SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 9
Baixar para ler offline
A um observador apressado muitas atitudes do Mestre, no
exercício da Boa Nova, podem parecer estranhas, SENÃO
PARADOXAIS.
Joanna de Angelis - Espírito e Vida – Cap. 30
Nicodemos
— Que desejas de mim? —, perguntou Jesus.
— Que é mister fazer — retrucou, emocionado, o
fariseu —para fruir das excelsitudes DA PAZ COM
A MENTE RETA E O CORAÇÃO TRANQUILO? ... e
depois, gozar as delícias do Reino?
João 3: 1 a 12 / ESE – Cap. 4 – Ninguém poderá ver o Reino
Há quanto tempo a pergunta lhe queimava o
pensamento?!
Amélia Rodrigues – Primícias do Reino – Cap. 4 –
Nicodemos, o Amigo
- Nicodemos, que pretendes de mim?
- Senhor – explique -, tenho o pensamento em fogo, tentando discernir
sobre RETIDÃO E DELINQÜÊNCIA, BONDADE E CORREÇÃO...
Humberto de Campos – Estante da Vida – Cap. 40 – Por que, Senhor?
Senhor,
Tu que nos deste no TEMPO
O sábio condutor de nossos destinos,
Faze-nos entender a BÊNÇÃO DOS
MINUTOS, A fim de não perdermos o
TESOURO DOS SÉCULOS…
Emmanuel – Instruções Psicofônicas – Cap. 42
23/Dezembro/1954
POR QUE, TE BANQUETEASTE COM PECADORES?
• (...) não vim ao mundo socorrer os sãos, e sim os enfermos.
POR QUE, DISPENSASTE TANTA ATENÇÃO A AVAROS?
• (...) quem são os avaros na vida...
POR QUE, AS MERETRIZES, SENHOR? PORQUE AS DEFENDESTE?
• (...) atire a primeira pedra, aquele que estiver sem...
POR QUE, DESTES OPORTUNIDADES AOS INFIEIS?
• (...) quem são os infiéis de todos os tempos...
POR QUE, TE DEIXASTE IMOLAR ENTRE DOIS MALFEITORES?
• (...) não julgueis, para não seres julgados.
POR QUE, PEDISTE PERDÃO PARA OS PRÓPRIOS CARRASCOS?
• (...) perdoai Pai, porque eles não sabem o que fazem...
Humberto de Campos – Estante da Vida – Cap. 40 – Por que, Senhor?
PERGUNTAS
Nunca disse que os pecadores estão no caminho justo, mas afirmei que não vim ao mundo socorrer
os sãos, e sim os enfermos.
Quanto aos princípios de santidade, que dizer dos bons que detestam os maus, dos felizes que
desprezam os infelizes, se todos somos filhos de Deus?
Estive com a multidão, desde as notícias iniciais do novo Reino!...
Relativamente a Zaqueu, é ele um rico que desejava instruir-se, e furtar a lição, àqueles amigos a
quem o mundo apelida de avaros, é o mesmo que recusar remédio ao doente...
Nicodemos, na hora do Juízo Divino, muitas dessas mesmas desventuradas mulheres, que censuras,
ressurgirão do lodo da angústia, limpas e brilhantes, lavadas pelo pranto e pelo suor que
derramarem
Exatamente por isso...
Na dor do remorso pelas próprias fraquezas, Simão ganhará mais força para ser fiel... Mais que os
outros companheiros, ele sabe agora quanto custa o sofrimento da deserção...
Como podes julgar apressadamente a tragédia de criaturas cuja história não conheces desde o
princípio?
Não acoberto os que praticam o mal; no entanto, é preciso saber até que ponto terá alguém
resistido à tentação e ao infortúnio para que se transformam em vítimas do próprio desequilíbrio.
Não anulei a responsabilidade em tempo algum... Roguei, algemado à cruz: “Pai, perdoa-lhes porque
não sabem o que fazem...” Com isso, não asseverei que os nossos adversários gratuitos estivessem
fazendo o que deviam fazer... Esclareci, tão-só, que eles não sabiam o que estavam fazendo e, por
isso mesmo, se revelavam dignos da maior compaixão!...
PECADORES
AVAROS
MERETRIZES
INFIEIS
MALFEITORES
CARRASCOS Humberto de Campos – Estante da Vida – Cap. 40 – Por que, Senhor?
RESPOSTAS
...
.
...
PECADORES
AVAROS
MERETRIZES
INFIEIS
MALFEITORES
CARRASCOS
O
QUE
FAZER?
 Aos pés dos Enfermos, não olvides que o melhor
remédio é a Renovação da Esperança;
 Se encontrares os Falidos e os Derrotados da sorte,
fala-lhes do divino ensejo do Futuro;
 Se fores procurado, algum dia, pelos espíritos
desviados e criminosos, não profiras palavra alguma
de maldição, lembre-se sempre que a dívida, em toda
parte, anda com os devedores.
ANIMA, ELEVA, EDUCA, DESPERTA, sem ferir aos que
ainda “dormem”. Deus opera maravilhas por
intermédio do trabalho de Boa Vontade.
Narcisa – Nosso Lar – Cap. 44
“Não atentando Nós nas coisas que se vêem, mas nas que se não veem; porque as que
se vêem são temporais, e as que se não vêem são eternas”.
Paulo de Tarso – 2º Carta aos Coríntios 4:16
“Eis o meu segredo. É muito simples: só se vê bem com o coração. O essencial é
invisível para os olhos”.
Antoine de Saint-Exupéry – O Pequeno Príncipe: Cap. 21
“Se podes olhar, vê. Se podes ver, repara”.
Saramago – Ensaios sobre a Cegueira: Pag. 1
“Em muitas situações deixamos de perceber, escutar e sentir as pessoas. Para
Ver, é necessário libertar-se do imediato”.
Hugues de Montalembert – Um Outro Olhar: Pag. 55/101
APRENDE, POIS,
A VER BELEZA
EM TODAS AS
COISAS, a
retirar o lado
bom mesmo do
mal em TUDO e
em TODOS.
Joanna de Angelis
– Luz nas Trevas – Cap. 8 – As
Bênçãos da Alegria
Geralmente ouvimos e sentimos conforme nossas inclinações e não segundo a realidade essencial.
Anotamos situações e paisagens COM A LUZ OU COM A TREVA QUE ABSORVEM A NOSSA INTELIGÊNCIA.
Sentimos com a reflexão ou com o caos que instalamos no próprio entendimento.
... Busquemos algo do OLHAR DE JESUS para nossos olhos.
Emmanuel – Viajor – Cap. 8 – O Olhar de Jesus
SENHOR NÃO VÊ COMO VÊ O HOMEM, POIS O HOMEM VÊ o que está diante dos olhos, porém o
Senhor olha para o coração.
Samuel 16:7 – Velho Testamento
FELIZ NATAL
“Glória a
Deus no
Universo Divino.
PAZ NA TERRA.
Boa-Vontade
para com os
Homens”.
Natal! Boa
Nova! BOA-
VONTADE!...
Emmanuel –
Antologia Mediúnica do Natal
– Cap. 17 ( LUCAS 2:4)
Meu amigo, não te esqueças,
Pelo Natal de Jesus,
De cultivar na lembrança
A paz, a verdade e a luz
Mas, escuta. Não te esqueças
Na doce revelação,
Que Jesus deve nascer
No altar do teu coração
Casemiro Cunha
– Cartas do Evangelho – 2º Parte
– Cap. 1 – Bilhete de Natal
Um ano chega e se vai,
Mas outro ano aparece,
Para que o drama da vida,
Na Terra se represente.
Em cada dia que nasce
Há sempre dor e prazer;
Resguardemos o otimismo
Na alegria de VIVER…
Jair Presente – Palco Iluminado – Cap. 2 – Nota do Tempo
Faze-nos
entender a
BÊNÇÃO DOS
MINUTOS,
A fim de não
perdermos o
TESOURO DOS
SÉCULOS….
Emmanuel –
Instruções Psicofônicas –
Cap. 42
23/Dezembro/1954
MATERIAL
DE
SUPORTE
Apresentação
Vídeo
Texto
Arquivo pdf
Link
Arquivo pdf
Por que, Senhor? - O Olhar de Jesus e o Natal

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

(Livro Boa nova) Cap.19 Comunhão com Deus
(Livro Boa nova) Cap.19   Comunhão com Deus(Livro Boa nova) Cap.19   Comunhão com Deus
(Livro Boa nova) Cap.19 Comunhão com DeusPatricia Farias
 
(Livro Boa nova) Cap. 20 Maria de Magdala
(Livro Boa nova) Cap. 20   Maria de Magdala(Livro Boa nova) Cap. 20   Maria de Magdala
(Livro Boa nova) Cap. 20 Maria de MagdalaPatricia Farias
 
(Livro Boa nova) Cap.13 pecado e punição
(Livro Boa nova) Cap.13   pecado e punição(Livro Boa nova) Cap.13   pecado e punição
(Livro Boa nova) Cap.13 pecado e puniçãoPatricia Farias
 
Série Evangelho no Lar - Cap. 38 - Verdade e Amor
Série Evangelho no Lar - Cap. 38 - Verdade e AmorSérie Evangelho no Lar - Cap. 38 - Verdade e Amor
Série Evangelho no Lar - Cap. 38 - Verdade e AmorRicardo Azevedo
 
Viver Para Perdoar
Viver Para PerdoarViver Para Perdoar
Viver Para PerdoarJOSE varreis
 
Série Evangelho no Lar - Cap. 19 - Conquista Íntima
Série Evangelho no Lar - Cap. 19 - Conquista ÍntimaSérie Evangelho no Lar - Cap. 19 - Conquista Íntima
Série Evangelho no Lar - Cap. 19 - Conquista ÍntimaRicardo Azevedo
 
Livro dos Espiritos Q.584 e ESE cap 5 item16
Livro dos Espiritos Q.584 e ESE cap 5 item16Livro dos Espiritos Q.584 e ESE cap 5 item16
Livro dos Espiritos Q.584 e ESE cap 5 item16Patricia Farias
 
Livro dos Espíritos Q.582 e ESE cap5 item14
Livro dos Espíritos Q.582 e ESE cap5 item14Livro dos Espíritos Q.582 e ESE cap5 item14
Livro dos Espíritos Q.582 e ESE cap5 item14Patricia Farias
 
Aflito, Porem Bem Aventurado
Aflito,  Porem Bem Aventurado Aflito,  Porem Bem Aventurado
Aflito, Porem Bem Aventurado Clea Alves
 
Série Evangelho no Lar - Capítulo 3
Série Evangelho no Lar - Capítulo 3Série Evangelho no Lar - Capítulo 3
Série Evangelho no Lar - Capítulo 3Ricardo Azevedo
 
(Boa nova) 13 pecado e punicao
(Boa nova) 13   pecado e punicao(Boa nova) 13   pecado e punicao
(Boa nova) 13 pecado e punicaoAntonio Braga
 
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 29 - A Vinha
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 29 - A VinhaSérie Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 29 - A Vinha
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 29 - A VinhaRicardo Azevedo
 
(BOA NOVA) 20 - Maria de Magdala
(BOA NOVA) 20 - Maria de Magdala(BOA NOVA) 20 - Maria de Magdala
(BOA NOVA) 20 - Maria de MagdalaAntonio Braga
 
Livros para Reler - Nosso Lar
Livros para Reler - Nosso LarLivros para Reler - Nosso Lar
Livros para Reler - Nosso LarPatricia Farias
 
(BOA NOVA) 24 - A Ilusao do Discipulo
(BOA NOVA) 24 - A Ilusao do Discipulo(BOA NOVA) 24 - A Ilusao do Discipulo
(BOA NOVA) 24 - A Ilusao do DiscipuloAntonio Braga
 
Mortificação do pecado 5 - Christopher Love
Mortificação do pecado 5 - Christopher LoveMortificação do pecado 5 - Christopher Love
Mortificação do pecado 5 - Christopher LoveSilvio Dutra
 

Mais procurados (20)

(Livro Boa nova) Cap.19 Comunhão com Deus
(Livro Boa nova) Cap.19   Comunhão com Deus(Livro Boa nova) Cap.19   Comunhão com Deus
(Livro Boa nova) Cap.19 Comunhão com Deus
 
(Livro Boa nova) Cap. 20 Maria de Magdala
(Livro Boa nova) Cap. 20   Maria de Magdala(Livro Boa nova) Cap. 20   Maria de Magdala
(Livro Boa nova) Cap. 20 Maria de Magdala
 
(Livro Boa nova) Cap.13 pecado e punição
(Livro Boa nova) Cap.13   pecado e punição(Livro Boa nova) Cap.13   pecado e punição
(Livro Boa nova) Cap.13 pecado e punição
 
Valei Vos Da Luz. Jrcordeiro
Valei Vos Da Luz. JrcordeiroValei Vos Da Luz. Jrcordeiro
Valei Vos Da Luz. Jrcordeiro
 
Vidas Sucessivas
Vidas SucessivasVidas Sucessivas
Vidas Sucessivas
 
O destino, a Fatalidade e as escolhas na Vida
O destino, a Fatalidade e as escolhas na VidaO destino, a Fatalidade e as escolhas na Vida
O destino, a Fatalidade e as escolhas na Vida
 
Série Evangelho no Lar - Cap. 38 - Verdade e Amor
Série Evangelho no Lar - Cap. 38 - Verdade e AmorSérie Evangelho no Lar - Cap. 38 - Verdade e Amor
Série Evangelho no Lar - Cap. 38 - Verdade e Amor
 
Viver Para Perdoar
Viver Para PerdoarViver Para Perdoar
Viver Para Perdoar
 
Série Evangelho no Lar - Cap. 19 - Conquista Íntima
Série Evangelho no Lar - Cap. 19 - Conquista ÍntimaSérie Evangelho no Lar - Cap. 19 - Conquista Íntima
Série Evangelho no Lar - Cap. 19 - Conquista Íntima
 
Livro dos Espiritos Q.584 e ESE cap 5 item16
Livro dos Espiritos Q.584 e ESE cap 5 item16Livro dos Espiritos Q.584 e ESE cap 5 item16
Livro dos Espiritos Q.584 e ESE cap 5 item16
 
Livro dos Espíritos Q.582 e ESE cap5 item14
Livro dos Espíritos Q.582 e ESE cap5 item14Livro dos Espíritos Q.582 e ESE cap5 item14
Livro dos Espíritos Q.582 e ESE cap5 item14
 
Aflito, Porem Bem Aventurado
Aflito,  Porem Bem Aventurado Aflito,  Porem Bem Aventurado
Aflito, Porem Bem Aventurado
 
Série Evangelho no Lar - Capítulo 3
Série Evangelho no Lar - Capítulo 3Série Evangelho no Lar - Capítulo 3
Série Evangelho no Lar - Capítulo 3
 
(Boa nova) 13 pecado e punicao
(Boa nova) 13   pecado e punicao(Boa nova) 13   pecado e punicao
(Boa nova) 13 pecado e punicao
 
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 29 - A Vinha
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 29 - A VinhaSérie Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 29 - A Vinha
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 29 - A Vinha
 
(BOA NOVA) 20 - Maria de Magdala
(BOA NOVA) 20 - Maria de Magdala(BOA NOVA) 20 - Maria de Magdala
(BOA NOVA) 20 - Maria de Magdala
 
Livros para Reler - Nosso Lar
Livros para Reler - Nosso LarLivros para Reler - Nosso Lar
Livros para Reler - Nosso Lar
 
Jormi - Jornal Missionário n° 33
Jormi - Jornal Missionário n° 33Jormi - Jornal Missionário n° 33
Jormi - Jornal Missionário n° 33
 
(BOA NOVA) 24 - A Ilusao do Discipulo
(BOA NOVA) 24 - A Ilusao do Discipulo(BOA NOVA) 24 - A Ilusao do Discipulo
(BOA NOVA) 24 - A Ilusao do Discipulo
 
Mortificação do pecado 5 - Christopher Love
Mortificação do pecado 5 - Christopher LoveMortificação do pecado 5 - Christopher Love
Mortificação do pecado 5 - Christopher Love
 

Semelhante a Por que, Senhor? - O Olhar de Jesus e o Natal

Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 92 - Deus não desampara
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 92 - Deus não desamparaSérie Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 92 - Deus não desampara
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 92 - Deus não desamparaRicardo Azevedo
 
Capítulo 6 do evangelho segundo o espiritismo
Capítulo 6 do evangelho segundo o espiritismoCapítulo 6 do evangelho segundo o espiritismo
Capítulo 6 do evangelho segundo o espiritismoEduardo Ottonelli Pithan
 
Livro dos Espiritos 657 e ESE cap6_item5
Livro dos Espiritos 657 e ESE cap6_item5Livro dos Espiritos 657 e ESE cap6_item5
Livro dos Espiritos 657 e ESE cap6_item5Patricia Farias
 
A religiao dos_espiritos_-_emmanuel_-_chico_xavier
A religiao dos_espiritos_-_emmanuel_-_chico_xavierA religiao dos_espiritos_-_emmanuel_-_chico_xavier
A religiao dos_espiritos_-_emmanuel_-_chico_xavierhavatar
 
Livro dos Espiritos 549 e ESE cap 5
Livro dos Espiritos 549 e ESE cap 5Livro dos Espiritos 549 e ESE cap 5
Livro dos Espiritos 549 e ESE cap 5Patricia Farias
 
Estudando com Andre Luiz - Os Mensageiros capitulo 01 Renovação
Estudando com Andre Luiz - Os Mensageiros   capitulo 01 RenovaçãoEstudando com Andre Luiz - Os Mensageiros   capitulo 01 Renovação
Estudando com Andre Luiz - Os Mensageiros capitulo 01 RenovaçãoJose Luiz Maio
 
Missão dos Espíritas
Missão dos EspíritasMissão dos Espíritas
Missão dos EspíritasAntonino Silva
 
Os Mensageiros - A vida no Mundo espiritual Cap 06
Os Mensageiros - A vida no Mundo espiritual Cap 06Os Mensageiros - A vida no Mundo espiritual Cap 06
Os Mensageiros - A vida no Mundo espiritual Cap 06Patricia Farias
 
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 8 - Ansiedades
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 8 - AnsiedadesSérie Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 8 - Ansiedades
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 8 - AnsiedadesRicardo Azevedo
 
080813 le-parte iv-cap.2-paraiso,inferno e purgatório
080813 le-parte iv-cap.2-paraiso,inferno e purgatório080813 le-parte iv-cap.2-paraiso,inferno e purgatório
080813 le-parte iv-cap.2-paraiso,inferno e purgatórioCarlos Alberto Freire De Souza
 
O que sucede após a morte
O que sucede após a morte O que sucede após a morte
O que sucede após a morte Graça Maciel
 
O ÚLTIMO JULGAMENTO - PARÁBOLA DAS OLVELHAS E DOS CABRITOS.pptx
O ÚLTIMO JULGAMENTO - PARÁBOLA DAS OLVELHAS E DOS CABRITOS.pptxO ÚLTIMO JULGAMENTO - PARÁBOLA DAS OLVELHAS E DOS CABRITOS.pptx
O ÚLTIMO JULGAMENTO - PARÁBOLA DAS OLVELHAS E DOS CABRITOS.pptxElianaAraujo49
 
O joio perverso e o trigo de luz
O joio perverso e o trigo de luzO joio perverso e o trigo de luz
O joio perverso e o trigo de luzAngelo Baptista
 
Allan kardec - a prece segundo o evangelho
Allan kardec - a prece segundo o evangelhoAllan kardec - a prece segundo o evangelho
Allan kardec - a prece segundo o evangelhoElaine Cristina
 

Semelhante a Por que, Senhor? - O Olhar de Jesus e o Natal (20)

Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 92 - Deus não desampara
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 92 - Deus não desamparaSérie Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 92 - Deus não desampara
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 92 - Deus não desampara
 
Capítulo 6 do evangelho segundo o espiritismo
Capítulo 6 do evangelho segundo o espiritismoCapítulo 6 do evangelho segundo o espiritismo
Capítulo 6 do evangelho segundo o espiritismo
 
Livro dos Espiritos 657 e ESE cap6_item5
Livro dos Espiritos 657 e ESE cap6_item5Livro dos Espiritos 657 e ESE cap6_item5
Livro dos Espiritos 657 e ESE cap6_item5
 
A religiao dos_espiritos_-_emmanuel_-_chico_xavier
A religiao dos_espiritos_-_emmanuel_-_chico_xavierA religiao dos_espiritos_-_emmanuel_-_chico_xavier
A religiao dos_espiritos_-_emmanuel_-_chico_xavier
 
Livro dos Espiritos 549 e ESE cap 5
Livro dos Espiritos 549 e ESE cap 5Livro dos Espiritos 549 e ESE cap 5
Livro dos Espiritos 549 e ESE cap 5
 
Estudando com Andre Luiz - Os Mensageiros capitulo 01 Renovação
Estudando com Andre Luiz - Os Mensageiros   capitulo 01 RenovaçãoEstudando com Andre Luiz - Os Mensageiros   capitulo 01 Renovação
Estudando com Andre Luiz - Os Mensageiros capitulo 01 Renovação
 
Missão dos Espíritas
Missão dos EspíritasMissão dos Espíritas
Missão dos Espíritas
 
Porta estreita
Porta estreitaPorta estreita
Porta estreita
 
Os Mensageiros - A vida no Mundo espiritual Cap 06
Os Mensageiros - A vida no Mundo espiritual Cap 06Os Mensageiros - A vida no Mundo espiritual Cap 06
Os Mensageiros - A vida no Mundo espiritual Cap 06
 
Ceifa de luz emmanuel - chico xavier
Ceifa de luz   emmanuel - chico xavierCeifa de luz   emmanuel - chico xavier
Ceifa de luz emmanuel - chico xavier
 
Conduta evangelica
Conduta evangelicaConduta evangelica
Conduta evangelica
 
ceifadeluz.pdf
ceifadeluz.pdfceifadeluz.pdf
ceifadeluz.pdf
 
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 8 - Ansiedades
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 8 - AnsiedadesSérie Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 8 - Ansiedades
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 8 - Ansiedades
 
080813 le-parte iv-cap.2-paraiso,inferno e purgatório
080813 le-parte iv-cap.2-paraiso,inferno e purgatório080813 le-parte iv-cap.2-paraiso,inferno e purgatório
080813 le-parte iv-cap.2-paraiso,inferno e purgatório
 
080813 le-parte iv-cap.2
080813 le-parte iv-cap.2080813 le-parte iv-cap.2
080813 le-parte iv-cap.2
 
O que sucede após a morte
O que sucede após a morte O que sucede após a morte
O que sucede após a morte
 
O ÚLTIMO JULGAMENTO - PARÁBOLA DAS OLVELHAS E DOS CABRITOS.pptx
O ÚLTIMO JULGAMENTO - PARÁBOLA DAS OLVELHAS E DOS CABRITOS.pptxO ÚLTIMO JULGAMENTO - PARÁBOLA DAS OLVELHAS E DOS CABRITOS.pptx
O ÚLTIMO JULGAMENTO - PARÁBOLA DAS OLVELHAS E DOS CABRITOS.pptx
 
O joio perverso e o trigo de luz
O joio perverso e o trigo de luzO joio perverso e o trigo de luz
O joio perverso e o trigo de luz
 
Os mensageiros
Os mensageirosOs mensageiros
Os mensageiros
 
Allan kardec - a prece segundo o evangelho
Allan kardec - a prece segundo o evangelhoAllan kardec - a prece segundo o evangelho
Allan kardec - a prece segundo o evangelho
 

Mais de ADALBERTO COELHO DA SILVA JR

A Obsessão por Justa Causa - – A Paixão, o Ciúme, a Traição e a obsessão - EX...
A Obsessão por Justa Causa - – A Paixão, o Ciúme, a Traição e a obsessão - EX...A Obsessão por Justa Causa - – A Paixão, o Ciúme, a Traição e a obsessão - EX...
A Obsessão por Justa Causa - – A Paixão, o Ciúme, a Traição e a obsessão - EX...ADALBERTO COELHO DA SILVA JR
 
A Obsessão por Justa Causa - – A Paixão, o Ciúme, a Traição e a obsessão - TEXTO
A Obsessão por Justa Causa - – A Paixão, o Ciúme, a Traição e a obsessão - TEXTOA Obsessão por Justa Causa - – A Paixão, o Ciúme, a Traição e a obsessão - TEXTO
A Obsessão por Justa Causa - – A Paixão, o Ciúme, a Traição e a obsessão - TEXTOADALBERTO COELHO DA SILVA JR
 
Enquanto Você ainda Pode - - TEXTO_Completo_2024_v5.pdf
Enquanto Você ainda Pode - - TEXTO_Completo_2024_v5.pdfEnquanto Você ainda Pode - - TEXTO_Completo_2024_v5.pdf
Enquanto Você ainda Pode - - TEXTO_Completo_2024_v5.pdfADALBERTO COELHO DA SILVA JR
 
O Martírio nos Tempos Atuais - Ave-Cristo - 70 anos_TEXTO_completo
O Martírio nos Tempos Atuais - Ave-Cristo - 70 anos_TEXTO_completoO Martírio nos Tempos Atuais - Ave-Cristo - 70 anos_TEXTO_completo
O Martírio nos Tempos Atuais - Ave-Cristo - 70 anos_TEXTO_completoADALBERTO COELHO DA SILVA JR
 
O Martírio nos Tempos Atuais - Ave-Cristo - 70 anos_APRESENTAÇÃO_Sintese
O Martírio nos Tempos Atuais - Ave-Cristo - 70 anos_APRESENTAÇÃO_SinteseO Martírio nos Tempos Atuais - Ave-Cristo - 70 anos_APRESENTAÇÃO_Sintese
O Martírio nos Tempos Atuais - Ave-Cristo - 70 anos_APRESENTAÇÃO_SinteseADALBERTO COELHO DA SILVA JR
 
Relacionamento entre Pais e Filhos num Mundo em Transição_Texto
Relacionamento entre Pais e Filhos num Mundo em Transição_TextoRelacionamento entre Pais e Filhos num Mundo em Transição_Texto
Relacionamento entre Pais e Filhos num Mundo em Transição_TextoADALBERTO COELHO DA SILVA JR
 
O Relacionamento entre Pais e Filhos num Mundo em Transição_Apresentação
O Relacionamento entre Pais e Filhos num Mundo em Transição_ApresentaçãoO Relacionamento entre Pais e Filhos num Mundo em Transição_Apresentação
O Relacionamento entre Pais e Filhos num Mundo em Transição_ApresentaçãoADALBERTO COELHO DA SILVA JR
 
As Catástrofes e os Desastres Coletivos_Apresentação
As Catástrofes e os Desastres Coletivos_ApresentaçãoAs Catástrofes e os Desastres Coletivos_Apresentação
As Catástrofes e os Desastres Coletivos_ApresentaçãoADALBERTO COELHO DA SILVA JR
 

Mais de ADALBERTO COELHO DA SILVA JR (20)

A Obsessão por Justa Causa - – A Paixão, o Ciúme, a Traição e a obsessão - EX...
A Obsessão por Justa Causa - – A Paixão, o Ciúme, a Traição e a obsessão - EX...A Obsessão por Justa Causa - – A Paixão, o Ciúme, a Traição e a obsessão - EX...
A Obsessão por Justa Causa - – A Paixão, o Ciúme, a Traição e a obsessão - EX...
 
A Obsessão por Justa Causa - – A Paixão, o Ciúme, a Traição e a obsessão - TEXTO
A Obsessão por Justa Causa - – A Paixão, o Ciúme, a Traição e a obsessão - TEXTOA Obsessão por Justa Causa - – A Paixão, o Ciúme, a Traição e a obsessão - TEXTO
A Obsessão por Justa Causa - – A Paixão, o Ciúme, a Traição e a obsessão - TEXTO
 
Enquanto Você ainda Pode - - TEXTO_Completo_2024_v5.pdf
Enquanto Você ainda Pode - - TEXTO_Completo_2024_v5.pdfEnquanto Você ainda Pode - - TEXTO_Completo_2024_v5.pdf
Enquanto Você ainda Pode - - TEXTO_Completo_2024_v5.pdf
 
Enquanto Você ainda Pode - - APRESENTAÇÃO
Enquanto Você ainda Pode - - APRESENTAÇÃOEnquanto Você ainda Pode - - APRESENTAÇÃO
Enquanto Você ainda Pode - - APRESENTAÇÃO
 
Esses Dias Tumultuosos e o Natal_Exposição
Esses Dias Tumultuosos e o Natal_ExposiçãoEsses Dias Tumultuosos e o Natal_Exposição
Esses Dias Tumultuosos e o Natal_Exposição
 
Estes Dias Tumultuosos e o Natal - texto
Estes Dias Tumultuosos e o Natal - textoEstes Dias Tumultuosos e o Natal - texto
Estes Dias Tumultuosos e o Natal - texto
 
Loucura e Obsessão - 35 anos_TEXTO
Loucura e Obsessão - 35 anos_TEXTOLoucura e Obsessão - 35 anos_TEXTO
Loucura e Obsessão - 35 anos_TEXTO
 
Loucura e Obsessão - 35 anos
Loucura e Obsessão - 35 anosLoucura e Obsessão - 35 anos
Loucura e Obsessão - 35 anos
 
Sexo e Destino - 60 anos_Texto
Sexo e Destino - 60 anos_TextoSexo e Destino - 60 anos_Texto
Sexo e Destino - 60 anos_Texto
 
Sexo e Destino - 60 anos
Sexo e Destino - 60 anosSexo e Destino - 60 anos
Sexo e Destino - 60 anos
 
O Martírio nos Tempos Atuais - Ave-Cristo - 70 anos_TEXTO_completo
O Martírio nos Tempos Atuais - Ave-Cristo - 70 anos_TEXTO_completoO Martírio nos Tempos Atuais - Ave-Cristo - 70 anos_TEXTO_completo
O Martírio nos Tempos Atuais - Ave-Cristo - 70 anos_TEXTO_completo
 
O Martírio nos Tempos Atuais - Ave-Cristo - 70 anos_APRESENTAÇÃO_Sintese
O Martírio nos Tempos Atuais - Ave-Cristo - 70 anos_APRESENTAÇÃO_SinteseO Martírio nos Tempos Atuais - Ave-Cristo - 70 anos_APRESENTAÇÃO_Sintese
O Martírio nos Tempos Atuais - Ave-Cristo - 70 anos_APRESENTAÇÃO_Sintese
 
O Autismo – uma Leitura Espiritual_TEXTO
O Autismo – uma Leitura Espiritual_TEXTOO Autismo – uma Leitura Espiritual_TEXTO
O Autismo – uma Leitura Espiritual_TEXTO
 
O Autismo - uma leitura espiritual_APRESENTAÇÃO
O Autismo - uma leitura espiritual_APRESENTAÇÃOO Autismo - uma leitura espiritual_APRESENTAÇÃO
O Autismo - uma leitura espiritual_APRESENTAÇÃO
 
Relacionamento entre Pais e Filhos num Mundo em Transição_Texto
Relacionamento entre Pais e Filhos num Mundo em Transição_TextoRelacionamento entre Pais e Filhos num Mundo em Transição_Texto
Relacionamento entre Pais e Filhos num Mundo em Transição_Texto
 
O Relacionamento entre Pais e Filhos num Mundo em Transição_Apresentação
O Relacionamento entre Pais e Filhos num Mundo em Transição_ApresentaçãoO Relacionamento entre Pais e Filhos num Mundo em Transição_Apresentação
O Relacionamento entre Pais e Filhos num Mundo em Transição_Apresentação
 
As Catástrofes e os Desastres Coletivos
As Catástrofes e os Desastres ColetivosAs Catástrofes e os Desastres Coletivos
As Catástrofes e os Desastres Coletivos
 
As Catástrofes e os Desastres Coletivos_Apresentação
As Catástrofes e os Desastres Coletivos_ApresentaçãoAs Catástrofes e os Desastres Coletivos_Apresentação
As Catástrofes e os Desastres Coletivos_Apresentação
 
Tempo de Recomeçar - TEXTO - 2023
Tempo de Recomeçar - TEXTO - 2023Tempo de Recomeçar - TEXTO - 2023
Tempo de Recomeçar - TEXTO - 2023
 
Tempo de Recomeçar - 2023
Tempo de Recomeçar - 2023Tempo de Recomeçar - 2023
Tempo de Recomeçar - 2023
 

Último

Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 135 - Renovação Necessária
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 135 - Renovação NecessáriaSérie Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 135 - Renovação Necessária
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 135 - Renovação NecessáriaRicardo Azevedo
 
João Calvino e o Cânticos dos Salmos: uma introdução ao pensamento de Calvino...
João Calvino e o Cânticos dos Salmos: uma introdução ao pensamento de Calvino...João Calvino e o Cânticos dos Salmos: uma introdução ao pensamento de Calvino...
João Calvino e o Cânticos dos Salmos: uma introdução ao pensamento de Calvino...edsonjsmarques
 
Bíblia sagrada - JOel - slides powerpoint.pptx
Bíblia sagrada - JOel - slides powerpoint.pptxBíblia sagrada - JOel - slides powerpoint.pptx
Bíblia sagrada - JOel - slides powerpoint.pptxIgreja Jesus é o Verbo
 
Bíblia Sagrada _ Oséias - slides powerpoint.pptx
Bíblia Sagrada _ Oséias - slides powerpoint.pptxBíblia Sagrada _ Oséias - slides powerpoint.pptx
Bíblia Sagrada _ Oséias - slides powerpoint.pptxIgreja Jesus é o Verbo
 
Livro Atos dos apóstolos estudo 12- Cap 25 e 26.pptx
Livro Atos dos apóstolos  estudo 12- Cap 25 e 26.pptxLivro Atos dos apóstolos  estudo 12- Cap 25 e 26.pptx
Livro Atos dos apóstolos estudo 12- Cap 25 e 26.pptxPIB Penha
 
EVOLUÇAO EM DOIS MUNDOS FRANCISCO (1).pdf
EVOLUÇAO EM DOIS MUNDOS FRANCISCO (1).pdfEVOLUÇAO EM DOIS MUNDOS FRANCISCO (1).pdf
EVOLUÇAO EM DOIS MUNDOS FRANCISCO (1).pdfFrancisco Baptista
 
Ciclos de Aprendizados: “Uma Análise da Evolução Espiritual Através das Exis...
Ciclos de Aprendizados:  “Uma Análise da Evolução Espiritual Através das Exis...Ciclos de Aprendizados:  “Uma Análise da Evolução Espiritual Através das Exis...
Ciclos de Aprendizados: “Uma Análise da Evolução Espiritual Através das Exis...M.R.L
 
Letra A reforma versão - atos 2 letra a reforma atos 2
Letra A reforma versão - atos 2 letra a reforma atos 2Letra A reforma versão - atos 2 letra a reforma atos 2
Letra A reforma versão - atos 2 letra a reforma atos 2emprego2
 
Oração De Santa Rita De Cássia
Oração De Santa Rita De CássiaOração De Santa Rita De Cássia
Oração De Santa Rita De CássiaNilson Almeida
 
Lição 8 - Confessando e Abandonando o Pecado.pptx
Lição 8 - Confessando e Abandonando o Pecado.pptxLição 8 - Confessando e Abandonando o Pecado.pptx
Lição 8 - Confessando e Abandonando o Pecado.pptxCelso Napoleon
 

Último (10)

Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 135 - Renovação Necessária
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 135 - Renovação NecessáriaSérie Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 135 - Renovação Necessária
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 135 - Renovação Necessária
 
João Calvino e o Cânticos dos Salmos: uma introdução ao pensamento de Calvino...
João Calvino e o Cânticos dos Salmos: uma introdução ao pensamento de Calvino...João Calvino e o Cânticos dos Salmos: uma introdução ao pensamento de Calvino...
João Calvino e o Cânticos dos Salmos: uma introdução ao pensamento de Calvino...
 
Bíblia sagrada - JOel - slides powerpoint.pptx
Bíblia sagrada - JOel - slides powerpoint.pptxBíblia sagrada - JOel - slides powerpoint.pptx
Bíblia sagrada - JOel - slides powerpoint.pptx
 
Bíblia Sagrada _ Oséias - slides powerpoint.pptx
Bíblia Sagrada _ Oséias - slides powerpoint.pptxBíblia Sagrada _ Oséias - slides powerpoint.pptx
Bíblia Sagrada _ Oséias - slides powerpoint.pptx
 
Livro Atos dos apóstolos estudo 12- Cap 25 e 26.pptx
Livro Atos dos apóstolos  estudo 12- Cap 25 e 26.pptxLivro Atos dos apóstolos  estudo 12- Cap 25 e 26.pptx
Livro Atos dos apóstolos estudo 12- Cap 25 e 26.pptx
 
EVOLUÇAO EM DOIS MUNDOS FRANCISCO (1).pdf
EVOLUÇAO EM DOIS MUNDOS FRANCISCO (1).pdfEVOLUÇAO EM DOIS MUNDOS FRANCISCO (1).pdf
EVOLUÇAO EM DOIS MUNDOS FRANCISCO (1).pdf
 
Ciclos de Aprendizados: “Uma Análise da Evolução Espiritual Através das Exis...
Ciclos de Aprendizados:  “Uma Análise da Evolução Espiritual Através das Exis...Ciclos de Aprendizados:  “Uma Análise da Evolução Espiritual Através das Exis...
Ciclos de Aprendizados: “Uma Análise da Evolução Espiritual Através das Exis...
 
Letra A reforma versão - atos 2 letra a reforma atos 2
Letra A reforma versão - atos 2 letra a reforma atos 2Letra A reforma versão - atos 2 letra a reforma atos 2
Letra A reforma versão - atos 2 letra a reforma atos 2
 
Oração De Santa Rita De Cássia
Oração De Santa Rita De CássiaOração De Santa Rita De Cássia
Oração De Santa Rita De Cássia
 
Lição 8 - Confessando e Abandonando o Pecado.pptx
Lição 8 - Confessando e Abandonando o Pecado.pptxLição 8 - Confessando e Abandonando o Pecado.pptx
Lição 8 - Confessando e Abandonando o Pecado.pptx
 

Por que, Senhor? - O Olhar de Jesus e o Natal

  • 1. A um observador apressado muitas atitudes do Mestre, no exercício da Boa Nova, podem parecer estranhas, SENÃO PARADOXAIS. Joanna de Angelis - Espírito e Vida – Cap. 30 Nicodemos — Que desejas de mim? —, perguntou Jesus. — Que é mister fazer — retrucou, emocionado, o fariseu —para fruir das excelsitudes DA PAZ COM A MENTE RETA E O CORAÇÃO TRANQUILO? ... e depois, gozar as delícias do Reino? João 3: 1 a 12 / ESE – Cap. 4 – Ninguém poderá ver o Reino Há quanto tempo a pergunta lhe queimava o pensamento?! Amélia Rodrigues – Primícias do Reino – Cap. 4 – Nicodemos, o Amigo - Nicodemos, que pretendes de mim? - Senhor – explique -, tenho o pensamento em fogo, tentando discernir sobre RETIDÃO E DELINQÜÊNCIA, BONDADE E CORREÇÃO... Humberto de Campos – Estante da Vida – Cap. 40 – Por que, Senhor? Senhor, Tu que nos deste no TEMPO O sábio condutor de nossos destinos, Faze-nos entender a BÊNÇÃO DOS MINUTOS, A fim de não perdermos o TESOURO DOS SÉCULOS… Emmanuel – Instruções Psicofônicas – Cap. 42 23/Dezembro/1954
  • 2. POR QUE, TE BANQUETEASTE COM PECADORES? • (...) não vim ao mundo socorrer os sãos, e sim os enfermos. POR QUE, DISPENSASTE TANTA ATENÇÃO A AVAROS? • (...) quem são os avaros na vida... POR QUE, AS MERETRIZES, SENHOR? PORQUE AS DEFENDESTE? • (...) atire a primeira pedra, aquele que estiver sem... POR QUE, DESTES OPORTUNIDADES AOS INFIEIS? • (...) quem são os infiéis de todos os tempos... POR QUE, TE DEIXASTE IMOLAR ENTRE DOIS MALFEITORES? • (...) não julgueis, para não seres julgados. POR QUE, PEDISTE PERDÃO PARA OS PRÓPRIOS CARRASCOS? • (...) perdoai Pai, porque eles não sabem o que fazem... Humberto de Campos – Estante da Vida – Cap. 40 – Por que, Senhor? PERGUNTAS
  • 3. Nunca disse que os pecadores estão no caminho justo, mas afirmei que não vim ao mundo socorrer os sãos, e sim os enfermos. Quanto aos princípios de santidade, que dizer dos bons que detestam os maus, dos felizes que desprezam os infelizes, se todos somos filhos de Deus? Estive com a multidão, desde as notícias iniciais do novo Reino!... Relativamente a Zaqueu, é ele um rico que desejava instruir-se, e furtar a lição, àqueles amigos a quem o mundo apelida de avaros, é o mesmo que recusar remédio ao doente... Nicodemos, na hora do Juízo Divino, muitas dessas mesmas desventuradas mulheres, que censuras, ressurgirão do lodo da angústia, limpas e brilhantes, lavadas pelo pranto e pelo suor que derramarem Exatamente por isso... Na dor do remorso pelas próprias fraquezas, Simão ganhará mais força para ser fiel... Mais que os outros companheiros, ele sabe agora quanto custa o sofrimento da deserção... Como podes julgar apressadamente a tragédia de criaturas cuja história não conheces desde o princípio? Não acoberto os que praticam o mal; no entanto, é preciso saber até que ponto terá alguém resistido à tentação e ao infortúnio para que se transformam em vítimas do próprio desequilíbrio. Não anulei a responsabilidade em tempo algum... Roguei, algemado à cruz: “Pai, perdoa-lhes porque não sabem o que fazem...” Com isso, não asseverei que os nossos adversários gratuitos estivessem fazendo o que deviam fazer... Esclareci, tão-só, que eles não sabiam o que estavam fazendo e, por isso mesmo, se revelavam dignos da maior compaixão!... PECADORES AVAROS MERETRIZES INFIEIS MALFEITORES CARRASCOS Humberto de Campos – Estante da Vida – Cap. 40 – Por que, Senhor? RESPOSTAS
  • 4. ... . ... PECADORES AVAROS MERETRIZES INFIEIS MALFEITORES CARRASCOS O QUE FAZER?  Aos pés dos Enfermos, não olvides que o melhor remédio é a Renovação da Esperança;  Se encontrares os Falidos e os Derrotados da sorte, fala-lhes do divino ensejo do Futuro;  Se fores procurado, algum dia, pelos espíritos desviados e criminosos, não profiras palavra alguma de maldição, lembre-se sempre que a dívida, em toda parte, anda com os devedores. ANIMA, ELEVA, EDUCA, DESPERTA, sem ferir aos que ainda “dormem”. Deus opera maravilhas por intermédio do trabalho de Boa Vontade. Narcisa – Nosso Lar – Cap. 44
  • 5. “Não atentando Nós nas coisas que se vêem, mas nas que se não veem; porque as que se vêem são temporais, e as que se não vêem são eternas”. Paulo de Tarso – 2º Carta aos Coríntios 4:16 “Eis o meu segredo. É muito simples: só se vê bem com o coração. O essencial é invisível para os olhos”. Antoine de Saint-Exupéry – O Pequeno Príncipe: Cap. 21 “Se podes olhar, vê. Se podes ver, repara”. Saramago – Ensaios sobre a Cegueira: Pag. 1 “Em muitas situações deixamos de perceber, escutar e sentir as pessoas. Para Ver, é necessário libertar-se do imediato”. Hugues de Montalembert – Um Outro Olhar: Pag. 55/101 APRENDE, POIS, A VER BELEZA EM TODAS AS COISAS, a retirar o lado bom mesmo do mal em TUDO e em TODOS. Joanna de Angelis – Luz nas Trevas – Cap. 8 – As Bênçãos da Alegria Geralmente ouvimos e sentimos conforme nossas inclinações e não segundo a realidade essencial. Anotamos situações e paisagens COM A LUZ OU COM A TREVA QUE ABSORVEM A NOSSA INTELIGÊNCIA. Sentimos com a reflexão ou com o caos que instalamos no próprio entendimento. ... Busquemos algo do OLHAR DE JESUS para nossos olhos. Emmanuel – Viajor – Cap. 8 – O Olhar de Jesus SENHOR NÃO VÊ COMO VÊ O HOMEM, POIS O HOMEM VÊ o que está diante dos olhos, porém o Senhor olha para o coração. Samuel 16:7 – Velho Testamento
  • 6. FELIZ NATAL “Glória a Deus no Universo Divino. PAZ NA TERRA. Boa-Vontade para com os Homens”. Natal! Boa Nova! BOA- VONTADE!... Emmanuel – Antologia Mediúnica do Natal – Cap. 17 ( LUCAS 2:4) Meu amigo, não te esqueças, Pelo Natal de Jesus, De cultivar na lembrança A paz, a verdade e a luz Mas, escuta. Não te esqueças Na doce revelação, Que Jesus deve nascer No altar do teu coração Casemiro Cunha – Cartas do Evangelho – 2º Parte – Cap. 1 – Bilhete de Natal
  • 7. Um ano chega e se vai, Mas outro ano aparece, Para que o drama da vida, Na Terra se represente. Em cada dia que nasce Há sempre dor e prazer; Resguardemos o otimismo Na alegria de VIVER… Jair Presente – Palco Iluminado – Cap. 2 – Nota do Tempo Faze-nos entender a BÊNÇÃO DOS MINUTOS, A fim de não perdermos o TESOURO DOS SÉCULOS…. Emmanuel – Instruções Psicofônicas – Cap. 42 23/Dezembro/1954