SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 2
Psicologia


                A. Maslow e a teoria da auto-realização

            http://www.psicologia.org.br/internacional/pscl45.htm




O psicólogo Abraham Maslow, já nosso conhecido, é muitas vezes considerado como
o principal representante da psicologia humanista. Como ele próprio afirma, o seu
objectivo é criar uma terceira força em psicologia, em alternativa à psicanálise e ao
behaviorismo.

Os seus estudos não partiram de indivíduos com perturbações, mas antes de pessoas
saudáveis, criativas e auto-realizadas. Maslow lamenta que a psicologia não se
dedique tanto a estudar a alegria, a exuberância e o amor como estuda a miséria, o
conflito, a vergonha e a hostilidade. Ele acredita que há nas pessoas um "desejo de
saúde" e um impulso forte para a actualização de todas as potencialidades.

A personalidade do indivíduo é um crescendo. Ela vai-se moldando à medida que o
meio e as condições de vida permitem a satisfação das suas necessidades, posto o
que novas necessidades surgem no indivíduo, mas de ordem superior, e cuja
satisfação possibilita o aparecimento de outras ainda mais elevadas.




                                                                                   1
Este processo gradativo de realização pessoal assenta no postulado da disposição
hierárquica das necessidades e na convicção de que os indivíduos só podem aspirar a
objectivos mais elevados depois de saciarem completamente as suas carências
actuais.

Se o meio for propício e estimulante, a pessoa vai progredindo na sua formação até
culminar com o desenvolvimento de uma personalidade própria das pessoas auto-
realizadas.

Maslow considera que uma pessoa auto-realizada apresenta, de uma maneira geral,
um conjunto específico de características, as quais se mencionam no quadro seguinte:



CARACTERÍSTICAS DAS PESSOAS AUTO-REALIZADAS

1. Percepcionam o mundo tal como ele é.

2. Aceitam-se a si próprias, aos outros e ao mundo com as incertezas e as
ambiguidades inerentes.

3. Centram-se mais nos problemas do que em si próprias.

4.Têm grande espontaneidade.

5. São autónomas e independentes.

6. Valorizam a sua privacidade.

7. A apreciação que fazem das pessoas e das coisas é original e não estereotipada.

8. Têm poucos amigos íntimos, mas a relação é forte e profunda.

9. Identificam-se com a humanidade.

10. Os seus valores e atitudes são democráticos.

11. O seu sentido de humor é filosófico, sem hostilidade.

12. Não confundem meios com fins.

13. Têm grande criatividade.

14. Resistem ao conformismo social e cultural.

15. Estão disponíveis para novas experiências, incluindo as "experiências de pico”:
(somos mais do que os nossos corpos físicos…)

                                                 A. Maslow, Motivação e personalidade




                                                                                     2

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Teoria da personalidade de Allport & Cattell
Teoria da personalidade de Allport & CattellTeoria da personalidade de Allport & Cattell
Teoria da personalidade de Allport & Cattell
Luciano Souza
 
Diferentes abordagens da psicologia
Diferentes abordagens da psicologiaDiferentes abordagens da psicologia
Diferentes abordagens da psicologia
Rita Cristiane Pavan
 
Apresentação personalidade e valores
Apresentação personalidade e valoresApresentação personalidade e valores
Apresentação personalidade e valores
Mariana Rezende
 

Mais procurados (20)

Teoria da personalidade de Allport & Cattell
Teoria da personalidade de Allport & CattellTeoria da personalidade de Allport & Cattell
Teoria da personalidade de Allport & Cattell
 
Introdução à fenomenologia
Introdução à fenomenologiaIntrodução à fenomenologia
Introdução à fenomenologia
 
Motivação - Processos Psicológicos Básicos
Motivação - Processos Psicológicos BásicosMotivação - Processos Psicológicos Básicos
Motivação - Processos Psicológicos Básicos
 
TEORIA MASLOW
TEORIA MASLOWTEORIA MASLOW
TEORIA MASLOW
 
A importância da inteligência emocional no trabalho
A importância da inteligência emocional no trabalhoA importância da inteligência emocional no trabalho
A importância da inteligência emocional no trabalho
 
Aula - Introdução à Psicologia 1
Aula - Introdução à Psicologia 1Aula - Introdução à Psicologia 1
Aula - Introdução à Psicologia 1
 
Diferentes abordagens da psicologia
Diferentes abordagens da psicologiaDiferentes abordagens da psicologia
Diferentes abordagens da psicologia
 
Aula 8 mecanismos de coping
Aula 8 mecanismos de copingAula 8 mecanismos de coping
Aula 8 mecanismos de coping
 
teorias da personalidade - Carl Rogers
teorias da personalidade - Carl Rogersteorias da personalidade - Carl Rogers
teorias da personalidade - Carl Rogers
 
Psicologia da Saude
Psicologia da Saude Psicologia da Saude
Psicologia da Saude
 
Psicologia aula 5 a enfermagem e o outro
Psicologia aula 5 a enfermagem e o outroPsicologia aula 5 a enfermagem e o outro
Psicologia aula 5 a enfermagem e o outro
 
História da psicologia
História da psicologiaHistória da psicologia
História da psicologia
 
Conceito saude
Conceito saudeConceito saude
Conceito saude
 
Introdução à psicologia
Introdução à psicologiaIntrodução à psicologia
Introdução à psicologia
 
Personalidade
PersonalidadePersonalidade
Personalidade
 
Personalidade
PersonalidadePersonalidade
Personalidade
 
Psico. do desenvolvimento introdução- ciclo vital - bee
Psico. do desenvolvimento   introdução- ciclo vital - beePsico. do desenvolvimento   introdução- ciclo vital - bee
Psico. do desenvolvimento introdução- ciclo vital - bee
 
Valores - Quais os seus?
Valores  - Quais os seus?Valores  - Quais os seus?
Valores - Quais os seus?
 
Aula de bioética
Aula de bioéticaAula de bioética
Aula de bioética
 
Apresentação personalidade e valores
Apresentação personalidade e valoresApresentação personalidade e valores
Apresentação personalidade e valores
 

Semelhante a Maslow e teoria da auto realização

Semelhante a Maslow e teoria da auto realização (20)

Psicologia humanista
Psicologia humanistaPsicologia humanista
Psicologia humanista
 
Psicologia humanista
Psicologia humanistaPsicologia humanista
Psicologia humanista
 
Comportamento assertivo
Comportamento assertivoComportamento assertivo
Comportamento assertivo
 
Não Diretivismo
Não DiretivismoNão Diretivismo
Não Diretivismo
 
Personalidade - Teorias e Testes
Personalidade - Teorias e TestesPersonalidade - Teorias e Testes
Personalidade - Teorias e Testes
 
Humanismo
HumanismoHumanismo
Humanismo
 
Psicologia humanista fromm, rogers e maslow
Psicologia humanista fromm, rogers e maslowPsicologia humanista fromm, rogers e maslow
Psicologia humanista fromm, rogers e maslow
 
Pirâmide das necessidades de Maslow.pdf
Pirâmide das necessidades de Maslow.pdfPirâmide das necessidades de Maslow.pdf
Pirâmide das necessidades de Maslow.pdf
 
Comportamento humano assertivo
Comportamento humano assertivoComportamento humano assertivo
Comportamento humano assertivo
 
_PSICO DESENV_AULA6 - A HIERARQUIA DAS NECESSIDADES (1).pdf
_PSICO DESENV_AULA6 - A HIERARQUIA DAS NECESSIDADES (1).pdf_PSICO DESENV_AULA6 - A HIERARQUIA DAS NECESSIDADES (1).pdf
_PSICO DESENV_AULA6 - A HIERARQUIA DAS NECESSIDADES (1).pdf
 
Teoria de Maslow.pptx
Teoria de Maslow.pptxTeoria de Maslow.pptx
Teoria de Maslow.pptx
 
Biografia de abraham maslow
Biografia de abraham maslowBiografia de abraham maslow
Biografia de abraham maslow
 
Volume VII
Volume VIIVolume VII
Volume VII
 
Questões de psicologia - Livro psicologias uma nova introdução
Questões de psicologia - Livro psicologias uma nova introduçãoQuestões de psicologia - Livro psicologias uma nova introdução
Questões de psicologia - Livro psicologias uma nova introdução
 
Psicologia Positiva Forças e Virtudes Pessoais
Psicologia Positiva   Forças e Virtudes Pessoais Psicologia Positiva   Forças e Virtudes Pessoais
Psicologia Positiva Forças e Virtudes Pessoais
 
Psicologia Positiva - Forças e Virtudes Pessoais
Psicologia Positiva  - Forças e Virtudes Pessoais Psicologia Positiva  - Forças e Virtudes Pessoais
Psicologia Positiva - Forças e Virtudes Pessoais
 
A Baixa Auto Estima No Cotidiano
A Baixa Auto Estima No CotidianoA Baixa Auto Estima No Cotidiano
A Baixa Auto Estima No Cotidiano
 
RESUMO SOBRE A TEMATICA QUEM É O HOMEM.docx
RESUMO SOBRE A TEMATICA QUEM É O HOMEM.docxRESUMO SOBRE A TEMATICA QUEM É O HOMEM.docx
RESUMO SOBRE A TEMATICA QUEM É O HOMEM.docx
 
Capacitação EAD - Elaboração de material para educação on-line - Teoria Human...
Capacitação EAD - Elaboração de material para educação on-line - Teoria Human...Capacitação EAD - Elaboração de material para educação on-line - Teoria Human...
Capacitação EAD - Elaboração de material para educação on-line - Teoria Human...
 
6 teorias psicanalíticas
6 teorias psicanalíticas6 teorias psicanalíticas
6 teorias psicanalíticas
 

Mais de Marcelo Anjos

Relações interpessoais
Relações interpessoaisRelações interpessoais
Relações interpessoais
Marcelo Anjos
 
Processos relacionais e grupais roteiro
Processos relacionais e grupais   roteiroProcessos relacionais e grupais   roteiro
Processos relacionais e grupais roteiro
Marcelo Anjos
 
Os processos fundamentais de cognição social
Os processos fundamentais de cognição socialOs processos fundamentais de cognição social
Os processos fundamentais de cognição social
Marcelo Anjos
 
O que é a inteligência emocional
O que é a inteligência emocionalO que é a inteligência emocional
O que é a inteligência emocional
Marcelo Anjos
 
Formação e mudança de atitudes
Formação e mudança de atitudesFormação e mudança de atitudes
Formação e mudança de atitudes
Marcelo Anjos
 
Dossier interactivo inovação e desenvolvimento organizacional
Dossier interactivo   inovação e desenvolvimento organizacionalDossier interactivo   inovação e desenvolvimento organizacional
Dossier interactivo inovação e desenvolvimento organizacional
Marcelo Anjos
 
Competências e princípios de desempenho profissional
Competências e princípios de desempenho profissionalCompetências e princípios de desempenho profissional
Competências e princípios de desempenho profissional
Marcelo Anjos
 
Como se constrói e desenvolve a identidade social
Como se constrói e desenvolve a identidade socialComo se constrói e desenvolve a identidade social
Como se constrói e desenvolve a identidade social
Marcelo Anjos
 
Atitudes e comportamentos (ficha)
Atitudes e comportamentos (ficha)Atitudes e comportamentos (ficha)
Atitudes e comportamentos (ficha)
Marcelo Anjos
 
As relações interpessoais questões chave
As relações interpessoais   questões chaveAs relações interpessoais   questões chave
As relações interpessoais questões chave
Marcelo Anjos
 
Aptidões e capaciades (ficha)
Aptidões e capaciades (ficha)Aptidões e capaciades (ficha)
Aptidões e capaciades (ficha)
Marcelo Anjos
 
A comunicação interpessoal
A comunicação interpessoalA comunicação interpessoal
A comunicação interpessoal
Marcelo Anjos
 
A categorização impressões, expectativas, estereótipos
A  categorização   impressões, expectativas, estereótiposA  categorização   impressões, expectativas, estereótipos
A categorização impressões, expectativas, estereótipos
Marcelo Anjos
 
Tipos e momentos de memoria
Tipos e momentos de memoriaTipos e momentos de memoria
Tipos e momentos de memoria
Marcelo Anjos
 
Teorias da motivação
Teorias da motivaçãoTeorias da motivação
Teorias da motivação
Marcelo Anjos
 

Mais de Marcelo Anjos (20)

Relações interpessoais
Relações interpessoaisRelações interpessoais
Relações interpessoais
 
Processos relacionais e grupais roteiro
Processos relacionais e grupais   roteiroProcessos relacionais e grupais   roteiro
Processos relacionais e grupais roteiro
 
Qualidades pessoais
Qualidades pessoaisQualidades pessoais
Qualidades pessoais
 
Os processos fundamentais de cognição social
Os processos fundamentais de cognição socialOs processos fundamentais de cognição social
Os processos fundamentais de cognição social
 
O que é a inteligência emocional
O que é a inteligência emocionalO que é a inteligência emocional
O que é a inteligência emocional
 
Influência social
Influência socialInfluência social
Influência social
 
Formação e mudança de atitudes
Formação e mudança de atitudesFormação e mudança de atitudes
Formação e mudança de atitudes
 
Dossier interactivo inovação e desenvolvimento organizacional
Dossier interactivo   inovação e desenvolvimento organizacionalDossier interactivo   inovação e desenvolvimento organizacional
Dossier interactivo inovação e desenvolvimento organizacional
 
Competências e princípios de desempenho profissional
Competências e princípios de desempenho profissionalCompetências e princípios de desempenho profissional
Competências e princípios de desempenho profissional
 
Como se constrói e desenvolve a identidade social
Como se constrói e desenvolve a identidade socialComo se constrói e desenvolve a identidade social
Como se constrói e desenvolve a identidade social
 
Cognição social
Cognição socialCognição social
Cognição social
 
Atitudes e comportamentos (ficha)
Atitudes e comportamentos (ficha)Atitudes e comportamentos (ficha)
Atitudes e comportamentos (ficha)
 
As relações interpessoais questões chave
As relações interpessoais   questões chaveAs relações interpessoais   questões chave
As relações interpessoais questões chave
 
Aptidões e capaciades (ficha)
Aptidões e capaciades (ficha)Aptidões e capaciades (ficha)
Aptidões e capaciades (ficha)
 
A comunicação interpessoal
A comunicação interpessoalA comunicação interpessoal
A comunicação interpessoal
 
A categorização impressões, expectativas, estereótipos
A  categorização   impressões, expectativas, estereótiposA  categorização   impressões, expectativas, estereótipos
A categorização impressões, expectativas, estereótipos
 
1.assertividade
1.assertividade1.assertividade
1.assertividade
 
Tipos e momentos de memoria
Tipos e momentos de memoriaTipos e momentos de memoria
Tipos e momentos de memoria
 
Teste perceptivo
Teste perceptivoTeste perceptivo
Teste perceptivo
 
Teorias da motivação
Teorias da motivaçãoTeorias da motivação
Teorias da motivação
 

Maslow e teoria da auto realização

  • 1. Psicologia A. Maslow e a teoria da auto-realização http://www.psicologia.org.br/internacional/pscl45.htm O psicólogo Abraham Maslow, já nosso conhecido, é muitas vezes considerado como o principal representante da psicologia humanista. Como ele próprio afirma, o seu objectivo é criar uma terceira força em psicologia, em alternativa à psicanálise e ao behaviorismo. Os seus estudos não partiram de indivíduos com perturbações, mas antes de pessoas saudáveis, criativas e auto-realizadas. Maslow lamenta que a psicologia não se dedique tanto a estudar a alegria, a exuberância e o amor como estuda a miséria, o conflito, a vergonha e a hostilidade. Ele acredita que há nas pessoas um "desejo de saúde" e um impulso forte para a actualização de todas as potencialidades. A personalidade do indivíduo é um crescendo. Ela vai-se moldando à medida que o meio e as condições de vida permitem a satisfação das suas necessidades, posto o que novas necessidades surgem no indivíduo, mas de ordem superior, e cuja satisfação possibilita o aparecimento de outras ainda mais elevadas. 1
  • 2. Este processo gradativo de realização pessoal assenta no postulado da disposição hierárquica das necessidades e na convicção de que os indivíduos só podem aspirar a objectivos mais elevados depois de saciarem completamente as suas carências actuais. Se o meio for propício e estimulante, a pessoa vai progredindo na sua formação até culminar com o desenvolvimento de uma personalidade própria das pessoas auto- realizadas. Maslow considera que uma pessoa auto-realizada apresenta, de uma maneira geral, um conjunto específico de características, as quais se mencionam no quadro seguinte: CARACTERÍSTICAS DAS PESSOAS AUTO-REALIZADAS 1. Percepcionam o mundo tal como ele é. 2. Aceitam-se a si próprias, aos outros e ao mundo com as incertezas e as ambiguidades inerentes. 3. Centram-se mais nos problemas do que em si próprias. 4.Têm grande espontaneidade. 5. São autónomas e independentes. 6. Valorizam a sua privacidade. 7. A apreciação que fazem das pessoas e das coisas é original e não estereotipada. 8. Têm poucos amigos íntimos, mas a relação é forte e profunda. 9. Identificam-se com a humanidade. 10. Os seus valores e atitudes são democráticos. 11. O seu sentido de humor é filosófico, sem hostilidade. 12. Não confundem meios com fins. 13. Têm grande criatividade. 14. Resistem ao conformismo social e cultural. 15. Estão disponíveis para novas experiências, incluindo as "experiências de pico”: (somos mais do que os nossos corpos físicos…) A. Maslow, Motivação e personalidade 2