Métodos e técnicas de investigação de sociologia

201 visualizações

Publicada em

Andreia e Rita

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
201
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
56
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
2
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Métodos e técnicas de investigação de sociologia

  1. 1. Métodos e técnicasde investigaçãoutilizados na sociologia Antes de realizar uma actividade temos que decidir o modo como iremos cumpri-la. Definir os objectivos, seleccionar os recursos, os instrumentos necessários, analisar etirar conclusões e redigir o relatório. Estratégia de investigação Conjunto de procedimentos que orientam a pesquisa cientifica, incluindo a selecção de técnicas, o seu controlo e a integração dos resultados obtidos. Responder a “como vamos fazer” significadecidir sobrea estratégia de investigação que vamos utilizar. GastonBachelard (Bar-sur-Aube, 27 dejunho de 1884 —Paris, 16 de outubro de 1962) foium filósofo e poeta francês. Seu pensamento está focado principalmente em questões referentes à filosofia da ciência. Bachelarddefiniuo processocientíficoem algumas palavras: - Conquistado sobreos preconceitos; - Construído pela razão; - Verificado nos factos; Estratégiadainvestigaçãointensiva- Estudo umfenómeno na sua particularidade (turma, aldeia, bairro), aprofunda a informação recolhida; Vantagens: - Profundidadeda observação; - Valorização dos quotidianos; - Atenção à especificidade de cada caso; Desvantagens: - Dificuldade na generalização da informação recolhida;
  2. 2. Estratégiade investigaçãoextensiva A observação por meio de perguntas directas ou indirectas, de populações relativamente numerosas, a fim de obter respostas susceptíveis mediante uma análise quantitativa. Vantagens: - Observação depopulações numerosas; - Comparação dos resultados e representação de estatísticas; - Deteção de regularidades nas praticas sociais estudadas. Desvantagens: - Superficialidade da informação Público-alvo Conjunto de indivíduos sobreos quais assenta a investigação. Universo do estudo. Responder a “quem vamos incluir” significadefinir o público-alvo da investigação. Universo: é a totalidade dos indivíduos que se pretende observar, ou seja, o conjunto de indivíduos sobreo qual recai a investigação Amostra: mantem as mesma características que o universo, segundo critérios relevantes como: sexo, idade, classeou região Tipos de amostra Aleatória(probabilística): seleccionar ao acaso os indivíduos que compõem a amostra; Por quotas: constituição de uma amostra que respeita a estrutura do universo;
  3. 3. Etapas de Investigação Modos de produção da informação em Sociologia Em sociologia utiliza-se, dois processos para obter informação sobreos fenómenos em estudo e para produzir nova informação Obtençãoda Informação Documentação É todo o objecto, escrito ou não escrito, que nos permite retirar informações sobredeterminado fenómeno. Após a pesquisa documental, cabe ao investigador estudar os elementos obtidos, analisa-los, interpretá-los e encontrar um sentido na diversidade de informação que colheu. O investigador tem de fazer uma análise de conteúdo – conjunto de técnicas de análise das comunicações, visando obter, por procedimentos sistemáticos e objectivos de descrição do conteúdo das mensagens.
  4. 4. Observação A observação compreendeo conjunto das operações através das quais o modelo de análise é confrontado com dados observáveis. Ao longo desta etapa, será reunida abundante informação para ser tratada na etapa seguinte. A observaçãoparticipante/direta É uma técnica que se baseia na recolha de elementos da informação, a partir da observação feita por um pesquisador. Esta técnica pode apresentar duas modalidades: a observação – participação e participação-observação. A observaçãonão participante/indirecta Recorre à recolha de informação, semque o cientista social tenha de se inserir no grupo a observar. A entrevista é um processo utilizado para recolha de dados na investigação social. As entrevistas estruturadas e não estruturadas As entrevistas sãoestruturadas seobedecerema umesquema rígido, previamente fixado, que o investigador deverá respeitar integralmente. As entrevistas estruturadas podemconter questões abertas, desdeque previamente integradas no esquema da entrevista.~ A entrevistanãoestruturada éa condução por parte do entrevistador mais flexível, podendo este orientá-la com a sequência e as questões que julgar mais convenientes, de acordo com a sua sensibilidadee tato. Quando a entrevista é estruturada, as questões postas são fechadas, não podendo o entrevistador alterar a condução da entrevista. Antes daentrevistaé necessário: - Definir os objectivos da entrevista;
  5. 5. - Organizar os grandes temas a abordar e analisá-los para encontrar as respostas aos objectivos; No ato da aplicação da entrevistaé necessário: - Pedir-lhe a possibilidadede gravar a conversa ou de tirar notas no momento; - Não influenciar o entrevistador com as nossas opiniões; - Agradecer por a colaboração Contrariamente à entrevista há o inquérito por questionário, é um procedimento que apresenta um conjunto predeterminado de perguntas à população ou a uma amostra representativa dessa população.

×