SlideShare uma empresa Scribd logo
O ÚLTIMO JULGAMENTO
(Mateus 25:31-46)
O ÚLTIMO JULGAMENTO - (Mateus 25:31-46)
Quando o filho do homem vier em toda a sua glória, e todos os anjos com ele,
então se assentará sobre o trono da sua glória.
E serão reunidas diante dele todas as nações, separará uns dos outros, como o
pastor separa as ovelhas dos cabritos;
e colocará as ovelhas à sua direita e os cabritos à sua esquerda.
Então, o Rei dirá aos {que estiverem} à sua direita: Vinde, benditos do meu Pai,
herdai o reino preparado para vós desde a fundação do mundo.
Pois tive fome e me destes de comer; tive sede e me destes de beber; era
estrangeiro e me acolhestes;
{estava} nu e me vestistes; estive enfermo e me visitastes; estava na prisão e
viestes a mim.
Então, os justos lhe responderão, dizendo: Senhor, quando te vimos com fome e te
demos de comer, ou com sede e te demos de beber?
Quando te vimos estrangeiro e te acolhemos ou nu e te vestimos?
Quando te vimos enfermo ou na prisão e viemos a ti?
Em resposta, o Rei lhes dirá: Amém vos digo {que} na medida em que
fizestes a um destes meus irmãos, mais pequeninos, a mim o fizestes.
Então, dirá aos {que estiverem} à {sua} esquerda: Afastai-vos de mim,
amaldiçoados, para o fogo eterno, preparado para o diabo e seus anjos.
Pois tive fome e não me destes de comer; tive sede e não me destes de
beber;
era estrangeiro e não me acolhestes; {estava} nu e não me vestistes;
enfermo e na prisão e não me visitastes.
Então, eles também responderão, dizendo: Senhor, quando te vimos
com fome ou com sede, estrangeiro ou nu, enfermo ou na prisão e não
te servimos?
Então, lhes responderá, dizendo: Amém vos digo {que} na medida em
que não fizestes a um destes mais pequeninos, a mim não o fizestes.
E estes irão para o castigo eterno; os justos para a vida eterna.
•Por isso, os perversos não prevalecerão no juízo, nem os
pecadores, na congregação dos justos. (Salmos 1:5)
•Pois o Senhor conhece o caminho dos justos, mas o caminho
dos ímpios perecerá. (Salmos 1:6)
•Assim será na consumação do século: sairão os anjos, e
separarão os maus dentre os justos. (Mateus 13:49)
Esquerda - Direita
Separação
• Cabritos (esquerda)
• INJUSTOS (Ímpio)
• Gematria de Ímpio
• H7563 - ‫ע‬ ָ
‫שׁ‬ ָ
‫ר‬ - râshâʻ (raw-shaw')
• perverso, criminoso, mau
• alguém culpado de crime
(hostil a Deus)
• culpado de pecado
(contra Deus ou homem)
• Ímpio - Esquerda: Afastai-vos de
mim, amaldiçoados, para o fogo
eterno
• Ovelhas (direita)
• JUSTOS (Piedoso)
• Aos justos nasce luz nas trevas: ele é
piedoso, misericordioso e justo.
(Salmos 112:4)
• Gematria de Justos - Δίκαιος - (G1342)
- díkaios (dik'-ah-yos)
• justo, observa as leis divinas
• num sentido amplo, reto, justo,
vituoso, que guarda os mandamentos
de Deus;
• Piedoso - Direita: Vinde, benditos do
meu Pai, herdai o reino preparado
para vós desde a fundação do mundo
Mateus 25:31-46
Tendo o bem que reinar na Terra, é preciso que dela sejam
excluídos os Espíritos endurecidos no mal e que possam trazer-
lhe perturbações. Deus permitiu que eles aí permanecessem o
tempo necessário para se melhorarem; mas, chegado o
momento em que, pelo progresso moral de seus habitantes, o
globo terráqueo tem de ascender na hierarquia dos mundos,
ele será interdito, como morada, a encarnados e desencarnados
que não hajam aproveitado os ensinamentos que uns e outros
se achavam em condições de aí receber. Serão exilados para
mundos inferiores, vindo substituí-los Espíritos melhores. Essa
separação, a que Jesus presidirá, é que se acha figurada por
estas palavras sobre o juízo final:
“Os bons passarão à minha direita e os maus à minha esquerda”.
A Gênese - Predições do Evangelho
Os bons
passarão à
minha direita
os maus
passarão à
minha
esquerda
“Em verdade vos digo que quantas vezes o fizestes a um
destes meus irmãos mais pequeninos, a mim o fizestes. ”
Jesus
(Mateus 25:40)
Bençãos de Amor, Batuíra, Cap. 5 - Deus, nosso Pai – Psicografia Chico Xavier
“Amemos ao próximo com toda a alma e com todo o
coração e estaremos amando ao Senhor com as forças
mais nobres de nossa vida.” Emmanuel
“Amamos a Deus na pessoa do próximo.” Batuíra
Bençãos de Amor, Batuíra, Cap. 5 - Deus, nosso Pai – Psicografia Chico Xavier
Porque amar os pequeninos?
“Se alguém diz: Eu amo a Deus, e aborrece a seu irmão, é
mentiroso. Pois quem não ama o seu irmão, ao qual viu,
como pode amar a Deus, a quem não viu?” (1 JOÃO, 4.20)
CONDIÇÃO
Deus necessita de nós e deseja receber-nos a
cooperação ainda que humilde.
Livro Através do Tempo – Cap. 27 Ajudemos - Emmanuel
• Não nos esqueçamos do “fazer”.
• trabalho é em nós mesmos;
• operários da regeneração humana;
• apoio fraterno e providencial;
Fonte Viva – Emmanuel – Cap. 137 - Atendamos ao Bem
...Jesus procurou
buscar a atenção das
criaturas, não para a
forma do pensamento
religioso, mas para a
bondade humana.
Fonte Viva – Emmanuel – Cap. 137 - Atendamos ao Bem
...o menor gesto de bondade, será sempre considerado...
como oferenda de amor endereçada a ele próprio.
Estude e Viva, Emmanuel, Cap.19 - Ante a família maior
Esse pede uma frase de bênção, aquele um sorriso de apoio,
outro mendiga um gesto de brandura ou um pedaço de pão…
Abençoa-os e faze, em favor deles, quanto possas, sem te
esqueceres de que o Eterno Amigo nos segue os passos, em
divino silêncio...
Quando: (não faço)
•encolerizaste contra;
•negaste apoio;
•não perdoaste;
•condenaste;
“Foi a mim que o
fizeste.”
Jesus
Livro: Amizade, Meimei, Cap. 13 Diálogo imprevisto
Livro Cartas de uma morta – Cap. 7 - As almas sofredoras, Maria João de Deus – Psicografia Chico Xavier
A lei de Deus é sempre o Amor.
Livro Diálogo dos Vivos – cap. 21 - Renovação do mundo – Emmanuel e Irmão Saulo
Para onde vai o mundo,
com tantos conflitos e
desequilíbrios?
Mas acaso existem modificações
profundas sem abalos
profundos?
Evolução dos mundos
Porque vemos tantas calamidades na transição?
•reencarnações difíceis (urgência);
•testemunhos amargos de
aperfeiçoamento íntimo;
•tempo curto no veículo físico
(tarefas inacabadas);
Livro Diálogo dos Vivos – cap. 21 - Renovação do mundo – Emmanuel e Irmão Saulo
“Os flagelos são provas que dão ao homem ocasião de
exercitar a sua inteligência, de demonstrar sua paciência e
resignação..., e que lhe oferecem ensejo de manifestar
seus sentimentos de abnegação e de amor ao próximo, se
não estiver dominado pelo egoísmo.”
Livro O Livro dos Espíritos > Parte terceira — Das leis morais > Capítulo VI — 5. Lei de destruição
“Devido ao aumento da maldade, o amor de muitos
esfriará”, Mt 24:12
impiedade
Deus, ...conta conosco e precisa de nós.
Espera sejamos o amparo aos desajustados, a fortaleza
dos fracos, a energia dos fatigados, a bênção dos que
foram lançados à solidão. Batuíra
Bençãos de Amor, Batuíra, Cap. 5 - Deus, nosso Pai – Psicografia Chico Xavier
um novo mundo está nascendo...
Não há motivos para
decepção.
Basta ver que ao lado das
aflições florescem
grandes esperanças.
Livro Diálogo dos Vivos – cap. 21 - Renovação do mundo – Emmanuel e Irmão Saulo
Deus envia-nos os necessitados de toda espécie e de
todas as procedências para que Lhe representemos a
Providência Divina.
Bençãos de Amor, Batuíra, Cap. 5 - Deus, nosso Pai – Psicografia Chico Xavier
Wagner Moura
No Futuro
Livro Pão Nosso – Cap. 41 No futuro - Emmanuel – Psicografia Chico Xavier
•Os filhos da fé serão justos e
profundamente bons.
•A pregação da Lei viverá nos
atos e pensamentos de
todos, porque o Cordeiro de
Deus terá transformado o
coração de cada homem...
Jesus-Cristo
é o vencedor do mal,
sede os vencedores da
impiedade.”
O Espírito de Verdade. (Paris, 1860.)
O ÚLTIMO JULGAMENTO
(Mateus 25:31-46)
os maus
passarão à
minha
esquerda
Os bons
passarão à
minha direita

Mais conteúdo relacionado

Semelhante a O ÚLTIMO JULGAMENTO - PARÁBOLA DAS OLVELHAS E DOS CABRITOS.pptx

Fora da caridade não há salvação
Fora da caridade não há salvaçãoFora da caridade não há salvação
Fora da caridade não há salvação
Anderson Dias
 
2 Jesus e Assistência.
2 Jesus e Assistência.2 Jesus e Assistência.
2 Jesus e Assistência.
ThiagoPereiraSantos2
 
2 fora da caridade não há salvação - roteiro para aula expositiva - ESDE G2
2 fora da caridade não há salvação - roteiro para aula expositiva - ESDE G22 fora da caridade não há salvação - roteiro para aula expositiva - ESDE G2
2 fora da caridade não há salvação - roteiro para aula expositiva - ESDE G2
FilipeDuartedeBem
 
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 130 - Onde estão?
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 130 - Onde estão?Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 130 - Onde estão?
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 130 - Onde estão?
Ricardo Azevedo
 
Perdão o alicerce da paz jan 2015
Perdão   o alicerce da paz jan 2015Perdão   o alicerce da paz jan 2015
Perdão o alicerce da paz jan 2015
LUCAS CANAVARRO
 
Vós sois a luz do mundo
Vós sois a luz do mundoVós sois a luz do mundo
Vós sois a luz do mundo
Afonso Chagas Corrêa Corrêa
 
Estudos do evangelho 8
Estudos do evangelho 8Estudos do evangelho 8
Estudos do evangelho 8
Leonardo Pereira
 
8 entreaterraeoceu-1954-101008115411-phpapp01
8 entreaterraeoceu-1954-101008115411-phpapp018 entreaterraeoceu-1954-101008115411-phpapp01
8 entreaterraeoceu-1954-101008115411-phpapp01
Instituto de Psicobiofísica Rama Schain
 
Cristo Consolador
Cristo ConsoladorCristo Consolador
Cristo Consolador
Sergio Menezes
 
Respostas_332016_Justiça e misericórdia no Antigo Testamento: Parte 1_GGR
Respostas_332016_Justiça e misericórdia no Antigo Testamento: Parte 1_GGRRespostas_332016_Justiça e misericórdia no Antigo Testamento: Parte 1_GGR
Respostas_332016_Justiça e misericórdia no Antigo Testamento: Parte 1_GGR
Gerson G. Ramos
 
O Bom Samaritano
O Bom SamaritanoO Bom Samaritano
O Bom Samaritano
Eduardo Henrique Marçal
 
Jesus
JesusJesus
Jesus
Lisete B.
 
AULA 4 - IEE.pdf Jesus Cristo modelo e guia
AULA 4 - IEE.pdf Jesus Cristo modelo e guiaAULA 4 - IEE.pdf Jesus Cristo modelo e guia
AULA 4 - IEE.pdf Jesus Cristo modelo e guia
FilipeDuartedeBem
 
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 92 - Deus não desampara
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 92 - Deus não desamparaSérie Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 92 - Deus não desampara
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 92 - Deus não desampara
Ricardo Azevedo
 
Por que, Senhor? - O Olhar de Jesus e o Natal
Por que, Senhor? - O Olhar de Jesus e o NatalPor que, Senhor? - O Olhar de Jesus e o Natal
Por que, Senhor? - O Olhar de Jesus e o Natal
ADALBERTO COELHO DA SILVA JR
 
Boletim 110513
Boletim   110513Boletim   110513
Boletim 110513
Marcio Lira
 
Boletim parque ipê 19.05.2013
Boletim parque ipê 19.05.2013Boletim parque ipê 19.05.2013
Boletim parque ipê 19.05.2013
Igreja Presbiteriana do Parque Ipê
 
ceifadeluz.pdf
ceifadeluz.pdfceifadeluz.pdf
ceifadeluz.pdf
IsabelCristina28370
 
Jormi - Jornal Missionário n° 67
Jormi - Jornal Missionário n° 67Jormi - Jornal Missionário n° 67
Jormi - Jornal Missionário n° 67
trabalho como autonomo
 
Jornal Cáritas junho 2013
Jornal Cáritas junho 2013Jornal Cáritas junho 2013
Jornal Cáritas junho 2013
casaespiritachicoxavierijui
 

Semelhante a O ÚLTIMO JULGAMENTO - PARÁBOLA DAS OLVELHAS E DOS CABRITOS.pptx (20)

Fora da caridade não há salvação
Fora da caridade não há salvaçãoFora da caridade não há salvação
Fora da caridade não há salvação
 
2 Jesus e Assistência.
2 Jesus e Assistência.2 Jesus e Assistência.
2 Jesus e Assistência.
 
2 fora da caridade não há salvação - roteiro para aula expositiva - ESDE G2
2 fora da caridade não há salvação - roteiro para aula expositiva - ESDE G22 fora da caridade não há salvação - roteiro para aula expositiva - ESDE G2
2 fora da caridade não há salvação - roteiro para aula expositiva - ESDE G2
 
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 130 - Onde estão?
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 130 - Onde estão?Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 130 - Onde estão?
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 130 - Onde estão?
 
Perdão o alicerce da paz jan 2015
Perdão   o alicerce da paz jan 2015Perdão   o alicerce da paz jan 2015
Perdão o alicerce da paz jan 2015
 
Vós sois a luz do mundo
Vós sois a luz do mundoVós sois a luz do mundo
Vós sois a luz do mundo
 
Estudos do evangelho 8
Estudos do evangelho 8Estudos do evangelho 8
Estudos do evangelho 8
 
8 entreaterraeoceu-1954-101008115411-phpapp01
8 entreaterraeoceu-1954-101008115411-phpapp018 entreaterraeoceu-1954-101008115411-phpapp01
8 entreaterraeoceu-1954-101008115411-phpapp01
 
Cristo Consolador
Cristo ConsoladorCristo Consolador
Cristo Consolador
 
Respostas_332016_Justiça e misericórdia no Antigo Testamento: Parte 1_GGR
Respostas_332016_Justiça e misericórdia no Antigo Testamento: Parte 1_GGRRespostas_332016_Justiça e misericórdia no Antigo Testamento: Parte 1_GGR
Respostas_332016_Justiça e misericórdia no Antigo Testamento: Parte 1_GGR
 
O Bom Samaritano
O Bom SamaritanoO Bom Samaritano
O Bom Samaritano
 
Jesus
JesusJesus
Jesus
 
AULA 4 - IEE.pdf Jesus Cristo modelo e guia
AULA 4 - IEE.pdf Jesus Cristo modelo e guiaAULA 4 - IEE.pdf Jesus Cristo modelo e guia
AULA 4 - IEE.pdf Jesus Cristo modelo e guia
 
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 92 - Deus não desampara
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 92 - Deus não desamparaSérie Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 92 - Deus não desampara
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 92 - Deus não desampara
 
Por que, Senhor? - O Olhar de Jesus e o Natal
Por que, Senhor? - O Olhar de Jesus e o NatalPor que, Senhor? - O Olhar de Jesus e o Natal
Por que, Senhor? - O Olhar de Jesus e o Natal
 
Boletim 110513
Boletim   110513Boletim   110513
Boletim 110513
 
Boletim parque ipê 19.05.2013
Boletim parque ipê 19.05.2013Boletim parque ipê 19.05.2013
Boletim parque ipê 19.05.2013
 
ceifadeluz.pdf
ceifadeluz.pdfceifadeluz.pdf
ceifadeluz.pdf
 
Jormi - Jornal Missionário n° 67
Jormi - Jornal Missionário n° 67Jormi - Jornal Missionário n° 67
Jormi - Jornal Missionário n° 67
 
Jornal Cáritas junho 2013
Jornal Cáritas junho 2013Jornal Cáritas junho 2013
Jornal Cáritas junho 2013
 

Último

Lição 13 – A Cidade Celestial - CPAD.pptx
Lição 13 – A Cidade Celestial - CPAD.pptxLição 13 – A Cidade Celestial - CPAD.pptx
Lição 13 – A Cidade Celestial - CPAD.pptx
Celso Napoleon
 
de volta as estrelas - Erich von Däniken.pdf
de volta as estrelas - Erich von Däniken.pdfde volta as estrelas - Erich von Däniken.pdf
de volta as estrelas - Erich von Däniken.pdf
marcobueno2024
 
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (2)
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (2)Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (2)
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (2)
Nilson Almeida
 
O que está oculto na Maçonaria? Livro cristão.
O que está oculto na Maçonaria? Livro cristão.O que está oculto na Maçonaria? Livro cristão.
O que está oculto na Maçonaria? Livro cristão.
REFORMADOR PROTESTANTE
 
Lição 12 - A Bendita Esperança: A Marca do Cristão.pptx
Lição 12 - A Bendita Esperança: A Marca do Cristão.pptxLição 12 - A Bendita Esperança: A Marca do Cristão.pptx
Lição 12 - A Bendita Esperança: A Marca do Cristão.pptx
Celso Napoleon
 
Teresa Gerhardinger - corajosa mulher de fé e de visão mundial (1989)
Teresa Gerhardinger - corajosa mulher de fé e de visão mundial (1989)Teresa Gerhardinger - corajosa mulher de fé e de visão mundial (1989)
Teresa Gerhardinger - corajosa mulher de fé e de visão mundial (1989)
Elton Zanoni
 
Lição 13 Estudo Biblico para alimento da alma.pptx
Lição 13 Estudo Biblico para alimento da alma.pptxLição 13 Estudo Biblico para alimento da alma.pptx
Lição 13 Estudo Biblico para alimento da alma.pptx
JaquelineSantosBasto
 
A Abóbada Celeste No Rito Adonhiramita.pdf
A Abóbada Celeste No Rito Adonhiramita.pdfA Abóbada Celeste No Rito Adonhiramita.pdf
A Abóbada Celeste No Rito Adonhiramita.pdf
claudiovieira83
 
Jesuítas Os Terroristas Secretos. Livro pdf pdf
Jesuítas Os Terroristas Secretos. Livro pdf pdfJesuítas Os Terroristas Secretos. Livro pdf pdf
Jesuítas Os Terroristas Secretos. Livro pdf pdf
REFORMADOR PROTESTANTE
 
A VOZ DO SILÊNCIO - Helena Blavatsky livro
A VOZ DO SILÊNCIO - Helena Blavatsky livroA VOZ DO SILÊNCIO - Helena Blavatsky livro
A VOZ DO SILÊNCIO - Helena Blavatsky livro
GABRIELADIASDUTRA1
 
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (3)
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (3)Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (3)
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (3)
Nilson Almeida
 
ORGANIZAÇÃO ABERTURA EBF 2024.pdf-1.doc
ORGANIZAÇÃO ABERTURA EBF 2024.pdf-1.docORGANIZAÇÃO ABERTURA EBF 2024.pdf-1.doc
ORGANIZAÇÃO ABERTURA EBF 2024.pdf-1.doc
Oziete SS
 

Último (12)

Lição 13 – A Cidade Celestial - CPAD.pptx
Lição 13 – A Cidade Celestial - CPAD.pptxLição 13 – A Cidade Celestial - CPAD.pptx
Lição 13 – A Cidade Celestial - CPAD.pptx
 
de volta as estrelas - Erich von Däniken.pdf
de volta as estrelas - Erich von Däniken.pdfde volta as estrelas - Erich von Däniken.pdf
de volta as estrelas - Erich von Däniken.pdf
 
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (2)
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (2)Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (2)
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (2)
 
O que está oculto na Maçonaria? Livro cristão.
O que está oculto na Maçonaria? Livro cristão.O que está oculto na Maçonaria? Livro cristão.
O que está oculto na Maçonaria? Livro cristão.
 
Lição 12 - A Bendita Esperança: A Marca do Cristão.pptx
Lição 12 - A Bendita Esperança: A Marca do Cristão.pptxLição 12 - A Bendita Esperança: A Marca do Cristão.pptx
Lição 12 - A Bendita Esperança: A Marca do Cristão.pptx
 
Teresa Gerhardinger - corajosa mulher de fé e de visão mundial (1989)
Teresa Gerhardinger - corajosa mulher de fé e de visão mundial (1989)Teresa Gerhardinger - corajosa mulher de fé e de visão mundial (1989)
Teresa Gerhardinger - corajosa mulher de fé e de visão mundial (1989)
 
Lição 13 Estudo Biblico para alimento da alma.pptx
Lição 13 Estudo Biblico para alimento da alma.pptxLição 13 Estudo Biblico para alimento da alma.pptx
Lição 13 Estudo Biblico para alimento da alma.pptx
 
A Abóbada Celeste No Rito Adonhiramita.pdf
A Abóbada Celeste No Rito Adonhiramita.pdfA Abóbada Celeste No Rito Adonhiramita.pdf
A Abóbada Celeste No Rito Adonhiramita.pdf
 
Jesuítas Os Terroristas Secretos. Livro pdf pdf
Jesuítas Os Terroristas Secretos. Livro pdf pdfJesuítas Os Terroristas Secretos. Livro pdf pdf
Jesuítas Os Terroristas Secretos. Livro pdf pdf
 
A VOZ DO SILÊNCIO - Helena Blavatsky livro
A VOZ DO SILÊNCIO - Helena Blavatsky livroA VOZ DO SILÊNCIO - Helena Blavatsky livro
A VOZ DO SILÊNCIO - Helena Blavatsky livro
 
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (3)
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (3)Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (3)
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (3)
 
ORGANIZAÇÃO ABERTURA EBF 2024.pdf-1.doc
ORGANIZAÇÃO ABERTURA EBF 2024.pdf-1.docORGANIZAÇÃO ABERTURA EBF 2024.pdf-1.doc
ORGANIZAÇÃO ABERTURA EBF 2024.pdf-1.doc
 

O ÚLTIMO JULGAMENTO - PARÁBOLA DAS OLVELHAS E DOS CABRITOS.pptx

  • 2. O ÚLTIMO JULGAMENTO - (Mateus 25:31-46) Quando o filho do homem vier em toda a sua glória, e todos os anjos com ele, então se assentará sobre o trono da sua glória. E serão reunidas diante dele todas as nações, separará uns dos outros, como o pastor separa as ovelhas dos cabritos; e colocará as ovelhas à sua direita e os cabritos à sua esquerda. Então, o Rei dirá aos {que estiverem} à sua direita: Vinde, benditos do meu Pai, herdai o reino preparado para vós desde a fundação do mundo. Pois tive fome e me destes de comer; tive sede e me destes de beber; era estrangeiro e me acolhestes; {estava} nu e me vestistes; estive enfermo e me visitastes; estava na prisão e viestes a mim. Então, os justos lhe responderão, dizendo: Senhor, quando te vimos com fome e te demos de comer, ou com sede e te demos de beber? Quando te vimos estrangeiro e te acolhemos ou nu e te vestimos? Quando te vimos enfermo ou na prisão e viemos a ti?
  • 3. Em resposta, o Rei lhes dirá: Amém vos digo {que} na medida em que fizestes a um destes meus irmãos, mais pequeninos, a mim o fizestes. Então, dirá aos {que estiverem} à {sua} esquerda: Afastai-vos de mim, amaldiçoados, para o fogo eterno, preparado para o diabo e seus anjos. Pois tive fome e não me destes de comer; tive sede e não me destes de beber; era estrangeiro e não me acolhestes; {estava} nu e não me vestistes; enfermo e na prisão e não me visitastes. Então, eles também responderão, dizendo: Senhor, quando te vimos com fome ou com sede, estrangeiro ou nu, enfermo ou na prisão e não te servimos? Então, lhes responderá, dizendo: Amém vos digo {que} na medida em que não fizestes a um destes mais pequeninos, a mim não o fizestes. E estes irão para o castigo eterno; os justos para a vida eterna.
  • 4. •Por isso, os perversos não prevalecerão no juízo, nem os pecadores, na congregação dos justos. (Salmos 1:5) •Pois o Senhor conhece o caminho dos justos, mas o caminho dos ímpios perecerá. (Salmos 1:6) •Assim será na consumação do século: sairão os anjos, e separarão os maus dentre os justos. (Mateus 13:49) Esquerda - Direita
  • 5. Separação • Cabritos (esquerda) • INJUSTOS (Ímpio) • Gematria de Ímpio • H7563 - ‫ע‬ ָ ‫שׁ‬ ָ ‫ר‬ - râshâʻ (raw-shaw') • perverso, criminoso, mau • alguém culpado de crime (hostil a Deus) • culpado de pecado (contra Deus ou homem) • Ímpio - Esquerda: Afastai-vos de mim, amaldiçoados, para o fogo eterno • Ovelhas (direita) • JUSTOS (Piedoso) • Aos justos nasce luz nas trevas: ele é piedoso, misericordioso e justo. (Salmos 112:4) • Gematria de Justos - Δίκαιος - (G1342) - díkaios (dik'-ah-yos) • justo, observa as leis divinas • num sentido amplo, reto, justo, vituoso, que guarda os mandamentos de Deus; • Piedoso - Direita: Vinde, benditos do meu Pai, herdai o reino preparado para vós desde a fundação do mundo Mateus 25:31-46
  • 6. Tendo o bem que reinar na Terra, é preciso que dela sejam excluídos os Espíritos endurecidos no mal e que possam trazer- lhe perturbações. Deus permitiu que eles aí permanecessem o tempo necessário para se melhorarem; mas, chegado o momento em que, pelo progresso moral de seus habitantes, o globo terráqueo tem de ascender na hierarquia dos mundos, ele será interdito, como morada, a encarnados e desencarnados que não hajam aproveitado os ensinamentos que uns e outros se achavam em condições de aí receber. Serão exilados para mundos inferiores, vindo substituí-los Espíritos melhores. Essa separação, a que Jesus presidirá, é que se acha figurada por estas palavras sobre o juízo final: “Os bons passarão à minha direita e os maus à minha esquerda”. A Gênese - Predições do Evangelho
  • 7. Os bons passarão à minha direita os maus passarão à minha esquerda
  • 8. “Em verdade vos digo que quantas vezes o fizestes a um destes meus irmãos mais pequeninos, a mim o fizestes. ” Jesus (Mateus 25:40) Bençãos de Amor, Batuíra, Cap. 5 - Deus, nosso Pai – Psicografia Chico Xavier
  • 9. “Amemos ao próximo com toda a alma e com todo o coração e estaremos amando ao Senhor com as forças mais nobres de nossa vida.” Emmanuel “Amamos a Deus na pessoa do próximo.” Batuíra Bençãos de Amor, Batuíra, Cap. 5 - Deus, nosso Pai – Psicografia Chico Xavier Porque amar os pequeninos?
  • 10. “Se alguém diz: Eu amo a Deus, e aborrece a seu irmão, é mentiroso. Pois quem não ama o seu irmão, ao qual viu, como pode amar a Deus, a quem não viu?” (1 JOÃO, 4.20) CONDIÇÃO
  • 11. Deus necessita de nós e deseja receber-nos a cooperação ainda que humilde. Livro Através do Tempo – Cap. 27 Ajudemos - Emmanuel • Não nos esqueçamos do “fazer”. • trabalho é em nós mesmos; • operários da regeneração humana; • apoio fraterno e providencial;
  • 12. Fonte Viva – Emmanuel – Cap. 137 - Atendamos ao Bem ...Jesus procurou buscar a atenção das criaturas, não para a forma do pensamento religioso, mas para a bondade humana.
  • 13. Fonte Viva – Emmanuel – Cap. 137 - Atendamos ao Bem ...o menor gesto de bondade, será sempre considerado... como oferenda de amor endereçada a ele próprio.
  • 14. Estude e Viva, Emmanuel, Cap.19 - Ante a família maior Esse pede uma frase de bênção, aquele um sorriso de apoio, outro mendiga um gesto de brandura ou um pedaço de pão… Abençoa-os e faze, em favor deles, quanto possas, sem te esqueceres de que o Eterno Amigo nos segue os passos, em divino silêncio...
  • 15. Quando: (não faço) •encolerizaste contra; •negaste apoio; •não perdoaste; •condenaste; “Foi a mim que o fizeste.” Jesus Livro: Amizade, Meimei, Cap. 13 Diálogo imprevisto
  • 16. Livro Cartas de uma morta – Cap. 7 - As almas sofredoras, Maria João de Deus – Psicografia Chico Xavier A lei de Deus é sempre o Amor.
  • 17. Livro Diálogo dos Vivos – cap. 21 - Renovação do mundo – Emmanuel e Irmão Saulo Para onde vai o mundo, com tantos conflitos e desequilíbrios? Mas acaso existem modificações profundas sem abalos profundos? Evolução dos mundos
  • 18. Porque vemos tantas calamidades na transição? •reencarnações difíceis (urgência); •testemunhos amargos de aperfeiçoamento íntimo; •tempo curto no veículo físico (tarefas inacabadas); Livro Diálogo dos Vivos – cap. 21 - Renovação do mundo – Emmanuel e Irmão Saulo
  • 19. “Os flagelos são provas que dão ao homem ocasião de exercitar a sua inteligência, de demonstrar sua paciência e resignação..., e que lhe oferecem ensejo de manifestar seus sentimentos de abnegação e de amor ao próximo, se não estiver dominado pelo egoísmo.” Livro O Livro dos Espíritos > Parte terceira — Das leis morais > Capítulo VI — 5. Lei de destruição
  • 20. “Devido ao aumento da maldade, o amor de muitos esfriará”, Mt 24:12 impiedade
  • 21. Deus, ...conta conosco e precisa de nós. Espera sejamos o amparo aos desajustados, a fortaleza dos fracos, a energia dos fatigados, a bênção dos que foram lançados à solidão. Batuíra Bençãos de Amor, Batuíra, Cap. 5 - Deus, nosso Pai – Psicografia Chico Xavier
  • 22. um novo mundo está nascendo... Não há motivos para decepção. Basta ver que ao lado das aflições florescem grandes esperanças. Livro Diálogo dos Vivos – cap. 21 - Renovação do mundo – Emmanuel e Irmão Saulo
  • 23. Deus envia-nos os necessitados de toda espécie e de todas as procedências para que Lhe representemos a Providência Divina. Bençãos de Amor, Batuíra, Cap. 5 - Deus, nosso Pai – Psicografia Chico Xavier Wagner Moura
  • 24. No Futuro Livro Pão Nosso – Cap. 41 No futuro - Emmanuel – Psicografia Chico Xavier •Os filhos da fé serão justos e profundamente bons. •A pregação da Lei viverá nos atos e pensamentos de todos, porque o Cordeiro de Deus terá transformado o coração de cada homem...
  • 25. Jesus-Cristo é o vencedor do mal, sede os vencedores da impiedade.” O Espírito de Verdade. (Paris, 1860.)
  • 26. O ÚLTIMO JULGAMENTO (Mateus 25:31-46) os maus passarão à minha esquerda Os bons passarão à minha direita