SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 30
Questões Polêmicas de
PIS e COFINS e seus reflexos
na EFD-Contribuições
Entre os tributos mais
onerosos
Mais de 30% da
arrecadação
Legislação complexa,
esparsa e instável
Não cumulatividade “sui
generis”
Cumulativo
Faturamento
Receitas da
Atividade
Não Cumulativo
Receita Total
Receitas da
Atividade + Outras
Leis 9.718/98, 10.637/2002 e 10.833/2003
Receita Tributária
Receita Contábil
Salvo exceção
legal, todas
receitas contábeis
são tributadas
Polêmicas
Bonificações
e Doações
Subvenções
do Poder
Público
Perdão de
Dívida
EFD-Contribuições
•Todas as receitas
devem ser informadas,
tributadas ou não
ECD
•Todas as receitas são
informadas
Receitas Financeiras
Decreto nº 8.426/2015
•Restabeleceu as alíquotas no regime
não cumulativo para 0,65% e 4%.
•Inclusive sobre as decorrentes de
hedge
•Manteve as alíquotas de 1,65% e 7,6%
aos juros sobre o capital próprio
Decreto nº 8.451/2015
•Mantém em 0% as alíquotas decorrentes
de variações monetárias e operações
de hedge especificadas
IMPACTOS NA EFD-CONTRIBUIÇÕES
BLOCO F
• NÃO CUMULATIVO
• APLICAÇÃO FINANCEIRA
• CST 02 – ALÍQUOTAS DE 0,65% E 4%
• JUROS SOBRE CAPITAL PRÓPRIO
• CST 01 – ALÍQUOTAS DE 1,65% E 7,6%
• VARIAÇÃO CAMBIAL (EXPORTAÇÃO)
• CST 06 – ALÍQUOTAS 0%
• CUMULATIVO
• FINANCEIRAS EM GERAL (EMPRESAS NÃO FINANCEIRAS)
• CST 08 – NÃO INCIDÊNCIA
Base de
Cálculo
ICMS
ICMS/ST
IPI
PIS/COFINS
ISS
Decreto-Lei 1.598/77 (Art. 12, § 4º)
ADC 18 | RE 574.706 (com repercussão geral reconhecida)
RE 240.785 (sem efeito “erga omnes”)
Impactos na EFD-Contribuições
Valor total dos produtos (líquido): R$ 7.275,00
Valor do ICMS: R$ 1.800,00
Valor do PIS: R$ 165,00
Valor da COFINS: R$ 760,00
Valor total dos produtos (bruto):
Valor do ICMS/ST: R$ 1.710,00
Valor do IPI: R$ 1.000,00
Valor total da nota: R$ 12.710,00
Redução
27,25%
Fato Gerador
Complexivo
• Faturamento
ou Receita
Mensal
Método Indireto
Subtrativo
• Crédito
gerado
internamente
Documento
Fiscal
• Informações
de PIS e
COFINS são
figurativas
Constitucionalista
Relação de
créditos é
exemplificativa (ou
inconstitucional!)
Alcança toda
despesa
necessária à
geração da
receita
Legalista
Relação de
créditos é taxativa
Somente aquilo
que está previsto
na Lei
Bens para revenda
Base de
Cálculo
ICMS
ICMS/ST
IPI
Frete
Outras
despesas
Art. 3º, I, Leis 10.637/2002 e 10.833/2003
IN RFB 404/2004
SC Cosit 106/2014
Impactos na EFD-Contribuições
Valor total dos produtos (líquido): R$ 7.275,00
Valor do ICMS: R$ 1.800,00
Valor do PIS: R$ 165,00
Valor da COFINS: R$ 760,00
Valor total dos produtos (bruto): R$ 10.000,00
Valor do ICMS/ST: R$ 1.710,00
Valor do IPI: 1.000,00
Valor do Frete: R$ 200,00
Valor total da nota: R$ 12.710,00
Valor total dos produtos (bruto): R$ 10.000,00
+ Valor do IPI: 1.000,00
+ Valor do Frete: R$ 200,00
Valor do PIS: R$ 184,80
Valor da COFINS: R$ 851,20
Legal
Fiscal
Jurisprudência
Doutrina
Definição de
Insumos
Definição
Legal
“Bens e serviços, utilizados como insumo na
prestação de serviços e na produção ou
fabricação de bens ou produtos destinados à
venda [...]”
Art. 3º, II, das Leis 10.637/2002 e 10.833/2003
“[...] a matéria-prima, o produto intermediário, o
material de embalagem e quaisquer outros
bens que sofram alterações, tais como o
desgaste, o dano ou a perda de propriedades
físicas ou químicas, em função da ação
diretamente exercida sobre o produto em
fabricação, desde que não estejam incluídas no
ativo imobilizado [...]”
Art. 8º, § 4º, I, “a”, da IN RFB 404/2004
Definição
Fiscal
Definição
Fiscal
Definição na
Jurisprudência
Fase Definição Justiça (ex.) CARF (ex.)
1ª Fase IPI
Apelação Cível nº
200772010007910 (TRF 4ª)
Acórdão nº 201-
79.759, da 1ª Câmara
do 2º CC
2ª Fase IRPJ
Apelação Cível nº 0029040-
40.2008.404.7100/RS (TRF 4ª)
Acórdão nº 3202-
00.226, da 2ª Câmara
do 2º CC
3ª Fase
Própria (custo
de produção)
Apelação em MS nº
200332000008496 (TRF 1ª)
Acórdão nº
930301.740 da 3ª
Turma da CSRF
CARF - Terceira Seção
ACÓRDÃO: 3401-002.547
(16/05/2014)
“Para definir o conceito de
insumo no PIS e na COFINS não-
cumulativos, é necessário
constatar a essencialidade do
bem ao processo produtivo do
contribuinte. Assim, geram
crédito do PIS e da COFINS não-
cumulativos somente as
despesas com materiais
considerados essenciais.”
Definição
Fiscal
Definição na
Jurisprudência
CARF - Terceira Seção
ACÓRDÃO: 3101-001.606
(28/08/2014)
“Não cabe ao intérprete
dimensionar a necessidade ou a
essencialidade material dos
bens e serviços adquiridos, mas
tão somente verificar se foram
ou não UTILIZADOS “na
prestação de serviços ou na
produção ou fabricação de
bens e produtos” inerentes à
atividade submetida à não
cumulatividade.”
Definição
Fiscal
Definição na
Jurisprudência
Definição na
Doutrina
O termo “insumo” não indica uma substância
em si (material, química, física etc.). Nada, em si
mesmo, pelo simples fato de existir possui a
qualidade de insumo. Ao revés, essa qualidade
resulta de um certo tipo de relação entre aquilo
que é reputado insumo (“X”) e algo (“Y”)
perante o que “X” assim deve ser visto”
Marco Aurélio Greco
Insumos
Legal
Fiscal
Jurisprudência
Doutrina
Impactos na
EFD-Contribuições
Energia
“Energia elétrica e energia térmica, inclusive
sob a forma de vapor, consumidas nos
estabelecimentos da pessoa jurídica”
Art. 3º, III, Leis 10.637/2002 e 10.833/2003
 Abrange setor produtivo,
administrativo e demais áreas
da empresa
 Não inclui a Contribuição de
Iluminação Pública (CIP) e
outros valores cobrados
Impactos na EFD-Contribuições
|C500|12|06|00|||123442424243343|01012015|01012015|10500|1800||108,15|508,2|
|C501|50|10500|04|10000|1,65|165|3.23.4|
|C505|50|10500|04|10000|7,6|760|3.23.5|
Frete
“frete na operação de venda, nos casos dos
incisos I e II, quando o ônus for suportado pelo
vendedor.”
Art. 3º, IX, das Leis 10.637/2002 e 10.833/2003
D101 e D105 - Natureza do frete
Nº Campo Descrição Tipo Tam Dec
1 REG Texto fixo contendo "D101" C 004* -
2 IND_NAT_FRT Indicador da Natureza do Frete Contratado, referente a: C 001* -
0 - Operações de vendas, com ônus suportado pelo
estabelecimento vendedor;
1 - Operações de vendas, com ônus suportado pelo adquirente;
2 - Operações de compras (bens para revenda, matérias-primas
e outros produtos, geradores de crédito);
3 - Operações de compras (bens para revenda, matérias-primas
e outros produtos, não geradores de crédito);
4 - Transferência de produtos acabados entre estabelecimentos
da pessoa jurídica;
5 - Transferência de produtos em elaboração entre
estabelecimentos da pessoa jurídica
9 - Outras.
Aviso emitido pelo PVA:
Não deve ser informado CST referente a Operações com Direito a Crédito (50 a 56) ou CST
referente a Crédito Presumido (60 a 66) para operações cujo Indicador da Natureza de Frete
Contratado (Campo 02 - IND_NAT_FRT) seja diferente de "0" e "2".
Impactos na EFD-Contribuições
Visões para cruzamento de informações
•Emissão
29/12/2014
•Saída
03/01/2015
Nota Fiscal
•Janeiro/2015
SPED Fiscal
(ICMS) •Dezembro/2014
SPED
Contribuições
•Dezembro/2014
ECD / ECF
“I - por apresentação extemporânea:
a) R$ 500,00 (quinhentos reais) por mês-calendário ou fração,
relativamente às pessoas jurídicas que estiverem em início de
atividade ou que sejam imunes ou isentas ou que, na última
declaração apresentada, tenham apurado lucro presumido;
b) R$ 1.500,00 (mil e quinhentos reais) por mês-calendário ou
fração, relativamente às demais pessoas jurídicas;
[...]
III - por cumprimento de obrigação acessória com informações
inexatas, incompletas ou omitidas:
a) 3% (três por cento), não inferior a R$ 100,00 (cem reais), do valor
das transações comerciais ou das operações financeiras, próprias
da pessoa jurídica ou de terceiros em relação aos quais seja
responsável tributário, no caso de informação omitida, inexata ou
incompleta;”
Lei 12.873/2013
Penalidades
Obrigado!
fabioroliv@icloud.com
fabiorodrigues.com.br
facebook.com/fabioroliveira
br.linkedin.com/pub/fabio-
rodrigues-de-oliveira/24/386/97b
Até breve!

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Aula 2 práticas fiscais
Aula 2   práticas fiscaisAula 2   práticas fiscais
Aula 2 práticas fiscaisA1D4A1
 
Entenda o Novo PIS - Nova Contribuição para o PIS/PASEP
Entenda o Novo PIS - Nova Contribuição para o PIS/PASEPEntenda o Novo PIS - Nova Contribuição para o PIS/PASEP
Entenda o Novo PIS - Nova Contribuição para o PIS/PASEPMinistério da Economia
 
PIS e COFINS - Novidades, riscos e oportunidades
PIS e COFINS - Novidades, riscos e oportunidadesPIS e COFINS - Novidades, riscos e oportunidades
PIS e COFINS - Novidades, riscos e oportunidadesFabio Rodrigues de Oliveira
 
Gestão de departamento fiscal
Gestão de departamento fiscalGestão de departamento fiscal
Gestão de departamento fiscalD S Correia Silva
 
Apostila pis cofins
Apostila pis cofinsApostila pis cofins
Apostila pis cofinsandrespy00
 
Emenda Constitucional 87/2015 - DIFAL - Perguntas e Respostas'
Emenda Constitucional 87/2015 - DIFAL - Perguntas e Respostas'Emenda Constitucional 87/2015 - DIFAL - Perguntas e Respostas'
Emenda Constitucional 87/2015 - DIFAL - Perguntas e Respostas'Edgar Gonçalves
 
Revisão Tributária e Recuperação de Créditos de PIS e COFINS
Revisão Tributária e Recuperação de Créditos de PIS e COFINSRevisão Tributária e Recuperação de Créditos de PIS e COFINS
Revisão Tributária e Recuperação de Créditos de PIS e COFINSFabio Rodrigues de Oliveira
 
Sistema Tributário e os desafios para o e-commerce
Sistema Tributário e os desafios para o e-commerceSistema Tributário e os desafios para o e-commerce
Sistema Tributário e os desafios para o e-commerceFabio Rodrigues de Oliveira
 
SEDIF-SN - SPED do Simples Nacional
SEDIF-SN - SPED do Simples NacionalSEDIF-SN - SPED do Simples Nacional
SEDIF-SN - SPED do Simples NacionalJose Adriano Pinto
 
Prorelit programa-quitacao-contencioso-e-dplat-declaracao-de-planejamento-tri...
Prorelit programa-quitacao-contencioso-e-dplat-declaracao-de-planejamento-tri...Prorelit programa-quitacao-contencioso-e-dplat-declaracao-de-planejamento-tri...
Prorelit programa-quitacao-contencioso-e-dplat-declaracao-de-planejamento-tri...Tania Gurgel
 
Contribuição ao Pis e Cofins
Contribuição ao Pis e CofinsContribuição ao Pis e Cofins
Contribuição ao Pis e CofinsTacio Lacerda Gama
 
Definição de Receita Bruta na Lei 12.973 e seus impactos para o PIS e a COFINS
Definição de Receita Bruta na Lei 12.973 e seus impactos para o PIS e a COFINSDefinição de Receita Bruta na Lei 12.973 e seus impactos para o PIS e a COFINS
Definição de Receita Bruta na Lei 12.973 e seus impactos para o PIS e a COFINSEdgar Gonçalves
 
Oficio sobre a revisão das disposições do Convênio 93/2015 ao Confaz
Oficio sobre a revisão das disposições do Convênio 93/2015 ao Confaz Oficio sobre a revisão das disposições do Convênio 93/2015 ao Confaz
Oficio sobre a revisão das disposições do Convênio 93/2015 ao Confaz Tania Gurgel
 
10 Dicas para Lançamento de Notas Fiscais
10 Dicas para Lançamento de Notas Fiscais10 Dicas para Lançamento de Notas Fiscais
10 Dicas para Lançamento de Notas FiscaisAntônio Júnior
 
Básico de escrituração fiscal modulo 1
Básico de escrituração fiscal modulo 1Básico de escrituração fiscal modulo 1
Básico de escrituração fiscal modulo 1Thiago Aguiar
 
Ação da receita sobre fiscalização compensação e titulos
Ação da receita sobre  fiscalização compensação e titulosAção da receita sobre  fiscalização compensação e titulos
Ação da receita sobre fiscalização compensação e titulosTania Gurgel
 
EFD REINF E OS REFLEXOS NA CONTRATAÇÃO DE TERCEIROS, BY TANIA GURGEL - VOCE E...
EFD REINF E OS REFLEXOS NA CONTRATAÇÃO DE TERCEIROS, BY TANIA GURGEL - VOCE E...EFD REINF E OS REFLEXOS NA CONTRATAÇÃO DE TERCEIROS, BY TANIA GURGEL - VOCE E...
EFD REINF E OS REFLEXOS NA CONTRATAÇÃO DE TERCEIROS, BY TANIA GURGEL - VOCE E...Tania Gurgel
 

Mais procurados (20)

Aula 2 práticas fiscais
Aula 2   práticas fiscaisAula 2   práticas fiscais
Aula 2 práticas fiscais
 
PIS e COFINS na Prática
PIS e COFINS na PráticaPIS e COFINS na Prática
PIS e COFINS na Prática
 
Entenda o Novo PIS - Nova Contribuição para o PIS/PASEP
Entenda o Novo PIS - Nova Contribuição para o PIS/PASEPEntenda o Novo PIS - Nova Contribuição para o PIS/PASEP
Entenda o Novo PIS - Nova Contribuição para o PIS/PASEP
 
PIS e COFINS - Novidades, riscos e oportunidades
PIS e COFINS - Novidades, riscos e oportunidadesPIS e COFINS - Novidades, riscos e oportunidades
PIS e COFINS - Novidades, riscos e oportunidades
 
Documentos fiscais
Documentos fiscaisDocumentos fiscais
Documentos fiscais
 
Gestão de departamento fiscal
Gestão de departamento fiscalGestão de departamento fiscal
Gestão de departamento fiscal
 
Apostila pis cofins
Apostila pis cofinsApostila pis cofins
Apostila pis cofins
 
Emenda Constitucional 87/2015 - DIFAL - Perguntas e Respostas'
Emenda Constitucional 87/2015 - DIFAL - Perguntas e Respostas'Emenda Constitucional 87/2015 - DIFAL - Perguntas e Respostas'
Emenda Constitucional 87/2015 - DIFAL - Perguntas e Respostas'
 
Revisão Tributária e Recuperação de Créditos de PIS e COFINS
Revisão Tributária e Recuperação de Créditos de PIS e COFINSRevisão Tributária e Recuperação de Créditos de PIS e COFINS
Revisão Tributária e Recuperação de Créditos de PIS e COFINS
 
Sistema Tributário e os desafios para o e-commerce
Sistema Tributário e os desafios para o e-commerceSistema Tributário e os desafios para o e-commerce
Sistema Tributário e os desafios para o e-commerce
 
SEDIF-SN - SPED do Simples Nacional
SEDIF-SN - SPED do Simples NacionalSEDIF-SN - SPED do Simples Nacional
SEDIF-SN - SPED do Simples Nacional
 
Prorelit programa-quitacao-contencioso-e-dplat-declaracao-de-planejamento-tri...
Prorelit programa-quitacao-contencioso-e-dplat-declaracao-de-planejamento-tri...Prorelit programa-quitacao-contencioso-e-dplat-declaracao-de-planejamento-tri...
Prorelit programa-quitacao-contencioso-e-dplat-declaracao-de-planejamento-tri...
 
Aula PIS e COFINS
Aula PIS e COFINSAula PIS e COFINS
Aula PIS e COFINS
 
Contribuição ao Pis e Cofins
Contribuição ao Pis e CofinsContribuição ao Pis e Cofins
Contribuição ao Pis e Cofins
 
Definição de Receita Bruta na Lei 12.973 e seus impactos para o PIS e a COFINS
Definição de Receita Bruta na Lei 12.973 e seus impactos para o PIS e a COFINSDefinição de Receita Bruta na Lei 12.973 e seus impactos para o PIS e a COFINS
Definição de Receita Bruta na Lei 12.973 e seus impactos para o PIS e a COFINS
 
Oficio sobre a revisão das disposições do Convênio 93/2015 ao Confaz
Oficio sobre a revisão das disposições do Convênio 93/2015 ao Confaz Oficio sobre a revisão das disposições do Convênio 93/2015 ao Confaz
Oficio sobre a revisão das disposições do Convênio 93/2015 ao Confaz
 
10 Dicas para Lançamento de Notas Fiscais
10 Dicas para Lançamento de Notas Fiscais10 Dicas para Lançamento de Notas Fiscais
10 Dicas para Lançamento de Notas Fiscais
 
Básico de escrituração fiscal modulo 1
Básico de escrituração fiscal modulo 1Básico de escrituração fiscal modulo 1
Básico de escrituração fiscal modulo 1
 
Ação da receita sobre fiscalização compensação e titulos
Ação da receita sobre  fiscalização compensação e titulosAção da receita sobre  fiscalização compensação e titulos
Ação da receita sobre fiscalização compensação e titulos
 
EFD REINF E OS REFLEXOS NA CONTRATAÇÃO DE TERCEIROS, BY TANIA GURGEL - VOCE E...
EFD REINF E OS REFLEXOS NA CONTRATAÇÃO DE TERCEIROS, BY TANIA GURGEL - VOCE E...EFD REINF E OS REFLEXOS NA CONTRATAÇÃO DE TERCEIROS, BY TANIA GURGEL - VOCE E...
EFD REINF E OS REFLEXOS NA CONTRATAÇÃO DE TERCEIROS, BY TANIA GURGEL - VOCE E...
 

Destaque

Curso Sped Contribuições (PIS/COFINS)
Curso Sped Contribuições (PIS/COFINS)Curso Sped Contribuições (PIS/COFINS)
Curso Sped Contribuições (PIS/COFINS)Infofisco
 
1º Forum SPED BlueTax
1º Forum SPED BlueTax1º Forum SPED BlueTax
1º Forum SPED BlueTaxDecision IT
 
Artigo a inscontitucionalidade da inclusão do icms na base de cálculo do p...
Artigo    a inscontitucionalidade da inclusão do icms na base de cálculo do p...Artigo    a inscontitucionalidade da inclusão do icms na base de cálculo do p...
Artigo a inscontitucionalidade da inclusão do icms na base de cálculo do p...Ardanaz Sociedade de Advogados
 
Efd contribuicoes fev 2013
Efd contribuicoes fev 2013Efd contribuicoes fev 2013
Efd contribuicoes fev 2013Tania Gurgel
 
EFD-Contribuições - apresentação da RFB (2013)
EFD-Contribuições - apresentação da RFB (2013)EFD-Contribuições - apresentação da RFB (2013)
EFD-Contribuições - apresentação da RFB (2013)Roberto Dias Duarte
 
CURSO SPED PIS/COFINS: ESCRITURACAO FISCAL DIGITAL DO PIS COFINS
CURSO SPED PIS/COFINS: ESCRITURACAO FISCAL DIGITAL DO PIS COFINSCURSO SPED PIS/COFINS: ESCRITURACAO FISCAL DIGITAL DO PIS COFINS
CURSO SPED PIS/COFINS: ESCRITURACAO FISCAL DIGITAL DO PIS COFINSProfessor Edgar Madruga
 
Apresentação EFD - PIS COFINS
Apresentação EFD - PIS COFINSApresentação EFD - PIS COFINS
Apresentação EFD - PIS COFINSTOTVS Connect
 
Novas perspectivas para sua carreira (WS - UVV)
Novas perspectivas para sua carreira (WS - UVV)Novas perspectivas para sua carreira (WS - UVV)
Novas perspectivas para sua carreira (WS - UVV)Fábio Nogueira, PhD
 
Apostila planejamento de negocios
Apostila  planejamento de negociosApostila  planejamento de negocios
Apostila planejamento de negociosSilvina Ramal
 
Palestra | Pontos Estratégicos para Elaboração e Execução do Planejamento Tri...
Palestra | Pontos Estratégicos para Elaboração e Execução do Planejamento Tri...Palestra | Pontos Estratégicos para Elaboração e Execução do Planejamento Tri...
Palestra | Pontos Estratégicos para Elaboração e Execução do Planejamento Tri...Pactum Consultoria Empresarial
 
Empreendedorismo 11 - Plano Operacional
Empreendedorismo 11 - Plano OperacionalEmpreendedorismo 11 - Plano Operacional
Empreendedorismo 11 - Plano OperacionalFábio Nogueira, PhD
 
Importância da contabilidade na gestão tributária
Importância da contabilidade na gestão tributáriaImportância da contabilidade na gestão tributária
Importância da contabilidade na gestão tributáriaFabio Rodrigues de Oliveira
 
SPED na Prática - José Augusto Picão
SPED na Prática - José Augusto PicãoSPED na Prática - José Augusto Picão
SPED na Prática - José Augusto PicãoGrupoSimus Simus
 
Planejamento Operacional
Planejamento OperacionalPlanejamento Operacional
Planejamento OperacionalLau Yamazaki
 

Destaque (20)

Curso Sped Contribuições (PIS/COFINS)
Curso Sped Contribuições (PIS/COFINS)Curso Sped Contribuições (PIS/COFINS)
Curso Sped Contribuições (PIS/COFINS)
 
1º Forum SPED BlueTax
1º Forum SPED BlueTax1º Forum SPED BlueTax
1º Forum SPED BlueTax
 
Artigo a inscontitucionalidade da inclusão do icms na base de cálculo do p...
Artigo    a inscontitucionalidade da inclusão do icms na base de cálculo do p...Artigo    a inscontitucionalidade da inclusão do icms na base de cálculo do p...
Artigo a inscontitucionalidade da inclusão do icms na base de cálculo do p...
 
Efd contribuicoes fev 2013
Efd contribuicoes fev 2013Efd contribuicoes fev 2013
Efd contribuicoes fev 2013
 
EFD-Contribuições - apresentação da RFB (2013)
EFD-Contribuições - apresentação da RFB (2013)EFD-Contribuições - apresentação da RFB (2013)
EFD-Contribuições - apresentação da RFB (2013)
 
CURSO SPED PIS/COFINS: ESCRITURACAO FISCAL DIGITAL DO PIS COFINS
CURSO SPED PIS/COFINS: ESCRITURACAO FISCAL DIGITAL DO PIS COFINSCURSO SPED PIS/COFINS: ESCRITURACAO FISCAL DIGITAL DO PIS COFINS
CURSO SPED PIS/COFINS: ESCRITURACAO FISCAL DIGITAL DO PIS COFINS
 
Mapa efd contribuicoes
Mapa efd contribuicoesMapa efd contribuicoes
Mapa efd contribuicoes
 
Apresentação EFD - PIS COFINS
Apresentação EFD - PIS COFINSApresentação EFD - PIS COFINS
Apresentação EFD - PIS COFINS
 
Novas perspectivas para sua carreira (WS - UVV)
Novas perspectivas para sua carreira (WS - UVV)Novas perspectivas para sua carreira (WS - UVV)
Novas perspectivas para sua carreira (WS - UVV)
 
5a Pesquisa IOB SPED
5a Pesquisa IOB SPED5a Pesquisa IOB SPED
5a Pesquisa IOB SPED
 
Apostila planejamento de negocios
Apostila  planejamento de negociosApostila  planejamento de negocios
Apostila planejamento de negocios
 
CURSO DE SPED FISCAL EM EAD
CURSO DE SPED FISCAL EM EADCURSO DE SPED FISCAL EM EAD
CURSO DE SPED FISCAL EM EAD
 
Palestra | Pontos Estratégicos para Elaboração e Execução do Planejamento Tri...
Palestra | Pontos Estratégicos para Elaboração e Execução do Planejamento Tri...Palestra | Pontos Estratégicos para Elaboração e Execução do Planejamento Tri...
Palestra | Pontos Estratégicos para Elaboração e Execução do Planejamento Tri...
 
Empreendedorismo 11 - Plano Operacional
Empreendedorismo 11 - Plano OperacionalEmpreendedorismo 11 - Plano Operacional
Empreendedorismo 11 - Plano Operacional
 
Importância da contabilidade na gestão tributária
Importância da contabilidade na gestão tributáriaImportância da contabilidade na gestão tributária
Importância da contabilidade na gestão tributária
 
SPED na Prática - José Augusto Picão
SPED na Prática - José Augusto PicãoSPED na Prática - José Augusto Picão
SPED na Prática - José Augusto Picão
 
A Importância do Planejamento Financeiro para Micro e Pequenas Empresas.
A Importância do Planejamento Financeiro para Micro e Pequenas Empresas.A Importância do Planejamento Financeiro para Micro e Pequenas Empresas.
A Importância do Planejamento Financeiro para Micro e Pequenas Empresas.
 
Planejamento Operacional
Planejamento OperacionalPlanejamento Operacional
Planejamento Operacional
 
Aula 4 planejamento
Aula 4   planejamentoAula 4   planejamento
Aula 4 planejamento
 
Apostila planejamento financeiro
Apostila planejamento financeiroApostila planejamento financeiro
Apostila planejamento financeiro
 

Semelhante a Questões Polêmicas de PIS e COFINS e seus reflexos na EFD-Contribuições

PLANEJ. CONTABIL TRIBUTARIO
PLANEJ. CONTABIL TRIBUTARIOPLANEJ. CONTABIL TRIBUTARIO
PLANEJ. CONTABIL TRIBUTARIOMichelle Moraes
 
Sistema tributario nacional prof roberto e luiz gustavo decac
Sistema tributario nacional prof roberto e luiz gustavo decacSistema tributario nacional prof roberto e luiz gustavo decac
Sistema tributario nacional prof roberto e luiz gustavo decacRossandro Nogueira Rodrigues
 
Icms para iniciantes acre
Icms para iniciantes acreIcms para iniciantes acre
Icms para iniciantes acreSolange Braga
 
Conceitos tributários aplicados a logística
Conceitos tributários aplicados a logísticaConceitos tributários aplicados a logística
Conceitos tributários aplicados a logísticaDawison Oliveira
 
Análise do cenário da política tributária nacional
Análise do cenário da política tributária nacionalAnálise do cenário da política tributária nacional
Análise do cenário da política tributária nacionalCIRINEU COSTA
 
Legislao tributria aula 2 .:. www.tc58n.wordpress.com
Legislao tributria aula 2  .:. www.tc58n.wordpress.comLegislao tributria aula 2  .:. www.tc58n.wordpress.com
Legislao tributria aula 2 .:. www.tc58n.wordpress.comClaudio Parra
 
Incidência tributária no setor de mineração no brasil
Incidência tributária no setor de mineração no brasilIncidência tributária no setor de mineração no brasil
Incidência tributária no setor de mineração no brasilRinaldo Maciel de Freitas
 
Ibet ipi e iof - fabio calcini 26.05.2012
Ibet   ipi e iof - fabio calcini 26.05.2012Ibet   ipi e iof - fabio calcini 26.05.2012
Ibet ipi e iof - fabio calcini 26.05.2012Jean Simei
 
Gestão Tributária unidade I e II.ppt
Gestão Tributária unidade I e II.pptGestão Tributária unidade I e II.ppt
Gestão Tributária unidade I e II.pptJonathasAtaides
 
Introdução Tributos e Taxas Custos Logisticos
Introdução Tributos e Taxas Custos LogisticosIntrodução Tributos e Taxas Custos Logisticos
Introdução Tributos e Taxas Custos LogisticosWillian dos Santos Abreu
 
QUESTOES RESOLVIDAS CONTROLADORIA.pdf
QUESTOES RESOLVIDAS CONTROLADORIA.pdfQUESTOES RESOLVIDAS CONTROLADORIA.pdf
QUESTOES RESOLVIDAS CONTROLADORIA.pdfMarcellaSilva43
 
Aula 07 06-14 - osvaldo santos de carvalho
Aula 07 06-14 - osvaldo santos de carvalhoAula 07 06-14 - osvaldo santos de carvalho
Aula 07 06-14 - osvaldo santos de carvalhoFernanda Moreira
 
Aula 07 06-14 - osvaldo santos de carvalho
Aula 07 06-14 - osvaldo santos de carvalhoAula 07 06-14 - osvaldo santos de carvalho
Aula 07 06-14 - osvaldo santos de carvalhoFernanda Moreira
 
BLOCO K LIVRO REGISTRO DE CONTROLE DA PRODUÇÃO E DO ESTOQUE versus Escrituraç...
BLOCO K LIVRO REGISTRO DE CONTROLE DA PRODUÇÃO E DO ESTOQUE versus Escrituraç...BLOCO K LIVRO REGISTRO DE CONTROLE DA PRODUÇÃO E DO ESTOQUE versus Escrituraç...
BLOCO K LIVRO REGISTRO DE CONTROLE DA PRODUÇÃO E DO ESTOQUE versus Escrituraç...Tania Gurgel
 
9º Encontro Paulista de Fundações – 2º painel: Simples Social – Regime Tribut...
9º Encontro Paulista de Fundações – 2º painel: Simples Social – Regime Tribut...9º Encontro Paulista de Fundações – 2º painel: Simples Social – Regime Tribut...
9º Encontro Paulista de Fundações – 2º painel: Simples Social – Regime Tribut...APF6
 

Semelhante a Questões Polêmicas de PIS e COFINS e seus reflexos na EFD-Contribuições (20)

PLANEJ. CONTABIL TRIBUTARIO
PLANEJ. CONTABIL TRIBUTARIOPLANEJ. CONTABIL TRIBUTARIO
PLANEJ. CONTABIL TRIBUTARIO
 
Sistema tributario nacional prof roberto e luiz gustavo decac
Sistema tributario nacional prof roberto e luiz gustavo decacSistema tributario nacional prof roberto e luiz gustavo decac
Sistema tributario nacional prof roberto e luiz gustavo decac
 
INFORMAÇÃO SOBRE TRIBUTOS EM DOCUMENTOS FISCAIS
INFORMAÇÃO SOBRE TRIBUTOS EM DOCUMENTOS FISCAISINFORMAÇÃO SOBRE TRIBUTOS EM DOCUMENTOS FISCAIS
INFORMAÇÃO SOBRE TRIBUTOS EM DOCUMENTOS FISCAIS
 
Aula 2
Aula 2Aula 2
Aula 2
 
Icms para iniciantes acre
Icms para iniciantes acreIcms para iniciantes acre
Icms para iniciantes acre
 
Tributação na siderurgia brasileira
Tributação na siderurgia brasileiraTributação na siderurgia brasileira
Tributação na siderurgia brasileira
 
CRÉDITOS DE PIS E COFINS - UTILIZAÇÃO
CRÉDITOS DE PIS E COFINS - UTILIZAÇÃOCRÉDITOS DE PIS E COFINS - UTILIZAÇÃO
CRÉDITOS DE PIS E COFINS - UTILIZAÇÃO
 
Conceitos tributários aplicados a logística
Conceitos tributários aplicados a logísticaConceitos tributários aplicados a logística
Conceitos tributários aplicados a logística
 
Análise do cenário da política tributária nacional
Análise do cenário da política tributária nacionalAnálise do cenário da política tributária nacional
Análise do cenário da política tributária nacional
 
Legislao tributria aula 2 .:. www.tc58n.wordpress.com
Legislao tributria aula 2  .:. www.tc58n.wordpress.comLegislao tributria aula 2  .:. www.tc58n.wordpress.com
Legislao tributria aula 2 .:. www.tc58n.wordpress.com
 
Incidência tributária no setor de mineração no brasil
Incidência tributária no setor de mineração no brasilIncidência tributária no setor de mineração no brasil
Incidência tributária no setor de mineração no brasil
 
Ibet ipi e iof - fabio calcini 26.05.2012
Ibet   ipi e iof - fabio calcini 26.05.2012Ibet   ipi e iof - fabio calcini 26.05.2012
Ibet ipi e iof - fabio calcini 26.05.2012
 
Gestão Tributária unidade I e II.ppt
Gestão Tributária unidade I e II.pptGestão Tributária unidade I e II.ppt
Gestão Tributária unidade I e II.ppt
 
Introdução Tributos e Taxas Custos Logisticos
Introdução Tributos e Taxas Custos LogisticosIntrodução Tributos e Taxas Custos Logisticos
Introdução Tributos e Taxas Custos Logisticos
 
QUESTOES RESOLVIDAS CONTROLADORIA.pdf
QUESTOES RESOLVIDAS CONTROLADORIA.pdfQUESTOES RESOLVIDAS CONTROLADORIA.pdf
QUESTOES RESOLVIDAS CONTROLADORIA.pdf
 
Aula 07 06-14 - osvaldo santos de carvalho
Aula 07 06-14 - osvaldo santos de carvalhoAula 07 06-14 - osvaldo santos de carvalho
Aula 07 06-14 - osvaldo santos de carvalho
 
Aula 07 06-14 - osvaldo santos de carvalho
Aula 07 06-14 - osvaldo santos de carvalhoAula 07 06-14 - osvaldo santos de carvalho
Aula 07 06-14 - osvaldo santos de carvalho
 
BLOCO K LIVRO REGISTRO DE CONTROLE DA PRODUÇÃO E DO ESTOQUE versus Escrituraç...
BLOCO K LIVRO REGISTRO DE CONTROLE DA PRODUÇÃO E DO ESTOQUE versus Escrituraç...BLOCO K LIVRO REGISTRO DE CONTROLE DA PRODUÇÃO E DO ESTOQUE versus Escrituraç...
BLOCO K LIVRO REGISTRO DE CONTROLE DA PRODUÇÃO E DO ESTOQUE versus Escrituraç...
 
PIS E COFINS
PIS E COFINSPIS E COFINS
PIS E COFINS
 
9º Encontro Paulista de Fundações – 2º painel: Simples Social – Regime Tribut...
9º Encontro Paulista de Fundações – 2º painel: Simples Social – Regime Tribut...9º Encontro Paulista de Fundações – 2º painel: Simples Social – Regime Tribut...
9º Encontro Paulista de Fundações – 2º painel: Simples Social – Regime Tribut...
 

Mais de Fabio Rodrigues de Oliveira

SIMPLES NACIONAL: Alterações promovidas pela Lei Complementar 147/2014
SIMPLES NACIONAL: Alterações promovidas pela Lei Complementar 147/2014SIMPLES NACIONAL: Alterações promovidas pela Lei Complementar 147/2014
SIMPLES NACIONAL: Alterações promovidas pela Lei Complementar 147/2014Fabio Rodrigues de Oliveira
 
PIS E COFINS NOS SUPERMERCADOS - Como reduzir riscos e obter economia
PIS E COFINS NOS SUPERMERCADOS - Como reduzir riscos e obter economiaPIS E COFINS NOS SUPERMERCADOS - Como reduzir riscos e obter economia
PIS E COFINS NOS SUPERMERCADOS - Como reduzir riscos e obter economiaFabio Rodrigues de Oliveira
 
Alcance da não cumulatividade das contribuições sociais e a definição de insu...
Alcance da não cumulatividade das contribuições sociais e a definição de insu...Alcance da não cumulatividade das contribuições sociais e a definição de insu...
Alcance da não cumulatividade das contribuições sociais e a definição de insu...Fabio Rodrigues de Oliveira
 
Abrangência do conteúdo de receita e a Lei n° 12.973 (conversão da MP 627)
Abrangência do conteúdo de receita e a Lei n° 12.973 (conversão da MP 627)Abrangência do conteúdo de receita e a Lei n° 12.973 (conversão da MP 627)
Abrangência do conteúdo de receita e a Lei n° 12.973 (conversão da MP 627)Fabio Rodrigues de Oliveira
 
Palestra PIS e COFINS - Receita e Créditos - ABAT
Palestra PIS e COFINS - Receita e Créditos - ABATPalestra PIS e COFINS - Receita e Créditos - ABAT
Palestra PIS e COFINS - Receita e Créditos - ABATFabio Rodrigues de Oliveira
 
PIS/COFINS - Definição de receita e faturamento e a Medida Provisória nº 627/...
PIS/COFINS - Definição de receita e faturamento e a Medida Provisória nº 627/...PIS/COFINS - Definição de receita e faturamento e a Medida Provisória nº 627/...
PIS/COFINS - Definição de receita e faturamento e a Medida Provisória nº 627/...Fabio Rodrigues de Oliveira
 

Mais de Fabio Rodrigues de Oliveira (7)

Gestão Tributária e Cases de Planejamento
Gestão Tributária e Cases de PlanejamentoGestão Tributária e Cases de Planejamento
Gestão Tributária e Cases de Planejamento
 
SIMPLES NACIONAL: Alterações promovidas pela Lei Complementar 147/2014
SIMPLES NACIONAL: Alterações promovidas pela Lei Complementar 147/2014SIMPLES NACIONAL: Alterações promovidas pela Lei Complementar 147/2014
SIMPLES NACIONAL: Alterações promovidas pela Lei Complementar 147/2014
 
PIS E COFINS NOS SUPERMERCADOS - Como reduzir riscos e obter economia
PIS E COFINS NOS SUPERMERCADOS - Como reduzir riscos e obter economiaPIS E COFINS NOS SUPERMERCADOS - Como reduzir riscos e obter economia
PIS E COFINS NOS SUPERMERCADOS - Como reduzir riscos e obter economia
 
Alcance da não cumulatividade das contribuições sociais e a definição de insu...
Alcance da não cumulatividade das contribuições sociais e a definição de insu...Alcance da não cumulatividade das contribuições sociais e a definição de insu...
Alcance da não cumulatividade das contribuições sociais e a definição de insu...
 
Abrangência do conteúdo de receita e a Lei n° 12.973 (conversão da MP 627)
Abrangência do conteúdo de receita e a Lei n° 12.973 (conversão da MP 627)Abrangência do conteúdo de receita e a Lei n° 12.973 (conversão da MP 627)
Abrangência do conteúdo de receita e a Lei n° 12.973 (conversão da MP 627)
 
Palestra PIS e COFINS - Receita e Créditos - ABAT
Palestra PIS e COFINS - Receita e Créditos - ABATPalestra PIS e COFINS - Receita e Créditos - ABAT
Palestra PIS e COFINS - Receita e Créditos - ABAT
 
PIS/COFINS - Definição de receita e faturamento e a Medida Provisória nº 627/...
PIS/COFINS - Definição de receita e faturamento e a Medida Provisória nº 627/...PIS/COFINS - Definição de receita e faturamento e a Medida Provisória nº 627/...
PIS/COFINS - Definição de receita e faturamento e a Medida Provisória nº 627/...
 

Último

[Modelo] Regimento Interno de Igreja - Fábio Peres da Silva
[Modelo] Regimento Interno de Igreja - Fábio Peres da Silva[Modelo] Regimento Interno de Igreja - Fábio Peres da Silva
[Modelo] Regimento Interno de Igreja - Fábio Peres da SilvaFábio Peres
 
Modelo de Avaliação da Deficiência no Brasil
Modelo de Avaliação da Deficiência no BrasilModelo de Avaliação da Deficiência no Brasil
Modelo de Avaliação da Deficiência no Brasilsandro361638
 
MAPA MENTAL Oab 40 DIREITO FILOSOFIA DO DIREITO
MAPA MENTAL Oab 40 DIREITO FILOSOFIA DO DIREITOMAPA MENTAL Oab 40 DIREITO FILOSOFIA DO DIREITO
MAPA MENTAL Oab 40 DIREITO FILOSOFIA DO DIREITOLuanReisfp
 
PARTE 1 2024 Artigo Exploração sexual de crianças e adolescentes no mundo vir...
PARTE 1 2024 Artigo Exploração sexual de crianças e adolescentes no mundo vir...PARTE 1 2024 Artigo Exploração sexual de crianças e adolescentes no mundo vir...
PARTE 1 2024 Artigo Exploração sexual de crianças e adolescentes no mundo vir...SimoneDrumondIschkan
 
Efeito doença nas férias na Administração Pública
Efeito doença nas férias na Administração PúblicaEfeito doença nas férias na Administração Pública
Efeito doença nas férias na Administração Públicaapseabra
 
Direito tributário.pdf para alunos do curso de Direito
Direito tributário.pdf para alunos do curso de DireitoDireito tributário.pdf para alunos do curso de Direito
Direito tributário.pdf para alunos do curso de DireitoMariaLeonardo24
 
[Modelo] Igreja Evangélica - Ata de fundação, aprovação de estatuto e eleição...
[Modelo] Igreja Evangélica - Ata de fundação, aprovação de estatuto e eleição...[Modelo] Igreja Evangélica - Ata de fundação, aprovação de estatuto e eleição...
[Modelo] Igreja Evangélica - Ata de fundação, aprovação de estatuto e eleição...Fábio Peres
 

Último (7)

[Modelo] Regimento Interno de Igreja - Fábio Peres da Silva
[Modelo] Regimento Interno de Igreja - Fábio Peres da Silva[Modelo] Regimento Interno de Igreja - Fábio Peres da Silva
[Modelo] Regimento Interno de Igreja - Fábio Peres da Silva
 
Modelo de Avaliação da Deficiência no Brasil
Modelo de Avaliação da Deficiência no BrasilModelo de Avaliação da Deficiência no Brasil
Modelo de Avaliação da Deficiência no Brasil
 
MAPA MENTAL Oab 40 DIREITO FILOSOFIA DO DIREITO
MAPA MENTAL Oab 40 DIREITO FILOSOFIA DO DIREITOMAPA MENTAL Oab 40 DIREITO FILOSOFIA DO DIREITO
MAPA MENTAL Oab 40 DIREITO FILOSOFIA DO DIREITO
 
PARTE 1 2024 Artigo Exploração sexual de crianças e adolescentes no mundo vir...
PARTE 1 2024 Artigo Exploração sexual de crianças e adolescentes no mundo vir...PARTE 1 2024 Artigo Exploração sexual de crianças e adolescentes no mundo vir...
PARTE 1 2024 Artigo Exploração sexual de crianças e adolescentes no mundo vir...
 
Efeito doença nas férias na Administração Pública
Efeito doença nas férias na Administração PúblicaEfeito doença nas férias na Administração Pública
Efeito doença nas férias na Administração Pública
 
Direito tributário.pdf para alunos do curso de Direito
Direito tributário.pdf para alunos do curso de DireitoDireito tributário.pdf para alunos do curso de Direito
Direito tributário.pdf para alunos do curso de Direito
 
[Modelo] Igreja Evangélica - Ata de fundação, aprovação de estatuto e eleição...
[Modelo] Igreja Evangélica - Ata de fundação, aprovação de estatuto e eleição...[Modelo] Igreja Evangélica - Ata de fundação, aprovação de estatuto e eleição...
[Modelo] Igreja Evangélica - Ata de fundação, aprovação de estatuto e eleição...
 

Questões Polêmicas de PIS e COFINS e seus reflexos na EFD-Contribuições

  • 1. Questões Polêmicas de PIS e COFINS e seus reflexos na EFD-Contribuições
  • 2.
  • 3. Entre os tributos mais onerosos Mais de 30% da arrecadação Legislação complexa, esparsa e instável Não cumulatividade “sui generis”
  • 4. Cumulativo Faturamento Receitas da Atividade Não Cumulativo Receita Total Receitas da Atividade + Outras Leis 9.718/98, 10.637/2002 e 10.833/2003
  • 5. Receita Tributária Receita Contábil Salvo exceção legal, todas receitas contábeis são tributadas
  • 7. EFD-Contribuições •Todas as receitas devem ser informadas, tributadas ou não ECD •Todas as receitas são informadas
  • 8. Receitas Financeiras Decreto nº 8.426/2015 •Restabeleceu as alíquotas no regime não cumulativo para 0,65% e 4%. •Inclusive sobre as decorrentes de hedge •Manteve as alíquotas de 1,65% e 7,6% aos juros sobre o capital próprio Decreto nº 8.451/2015 •Mantém em 0% as alíquotas decorrentes de variações monetárias e operações de hedge especificadas
  • 9. IMPACTOS NA EFD-CONTRIBUIÇÕES BLOCO F • NÃO CUMULATIVO • APLICAÇÃO FINANCEIRA • CST 02 – ALÍQUOTAS DE 0,65% E 4% • JUROS SOBRE CAPITAL PRÓPRIO • CST 01 – ALÍQUOTAS DE 1,65% E 7,6% • VARIAÇÃO CAMBIAL (EXPORTAÇÃO) • CST 06 – ALÍQUOTAS 0% • CUMULATIVO • FINANCEIRAS EM GERAL (EMPRESAS NÃO FINANCEIRAS) • CST 08 – NÃO INCIDÊNCIA
  • 10. Base de Cálculo ICMS ICMS/ST IPI PIS/COFINS ISS Decreto-Lei 1.598/77 (Art. 12, § 4º) ADC 18 | RE 574.706 (com repercussão geral reconhecida) RE 240.785 (sem efeito “erga omnes”)
  • 11. Impactos na EFD-Contribuições Valor total dos produtos (líquido): R$ 7.275,00 Valor do ICMS: R$ 1.800,00 Valor do PIS: R$ 165,00 Valor da COFINS: R$ 760,00 Valor total dos produtos (bruto): Valor do ICMS/ST: R$ 1.710,00 Valor do IPI: R$ 1.000,00 Valor total da nota: R$ 12.710,00 Redução 27,25%
  • 12. Fato Gerador Complexivo • Faturamento ou Receita Mensal Método Indireto Subtrativo • Crédito gerado internamente Documento Fiscal • Informações de PIS e COFINS são figurativas
  • 13. Constitucionalista Relação de créditos é exemplificativa (ou inconstitucional!) Alcança toda despesa necessária à geração da receita Legalista Relação de créditos é taxativa Somente aquilo que está previsto na Lei
  • 14. Bens para revenda Base de Cálculo ICMS ICMS/ST IPI Frete Outras despesas Art. 3º, I, Leis 10.637/2002 e 10.833/2003 IN RFB 404/2004 SC Cosit 106/2014
  • 15. Impactos na EFD-Contribuições Valor total dos produtos (líquido): R$ 7.275,00 Valor do ICMS: R$ 1.800,00 Valor do PIS: R$ 165,00 Valor da COFINS: R$ 760,00 Valor total dos produtos (bruto): R$ 10.000,00 Valor do ICMS/ST: R$ 1.710,00 Valor do IPI: 1.000,00 Valor do Frete: R$ 200,00 Valor total da nota: R$ 12.710,00 Valor total dos produtos (bruto): R$ 10.000,00 + Valor do IPI: 1.000,00 + Valor do Frete: R$ 200,00 Valor do PIS: R$ 184,80 Valor da COFINS: R$ 851,20
  • 17. Definição Legal “Bens e serviços, utilizados como insumo na prestação de serviços e na produção ou fabricação de bens ou produtos destinados à venda [...]” Art. 3º, II, das Leis 10.637/2002 e 10.833/2003
  • 18. “[...] a matéria-prima, o produto intermediário, o material de embalagem e quaisquer outros bens que sofram alterações, tais como o desgaste, o dano ou a perda de propriedades físicas ou químicas, em função da ação diretamente exercida sobre o produto em fabricação, desde que não estejam incluídas no ativo imobilizado [...]” Art. 8º, § 4º, I, “a”, da IN RFB 404/2004 Definição Fiscal
  • 19. Definição Fiscal Definição na Jurisprudência Fase Definição Justiça (ex.) CARF (ex.) 1ª Fase IPI Apelação Cível nº 200772010007910 (TRF 4ª) Acórdão nº 201- 79.759, da 1ª Câmara do 2º CC 2ª Fase IRPJ Apelação Cível nº 0029040- 40.2008.404.7100/RS (TRF 4ª) Acórdão nº 3202- 00.226, da 2ª Câmara do 2º CC 3ª Fase Própria (custo de produção) Apelação em MS nº 200332000008496 (TRF 1ª) Acórdão nº 930301.740 da 3ª Turma da CSRF
  • 20. CARF - Terceira Seção ACÓRDÃO: 3401-002.547 (16/05/2014) “Para definir o conceito de insumo no PIS e na COFINS não- cumulativos, é necessário constatar a essencialidade do bem ao processo produtivo do contribuinte. Assim, geram crédito do PIS e da COFINS não- cumulativos somente as despesas com materiais considerados essenciais.” Definição Fiscal Definição na Jurisprudência CARF - Terceira Seção ACÓRDÃO: 3101-001.606 (28/08/2014) “Não cabe ao intérprete dimensionar a necessidade ou a essencialidade material dos bens e serviços adquiridos, mas tão somente verificar se foram ou não UTILIZADOS “na prestação de serviços ou na produção ou fabricação de bens e produtos” inerentes à atividade submetida à não cumulatividade.”
  • 21. Definição Fiscal Definição na Jurisprudência Definição na Doutrina O termo “insumo” não indica uma substância em si (material, química, física etc.). Nada, em si mesmo, pelo simples fato de existir possui a qualidade de insumo. Ao revés, essa qualidade resulta de um certo tipo de relação entre aquilo que é reputado insumo (“X”) e algo (“Y”) perante o que “X” assim deve ser visto” Marco Aurélio Greco
  • 23. Energia “Energia elétrica e energia térmica, inclusive sob a forma de vapor, consumidas nos estabelecimentos da pessoa jurídica” Art. 3º, III, Leis 10.637/2002 e 10.833/2003  Abrange setor produtivo, administrativo e demais áreas da empresa  Não inclui a Contribuição de Iluminação Pública (CIP) e outros valores cobrados
  • 25. Frete “frete na operação de venda, nos casos dos incisos I e II, quando o ônus for suportado pelo vendedor.” Art. 3º, IX, das Leis 10.637/2002 e 10.833/2003
  • 26. D101 e D105 - Natureza do frete Nº Campo Descrição Tipo Tam Dec 1 REG Texto fixo contendo "D101" C 004* - 2 IND_NAT_FRT Indicador da Natureza do Frete Contratado, referente a: C 001* - 0 - Operações de vendas, com ônus suportado pelo estabelecimento vendedor; 1 - Operações de vendas, com ônus suportado pelo adquirente; 2 - Operações de compras (bens para revenda, matérias-primas e outros produtos, geradores de crédito); 3 - Operações de compras (bens para revenda, matérias-primas e outros produtos, não geradores de crédito); 4 - Transferência de produtos acabados entre estabelecimentos da pessoa jurídica; 5 - Transferência de produtos em elaboração entre estabelecimentos da pessoa jurídica 9 - Outras. Aviso emitido pelo PVA: Não deve ser informado CST referente a Operações com Direito a Crédito (50 a 56) ou CST referente a Crédito Presumido (60 a 66) para operações cujo Indicador da Natureza de Frete Contratado (Campo 02 - IND_NAT_FRT) seja diferente de "0" e "2". Impactos na EFD-Contribuições
  • 27. Visões para cruzamento de informações •Emissão 29/12/2014 •Saída 03/01/2015 Nota Fiscal •Janeiro/2015 SPED Fiscal (ICMS) •Dezembro/2014 SPED Contribuições •Dezembro/2014 ECD / ECF
  • 28. “I - por apresentação extemporânea: a) R$ 500,00 (quinhentos reais) por mês-calendário ou fração, relativamente às pessoas jurídicas que estiverem em início de atividade ou que sejam imunes ou isentas ou que, na última declaração apresentada, tenham apurado lucro presumido; b) R$ 1.500,00 (mil e quinhentos reais) por mês-calendário ou fração, relativamente às demais pessoas jurídicas; [...] III - por cumprimento de obrigação acessória com informações inexatas, incompletas ou omitidas: a) 3% (três por cento), não inferior a R$ 100,00 (cem reais), do valor das transações comerciais ou das operações financeiras, próprias da pessoa jurídica ou de terceiros em relação aos quais seja responsável tributário, no caso de informação omitida, inexata ou incompleta;” Lei 12.873/2013 Penalidades
  • 29.