SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 16
SENSO COMUM   X  CONHECIMENTO CIENTÍFICO
Conhecimento APREENSÃO INTELECTUAL DE UM FATO OU DE UMA VERDADE, COMO DOMÍNIO (TEORICO OU PRÁTICO) DE UM ASSUNTO, UMA ARTE, UMA CIÊNCIA, UMA TÉCNICA, ETC.
Senso Comum ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
Senso Comum - Características Gerais ,[object Object],[object Object]
Senso Comum - Características Gerais ,[object Object],[object Object]
Senso Comum - Características Gerais ,[object Object],[object Object]
Senso Comum - Características Gerais ,[object Object],[object Object]
CONHECIMENTO CIENTÍFICO ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
Atitude Científica - Características Gerais ,[object Object],[object Object]
Atitude Científica - Características Gerais ,[object Object],[object Object]
Atitude Científica - Características Gerais ,[object Object],[object Object]
Atitude Científica - Características Gerais ,[object Object],[object Object]
Atitude Científica - Características Gerais ,[object Object],[object Object],[object Object]
A ciência distingue-se do senso comum porque este é uma opinião baseada em hábitos, preconceitos, tradições cristalizadas, enquanto a primeira baseia-se em pesquisas, investigações metódicas e sistemáticas e na exigência de que as teorias sejam internamente coerentes e digam a verdade sobre a realidade. A ciência é conhecimento que resulta de um trabalho racional. Ciência x Senso Comum
Um exemplo que explica o senso comum e conhecimento cientifico: Que o sol, amanhã de manhã nascerá novamente, é uma convicção que tanto cientistas como leigos têm. O que difere então o senso comum do conhecimento científico? A resposta é simples: Enquanto no senso comum as pessoas acreditam simplesmente pelo hábito (porque o sol sempre nasceu, deverá amanhã nascer novamente), sem saber dar motivos (as razões) para seu julgamento, o cientista ( no caso o astrônomo) saberá explicar porque amanhã o sol nascerá com base na teoria do movimento de rotação da terra, etc.  O leigo acredita sem saber dar razões, o cientista conhece as razões.
Referências ,[object Object]

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados (20)

O que é ciência
O que é ciênciaO que é ciência
O que é ciência
 
Conhecimento filosófico
Conhecimento filosóficoConhecimento filosófico
Conhecimento filosófico
 
Ética Moral e Valores.
Ética Moral e Valores.Ética Moral e Valores.
Ética Moral e Valores.
 
Filosofia Política
Filosofia PolíticaFilosofia Política
Filosofia Política
 
Dogmatismo, Ceticismo e Criticismo
Dogmatismo, Ceticismo e CriticismoDogmatismo, Ceticismo e Criticismo
Dogmatismo, Ceticismo e Criticismo
 
Introdução à filosofia
Introdução à filosofiaIntrodução à filosofia
Introdução à filosofia
 
Introdução à filosofia
Introdução à filosofiaIntrodução à filosofia
Introdução à filosofia
 
Conhecimento cientifico
Conhecimento cientificoConhecimento cientifico
Conhecimento cientifico
 
Método indutivo vs hipotetico dedutivo
Método indutivo vs hipotetico dedutivoMétodo indutivo vs hipotetico dedutivo
Método indutivo vs hipotetico dedutivo
 
O que é conhecimento - filosofia
O que é conhecimento - filosofiaO que é conhecimento - filosofia
O que é conhecimento - filosofia
 
01 - O que é Sociologia
01 - O que é Sociologia01 - O que é Sociologia
01 - O que é Sociologia
 
Aula de filosofia
Aula de filosofia Aula de filosofia
Aula de filosofia
 
O que é Filosofia?
O que é Filosofia?O que é Filosofia?
O que é Filosofia?
 
ORIGEM DA FILOSOFIA
ORIGEM DA FILOSOFIA ORIGEM DA FILOSOFIA
ORIGEM DA FILOSOFIA
 
Como Elaborar Um Projeto De Pesquisa
Como Elaborar Um Projeto De PesquisaComo Elaborar Um Projeto De Pesquisa
Como Elaborar Um Projeto De Pesquisa
 
Teorias do conhecimento
Teorias do conhecimentoTeorias do conhecimento
Teorias do conhecimento
 
Filosofia 02 - Sócrates, Platão e Aristóteles
Filosofia 02 - Sócrates, Platão e  AristótelesFilosofia 02 - Sócrates, Platão e  Aristóteles
Filosofia 02 - Sócrates, Platão e Aristóteles
 
3. produção do conhecimento em sociologia
3. produção do conhecimento em sociologia3. produção do conhecimento em sociologia
3. produção do conhecimento em sociologia
 
Ceticismo
CeticismoCeticismo
Ceticismo
 
Aula 1 metodologia científica
Aula 1   metodologia científicaAula 1   metodologia científica
Aula 1 metodologia científica
 

Destaque (10)

4 filosofia e senso comum
4 filosofia e senso comum 4 filosofia e senso comum
4 filosofia e senso comum
 
Da populacao a amostra
Da populacao a amostraDa populacao a amostra
Da populacao a amostra
 
Ciências e valores
Ciências e valoresCiências e valores
Ciências e valores
 
CONHECIMENTO CIENTÍFICO
CONHECIMENTO CIENTÍFICOCONHECIMENTO CIENTÍFICO
CONHECIMENTO CIENTÍFICO
 
Resumo filosofia (3)
Resumo filosofia (3)Resumo filosofia (3)
Resumo filosofia (3)
 
Resumo filosofia (1)
Resumo filosofia (1)Resumo filosofia (1)
Resumo filosofia (1)
 
Apontamentos de filosofia 10ºano
Apontamentos de filosofia 10ºanoApontamentos de filosofia 10ºano
Apontamentos de filosofia 10ºano
 
Cultura - Sociologia
Cultura - SociologiaCultura - Sociologia
Cultura - Sociologia
 
Módulo 1
Módulo 1Módulo 1
Módulo 1
 
Resumos filosofia 11
Resumos filosofia 11Resumos filosofia 11
Resumos filosofia 11
 

Semelhante a Senso comum x conhecimento científico

senso comum.pptx
senso comum.pptxsenso comum.pptx
senso comum.pptxDaviRoza1
 
Senso comum e conhecimento científico.pptx
Senso comum e conhecimento científico.pptxSenso comum e conhecimento científico.pptx
Senso comum e conhecimento científico.pptxrogerioxavier22
 
Conhecimento cientifico
Conhecimento cientifico    Conhecimento cientifico
Conhecimento cientifico Jarimbaa
 
Aula1 metodologia de pesquisa aplicada
Aula1  metodologia de pesquisa aplicadaAula1  metodologia de pesquisa aplicada
Aula1 metodologia de pesquisa aplicadaMarcos Sérgio
 
Aula sobre Gestão da biodiversidade.pptx
Aula sobre Gestão da biodiversidade.pptxAula sobre Gestão da biodiversidade.pptx
Aula sobre Gestão da biodiversidade.pptxPaulaNepomucenoCampo
 
Aula sobre Gestão da biodiversidade.pptx
Aula sobre Gestão da biodiversidade.pptxAula sobre Gestão da biodiversidade.pptx
Aula sobre Gestão da biodiversidade.pptxPaulaNepomucenoCampo
 
Apresentação e Aula Introdutória.pptx
Apresentação e Aula Introdutória.pptxApresentação e Aula Introdutória.pptx
Apresentação e Aula Introdutória.pptxLuiz Eduardo
 
Doença e diagnóstico nosológico em psiquiatria
Doença e diagnóstico nosológico em psiquiatriaDoença e diagnóstico nosológico em psiquiatria
Doença e diagnóstico nosológico em psiquiatriaLuiz-Salvador Miranda-Sa
 
Conhecimento vulgar e conhecimento cientifico
Conhecimento vulgar e conhecimento cientificoConhecimento vulgar e conhecimento cientifico
Conhecimento vulgar e conhecimento cientificoanabelamatosanjos
 
slides-aula2-CONHECIMENTO CIENTÍFICO E CIÊNCIA (1).pptx
slides-aula2-CONHECIMENTO CIENTÍFICO E CIÊNCIA (1).pptxslides-aula2-CONHECIMENTO CIENTÍFICO E CIÊNCIA (1).pptx
slides-aula2-CONHECIMENTO CIENTÍFICO E CIÊNCIA (1).pptxRosaCarvalho50
 
DIFERENTES FORMAS CONHECIMENTO CIENTIFICO.pdf
DIFERENTES FORMAS CONHECIMENTO CIENTIFICO.pdfDIFERENTES FORMAS CONHECIMENTO CIENTIFICO.pdf
DIFERENTES FORMAS CONHECIMENTO CIENTIFICO.pdfAteliAryPersonalizad
 
Apresentacao_Aula_01.pdf
Apresentacao_Aula_01.pdfApresentacao_Aula_01.pdf
Apresentacao_Aula_01.pdfDibanguDibo
 
Apresentacao de MEP.pptx
Apresentacao de MEP.pptxApresentacao de MEP.pptx
Apresentacao de MEP.pptxssuserbdf8ee
 
Aula 1 - ciência.. construção de conhecimento
Aula 1  - ciência.. construção de conhecimentoAula 1  - ciência.. construção de conhecimento
Aula 1 - ciência.. construção de conhecimentoaula123456
 
MIC-Métodos-2021.pptx
MIC-Métodos-2021.pptxMIC-Métodos-2021.pptx
MIC-Métodos-2021.pptxVenncioCorreia
 
Introdução a Metodologia Científica.pdf
Introdução a Metodologia Científica.pdfIntrodução a Metodologia Científica.pdf
Introdução a Metodologia Científica.pdfGabrielDominguesRoch
 

Semelhante a Senso comum x conhecimento científico (20)

senso comum.pptx
senso comum.pptxsenso comum.pptx
senso comum.pptx
 
Senso comum e conhecimento científico.pptx
Senso comum e conhecimento científico.pptxSenso comum e conhecimento científico.pptx
Senso comum e conhecimento científico.pptx
 
Conhecimento cientifico
Conhecimento cientifico    Conhecimento cientifico
Conhecimento cientifico
 
Aula1 metodologia de pesquisa aplicada
Aula1  metodologia de pesquisa aplicadaAula1  metodologia de pesquisa aplicada
Aula1 metodologia de pesquisa aplicada
 
Filosofia, filosofias
Filosofia, filosofias Filosofia, filosofias
Filosofia, filosofias
 
Aula sobre Gestão da biodiversidade.pptx
Aula sobre Gestão da biodiversidade.pptxAula sobre Gestão da biodiversidade.pptx
Aula sobre Gestão da biodiversidade.pptx
 
Aula sobre Gestão da biodiversidade.pptx
Aula sobre Gestão da biodiversidade.pptxAula sobre Gestão da biodiversidade.pptx
Aula sobre Gestão da biodiversidade.pptx
 
Apresentação e Aula Introdutória.pptx
Apresentação e Aula Introdutória.pptxApresentação e Aula Introdutória.pptx
Apresentação e Aula Introdutória.pptx
 
Doença e diagnóstico nosológico em psiquiatria
Doença e diagnóstico nosológico em psiquiatriaDoença e diagnóstico nosológico em psiquiatria
Doença e diagnóstico nosológico em psiquiatria
 
Conhecimento vulgar e conhecimento cientifico
Conhecimento vulgar e conhecimento cientificoConhecimento vulgar e conhecimento cientifico
Conhecimento vulgar e conhecimento cientifico
 
slides-aula2-CONHECIMENTO CIENTÍFICO E CIÊNCIA (1).pptx
slides-aula2-CONHECIMENTO CIENTÍFICO E CIÊNCIA (1).pptxslides-aula2-CONHECIMENTO CIENTÍFICO E CIÊNCIA (1).pptx
slides-aula2-CONHECIMENTO CIENTÍFICO E CIÊNCIA (1).pptx
 
DIFERENTES FORMAS CONHECIMENTO CIENTIFICO.pdf
DIFERENTES FORMAS CONHECIMENTO CIENTIFICO.pdfDIFERENTES FORMAS CONHECIMENTO CIENTIFICO.pdf
DIFERENTES FORMAS CONHECIMENTO CIENTIFICO.pdf
 
Apresentacao_Aula_01.pdf
Apresentacao_Aula_01.pdfApresentacao_Aula_01.pdf
Apresentacao_Aula_01.pdf
 
Metodologia científica
Metodologia científicaMetodologia científica
Metodologia científica
 
Apresentacao de MEP.pptx
Apresentacao de MEP.pptxApresentacao de MEP.pptx
Apresentacao de MEP.pptx
 
Aula 1 - ciência.. construção de conhecimento
Aula 1  - ciência.. construção de conhecimentoAula 1  - ciência.. construção de conhecimento
Aula 1 - ciência.. construção de conhecimento
 
MIC-Métodos-2021.pptx
MIC-Métodos-2021.pptxMIC-Métodos-2021.pptx
MIC-Métodos-2021.pptx
 
Introdução a Metodologia Científica.pdf
Introdução a Metodologia Científica.pdfIntrodução a Metodologia Científica.pdf
Introdução a Metodologia Científica.pdf
 
Apresentação metodologia da pesquisa
Apresentação   metodologia da pesquisaApresentação   metodologia da pesquisa
Apresentação metodologia da pesquisa
 
Resumo
ResumoResumo
Resumo
 

Mais de José Antonio Ferreira da Silva

Mais de José Antonio Ferreira da Silva (20)

Gêneros Textuais - Notícia.pptx
Gêneros Textuais - Notícia.pptxGêneros Textuais - Notícia.pptx
Gêneros Textuais - Notícia.pptx
 
Aulão português
Aulão   portuguêsAulão   português
Aulão português
 
Política antiga e medieval aula - 3º ano
Política antiga e medieval   aula  - 3º anoPolítica antiga e medieval   aula  - 3º ano
Política antiga e medieval aula - 3º ano
 
Variação Linguística
Variação LinguísticaVariação Linguística
Variação Linguística
 
Figuras de linguagem
Figuras de linguagemFiguras de linguagem
Figuras de linguagem
 
Bioetica
BioeticaBioetica
Bioetica
 
Modelo para análise dos poemas
Modelo para análise dos poemasModelo para análise dos poemas
Modelo para análise dos poemas
 
Como fazer um Artigo Científico
Como fazer um Artigo CientíficoComo fazer um Artigo Científico
Como fazer um Artigo Científico
 
Palestra sobre psicografia
Palestra sobre psicografiaPalestra sobre psicografia
Palestra sobre psicografia
 
Pratica livro
Pratica livroPratica livro
Pratica livro
 
Coesão
CoesãoCoesão
Coesão
 
Metodologia do ensino
Metodologia do ensinoMetodologia do ensino
Metodologia do ensino
 
Reflexões sobre a aula de português
Reflexões sobre a aula de portuguêsReflexões sobre a aula de português
Reflexões sobre a aula de português
 
Projeto de Pesquisa
Projeto de PesquisaProjeto de Pesquisa
Projeto de Pesquisa
 
Monografia
MonografiaMonografia
Monografia
 
Romantismo prosa
Romantismo prosaRomantismo prosa
Romantismo prosa
 
Projeto de Pesquisa - ISEP
Projeto de Pesquisa -  ISEPProjeto de Pesquisa -  ISEP
Projeto de Pesquisa - ISEP
 
Erros dissertativo argumentativo
Erros dissertativo argumentativoErros dissertativo argumentativo
Erros dissertativo argumentativo
 
A estrutura do texto dissertativo
A estrutura do texto dissertativoA estrutura do texto dissertativo
A estrutura do texto dissertativo
 
Paráfrase
ParáfraseParáfrase
Paráfrase
 

Último

637743470-Mapa-Mental-Portugue-s-1.pdf 4 ano
637743470-Mapa-Mental-Portugue-s-1.pdf 4 ano637743470-Mapa-Mental-Portugue-s-1.pdf 4 ano
637743470-Mapa-Mental-Portugue-s-1.pdf 4 anoAdelmaTorres2
 
Programa de Intervenção com Habilidades Motoras
Programa de Intervenção com Habilidades MotorasPrograma de Intervenção com Habilidades Motoras
Programa de Intervenção com Habilidades MotorasCassio Meira Jr.
 
O guia definitivo para conquistar a aprovação em concurso público.pdf
O guia definitivo para conquistar a aprovação em concurso público.pdfO guia definitivo para conquistar a aprovação em concurso público.pdf
O guia definitivo para conquistar a aprovação em concurso público.pdfErasmo Portavoz
 
VALORES HUMANOS NA DISCIPLINA DE ENSINO RELIGIOSO
VALORES HUMANOS NA DISCIPLINA DE ENSINO RELIGIOSOVALORES HUMANOS NA DISCIPLINA DE ENSINO RELIGIOSO
VALORES HUMANOS NA DISCIPLINA DE ENSINO RELIGIOSOBiatrizGomes1
 
ÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptx
ÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptxÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptx
ÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptxDeyvidBriel
 
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptx
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptxSlides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptx
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptxLuizHenriquedeAlmeid6
 
Guia completo da Previdênci a - Reforma .pdf
Guia completo da Previdênci a - Reforma .pdfGuia completo da Previdênci a - Reforma .pdf
Guia completo da Previdênci a - Reforma .pdfEyshilaKelly1
 
Mapas Mentais - Português - Principais Tópicos.pdf
Mapas Mentais - Português - Principais Tópicos.pdfMapas Mentais - Português - Principais Tópicos.pdf
Mapas Mentais - Português - Principais Tópicos.pdfangelicass1
 
Currículo escolar na perspectiva da educação inclusiva.pdf
Currículo escolar na perspectiva da educação inclusiva.pdfCurrículo escolar na perspectiva da educação inclusiva.pdf
Currículo escolar na perspectiva da educação inclusiva.pdfIedaGoethe
 
Aula 13 8º Ano Cap.04 Revolução Francesa.pptx
Aula 13 8º Ano Cap.04 Revolução Francesa.pptxAula 13 8º Ano Cap.04 Revolução Francesa.pptx
Aula 13 8º Ano Cap.04 Revolução Francesa.pptxBiancaNogueira42
 
Aula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chave
Aula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chaveAula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chave
Aula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chaveaulasgege
 
Cultura e Sociedade - Texto de Apoio.pdf
Cultura e Sociedade - Texto de Apoio.pdfCultura e Sociedade - Texto de Apoio.pdf
Cultura e Sociedade - Texto de Apoio.pdfaulasgege
 
cartilha-pdi-plano-de-desenvolvimento-individual-do-estudante.pdf
cartilha-pdi-plano-de-desenvolvimento-individual-do-estudante.pdfcartilha-pdi-plano-de-desenvolvimento-individual-do-estudante.pdf
cartilha-pdi-plano-de-desenvolvimento-individual-do-estudante.pdfIedaGoethe
 
BRASIL - DOMÍNIOS MORFOCLIMÁTICOS - Fund 2.pdf
BRASIL - DOMÍNIOS MORFOCLIMÁTICOS - Fund 2.pdfBRASIL - DOMÍNIOS MORFOCLIMÁTICOS - Fund 2.pdf
BRASIL - DOMÍNIOS MORFOCLIMÁTICOS - Fund 2.pdfHenrique Pontes
 
DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...
DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...
DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...Martin M Flynn
 
FCEE - Diretrizes - Autismo.pdf para imprimir
FCEE - Diretrizes - Autismo.pdf para imprimirFCEE - Diretrizes - Autismo.pdf para imprimir
FCEE - Diretrizes - Autismo.pdf para imprimirIedaGoethe
 
Habilidades Motoras Básicas e Específicas
Habilidades Motoras Básicas e EspecíficasHabilidades Motoras Básicas e Específicas
Habilidades Motoras Básicas e EspecíficasCassio Meira Jr.
 

Último (20)

637743470-Mapa-Mental-Portugue-s-1.pdf 4 ano
637743470-Mapa-Mental-Portugue-s-1.pdf 4 ano637743470-Mapa-Mental-Portugue-s-1.pdf 4 ano
637743470-Mapa-Mental-Portugue-s-1.pdf 4 ano
 
Programa de Intervenção com Habilidades Motoras
Programa de Intervenção com Habilidades MotorasPrograma de Intervenção com Habilidades Motoras
Programa de Intervenção com Habilidades Motoras
 
O guia definitivo para conquistar a aprovação em concurso público.pdf
O guia definitivo para conquistar a aprovação em concurso público.pdfO guia definitivo para conquistar a aprovação em concurso público.pdf
O guia definitivo para conquistar a aprovação em concurso público.pdf
 
VALORES HUMANOS NA DISCIPLINA DE ENSINO RELIGIOSO
VALORES HUMANOS NA DISCIPLINA DE ENSINO RELIGIOSOVALORES HUMANOS NA DISCIPLINA DE ENSINO RELIGIOSO
VALORES HUMANOS NA DISCIPLINA DE ENSINO RELIGIOSO
 
ÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptx
ÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptxÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptx
ÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptx
 
XI OLIMPÍADAS DA LÍNGUA PORTUGUESA -
XI OLIMPÍADAS DA LÍNGUA PORTUGUESA      -XI OLIMPÍADAS DA LÍNGUA PORTUGUESA      -
XI OLIMPÍADAS DA LÍNGUA PORTUGUESA -
 
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptx
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptxSlides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptx
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptx
 
Guia completo da Previdênci a - Reforma .pdf
Guia completo da Previdênci a - Reforma .pdfGuia completo da Previdênci a - Reforma .pdf
Guia completo da Previdênci a - Reforma .pdf
 
Mapas Mentais - Português - Principais Tópicos.pdf
Mapas Mentais - Português - Principais Tópicos.pdfMapas Mentais - Português - Principais Tópicos.pdf
Mapas Mentais - Português - Principais Tópicos.pdf
 
Currículo escolar na perspectiva da educação inclusiva.pdf
Currículo escolar na perspectiva da educação inclusiva.pdfCurrículo escolar na perspectiva da educação inclusiva.pdf
Currículo escolar na perspectiva da educação inclusiva.pdf
 
Aula 13 8º Ano Cap.04 Revolução Francesa.pptx
Aula 13 8º Ano Cap.04 Revolução Francesa.pptxAula 13 8º Ano Cap.04 Revolução Francesa.pptx
Aula 13 8º Ano Cap.04 Revolução Francesa.pptx
 
Aula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chave
Aula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chaveAula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chave
Aula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chave
 
Cultura e Sociedade - Texto de Apoio.pdf
Cultura e Sociedade - Texto de Apoio.pdfCultura e Sociedade - Texto de Apoio.pdf
Cultura e Sociedade - Texto de Apoio.pdf
 
cartilha-pdi-plano-de-desenvolvimento-individual-do-estudante.pdf
cartilha-pdi-plano-de-desenvolvimento-individual-do-estudante.pdfcartilha-pdi-plano-de-desenvolvimento-individual-do-estudante.pdf
cartilha-pdi-plano-de-desenvolvimento-individual-do-estudante.pdf
 
BRASIL - DOMÍNIOS MORFOCLIMÁTICOS - Fund 2.pdf
BRASIL - DOMÍNIOS MORFOCLIMÁTICOS - Fund 2.pdfBRASIL - DOMÍNIOS MORFOCLIMÁTICOS - Fund 2.pdf
BRASIL - DOMÍNIOS MORFOCLIMÁTICOS - Fund 2.pdf
 
DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...
DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...
DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...
 
Em tempo de Quaresma .
Em tempo de Quaresma                            .Em tempo de Quaresma                            .
Em tempo de Quaresma .
 
Orientação Técnico-Pedagógica EMBcae Nº 001, de 16 de abril de 2024
Orientação Técnico-Pedagógica EMBcae Nº 001, de 16 de abril de 2024Orientação Técnico-Pedagógica EMBcae Nº 001, de 16 de abril de 2024
Orientação Técnico-Pedagógica EMBcae Nº 001, de 16 de abril de 2024
 
FCEE - Diretrizes - Autismo.pdf para imprimir
FCEE - Diretrizes - Autismo.pdf para imprimirFCEE - Diretrizes - Autismo.pdf para imprimir
FCEE - Diretrizes - Autismo.pdf para imprimir
 
Habilidades Motoras Básicas e Específicas
Habilidades Motoras Básicas e EspecíficasHabilidades Motoras Básicas e Específicas
Habilidades Motoras Básicas e Específicas
 

Senso comum x conhecimento científico

  • 1. SENSO COMUM X CONHECIMENTO CIENTÍFICO
  • 2. Conhecimento APREENSÃO INTELECTUAL DE UM FATO OU DE UMA VERDADE, COMO DOMÍNIO (TEORICO OU PRÁTICO) DE UM ASSUNTO, UMA ARTE, UMA CIÊNCIA, UMA TÉCNICA, ETC.
  • 3.
  • 4.
  • 5.
  • 6.
  • 7.
  • 8.
  • 9.
  • 10.
  • 11.
  • 12.
  • 13.
  • 14. A ciência distingue-se do senso comum porque este é uma opinião baseada em hábitos, preconceitos, tradições cristalizadas, enquanto a primeira baseia-se em pesquisas, investigações metódicas e sistemáticas e na exigência de que as teorias sejam internamente coerentes e digam a verdade sobre a realidade. A ciência é conhecimento que resulta de um trabalho racional. Ciência x Senso Comum
  • 15. Um exemplo que explica o senso comum e conhecimento cientifico: Que o sol, amanhã de manhã nascerá novamente, é uma convicção que tanto cientistas como leigos têm. O que difere então o senso comum do conhecimento científico? A resposta é simples: Enquanto no senso comum as pessoas acreditam simplesmente pelo hábito (porque o sol sempre nasceu, deverá amanhã nascer novamente), sem saber dar motivos (as razões) para seu julgamento, o cientista ( no caso o astrônomo) saberá explicar porque amanhã o sol nascerá com base na teoria do movimento de rotação da terra, etc. O leigo acredita sem saber dar razões, o cientista conhece as razões.
  • 16.