SlideShare uma empresa Scribd logo
- P R O C E S S O S C O G N I T I V O S
MÓDULO 3- PROCESSOS
COGNITIVOS, EMOCIONAIS E
MOTIVACIONAIS
Os processos cognitivos estão relacionados com o saber, com
o conhecimento, reportam-se à utilização , transformação e
criação da informação do meio interno (do corpo) e do meio
externo.
Processos cognitivos
Perceção
Atenção
Memória
Inteligência
Pensamento
Referem-se ao saber
Podemos definir cognição como : “O conjunto de mecanismos
pelos quais um organismo adquire informação, a trata, a
conserva, a explora (…).”
M. Richelle
ATENÇÃO
• Integrados no meio ambiente, recebemos constantemente
múltiplos estímulos através dos nossos órgão dos sentidos.
Ora, como não é possível registar todas as informações que
recebemos, fazemos uma seleção dos estímulos aos quais
dirigimos a nossa atenção.
Atenção como a capacidade de nos concentramos em algo e
que possibilita a seleção do que é importante num determinado
momento para nós (filtro).
Perceção
 Processo mediante o qual a informação sensorial é
ativamente organizada e interpretada pelo cérebro.
 A perceção é uma atividade cognitiva que não se limita ao
registo da informação sensorial: implica a atribuição de
significado.
Aprendizagem
 base dos comportamentos humanos
Mudança (modificação, alteração) relativamente estável e
duradoura do comportamento e do conhecimento:
• comportamentos novos são adquiridos
• comportamentos existentes são modificados
(em interação com o meio)
• ninguém aprende sem experiência, prática, treino ou estudo
• pode ocorrer de uma forma consciente ou inconsciente
• por ela decorrem mudanças pessoais.
Memória
Processo cognitivo que compreende a aquisição, a retenção e a
recuperação da informação.
memória aprendizagem
Relação aprendizagem/memória: uma conduta só se considera
aprendida se for retida e só se pode reter o que foi aprendido.
É a partir das informações que o indivíduo possui que:
- se adapta ao meio;
- atribui significado às experiências vividas;
- adquire o sentimento da identidade pessoal.
Memória humana:
limitada na sua capacidade de armazenamento;
afetada pelos sentimentos, emoções e experiências.
Inteligência
• Não existe uma definição universalmente aceite;
• Podemos defini-la como a capacidade que, mediante a
resolução de problemas práticos e abstratos, nos permite
aprender com a experiência e efetuar uma adaptação bem
sucedida ao meio, enfrentando de modo eficaz os desafios que
este apresenta.
Manual, pág. 9 e 10
Tiposdeinteligência Concetual: capacidade de resolver problemas
mediante conceitos e símbolos abstratos
Prática: capacidade de resolver problemas
mediante atos motores, criação e adaptação de
instrumentos
Social: manifesta-se na vida em sociedade e na
resolução de problemas interpessoais
Processos cognitivos1
A perspetiva das inteligências múltiplas de Howard Gardner
• A nossa cultura valoriza demasiado as inteligências lógico-
matemática e linguística.
Manual, pág. 11
• Porém, o facto de não termos habilidades numa determinada
área não significa que não sejamos inteligentes. Segundo
Gardner, temos inteligências diversificadas, que se destacam mais
numas pessoas do que noutras.
Gardner apresentou os seguintes tipos de inteligência: manual. Pág. 13
Lógico-matemática
Espacial
Musical
Corporal-cinestésica
Linguística
Intrapessoal
Interpessoal
- Refere ainda a inteligência naturalista e a existencial.
Pensamento
 Uso dos conhecimentos que possuímos para realizar
determinada tarefa ou atingir um determinado objetivo.
 Pensamos quando tentamos perceber e compreender o mundo
em que vivemos; quando comunicamos com os outros e
tentamos resolver os problemas que a vida nos coloca; quando
realizamos um teste, ao relembrar o nosso aniversário, ao
planear uma viagem.
DUAS FORMAS (COMPLEMENTARES) DE PENSAMENTO
QUE VISAM A RESOLUÇÃO DE PROBLEMAS (MANUAL, PÁG. 17 E 19)
Pensamento convergente
• Tipo de pensamento
em que a resolução de
problemas consiste em
encontrar uma solução
única de entre várias
alternativas.
• Segundo Guilford,
apesar de lógico, é
redutor e unívoco.
Pensamento divergente
• Tipo de pensamento que
envolve a criação de
diferentes soluções para
um mesmo problema ou
em que o conteúdo da
solução consiste em
dispor numa ordem nova
um conjunto de
elementos.
• É flexível, original e
inventivo.
COGNIÇÃO E METACOGNIÇÃO
• O termo cognição
designa os atos,
processos e
mecanismos
envolvidos no
processo de
conhecimento,
assim como o
resultado da
conjugação desses
elementos.
• A metacognição é
definida como o
conhecimento cujo
objeto são os
próprios processos
cognitivos.
Assim, face a um problema, uma tarefa:
• O sujeito recorre às suas competências cognitivas para o resolver:
perceção, memorização…Através deste processo chega a um
produto final que consiste na resolução do problema ou na
execução da tarefa (cognição).
• O sujeito pode desenvolver um outro processo mental que consiste
em refletir sobre o seu processo cognitivo. Pode fazê-lo durante ou
no fim do processo (metacognição).
Por que interessa esta reflexão (metacognição)?
 É importante que cada pessoa tenha um conhecimento dos seus
processos cognitivos: do que sabe, das habilidades que possui,
dificuldades que tem, do estilo de raciocínio e de resolução de
problemas que tem, de que modo organiza o que aprendeu…
 É uma forma de regular a nossa aprendizagem, de regular a
aquisição de conhecimentos e a sua utilização.
Pela metacognição avaliamos a eficácia das
decisões que tomamos para executar uma tarefa
e podemos, deste modo, alterar a forma como o
fizemos quando não produzem os resultados que
desejamos.

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

O esquecimento
O esquecimentoO esquecimento
O esquecimento
psicologiaazambuja
 
Inteligência II
Inteligência IIInteligência II
Perceção e cultura
Perceção e culturaPerceção e cultura
Perceção e cultura
Luis De Sousa Rodrigues
 
Perceção
PerceçãoPerceção
Perceção
psicologiaazambuja
 
Inteligência
InteligênciaInteligência
Inteligência
Jorge Barbosa
 
As leis da perceção
As leis da perceçãoAs leis da perceção
As leis da perceção
Luis De Sousa Rodrigues
 
Memória - Psicologia
Memória - PsicologiaMemória - Psicologia
Memória - Psicologia
Ana Felizardo
 
Psicologia - A memória
Psicologia - A memóriaPsicologia - A memória
Psicologia - A memória
Olena Kolodiy
 
Percepção
PercepçãoPercepção
Percepção
norberto faria
 
Watson e o Behaviorismo
Watson e o BehaviorismoWatson e o Behaviorismo
Watson e o Behaviorismo
Universidade Católica Portuguesa
 
Processos Cognitivos - Resumo
Processos Cognitivos - ResumoProcessos Cognitivos - Resumo
Processos Cognitivos - Resumo
Jorge Barbosa
 
Filogénese e Ontogénese
Filogénese e OntogéneseFilogénese e Ontogénese
Filogénese e Ontogénese
Jorge Barbosa
 
Prematuridade e neotenia
Prematuridade e neoteniaPrematuridade e neotenia
Prematuridade e neotenia
amazer95
 
Percepção - Psicologia
Percepção - PsicologiaPercepção - Psicologia
Percepção - Psicologia
Saul Marques da Silva
 
Processos Mentais 1 - A Percepção
Processos Mentais 1 - A PercepçãoProcessos Mentais 1 - A Percepção
Processos Mentais 1 - A Percepção
Jorge Barbosa
 
Psicologia-Genética
Psicologia-GenéticaPsicologia-Genética
Psicologia-Genética
norberto faria
 
Henri Wallon e sua teoria
Henri Wallon e sua teoriaHenri Wallon e sua teoria
Henri Wallon e sua teoria
Thiago de Almeida
 
Inteligência - Processos cognitivos, emocionais e motivacionais
Inteligência - Processos cognitivos, emocionais e motivacionaisInteligência - Processos cognitivos, emocionais e motivacionais
Inteligência - Processos cognitivos, emocionais e motivacionais
CatarinaNeivas
 
Os estádios do desenvolvimento cognitivo segundo Jean Piaget
Os estádios do desenvolvimento cognitivo segundo  Jean PiagetOs estádios do desenvolvimento cognitivo segundo  Jean Piaget
Os estádios do desenvolvimento cognitivo segundo Jean Piaget
Tatati Semedo
 
A aprendizagem
A aprendizagem A aprendizagem
A aprendizagem
Luis De Sousa Rodrigues
 

Mais procurados (20)

O esquecimento
O esquecimentoO esquecimento
O esquecimento
 
Inteligência II
Inteligência IIInteligência II
Inteligência II
 
Perceção e cultura
Perceção e culturaPerceção e cultura
Perceção e cultura
 
Perceção
PerceçãoPerceção
Perceção
 
Inteligência
InteligênciaInteligência
Inteligência
 
As leis da perceção
As leis da perceçãoAs leis da perceção
As leis da perceção
 
Memória - Psicologia
Memória - PsicologiaMemória - Psicologia
Memória - Psicologia
 
Psicologia - A memória
Psicologia - A memóriaPsicologia - A memória
Psicologia - A memória
 
Percepção
PercepçãoPercepção
Percepção
 
Watson e o Behaviorismo
Watson e o BehaviorismoWatson e o Behaviorismo
Watson e o Behaviorismo
 
Processos Cognitivos - Resumo
Processos Cognitivos - ResumoProcessos Cognitivos - Resumo
Processos Cognitivos - Resumo
 
Filogénese e Ontogénese
Filogénese e OntogéneseFilogénese e Ontogénese
Filogénese e Ontogénese
 
Prematuridade e neotenia
Prematuridade e neoteniaPrematuridade e neotenia
Prematuridade e neotenia
 
Percepção - Psicologia
Percepção - PsicologiaPercepção - Psicologia
Percepção - Psicologia
 
Processos Mentais 1 - A Percepção
Processos Mentais 1 - A PercepçãoProcessos Mentais 1 - A Percepção
Processos Mentais 1 - A Percepção
 
Psicologia-Genética
Psicologia-GenéticaPsicologia-Genética
Psicologia-Genética
 
Henri Wallon e sua teoria
Henri Wallon e sua teoriaHenri Wallon e sua teoria
Henri Wallon e sua teoria
 
Inteligência - Processos cognitivos, emocionais e motivacionais
Inteligência - Processos cognitivos, emocionais e motivacionaisInteligência - Processos cognitivos, emocionais e motivacionais
Inteligência - Processos cognitivos, emocionais e motivacionais
 
Os estádios do desenvolvimento cognitivo segundo Jean Piaget
Os estádios do desenvolvimento cognitivo segundo  Jean PiagetOs estádios do desenvolvimento cognitivo segundo  Jean Piaget
Os estádios do desenvolvimento cognitivo segundo Jean Piaget
 
A aprendizagem
A aprendizagem A aprendizagem
A aprendizagem
 

Semelhante a Processos cognitivos1

Inteligência e pensamento1
Inteligência e pensamento1Inteligência e pensamento1
Inteligência e pensamento1
anamatos66
 
Pensamento e imaginacao
Pensamento e imaginacaoPensamento e imaginacao
Pensamento e imaginacao
CaitoJorgeMurabiua2
 
Psicologia B Apresentação Oral Definição Mente
Psicologia B Apresentação Oral  Definição MentePsicologia B Apresentação Oral  Definição Mente
Psicologia B Apresentação Oral Definição Mente
becksWife
 
Pensamento e imaginacao
Pensamento e imaginacaoPensamento e imaginacao
Pensamento e imaginacao
CaitoJorgeMurabiua2
 
55586200 teorias-da-aprendizagem-aula
55586200 teorias-da-aprendizagem-aula55586200 teorias-da-aprendizagem-aula
55586200 teorias-da-aprendizagem-aula
Patricia Mendes
 
Inteligência, Memória e Percepção_Psicologia da Educação
Inteligência, Memória e Percepção_Psicologia da EducaçãoInteligência, Memória e Percepção_Psicologia da Educação
Inteligência, Memória e Percepção_Psicologia da Educação
Jemuel Araújo da Silva
 
Pensamento
PensamentoPensamento
Pensamento
Amone Matandaudje
 
metacognição G slides.pptx
metacognição G slides.pptxmetacognição G slides.pptx
metacognição G slides.pptx
NancyNazarethGatzkeC2
 
Workshop - FUNÇÕES COGNITIVAS E SUPERDOTAÇÃO.pdf
Workshop - FUNÇÕES COGNITIVAS E SUPERDOTAÇÃO.pdfWorkshop - FUNÇÕES COGNITIVAS E SUPERDOTAÇÃO.pdf
Workshop - FUNÇÕES COGNITIVAS E SUPERDOTAÇÃO.pdf
Dani Rocha
 
Psicologia- Inteligência
Psicologia- InteligênciaPsicologia- Inteligência
Psicologia- Inteligência
Fábio Roque
 
Psicologia na contabilidade 03
Psicologia na contabilidade 03Psicologia na contabilidade 03
Psicologia na contabilidade 03
Milton Magnabosco
 
Redescoberta da mente
Redescoberta da menteRedescoberta da mente
Redescoberta da mente
SUPORTE EDUCACIONAL
 
Redescoberta da mente
Redescoberta da menteRedescoberta da mente
Redescoberta da mente
SUPORTE EDUCACIONAL
 
Apontamentos sobre o conceito de aprendizagem
Apontamentos sobre o conceito de aprendizagemApontamentos sobre o conceito de aprendizagem
Apontamentos sobre o conceito de aprendizagem
Silvia Marina Anaruma
 
Psicologia - a mente, as emoções e a conação
Psicologia - a mente, as emoções e a conaçãoPsicologia - a mente, as emoções e a conação
Psicologia - a mente, as emoções e a conação
Joana Filipa Rodrigues
 
Pós - Ensino e Aprendizagem na Educação
Pós - Ensino e Aprendizagem na EducaçãoPós - Ensino e Aprendizagem na Educação
Pós - Ensino e Aprendizagem na Educação
Érica Paula
 
Terezinha Lindino
Terezinha LindinoTerezinha Lindino
Terezinha Lindino
Agência Estado
 
Definicao de inteligencia
Definicao de inteligenciaDefinicao de inteligencia
Definicao de inteligencia
Marcelo Anjos
 
Apresentação criatividade cópia
Apresentação criatividade   cópiaApresentação criatividade   cópia
Apresentação criatividade cópia
Denner Macêdo
 
Trabalho de pares correçao
Trabalho de pares correçaoTrabalho de pares correçao
Trabalho de pares correçao
psicologiaazambuja
 

Semelhante a Processos cognitivos1 (20)

Inteligência e pensamento1
Inteligência e pensamento1Inteligência e pensamento1
Inteligência e pensamento1
 
Pensamento e imaginacao
Pensamento e imaginacaoPensamento e imaginacao
Pensamento e imaginacao
 
Psicologia B Apresentação Oral Definição Mente
Psicologia B Apresentação Oral  Definição MentePsicologia B Apresentação Oral  Definição Mente
Psicologia B Apresentação Oral Definição Mente
 
Pensamento e imaginacao
Pensamento e imaginacaoPensamento e imaginacao
Pensamento e imaginacao
 
55586200 teorias-da-aprendizagem-aula
55586200 teorias-da-aprendizagem-aula55586200 teorias-da-aprendizagem-aula
55586200 teorias-da-aprendizagem-aula
 
Inteligência, Memória e Percepção_Psicologia da Educação
Inteligência, Memória e Percepção_Psicologia da EducaçãoInteligência, Memória e Percepção_Psicologia da Educação
Inteligência, Memória e Percepção_Psicologia da Educação
 
Pensamento
PensamentoPensamento
Pensamento
 
metacognição G slides.pptx
metacognição G slides.pptxmetacognição G slides.pptx
metacognição G slides.pptx
 
Workshop - FUNÇÕES COGNITIVAS E SUPERDOTAÇÃO.pdf
Workshop - FUNÇÕES COGNITIVAS E SUPERDOTAÇÃO.pdfWorkshop - FUNÇÕES COGNITIVAS E SUPERDOTAÇÃO.pdf
Workshop - FUNÇÕES COGNITIVAS E SUPERDOTAÇÃO.pdf
 
Psicologia- Inteligência
Psicologia- InteligênciaPsicologia- Inteligência
Psicologia- Inteligência
 
Psicologia na contabilidade 03
Psicologia na contabilidade 03Psicologia na contabilidade 03
Psicologia na contabilidade 03
 
Redescoberta da mente
Redescoberta da menteRedescoberta da mente
Redescoberta da mente
 
Redescoberta da mente
Redescoberta da menteRedescoberta da mente
Redescoberta da mente
 
Apontamentos sobre o conceito de aprendizagem
Apontamentos sobre o conceito de aprendizagemApontamentos sobre o conceito de aprendizagem
Apontamentos sobre o conceito de aprendizagem
 
Psicologia - a mente, as emoções e a conação
Psicologia - a mente, as emoções e a conaçãoPsicologia - a mente, as emoções e a conação
Psicologia - a mente, as emoções e a conação
 
Pós - Ensino e Aprendizagem na Educação
Pós - Ensino e Aprendizagem na EducaçãoPós - Ensino e Aprendizagem na Educação
Pós - Ensino e Aprendizagem na Educação
 
Terezinha Lindino
Terezinha LindinoTerezinha Lindino
Terezinha Lindino
 
Definicao de inteligencia
Definicao de inteligenciaDefinicao de inteligencia
Definicao de inteligencia
 
Apresentação criatividade cópia
Apresentação criatividade   cópiaApresentação criatividade   cópia
Apresentação criatividade cópia
 
Trabalho de pares correçao
Trabalho de pares correçaoTrabalho de pares correçao
Trabalho de pares correçao
 

Último

Slides Lição 2, CPAD, O Livro de Rute, 3Tr24.pptx
Slides Lição 2, CPAD, O Livro de Rute, 3Tr24.pptxSlides Lição 2, CPAD, O Livro de Rute, 3Tr24.pptx
Slides Lição 2, CPAD, O Livro de Rute, 3Tr24.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
Auxiliar Adolescente 2024 3 trimestre 24
Auxiliar Adolescente 2024 3 trimestre 24Auxiliar Adolescente 2024 3 trimestre 24
Auxiliar Adolescente 2024 3 trimestre 24
DirceuSilva26
 
Relatório de Atividades 2011 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2011 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2011 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2011 CENSIPAM.pdf
Falcão Brasil
 
Licao de adultos Topico 1 CPAD edit.pptx
Licao de adultos Topico 1 CPAD edit.pptxLicao de adultos Topico 1 CPAD edit.pptx
Licao de adultos Topico 1 CPAD edit.pptx
jetroescola
 
Caça-palavras e cruzadinha - Encontros consonantais.
Caça-palavras e cruzadinha -  Encontros consonantais.Caça-palavras e cruzadinha -  Encontros consonantais.
Caça-palavras e cruzadinha - Encontros consonantais.
Mary Alvarenga
 
A perspectiva colaborativa e as novas práticas de inclusão. (1).pptx
A perspectiva colaborativa e as novas práticas de inclusão. (1).pptxA perspectiva colaborativa e as novas práticas de inclusão. (1).pptx
A perspectiva colaborativa e as novas práticas de inclusão. (1).pptx
marcos oliveira
 
Slide para aplicação da AVAL. FLUÊNCIA.pptx
Slide para aplicação  da AVAL. FLUÊNCIA.pptxSlide para aplicação  da AVAL. FLUÊNCIA.pptx
Slide para aplicação da AVAL. FLUÊNCIA.pptx
LeilaVilasboas
 
Infografia | Presidência húngara do Conselho da UE
Infografia | Presidência húngara do Conselho da UEInfografia | Presidência húngara do Conselho da UE
Infografia | Presidência húngara do Conselho da UE
Centro Jacques Delors
 
farmacologia-segura-em-mapas-mentais-reduzindo-os-riscos-da-terapeutica-24040...
farmacologia-segura-em-mapas-mentais-reduzindo-os-riscos-da-terapeutica-24040...farmacologia-segura-em-mapas-mentais-reduzindo-os-riscos-da-terapeutica-24040...
farmacologia-segura-em-mapas-mentais-reduzindo-os-riscos-da-terapeutica-24040...
AngelicaCostaMeirele2
 
Ideais do Ministério jovem Adventista pdf
Ideais do Ministério jovem Adventista pdfIdeais do Ministério jovem Adventista pdf
Ideais do Ministério jovem Adventista pdf
Anesio2
 
EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23
Sandra Pratas
 
Acróstico - Bullying é crime!
Acróstico - Bullying é crime!Acróstico - Bullying é crime!
Acróstico - Bullying é crime!
Mary Alvarenga
 
A experiência do professor. Publicado EM 08.07.2024
A experiência do professor. Publicado EM 08.07.2024A experiência do professor. Publicado EM 08.07.2024
A experiência do professor. Publicado EM 08.07.2024
Espanhol Online
 
1°ao5°ano_HISTÓRIA_ORGANIZADOR CURRICULAR BIMESTRAL (1) educação infantil fu...
1°ao5°ano_HISTÓRIA_ORGANIZADOR CURRICULAR BIMESTRAL (1)  educação infantil fu...1°ao5°ano_HISTÓRIA_ORGANIZADOR CURRICULAR BIMESTRAL (1)  educação infantil fu...
1°ao5°ano_HISTÓRIA_ORGANIZADOR CURRICULAR BIMESTRAL (1) educação infantil fu...
antonio carlos
 
Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...
Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...
Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...
Centro Jacques Delors
 
Aprendizagem Imersiva: Conceitos e Caminhos
Aprendizagem Imersiva: Conceitos e CaminhosAprendizagem Imersiva: Conceitos e Caminhos
Aprendizagem Imersiva: Conceitos e Caminhos
Leonel Morgado
 
Caça - palavras e cruzadinha com dígrafos
Caça - palavras  e cruzadinha   com  dígrafosCaça - palavras  e cruzadinha   com  dígrafos
Caça - palavras e cruzadinha com dígrafos
Mary Alvarenga
 
IV Jornada Nacional Tableau - Apresentações.pptx
IV Jornada Nacional Tableau - Apresentações.pptxIV Jornada Nacional Tableau - Apresentações.pptx
IV Jornada Nacional Tableau - Apresentações.pptx
Ligia Galvão
 
Oceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
Oceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsxOceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
Oceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
Luzia Gabriele
 

Último (20)

Slides Lição 2, CPAD, O Livro de Rute, 3Tr24.pptx
Slides Lição 2, CPAD, O Livro de Rute, 3Tr24.pptxSlides Lição 2, CPAD, O Livro de Rute, 3Tr24.pptx
Slides Lição 2, CPAD, O Livro de Rute, 3Tr24.pptx
 
Auxiliar Adolescente 2024 3 trimestre 24
Auxiliar Adolescente 2024 3 trimestre 24Auxiliar Adolescente 2024 3 trimestre 24
Auxiliar Adolescente 2024 3 trimestre 24
 
Relatório de Atividades 2011 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2011 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2011 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2011 CENSIPAM.pdf
 
Licao de adultos Topico 1 CPAD edit.pptx
Licao de adultos Topico 1 CPAD edit.pptxLicao de adultos Topico 1 CPAD edit.pptx
Licao de adultos Topico 1 CPAD edit.pptx
 
Caça-palavras e cruzadinha - Encontros consonantais.
Caça-palavras e cruzadinha -  Encontros consonantais.Caça-palavras e cruzadinha -  Encontros consonantais.
Caça-palavras e cruzadinha - Encontros consonantais.
 
A perspectiva colaborativa e as novas práticas de inclusão. (1).pptx
A perspectiva colaborativa e as novas práticas de inclusão. (1).pptxA perspectiva colaborativa e as novas práticas de inclusão. (1).pptx
A perspectiva colaborativa e as novas práticas de inclusão. (1).pptx
 
Slide para aplicação da AVAL. FLUÊNCIA.pptx
Slide para aplicação  da AVAL. FLUÊNCIA.pptxSlide para aplicação  da AVAL. FLUÊNCIA.pptx
Slide para aplicação da AVAL. FLUÊNCIA.pptx
 
Infografia | Presidência húngara do Conselho da UE
Infografia | Presidência húngara do Conselho da UEInfografia | Presidência húngara do Conselho da UE
Infografia | Presidência húngara do Conselho da UE
 
farmacologia-segura-em-mapas-mentais-reduzindo-os-riscos-da-terapeutica-24040...
farmacologia-segura-em-mapas-mentais-reduzindo-os-riscos-da-terapeutica-24040...farmacologia-segura-em-mapas-mentais-reduzindo-os-riscos-da-terapeutica-24040...
farmacologia-segura-em-mapas-mentais-reduzindo-os-riscos-da-terapeutica-24040...
 
Ideais do Ministério jovem Adventista pdf
Ideais do Ministério jovem Adventista pdfIdeais do Ministério jovem Adventista pdf
Ideais do Ministério jovem Adventista pdf
 
EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23
 
Acróstico - Bullying é crime!
Acróstico - Bullying é crime!Acróstico - Bullying é crime!
Acróstico - Bullying é crime!
 
A experiência do professor. Publicado EM 08.07.2024
A experiência do professor. Publicado EM 08.07.2024A experiência do professor. Publicado EM 08.07.2024
A experiência do professor. Publicado EM 08.07.2024
 
1°ao5°ano_HISTÓRIA_ORGANIZADOR CURRICULAR BIMESTRAL (1) educação infantil fu...
1°ao5°ano_HISTÓRIA_ORGANIZADOR CURRICULAR BIMESTRAL (1)  educação infantil fu...1°ao5°ano_HISTÓRIA_ORGANIZADOR CURRICULAR BIMESTRAL (1)  educação infantil fu...
1°ao5°ano_HISTÓRIA_ORGANIZADOR CURRICULAR BIMESTRAL (1) educação infantil fu...
 
Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...
Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...
Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...
 
Aprendizagem Imersiva: Conceitos e Caminhos
Aprendizagem Imersiva: Conceitos e CaminhosAprendizagem Imersiva: Conceitos e Caminhos
Aprendizagem Imersiva: Conceitos e Caminhos
 
Caça - palavras e cruzadinha com dígrafos
Caça - palavras  e cruzadinha   com  dígrafosCaça - palavras  e cruzadinha   com  dígrafos
Caça - palavras e cruzadinha com dígrafos
 
FOTOS_AS CIÊNCIAS EM AÇÃO .
FOTOS_AS CIÊNCIAS EM AÇÃO                .FOTOS_AS CIÊNCIAS EM AÇÃO                .
FOTOS_AS CIÊNCIAS EM AÇÃO .
 
IV Jornada Nacional Tableau - Apresentações.pptx
IV Jornada Nacional Tableau - Apresentações.pptxIV Jornada Nacional Tableau - Apresentações.pptx
IV Jornada Nacional Tableau - Apresentações.pptx
 
Oceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
Oceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsxOceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
Oceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
 

Processos cognitivos1

  • 1. - P R O C E S S O S C O G N I T I V O S MÓDULO 3- PROCESSOS COGNITIVOS, EMOCIONAIS E MOTIVACIONAIS
  • 2. Os processos cognitivos estão relacionados com o saber, com o conhecimento, reportam-se à utilização , transformação e criação da informação do meio interno (do corpo) e do meio externo. Processos cognitivos Perceção Atenção Memória Inteligência Pensamento Referem-se ao saber
  • 3. Podemos definir cognição como : “O conjunto de mecanismos pelos quais um organismo adquire informação, a trata, a conserva, a explora (…).” M. Richelle
  • 4. ATENÇÃO • Integrados no meio ambiente, recebemos constantemente múltiplos estímulos através dos nossos órgão dos sentidos. Ora, como não é possível registar todas as informações que recebemos, fazemos uma seleção dos estímulos aos quais dirigimos a nossa atenção. Atenção como a capacidade de nos concentramos em algo e que possibilita a seleção do que é importante num determinado momento para nós (filtro).
  • 5. Perceção  Processo mediante o qual a informação sensorial é ativamente organizada e interpretada pelo cérebro.  A perceção é uma atividade cognitiva que não se limita ao registo da informação sensorial: implica a atribuição de significado.
  • 6. Aprendizagem  base dos comportamentos humanos Mudança (modificação, alteração) relativamente estável e duradoura do comportamento e do conhecimento: • comportamentos novos são adquiridos • comportamentos existentes são modificados (em interação com o meio) • ninguém aprende sem experiência, prática, treino ou estudo • pode ocorrer de uma forma consciente ou inconsciente • por ela decorrem mudanças pessoais.
  • 7. Memória Processo cognitivo que compreende a aquisição, a retenção e a recuperação da informação. memória aprendizagem Relação aprendizagem/memória: uma conduta só se considera aprendida se for retida e só se pode reter o que foi aprendido.
  • 8. É a partir das informações que o indivíduo possui que: - se adapta ao meio; - atribui significado às experiências vividas; - adquire o sentimento da identidade pessoal. Memória humana: limitada na sua capacidade de armazenamento; afetada pelos sentimentos, emoções e experiências.
  • 9. Inteligência • Não existe uma definição universalmente aceite; • Podemos defini-la como a capacidade que, mediante a resolução de problemas práticos e abstratos, nos permite aprender com a experiência e efetuar uma adaptação bem sucedida ao meio, enfrentando de modo eficaz os desafios que este apresenta. Manual, pág. 9 e 10
  • 10. Tiposdeinteligência Concetual: capacidade de resolver problemas mediante conceitos e símbolos abstratos Prática: capacidade de resolver problemas mediante atos motores, criação e adaptação de instrumentos Social: manifesta-se na vida em sociedade e na resolução de problemas interpessoais
  • 12. A perspetiva das inteligências múltiplas de Howard Gardner • A nossa cultura valoriza demasiado as inteligências lógico- matemática e linguística. Manual, pág. 11 • Porém, o facto de não termos habilidades numa determinada área não significa que não sejamos inteligentes. Segundo Gardner, temos inteligências diversificadas, que se destacam mais numas pessoas do que noutras. Gardner apresentou os seguintes tipos de inteligência: manual. Pág. 13
  • 14. Pensamento  Uso dos conhecimentos que possuímos para realizar determinada tarefa ou atingir um determinado objetivo.  Pensamos quando tentamos perceber e compreender o mundo em que vivemos; quando comunicamos com os outros e tentamos resolver os problemas que a vida nos coloca; quando realizamos um teste, ao relembrar o nosso aniversário, ao planear uma viagem.
  • 15. DUAS FORMAS (COMPLEMENTARES) DE PENSAMENTO QUE VISAM A RESOLUÇÃO DE PROBLEMAS (MANUAL, PÁG. 17 E 19) Pensamento convergente • Tipo de pensamento em que a resolução de problemas consiste em encontrar uma solução única de entre várias alternativas. • Segundo Guilford, apesar de lógico, é redutor e unívoco. Pensamento divergente • Tipo de pensamento que envolve a criação de diferentes soluções para um mesmo problema ou em que o conteúdo da solução consiste em dispor numa ordem nova um conjunto de elementos. • É flexível, original e inventivo.
  • 16. COGNIÇÃO E METACOGNIÇÃO • O termo cognição designa os atos, processos e mecanismos envolvidos no processo de conhecimento, assim como o resultado da conjugação desses elementos. • A metacognição é definida como o conhecimento cujo objeto são os próprios processos cognitivos.
  • 17. Assim, face a um problema, uma tarefa: • O sujeito recorre às suas competências cognitivas para o resolver: perceção, memorização…Através deste processo chega a um produto final que consiste na resolução do problema ou na execução da tarefa (cognição). • O sujeito pode desenvolver um outro processo mental que consiste em refletir sobre o seu processo cognitivo. Pode fazê-lo durante ou no fim do processo (metacognição).
  • 18. Por que interessa esta reflexão (metacognição)?  É importante que cada pessoa tenha um conhecimento dos seus processos cognitivos: do que sabe, das habilidades que possui, dificuldades que tem, do estilo de raciocínio e de resolução de problemas que tem, de que modo organiza o que aprendeu…  É uma forma de regular a nossa aprendizagem, de regular a aquisição de conhecimentos e a sua utilização. Pela metacognição avaliamos a eficácia das decisões que tomamos para executar uma tarefa e podemos, deste modo, alterar a forma como o fizemos quando não produzem os resultados que desejamos.