SlideShare uma empresa Scribd logo
Metodologia de Pesquisa
em Sociologia
EEEFM Jacaraípe
Prof.: Roberto Izoton
1º, 2º e 3º Anos do Ensino Médio
• Como toda ciência, a Sociologia produz o conhecimento por meio de
pesquisas. Pesquisar é explorar a realidade com o objetivo de
compreendê-la, para isso os pesquisadores coletam e interpretam
dados referentes a seu campo de estudo. Os dados são as
informações com as quais os pesquisadores trabalham.
• Os pesquisadores não coletam e interpretam os dados de qualquer
maneira, mas seguem caminhos pré-determinados e aceitos pela
comunidade científica: os métodos de pesquisa. No percurso desse
caminho, eles utilizam ferramentas que os auxiliam: as técnicas de
pesquisa.
• Na Sociologia e nas Ciências Sociais, existem vários métodos e
técnicas de pesquisa. Os sociólogos escolhem os métodos e técnicas
de acordo com seus objetos de estudo, ou seja, de acordo com o
“pedaço” da realidade social que eles pretendem estudar.
Pesquisa Quantitativa e Pesquisa
Qualitativa
• Em relação às suas abordagens, as pesquisas em Sociologia são divididas em
pesquisas quantitativas e pesquisas qualitativas.
• As pesquisas quantitativas trabalham com dados numéricos, que podem ser
quantificáveis. Elas surgem dentro da tradição do positivismo, que pretendia
estudar os fenômenos sociais nos mesmos moldes das ciências naturais. O
estudo de Durkheim sobre o suicídio é um exemplo de pesquisa quantitativa, no
qual o autor analisou dados sobre suicídios já produzidos pelos governos
europeus para dar uma interpretação sociológica sobre o fenômeno.
• Uma pesquisa quantitativa utiliza métodos e técnicas estatísticas (percentagem,
média, moda, mediana, desvio-padrão, coeficiente de correlação, análise de
regressão). Ela pode ser censitária, ou seja, pode coletar dados de todos os
membros de uma população, como o censo do IBGE. Ela também pode ser por
amostragem, quando apenas uma parte representativa da população (amostra)
fornece os dados, como numa pesquisa de opinião ou de intenção de votos.
Nesse caso, os resultados são generalizados para o conjunto da população.
• Para se chegar a uma amostra verdadeiramente representativa de uma
população, as pesquisas quantitativas são realizadas em vários lugares
(campo, cidades pequenas, médias e grandes) e ouvem sujeitos de todas
as classes sociais, grupos étnicos, gêneros, faixas etárias etc.
• A pesquisa qualitativa não busca uma quantificação ou uma
representatividade numérica dos fenômenos sociais, mas busca
compreender as maneiras de agir, de sentir e de pensar dos membros de
determinado grupo social em sua profundidade.
• Enquanto a pesquisa quantitativa trabalha com uma amostra
representativa de uma população, a pesquisa qualitativa trabalha com
sujeitos representativos. O foco sai dos números e passa para as pessoas e
suas relações.
• Outra diferença entre as duas abordagens de pesquisa é que a quantitativa
pressupõe um afastamento entre o pesquisador e os sujeitos da pesquisa,
enquanto a qualitativa pressupõe um contato maior entre os dois.
• A seguir, conheceremos alguns dos principais métodos e técnicas de
pesquisa qualitativa e quantitativa.
Questionário
• O questionário é um instrumento de coleta de dados muito usado em
pesquisas quantitativas. Ele é empregado quando se pretende
conhecer algumas características, opiniões ou comportamentos de
uma população.
• Um questionário não pode ser muito grande, mas deve abordar os
pontos principais do assunto sobre o qual o pesquisador quer saber.
As perguntas têm que ser objetivas, ou seja, elas devem pedir
respostas curtas. As perguntas podem ser abertas, nas quais os
sujeitos respondem o que quiserem, ou fechadas, em que opções são
dadas para que as pessoas escolham entre elas.
• Em um questionário bem elaborado devem vir inicialmente perguntas
mais simples (idade, sexo, profissão etc.) e depois as mais complexas,
que tratem efetivamente das características, das opiniões e dos
comportamentos dos respondentes.
• O questionário pode ser aplicado pelo pesquisador ou pode ser
autoaplicado.
• Após a aplicação dos questionários, os pesquisadores colocam todas
as respostas que foram dadas por todas as pessoas em uma tabela
(tabulação). Essa tabela também pode gerar gráficos, para ilustrar as
informações obtidas. É através dos dados tabulados que os
pesquisadores fazem as suas análises e chegam às suas conclusões.
Entrevista
• A entrevista é uma técnica utilizada principalmente em pesquisas
qualitativas. Ela também tem como objetivo obter dados sobre as crenças,
as atitudes, os valores e as motivações dos sujeitos em uma situação
determinada.
• Normalmente, nas entrevistas, os pesquisadores estão em contato pessoal
com os entrevistados, mas elas também podem ser realizadas pelo
telefone ou pela internet.
• O pesquisador inicia uma entrevista esclarecendo os entrevistados dos
objetivos da pesquisa e tenta deixa-lo à vontade. Assim como nos
questionários, nas entrevistas as perguntas começam mais simples e mais
fáceis de se responder e vão ficando mais complexas e mais difíceis ou
constrangedoras.
• Existem quatro tipos de entrevistas que podem ser feitas. As entrevistas
estruturadas, as semiestruturadas, as não estruturadas e as em grupo.
• As entrevistas estruturadas são parecidas com os questionários, pois possuem
um roteiro rígido com perguntas padrão do qual os pesquisadores não podem
fugir.
• As entrevistas semiestruturadas possuem um roteiro, mas ele é mais flexível. Os
pesquisadores podem deixar de fazer algumas das perguntas que foram
previamente elaboradas e fazer novas perguntas de acordo com as respostas que
forem dadas pelos entrevistados, tudo de acordo com os objetivos e com o foco
da pesquisa.
• As entrevistas não estruturadas são mais livres. Nelas, o pesquisador não possui
um roteiro pré-definido, mas vai direcionando a conversa de acordo com seus
objetivos.
• Nas entrevistas em grupo, também chamadas de grupos focais, os pesquisadores
assumem o papel de mediadores e lançam perguntas para que os membros do
grupo discutam sobre elas entre si.
• Geralmente, as entrevistas são gravadas e o áudio é transcrito depois. É o texto
das transcrições que é analisado pelos pesquisadores.
Etnografia ou Observação Participante
• Um dos principais métodos de pesquisa qualitativa é a etnografia, ou
observação participante. Ele foi sistematizado pela primeira vez pelo
antropólogo Bronislaw Malinowski, em seu livro chamado Os Argonautas
do Pacífico Ocidental.
• Na observação participante, o pesquisador se coloca no meio do grupo
cujas relações pretende estudar. Ali ele conversa com os membros do
grupo, para saber suas opiniões sobre o objeto da pesquisa. Além disso,
ele deve observar os comportamentos e as atitudes dos sujeitos da
pesquisa, bem como tentar fazer algumas coisas que eles fazem.
• Para que o pesquisador consiga realizar o seu trabalho, ele precisa ser
aceito pelo grupo. Para isso, ele precisa passar a maior quantidade de
tempo possível em campo.
• Um pesquisador faz uma observação participante, por exemplo,
quando vai à uma festa, a um culto ou à outra cerimônia qualquer,
observa o que acontece, conversa com as pessoas para entender o
significado daquilo e participa do que está sendo feito. No caso de
uma pesquisa antropológica, ele pode ficar dias, meses ou até anos
morando junto com os sujeitos, observando a sua rotina e a sua
organização social, principalmente quando os grupos no meio dos
quais estuda têm uma cultura diferente da sua.
• Tudo o que o pesquisador conseguir observar, ele deve anotar em um
diário de campo. Se ele também fizer entrevistas, elas também
devem ser gravadas e transcritas. É todo esse material que será
analisado posteriormente.
• Fotografias ou vídeos também podem ser utilizados pelos
pesquisadores durante a observação participante.
Etapas da Pesquisa
• Um trabalho de pesquisa possui as seguintes etapas:
1.Escolha do tema e elaboração do projeto de pesquisa: aqui o
pesquisador define o que quer estudar (objeto), diz porque a sua
pesquisa é importante (justificativa), faz uma pergunta que quer
responder com seu trabalho (problema) ou faz uma suposição sobre a
realidade que quer comprovar (hipótese) seleciona seus objetivos,
decide como vai obter e interpretar os dados (metodologia) e elabora
um cronograma para o seu trabalho.
2.Coleta de dados: nessa etapa o pesquisador aplica os métodos e as
técnicas para obter as informações que serão analisadas futuramente
para a produção de conhecimento.
1. Seleção, organização e análise do material coletado: aqui os dados
dos questionários são tabulados, as entrevistas são transcritas e as
informações do diário de campo que podem responder à sua
pergunta ou comprovar (ou não) a sua hipótese são selecionados. O
material selecionado e organizado então é analisado.
2. Redação final e divulgação: é a escrita do relatório, do artigo ou do
livro no qual o pesquisador vai divulgar para a sociedade as
conclusões da sua pesquisa e o conhecimento que conseguiu
produzir.
Prática da Pesquisa
• Visando entender como funciona a pesquisa de Sociologia, a cada
trimestre os alunos deverão praticar uma das técnicas de pesquisa
apresentadas anteriormente.
• Para isso, o professor auxiliará os alunos na escolha do tema e na
elaboração do projeto de pesquisa. Por se tratar de Ensino Médio, tal
projeto será simplificado. Nesse momento, as salas serão consideradas um
grande grupo e o projeto será o mesmo para todos
• No primeiro trimestre, os alunos aplicarão um questionário, no segundo,
farão uma entrevista estruturada e no terceiro, realizarão uma observação
participante em algum evento a combinar, de acordo com o tema
escolhido. A coleta de dados será feita por pequenos grupos de alunos, de
até quatro pessoas.
• Em todos os trimestres, os alunos organizarão e analisarão os dados
obtidos. Além disso, eles deverão apresentar em sala de aula os
resultados aos quais chegaram com suas pesquisas, nos mesmos
grupos que organizaram para a coleta dos dados.
Referências
• AGUIAR, Victor Rafael Laurenciano; MEDEIROS, Cláudio Melquiades. Entrevista na
pesquisa social: o relato de um grupo de foco nas licenciaturas. In: IX Congresso
Nacional de Educação – EDUCERE, III Encontro Sul Brasileiro de Psicopedagogia. Anais...
Curitiba, 2009. Disponível em: <
http://www.pucpr.br/eventos/educere/educere2009/anais/pdf/3041_1475.pdf>.
Acesso em 05 abr. 2016.
• COSTA, Maria Cristina Castilho. Sociologia: introdução à ciência da sociedade. São Paulo:
Moderna, 2005.
• GERHARDT, Tatiana Engel; SILVEIRA, Denise Tolfo (Orgs.). Métodos de pesquisa. Porto
Alegre: Ed. UFRGS, 2009.
• KAUARK, Fabiana da Silva; MANHÃES, Fernanda Castro; MEDEIROS, Carlos Henrique.
Metodologia de pesquisa: um guia prático. Itabuna: Via Litteratum, 2010.
• MALINOWSKI, Bronislaw. Los argonautas del Pacífico occidental. Barcelona: Planeta-
Agostini, 1986.
• SILVA, Afrânio et al. Sociologia em movimento. São Paulo: Moderna, 2013.

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Métodos e técnicas de investigação em ciências sociais.
Métodos e técnicas de investigação em ciências sociais.Métodos e técnicas de investigação em ciências sociais.
Métodos e técnicas de investigação em ciências sociais.soraia_quaresma
 
Sociologia identidade cultural
Sociologia   identidade culturalSociologia   identidade cultural
Sociologia identidade culturalGustavo Soares
 
19 elaboração da metodologia
19 elaboração da metodologia19 elaboração da metodologia
19 elaboração da metodologiaJoao Balbi
 
Aula como elaborar um artigo científico
Aula   como elaborar um artigo científicoAula   como elaborar um artigo científico
Aula como elaborar um artigo científicoLudmila Moura
 
Paradigmas, Metodologias, Métodos e Técnicas de Investigação Paradigmas, Meto...
Paradigmas, Metodologias, Métodos e Técnicas de Investigação Paradigmas, Meto...Paradigmas, Metodologias, Métodos e Técnicas de Investigação Paradigmas, Meto...
Paradigmas, Metodologias, Métodos e Técnicas de Investigação Paradigmas, Meto...Ana Loureiro
 
Introdução às Ciencias Sociais e Humanas
Introdução às Ciencias Sociais e HumanasIntrodução às Ciencias Sociais e Humanas
Introdução às Ciencias Sociais e HumanasAugusto Ambrósio
 
Slide de Iniciação Científica - 2º e 3º do ensino médio da EEJNSC
Slide de Iniciação Científica - 2º e 3º do ensino médio da EEJNSCSlide de Iniciação Científica - 2º e 3º do ensino médio da EEJNSC
Slide de Iniciação Científica - 2º e 3º do ensino médio da EEJNSCCândido Silva
 
Metodologia cientifica - projeto de pesquisa
Metodologia cientifica - projeto de pesquisaMetodologia cientifica - projeto de pesquisa
Metodologia cientifica - projeto de pesquisaAlfeu Barreto
 
Os Tipos de Conhecimento
Os Tipos de ConhecimentoOs Tipos de Conhecimento
Os Tipos de ConhecimentoJonathan Nascyn
 
Pesquisa qualitativa
Pesquisa qualitativaPesquisa qualitativa
Pesquisa qualitativaqueenbianca
 
Metodos e pesquisa em ciências sociais aula 2
Metodos e pesquisa em ciências sociais aula 2Metodos e pesquisa em ciências sociais aula 2
Metodos e pesquisa em ciências sociais aula 2Lucio Braga
 
MÉTODOS QUANTITATIVOS E QUALITATIVOS DE PESQUISA
MÉTODOS QUANTITATIVOS E QUALITATIVOS DE PESQUISAMÉTODOS QUANTITATIVOS E QUALITATIVOS DE PESQUISA
MÉTODOS QUANTITATIVOS E QUALITATIVOS DE PESQUISATecoluca Luiz
 
Apresentação da Dissertação de Mestrado
Apresentação da Dissertação de MestradoApresentação da Dissertação de Mestrado
Apresentação da Dissertação de Mestradogiselle_trajano
 

Mais procurados (20)

Métodos e técnicas de investigação em ciências sociais.
Métodos e técnicas de investigação em ciências sociais.Métodos e técnicas de investigação em ciências sociais.
Métodos e técnicas de investigação em ciências sociais.
 
Sociologia identidade cultural
Sociologia   identidade culturalSociologia   identidade cultural
Sociologia identidade cultural
 
19 elaboração da metodologia
19 elaboração da metodologia19 elaboração da metodologia
19 elaboração da metodologia
 
Aula como elaborar um artigo científico
Aula   como elaborar um artigo científicoAula   como elaborar um artigo científico
Aula como elaborar um artigo científico
 
Paradigmas, Metodologias, Métodos e Técnicas de Investigação Paradigmas, Meto...
Paradigmas, Metodologias, Métodos e Técnicas de Investigação Paradigmas, Meto...Paradigmas, Metodologias, Métodos e Técnicas de Investigação Paradigmas, Meto...
Paradigmas, Metodologias, Métodos e Técnicas de Investigação Paradigmas, Meto...
 
Introdução às Ciencias Sociais e Humanas
Introdução às Ciencias Sociais e HumanasIntrodução às Ciencias Sociais e Humanas
Introdução às Ciencias Sociais e Humanas
 
Slide de Iniciação Científica - 2º e 3º do ensino médio da EEJNSC
Slide de Iniciação Científica - 2º e 3º do ensino médio da EEJNSCSlide de Iniciação Científica - 2º e 3º do ensino médio da EEJNSC
Slide de Iniciação Científica - 2º e 3º do ensino médio da EEJNSC
 
Metodologia cientifica - projeto de pesquisa
Metodologia cientifica - projeto de pesquisaMetodologia cientifica - projeto de pesquisa
Metodologia cientifica - projeto de pesquisa
 
Os Tipos de Conhecimento
Os Tipos de ConhecimentoOs Tipos de Conhecimento
Os Tipos de Conhecimento
 
Metodologia científica
Metodologia científicaMetodologia científica
Metodologia científica
 
Pesquisa qualitativa
Pesquisa qualitativaPesquisa qualitativa
Pesquisa qualitativa
 
Etnografia
EtnografiaEtnografia
Etnografia
 
Metodos e pesquisa em ciências sociais aula 2
Metodos e pesquisa em ciências sociais aula 2Metodos e pesquisa em ciências sociais aula 2
Metodos e pesquisa em ciências sociais aula 2
 
MÉTODOS QUANTITATIVOS E QUALITATIVOS DE PESQUISA
MÉTODOS QUANTITATIVOS E QUALITATIVOS DE PESQUISAMÉTODOS QUANTITATIVOS E QUALITATIVOS DE PESQUISA
MÉTODOS QUANTITATIVOS E QUALITATIVOS DE PESQUISA
 
Democracia
DemocraciaDemocracia
Democracia
 
FILOSOFIA E CIÊNCIA - 2 ANO
 FILOSOFIA E CIÊNCIA - 2 ANO FILOSOFIA E CIÊNCIA - 2 ANO
FILOSOFIA E CIÊNCIA - 2 ANO
 
Apresentação da Dissertação de Mestrado
Apresentação da Dissertação de MestradoApresentação da Dissertação de Mestrado
Apresentação da Dissertação de Mestrado
 
O que é a metodologia
O que é a metodologiaO que é a metodologia
O que é a metodologia
 
Aula 2 estudo qualitativo
Aula 2   estudo qualitativoAula 2   estudo qualitativo
Aula 2 estudo qualitativo
 
Senso comum x conhecimento científico
Senso comum x conhecimento científicoSenso comum x conhecimento científico
Senso comum x conhecimento científico
 

Destaque

Metodologia das Ciencias Sociais e das Ciencias de Administracao, Prof. Douto...
Metodologia das Ciencias Sociais e das Ciencias de Administracao, Prof. Douto...Metodologia das Ciencias Sociais e das Ciencias de Administracao, Prof. Douto...
Metodologia das Ciencias Sociais e das Ciencias de Administracao, Prof. Douto...A. Rui Teixeira Santos
 
Técnicas e métodos da sociologia
Técnicas e métodos da sociologiaTécnicas e métodos da sociologia
Técnicas e métodos da sociologiaturma12d
 
Metodos e tecnicas em ciencias sociais
Metodos e tecnicas  em ciencias sociaisMetodos e tecnicas  em ciencias sociais
Metodos e tecnicas em ciencias sociaisLucio Braga
 
Métodos e Técnicas de Investigação
Métodos e Técnicas de InvestigaçãoMétodos e Técnicas de Investigação
Métodos e Técnicas de InvestigaçãoAlfredo Garcia
 
Métodos e técnicas de investigaçao sociológica
Métodos e técnicas de investigaçao sociológicaMétodos e técnicas de investigaçao sociológica
Métodos e técnicas de investigaçao sociológicaAna Antunes
 
As metodologias de investigação em sociologia e ciências sociais
As metodologias de investigação em sociologia e ciências sociaisAs metodologias de investigação em sociologia e ciências sociais
As metodologias de investigação em sociologia e ciências sociaisCatarina Alexandra
 
Métodos e Técnicas de Investigação
Métodos e Técnicas de InvestigaçãoMétodos e Técnicas de Investigação
Métodos e Técnicas de InvestigaçãoAntónio Silvano
 
AVALIAÇÃO DE SOCIOLOGIA - CIDADANIA- DEMOCRACIA- PARTICIPAÇÃO CIDADÃ - Prof. ...
AVALIAÇÃO DE SOCIOLOGIA - CIDADANIA- DEMOCRACIA- PARTICIPAÇÃO CIDADÃ - Prof. ...AVALIAÇÃO DE SOCIOLOGIA - CIDADANIA- DEMOCRACIA- PARTICIPAÇÃO CIDADÃ - Prof. ...
AVALIAÇÃO DE SOCIOLOGIA - CIDADANIA- DEMOCRACIA- PARTICIPAÇÃO CIDADÃ - Prof. ...Prof. Noe Assunção
 

Destaque (8)

Metodologia das Ciencias Sociais e das Ciencias de Administracao, Prof. Douto...
Metodologia das Ciencias Sociais e das Ciencias de Administracao, Prof. Douto...Metodologia das Ciencias Sociais e das Ciencias de Administracao, Prof. Douto...
Metodologia das Ciencias Sociais e das Ciencias de Administracao, Prof. Douto...
 
Técnicas e métodos da sociologia
Técnicas e métodos da sociologiaTécnicas e métodos da sociologia
Técnicas e métodos da sociologia
 
Metodos e tecnicas em ciencias sociais
Metodos e tecnicas  em ciencias sociaisMetodos e tecnicas  em ciencias sociais
Metodos e tecnicas em ciencias sociais
 
Métodos e Técnicas de Investigação
Métodos e Técnicas de InvestigaçãoMétodos e Técnicas de Investigação
Métodos e Técnicas de Investigação
 
Métodos e técnicas de investigaçao sociológica
Métodos e técnicas de investigaçao sociológicaMétodos e técnicas de investigaçao sociológica
Métodos e técnicas de investigaçao sociológica
 
As metodologias de investigação em sociologia e ciências sociais
As metodologias de investigação em sociologia e ciências sociaisAs metodologias de investigação em sociologia e ciências sociais
As metodologias de investigação em sociologia e ciências sociais
 
Métodos e Técnicas de Investigação
Métodos e Técnicas de InvestigaçãoMétodos e Técnicas de Investigação
Métodos e Técnicas de Investigação
 
AVALIAÇÃO DE SOCIOLOGIA - CIDADANIA- DEMOCRACIA- PARTICIPAÇÃO CIDADÃ - Prof. ...
AVALIAÇÃO DE SOCIOLOGIA - CIDADANIA- DEMOCRACIA- PARTICIPAÇÃO CIDADÃ - Prof. ...AVALIAÇÃO DE SOCIOLOGIA - CIDADANIA- DEMOCRACIA- PARTICIPAÇÃO CIDADÃ - Prof. ...
AVALIAÇÃO DE SOCIOLOGIA - CIDADANIA- DEMOCRACIA- PARTICIPAÇÃO CIDADÃ - Prof. ...
 

Semelhante a Metodologia de pesquisa em sociologia

Técnicas etnográficas - Social Analytics Summit - Débora Zanini
Técnicas etnográficas - Social Analytics Summit - Débora ZaniniTécnicas etnográficas - Social Analytics Summit - Débora Zanini
Técnicas etnográficas - Social Analytics Summit - Débora ZaniniDébora Zanini
 
03 elaboração de questionários na pesquisa quantitativa
03   elaboração de questionários na pesquisa quantitativa03   elaboração de questionários na pesquisa quantitativa
03 elaboração de questionários na pesquisa quantitativagisa_legal
 
A pesquisa no ensino superior
A pesquisa no ensino superiorA pesquisa no ensino superior
A pesquisa no ensino superiorSuênya Mourão
 
31_março_2017 aula presencial.pptx
31_março_2017 aula presencial.pptx31_março_2017 aula presencial.pptx
31_março_2017 aula presencial.pptxRobsonDorival1
 
Métodos e técnicas de investigação
Métodos e técnicas de investigaçãoMétodos e técnicas de investigação
Métodos e técnicas de investigaçãoLeonor Alves
 
Apresentação.ppxt Instrumentos da pesquisa
Apresentação.ppxt Instrumentos da pesquisaApresentação.ppxt Instrumentos da pesquisa
Apresentação.ppxt Instrumentos da pesquisamariabrito1079
 
Aula 02 - Tipos de Pesquisas
Aula 02 - Tipos de PesquisasAula 02 - Tipos de Pesquisas
Aula 02 - Tipos de PesquisasGhiordanno Bruno
 
Metodolog. pesquisa cientifica
Metodolog. pesquisa cientificaMetodolog. pesquisa cientifica
Metodolog. pesquisa cientificaclaudia murta
 
Pesquisa participante
Pesquisa participantePesquisa participante
Pesquisa participanteGleyton Gomes
 
Metodos Pesquisa 1 Introdução aos métodos de pesquisa. 1, Métodos quaLitativos
Metodos Pesquisa 1 Introdução aos métodos de pesquisa. 1, Métodos quaLitativosMetodos Pesquisa 1 Introdução aos métodos de pesquisa. 1, Métodos quaLitativos
Metodos Pesquisa 1 Introdução aos métodos de pesquisa. 1, Métodos quaLitativosLeticia Strehl
 
Passos da pesquisa.ppt
Passos da pesquisa.pptPassos da pesquisa.ppt
Passos da pesquisa.pptLucovolan
 
0000919 aula 4 pesquisa científica tipos e modalidades
0000919 aula 4 pesquisa científica   tipos e modalidades0000919 aula 4 pesquisa científica   tipos e modalidades
0000919 aula 4 pesquisa científica tipos e modalidadesDaliane Nascimento
 
History of the Qualitative Research
History of the Qualitative ResearchHistory of the Qualitative Research
History of the Qualitative ResearchAmanda da Silveira
 
Apresentação metodologia
Apresentação metodologiaApresentação metodologia
Apresentação metodologiaGestaoconstcivil
 

Semelhante a Metodologia de pesquisa em sociologia (20)

Como fazer entrevistas
Como fazer entrevistasComo fazer entrevistas
Como fazer entrevistas
 
Etapas de pesquisa
Etapas de pesquisaEtapas de pesquisa
Etapas de pesquisa
 
Elaborando uma pesquisa qualitativa
Elaborando uma pesquisa qualitativaElaborando uma pesquisa qualitativa
Elaborando uma pesquisa qualitativa
 
Técnicas etnográficas - Social Analytics Summit - Débora Zanini
Técnicas etnográficas - Social Analytics Summit - Débora ZaniniTécnicas etnográficas - Social Analytics Summit - Débora Zanini
Técnicas etnográficas - Social Analytics Summit - Débora Zanini
 
03 elaboração de questionários na pesquisa quantitativa
03   elaboração de questionários na pesquisa quantitativa03   elaboração de questionários na pesquisa quantitativa
03 elaboração de questionários na pesquisa quantitativa
 
A pesquisa no ensino superior
A pesquisa no ensino superiorA pesquisa no ensino superior
A pesquisa no ensino superior
 
[Slides]aula 5 metodologia
[Slides]aula 5 metodologia[Slides]aula 5 metodologia
[Slides]aula 5 metodologia
 
Ciência e experiência
Ciência e experiênciaCiência e experiência
Ciência e experiência
 
31_março_2017 aula presencial.pptx
31_março_2017 aula presencial.pptx31_março_2017 aula presencial.pptx
31_março_2017 aula presencial.pptx
 
Métodos e técnicas de investigação
Métodos e técnicas de investigaçãoMétodos e técnicas de investigação
Métodos e técnicas de investigação
 
Apresentação.ppxt Instrumentos da pesquisa
Apresentação.ppxt Instrumentos da pesquisaApresentação.ppxt Instrumentos da pesquisa
Apresentação.ppxt Instrumentos da pesquisa
 
Aula 02 - Tipos de Pesquisas
Aula 02 - Tipos de PesquisasAula 02 - Tipos de Pesquisas
Aula 02 - Tipos de Pesquisas
 
NTTPS PROJETO DE PESQUISA
NTTPS PROJETO DE PESQUISA NTTPS PROJETO DE PESQUISA
NTTPS PROJETO DE PESQUISA
 
Metodolog. pesquisa cientifica
Metodolog. pesquisa cientificaMetodolog. pesquisa cientifica
Metodolog. pesquisa cientifica
 
Pesquisa participante
Pesquisa participantePesquisa participante
Pesquisa participante
 
Metodos Pesquisa 1 Introdução aos métodos de pesquisa. 1, Métodos quaLitativos
Metodos Pesquisa 1 Introdução aos métodos de pesquisa. 1, Métodos quaLitativosMetodos Pesquisa 1 Introdução aos métodos de pesquisa. 1, Métodos quaLitativos
Metodos Pesquisa 1 Introdução aos métodos de pesquisa. 1, Métodos quaLitativos
 
Passos da pesquisa.ppt
Passos da pesquisa.pptPassos da pesquisa.ppt
Passos da pesquisa.ppt
 
0000919 aula 4 pesquisa científica tipos e modalidades
0000919 aula 4 pesquisa científica   tipos e modalidades0000919 aula 4 pesquisa científica   tipos e modalidades
0000919 aula 4 pesquisa científica tipos e modalidades
 
History of the Qualitative Research
History of the Qualitative ResearchHistory of the Qualitative Research
History of the Qualitative Research
 
Apresentação metodologia
Apresentação metodologiaApresentação metodologia
Apresentação metodologia
 

Último

Os Tempos Verbais em Inglês-tempos -dos-
Os Tempos Verbais em Inglês-tempos -dos-Os Tempos Verbais em Inglês-tempos -dos-
Os Tempos Verbais em Inglês-tempos -dos-carloseduardogonalve36
 
Os Padres de Assaré - CE. Prof. Francisco Leite
Os Padres de Assaré - CE. Prof. Francisco LeiteOs Padres de Assaré - CE. Prof. Francisco Leite
Os Padres de Assaré - CE. Prof. Francisco Leiteprofesfrancleite
 
Memórias_póstumas_de_Brás_Cubas_ Machado_de_Assis
Memórias_póstumas_de_Brás_Cubas_ Machado_de_AssisMemórias_póstumas_de_Brás_Cubas_ Machado_de_Assis
Memórias_póstumas_de_Brás_Cubas_ Machado_de_Assisbrunocali007
 
Apresentação Formação em Prevenção ao Assédio
Apresentação Formação em Prevenção ao AssédioApresentação Formação em Prevenção ao Assédio
Apresentação Formação em Prevenção ao Assédioifbauab
 
00Certificado - MBA - Gestão de projetos
00Certificado - MBA - Gestão de projetos00Certificado - MBA - Gestão de projetos
00Certificado - MBA - Gestão de projetosLeonardoHenrique931183
 
Campanha 18 de. Maio laranja dds.pptx
Campanha 18 de.    Maio laranja dds.pptxCampanha 18 de.    Maio laranja dds.pptx
Campanha 18 de. Maio laranja dds.pptxlucioalmeida2702
 
bem estar animal em proteção integrada componente animal
bem estar animal em proteção integrada componente animalbem estar animal em proteção integrada componente animal
bem estar animal em proteção integrada componente animalcarlamgalves5
 
INTRODUÇÃO A ARQUEOLOGIA BÍBLICA [BIBLIOLOGIA]]
INTRODUÇÃO A ARQUEOLOGIA BÍBLICA [BIBLIOLOGIA]]INTRODUÇÃO A ARQUEOLOGIA BÍBLICA [BIBLIOLOGIA]]
INTRODUÇÃO A ARQUEOLOGIA BÍBLICA [BIBLIOLOGIA]]ESCRIBA DE CRISTO
 
Evangelismo e Missões Contemporânea Cristã.pdf
Evangelismo e Missões Contemporânea Cristã.pdfEvangelismo e Missões Contemporânea Cristã.pdf
Evangelismo e Missões Contemporânea Cristã.pdfPastor Robson Colaço
 
Manual dos Principio básicos do Relacionamento e sexologia humana .pdf
Manual dos Principio básicos do Relacionamento e sexologia humana .pdfManual dos Principio básicos do Relacionamento e sexologia humana .pdf
Manual dos Principio básicos do Relacionamento e sexologia humana .pdfPastor Robson Colaço
 
Atividades-Sobre-o-Conto-Venha-Ver-o-Por-Do-Sol.docx
Atividades-Sobre-o-Conto-Venha-Ver-o-Por-Do-Sol.docxAtividades-Sobre-o-Conto-Venha-Ver-o-Por-Do-Sol.docx
Atividades-Sobre-o-Conto-Venha-Ver-o-Por-Do-Sol.docxSolangeWaltre
 
Slides Lição 9, CPAD, Resistindo à Tentação no Caminho, 2Tr24.pptx
Slides Lição 9, CPAD, Resistindo à Tentação no Caminho, 2Tr24.pptxSlides Lição 9, CPAD, Resistindo à Tentação no Caminho, 2Tr24.pptx
Slides Lição 9, CPAD, Resistindo à Tentação no Caminho, 2Tr24.pptxLuizHenriquedeAlmeid6
 
AULA Saúde e tradição-3º Bimestre tscqv.pptx
AULA Saúde e tradição-3º Bimestre tscqv.pptxAULA Saúde e tradição-3º Bimestre tscqv.pptx
AULA Saúde e tradição-3º Bimestre tscqv.pptxGraycyelleCavalcanti
 
Slides Lição 8, Central Gospel, Os 144 Mil Que Não Se Curvarão Ao Anticristo....
Slides Lição 8, Central Gospel, Os 144 Mil Que Não Se Curvarão Ao Anticristo....Slides Lição 8, Central Gospel, Os 144 Mil Que Não Se Curvarão Ao Anticristo....
Slides Lição 8, Central Gospel, Os 144 Mil Que Não Se Curvarão Ao Anticristo....LuizHenriquedeAlmeid6
 
São Filipe Neri, fundador da a Congregação do Oratório 1515-1595.pptx
São Filipe Neri, fundador da a Congregação do Oratório 1515-1595.pptxSão Filipe Neri, fundador da a Congregação do Oratório 1515-1595.pptx
São Filipe Neri, fundador da a Congregação do Oratório 1515-1595.pptxMartin M Flynn
 
Produção de poemas - Reciclar é preciso
Produção  de  poemas  -  Reciclar é precisoProdução  de  poemas  -  Reciclar é preciso
Produção de poemas - Reciclar é precisoMary Alvarenga
 
5ca0e9_ea0307e5baa1478490e87a15cb4ee530.pdf
5ca0e9_ea0307e5baa1478490e87a15cb4ee530.pdf5ca0e9_ea0307e5baa1478490e87a15cb4ee530.pdf
5ca0e9_ea0307e5baa1478490e87a15cb4ee530.pdfedjailmax
 
Poema - Reciclar é preciso
Poema            -        Reciclar é precisoPoema            -        Reciclar é preciso
Poema - Reciclar é precisoMary Alvarenga
 
04_GuiaDoCurso_Neurociência, Psicologia Positiva e Mindfulness.pdf
04_GuiaDoCurso_Neurociência, Psicologia Positiva e Mindfulness.pdf04_GuiaDoCurso_Neurociência, Psicologia Positiva e Mindfulness.pdf
04_GuiaDoCurso_Neurociência, Psicologia Positiva e Mindfulness.pdfARIANAMENDES11
 
ATPCG 27.05 - Recomposição de aprendizagem.pptx
ATPCG 27.05 - Recomposição de aprendizagem.pptxATPCG 27.05 - Recomposição de aprendizagem.pptx
ATPCG 27.05 - Recomposição de aprendizagem.pptxmairaviani
 

Último (20)

Os Tempos Verbais em Inglês-tempos -dos-
Os Tempos Verbais em Inglês-tempos -dos-Os Tempos Verbais em Inglês-tempos -dos-
Os Tempos Verbais em Inglês-tempos -dos-
 
Os Padres de Assaré - CE. Prof. Francisco Leite
Os Padres de Assaré - CE. Prof. Francisco LeiteOs Padres de Assaré - CE. Prof. Francisco Leite
Os Padres de Assaré - CE. Prof. Francisco Leite
 
Memórias_póstumas_de_Brás_Cubas_ Machado_de_Assis
Memórias_póstumas_de_Brás_Cubas_ Machado_de_AssisMemórias_póstumas_de_Brás_Cubas_ Machado_de_Assis
Memórias_póstumas_de_Brás_Cubas_ Machado_de_Assis
 
Apresentação Formação em Prevenção ao Assédio
Apresentação Formação em Prevenção ao AssédioApresentação Formação em Prevenção ao Assédio
Apresentação Formação em Prevenção ao Assédio
 
00Certificado - MBA - Gestão de projetos
00Certificado - MBA - Gestão de projetos00Certificado - MBA - Gestão de projetos
00Certificado - MBA - Gestão de projetos
 
Campanha 18 de. Maio laranja dds.pptx
Campanha 18 de.    Maio laranja dds.pptxCampanha 18 de.    Maio laranja dds.pptx
Campanha 18 de. Maio laranja dds.pptx
 
bem estar animal em proteção integrada componente animal
bem estar animal em proteção integrada componente animalbem estar animal em proteção integrada componente animal
bem estar animal em proteção integrada componente animal
 
INTRODUÇÃO A ARQUEOLOGIA BÍBLICA [BIBLIOLOGIA]]
INTRODUÇÃO A ARQUEOLOGIA BÍBLICA [BIBLIOLOGIA]]INTRODUÇÃO A ARQUEOLOGIA BÍBLICA [BIBLIOLOGIA]]
INTRODUÇÃO A ARQUEOLOGIA BÍBLICA [BIBLIOLOGIA]]
 
Evangelismo e Missões Contemporânea Cristã.pdf
Evangelismo e Missões Contemporânea Cristã.pdfEvangelismo e Missões Contemporânea Cristã.pdf
Evangelismo e Missões Contemporânea Cristã.pdf
 
Manual dos Principio básicos do Relacionamento e sexologia humana .pdf
Manual dos Principio básicos do Relacionamento e sexologia humana .pdfManual dos Principio básicos do Relacionamento e sexologia humana .pdf
Manual dos Principio básicos do Relacionamento e sexologia humana .pdf
 
Atividades-Sobre-o-Conto-Venha-Ver-o-Por-Do-Sol.docx
Atividades-Sobre-o-Conto-Venha-Ver-o-Por-Do-Sol.docxAtividades-Sobre-o-Conto-Venha-Ver-o-Por-Do-Sol.docx
Atividades-Sobre-o-Conto-Venha-Ver-o-Por-Do-Sol.docx
 
Slides Lição 9, CPAD, Resistindo à Tentação no Caminho, 2Tr24.pptx
Slides Lição 9, CPAD, Resistindo à Tentação no Caminho, 2Tr24.pptxSlides Lição 9, CPAD, Resistindo à Tentação no Caminho, 2Tr24.pptx
Slides Lição 9, CPAD, Resistindo à Tentação no Caminho, 2Tr24.pptx
 
AULA Saúde e tradição-3º Bimestre tscqv.pptx
AULA Saúde e tradição-3º Bimestre tscqv.pptxAULA Saúde e tradição-3º Bimestre tscqv.pptx
AULA Saúde e tradição-3º Bimestre tscqv.pptx
 
Slides Lição 8, Central Gospel, Os 144 Mil Que Não Se Curvarão Ao Anticristo....
Slides Lição 8, Central Gospel, Os 144 Mil Que Não Se Curvarão Ao Anticristo....Slides Lição 8, Central Gospel, Os 144 Mil Que Não Se Curvarão Ao Anticristo....
Slides Lição 8, Central Gospel, Os 144 Mil Que Não Se Curvarão Ao Anticristo....
 
São Filipe Neri, fundador da a Congregação do Oratório 1515-1595.pptx
São Filipe Neri, fundador da a Congregação do Oratório 1515-1595.pptxSão Filipe Neri, fundador da a Congregação do Oratório 1515-1595.pptx
São Filipe Neri, fundador da a Congregação do Oratório 1515-1595.pptx
 
Produção de poemas - Reciclar é preciso
Produção  de  poemas  -  Reciclar é precisoProdução  de  poemas  -  Reciclar é preciso
Produção de poemas - Reciclar é preciso
 
5ca0e9_ea0307e5baa1478490e87a15cb4ee530.pdf
5ca0e9_ea0307e5baa1478490e87a15cb4ee530.pdf5ca0e9_ea0307e5baa1478490e87a15cb4ee530.pdf
5ca0e9_ea0307e5baa1478490e87a15cb4ee530.pdf
 
Poema - Reciclar é preciso
Poema            -        Reciclar é precisoPoema            -        Reciclar é preciso
Poema - Reciclar é preciso
 
04_GuiaDoCurso_Neurociência, Psicologia Positiva e Mindfulness.pdf
04_GuiaDoCurso_Neurociência, Psicologia Positiva e Mindfulness.pdf04_GuiaDoCurso_Neurociência, Psicologia Positiva e Mindfulness.pdf
04_GuiaDoCurso_Neurociência, Psicologia Positiva e Mindfulness.pdf
 
ATPCG 27.05 - Recomposição de aprendizagem.pptx
ATPCG 27.05 - Recomposição de aprendizagem.pptxATPCG 27.05 - Recomposição de aprendizagem.pptx
ATPCG 27.05 - Recomposição de aprendizagem.pptx
 

Metodologia de pesquisa em sociologia

  • 1. Metodologia de Pesquisa em Sociologia EEEFM Jacaraípe Prof.: Roberto Izoton 1º, 2º e 3º Anos do Ensino Médio
  • 2. • Como toda ciência, a Sociologia produz o conhecimento por meio de pesquisas. Pesquisar é explorar a realidade com o objetivo de compreendê-la, para isso os pesquisadores coletam e interpretam dados referentes a seu campo de estudo. Os dados são as informações com as quais os pesquisadores trabalham. • Os pesquisadores não coletam e interpretam os dados de qualquer maneira, mas seguem caminhos pré-determinados e aceitos pela comunidade científica: os métodos de pesquisa. No percurso desse caminho, eles utilizam ferramentas que os auxiliam: as técnicas de pesquisa. • Na Sociologia e nas Ciências Sociais, existem vários métodos e técnicas de pesquisa. Os sociólogos escolhem os métodos e técnicas de acordo com seus objetos de estudo, ou seja, de acordo com o “pedaço” da realidade social que eles pretendem estudar.
  • 3. Pesquisa Quantitativa e Pesquisa Qualitativa • Em relação às suas abordagens, as pesquisas em Sociologia são divididas em pesquisas quantitativas e pesquisas qualitativas. • As pesquisas quantitativas trabalham com dados numéricos, que podem ser quantificáveis. Elas surgem dentro da tradição do positivismo, que pretendia estudar os fenômenos sociais nos mesmos moldes das ciências naturais. O estudo de Durkheim sobre o suicídio é um exemplo de pesquisa quantitativa, no qual o autor analisou dados sobre suicídios já produzidos pelos governos europeus para dar uma interpretação sociológica sobre o fenômeno. • Uma pesquisa quantitativa utiliza métodos e técnicas estatísticas (percentagem, média, moda, mediana, desvio-padrão, coeficiente de correlação, análise de regressão). Ela pode ser censitária, ou seja, pode coletar dados de todos os membros de uma população, como o censo do IBGE. Ela também pode ser por amostragem, quando apenas uma parte representativa da população (amostra) fornece os dados, como numa pesquisa de opinião ou de intenção de votos. Nesse caso, os resultados são generalizados para o conjunto da população.
  • 4. • Para se chegar a uma amostra verdadeiramente representativa de uma população, as pesquisas quantitativas são realizadas em vários lugares (campo, cidades pequenas, médias e grandes) e ouvem sujeitos de todas as classes sociais, grupos étnicos, gêneros, faixas etárias etc. • A pesquisa qualitativa não busca uma quantificação ou uma representatividade numérica dos fenômenos sociais, mas busca compreender as maneiras de agir, de sentir e de pensar dos membros de determinado grupo social em sua profundidade. • Enquanto a pesquisa quantitativa trabalha com uma amostra representativa de uma população, a pesquisa qualitativa trabalha com sujeitos representativos. O foco sai dos números e passa para as pessoas e suas relações. • Outra diferença entre as duas abordagens de pesquisa é que a quantitativa pressupõe um afastamento entre o pesquisador e os sujeitos da pesquisa, enquanto a qualitativa pressupõe um contato maior entre os dois. • A seguir, conheceremos alguns dos principais métodos e técnicas de pesquisa qualitativa e quantitativa.
  • 5. Questionário • O questionário é um instrumento de coleta de dados muito usado em pesquisas quantitativas. Ele é empregado quando se pretende conhecer algumas características, opiniões ou comportamentos de uma população. • Um questionário não pode ser muito grande, mas deve abordar os pontos principais do assunto sobre o qual o pesquisador quer saber. As perguntas têm que ser objetivas, ou seja, elas devem pedir respostas curtas. As perguntas podem ser abertas, nas quais os sujeitos respondem o que quiserem, ou fechadas, em que opções são dadas para que as pessoas escolham entre elas.
  • 6. • Em um questionário bem elaborado devem vir inicialmente perguntas mais simples (idade, sexo, profissão etc.) e depois as mais complexas, que tratem efetivamente das características, das opiniões e dos comportamentos dos respondentes. • O questionário pode ser aplicado pelo pesquisador ou pode ser autoaplicado. • Após a aplicação dos questionários, os pesquisadores colocam todas as respostas que foram dadas por todas as pessoas em uma tabela (tabulação). Essa tabela também pode gerar gráficos, para ilustrar as informações obtidas. É através dos dados tabulados que os pesquisadores fazem as suas análises e chegam às suas conclusões.
  • 7. Entrevista • A entrevista é uma técnica utilizada principalmente em pesquisas qualitativas. Ela também tem como objetivo obter dados sobre as crenças, as atitudes, os valores e as motivações dos sujeitos em uma situação determinada. • Normalmente, nas entrevistas, os pesquisadores estão em contato pessoal com os entrevistados, mas elas também podem ser realizadas pelo telefone ou pela internet. • O pesquisador inicia uma entrevista esclarecendo os entrevistados dos objetivos da pesquisa e tenta deixa-lo à vontade. Assim como nos questionários, nas entrevistas as perguntas começam mais simples e mais fáceis de se responder e vão ficando mais complexas e mais difíceis ou constrangedoras.
  • 8. • Existem quatro tipos de entrevistas que podem ser feitas. As entrevistas estruturadas, as semiestruturadas, as não estruturadas e as em grupo. • As entrevistas estruturadas são parecidas com os questionários, pois possuem um roteiro rígido com perguntas padrão do qual os pesquisadores não podem fugir. • As entrevistas semiestruturadas possuem um roteiro, mas ele é mais flexível. Os pesquisadores podem deixar de fazer algumas das perguntas que foram previamente elaboradas e fazer novas perguntas de acordo com as respostas que forem dadas pelos entrevistados, tudo de acordo com os objetivos e com o foco da pesquisa. • As entrevistas não estruturadas são mais livres. Nelas, o pesquisador não possui um roteiro pré-definido, mas vai direcionando a conversa de acordo com seus objetivos. • Nas entrevistas em grupo, também chamadas de grupos focais, os pesquisadores assumem o papel de mediadores e lançam perguntas para que os membros do grupo discutam sobre elas entre si. • Geralmente, as entrevistas são gravadas e o áudio é transcrito depois. É o texto das transcrições que é analisado pelos pesquisadores.
  • 9. Etnografia ou Observação Participante • Um dos principais métodos de pesquisa qualitativa é a etnografia, ou observação participante. Ele foi sistematizado pela primeira vez pelo antropólogo Bronislaw Malinowski, em seu livro chamado Os Argonautas do Pacífico Ocidental. • Na observação participante, o pesquisador se coloca no meio do grupo cujas relações pretende estudar. Ali ele conversa com os membros do grupo, para saber suas opiniões sobre o objeto da pesquisa. Além disso, ele deve observar os comportamentos e as atitudes dos sujeitos da pesquisa, bem como tentar fazer algumas coisas que eles fazem. • Para que o pesquisador consiga realizar o seu trabalho, ele precisa ser aceito pelo grupo. Para isso, ele precisa passar a maior quantidade de tempo possível em campo.
  • 10. • Um pesquisador faz uma observação participante, por exemplo, quando vai à uma festa, a um culto ou à outra cerimônia qualquer, observa o que acontece, conversa com as pessoas para entender o significado daquilo e participa do que está sendo feito. No caso de uma pesquisa antropológica, ele pode ficar dias, meses ou até anos morando junto com os sujeitos, observando a sua rotina e a sua organização social, principalmente quando os grupos no meio dos quais estuda têm uma cultura diferente da sua. • Tudo o que o pesquisador conseguir observar, ele deve anotar em um diário de campo. Se ele também fizer entrevistas, elas também devem ser gravadas e transcritas. É todo esse material que será analisado posteriormente. • Fotografias ou vídeos também podem ser utilizados pelos pesquisadores durante a observação participante.
  • 11. Etapas da Pesquisa • Um trabalho de pesquisa possui as seguintes etapas: 1.Escolha do tema e elaboração do projeto de pesquisa: aqui o pesquisador define o que quer estudar (objeto), diz porque a sua pesquisa é importante (justificativa), faz uma pergunta que quer responder com seu trabalho (problema) ou faz uma suposição sobre a realidade que quer comprovar (hipótese) seleciona seus objetivos, decide como vai obter e interpretar os dados (metodologia) e elabora um cronograma para o seu trabalho. 2.Coleta de dados: nessa etapa o pesquisador aplica os métodos e as técnicas para obter as informações que serão analisadas futuramente para a produção de conhecimento.
  • 12. 1. Seleção, organização e análise do material coletado: aqui os dados dos questionários são tabulados, as entrevistas são transcritas e as informações do diário de campo que podem responder à sua pergunta ou comprovar (ou não) a sua hipótese são selecionados. O material selecionado e organizado então é analisado. 2. Redação final e divulgação: é a escrita do relatório, do artigo ou do livro no qual o pesquisador vai divulgar para a sociedade as conclusões da sua pesquisa e o conhecimento que conseguiu produzir.
  • 13. Prática da Pesquisa • Visando entender como funciona a pesquisa de Sociologia, a cada trimestre os alunos deverão praticar uma das técnicas de pesquisa apresentadas anteriormente. • Para isso, o professor auxiliará os alunos na escolha do tema e na elaboração do projeto de pesquisa. Por se tratar de Ensino Médio, tal projeto será simplificado. Nesse momento, as salas serão consideradas um grande grupo e o projeto será o mesmo para todos • No primeiro trimestre, os alunos aplicarão um questionário, no segundo, farão uma entrevista estruturada e no terceiro, realizarão uma observação participante em algum evento a combinar, de acordo com o tema escolhido. A coleta de dados será feita por pequenos grupos de alunos, de até quatro pessoas.
  • 14. • Em todos os trimestres, os alunos organizarão e analisarão os dados obtidos. Além disso, eles deverão apresentar em sala de aula os resultados aos quais chegaram com suas pesquisas, nos mesmos grupos que organizaram para a coleta dos dados.
  • 15. Referências • AGUIAR, Victor Rafael Laurenciano; MEDEIROS, Cláudio Melquiades. Entrevista na pesquisa social: o relato de um grupo de foco nas licenciaturas. In: IX Congresso Nacional de Educação – EDUCERE, III Encontro Sul Brasileiro de Psicopedagogia. Anais... Curitiba, 2009. Disponível em: < http://www.pucpr.br/eventos/educere/educere2009/anais/pdf/3041_1475.pdf>. Acesso em 05 abr. 2016. • COSTA, Maria Cristina Castilho. Sociologia: introdução à ciência da sociedade. São Paulo: Moderna, 2005. • GERHARDT, Tatiana Engel; SILVEIRA, Denise Tolfo (Orgs.). Métodos de pesquisa. Porto Alegre: Ed. UFRGS, 2009. • KAUARK, Fabiana da Silva; MANHÃES, Fernanda Castro; MEDEIROS, Carlos Henrique. Metodologia de pesquisa: um guia prático. Itabuna: Via Litteratum, 2010. • MALINOWSKI, Bronislaw. Los argonautas del Pacífico occidental. Barcelona: Planeta- Agostini, 1986. • SILVA, Afrânio et al. Sociologia em movimento. São Paulo: Moderna, 2013.