SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 13
OBESIDADE
O QUE É OBESIDADE?
 Denomina-se obesidade uma enfermidade
caracterizada pelo acúmulo excessivo de
gordura corporal, associada a problemas de
saúde, ou seja, que traz prejuízos à saúde do
indivíduo.
Principais causas
• Ingestão exagerada de calorias;
• Diminuição da atividade física;
• idade;
• Fatores genéticos;
• Fatores emocionais.
OBESIDADE NUTRICIONAL
• Esse tipo de obesidade é um problema ocasionado por causa
de uma alimentação excessiva com alto consumo de
alimentos muito calóricos. Esse tipo de obesidade é causada
por uma dieta rica em gorduras e pela falta de alimentos
leguminosos.
OBESIDADE COMPORTAMENTAL
• Neste tipo de obesidade enquadram-se as
pessoas sedentárias com tendência para
engordar. São pessoas que podem até
comer pouco, mas que apresentam um gasto
calórico ineficiente.
OBESIDADE PSICOLÓGICA
• As pessoas engordam por passarem por situações de
ansiedade, depressão, solidão, stress, rejeição, conflito
emocional, entre outras. Geralmente, nesses casos, a
pessoa come demais, de maneira a compensar as
dificuldades, perdendo o controlo alimentar.
OBESIDADE GENÉTICA
• Atinge cerca de 2 a 4% da população, é
caracterizada por distúrbios alimentares ligados
ao metabolismo devido à carga genética herdada
dos pais. Nesta situação a pessoa deve ser
tratada por um médico endocrinologista.
OBESIDADE DURADOURA
• Ocorre em pessoas que são pessoas que já são obesas
desde criança; a obesidade da gestação, que acontece na
gravidez e depois no pós-parto; a obesidade por
suspensão do desporto, que acontece normalmente em
pessoas que praticavam esportes e deixaram de praticar
ingerindo as mesmas calorias, a obesidade da puberdade,
que acontece na adolescência, principalmente nas
meninas, a obesidade causada por drogas como
corticóides ou anti-depressivos, a obesidade quando se
para de fumar, entre outros tipos.
OBESIDADE MÓRBIDA
 O Brasil ocupa o quinto lugar no ranking mundial de
pessoas que sofrem de obesidade mórbida, pessoas com
Índice de Massa Corporal acima de 40.
 Só em Salvador, o universo é de 90 mil obesos mórbidos,
além de 300 mil obesos. A doença é denominada
“mórbida” pois traz consigo patologias associadas que o
obeso pode vir a apresentar e que representam risco de
vida.
As mais comuns são:
• Diabetes
• hipertensão arterial
• insuficiência cardíaca
• apnéia do sono
• impotência nos homens
• infertilidade nas mulheres
• falta de ar ao menor esforço
DIAGNÓSTICO DE OBESIDADE
A forma mais amplamente recomendada
para avaliação do peso corporal em adultos
é o IMC (índice de massa corporal),
recomendado inclusive pela Organização
Mundial da Saúde. Esse índice é calculado
dividindo-se o peso do paciente em
kilogramas (Kg) pela sua altura em metros
elevada ao quadrado (quadrado de sua
altura.
COMO SE TRATA?
• Reeducação Alimentar: Independente do tratamento
proposto, a reeducação alimentar é fundamental, uma vez
através dela, reduziremos a ingestão calórica total e o ganho
calórico decorrente.
• Exercício: É importante considerar que atividade física é
qualquer movimento corporal produzido por músculos
esqueléticos que resulta em gasto energético e que exercício
uma atividade física planejada e estruturada com o propósito
de melhorar ou manter o condicionamento físico.
• Drogas: A utilização de medicamentos como auxiliares no
tratamento do paciente obeso deve ser realizada com
não sendo em geral o aspecto mais importante das medidas
empregadas.
COMO SE PREVINE?
• Uma dieta saudável deve ser sempre incentivada já na infância,
evitando-se que crianças apresentem peso acima do normal. A dieta
deve estar incluída em princípios gerais de vida saudável, na qual se
incluem a atividade física, o lazer, os relacionamentos afetivos
adequados e uma estrutura familiar organizada. No paciente que
apresentava obesidade e obteve sucesso na perda de peso, o
tratamento de manutenção deve incluir a permanência da atividade
física e de uma alimentação saudável a longo prazo. Esses aspectos
somente serão alcançados se estiverem acompanhados de uma
mudança geral no estilo de vida do paciente.

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Obesidade Infantil
Obesidade InfantilObesidade Infantil
Obesidade Infantil
guest2fcfae
 
Aspectos gerais da obesidade infantil
Aspectos gerais da obesidade infantilAspectos gerais da obesidade infantil
Aspectos gerais da obesidade infantil
TCC_FARMACIA_FEF
 
Obesidade na adolescencia
Obesidade na adolescenciaObesidade na adolescencia
Obesidade na adolescencia
NRvillalva
 
Obesidade na adoslescência (alimentação saudável)
Obesidade na adoslescência (alimentação saudável)Obesidade na adoslescência (alimentação saudável)
Obesidade na adoslescência (alimentação saudável)
Madalena Santos
 
Apresentação obesidade
Apresentação obesidadeApresentação obesidade
Apresentação obesidade
BibliotecaRoque
 

Mais procurados (18)

Obesidade Infantil
Obesidade InfantilObesidade Infantil
Obesidade Infantil
 
Obesidade Infantil
Obesidade InfantilObesidade Infantil
Obesidade Infantil
 
Obesidade Infantil
Obesidade InfantilObesidade Infantil
Obesidade Infantil
 
Muito Além do Peso: Obesidade Infantil
Muito Além do Peso: Obesidade InfantilMuito Além do Peso: Obesidade Infantil
Muito Além do Peso: Obesidade Infantil
 
Obesidade infantil
Obesidade infantil Obesidade infantil
Obesidade infantil
 
Aspectos gerais da obesidade infantil
Aspectos gerais da obesidade infantilAspectos gerais da obesidade infantil
Aspectos gerais da obesidade infantil
 
Trabalho obesidade esmeralda
Trabalho obesidade esmeraldaTrabalho obesidade esmeralda
Trabalho obesidade esmeralda
 
Obesidade Infantil
Obesidade InfantilObesidade Infantil
Obesidade Infantil
 
OBESIDADE NA INFANCIA
OBESIDADE NA INFANCIAOBESIDADE NA INFANCIA
OBESIDADE NA INFANCIA
 
ApresentaçãO obesidade infantil
ApresentaçãO obesidade infantilApresentaçãO obesidade infantil
ApresentaçãO obesidade infantil
 
Obesidade infantil - Muito Além do Peso
Obesidade infantil - Muito Além do PesoObesidade infantil - Muito Além do Peso
Obesidade infantil - Muito Além do Peso
 
Obesidade infantil - Dicas Rápidas
Obesidade infantil - Dicas RápidasObesidade infantil - Dicas Rápidas
Obesidade infantil - Dicas Rápidas
 
Obesidade na adolescencia
Obesidade na adolescenciaObesidade na adolescencia
Obesidade na adolescencia
 
Obesidade na adoslescência (alimentação saudável)
Obesidade na adoslescência (alimentação saudável)Obesidade na adoslescência (alimentação saudável)
Obesidade na adoslescência (alimentação saudável)
 
Apresentação obesidade
Apresentação obesidadeApresentação obesidade
Apresentação obesidade
 
Documentário: Muito Além do Peso
Documentário: Muito Além do PesoDocumentário: Muito Além do Peso
Documentário: Muito Além do Peso
 
Obesidade
ObesidadeObesidade
Obesidade
 
Obesidade infantil: um problema sério de saúde
Obesidade infantil: um problema sério de saúdeObesidade infantil: um problema sério de saúde
Obesidade infantil: um problema sério de saúde
 

Destaque

Diabetes en infancia y adolescencia
Diabetes en infancia y adolescenciaDiabetes en infancia y adolescencia
Diabetes en infancia y adolescencia
yrisandrade
 
Hígado graso no alcohólico en niños y adolescentes obesos
Hígado graso no alcohólico en niños y adolescentes obesosHígado graso no alcohólico en niños y adolescentes obesos
Hígado graso no alcohólico en niños y adolescentes obesos
Cuerpomedicoinsn
 
Distúrbios Alimentares
Distúrbios AlimentaresDistúrbios Alimentares
Distúrbios Alimentares
RutteFreitas
 
La obesidad infantil
La obesidad infantilLa obesidad infantil
La obesidad infantil
daniahm15
 
Obesidad infantil mª carmen solano fernández
Obesidad infantil mª carmen solano fernándezObesidad infantil mª carmen solano fernández
Obesidad infantil mª carmen solano fernández
Osic2013 Consumo
 

Destaque (17)

Obesidad infantil DR. Galvez
Obesidad infantil DR. GalvezObesidad infantil DR. Galvez
Obesidad infantil DR. Galvez
 
La obesidad infantil
La obesidad infantilLa obesidad infantil
La obesidad infantil
 
Diabetes en infancia y adolescencia
Diabetes en infancia y adolescenciaDiabetes en infancia y adolescencia
Diabetes en infancia y adolescencia
 
Anabolizantes e como é feito o seu uso
Anabolizantes e como é feito o seu usoAnabolizantes e como é feito o seu uso
Anabolizantes e como é feito o seu uso
 
Obesidad en edad pediatrica
Obesidad en edad pediatrica Obesidad en edad pediatrica
Obesidad en edad pediatrica
 
Obesidad infantil
Obesidad infantil Obesidad infantil
Obesidad infantil
 
Obesidad infantil en México
Obesidad infantil en MéxicoObesidad infantil en México
Obesidad infantil en México
 
Hígado graso no alcohólico en niños y adolescentes obesos
Hígado graso no alcohólico en niños y adolescentes obesosHígado graso no alcohólico en niños y adolescentes obesos
Hígado graso no alcohólico en niños y adolescentes obesos
 
Distúrbios Alimentares
Distúrbios AlimentaresDistúrbios Alimentares
Distúrbios Alimentares
 
Distúrbios alimentares
Distúrbios alimentaresDistúrbios alimentares
Distúrbios alimentares
 
Graficas obesidad
Graficas obesidadGraficas obesidad
Graficas obesidad
 
Obesidad infantil
Obesidad infantilObesidad infantil
Obesidad infantil
 
Distúrbios Alimentares
Distúrbios AlimentaresDistúrbios Alimentares
Distúrbios Alimentares
 
OBESIDAD INFANTIL
OBESIDAD INFANTILOBESIDAD INFANTIL
OBESIDAD INFANTIL
 
La obesidad infantil
La obesidad infantilLa obesidad infantil
La obesidad infantil
 
La Obesidad Infantil
La Obesidad InfantilLa Obesidad Infantil
La Obesidad Infantil
 
Obesidad infantil mª carmen solano fernández
Obesidad infantil mª carmen solano fernándezObesidad infantil mª carmen solano fernández
Obesidad infantil mª carmen solano fernández
 

Semelhante a Obesidade ↖

Alimentos saudáveis e transtornos alimentares jj
Alimentos saudáveis e transtornos alimentares jjAlimentos saudáveis e transtornos alimentares jj
Alimentos saudáveis e transtornos alimentares jj
Diogo Ramos
 
Distúrbios Alimentares
Distúrbios AlimentaresDistúrbios Alimentares
Distúrbios Alimentares
Pedui
 
Equilíbrio do organismo- Distúrbios Alimentares
Equilíbrio do organismo- Distúrbios AlimentaresEquilíbrio do organismo- Distúrbios Alimentares
Equilíbrio do organismo- Distúrbios Alimentares
Melissa Matos
 
Disturbios alimentares-area de projecto
Disturbios alimentares-area de projectoDisturbios alimentares-area de projecto
Disturbios alimentares-area de projecto
tyaguinho26
 

Semelhante a Obesidade ↖ (20)

Obesidade
ObesidadeObesidade
Obesidade
 
OBESIDADE - 1 B
OBESIDADE - 1 BOBESIDADE - 1 B
OBESIDADE - 1 B
 
Obesidade 2014
Obesidade 2014Obesidade 2014
Obesidade 2014
 
Obesity
ObesityObesity
Obesity
 
Alimentos saudáveis e transtornos alimentares jj
Alimentos saudáveis e transtornos alimentares jjAlimentos saudáveis e transtornos alimentares jj
Alimentos saudáveis e transtornos alimentares jj
 
Obesidade
Obesidade Obesidade
Obesidade
 
A Obesidade
A ObesidadeA Obesidade
A Obesidade
 
Ebook obesidade
Ebook obesidadeEbook obesidade
Ebook obesidade
 
Ebook obesidade
Ebook obesidadeEbook obesidade
Ebook obesidade
 
Bulimia e Anorexia- 1B
Bulimia  e Anorexia- 1BBulimia  e Anorexia- 1B
Bulimia e Anorexia- 1B
 
5-Manejo_da_Obesidade_na_ABS..pptx aaaaaaaaa
5-Manejo_da_Obesidade_na_ABS..pptx aaaaaaaaa5-Manejo_da_Obesidade_na_ABS..pptx aaaaaaaaa
5-Manejo_da_Obesidade_na_ABS..pptx aaaaaaaaa
 
Transtornos alimentares
Transtornos alimentaresTranstornos alimentares
Transtornos alimentares
 
Obesidade - Tipos e Causas
Obesidade - Tipos e CausasObesidade - Tipos e Causas
Obesidade - Tipos e Causas
 
Obesidade
ObesidadeObesidade
Obesidade
 
Obesidade
ObesidadeObesidade
Obesidade
 
Distúrbios Alimentares
Distúrbios AlimentaresDistúrbios Alimentares
Distúrbios Alimentares
 
Obesidade
ObesidadeObesidade
Obesidade
 
Equilíbrio do organismo- Distúrbios Alimentares
Equilíbrio do organismo- Distúrbios AlimentaresEquilíbrio do organismo- Distúrbios Alimentares
Equilíbrio do organismo- Distúrbios Alimentares
 
Disturbios alimentares-area de projecto
Disturbios alimentares-area de projectoDisturbios alimentares-area de projecto
Disturbios alimentares-area de projecto
 
Obesidade
ObesidadeObesidade
Obesidade
 

Mais de Joemille Leal

Mais de Joemille Leal (20)

Dia Internacional da Mulher 
Dia Internacional da Mulher Dia Internacional da Mulher 
Dia Internacional da Mulher 
 
Walter Benedix Schönflies Benjamin
Walter Benedix Schönflies BenjaminWalter Benedix Schönflies Benjamin
Walter Benedix Schönflies Benjamin
 
Matrizes Africanas
Matrizes AfricanasMatrizes Africanas
Matrizes Africanas
 
Handebol
HandebolHandebol
Handebol
 
Gripe
GripeGripe
Gripe
 
ENEM 2015
ENEM 2015ENEM 2015
ENEM 2015
 
ENEM 2016
ENEM 2016ENEM 2016
ENEM 2016
 
BRASIL X EUA
BRASIL X EUABRASIL X EUA
BRASIL X EUA
 
Homo Neandertal
Homo Neandertal Homo Neandertal
Homo Neandertal
 
MT ST
MT STMT ST
MT ST
 
Revolta da Chibata
Revolta da ChibataRevolta da Chibata
Revolta da Chibata
 
Skinner
SkinnerSkinner
Skinner
 
Currículo, Utopia e Pós-Modernidade
Currículo, Utopia e Pós-Modernidade Currículo, Utopia e Pós-Modernidade
Currículo, Utopia e Pós-Modernidade
 
O Perfil do novo profissional frente as novas Tecnologias
O Perfil do novo profissional frente as novas TecnologiasO Perfil do novo profissional frente as novas Tecnologias
O Perfil do novo profissional frente as novas Tecnologias
 
O Período Sensório Motor, Jean Piaget
O Período Sensório Motor, Jean Piaget O Período Sensório Motor, Jean Piaget
O Período Sensório Motor, Jean Piaget
 
HISTÓRIA DAS CRIANÇAS NO BRASIL
HISTÓRIA DAS CRIANÇAS NO BRASIL  HISTÓRIA DAS CRIANÇAS NO BRASIL
HISTÓRIA DAS CRIANÇAS NO BRASIL
 
BULLYING
BULLYING  BULLYING
BULLYING
 
Reforma do Ensino Médio - Considerações Finais
Reforma do Ensino Médio - Considerações FinaisReforma do Ensino Médio - Considerações Finais
Reforma do Ensino Médio - Considerações Finais
 
Autoestima
Autoestima Autoestima
Autoestima
 
Trabalho de Roanld - MOFO
Trabalho de Roanld - MOFOTrabalho de Roanld - MOFO
Trabalho de Roanld - MOFO
 

Último

Filosofia - 1º ano - Ensino Médio do ensino médio para primeiro bimestre
Filosofia - 1º ano - Ensino Médio do ensino médio para primeiro bimestreFilosofia - 1º ano - Ensino Médio do ensino médio para primeiro bimestre
Filosofia - 1º ano - Ensino Médio do ensino médio para primeiro bimestre
LeandroLima265595
 
História concisa da literatura brasileira- Alfredo Bosi..pdf
História concisa da literatura brasileira- Alfredo Bosi..pdfHistória concisa da literatura brasileira- Alfredo Bosi..pdf
História concisa da literatura brasileira- Alfredo Bosi..pdf
GisellySobral
 
ATIVIDADE 3 - DESENVOLVIMENTO E APRENDIZAGEM MOTORA - 52_2024
ATIVIDADE 3 - DESENVOLVIMENTO E APRENDIZAGEM MOTORA - 52_2024ATIVIDADE 3 - DESENVOLVIMENTO E APRENDIZAGEM MOTORA - 52_2024
ATIVIDADE 3 - DESENVOLVIMENTO E APRENDIZAGEM MOTORA - 52_2024
azulassessoria9
 

Último (20)

MESTRES DA CULTURA DE ASSARÉ Prof. Francisco Leite.pdf
MESTRES DA CULTURA DE ASSARÉ Prof. Francisco Leite.pdfMESTRES DA CULTURA DE ASSARÉ Prof. Francisco Leite.pdf
MESTRES DA CULTURA DE ASSARÉ Prof. Francisco Leite.pdf
 
Slides Lição 06, Central Gospel, O Anticristo, 1Tr24.pptx
Slides Lição 06, Central Gospel, O Anticristo, 1Tr24.pptxSlides Lição 06, Central Gospel, O Anticristo, 1Tr24.pptx
Slides Lição 06, Central Gospel, O Anticristo, 1Tr24.pptx
 
CATEQUESE primeiro ano . CATEQUESE 1ºano
CATEQUESE primeiro ano . CATEQUESE 1ºanoCATEQUESE primeiro ano . CATEQUESE 1ºano
CATEQUESE primeiro ano . CATEQUESE 1ºano
 
Maio Laranja - Combate à violência sexual contra crianças e adolescentes
Maio Laranja - Combate à violência sexual contra crianças e adolescentesMaio Laranja - Combate à violência sexual contra crianças e adolescentes
Maio Laranja - Combate à violência sexual contra crianças e adolescentes
 
Modelos de Inteligencia Emocional segundo diversos autores
Modelos de Inteligencia Emocional segundo diversos autoresModelos de Inteligencia Emocional segundo diversos autores
Modelos de Inteligencia Emocional segundo diversos autores
 
Quando a escola é de vidro, de Ruth Rocha
Quando a escola é de vidro, de Ruth RochaQuando a escola é de vidro, de Ruth Rocha
Quando a escola é de vidro, de Ruth Rocha
 
Filosofia - 1º ano - Ensino Médio do ensino médio para primeiro bimestre
Filosofia - 1º ano - Ensino Médio do ensino médio para primeiro bimestreFilosofia - 1º ano - Ensino Médio do ensino médio para primeiro bimestre
Filosofia - 1º ano - Ensino Médio do ensino médio para primeiro bimestre
 
Prova nivel 3 da XXII OBA DE 2019 - GABARITO POWER POINT.pptx
Prova nivel 3 da XXII OBA DE 2019 - GABARITO POWER POINT.pptxProva nivel 3 da XXII OBA DE 2019 - GABARITO POWER POINT.pptx
Prova nivel 3 da XXII OBA DE 2019 - GABARITO POWER POINT.pptx
 
VIDA E OBRA , PRINCIPAIS ESTUDOS ARISTOTELES.pdf
VIDA E OBRA , PRINCIPAIS ESTUDOS ARISTOTELES.pdfVIDA E OBRA , PRINCIPAIS ESTUDOS ARISTOTELES.pdf
VIDA E OBRA , PRINCIPAIS ESTUDOS ARISTOTELES.pdf
 
História concisa da literatura brasileira- Alfredo Bosi..pdf
História concisa da literatura brasileira- Alfredo Bosi..pdfHistória concisa da literatura brasileira- Alfredo Bosi..pdf
História concisa da literatura brasileira- Alfredo Bosi..pdf
 
ATIVIDADE 3 - DESENVOLVIMENTO E APRENDIZAGEM MOTORA - 52_2024
ATIVIDADE 3 - DESENVOLVIMENTO E APRENDIZAGEM MOTORA - 52_2024ATIVIDADE 3 - DESENVOLVIMENTO E APRENDIZAGEM MOTORA - 52_2024
ATIVIDADE 3 - DESENVOLVIMENTO E APRENDIZAGEM MOTORA - 52_2024
 
Slides Lição 7, CPAD, O Perigo Da Murmuração, 2Tr24.pptx
Slides Lição 7, CPAD, O Perigo Da Murmuração, 2Tr24.pptxSlides Lição 7, CPAD, O Perigo Da Murmuração, 2Tr24.pptx
Slides Lição 7, CPAD, O Perigo Da Murmuração, 2Tr24.pptx
 
Acróstico - Maio Laranja
Acróstico  - Maio Laranja Acróstico  - Maio Laranja
Acróstico - Maio Laranja
 
12_mch9_nervoso.pptx...........................
12_mch9_nervoso.pptx...........................12_mch9_nervoso.pptx...........................
12_mch9_nervoso.pptx...........................
 
Power Point sobre as etapas do Desenvolvimento infantil
Power Point sobre as etapas do Desenvolvimento infantilPower Point sobre as etapas do Desenvolvimento infantil
Power Point sobre as etapas do Desenvolvimento infantil
 
Missa catequese para o dia da mãe 2025.pdf
Missa catequese para o dia da mãe 2025.pdfMissa catequese para o dia da mãe 2025.pdf
Missa catequese para o dia da mãe 2025.pdf
 
Quiz | Dia da Europa 2024 (comemoração)
Quiz | Dia da Europa 2024  (comemoração)Quiz | Dia da Europa 2024  (comemoração)
Quiz | Dia da Europa 2024 (comemoração)
 
425416820-Testes-7º-Ano-Leandro-Rei-Da-Heliria-Com-Solucoes.pdf
425416820-Testes-7º-Ano-Leandro-Rei-Da-Heliria-Com-Solucoes.pdf425416820-Testes-7º-Ano-Leandro-Rei-Da-Heliria-Com-Solucoes.pdf
425416820-Testes-7º-Ano-Leandro-Rei-Da-Heliria-Com-Solucoes.pdf
 
Formação T.2 do Modulo I da Formação HTML & CSS
Formação T.2 do Modulo I da Formação HTML & CSSFormação T.2 do Modulo I da Formação HTML & CSS
Formação T.2 do Modulo I da Formação HTML & CSS
 
RENASCIMENTO E HUMANISMO_QUIZ 7º ANO.pptx
RENASCIMENTO E HUMANISMO_QUIZ 7º ANO.pptxRENASCIMENTO E HUMANISMO_QUIZ 7º ANO.pptx
RENASCIMENTO E HUMANISMO_QUIZ 7º ANO.pptx
 

Obesidade ↖

  • 2. O QUE É OBESIDADE?  Denomina-se obesidade uma enfermidade caracterizada pelo acúmulo excessivo de gordura corporal, associada a problemas de saúde, ou seja, que traz prejuízos à saúde do indivíduo.
  • 3. Principais causas • Ingestão exagerada de calorias; • Diminuição da atividade física; • idade; • Fatores genéticos; • Fatores emocionais.
  • 4. OBESIDADE NUTRICIONAL • Esse tipo de obesidade é um problema ocasionado por causa de uma alimentação excessiva com alto consumo de alimentos muito calóricos. Esse tipo de obesidade é causada por uma dieta rica em gorduras e pela falta de alimentos leguminosos.
  • 5. OBESIDADE COMPORTAMENTAL • Neste tipo de obesidade enquadram-se as pessoas sedentárias com tendência para engordar. São pessoas que podem até comer pouco, mas que apresentam um gasto calórico ineficiente.
  • 6. OBESIDADE PSICOLÓGICA • As pessoas engordam por passarem por situações de ansiedade, depressão, solidão, stress, rejeição, conflito emocional, entre outras. Geralmente, nesses casos, a pessoa come demais, de maneira a compensar as dificuldades, perdendo o controlo alimentar.
  • 7. OBESIDADE GENÉTICA • Atinge cerca de 2 a 4% da população, é caracterizada por distúrbios alimentares ligados ao metabolismo devido à carga genética herdada dos pais. Nesta situação a pessoa deve ser tratada por um médico endocrinologista.
  • 8. OBESIDADE DURADOURA • Ocorre em pessoas que são pessoas que já são obesas desde criança; a obesidade da gestação, que acontece na gravidez e depois no pós-parto; a obesidade por suspensão do desporto, que acontece normalmente em pessoas que praticavam esportes e deixaram de praticar ingerindo as mesmas calorias, a obesidade da puberdade, que acontece na adolescência, principalmente nas meninas, a obesidade causada por drogas como corticóides ou anti-depressivos, a obesidade quando se para de fumar, entre outros tipos.
  • 9. OBESIDADE MÓRBIDA  O Brasil ocupa o quinto lugar no ranking mundial de pessoas que sofrem de obesidade mórbida, pessoas com Índice de Massa Corporal acima de 40.  Só em Salvador, o universo é de 90 mil obesos mórbidos, além de 300 mil obesos. A doença é denominada “mórbida” pois traz consigo patologias associadas que o obeso pode vir a apresentar e que representam risco de vida.
  • 10. As mais comuns são: • Diabetes • hipertensão arterial • insuficiência cardíaca • apnéia do sono • impotência nos homens • infertilidade nas mulheres • falta de ar ao menor esforço
  • 11. DIAGNÓSTICO DE OBESIDADE A forma mais amplamente recomendada para avaliação do peso corporal em adultos é o IMC (índice de massa corporal), recomendado inclusive pela Organização Mundial da Saúde. Esse índice é calculado dividindo-se o peso do paciente em kilogramas (Kg) pela sua altura em metros elevada ao quadrado (quadrado de sua altura.
  • 12. COMO SE TRATA? • Reeducação Alimentar: Independente do tratamento proposto, a reeducação alimentar é fundamental, uma vez através dela, reduziremos a ingestão calórica total e o ganho calórico decorrente. • Exercício: É importante considerar que atividade física é qualquer movimento corporal produzido por músculos esqueléticos que resulta em gasto energético e que exercício uma atividade física planejada e estruturada com o propósito de melhorar ou manter o condicionamento físico. • Drogas: A utilização de medicamentos como auxiliares no tratamento do paciente obeso deve ser realizada com não sendo em geral o aspecto mais importante das medidas empregadas.
  • 13. COMO SE PREVINE? • Uma dieta saudável deve ser sempre incentivada já na infância, evitando-se que crianças apresentem peso acima do normal. A dieta deve estar incluída em princípios gerais de vida saudável, na qual se incluem a atividade física, o lazer, os relacionamentos afetivos adequados e uma estrutura familiar organizada. No paciente que apresentava obesidade e obteve sucesso na perda de peso, o tratamento de manutenção deve incluir a permanência da atividade física e de uma alimentação saudável a longo prazo. Esses aspectos somente serão alcançados se estiverem acompanhados de uma mudança geral no estilo de vida do paciente.