SlideShare uma empresa Scribd logo
PlanoPlano
dede
IntervençãoIntervenção
PedagógicaPedagógica
Professor, me dê um
help.
Como preencho estes formulários
do PIP?unca fiz esse trabalho, você que já
balhou com
isso me explique,
muito confuso para mim...
Prof, vamos começar
analisando os mapas
de resultado de sua
turma....
Eu também preciso
desta orientação, professor.
Estou mais perdido que
cachorrinho que caiu da
mudança...
Especialistas, é importante observar que
A Intervenção Pedagógica inicia no momento
em que vocês realizam a enturmação dos
alunos.
Tratamos aqui das questões relativas à Homo
e Heterogeneidade das turmas, o que deve ser
discutido com a equipe pedagógica, com sinceridade,
objetividade e intencionalidade.
Na seqüência, discutiremos questões relativas
aos agrupamentos produtivos.
Se as turmas são hetero ou homogênas, quem
será o professor que trabalhará com as mesmas?...
O que se entende porO que se entende por
agrupamento produtivo?agrupamento produtivo?
Uma parceria produtiva caracteriza por:
Observações importantes:Observações importantes:
Os critérios de formação das duplas não
se restringem aos conhecimentos sobre a
escrita:
Observar os alunos trabalhando durante
as atividades; se os dois são inquietos,
ambos são tímidos, talvez não sejam bons
parceiros;
Nas próximas atividades você pode:Nas próximas atividades você pode:
que não
funcionam
AGRUPAMENTOSAGRUPAMENTOS
Alunos com hipótese pré-silábica com
alunos que tem hipótese silábica com valor
sonoro;
Alunos com hipótese silábica que utilizam
as vogais com seus valores sonoros com
alunos com hipótese silábica que utilizam
algumas consoantes, considerando seus
valores sonoros;
Alunos com hipótese silábica que utilizam
algumas consoantes ou vogais com seus
valores sonoros com alunos com hipótese
silábico-alfabética;
Alunos com hipótese silábico-alfabética
com alunos que tem hipótese alfabética;
Alunos com hipótese alfabética com alunos
que têm hipótese alfabética.
Favorecer a interação entre osFavorecer a interação entre os
alunos nas atividades em duplaalunos nas atividades em dupla
Aprender a trabalhar em duplas não é de
imediato, nem fácil. É preciso que os alunos
aprendam a ouvir o colega e percebam que
também podem aprender com as
informações dele, mesmo que às vezes isso
gere conflito.
Se durante a atividade você perceber que
somente um dos alunos trabalha e o outro
apenas está de lado, sem participar;
proponha que este último se envolva na
atividade, realizando perguntas:
Você concorda com a forma que o colega
escreveu esta palavra?Você trocaria?
Agrupamento individual ou duplaAgrupamento individual ou dupla
Para decidir quais as duplas mais produtivas,
é importante que o professor considere o que
os alunos sabem e o que precisam aprender
para interagirem e terem avanços.
A escolha das duplas é uma decisão didática:
Não pode ser aleatória ou levar em
consideração apenas a afinidade entre os
alunos.
Para agrupar os alunos consulte seus
registros: sondagem e atividades
trabalhadas em sala de aula.
AnáliseAnálise
dosdos
MapasMapas
Estudante 1
20 acertos=100%
13 acertos= x%
X= 13 x 100 / 20
X= 65%
Item 1
20 alunos =100%
18 acertaram= x%
X= 18 x 100 / 20
X= 90%
P
I
P
I
N
D
I
V
I
D
U
A
L
PlanejandoPlanejando
aa
IntervençãoIntervenção
Baixo DesempenhoBaixo Desempenho
ESTUDANTE 1
ESTUDANTE 13
ESTUDANTE 5
ESTUDANTE 9
ESTUDANTE 17
0
10
20
30
40
50
60
70
80
90
65
90
65
75
20
30
50
90
80
20
30
90
10
30
80
45
55
70
25
10
4º Ano – Professora 12
Desempenho da Turma
PIP da
PIP da
PlanejandoPlanejando
aa
IntervençãoIntervenção
H2 H3 H4 H5 H6 H7 H8 H9 H10 H10 H10 H10 H11 H11 H11 H11 H11 H11 H12
0
10
20
30
40
50
60
70
80
90
65
50
85
35
25
40
20
30
70
90
85
50
20
50
60
50
25
55
35
APROVEITAMENTO DOS ITENS
DESCRITORES
APROVEITAMENTO%H1
25%
35%
40%
85%
35%
25%
40%
85%
PIP da
PlanoPlano
dede
AtendimentoAtendimento
PIPPIP
Plano de Atendimento do PIP – Responsável : Especialista
AtendimentoAtendimento
dodo
PIPPIP
Prof, eu serei responsável pelo
atendimento do PIP, mas não
sei ainda onde vou atender os
alunos, você sabe me responder
essa dúvida?
Esta é uma questão que precisa
ser resolvida.
Em 2013 meus alunos não foram
atendidos por falta de lugar
apropriado. Vamos falar com a
Super sobre isto.
Atenção, Especialistas!
É importante que a escola defina o local
onde vai acontecer a intervenção pedagógica
e o organize para a realização deste trabalho.
Na definição deste local, pense no comportamento
dos alunos que serão atendidos e como eles
serão atendidos, qual será o material utilizado e
quanto tempo vai durar esse atendimento.
O material que será utilizado na intervenção
também deve ser previamente preparado.
Seguem algumas sugestões para esse trabalho.
Álbum Alfabetização Álbum 1º Ano
Álbum 2º Ano Álbum 3º Ano

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Guiadoprofessor 140425073337-phpapp01 (1)
Guiadoprofessor 140425073337-phpapp01 (1)Guiadoprofessor 140425073337-phpapp01 (1)
Guiadoprofessor 140425073337-phpapp01 (1)
Fabiana Fortea
 
Plano Participativo De Intervenção
Plano Participativo De  IntervençãoPlano Participativo De  Intervenção
Plano Participativo De Intervenção
osconectados
 
Sequencia didática 6º ao 9º sem. diagnóstica
Sequencia didática  6º ao 9º sem. diagnósticaSequencia didática  6º ao 9º sem. diagnóstica
Sequencia didática 6º ao 9º sem. diagnóstica
josivaldopassos
 
GUIA PARA OS PROFISSIONAIS DA EDUCAÇÃO PET SEE MG
GUIA PARA OS PROFISSIONAIS DA EDUCAÇÃO PET SEE MGGUIA PARA OS PROFISSIONAIS DA EDUCAÇÃO PET SEE MG
GUIA PARA OS PROFISSIONAIS DA EDUCAÇÃO PET SEE MG
Jakes Paulo
 
Plano de ao do spaece 2012 elaborado pelos professores e gestores
Plano de ao do spaece 2012 elaborado pelos professores e gestoresPlano de ao do spaece 2012 elaborado pelos professores e gestores
Plano de ao do spaece 2012 elaborado pelos professores e gestores
Escola Figueiredo Correia
 
Reagrupamentos pedagógicos
Reagrupamentos pedagógicosReagrupamentos pedagógicos
Reagrupamentos pedagógicos
Janaina Spolidorio
 
Apresentação
ApresentaçãoApresentação
Apresentação
educacao
 
Atividades para período diagnóstico inglês
Atividades para período diagnóstico   inglêsAtividades para período diagnóstico   inglês
Atividades para período diagnóstico inglês
josivaldopassos
 
1.processo de ensino e aprendizagem
1.processo de ensino e aprendizagem1.processo de ensino e aprendizagem
1.processo de ensino e aprendizagem
Alba Mate Mate
 
Plano De IntervençãO PedagóGica 2008
Plano De IntervençãO PedagóGica 2008Plano De IntervençãO PedagóGica 2008
Plano De IntervençãO PedagóGica 2008
Justiniano Fonseca
 
Semana pedagógica em itabaianinha grupo rubem alves
Semana pedagógica em itabaianinha grupo rubem alvesSemana pedagógica em itabaianinha grupo rubem alves
Semana pedagógica em itabaianinha grupo rubem alves
SMEdeItabaianinha
 
10 dicas reforço escolar
10 dicas reforço escolar10 dicas reforço escolar
10 dicas reforço escolar
Terc Cre
 
Slides semana pedagógica
Slides  semana pedagógicaSlides  semana pedagógica
Slides semana pedagógica
Walter de Carvalho Baptista
 
Foco aprendizagem atpc de 14-09-2016
Foco aprendizagem   atpc de 14-09-2016Foco aprendizagem   atpc de 14-09-2016
Foco aprendizagem atpc de 14-09-2016
Escola Estadual Deputado Emílio Justo
 
Texto Avaliacao Diagnostica
Texto Avaliacao DiagnosticaTexto Avaliacao Diagnostica
Texto Avaliacao Diagnostica
Édlon Marcus
 
50 ideias para coordenação
50 ideias para coordenação50 ideias para coordenação
50 ideias para coordenação
Claudia Ramos
 
Reunião com equipe gestora primeira
Reunião com equipe gestora primeiraReunião com equipe gestora primeira
Reunião com equipe gestora primeira
Rosemary Batista
 
Pedagógico - Proposta de Intervenção Pedagógica - SEDUC/VHA/RO
Pedagógico - Proposta de Intervenção Pedagógica - SEDUC/VHA/ROPedagógico - Proposta de Intervenção Pedagógica - SEDUC/VHA/RO
Pedagógico - Proposta de Intervenção Pedagógica - SEDUC/VHA/RO
COORDENADORIA REGIONAL DE EDUCAÇÃO VILHENA
 
Reunião pedagógica rosane gorges
Reunião pedagógica   rosane gorgesReunião pedagógica   rosane gorges
Reunião pedagógica rosane gorges
luannagorges
 

Mais procurados (19)

Guiadoprofessor 140425073337-phpapp01 (1)
Guiadoprofessor 140425073337-phpapp01 (1)Guiadoprofessor 140425073337-phpapp01 (1)
Guiadoprofessor 140425073337-phpapp01 (1)
 
Plano Participativo De Intervenção
Plano Participativo De  IntervençãoPlano Participativo De  Intervenção
Plano Participativo De Intervenção
 
Sequencia didática 6º ao 9º sem. diagnóstica
Sequencia didática  6º ao 9º sem. diagnósticaSequencia didática  6º ao 9º sem. diagnóstica
Sequencia didática 6º ao 9º sem. diagnóstica
 
GUIA PARA OS PROFISSIONAIS DA EDUCAÇÃO PET SEE MG
GUIA PARA OS PROFISSIONAIS DA EDUCAÇÃO PET SEE MGGUIA PARA OS PROFISSIONAIS DA EDUCAÇÃO PET SEE MG
GUIA PARA OS PROFISSIONAIS DA EDUCAÇÃO PET SEE MG
 
Plano de ao do spaece 2012 elaborado pelos professores e gestores
Plano de ao do spaece 2012 elaborado pelos professores e gestoresPlano de ao do spaece 2012 elaborado pelos professores e gestores
Plano de ao do spaece 2012 elaborado pelos professores e gestores
 
Reagrupamentos pedagógicos
Reagrupamentos pedagógicosReagrupamentos pedagógicos
Reagrupamentos pedagógicos
 
Apresentação
ApresentaçãoApresentação
Apresentação
 
Atividades para período diagnóstico inglês
Atividades para período diagnóstico   inglêsAtividades para período diagnóstico   inglês
Atividades para período diagnóstico inglês
 
1.processo de ensino e aprendizagem
1.processo de ensino e aprendizagem1.processo de ensino e aprendizagem
1.processo de ensino e aprendizagem
 
Plano De IntervençãO PedagóGica 2008
Plano De IntervençãO PedagóGica 2008Plano De IntervençãO PedagóGica 2008
Plano De IntervençãO PedagóGica 2008
 
Semana pedagógica em itabaianinha grupo rubem alves
Semana pedagógica em itabaianinha grupo rubem alvesSemana pedagógica em itabaianinha grupo rubem alves
Semana pedagógica em itabaianinha grupo rubem alves
 
10 dicas reforço escolar
10 dicas reforço escolar10 dicas reforço escolar
10 dicas reforço escolar
 
Slides semana pedagógica
Slides  semana pedagógicaSlides  semana pedagógica
Slides semana pedagógica
 
Foco aprendizagem atpc de 14-09-2016
Foco aprendizagem   atpc de 14-09-2016Foco aprendizagem   atpc de 14-09-2016
Foco aprendizagem atpc de 14-09-2016
 
Texto Avaliacao Diagnostica
Texto Avaliacao DiagnosticaTexto Avaliacao Diagnostica
Texto Avaliacao Diagnostica
 
50 ideias para coordenação
50 ideias para coordenação50 ideias para coordenação
50 ideias para coordenação
 
Reunião com equipe gestora primeira
Reunião com equipe gestora primeiraReunião com equipe gestora primeira
Reunião com equipe gestora primeira
 
Pedagógico - Proposta de Intervenção Pedagógica - SEDUC/VHA/RO
Pedagógico - Proposta de Intervenção Pedagógica - SEDUC/VHA/ROPedagógico - Proposta de Intervenção Pedagógica - SEDUC/VHA/RO
Pedagógico - Proposta de Intervenção Pedagógica - SEDUC/VHA/RO
 
Reunião pedagógica rosane gorges
Reunião pedagógica   rosane gorgesReunião pedagógica   rosane gorges
Reunião pedagógica rosane gorges
 

Destaque

P.i.p
P.i.pP.i.p
Projeto de matematica(1)
Projeto de matematica(1)Projeto de matematica(1)
Projeto de matematica(1)
reginacfogli
 
Uso culinário dos cortes
Uso culinário dos cortesUso culinário dos cortes
Uso culinário dos cortes
Antonio Marchi
 
Dia nacional da matemática 2014 sugestões para 2014
Dia nacional da matemática 2014   sugestões para 2014Dia nacional da matemática 2014   sugestões para 2014
Dia nacional da matemática 2014 sugestões para 2014
Dani Pimenta
 
Matemática no cotidiano
Matemática no cotidianoMatemática no cotidiano
Matemática no cotidiano
Fernanda Minatel
 
Projeto de Intervenção Pedagógica (PIP)
Projeto de Intervenção Pedagógica (PIP)Projeto de Intervenção Pedagógica (PIP)
Projeto de Intervenção Pedagógica (PIP)
Debora_Marques
 
Projeto de Intervenção
Projeto de IntervençãoProjeto de Intervenção
Projeto de Intervenção
moniquests
 
Projeto de intervenção estagio ii -
Projeto de intervenção   estagio ii -Projeto de intervenção   estagio ii -
Projeto de intervenção estagio ii -
Alexsandra Veras
 

Destaque (8)

P.i.p
P.i.pP.i.p
P.i.p
 
Projeto de matematica(1)
Projeto de matematica(1)Projeto de matematica(1)
Projeto de matematica(1)
 
Uso culinário dos cortes
Uso culinário dos cortesUso culinário dos cortes
Uso culinário dos cortes
 
Dia nacional da matemática 2014 sugestões para 2014
Dia nacional da matemática 2014   sugestões para 2014Dia nacional da matemática 2014   sugestões para 2014
Dia nacional da matemática 2014 sugestões para 2014
 
Matemática no cotidiano
Matemática no cotidianoMatemática no cotidiano
Matemática no cotidiano
 
Projeto de Intervenção Pedagógica (PIP)
Projeto de Intervenção Pedagógica (PIP)Projeto de Intervenção Pedagógica (PIP)
Projeto de Intervenção Pedagógica (PIP)
 
Projeto de Intervenção
Projeto de IntervençãoProjeto de Intervenção
Projeto de Intervenção
 
Projeto de intervenção estagio ii -
Projeto de intervenção   estagio ii -Projeto de intervenção   estagio ii -
Projeto de intervenção estagio ii -
 

Semelhante a Planejamento pip 2014 apresent março

3º ppt agrupamento produtivo
3º ppt agrupamento produtivo3º ppt agrupamento produtivo
3º ppt agrupamento produtivo
Graça Barros
 
Feedback na aprendizagem
Feedback na aprendizagemFeedback na aprendizagem
Feedback na aprendizagem
Hilda Pinto Gonçalves
 
Gerard vergnaud-todos-perdem-quando-a-pesquisa-nao-e-colocada-em-praticapdf
Gerard vergnaud-todos-perdem-quando-a-pesquisa-nao-e-colocada-em-praticapdfGerard vergnaud-todos-perdem-quando-a-pesquisa-nao-e-colocada-em-praticapdf
Gerard vergnaud-todos-perdem-quando-a-pesquisa-nao-e-colocada-em-praticapdf
Francisca Sueli Farias Nunes
 
Atividades para período diagnóstico inglês
Atividades para período diagnóstico  inglêsAtividades para período diagnóstico  inglês
Atividades para período diagnóstico inglês
josivaldopassos
 
Como fazer Tutoria - 10 Roteiros para facilitar sua vida.pdf
Como fazer Tutoria - 10 Roteiros para facilitar sua vida.pdfComo fazer Tutoria - 10 Roteiros para facilitar sua vida.pdf
Como fazer Tutoria - 10 Roteiros para facilitar sua vida.pdf
JoseaneRodrigues25
 
Atividades para período diagnóstico inglês
Atividades para período diagnóstico   inglêsAtividades para período diagnóstico   inglês
Atividades para período diagnóstico inglês
josivaldopassos
 
Professor, o que fazer quando a sala está uma bagunça?
Professor, o que fazer quando a sala está uma bagunça?Professor, o que fazer quando a sala está uma bagunça?
Professor, o que fazer quando a sala está uma bagunça?
Juliana Soares
 
24 teoria-3-campo-aditivo
24 teoria-3-campo-aditivo24 teoria-3-campo-aditivo
24 teoria-3-campo-aditivo
Josi Angélica
 
Professor precisa falar menos e provocar mais
Professor precisa falar menos e provocar maisProfessor precisa falar menos e provocar mais
Professor precisa falar menos e provocar mais
Escola Estadual Deputado Emílio Justo
 
aula-nota-dez.docx
aula-nota-dez.docxaula-nota-dez.docx
aula-nota-dez.docx
ssuserca8ee1
 
Encontrosuniversitariosslides
EncontrosuniversitariosslidesEncontrosuniversitariosslides
Dicas para uma boa aula aos docentes em início de carreira
Dicas para uma boa aula aos docentes em início de carreiraDicas para uma boa aula aos docentes em início de carreira
Dicas para uma boa aula aos docentes em início de carreira
André Boaratti
 
Dicas para uma boa aula aos docentes em início de carreira
Dicas para uma boa aula aos docentes em início de carreiraDicas para uma boa aula aos docentes em início de carreira
Dicas para uma boa aula aos docentes em início de carreira
André Boaratti
 
Líder em sala de aula
Líder em sala de aulaLíder em sala de aula
Líder em sala de aula
Dulcelenacosta
 
Pequeno manual do professor
Pequeno manual do professorPequeno manual do professor
Pequeno manual do professor
Adriana Priscila
 
Questionario clima
Questionario climaQuestionario clima
Questionario clima
Marina Heitor
 
1a Reuniao de Professores - 2015.1
1a Reuniao de Professores - 2015.11a Reuniao de Professores - 2015.1
1a Reuniao de Professores - 2015.1
Emannuel Fernandes
 
Atribuições do líder de turma
Atribuições do líder de turmaAtribuições do líder de turma
Atribuições do líder de turma
Renata Medeiros Pereira
 
Curso de ABA%20%E2%80%93%20aula%207 3.pptx
Curso de ABA%20%E2%80%93%20aula%207 3.pptxCurso de ABA%20%E2%80%93%20aula%207 3.pptx
Curso de ABA%20%E2%80%93%20aula%207 3.pptx
magdasilva693470
 
Práticas e posturas na sala de aula
Práticas e posturas na sala de aulaPráticas e posturas na sala de aula
Práticas e posturas na sala de aula
Luana Maria Ferreira Fernandes
 

Semelhante a Planejamento pip 2014 apresent março (20)

3º ppt agrupamento produtivo
3º ppt agrupamento produtivo3º ppt agrupamento produtivo
3º ppt agrupamento produtivo
 
Feedback na aprendizagem
Feedback na aprendizagemFeedback na aprendizagem
Feedback na aprendizagem
 
Gerard vergnaud-todos-perdem-quando-a-pesquisa-nao-e-colocada-em-praticapdf
Gerard vergnaud-todos-perdem-quando-a-pesquisa-nao-e-colocada-em-praticapdfGerard vergnaud-todos-perdem-quando-a-pesquisa-nao-e-colocada-em-praticapdf
Gerard vergnaud-todos-perdem-quando-a-pesquisa-nao-e-colocada-em-praticapdf
 
Atividades para período diagnóstico inglês
Atividades para período diagnóstico  inglêsAtividades para período diagnóstico  inglês
Atividades para período diagnóstico inglês
 
Como fazer Tutoria - 10 Roteiros para facilitar sua vida.pdf
Como fazer Tutoria - 10 Roteiros para facilitar sua vida.pdfComo fazer Tutoria - 10 Roteiros para facilitar sua vida.pdf
Como fazer Tutoria - 10 Roteiros para facilitar sua vida.pdf
 
Atividades para período diagnóstico inglês
Atividades para período diagnóstico   inglêsAtividades para período diagnóstico   inglês
Atividades para período diagnóstico inglês
 
Professor, o que fazer quando a sala está uma bagunça?
Professor, o que fazer quando a sala está uma bagunça?Professor, o que fazer quando a sala está uma bagunça?
Professor, o que fazer quando a sala está uma bagunça?
 
24 teoria-3-campo-aditivo
24 teoria-3-campo-aditivo24 teoria-3-campo-aditivo
24 teoria-3-campo-aditivo
 
Professor precisa falar menos e provocar mais
Professor precisa falar menos e provocar maisProfessor precisa falar menos e provocar mais
Professor precisa falar menos e provocar mais
 
aula-nota-dez.docx
aula-nota-dez.docxaula-nota-dez.docx
aula-nota-dez.docx
 
Encontrosuniversitariosslides
EncontrosuniversitariosslidesEncontrosuniversitariosslides
Encontrosuniversitariosslides
 
Dicas para uma boa aula aos docentes em início de carreira
Dicas para uma boa aula aos docentes em início de carreiraDicas para uma boa aula aos docentes em início de carreira
Dicas para uma boa aula aos docentes em início de carreira
 
Dicas para uma boa aula aos docentes em início de carreira
Dicas para uma boa aula aos docentes em início de carreiraDicas para uma boa aula aos docentes em início de carreira
Dicas para uma boa aula aos docentes em início de carreira
 
Líder em sala de aula
Líder em sala de aulaLíder em sala de aula
Líder em sala de aula
 
Pequeno manual do professor
Pequeno manual do professorPequeno manual do professor
Pequeno manual do professor
 
Questionario clima
Questionario climaQuestionario clima
Questionario clima
 
1a Reuniao de Professores - 2015.1
1a Reuniao de Professores - 2015.11a Reuniao de Professores - 2015.1
1a Reuniao de Professores - 2015.1
 
Atribuições do líder de turma
Atribuições do líder de turmaAtribuições do líder de turma
Atribuições do líder de turma
 
Curso de ABA%20%E2%80%93%20aula%207 3.pptx
Curso de ABA%20%E2%80%93%20aula%207 3.pptxCurso de ABA%20%E2%80%93%20aula%207 3.pptx
Curso de ABA%20%E2%80%93%20aula%207 3.pptx
 
Práticas e posturas na sala de aula
Práticas e posturas na sala de aulaPráticas e posturas na sala de aula
Práticas e posturas na sala de aula
 

Mais de Eunice Mendes de Oliveira

Apresentação1 autoestima AUTOESTIMA
Apresentação1 autoestima AUTOESTIMA Apresentação1 autoestima AUTOESTIMA
Apresentação1 autoestima AUTOESTIMA
Eunice Mendes de Oliveira
 
Apresentação flexibilização curricular
Apresentação flexibilização curricularApresentação flexibilização curricular
Apresentação flexibilização curricular
Eunice Mendes de Oliveira
 
Mensagem ao professor
Mensagem ao professorMensagem ao professor
Mensagem ao professor
Eunice Mendes de Oliveira
 
Falarcomdeu sco
Falarcomdeu scoFalarcomdeu sco
Falarcomdeu sco
Eunice Mendes de Oliveira
 
Aprendizagem orquideas
Aprendizagem orquideasAprendizagem orquideas
Aprendizagem orquideas
Eunice Mendes de Oliveira
 
Minicurso de alfabetização s r e
Minicurso de alfabetização s r eMinicurso de alfabetização s r e
Minicurso de alfabetização s r e
Eunice Mendes de Oliveira
 
Ortografização ok
Ortografização okOrtografização ok
Ortografização ok
Eunice Mendes de Oliveira
 
Dinâmica boas vindas!
Dinâmica boas vindas!Dinâmica boas vindas!
Dinâmica boas vindas!
Eunice Mendes de Oliveira
 
Minicurso de alfabetização s r e
Minicurso de alfabetização s r eMinicurso de alfabetização s r e
Minicurso de alfabetização s r e
Eunice Mendes de Oliveira
 
Planejamento pip 2014 apresent março
Planejamento pip 2014 apresent marçoPlanejamento pip 2014 apresent março
Planejamento pip 2014 apresent março
Eunice Mendes de Oliveira
 
Caderno de boas práticas dos especialistas em educação
Caderno de boas práticas dos especialistas em educaçãoCaderno de boas práticas dos especialistas em educação
Caderno de boas práticas dos especialistas em educação
Eunice Mendes de Oliveira
 
Apresen tação o supervisor escolar em ação- adilaine- - cópia
Apresen tação o supervisor escolar em ação- adilaine- - cópiaApresen tação o supervisor escolar em ação- adilaine- - cópia
Apresen tação o supervisor escolar em ação- adilaine- - cópia
Eunice Mendes de Oliveira
 
P18kui0ru717g0avh1aav14hu4go4
P18kui0ru717g0avh1aav14hu4go4P18kui0ru717g0avh1aav14hu4go4
P18kui0ru717g0avh1aav14hu4go4
Eunice Mendes de Oliveira
 
Atividade de leitura_e_escrita[1]
Atividade de leitura_e_escrita[1]Atividade de leitura_e_escrita[1]
Atividade de leitura_e_escrita[1]
Eunice Mendes de Oliveira
 
Apresentação2
Apresentação2Apresentação2
Apresentação2
Eunice Mendes de Oliveira
 
Apresentação flexibilização curricular
Apresentação flexibilização curricularApresentação flexibilização curricular
Apresentação flexibilização curricular
Eunice Mendes de Oliveira
 
Apresenta..[1]
Apresenta..[1]Apresenta..[1]
Sondagem 110130111547-phpapp02
Sondagem 110130111547-phpapp02Sondagem 110130111547-phpapp02
Sondagem 110130111547-phpapp02
Eunice Mendes de Oliveira
 
Mc3a9todo 28-palavras (1)
Mc3a9todo 28-palavras (1)Mc3a9todo 28-palavras (1)
Mc3a9todo 28-palavras (1)
Eunice Mendes de Oliveira
 
Consc fonol limpo
Consc fonol limpoConsc fonol limpo
Consc fonol limpo
Eunice Mendes de Oliveira
 

Mais de Eunice Mendes de Oliveira (20)

Apresentação1 autoestima AUTOESTIMA
Apresentação1 autoestima AUTOESTIMA Apresentação1 autoestima AUTOESTIMA
Apresentação1 autoestima AUTOESTIMA
 
Apresentação flexibilização curricular
Apresentação flexibilização curricularApresentação flexibilização curricular
Apresentação flexibilização curricular
 
Mensagem ao professor
Mensagem ao professorMensagem ao professor
Mensagem ao professor
 
Falarcomdeu sco
Falarcomdeu scoFalarcomdeu sco
Falarcomdeu sco
 
Aprendizagem orquideas
Aprendizagem orquideasAprendizagem orquideas
Aprendizagem orquideas
 
Minicurso de alfabetização s r e
Minicurso de alfabetização s r eMinicurso de alfabetização s r e
Minicurso de alfabetização s r e
 
Ortografização ok
Ortografização okOrtografização ok
Ortografização ok
 
Dinâmica boas vindas!
Dinâmica boas vindas!Dinâmica boas vindas!
Dinâmica boas vindas!
 
Minicurso de alfabetização s r e
Minicurso de alfabetização s r eMinicurso de alfabetização s r e
Minicurso de alfabetização s r e
 
Planejamento pip 2014 apresent março
Planejamento pip 2014 apresent marçoPlanejamento pip 2014 apresent março
Planejamento pip 2014 apresent março
 
Caderno de boas práticas dos especialistas em educação
Caderno de boas práticas dos especialistas em educaçãoCaderno de boas práticas dos especialistas em educação
Caderno de boas práticas dos especialistas em educação
 
Apresen tação o supervisor escolar em ação- adilaine- - cópia
Apresen tação o supervisor escolar em ação- adilaine- - cópiaApresen tação o supervisor escolar em ação- adilaine- - cópia
Apresen tação o supervisor escolar em ação- adilaine- - cópia
 
P18kui0ru717g0avh1aav14hu4go4
P18kui0ru717g0avh1aav14hu4go4P18kui0ru717g0avh1aav14hu4go4
P18kui0ru717g0avh1aav14hu4go4
 
Atividade de leitura_e_escrita[1]
Atividade de leitura_e_escrita[1]Atividade de leitura_e_escrita[1]
Atividade de leitura_e_escrita[1]
 
Apresentação2
Apresentação2Apresentação2
Apresentação2
 
Apresentação flexibilização curricular
Apresentação flexibilização curricularApresentação flexibilização curricular
Apresentação flexibilização curricular
 
Apresenta..[1]
Apresenta..[1]Apresenta..[1]
Apresenta..[1]
 
Sondagem 110130111547-phpapp02
Sondagem 110130111547-phpapp02Sondagem 110130111547-phpapp02
Sondagem 110130111547-phpapp02
 
Mc3a9todo 28-palavras (1)
Mc3a9todo 28-palavras (1)Mc3a9todo 28-palavras (1)
Mc3a9todo 28-palavras (1)
 
Consc fonol limpo
Consc fonol limpoConsc fonol limpo
Consc fonol limpo
 

Último

O livro O Corpo Fala, a linguagem da comunicação não verbal.pdf
O livro O Corpo Fala, a linguagem da comunicação não verbal.pdfO livro O Corpo Fala, a linguagem da comunicação não verbal.pdf
O livro O Corpo Fala, a linguagem da comunicação não verbal.pdf
dataprovider
 
Como montar o mapa conceitual editado.pdf
Como montar o mapa conceitual editado.pdfComo montar o mapa conceitual editado.pdf
Como montar o mapa conceitual editado.pdf
AlineOliveira625820
 
Bem -aventurados pobres de espirito.pptx
Bem -aventurados pobres de espirito.pptxBem -aventurados pobres de espirito.pptx
Bem -aventurados pobres de espirito.pptx
MarcoAurlioResende
 
DEUS CURA TODAS AS FERIDAS ESCONDIDAS DA NOSSA.pptx
DEUS CURA TODAS AS FERIDAS ESCONDIDAS DA NOSSA.pptxDEUS CURA TODAS AS FERIDAS ESCONDIDAS DA NOSSA.pptx
DEUS CURA TODAS AS FERIDAS ESCONDIDAS DA NOSSA.pptx
ConservoConstrues
 
UFCD_7211_Os sistemas do corpo humano_ imunitário, circulatório, respiratório...
UFCD_7211_Os sistemas do corpo humano_ imunitário, circulatório, respiratório...UFCD_7211_Os sistemas do corpo humano_ imunitário, circulatório, respiratório...
UFCD_7211_Os sistemas do corpo humano_ imunitário, circulatório, respiratório...
Manuais Formação
 
Slides Lição 12, Central Gospel, O Milênio, 1Tr24, Pr Henrique.pptx
Slides Lição 12, Central Gospel, O Milênio, 1Tr24, Pr Henrique.pptxSlides Lição 12, Central Gospel, O Milênio, 1Tr24, Pr Henrique.pptx
Slides Lição 12, Central Gospel, O Milênio, 1Tr24, Pr Henrique.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
UFCD_4667_Preparação e confeção de molhos e fundos de cozinha_índice.pdf
UFCD_4667_Preparação e confeção de molhos e fundos de cozinha_índice.pdfUFCD_4667_Preparação e confeção de molhos e fundos de cozinha_índice.pdf
UFCD_4667_Preparação e confeção de molhos e fundos de cozinha_índice.pdf
Manuais Formação
 
Apostila-Microbiologia-e-Parasitologia-doc.pdf
Apostila-Microbiologia-e-Parasitologia-doc.pdfApostila-Microbiologia-e-Parasitologia-doc.pdf
Apostila-Microbiologia-e-Parasitologia-doc.pdf
bmgrama
 
A justiça divina segundo o Espiritismo (V2).pdf
A justiça divina segundo o Espiritismo (V2).pdfA justiça divina segundo o Espiritismo (V2).pdf
A justiça divina segundo o Espiritismo (V2).pdf
MarcoAurlioResende
 
agosto - A cidadania - direitos e deveres em países hispanohablantes.pptx
agosto - A cidadania - direitos e deveres em países hispanohablantes.pptxagosto - A cidadania - direitos e deveres em países hispanohablantes.pptx
agosto - A cidadania - direitos e deveres em países hispanohablantes.pptx
ValdineyRodriguesBez1
 
EXERCÍCIOS ARTRÓPODES E EQUINODERMAS.pdf
EXERCÍCIOS ARTRÓPODES E EQUINODERMAS.pdfEXERCÍCIOS ARTRÓPODES E EQUINODERMAS.pdf
EXERCÍCIOS ARTRÓPODES E EQUINODERMAS.pdf
eltinhorg
 
Primeira fase do modernismo Mapa Mental.pdf
Primeira fase do modernismo Mapa Mental.pdfPrimeira fase do modernismo Mapa Mental.pdf
Primeira fase do modernismo Mapa Mental.pdf
Maurício Bratz
 
A Formação da Moral Cristã na Infância - CESB - DIJ - DIEF - G. de PAIS - 16....
A Formação da Moral Cristã na Infância - CESB - DIJ - DIEF - G. de PAIS - 16....A Formação da Moral Cristã na Infância - CESB - DIJ - DIEF - G. de PAIS - 16....
A Formação da Moral Cristã na Infância - CESB - DIJ - DIEF - G. de PAIS - 16....
MarcoAurlioResende
 
Vivendo a Arquitetura Salesforce - 02.pptx
Vivendo a Arquitetura Salesforce - 02.pptxVivendo a Arquitetura Salesforce - 02.pptx
Vivendo a Arquitetura Salesforce - 02.pptx
Mauricio Alexandre Silva
 
O século XVII e o nascimento da pedagogia.pptx
O século XVII e o nascimento da pedagogia.pptxO século XVII e o nascimento da pedagogia.pptx
O século XVII e o nascimento da pedagogia.pptx
geiseortiz1
 
Resumo de Química 10º ano Estudo exames nacionais
Resumo de Química 10º ano Estudo exames nacionaisResumo de Química 10º ano Estudo exames nacionais
Resumo de Química 10º ano Estudo exames nacionais
beatrizsilva525654
 
Aula 02 - Introducao a Algoritmos.pptx.pdf
Aula 02 - Introducao a Algoritmos.pptx.pdfAula 02 - Introducao a Algoritmos.pptx.pdf
Aula 02 - Introducao a Algoritmos.pptx.pdf
AntonioAngeloNeves
 
Slides Lição 13, CPAD, A Cidade Celestial, 2Tr24.pptx
Slides Lição 13, CPAD, A Cidade Celestial, 2Tr24.pptxSlides Lição 13, CPAD, A Cidade Celestial, 2Tr24.pptx
Slides Lição 13, CPAD, A Cidade Celestial, 2Tr24.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
UFCD_10789_Metodologias de desenvolvimento de software_índice.pdf
UFCD_10789_Metodologias de desenvolvimento de software_índice.pdfUFCD_10789_Metodologias de desenvolvimento de software_índice.pdf
UFCD_10789_Metodologias de desenvolvimento de software_índice.pdf
Manuais Formação
 
Discursos Éticos e Políticos Acerca do Meio Ambiente e Desenvolvimento Susten...
Discursos Éticos e Políticos Acerca do Meio Ambiente e Desenvolvimento Susten...Discursos Éticos e Políticos Acerca do Meio Ambiente e Desenvolvimento Susten...
Discursos Éticos e Políticos Acerca do Meio Ambiente e Desenvolvimento Susten...
FredPaixaoeSilva
 

Último (20)

O livro O Corpo Fala, a linguagem da comunicação não verbal.pdf
O livro O Corpo Fala, a linguagem da comunicação não verbal.pdfO livro O Corpo Fala, a linguagem da comunicação não verbal.pdf
O livro O Corpo Fala, a linguagem da comunicação não verbal.pdf
 
Como montar o mapa conceitual editado.pdf
Como montar o mapa conceitual editado.pdfComo montar o mapa conceitual editado.pdf
Como montar o mapa conceitual editado.pdf
 
Bem -aventurados pobres de espirito.pptx
Bem -aventurados pobres de espirito.pptxBem -aventurados pobres de espirito.pptx
Bem -aventurados pobres de espirito.pptx
 
DEUS CURA TODAS AS FERIDAS ESCONDIDAS DA NOSSA.pptx
DEUS CURA TODAS AS FERIDAS ESCONDIDAS DA NOSSA.pptxDEUS CURA TODAS AS FERIDAS ESCONDIDAS DA NOSSA.pptx
DEUS CURA TODAS AS FERIDAS ESCONDIDAS DA NOSSA.pptx
 
UFCD_7211_Os sistemas do corpo humano_ imunitário, circulatório, respiratório...
UFCD_7211_Os sistemas do corpo humano_ imunitário, circulatório, respiratório...UFCD_7211_Os sistemas do corpo humano_ imunitário, circulatório, respiratório...
UFCD_7211_Os sistemas do corpo humano_ imunitário, circulatório, respiratório...
 
Slides Lição 12, Central Gospel, O Milênio, 1Tr24, Pr Henrique.pptx
Slides Lição 12, Central Gospel, O Milênio, 1Tr24, Pr Henrique.pptxSlides Lição 12, Central Gospel, O Milênio, 1Tr24, Pr Henrique.pptx
Slides Lição 12, Central Gospel, O Milênio, 1Tr24, Pr Henrique.pptx
 
UFCD_4667_Preparação e confeção de molhos e fundos de cozinha_índice.pdf
UFCD_4667_Preparação e confeção de molhos e fundos de cozinha_índice.pdfUFCD_4667_Preparação e confeção de molhos e fundos de cozinha_índice.pdf
UFCD_4667_Preparação e confeção de molhos e fundos de cozinha_índice.pdf
 
Apostila-Microbiologia-e-Parasitologia-doc.pdf
Apostila-Microbiologia-e-Parasitologia-doc.pdfApostila-Microbiologia-e-Parasitologia-doc.pdf
Apostila-Microbiologia-e-Parasitologia-doc.pdf
 
A justiça divina segundo o Espiritismo (V2).pdf
A justiça divina segundo o Espiritismo (V2).pdfA justiça divina segundo o Espiritismo (V2).pdf
A justiça divina segundo o Espiritismo (V2).pdf
 
agosto - A cidadania - direitos e deveres em países hispanohablantes.pptx
agosto - A cidadania - direitos e deveres em países hispanohablantes.pptxagosto - A cidadania - direitos e deveres em países hispanohablantes.pptx
agosto - A cidadania - direitos e deveres em países hispanohablantes.pptx
 
EXERCÍCIOS ARTRÓPODES E EQUINODERMAS.pdf
EXERCÍCIOS ARTRÓPODES E EQUINODERMAS.pdfEXERCÍCIOS ARTRÓPODES E EQUINODERMAS.pdf
EXERCÍCIOS ARTRÓPODES E EQUINODERMAS.pdf
 
Primeira fase do modernismo Mapa Mental.pdf
Primeira fase do modernismo Mapa Mental.pdfPrimeira fase do modernismo Mapa Mental.pdf
Primeira fase do modernismo Mapa Mental.pdf
 
A Formação da Moral Cristã na Infância - CESB - DIJ - DIEF - G. de PAIS - 16....
A Formação da Moral Cristã na Infância - CESB - DIJ - DIEF - G. de PAIS - 16....A Formação da Moral Cristã na Infância - CESB - DIJ - DIEF - G. de PAIS - 16....
A Formação da Moral Cristã na Infância - CESB - DIJ - DIEF - G. de PAIS - 16....
 
Vivendo a Arquitetura Salesforce - 02.pptx
Vivendo a Arquitetura Salesforce - 02.pptxVivendo a Arquitetura Salesforce - 02.pptx
Vivendo a Arquitetura Salesforce - 02.pptx
 
O século XVII e o nascimento da pedagogia.pptx
O século XVII e o nascimento da pedagogia.pptxO século XVII e o nascimento da pedagogia.pptx
O século XVII e o nascimento da pedagogia.pptx
 
Resumo de Química 10º ano Estudo exames nacionais
Resumo de Química 10º ano Estudo exames nacionaisResumo de Química 10º ano Estudo exames nacionais
Resumo de Química 10º ano Estudo exames nacionais
 
Aula 02 - Introducao a Algoritmos.pptx.pdf
Aula 02 - Introducao a Algoritmos.pptx.pdfAula 02 - Introducao a Algoritmos.pptx.pdf
Aula 02 - Introducao a Algoritmos.pptx.pdf
 
Slides Lição 13, CPAD, A Cidade Celestial, 2Tr24.pptx
Slides Lição 13, CPAD, A Cidade Celestial, 2Tr24.pptxSlides Lição 13, CPAD, A Cidade Celestial, 2Tr24.pptx
Slides Lição 13, CPAD, A Cidade Celestial, 2Tr24.pptx
 
UFCD_10789_Metodologias de desenvolvimento de software_índice.pdf
UFCD_10789_Metodologias de desenvolvimento de software_índice.pdfUFCD_10789_Metodologias de desenvolvimento de software_índice.pdf
UFCD_10789_Metodologias de desenvolvimento de software_índice.pdf
 
Discursos Éticos e Políticos Acerca do Meio Ambiente e Desenvolvimento Susten...
Discursos Éticos e Políticos Acerca do Meio Ambiente e Desenvolvimento Susten...Discursos Éticos e Políticos Acerca do Meio Ambiente e Desenvolvimento Susten...
Discursos Éticos e Políticos Acerca do Meio Ambiente e Desenvolvimento Susten...
 

Planejamento pip 2014 apresent março

  • 2. Professor, me dê um help. Como preencho estes formulários do PIP?unca fiz esse trabalho, você que já balhou com isso me explique, muito confuso para mim... Prof, vamos começar analisando os mapas de resultado de sua turma.... Eu também preciso desta orientação, professor. Estou mais perdido que cachorrinho que caiu da mudança...
  • 3. Especialistas, é importante observar que A Intervenção Pedagógica inicia no momento em que vocês realizam a enturmação dos alunos. Tratamos aqui das questões relativas à Homo e Heterogeneidade das turmas, o que deve ser discutido com a equipe pedagógica, com sinceridade, objetividade e intencionalidade. Na seqüência, discutiremos questões relativas aos agrupamentos produtivos. Se as turmas são hetero ou homogênas, quem será o professor que trabalhará com as mesmas?...
  • 4. O que se entende porO que se entende por agrupamento produtivo?agrupamento produtivo? Uma parceria produtiva caracteriza por:
  • 5.
  • 6. Observações importantes:Observações importantes: Os critérios de formação das duplas não se restringem aos conhecimentos sobre a escrita: Observar os alunos trabalhando durante as atividades; se os dois são inquietos, ambos são tímidos, talvez não sejam bons parceiros;
  • 7. Nas próximas atividades você pode:Nas próximas atividades você pode: que não funcionam
  • 8. AGRUPAMENTOSAGRUPAMENTOS Alunos com hipótese pré-silábica com alunos que tem hipótese silábica com valor sonoro; Alunos com hipótese silábica que utilizam as vogais com seus valores sonoros com alunos com hipótese silábica que utilizam algumas consoantes, considerando seus valores sonoros;
  • 9. Alunos com hipótese silábica que utilizam algumas consoantes ou vogais com seus valores sonoros com alunos com hipótese silábico-alfabética; Alunos com hipótese silábico-alfabética com alunos que tem hipótese alfabética; Alunos com hipótese alfabética com alunos que têm hipótese alfabética.
  • 10. Favorecer a interação entre osFavorecer a interação entre os alunos nas atividades em duplaalunos nas atividades em dupla Aprender a trabalhar em duplas não é de imediato, nem fácil. É preciso que os alunos aprendam a ouvir o colega e percebam que também podem aprender com as informações dele, mesmo que às vezes isso gere conflito.
  • 11. Se durante a atividade você perceber que somente um dos alunos trabalha e o outro apenas está de lado, sem participar; proponha que este último se envolva na atividade, realizando perguntas: Você concorda com a forma que o colega escreveu esta palavra?Você trocaria?
  • 12. Agrupamento individual ou duplaAgrupamento individual ou dupla Para decidir quais as duplas mais produtivas, é importante que o professor considere o que os alunos sabem e o que precisam aprender para interagirem e terem avanços. A escolha das duplas é uma decisão didática:
  • 13. Não pode ser aleatória ou levar em consideração apenas a afinidade entre os alunos. Para agrupar os alunos consulte seus registros: sondagem e atividades trabalhadas em sala de aula.
  • 15. Estudante 1 20 acertos=100% 13 acertos= x% X= 13 x 100 / 20 X= 65% Item 1 20 alunos =100% 18 acertaram= x% X= 18 x 100 / 20 X= 90%
  • 17.
  • 19. ESTUDANTE 1 ESTUDANTE 13 ESTUDANTE 5 ESTUDANTE 9 ESTUDANTE 17 0 10 20 30 40 50 60 70 80 90 65 90 65 75 20 30 50 90 80 20 30 90 10 30 80 45 55 70 25 10 4º Ano – Professora 12 Desempenho da Turma
  • 23. H2 H3 H4 H5 H6 H7 H8 H9 H10 H10 H10 H10 H11 H11 H11 H11 H11 H11 H12 0 10 20 30 40 50 60 70 80 90 65 50 85 35 25 40 20 30 70 90 85 50 20 50 60 50 25 55 35 APROVEITAMENTO DOS ITENS DESCRITORES APROVEITAMENTO%H1
  • 28. Plano de Atendimento do PIP – Responsável : Especialista
  • 29.
  • 31. Prof, eu serei responsável pelo atendimento do PIP, mas não sei ainda onde vou atender os alunos, você sabe me responder essa dúvida? Esta é uma questão que precisa ser resolvida. Em 2013 meus alunos não foram atendidos por falta de lugar apropriado. Vamos falar com a Super sobre isto.
  • 32. Atenção, Especialistas! É importante que a escola defina o local onde vai acontecer a intervenção pedagógica e o organize para a realização deste trabalho. Na definição deste local, pense no comportamento dos alunos que serão atendidos e como eles serão atendidos, qual será o material utilizado e quanto tempo vai durar esse atendimento.
  • 33. O material que será utilizado na intervenção também deve ser previamente preparado. Seguem algumas sugestões para esse trabalho.
  • 34.
  • 36. Álbum 2º Ano Álbum 3º Ano