SlideShare uma empresa Scribd logo
Organização e Tratamento de Dados no 1º CEB  OTD Prof. Rita Sousa
OTD e o NPMEB Introdução No seu dia-a-dia, os alunos lidam com vários tipos e fontes de informação, em boa parte veiculada através dos meios de comunicação social. Muita dessa informação é apresentada na forma de tabelas, gráficos ou através de linguagem corrente usando termos estatísticos. Para que a informação possa ser compreendida é cada vez mais necessário que os alunos comecem desde cedo a lidar com esses termos e representações e a desenvolver progressivamente a capacidade não só de interpretar, como de seleccionar e criticar a informação que recebem. Organização e tratamento de dados Introdução No seu dia-a-dia, os alunos lidam com vários tipos e fontes de informação, em boa parte veiculada através dos meios de comunicação social. Muita dessa informação é apresentada na forma de tabelas, gráficos ou através de linguagem corrente usando termos estatísticos. Para que a informação possa ser compreendida é cada vez mais necessário que os alunos comecem desde cedo a lidar com esses termos e representações e a desenvolver progressivamente a capacidade não só de interpretar, como de seleccionar e criticar a informação que recebem. Por isso, nos quatro primeiros anos de escolaridade, os alunos devem ter a oportunidade de realizar experiências que envolvam organização e tratamento de dados. Além disso, os alunos também contactam no seu dia-a-dia com situações aleatórias, pelo que a exploração de experiências envolvendo esse tipo de situações é também trabalhada nos dois últimos anos deste ciclo. Propósito principal de ensino Desenvolver nos alunos a capacidade de ler e interpretar dados organizados na forma de tabelas e gráficos, assim como de os recolher, organizar e representar com o fim de resolver problemas em contextos variados relacionados com o seu quotidiano. Por isso, nos quatro primeiros anos de escolaridade, os alunos devem ter a oportunidade de realizar experiências que envolvam organização e tratamento de dados.
Estatística e o NPMEB Propósito principal de ensino Desenvolver nos alunos a capacidade de ler e interpretar dados organizados na forma de tabelas e gráficos, assim como de os recolher, organizar e representar com o fim de resolver problemas em contextos variados relacionados com o seu quotidiano. Objectivos gerais de aprendizagem Com a sua aprendizagem, no âmbito deste tema, os alunos devem ser capazes de: •  explorar e interpretar dados organizados de diversas formas; •  realizar estudos que envolvam a recolha, organização e representação de dados e comunicar utilizando linguagem própria deste tema.
 
[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],Estatística: O que é?
RECOLHA DE DADOS Interesses dos alunos  (por ex: tempo, idade, nº irmãos, cor favorita, gelado preferido) INQUÉRITOS QUESTIONÁRIOS   ORGANIZAÇÃO E  TRATAMENTO DE DADOS CONCLUSÕES  INDICADORES de MEDIDA   COMPARAÇÕES  REGISTO DE CONTAGEM TABELAS E GRÁFICOS ANÁLISE DE DADOS
RECOLHA DE DADOS DEFINIR O OBJECTIVO DO ESTUDO ELABORAR QUESTÕES PRECISAS
ORGANIZAÇÃO DE DADOS ELABORAÇÃO DE : Registos de contagem e TABELAS DE FREQUÊNCIA ELABORAÇÃO DE GRÁFICOS CIRCULARES BARRAS PICTOGRAMAS POLIGONAIS
ELABORAÇÃO DE REGISTOS DE CONTAGEM NO REGISTO DA CONTAGEM FAZEM-SE GRUPOS DE 5 ELEMENTOS CADA IIII OS REGISTOS DEVEM TER UM TÍTULO
ELABORAÇÃO DE TABELAS DE FREQUÊNCIA AS TABELAS  devem ter um TÍTULO AS COLUNAS  devem estar BEM IDENTIFICADAS A FREQUÊNCIA ABSOLUTA É O NÚMERO DE VEZES QUE O  ACONTECIMENTO SE VERIFICA AS TABELAS  devem ter um TOTAL PARA CONTROLE ATRASOS dos ALUNOS Total 139
ELABORAÇÃO DE GRÁFICOS DE BARRAS OS EIXOS VERTICAL E  HORIZONTAL   devem ter LEGENDAS AS BARRAS são RECTÂNGULOS com a MESMA LARGURA OS ESPAÇOS entre as BARRAS SÃO IGUAIS OS GRÁFICOS devem ter UM TÍTULO
ELABORAÇÃO DE PICTOGRAMAS SUBSTITUEM-SE AS BARRAS POR FIGURAS, IMAGENS OU SÍMBOLOS ESCALA TÍTULO
EXEMPLO DE GRÁFICO POLIGONAL O Gráfico deve ter um TÍTULO OS EIXOS   VERTICAL E HORIZONTAL devem ser LEGENDADOS As BARRAS são substituídas por LINHAS POLIGONAIS
EXEMPLOS  DE GRÁFICOS CIRCULARES TÍTULOS LEGENDAS

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Apostila5 ine5102 quimica
Apostila5 ine5102 quimicaApostila5 ine5102 quimica
Apostila5 ine5102 quimica
smpgiacobbo
 
Estatística 8.º ano
Estatística 8.º anoEstatística 8.º ano
Estatística 8.º ano
aldaalves
 
Aula de Gráficos - Bioestatistica
Aula de Gráficos - BioestatisticaAula de Gráficos - Bioestatistica
Aula de Gráficos - Bioestatistica
Fisio Unipampa
 
Trabalho de estatística
Trabalho de estatísticaTrabalho de estatística
Trabalho de estatística
1721lab
 
Estatistica
Estatistica Estatistica
Estatistica
Sasuke Sakura
 
Interpretação de gráficos e tabelas
Interpretação de gráficos e tabelasInterpretação de gráficos e tabelas
Interpretação de gráficos e tabelas
Carlos Priante
 
Ficha de-trabalho-sobre-estatistica
Ficha de-trabalho-sobre-estatisticaFicha de-trabalho-sobre-estatistica
Ficha de-trabalho-sobre-estatistica
Ana Colaco
 
Dados, tabelas e gráficos de barras
Dados, tabelas e gráficos de barrasDados, tabelas e gráficos de barras
Dados, tabelas e gráficos de barras
rubensdiasjr07
 
Estatística
EstatísticaEstatística
Estatística
aldaalves
 
Probabilidade e Estatística Resumo 01
Probabilidade e  Estatística Resumo 01Probabilidade e  Estatística Resumo 01
Probabilidade e Estatística Resumo 01
Israel serique
 
Plano de aula grupo 2 - módulo 3 - ava-efap - 2013
Plano de aula   grupo 2 - módulo 3 - ava-efap - 2013Plano de aula   grupo 2 - módulo 3 - ava-efap - 2013
Plano de aula grupo 2 - módulo 3 - ava-efap - 2013
CesarAugustoPedroso
 
Estatistica aplicada exercicios resolvidos manual tecnico formando
Estatistica aplicada exercicios resolvidos manual tecnico formandoEstatistica aplicada exercicios resolvidos manual tecnico formando
Estatistica aplicada exercicios resolvidos manual tecnico formando
Antonio Mankumbani Chora
 
1 matemática e leitura
1   matemática e leitura1   matemática e leitura
1 matemática e leitura
Adriana Santos
 
Nelly
NellyNelly
Nelly
nellyzi
 
Medidas de centralidade
Medidas de centralidadeMedidas de centralidade
Medidas de centralidade
Andréa Thees
 
C:\Fakepath\Mat
C:\Fakepath\MatC:\Fakepath\Mat
C:\Fakepath\Mat
guest495fb5ee
 
09 06 graficos_matematica
09 06 graficos_matematica09 06 graficos_matematica
09 06 graficos_matematica
profgilvano
 

Mais procurados (17)

Apostila5 ine5102 quimica
Apostila5 ine5102 quimicaApostila5 ine5102 quimica
Apostila5 ine5102 quimica
 
Estatística 8.º ano
Estatística 8.º anoEstatística 8.º ano
Estatística 8.º ano
 
Aula de Gráficos - Bioestatistica
Aula de Gráficos - BioestatisticaAula de Gráficos - Bioestatistica
Aula de Gráficos - Bioestatistica
 
Trabalho de estatística
Trabalho de estatísticaTrabalho de estatística
Trabalho de estatística
 
Estatistica
Estatistica Estatistica
Estatistica
 
Interpretação de gráficos e tabelas
Interpretação de gráficos e tabelasInterpretação de gráficos e tabelas
Interpretação de gráficos e tabelas
 
Ficha de-trabalho-sobre-estatistica
Ficha de-trabalho-sobre-estatisticaFicha de-trabalho-sobre-estatistica
Ficha de-trabalho-sobre-estatistica
 
Dados, tabelas e gráficos de barras
Dados, tabelas e gráficos de barrasDados, tabelas e gráficos de barras
Dados, tabelas e gráficos de barras
 
Estatística
EstatísticaEstatística
Estatística
 
Probabilidade e Estatística Resumo 01
Probabilidade e  Estatística Resumo 01Probabilidade e  Estatística Resumo 01
Probabilidade e Estatística Resumo 01
 
Plano de aula grupo 2 - módulo 3 - ava-efap - 2013
Plano de aula   grupo 2 - módulo 3 - ava-efap - 2013Plano de aula   grupo 2 - módulo 3 - ava-efap - 2013
Plano de aula grupo 2 - módulo 3 - ava-efap - 2013
 
Estatistica aplicada exercicios resolvidos manual tecnico formando
Estatistica aplicada exercicios resolvidos manual tecnico formandoEstatistica aplicada exercicios resolvidos manual tecnico formando
Estatistica aplicada exercicios resolvidos manual tecnico formando
 
1 matemática e leitura
1   matemática e leitura1   matemática e leitura
1 matemática e leitura
 
Nelly
NellyNelly
Nelly
 
Medidas de centralidade
Medidas de centralidadeMedidas de centralidade
Medidas de centralidade
 
C:\Fakepath\Mat
C:\Fakepath\MatC:\Fakepath\Mat
C:\Fakepath\Mat
 
09 06 graficos_matematica
09 06 graficos_matematica09 06 graficos_matematica
09 06 graficos_matematica
 

Destaque

Frequência absoluta e moda
Frequência absoluta e modaFrequência absoluta e moda
Frequência absoluta e moda
Ministério da Educação
 
Diagrama de carrol e de venn
Diagrama de carrol e de vennDiagrama de carrol e de venn
Diagrama de carrol e de venn
Helena Borralho
 
Tratamento dados 1º ciclo
Tratamento dados 1º cicloTratamento dados 1º ciclo
Tratamento dados 1º ciclo
Central Didática
 
Moda, Média e Mediana
Moda, Média e MedianaModa, Média e Mediana
Moda, Média e Mediana
Juliana Perleto
 
Medidas estatísticas
Medidas estatísticasMedidas estatísticas
Medidas estatísticas
Helena Borralho
 
Estatística
Estatística Estatística
Estatística
Helena Borralho
 
Nocoes basicas de estatistica
Nocoes basicas de estatistica Nocoes basicas de estatistica
Nocoes basicas de estatistica
Helena Borralho
 
205138440 caderno-de-fichas-matematica-3º-ano
205138440 caderno-de-fichas-matematica-3º-ano205138440 caderno-de-fichas-matematica-3º-ano
205138440 caderno-de-fichas-matematica-3º-ano
Elisabete Silva
 
Estatísticas: Média, Moda e Mediana
Estatísticas: Média, Moda e MedianaEstatísticas: Média, Moda e Mediana
Estatísticas: Média, Moda e Mediana
Sminorffa
 
Multiplicação e diagrama de carroll
Multiplicação e diagrama de carrollMultiplicação e diagrama de carroll
Multiplicação e diagrama de carroll
Sónia Rodrigues
 
Media e moda
Media e modaMedia e moda
Media e moda
mariacferreira
 
Ficha diagramas
Ficha diagramasFicha diagramas
Ficha diagramas
Francisca Santos
 
Ficha de Matemática - halloween - educação especial
Ficha de Matemática - halloween - educação especialFicha de Matemática - halloween - educação especial
Ficha de Matemática - halloween - educação especial
Sónia Rodrigues
 

Destaque (13)

Frequência absoluta e moda
Frequência absoluta e modaFrequência absoluta e moda
Frequência absoluta e moda
 
Diagrama de carrol e de venn
Diagrama de carrol e de vennDiagrama de carrol e de venn
Diagrama de carrol e de venn
 
Tratamento dados 1º ciclo
Tratamento dados 1º cicloTratamento dados 1º ciclo
Tratamento dados 1º ciclo
 
Moda, Média e Mediana
Moda, Média e MedianaModa, Média e Mediana
Moda, Média e Mediana
 
Medidas estatísticas
Medidas estatísticasMedidas estatísticas
Medidas estatísticas
 
Estatística
Estatística Estatística
Estatística
 
Nocoes basicas de estatistica
Nocoes basicas de estatistica Nocoes basicas de estatistica
Nocoes basicas de estatistica
 
205138440 caderno-de-fichas-matematica-3º-ano
205138440 caderno-de-fichas-matematica-3º-ano205138440 caderno-de-fichas-matematica-3º-ano
205138440 caderno-de-fichas-matematica-3º-ano
 
Estatísticas: Média, Moda e Mediana
Estatísticas: Média, Moda e MedianaEstatísticas: Média, Moda e Mediana
Estatísticas: Média, Moda e Mediana
 
Multiplicação e diagrama de carroll
Multiplicação e diagrama de carrollMultiplicação e diagrama de carroll
Multiplicação e diagrama de carroll
 
Media e moda
Media e modaMedia e moda
Media e moda
 
Ficha diagramas
Ficha diagramasFicha diagramas
Ficha diagramas
 
Ficha de Matemática - halloween - educação especial
Ficha de Matemática - halloween - educação especialFicha de Matemática - halloween - educação especial
Ficha de Matemática - halloween - educação especial
 

Semelhante a Otd 1º ceb

Projeto
ProjetoProjeto
PNAIC - Educação Estatística - U7
PNAIC - Educação Estatística - U7PNAIC - Educação Estatística - U7
PNAIC - Educação Estatística - U7
Amanda Nolasco
 
Sequencia didatica adriano
Sequencia didatica adrianoSequencia didatica adriano
Sequencia didatica adriano
Adriano Santana
 
Conteudos de matematica ensino fundamen
Conteudos de matematica ensino fundamenConteudos de matematica ensino fundamen
Conteudos de matematica ensino fundamen
Fabiana Mocarzel
 
14 e 16 maio -PAUTA - Parte 2 NOS POLOS GESTORES E SUPERVISORES (1).pptx
14 e 16 maio -PAUTA - Parte 2 NOS POLOS GESTORES E SUPERVISORES (1).pptx14 e 16 maio -PAUTA - Parte 2 NOS POLOS GESTORES E SUPERVISORES (1).pptx
14 e 16 maio -PAUTA - Parte 2 NOS POLOS GESTORES E SUPERVISORES (1).pptx
pedagogicojoviana
 
A Matemática na Educação Fiscal: uma parceria na construção da cidadania / Ca...
A Matemática na Educação Fiscal: uma parceria na construção da cidadania / Ca...A Matemática na Educação Fiscal: uma parceria na construção da cidadania / Ca...
A Matemática na Educação Fiscal: uma parceria na construção da cidadania / Ca...
EUROsociAL II
 
Concurso Prefeitura de Corinto em Minas Gerais- 2014
Concurso Prefeitura de Corinto em Minas Gerais- 2014Concurso Prefeitura de Corinto em Minas Gerais- 2014
Concurso Prefeitura de Corinto em Minas Gerais- 2014
Resumo Apostilas
 
ALFABETIZAÇÃO-3º-ANO-2º-BIMESTRE-PROFESSOR.pdf
ALFABETIZAÇÃO-3º-ANO-2º-BIMESTRE-PROFESSOR.pdfALFABETIZAÇÃO-3º-ANO-2º-BIMESTRE-PROFESSOR.pdf
ALFABETIZAÇÃO-3º-ANO-2º-BIMESTRE-PROFESSOR.pdf
Claudia Leite
 
Tratamento da informacao
Tratamento da informacaoTratamento da informacao
Tratamento da informacao
João Alberto
 
Plano 2012 mat_7ª série b
Plano 2012 mat_7ª série bPlano 2012 mat_7ª série b
Tratamento da informação
Tratamento da informaçãoTratamento da informação
Tratamento da informação
Professora Cida
 
Concurso prefeitura de Luz, 2014
Concurso prefeitura de Luz, 2014Concurso prefeitura de Luz, 2014
Concurso prefeitura de Luz, 2014
Resumo Apostilas
 
Concurso Público da prefeitura Municipal de Navegantes - SC 2014
Concurso Público da prefeitura Municipal de Navegantes - SC 2014Concurso Público da prefeitura Municipal de Navegantes - SC 2014
Concurso Público da prefeitura Municipal de Navegantes - SC 2014
Resumo Apostilas
 
Plano intervenção
Plano intervençãoPlano intervenção
Plano intervenção
josihy
 
Ativ mat1 descritores
Ativ mat1 descritoresAtiv mat1 descritores
Ativ mat1 descritores
Elaine Fatima
 
Ativ mat1
Ativ mat1Ativ mat1
Ativ mat1
adridesle
 
Ativ mat1
Ativ mat1Ativ mat1
Ativ mat1
Elaine Fatima
 
Prova brasil 5o ano m at
Prova brasil 5o ano m atProva brasil 5o ano m at
Prova brasil 5o ano m at
Junior Marques
 
A matemática na Educação Fiscal: uma parceria na contrução da cidaadania – Ca...
A matemática na Educação Fiscal: uma parceria na contrução da cidaadania – Ca...A matemática na Educação Fiscal: uma parceria na contrução da cidaadania – Ca...
A matemática na Educação Fiscal: uma parceria na contrução da cidaadania – Ca...
EUROsociAL II
 
Concurso da Prefeitura de Cataguases em Minas Gerais - 2014.
Concurso da Prefeitura de Cataguases em Minas Gerais - 2014.Concurso da Prefeitura de Cataguases em Minas Gerais - 2014.
Concurso da Prefeitura de Cataguases em Minas Gerais - 2014.
Resumo Apostilas
 

Semelhante a Otd 1º ceb (20)

Projeto
ProjetoProjeto
Projeto
 
PNAIC - Educação Estatística - U7
PNAIC - Educação Estatística - U7PNAIC - Educação Estatística - U7
PNAIC - Educação Estatística - U7
 
Sequencia didatica adriano
Sequencia didatica adrianoSequencia didatica adriano
Sequencia didatica adriano
 
Conteudos de matematica ensino fundamen
Conteudos de matematica ensino fundamenConteudos de matematica ensino fundamen
Conteudos de matematica ensino fundamen
 
14 e 16 maio -PAUTA - Parte 2 NOS POLOS GESTORES E SUPERVISORES (1).pptx
14 e 16 maio -PAUTA - Parte 2 NOS POLOS GESTORES E SUPERVISORES (1).pptx14 e 16 maio -PAUTA - Parte 2 NOS POLOS GESTORES E SUPERVISORES (1).pptx
14 e 16 maio -PAUTA - Parte 2 NOS POLOS GESTORES E SUPERVISORES (1).pptx
 
A Matemática na Educação Fiscal: uma parceria na construção da cidadania / Ca...
A Matemática na Educação Fiscal: uma parceria na construção da cidadania / Ca...A Matemática na Educação Fiscal: uma parceria na construção da cidadania / Ca...
A Matemática na Educação Fiscal: uma parceria na construção da cidadania / Ca...
 
Concurso Prefeitura de Corinto em Minas Gerais- 2014
Concurso Prefeitura de Corinto em Minas Gerais- 2014Concurso Prefeitura de Corinto em Minas Gerais- 2014
Concurso Prefeitura de Corinto em Minas Gerais- 2014
 
ALFABETIZAÇÃO-3º-ANO-2º-BIMESTRE-PROFESSOR.pdf
ALFABETIZAÇÃO-3º-ANO-2º-BIMESTRE-PROFESSOR.pdfALFABETIZAÇÃO-3º-ANO-2º-BIMESTRE-PROFESSOR.pdf
ALFABETIZAÇÃO-3º-ANO-2º-BIMESTRE-PROFESSOR.pdf
 
Tratamento da informacao
Tratamento da informacaoTratamento da informacao
Tratamento da informacao
 
Plano 2012 mat_7ª série b
Plano 2012 mat_7ª série bPlano 2012 mat_7ª série b
Plano 2012 mat_7ª série b
 
Tratamento da informação
Tratamento da informaçãoTratamento da informação
Tratamento da informação
 
Concurso prefeitura de Luz, 2014
Concurso prefeitura de Luz, 2014Concurso prefeitura de Luz, 2014
Concurso prefeitura de Luz, 2014
 
Concurso Público da prefeitura Municipal de Navegantes - SC 2014
Concurso Público da prefeitura Municipal de Navegantes - SC 2014Concurso Público da prefeitura Municipal de Navegantes - SC 2014
Concurso Público da prefeitura Municipal de Navegantes - SC 2014
 
Plano intervenção
Plano intervençãoPlano intervenção
Plano intervenção
 
Ativ mat1 descritores
Ativ mat1 descritoresAtiv mat1 descritores
Ativ mat1 descritores
 
Ativ mat1
Ativ mat1Ativ mat1
Ativ mat1
 
Ativ mat1
Ativ mat1Ativ mat1
Ativ mat1
 
Prova brasil 5o ano m at
Prova brasil 5o ano m atProva brasil 5o ano m at
Prova brasil 5o ano m at
 
A matemática na Educação Fiscal: uma parceria na contrução da cidaadania – Ca...
A matemática na Educação Fiscal: uma parceria na contrução da cidaadania – Ca...A matemática na Educação Fiscal: uma parceria na contrução da cidaadania – Ca...
A matemática na Educação Fiscal: uma parceria na contrução da cidaadania – Ca...
 
Concurso da Prefeitura de Cataguases em Minas Gerais - 2014.
Concurso da Prefeitura de Cataguases em Minas Gerais - 2014.Concurso da Prefeitura de Cataguases em Minas Gerais - 2014.
Concurso da Prefeitura de Cataguases em Minas Gerais - 2014.
 

Mais de Joao Ferreira

os%20estados-membros%20da%20uni%C3%A3o%20europeia-QC0219162PTN.pdf
os%20estados-membros%20da%20uni%C3%A3o%20europeia-QC0219162PTN.pdfos%20estados-membros%20da%20uni%C3%A3o%20europeia-QC0219162PTN.pdf
os%20estados-membros%20da%20uni%C3%A3o%20europeia-QC0219162PTN.pdf
Joao Ferreira
 
Provas treino mat jessy
Provas treino mat jessyProvas treino mat jessy
Provas treino mat jessy
Joao Ferreira
 
Canção livro
Canção   livroCanção   livro
Canção livro
Joao Ferreira
 
Tudo começou numa semente texto colectivo
Tudo começou numa semente   texto colectivoTudo começou numa semente   texto colectivo
Tudo começou numa semente texto colectivo
Joao Ferreira
 
Tudo começou numa semente texto colectivo
Tudo começou numa semente   texto colectivoTudo começou numa semente   texto colectivo
Tudo começou numa semente texto colectivo
Joao Ferreira
 
Tudo começou numa semente texto colectivo
Tudo começou numa semente   texto colectivoTudo começou numa semente   texto colectivo
Tudo começou numa semente texto colectivo
Joao Ferreira
 
Tudo começou numa semente texto colectivo
Tudo começou numa semente   texto colectivoTudo começou numa semente   texto colectivo
Tudo começou numa semente texto colectivo
Joao Ferreira
 
Amigos devemos ser
Amigos devemos serAmigos devemos ser
Amigos devemos ser
Joao Ferreira
 
Ficheiro de problemas_4_ano
Ficheiro de problemas_4_anoFicheiro de problemas_4_ano
Ficheiro de problemas_4_ano
Joao Ferreira
 
1 ficheiro de problemas 4º ano
1 ficheiro de problemas 4º ano1 ficheiro de problemas 4º ano
1 ficheiro de problemas 4º ano
Joao Ferreira
 
Problema da semana 2
Problema da semana 2Problema da semana 2
Problema da semana 2
Joao Ferreira
 
Problema da semana
Problema da semanaProblema da semana
Problema da semana
Joao Ferreira
 
Portefólio
PortefólioPortefólio
Portefólio
Joao Ferreira
 
10 i dictation_mod04
10 i dictation_mod0410 i dictation_mod04
10 i dictation_mod04
Joao Ferreira
 
Como sabemos
Como sabemosComo sabemos
Como sabemos
Joao Ferreira
 
Pa
PaPa
Domino 4
Domino  4Domino  4
Domino 4
Joao Ferreira
 
Tarefas regularidades 3.4
Tarefas regularidades 3.4Tarefas regularidades 3.4
Tarefas regularidades 3.4
Joao Ferreira
 
Problemas 3ºano
Problemas 3ºanoProblemas 3ºano
Problemas 3ºano
Joao Ferreira
 

Mais de Joao Ferreira (20)

os%20estados-membros%20da%20uni%C3%A3o%20europeia-QC0219162PTN.pdf
os%20estados-membros%20da%20uni%C3%A3o%20europeia-QC0219162PTN.pdfos%20estados-membros%20da%20uni%C3%A3o%20europeia-QC0219162PTN.pdf
os%20estados-membros%20da%20uni%C3%A3o%20europeia-QC0219162PTN.pdf
 
Provas treino mat jessy
Provas treino mat jessyProvas treino mat jessy
Provas treino mat jessy
 
Canção livro
Canção   livroCanção   livro
Canção livro
 
Tudo começou numa semente texto colectivo
Tudo começou numa semente   texto colectivoTudo começou numa semente   texto colectivo
Tudo começou numa semente texto colectivo
 
Tudo começou numa semente texto colectivo
Tudo começou numa semente   texto colectivoTudo começou numa semente   texto colectivo
Tudo começou numa semente texto colectivo
 
Tudo começou numa semente texto colectivo
Tudo começou numa semente   texto colectivoTudo começou numa semente   texto colectivo
Tudo começou numa semente texto colectivo
 
Tudo começou numa semente texto colectivo
Tudo começou numa semente   texto colectivoTudo começou numa semente   texto colectivo
Tudo começou numa semente texto colectivo
 
Amigos devemos ser
Amigos devemos serAmigos devemos ser
Amigos devemos ser
 
Ficheiro de problemas_4_ano
Ficheiro de problemas_4_anoFicheiro de problemas_4_ano
Ficheiro de problemas_4_ano
 
1 ficheiro de problemas 4º ano
1 ficheiro de problemas 4º ano1 ficheiro de problemas 4º ano
1 ficheiro de problemas 4º ano
 
Problema da semana 2
Problema da semana 2Problema da semana 2
Problema da semana 2
 
Problema da semana
Problema da semanaProblema da semana
Problema da semana
 
Portefólio
PortefólioPortefólio
Portefólio
 
10 i dictation_mod04
10 i dictation_mod0410 i dictation_mod04
10 i dictation_mod04
 
Gr´fico
Gr´ficoGr´fico
Gr´fico
 
Como sabemos
Como sabemosComo sabemos
Como sabemos
 
Pa
PaPa
Pa
 
Domino 4
Domino  4Domino  4
Domino 4
 
Tarefas regularidades 3.4
Tarefas regularidades 3.4Tarefas regularidades 3.4
Tarefas regularidades 3.4
 
Problemas 3ºano
Problemas 3ºanoProblemas 3ºano
Problemas 3ºano
 

Último

Norma de Gênero - Mulheres Heterossexuais, Homossexuais e Bissexuais.pdf
Norma de Gênero - Mulheres Heterossexuais, Homossexuais e Bissexuais.pdfNorma de Gênero - Mulheres Heterossexuais, Homossexuais e Bissexuais.pdf
Norma de Gênero - Mulheres Heterossexuais, Homossexuais e Bissexuais.pdf
Pastor Robson Colaço
 
Loteria - Adição, subtração, multiplicação e divisão.
Loteria - Adição,  subtração,  multiplicação e divisão.Loteria - Adição,  subtração,  multiplicação e divisão.
Loteria - Adição, subtração, multiplicação e divisão.
Mary Alvarenga
 
planejamento maternal 2 atualizado.pdf e
planejamento maternal 2 atualizado.pdf eplanejamento maternal 2 atualizado.pdf e
planejamento maternal 2 atualizado.pdf e
HelenStefany
 
Vivendo a Arquitetura Salesforce - 02.pptx
Vivendo a Arquitetura Salesforce - 02.pptxVivendo a Arquitetura Salesforce - 02.pptx
Vivendo a Arquitetura Salesforce - 02.pptx
Mauricio Alexandre Silva
 
Slides Lição 12, Central Gospel, O Milênio, 1Tr24, Pr Henrique.pptx
Slides Lição 12, Central Gospel, O Milênio, 1Tr24, Pr Henrique.pptxSlides Lição 12, Central Gospel, O Milênio, 1Tr24, Pr Henrique.pptx
Slides Lição 12, Central Gospel, O Milênio, 1Tr24, Pr Henrique.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
LITERATURA INDÍGENA BRASILEIRA: elementos constitutivos.ppt
LITERATURA INDÍGENA BRASILEIRA: elementos constitutivos.pptLITERATURA INDÍGENA BRASILEIRA: elementos constitutivos.ppt
LITERATURA INDÍGENA BRASILEIRA: elementos constitutivos.ppt
EdimaresSilvestre
 
formação - 2º ano São José da Tapera ...
formação - 2º ano São José da Tapera ...formação - 2º ano São José da Tapera ...
formação - 2º ano São José da Tapera ...
JakiraCosta
 
said edward w - orientalismo. livro de história pdf
said edward w - orientalismo. livro de história pdfsaid edward w - orientalismo. livro de história pdf
said edward w - orientalismo. livro de história pdf
ThiagoRORISDASILVA1
 
Slides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptx
Slides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptxSlides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptx
Slides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
Slides Lição 12, Betel, Ordenança para amar o próximo, 2Tr24.pptx
Slides Lição 12, Betel, Ordenança para amar o próximo, 2Tr24.pptxSlides Lição 12, Betel, Ordenança para amar o próximo, 2Tr24.pptx
Slides Lição 12, Betel, Ordenança para amar o próximo, 2Tr24.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
Razonamiento Matematico 6to Primaria MA6 Ccesa007.pdf
Razonamiento Matematico 6to Primaria MA6 Ccesa007.pdfRazonamiento Matematico 6to Primaria MA6 Ccesa007.pdf
Razonamiento Matematico 6to Primaria MA6 Ccesa007.pdf
Demetrio Ccesa Rayme
 
Como montar o mapa conceitual editado.pdf
Como montar o mapa conceitual editado.pdfComo montar o mapa conceitual editado.pdf
Como montar o mapa conceitual editado.pdf
AlineOliveira625820
 
FICHA DE APOIO DE ESCOLA SECUNDÁRIA 2024
FICHA DE APOIO DE ESCOLA SECUNDÁRIA 2024FICHA DE APOIO DE ESCOLA SECUNDÁRIA 2024
FICHA DE APOIO DE ESCOLA SECUNDÁRIA 2024
FredFringeFringeDola
 
DEUS CURA TODAS AS FERIDAS ESCONDIDAS DA NOSSA.pptx
DEUS CURA TODAS AS FERIDAS ESCONDIDAS DA NOSSA.pptxDEUS CURA TODAS AS FERIDAS ESCONDIDAS DA NOSSA.pptx
DEUS CURA TODAS AS FERIDAS ESCONDIDAS DA NOSSA.pptx
ConservoConstrues
 
Caça-palavaras e cruzadinha - Dígrafos.
Caça-palavaras  e cruzadinha  - Dígrafos.Caça-palavaras  e cruzadinha  - Dígrafos.
Caça-palavaras e cruzadinha - Dígrafos.
Mary Alvarenga
 
Roteiro para análise do Livro Didático.pptx
Roteiro para análise do Livro Didático.pptxRoteiro para análise do Livro Didático.pptx
Roteiro para análise do Livro Didático.pptx
pamellaaraujo10
 
O século XVII e o nascimento da pedagogia.pptx
O século XVII e o nascimento da pedagogia.pptxO século XVII e o nascimento da pedagogia.pptx
O século XVII e o nascimento da pedagogia.pptx
geiseortiz1
 
Vivendo a Arquitetura Salesforce - 01.pptx
Vivendo a Arquitetura Salesforce - 01.pptxVivendo a Arquitetura Salesforce - 01.pptx
Vivendo a Arquitetura Salesforce - 01.pptx
Mauricio Alexandre Silva
 
MAPAS MENTAIS Conhecimentos Pedagógicos - ATUALIZADO 2024 PROF. Fernanda.pdf
MAPAS MENTAIS Conhecimentos Pedagógicos - ATUALIZADO 2024 PROF. Fernanda.pdfMAPAS MENTAIS Conhecimentos Pedagógicos - ATUALIZADO 2024 PROF. Fernanda.pdf
MAPAS MENTAIS Conhecimentos Pedagógicos - ATUALIZADO 2024 PROF. Fernanda.pdf
GracinhaSantos6
 
CD_B2_C_Criar e Editar Conteúdos Digitais_índice.pdf
CD_B2_C_Criar e Editar Conteúdos Digitais_índice.pdfCD_B2_C_Criar e Editar Conteúdos Digitais_índice.pdf
CD_B2_C_Criar e Editar Conteúdos Digitais_índice.pdf
Manuais Formação
 

Último (20)

Norma de Gênero - Mulheres Heterossexuais, Homossexuais e Bissexuais.pdf
Norma de Gênero - Mulheres Heterossexuais, Homossexuais e Bissexuais.pdfNorma de Gênero - Mulheres Heterossexuais, Homossexuais e Bissexuais.pdf
Norma de Gênero - Mulheres Heterossexuais, Homossexuais e Bissexuais.pdf
 
Loteria - Adição, subtração, multiplicação e divisão.
Loteria - Adição,  subtração,  multiplicação e divisão.Loteria - Adição,  subtração,  multiplicação e divisão.
Loteria - Adição, subtração, multiplicação e divisão.
 
planejamento maternal 2 atualizado.pdf e
planejamento maternal 2 atualizado.pdf eplanejamento maternal 2 atualizado.pdf e
planejamento maternal 2 atualizado.pdf e
 
Vivendo a Arquitetura Salesforce - 02.pptx
Vivendo a Arquitetura Salesforce - 02.pptxVivendo a Arquitetura Salesforce - 02.pptx
Vivendo a Arquitetura Salesforce - 02.pptx
 
Slides Lição 12, Central Gospel, O Milênio, 1Tr24, Pr Henrique.pptx
Slides Lição 12, Central Gospel, O Milênio, 1Tr24, Pr Henrique.pptxSlides Lição 12, Central Gospel, O Milênio, 1Tr24, Pr Henrique.pptx
Slides Lição 12, Central Gospel, O Milênio, 1Tr24, Pr Henrique.pptx
 
LITERATURA INDÍGENA BRASILEIRA: elementos constitutivos.ppt
LITERATURA INDÍGENA BRASILEIRA: elementos constitutivos.pptLITERATURA INDÍGENA BRASILEIRA: elementos constitutivos.ppt
LITERATURA INDÍGENA BRASILEIRA: elementos constitutivos.ppt
 
formação - 2º ano São José da Tapera ...
formação - 2º ano São José da Tapera ...formação - 2º ano São José da Tapera ...
formação - 2º ano São José da Tapera ...
 
said edward w - orientalismo. livro de história pdf
said edward w - orientalismo. livro de história pdfsaid edward w - orientalismo. livro de história pdf
said edward w - orientalismo. livro de história pdf
 
Slides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptx
Slides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptxSlides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptx
Slides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptx
 
Slides Lição 12, Betel, Ordenança para amar o próximo, 2Tr24.pptx
Slides Lição 12, Betel, Ordenança para amar o próximo, 2Tr24.pptxSlides Lição 12, Betel, Ordenança para amar o próximo, 2Tr24.pptx
Slides Lição 12, Betel, Ordenança para amar o próximo, 2Tr24.pptx
 
Razonamiento Matematico 6to Primaria MA6 Ccesa007.pdf
Razonamiento Matematico 6to Primaria MA6 Ccesa007.pdfRazonamiento Matematico 6to Primaria MA6 Ccesa007.pdf
Razonamiento Matematico 6to Primaria MA6 Ccesa007.pdf
 
Como montar o mapa conceitual editado.pdf
Como montar o mapa conceitual editado.pdfComo montar o mapa conceitual editado.pdf
Como montar o mapa conceitual editado.pdf
 
FICHA DE APOIO DE ESCOLA SECUNDÁRIA 2024
FICHA DE APOIO DE ESCOLA SECUNDÁRIA 2024FICHA DE APOIO DE ESCOLA SECUNDÁRIA 2024
FICHA DE APOIO DE ESCOLA SECUNDÁRIA 2024
 
DEUS CURA TODAS AS FERIDAS ESCONDIDAS DA NOSSA.pptx
DEUS CURA TODAS AS FERIDAS ESCONDIDAS DA NOSSA.pptxDEUS CURA TODAS AS FERIDAS ESCONDIDAS DA NOSSA.pptx
DEUS CURA TODAS AS FERIDAS ESCONDIDAS DA NOSSA.pptx
 
Caça-palavaras e cruzadinha - Dígrafos.
Caça-palavaras  e cruzadinha  - Dígrafos.Caça-palavaras  e cruzadinha  - Dígrafos.
Caça-palavaras e cruzadinha - Dígrafos.
 
Roteiro para análise do Livro Didático.pptx
Roteiro para análise do Livro Didático.pptxRoteiro para análise do Livro Didático.pptx
Roteiro para análise do Livro Didático.pptx
 
O século XVII e o nascimento da pedagogia.pptx
O século XVII e o nascimento da pedagogia.pptxO século XVII e o nascimento da pedagogia.pptx
O século XVII e o nascimento da pedagogia.pptx
 
Vivendo a Arquitetura Salesforce - 01.pptx
Vivendo a Arquitetura Salesforce - 01.pptxVivendo a Arquitetura Salesforce - 01.pptx
Vivendo a Arquitetura Salesforce - 01.pptx
 
MAPAS MENTAIS Conhecimentos Pedagógicos - ATUALIZADO 2024 PROF. Fernanda.pdf
MAPAS MENTAIS Conhecimentos Pedagógicos - ATUALIZADO 2024 PROF. Fernanda.pdfMAPAS MENTAIS Conhecimentos Pedagógicos - ATUALIZADO 2024 PROF. Fernanda.pdf
MAPAS MENTAIS Conhecimentos Pedagógicos - ATUALIZADO 2024 PROF. Fernanda.pdf
 
CD_B2_C_Criar e Editar Conteúdos Digitais_índice.pdf
CD_B2_C_Criar e Editar Conteúdos Digitais_índice.pdfCD_B2_C_Criar e Editar Conteúdos Digitais_índice.pdf
CD_B2_C_Criar e Editar Conteúdos Digitais_índice.pdf
 

Otd 1º ceb

  • 1. Organização e Tratamento de Dados no 1º CEB OTD Prof. Rita Sousa
  • 2. OTD e o NPMEB Introdução No seu dia-a-dia, os alunos lidam com vários tipos e fontes de informação, em boa parte veiculada através dos meios de comunicação social. Muita dessa informação é apresentada na forma de tabelas, gráficos ou através de linguagem corrente usando termos estatísticos. Para que a informação possa ser compreendida é cada vez mais necessário que os alunos comecem desde cedo a lidar com esses termos e representações e a desenvolver progressivamente a capacidade não só de interpretar, como de seleccionar e criticar a informação que recebem. Organização e tratamento de dados Introdução No seu dia-a-dia, os alunos lidam com vários tipos e fontes de informação, em boa parte veiculada através dos meios de comunicação social. Muita dessa informação é apresentada na forma de tabelas, gráficos ou através de linguagem corrente usando termos estatísticos. Para que a informação possa ser compreendida é cada vez mais necessário que os alunos comecem desde cedo a lidar com esses termos e representações e a desenvolver progressivamente a capacidade não só de interpretar, como de seleccionar e criticar a informação que recebem. Por isso, nos quatro primeiros anos de escolaridade, os alunos devem ter a oportunidade de realizar experiências que envolvam organização e tratamento de dados. Além disso, os alunos também contactam no seu dia-a-dia com situações aleatórias, pelo que a exploração de experiências envolvendo esse tipo de situações é também trabalhada nos dois últimos anos deste ciclo. Propósito principal de ensino Desenvolver nos alunos a capacidade de ler e interpretar dados organizados na forma de tabelas e gráficos, assim como de os recolher, organizar e representar com o fim de resolver problemas em contextos variados relacionados com o seu quotidiano. Por isso, nos quatro primeiros anos de escolaridade, os alunos devem ter a oportunidade de realizar experiências que envolvam organização e tratamento de dados.
  • 3. Estatística e o NPMEB Propósito principal de ensino Desenvolver nos alunos a capacidade de ler e interpretar dados organizados na forma de tabelas e gráficos, assim como de os recolher, organizar e representar com o fim de resolver problemas em contextos variados relacionados com o seu quotidiano. Objectivos gerais de aprendizagem Com a sua aprendizagem, no âmbito deste tema, os alunos devem ser capazes de: • explorar e interpretar dados organizados de diversas formas; • realizar estudos que envolvam a recolha, organização e representação de dados e comunicar utilizando linguagem própria deste tema.
  • 4.  
  • 5.
  • 6. RECOLHA DE DADOS Interesses dos alunos (por ex: tempo, idade, nº irmãos, cor favorita, gelado preferido) INQUÉRITOS QUESTIONÁRIOS ORGANIZAÇÃO E TRATAMENTO DE DADOS CONCLUSÕES INDICADORES de MEDIDA COMPARAÇÕES REGISTO DE CONTAGEM TABELAS E GRÁFICOS ANÁLISE DE DADOS
  • 7. RECOLHA DE DADOS DEFINIR O OBJECTIVO DO ESTUDO ELABORAR QUESTÕES PRECISAS
  • 8. ORGANIZAÇÃO DE DADOS ELABORAÇÃO DE : Registos de contagem e TABELAS DE FREQUÊNCIA ELABORAÇÃO DE GRÁFICOS CIRCULARES BARRAS PICTOGRAMAS POLIGONAIS
  • 9. ELABORAÇÃO DE REGISTOS DE CONTAGEM NO REGISTO DA CONTAGEM FAZEM-SE GRUPOS DE 5 ELEMENTOS CADA IIII OS REGISTOS DEVEM TER UM TÍTULO
  • 10. ELABORAÇÃO DE TABELAS DE FREQUÊNCIA AS TABELAS devem ter um TÍTULO AS COLUNAS devem estar BEM IDENTIFICADAS A FREQUÊNCIA ABSOLUTA É O NÚMERO DE VEZES QUE O ACONTECIMENTO SE VERIFICA AS TABELAS devem ter um TOTAL PARA CONTROLE ATRASOS dos ALUNOS Total 139
  • 11. ELABORAÇÃO DE GRÁFICOS DE BARRAS OS EIXOS VERTICAL E HORIZONTAL devem ter LEGENDAS AS BARRAS são RECTÂNGULOS com a MESMA LARGURA OS ESPAÇOS entre as BARRAS SÃO IGUAIS OS GRÁFICOS devem ter UM TÍTULO
  • 12. ELABORAÇÃO DE PICTOGRAMAS SUBSTITUEM-SE AS BARRAS POR FIGURAS, IMAGENS OU SÍMBOLOS ESCALA TÍTULO
  • 13. EXEMPLO DE GRÁFICO POLIGONAL O Gráfico deve ter um TÍTULO OS EIXOS VERTICAL E HORIZONTAL devem ser LEGENDADOS As BARRAS são substituídas por LINHAS POLIGONAIS
  • 14. EXEMPLOS DE GRÁFICOS CIRCULARES TÍTULOS LEGENDAS