solucao-da-prova-de-rq-anpad-2009-junho
 
Uerj 2014 comentada
Uerj 2014 comentadaUerj 2014 comentada
Uerj 2014 comentada
 
Pmsp vunesp 2017
Pmsp vunesp 2017Pmsp vunesp 2017
Pmsp vunesp 2017
 
Matemática por assunto
Matemática por assuntoMatemática por assunto
Matemática por assunto
 
Lista de estatistica
Lista de estatisticaLista de estatistica
Lista de estatistica
 

Destaque

Operações com números positivos e negativos. adição e subtração.
Operações com números positivos e negativos. adição e subtração.Operações com números positivos e negativos. adição e subtração.
Operações com números positivos e negativos. adição e subtração.Adriano Augusto
 
Números positivos e negativos. apresentação e aplicações
Números positivos e negativos. apresentação e aplicaçõesNúmeros positivos e negativos. apresentação e aplicações
Números positivos e negativos. apresentação e aplicaçõesAdriano Augusto
 
REGRA DOS SINAIS PARA NÚMEROS NEGATIVOS
REGRA DOS SINAIS PARA NÚMEROS NEGATIVOSREGRA DOS SINAIS PARA NÚMEROS NEGATIVOS
REGRA DOS SINAIS PARA NÚMEROS NEGATIVOSJonasblog
 
Regra de sinais da matemática
Regra de sinais da matemáticaRegra de sinais da matemática
Regra de sinais da matemáticaEdiclei Oliveira
 
Tayler thissen sides
Tayler thissen sidesTayler thissen sides
Tayler thissen sidesAlice Keeler
 
1ª lista de exercícios(razão e proporção) 9º ano ilton bruno
1ª lista de exercícios(razão e proporção) 9º ano   ilton bruno1ª lista de exercícios(razão e proporção) 9º ano   ilton bruno
1ª lista de exercícios(razão e proporção) 9º ano ilton brunoIlton Bruno
 
Comparação de números positivos e negativos
Comparação de números positivos e negativosComparação de números positivos e negativos
Comparação de números positivos e negativosProf. Materaldo
 
Números negativos
Números negativosNúmeros negativos
Números negativosleilamaluf
 
Idéia de números negativos e positivos
Idéia de números negativos e positivosIdéia de números negativos e positivos
Idéia de números negativos e positivosyanlucas
 
A Guide to SlideShare Analytics - Excerpts from Hubspot's Step by Step Guide ...
A Guide to SlideShare Analytics - Excerpts from Hubspot's Step by Step Guide ...A Guide to SlideShare Analytics - Excerpts from Hubspot's Step by Step Guide ...
A Guide to SlideShare Analytics - Excerpts from Hubspot's Step by Step Guide ...SlideShare
 

Destaque (11)

Operações com números positivos e negativos. adição e subtração.
Operações com números positivos e negativos. adição e subtração.Operações com números positivos e negativos. adição e subtração.
Operações com números positivos e negativos. adição e subtração.
 
Números positivos e negativos. apresentação e aplicações
Números positivos e negativos. apresentação e aplicaçõesNúmeros positivos e negativos. apresentação e aplicações
Números positivos e negativos. apresentação e aplicações
 
REGRA DOS SINAIS PARA NÚMEROS NEGATIVOS
REGRA DOS SINAIS PARA NÚMEROS NEGATIVOSREGRA DOS SINAIS PARA NÚMEROS NEGATIVOS
REGRA DOS SINAIS PARA NÚMEROS NEGATIVOS
 
Regra de sinais da matemática
Regra de sinais da matemáticaRegra de sinais da matemática
Regra de sinais da matemática
 
Tayler thissen sides
Tayler thissen sidesTayler thissen sides
Tayler thissen sides
 
1ª lista de exercícios(razão e proporção) 9º ano ilton bruno
1ª lista de exercícios(razão e proporção) 9º ano   ilton bruno1ª lista de exercícios(razão e proporção) 9º ano   ilton bruno
1ª lista de exercícios(razão e proporção) 9º ano ilton bruno
 
Comparação de números positivos e negativos
Comparação de números positivos e negativosComparação de números positivos e negativos
Comparação de números positivos e negativos
 
Números negativos
Números negativosNúmeros negativos
Números negativos
 
Idéia de números negativos e positivos
Idéia de números negativos e positivosIdéia de números negativos e positivos
Idéia de números negativos e positivos
 
Números inteiros
Números inteirosNúmeros inteiros
Números inteiros
 
A Guide to SlideShare Analytics - Excerpts from Hubspot's Step by Step Guide ...
A Guide to SlideShare Analytics - Excerpts from Hubspot's Step by Step Guide ...A Guide to SlideShare Analytics - Excerpts from Hubspot's Step by Step Guide ...
A Guide to SlideShare Analytics - Excerpts from Hubspot's Step by Step Guide ...
 

Semelhante a Razões e Proporções

Mat razoes e proporcoes 002
Mat razoes e proporcoes  002Mat razoes e proporcoes  002
Mat razoes e proporcoes 002trigono_metria
 
Exercicios 7 ano
Exercicios 7 anoExercicios 7 ano
Exercicios 7 anonilsonmb
 
Jose americo tarefa 1 plano de trabalho 1 9ª serie ef 1º bim 13
Jose americo tarefa 1 plano de trabalho 1 9ª serie ef 1º bim 13Jose americo tarefa 1 plano de trabalho 1 9ª serie ef 1º bim 13
Jose americo tarefa 1 plano de trabalho 1 9ª serie ef 1º bim 13José Américo Santos
 
C.A AULA 3 Razão, proporção e Regra de três simples .pptx
C.A AULA 3 Razão, proporção e Regra de três simples .pptxC.A AULA 3 Razão, proporção e Regra de três simples .pptx
C.A AULA 3 Razão, proporção e Regra de três simples .pptxARLANFERREIRANUNES
 
Jose americo tarefa 1 plano de trabalho 1 9ª serie ef 1º bim 13
Jose americo tarefa 1 plano de trabalho 1 9ª serie ef 1º bim 13Jose americo tarefa 1 plano de trabalho 1 9ª serie ef 1º bim 13
Jose americo tarefa 1 plano de trabalho 1 9ª serie ef 1º bim 13José Américo Santos
 
Jose americo tarefa 1 plano de trabalho 1 9ª serie ef 1º bim 13
Jose americo tarefa 1 plano de trabalho 1 9ª serie ef 1º bim 13Jose americo tarefa 1 plano de trabalho 1 9ª serie ef 1º bim 13
Jose americo tarefa 1 plano de trabalho 1 9ª serie ef 1º bim 13José Américo Santos
 
Jose americo tarefa 1 plano de trabalho 1 9ª serie ef 1º bim 13
Jose americo tarefa 1 plano de trabalho 1 9ª serie ef 1º bim 13Jose americo tarefa 1 plano de trabalho 1 9ª serie ef 1º bim 13
Jose americo tarefa 1 plano de trabalho 1 9ª serie ef 1º bim 13José Américo Santos
 
José américo tarefa 1 plano de trabalho sobre números reais e radiciação 1 b ...
José américo tarefa 1 plano de trabalho sobre números reais e radiciação 1 b ...José américo tarefa 1 plano de trabalho sobre números reais e radiciação 1 b ...
José américo tarefa 1 plano de trabalho sobre números reais e radiciação 1 b ...José Américo Santos
 
Razão e Proporção.ppttransformaçõestransformações
Razão e Proporção.ppttransformaçõestransformaçõesRazão e Proporção.ppttransformaçõestransformações
Razão e Proporção.ppttransformaçõestransformaçõesalessandraoliveira324
 
Aulão ENEM Reforenglish.pptx
Aulão ENEM Reforenglish.pptxAulão ENEM Reforenglish.pptx
Aulão ENEM Reforenglish.pptxVinicius Pereira
 
Mat razoes e proporcoes
Mat razoes e proporcoesMat razoes e proporcoes
Mat razoes e proporcoestrigono_metria
 
Revisão ENADE ADMINISTRAÇÃO - Matemática e Matemática Financeira
Revisão ENADE ADMINISTRAÇÃO - Matemática e Matemática FinanceiraRevisão ENADE ADMINISTRAÇÃO - Matemática e Matemática Financeira
Revisão ENADE ADMINISTRAÇÃO - Matemática e Matemática FinanceiraMilton Henrique do Couto Neto
 
Fa4 números e operações estatística
Fa4 números e operações   estatísticaFa4 números e operações   estatística
Fa4 números e operações estatísticasmjvicente
 

Semelhante a Razões e Proporções (20)

Mat razoes e proporcoes 002
Mat razoes e proporcoes  002Mat razoes e proporcoes  002
Mat razoes e proporcoes 002
 
Exercicios 7 ano
Exercicios 7 anoExercicios 7 ano
Exercicios 7 ano
 
Jose americo tarefa 1 plano de trabalho 1 9ª serie ef 1º bim 13
Jose americo tarefa 1 plano de trabalho 1 9ª serie ef 1º bim 13Jose americo tarefa 1 plano de trabalho 1 9ª serie ef 1º bim 13
Jose americo tarefa 1 plano de trabalho 1 9ª serie ef 1º bim 13
 
C.A AULA 3 Razão, proporção e Regra de três simples .pptx
C.A AULA 3 Razão, proporção e Regra de três simples .pptxC.A AULA 3 Razão, proporção e Regra de três simples .pptx
C.A AULA 3 Razão, proporção e Regra de três simples .pptx
 
Jose americo tarefa 1 plano de trabalho 1 9ª serie ef 1º bim 13
Jose americo tarefa 1 plano de trabalho 1 9ª serie ef 1º bim 13Jose americo tarefa 1 plano de trabalho 1 9ª serie ef 1º bim 13
Jose americo tarefa 1 plano de trabalho 1 9ª serie ef 1º bim 13
 
Jose americo tarefa 1 plano de trabalho 1 9ª serie ef 1º bim 13
Jose americo tarefa 1 plano de trabalho 1 9ª serie ef 1º bim 13Jose americo tarefa 1 plano de trabalho 1 9ª serie ef 1º bim 13
Jose americo tarefa 1 plano de trabalho 1 9ª serie ef 1º bim 13
 
Jose americo tarefa 1 plano de trabalho 1 9ª serie ef 1º bim 13
Jose americo tarefa 1 plano de trabalho 1 9ª serie ef 1º bim 13Jose americo tarefa 1 plano de trabalho 1 9ª serie ef 1º bim 13
Jose americo tarefa 1 plano de trabalho 1 9ª serie ef 1º bim 13
 
José américo tarefa 1 plano de trabalho sobre números reais e radiciação 1 b ...
José américo tarefa 1 plano de trabalho sobre números reais e radiciação 1 b ...José américo tarefa 1 plano de trabalho sobre números reais e radiciação 1 b ...
José américo tarefa 1 plano de trabalho sobre números reais e radiciação 1 b ...
 
Razão e Proporção.ppttransformaçõestransformações
Razão e Proporção.ppttransformaçõestransformaçõesRazão e Proporção.ppttransformaçõestransformações
Razão e Proporção.ppttransformaçõestransformações
 
Aulão ENEM Reforenglish.pptx
Aulão ENEM Reforenglish.pptxAulão ENEM Reforenglish.pptx
Aulão ENEM Reforenglish.pptx
 
Mat razoes e proporcoes
Mat razoes e proporcoesMat razoes e proporcoes
Mat razoes e proporcoes
 
Provafiocruz18
Provafiocruz18Provafiocruz18
Provafiocruz18
 
Revisão ENADE ADMINISTRAÇÃO - Matemática e Matemática Financeira
Revisão ENADE ADMINISTRAÇÃO - Matemática e Matemática FinanceiraRevisão ENADE ADMINISTRAÇÃO - Matemática e Matemática Financeira
Revisão ENADE ADMINISTRAÇÃO - Matemática e Matemática Financeira
 
Razão e proporção - AP 05
Razão e proporção - AP 05Razão e proporção - AP 05
Razão e proporção - AP 05
 
Razão e proporção
Razão e proporçãoRazão e proporção
Razão e proporção
 
Obmep3
Obmep3Obmep3
Obmep3
 
Proporcionalidade - AP 06
Proporcionalidade - AP 06Proporcionalidade - AP 06
Proporcionalidade - AP 06
 
Enem 2009 cancelado
Enem 2009 canceladoEnem 2009 cancelado
Enem 2009 cancelado
 
Fa4 números e operações estatística
Fa4 números e operações   estatísticaFa4 números e operações   estatística
Fa4 números e operações estatística
 
8o ano r9
8o ano r98o ano r9
8o ano r9
 

Último

Slide de exemplo sobre o Sítio do Pica Pau Amarelo.pptx
Slide de exemplo sobre o Sítio do Pica Pau Amarelo.pptxSlide de exemplo sobre o Sítio do Pica Pau Amarelo.pptx
Slide de exemplo sobre o Sítio do Pica Pau Amarelo.pptxconcelhovdragons
 
Bingo da potenciação e radiciação de números inteiros
Bingo da potenciação e radiciação de números inteirosBingo da potenciação e radiciação de números inteiros
Bingo da potenciação e radiciação de números inteirosAntnyoAllysson
 
637743470-Mapa-Mental-Portugue-s-1.pdf 4 ano
637743470-Mapa-Mental-Portugue-s-1.pdf 4 ano637743470-Mapa-Mental-Portugue-s-1.pdf 4 ano
637743470-Mapa-Mental-Portugue-s-1.pdf 4 anoAdelmaTorres2
 
Aula 13 8º Ano Cap.04 Revolução Francesa.pptx
Aula 13 8º Ano Cap.04 Revolução Francesa.pptxAula 13 8º Ano Cap.04 Revolução Francesa.pptx
Aula 13 8º Ano Cap.04 Revolução Francesa.pptxBiancaNogueira42
 
Baladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptx
Baladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptxBaladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptx
Baladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptxacaciocarmo1
 
HORA DO CONTO4_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO4_BECRE D. CARLOS I_2023_2024HORA DO CONTO4_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO4_BECRE D. CARLOS I_2023_2024Sandra Pratas
 
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptx
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptxSlides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptx
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptxLuizHenriquedeAlmeid6
 
Currículo escolar na perspectiva da educação inclusiva.pdf
Currículo escolar na perspectiva da educação inclusiva.pdfCurrículo escolar na perspectiva da educação inclusiva.pdf
Currículo escolar na perspectiva da educação inclusiva.pdfIedaGoethe
 
HORA DO CONTO5_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO5_BECRE D. CARLOS I_2023_2024HORA DO CONTO5_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO5_BECRE D. CARLOS I_2023_2024Sandra Pratas
 
VALORES HUMANOS NA DISCIPLINA DE ENSINO RELIGIOSO
VALORES HUMANOS NA DISCIPLINA DE ENSINO RELIGIOSOVALORES HUMANOS NA DISCIPLINA DE ENSINO RELIGIOSO
VALORES HUMANOS NA DISCIPLINA DE ENSINO RELIGIOSOBiatrizGomes1
 
Sociologia Contemporânea - Uma Abordagem dos principais autores
Sociologia Contemporânea - Uma Abordagem dos principais autoresSociologia Contemporânea - Uma Abordagem dos principais autores
Sociologia Contemporânea - Uma Abordagem dos principais autoresaulasgege
 
O Universo Cuckold - Compartilhando a Esposas Com Amigo.pdf
O Universo Cuckold - Compartilhando a Esposas Com Amigo.pdfO Universo Cuckold - Compartilhando a Esposas Com Amigo.pdf
O Universo Cuckold - Compartilhando a Esposas Com Amigo.pdfPastor Robson Colaço
 
PRÉ-MODERNISMO - GUERRA DE CANUDOS E OS SERTÕES
PRÉ-MODERNISMO - GUERRA DE CANUDOS E OS SERTÕESPRÉ-MODERNISMO - GUERRA DE CANUDOS E OS SERTÕES
PRÉ-MODERNISMO - GUERRA DE CANUDOS E OS SERTÕESpatriciasofiacunha18
 
cartilha-pdi-plano-de-desenvolvimento-individual-do-estudante.pdf
cartilha-pdi-plano-de-desenvolvimento-individual-do-estudante.pdfcartilha-pdi-plano-de-desenvolvimento-individual-do-estudante.pdf
cartilha-pdi-plano-de-desenvolvimento-individual-do-estudante.pdfIedaGoethe
 
Programa de Intervenção com Habilidades Motoras
Programa de Intervenção com Habilidades MotorasPrograma de Intervenção com Habilidades Motoras
Programa de Intervenção com Habilidades MotorasCassio Meira Jr.
 
Educação São Paulo centro de mídias da SP
Educação São Paulo centro de mídias da SPEducação São Paulo centro de mídias da SP
Educação São Paulo centro de mídias da SPanandatss1
 
Aula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chave
Aula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chaveAula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chave
Aula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chaveaulasgege
 
HABILIDADES ESSENCIAIS - MATEMÁTICA 4º ANO.pdf
HABILIDADES ESSENCIAIS  - MATEMÁTICA 4º ANO.pdfHABILIDADES ESSENCIAIS  - MATEMÁTICA 4º ANO.pdf
HABILIDADES ESSENCIAIS - MATEMÁTICA 4º ANO.pdfdio7ff
 
O guia definitivo para conquistar a aprovação em concurso público.pdf
O guia definitivo para conquistar a aprovação em concurso público.pdfO guia definitivo para conquistar a aprovação em concurso público.pdf
O guia definitivo para conquistar a aprovação em concurso público.pdfErasmo Portavoz
 

Último (20)

Slide de exemplo sobre o Sítio do Pica Pau Amarelo.pptx
Slide de exemplo sobre o Sítio do Pica Pau Amarelo.pptxSlide de exemplo sobre o Sítio do Pica Pau Amarelo.pptx
Slide de exemplo sobre o Sítio do Pica Pau Amarelo.pptx
 
Bingo da potenciação e radiciação de números inteiros
Bingo da potenciação e radiciação de números inteirosBingo da potenciação e radiciação de números inteiros
Bingo da potenciação e radiciação de números inteiros
 
637743470-Mapa-Mental-Portugue-s-1.pdf 4 ano
637743470-Mapa-Mental-Portugue-s-1.pdf 4 ano637743470-Mapa-Mental-Portugue-s-1.pdf 4 ano
637743470-Mapa-Mental-Portugue-s-1.pdf 4 ano
 
Aula 13 8º Ano Cap.04 Revolução Francesa.pptx
Aula 13 8º Ano Cap.04 Revolução Francesa.pptxAula 13 8º Ano Cap.04 Revolução Francesa.pptx
Aula 13 8º Ano Cap.04 Revolução Francesa.pptx
 
Baladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptx
Baladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptxBaladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptx
Baladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptx
 
HORA DO CONTO4_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO4_BECRE D. CARLOS I_2023_2024HORA DO CONTO4_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO4_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
 
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptx
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptxSlides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptx
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptx
 
Currículo escolar na perspectiva da educação inclusiva.pdf
Currículo escolar na perspectiva da educação inclusiva.pdfCurrículo escolar na perspectiva da educação inclusiva.pdf
Currículo escolar na perspectiva da educação inclusiva.pdf
 
treinamento brigada incendio 2024 no.ppt
treinamento brigada incendio 2024 no.ppttreinamento brigada incendio 2024 no.ppt
treinamento brigada incendio 2024 no.ppt
 
HORA DO CONTO5_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO5_BECRE D. CARLOS I_2023_2024HORA DO CONTO5_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO5_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
 
VALORES HUMANOS NA DISCIPLINA DE ENSINO RELIGIOSO
VALORES HUMANOS NA DISCIPLINA DE ENSINO RELIGIOSOVALORES HUMANOS NA DISCIPLINA DE ENSINO RELIGIOSO
VALORES HUMANOS NA DISCIPLINA DE ENSINO RELIGIOSO
 
Sociologia Contemporânea - Uma Abordagem dos principais autores
Sociologia Contemporânea - Uma Abordagem dos principais autoresSociologia Contemporânea - Uma Abordagem dos principais autores
Sociologia Contemporânea - Uma Abordagem dos principais autores
 
O Universo Cuckold - Compartilhando a Esposas Com Amigo.pdf
O Universo Cuckold - Compartilhando a Esposas Com Amigo.pdfO Universo Cuckold - Compartilhando a Esposas Com Amigo.pdf
O Universo Cuckold - Compartilhando a Esposas Com Amigo.pdf
 
PRÉ-MODERNISMO - GUERRA DE CANUDOS E OS SERTÕES
PRÉ-MODERNISMO - GUERRA DE CANUDOS E OS SERTÕESPRÉ-MODERNISMO - GUERRA DE CANUDOS E OS SERTÕES
PRÉ-MODERNISMO - GUERRA DE CANUDOS E OS SERTÕES
 
cartilha-pdi-plano-de-desenvolvimento-individual-do-estudante.pdf
cartilha-pdi-plano-de-desenvolvimento-individual-do-estudante.pdfcartilha-pdi-plano-de-desenvolvimento-individual-do-estudante.pdf
cartilha-pdi-plano-de-desenvolvimento-individual-do-estudante.pdf
 
Programa de Intervenção com Habilidades Motoras
Programa de Intervenção com Habilidades MotorasPrograma de Intervenção com Habilidades Motoras
Programa de Intervenção com Habilidades Motoras
 
Educação São Paulo centro de mídias da SP
Educação São Paulo centro de mídias da SPEducação São Paulo centro de mídias da SP
Educação São Paulo centro de mídias da SP
 
Aula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chave
Aula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chaveAula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chave
Aula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chave
 
HABILIDADES ESSENCIAIS - MATEMÁTICA 4º ANO.pdf
HABILIDADES ESSENCIAIS  - MATEMÁTICA 4º ANO.pdfHABILIDADES ESSENCIAIS  - MATEMÁTICA 4º ANO.pdf
HABILIDADES ESSENCIAIS - MATEMÁTICA 4º ANO.pdf
 
O guia definitivo para conquistar a aprovação em concurso público.pdf
O guia definitivo para conquistar a aprovação em concurso público.pdfO guia definitivo para conquistar a aprovação em concurso público.pdf
O guia definitivo para conquistar a aprovação em concurso público.pdf
 

Razões e Proporções

  • 1. Atividade de Matemática 7º ano do Ensino fundamental - Prof.: Adriano Augusto Quirino Assunto: Razão. Razão Ao preparar o suco para o lanche , minha mãe dilui 1 copo de suco concentrado em 6 copos de água. Com 2 copos de suco concentrado diluídos em 12 copos de água, ela poderia preparar o dobro de suco. Com 3 copos de suco concentrado diluídos em 18 copos de água, ela poderia preparar o triplo e assim por diante. Para facilitar o trabalho vamos organizar esses dados na seguinte tabela: Quantidade de copos de suco concentrado 1 2 3 5 7 10 Quantidade de copos de água 6 12 18 30 45 60 Observe que existe uma relação entre a quantidade de copos de suco concentrado e a quantidade de copos de água, pois dobrando o número de copos de suco concentrado o número de copos de água também dobra; triplicando a quantidade de copos de suco concentrado a quantidade de copos de água também triplica. Essa comparação entre o número de copos de suco concentrado e os de copos de água é chamada razão. A razão de 1 copo de suco concentrado para 6 copos de água pode ser representada por 16 ou 1: 6 e se lê: “ 1 está para 6” ou simplesmente “ 1 para 6”. Veja outros exemplos: I) A quantidade de cloro recomendada para o tratamento da água de piscinas é 1 grama para cada 100 litros de água. Com essa informação podemos construir a tabela a seguir. Cloro (g) Água (l) 1 100 2 200 3 300 10 1000 50 5000 Podemos notar que a quantidade de água varia de acordo com a quantidade de água: 1 grama de cloro para 100 litros de água; 2 gramas de cloro para 200 litros de água e etc. Utilizando razões para representar as informações desse quadro, temos: Dizemos simplesmente 1 grama de cloro esta para 100 litros de água ou simplesmente 1 está para 100 II) Uma pesquisa realizada com 150 pessoas para conhecer qual é o canal de televisão preferido pelo público mostrou que 90 delas tinham a preferencia pelo canal DNN. A razão entre o número de pessoas que preferem o canal DNN e o número de pessoas entrevistadas é indicada pela razão 90 150 que simplificada, resulta em 35 . A razão também pode ser representada por 3 : 5 ( lê-se “3 está para 5”) ela indica que, de cada 5 pessoas entrevistadas, 3 têm preferência pelo canal DNN. Percebeu a utilidade das razões em matemática? Elas servem para comparar duas 1 1 100= 2 200= 3 100= 10 1000= 50 5000
  • 2. xy grandezas. A razão entre os números x e y, nesta ordem, com y≠0 , pode ser indicada pela fração ou pelo quociente x : y. Exercícios 43 1) Escreva em 59 45 seu caderno a razão entre os números 20 e 30, nessa ordem. 2) Agora escreva a razão entre os números na ordem inversa, ou seja, entre 30 e 20. 3) Represente a razão entre o primeiro e o segundo número, nos seguintes casos: a)6 e 8. b)10 e 15 c) 3 e d) e e) 2,4 e 3,6 4) Numa classe há 20 alunos e 25 alunas. Encontre a razão entre: a) O número de alunos e o número de alunas. b) O número de alunas e o número de alunos. c) O número de alunos e o total de alunos da classe. d) O número de alunas e o total de alunos da classe. 5) Complete a tabela e em seguida responda ou que se pede. x 1 2 3 5 y 5 10 20 200 a) Qual é a razão entre x e y? b) Qual é o valor de y quando x vale 3? c)Qual é o valor de x quando y vale 20? d)Qual é o valor de y quando x vale 5? e) Qual é o valor de x quando y vale 200? 6) Numa prova de matemática, um aluno acertou 20 questões e errou 5. Escreva em seu caderno a razão entre: a) O número de acertos e o número de questões. b) O número de acertos e o número de erros. c) O número de erros e o número de acertos d) O número de erros e o número de questões. e) Quanto dá a soma dos resultados obtidos nas letras a e d? Outras Razões Existem razões que recebem nomes especiais devido sua importância quando aplicadas em outras áreas do conhecimento, entre elas: densidade demográfica, velocidade média, escala e porcentagem. Densidade demográfica: Também conhecida como população relativa é a razão entre o número de habitantes de uma localidade e a sua área em quilômetros quadrados ( km2). Representando a densidade demográfica por Dd, temos: 2 Dd=numero de habitantes área territorial
  • 3. Por exemplo, a população de Belo Horizonte era de 2.479.175 habitantes, em 2013, vivendo no município cuja área é de 331 km2. Podemos então calcular a densidade demográfica de nossa cidade: Velocidade Média É a razão entre a distância percorrida por um móvel (automóvel, avião, bicicleta, etc) e o tempo gasto nesse deslocamento, ou seja: Por exemplo, se um avião percorreu uma distância de 900 km em 3horas, temos: e Escala É a razão entre uma medida linear no mapa (por exemplo 1cm) e a medida real ( também em cm). Por exemplo, vemos diretamente no mapa abaixo a escala usada. Mas é possível determiná-la a partir da informação gráfica padrão informada nos mapas que ampliamos a seguir: Ela nos informa que cada 1cm linear no mapa representa 1,2 km na realidade. Entretanto, para determinarmos a escala, precisamos expressar o numerador e o denominador da razão numa mesma unidade de medida. Assim devemos converter o último valor e expressá-lo na mesma unidade de medida: 1,2 km = 1.200.000 cm. Agora podemos determinar a escala: Escala 1: 1.200.000 3 Dd=2479175 331 =7489,95 hab/km2 Velocidademédia=distância percorrida tempo gasto Vm=dt Vm=900 km 3h =300km/ h Escala=medida nomapa medida real 0 1,2 2,4 Escala= 1 1.200.000 3,6 km Escala=medida nomapa medida real = 1cm 1.200.000 cm
  • 4. Porcentagem É uma razão que compara grandezas de mesma natureza. Por exemplo, em uma turma de 35 alunos 14 são do sexo masculino. Os alunos representam que porcentagem do total de alunos da turma? Percentual de meninos na turma=número de meninos na turma total de alunos Percentual de meninos na turma=14 35 Percentual de meninos na turma=25 =0,4 ou 40% Assim, 40% dos alunos da turma são do sexo masculino. Probabilidade É uma razão que nos indica se as chances de um evento ocorrer são grandes ou pequenas. A probabilidade de um evento ocorrer pode ser calculada pela razão: Probabilidade=número de casos favoráveis à ocorrência doevento número de casos possíveis Por exemplo, em uma caixa existem bolas numeradas de 1 a 10. A probabilidade de, sorteando-se uma bola ao acaso, ela ser a de número múltiplo de 5 é: Probabilidade ocorrência de ummúltiplo de5=número de múltiplos de5 dentre osnúmeros de 1 a 10 total de números de1 a 10 Probabilidade ocorrência de ummúltiplo de5= 2 10 ou Probabilidade ocorrência de ummúltiplo de5=15 Exercícios: 1) Expresse cada situação com uma razão: a) No campeonato brasileiro, série z, o Venda Nova Futebol Clube venceu 8 dos 15 jogos que disputou. b) Em uma receita de torta são necessários 60g de açúcar para cada 1000 g de farinha. c) Um carro popular percorre 12 km com 1litro de combustível . d) Em uma loja, um vendedor recebe R$ 3,00 de comissão para cada R$ 80,00 em mercadorias vendidas. e) Márcia escreveu 10 carta para concorrer num sorteio em que o total de cartas enviadas foi de 500 cartas. 2) A população de Brasília (DF) é uma das que mais cresceram no Brasil nos últimos anos. De 2007 a 2010 a população desse município, que tem 5.788 km2 de área territorial, passou de 2.455.903 para 2.570.160 habitantes. Qual era a densidade demográfica de Brasília em 2007? E em 2010? 4