SlideShare uma empresa Scribd logo
Laboratório do mundo invisível
 LABORATORIO DO MUNDO INVISIVEL- LIVRO
  Livro dos MÉDIUN CAP.VIII
         DOS
              Médiuns cap. VIII
Na Terra

  Antes de um artífice
  fabricar um objeto,
      concebe, no
pensamento, a forma, a
cor e as características
 desse mesmo objeto.


   Depois, reúne os
materiais necessários e
parte para a realização
       da obra
No plano espiritual




O processo se dá de outra maneira. O Espírito pensa na
forma, na cor e nas características do objeto que deseja
construir e, impulsionando o pensamento com a sua
vontade, terá o objeto pronto imediatamente, o qual
será visto, não só pelo fabricante, como por todos os
outros Espíritos.
PENSAMENTO E VONTADE




O pensamento é força criadora.

A vontade é força propulsora.

Por meio destas duas forças, os
Espíritos constroem tudo o que
desejam.

O Universo é seu laboratório.
Fluido Cósmico Universal
                  Fluido Cósmico Universal




Os fluidos espirituais, que constituem um dos estados do
fluido cósmico universal, são, a bem dizer, a atmosfera dos
seres espirituais; é o elemento onde eles colhem os
materiais com que operam; é o meio onde se passam os
fenômenos especiais, perceptíveis à vista e ao ouvido do
Espírito, e que escapam aos sentidos carnais,
impressionados só pela matéria tangível, onde se forma a
luz peculiar ao mundo espiritual, diferente da luz ordinária,
por sua causa e por seus efeitos; são, enfim, o veículo do
pensamento, como o ar e o veículo do som.
O pensamento e vontade

Os Espíritos agem sobre os
fluidos espirituais, não os
manipulando, como o homem
manipula os gases, mas com o
auxílio do pensamento e da
vontade.




                               O pensamento e a
                               vontade são para os
                               Espíritos o que a mão é
                               para o homem.
Fluido Cósmico apresenta-se em dois estados distintos:



1-Eterização  Imponderabilidade  fenômenos espirituais
/psiquicos
                  Sutil ñ se pode pesar

2-Materialização  Ponderabilidade  fenômenos materiais


1-Fenômenos espirituais regido por leis naturais alçada Espiritismo


2-Fenômenos materiais  regido por leis materiais  alçada Ciência
Fluido Cósmico Universal = 2 estados
                               (A Gênese cap. XIV )



1- Eterização                 Espíritos puros                   plano espiritual
Estado normal primitivo         FCU pureza absoluta
Imponderabilidade


                                                 Fluidos
                                                estado intermediário




2-Materialização                Homens                      atmosfera terrestre
    Ponderabilidade           FCU ponto oposto/mat. tangível
Fluidos
Pelo pensamento,
imprimem a esses fluidos
tais ou qual direção;
aglomeram-nos,
combinam-nos; e os
dispersam; com eles
formam conjuntos, tendo
uma aparência, uma
forma, uma cor
determinadas; mudam
as suas propriedades,
como o químico muda as
dos gases e de outros
corpos, combinando-os
segundo certas leis; são
o grande atelier ou o
laboratório da vida
espiritual. (A Gênese )
Transformações

Por depender da capacidade do pensamento e da
vontade, as formações fluídicas variam, conforme
os espíritos, e é feita consciente ou
inconscientemente



A ação dos espíritos sobre os fluidos pode
chegar a produzir, movimentar ou modificar
coisas no campo da matéria terrena. É o que se
chama de efeitos físicos.
(som. luz)
Fotografia do pensamento




                           Kardec nos diz:


                           “Há mais verdade
                           revelada nos
                           fluidos (invisíveis)
                           que nas fotografias
                           (visíveis).”
Visão Psíquica




Arquivo Mnemônico

R Espirita nº 6 junho de 1868
Revista

e
v
i
Os Objetos de onde Vem?
Os corpos inertes tem seu análogos
   etéreos no mundo invisivel ?
Manipulação de fluidos

Criação Divina  Fluido Cósmico Universal
Espíritos  Manipulam  Fluidos Espirituais


          Criação =/= Formação
         ( Deus)      (Espíritos)




     "O Espírito nada tira do nada”
Manipulação de fluidos

Formações  Transformações,combinações
           (Consciente,inconscientemente)

Dirigí-los    aglomerar,dispersar,conduzir
Combiná-los  entre si
Modificá-los  conferir-lhes outra propriedade

Espíritos superiores-  plasmam com liberdade
Capacidade,vontade,pensamento  produção
superior

Espíritos inferiores plasmam automaticamente
Capacidade fraca, perturbada  produção inferior
Pode, pois, dizer-se, com toda verdade, que há nesses fluidos ondas e raios de
 pensamento que se cruzam sem se confundir, como há no ar ondas e raios
             sonoros. (Revista Espírita, de Allan Kardec, n° 12, dezembro de 1864).

 Daí o cuidado que os Espíritos, encarnados e desencarnados, devem ter com as
idéias fixas e os maus pensamentos. Eles são vistos pelos habitantes do Mundo
          Espiritual e, muitas vezes, dão causa a pertinazes obsessões.
Pentecostes - Atos 2 : 16 - 17
No Livro dos Atos dos Apóstolos
(02-17-18 ), o apóstolo Pedro disse, no dia
do Pentecostes, relembrando aos
habitantes, judeus ou não, de Jerusalém
(ATOS ,02:14), as citações de um profeta
(Joel, 02:28-29):


“Nos últimos tempos, disse o Senhor,
derramarei o meu espírito sobre toda a
carne; os vossos filhos e filhas profetizarão,
os mancebos terão visões, e os velhos,
sonhos. E sobre os meus servos e sobre as
minhas servas derramarei do meu Espírito
naqueles dias, e profetizarão”.
O Céu e o Inferno” [5], “A Gênese” [6],
“Como vimos (cap. I, nº 32), coincidindo com outras circunstâncias, o
advento do Espiritismo realiza uma das mais importantes predições de
Jesus, pela influência que ele forçosamente tem de exercer sobre as ideias.
Ele se encontra, além disso, anunciado, em os Atos dos Apóstolos (...) É a
predição inequívoca da vulgarização da mediunidade, que presentemente
se revela em indivíduos de todas as idades, de ambos os sexos e de todas
as condições; a predição, por conseguinte, da manifestação universal dos
Espíritos, pois que sem os Espíritos não haveria médiuns. Isso, conforme
está dito, acontecerá nos últimos tempos; ora, visto que não chegamos ao
fim do mundo, mas, ao contrário, à época da sua regeneração, devemos
entender aquelas palavras como indicativas dos últimos tempos do mundo
moral que chega a seu termo.”
 Ainda em “A Gênese” [8], Kardec comenta sobre o Espiritismo trazer a
moral do Cristo, como tantas outras, “com a diferença de que,
manifestando-se por toda parte, tanto se fazem ouvir na choupana, como
no palácio, assim pelos ignorantes, como pelos instruídos”, elucidando o
versículo 18 do capítulo 2 de Atos dos Apóstolos.

Se o Espiritismo é o renascimento desse Cristianismo dos primeiros
tempos, então a popularização da mediunidade do Espiritismo, faculdade
essa que se manifestou de forma ampla no Pentecostes, é uma relação
possível de ser estabelecida entre o referido dia e a constatação do
intercâmbio e inspiração dos Espíritos, que a doutrina codificada por
Kardec nos ensina.
www.patriaespirita.blogspot.com 

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Sonambulismo, êxtase e dupla vista - Livro dos Espíritos - Allan Kardec
Sonambulismo, êxtase e dupla vista - Livro dos Espíritos - Allan KardecSonambulismo, êxtase e dupla vista - Livro dos Espíritos - Allan Kardec
Sonambulismo, êxtase e dupla vista - Livro dos Espíritos - Allan Kardec
marjoriestavismeyer
 
04 A categoria de médiuns de efeitos físicos
04   A categoria de médiuns de efeitos físicos04   A categoria de médiuns de efeitos físicos
04 A categoria de médiuns de efeitos físicos
jcevadro
 
Perispírito
PerispíritoPerispírito
Perispírito
Denise Aguiar
 
Esde módulo 05 - roteiro 02 - mediunidade e médium
Esde    módulo 05 - roteiro 02 - mediunidade e médiumEsde    módulo 05 - roteiro 02 - mediunidade e médium
Esde módulo 05 - roteiro 02 - mediunidade e médium
Elysio Laroide Lugarinho
 
Vida no mundo espiritual - O fenômeno da morte
Vida no mundo espiritual   - O fenômeno da morteVida no mundo espiritual   - O fenômeno da morte
Vida no mundo espiritual - O fenômeno da morte
Denise Aguiar
 
Roteiro 1 influência dos espíritos
Roteiro 1   influência dos espíritosRoteiro 1   influência dos espíritos
Roteiro 1 influência dos espíritos
Bruno Cechinel Filho
 
Aula o perispirito
Aula o perispiritoAula o perispirito
Aula o perispirito
duadv
 
Palestra ESE cap 8 bem aventurados puros
Palestra ESE cap 8 bem aventurados purosPalestra ESE cap 8 bem aventurados puros
Palestra ESE cap 8 bem aventurados puros
Tiburcio Santos
 
Retorno à Vida Corporal - planejamento reencarnatório.pptx
Retorno à Vida Corporal - planejamento reencarnatório.pptxRetorno à Vida Corporal - planejamento reencarnatório.pptx
Retorno à Vida Corporal - planejamento reencarnatório.pptx
Rosimeire Alves
 
Evangeliza - Mediunidade com Jesus
Evangeliza - Mediunidade com JesusEvangeliza - Mediunidade com Jesus
Evangeliza - Mediunidade com Jesus
Antonino Silva
 
Aula 6 - Classificação Mediúnica - Mediunidade de transporte
Aula 6 - Classificação Mediúnica - Mediunidade de transporteAula 6 - Classificação Mediúnica - Mediunidade de transporte
Aula 6 - Classificação Mediúnica - Mediunidade de transporte
Sergio Lima Dias Junior
 
Primeiro Módulo - Aula 15 - Emancipação da alma
Primeiro Módulo - Aula 15 - Emancipação da almaPrimeiro Módulo - Aula 15 - Emancipação da alma
Primeiro Módulo - Aula 15 - Emancipação da alma
CeiClarencio
 
Fluido Cósmico Universal
Fluido Cósmico UniversalFluido Cósmico Universal
Fluido Cósmico Universal
Marcos Bueno Sander
 
Esde módulo 03 - roteiro 01 - existência de deus
Esde    módulo 03 - roteiro 01 - existência de deusEsde    módulo 03 - roteiro 01 - existência de deus
Esde módulo 03 - roteiro 01 - existência de deus
Elysio Laroide Lugarinho
 
Perturbação espiritual. Vida no mundo espiritual
Perturbação espiritual. Vida no mundo espiritualPerturbação espiritual. Vida no mundo espiritual
Perturbação espiritual. Vida no mundo espiritual
Denise Aguiar
 
Caracteres da perfeição
Caracteres da perfeiçãoCaracteres da perfeição
Caracteres da perfeição
home
 
Origem e natureza do Espirito. Origem do espírito Parte 2
Origem e natureza do Espirito. Origem do espírito Parte 2Origem e natureza do Espirito. Origem do espírito Parte 2
Origem e natureza do Espirito. Origem do espírito Parte 2
Denise Aguiar
 
providência divina
providência divinaprovidência divina
providência divina
Denise Aguiar
 
Letargia, catalepsia e sonambulismo
Letargia, catalepsia e sonambulismoLetargia, catalepsia e sonambulismo
Letargia, catalepsia e sonambulismo
marjoriestavismeyer
 
Emancipação da Alma - Desdobramento
Emancipação da Alma - DesdobramentoEmancipação da Alma - Desdobramento
Emancipação da Alma - Desdobramento
contatodoutrina2013
 

Mais procurados (20)

Sonambulismo, êxtase e dupla vista - Livro dos Espíritos - Allan Kardec
Sonambulismo, êxtase e dupla vista - Livro dos Espíritos - Allan KardecSonambulismo, êxtase e dupla vista - Livro dos Espíritos - Allan Kardec
Sonambulismo, êxtase e dupla vista - Livro dos Espíritos - Allan Kardec
 
04 A categoria de médiuns de efeitos físicos
04   A categoria de médiuns de efeitos físicos04   A categoria de médiuns de efeitos físicos
04 A categoria de médiuns de efeitos físicos
 
Perispírito
PerispíritoPerispírito
Perispírito
 
Esde módulo 05 - roteiro 02 - mediunidade e médium
Esde    módulo 05 - roteiro 02 - mediunidade e médiumEsde    módulo 05 - roteiro 02 - mediunidade e médium
Esde módulo 05 - roteiro 02 - mediunidade e médium
 
Vida no mundo espiritual - O fenômeno da morte
Vida no mundo espiritual   - O fenômeno da morteVida no mundo espiritual   - O fenômeno da morte
Vida no mundo espiritual - O fenômeno da morte
 
Roteiro 1 influência dos espíritos
Roteiro 1   influência dos espíritosRoteiro 1   influência dos espíritos
Roteiro 1 influência dos espíritos
 
Aula o perispirito
Aula o perispiritoAula o perispirito
Aula o perispirito
 
Palestra ESE cap 8 bem aventurados puros
Palestra ESE cap 8 bem aventurados purosPalestra ESE cap 8 bem aventurados puros
Palestra ESE cap 8 bem aventurados puros
 
Retorno à Vida Corporal - planejamento reencarnatório.pptx
Retorno à Vida Corporal - planejamento reencarnatório.pptxRetorno à Vida Corporal - planejamento reencarnatório.pptx
Retorno à Vida Corporal - planejamento reencarnatório.pptx
 
Evangeliza - Mediunidade com Jesus
Evangeliza - Mediunidade com JesusEvangeliza - Mediunidade com Jesus
Evangeliza - Mediunidade com Jesus
 
Aula 6 - Classificação Mediúnica - Mediunidade de transporte
Aula 6 - Classificação Mediúnica - Mediunidade de transporteAula 6 - Classificação Mediúnica - Mediunidade de transporte
Aula 6 - Classificação Mediúnica - Mediunidade de transporte
 
Primeiro Módulo - Aula 15 - Emancipação da alma
Primeiro Módulo - Aula 15 - Emancipação da almaPrimeiro Módulo - Aula 15 - Emancipação da alma
Primeiro Módulo - Aula 15 - Emancipação da alma
 
Fluido Cósmico Universal
Fluido Cósmico UniversalFluido Cósmico Universal
Fluido Cósmico Universal
 
Esde módulo 03 - roteiro 01 - existência de deus
Esde    módulo 03 - roteiro 01 - existência de deusEsde    módulo 03 - roteiro 01 - existência de deus
Esde módulo 03 - roteiro 01 - existência de deus
 
Perturbação espiritual. Vida no mundo espiritual
Perturbação espiritual. Vida no mundo espiritualPerturbação espiritual. Vida no mundo espiritual
Perturbação espiritual. Vida no mundo espiritual
 
Caracteres da perfeição
Caracteres da perfeiçãoCaracteres da perfeição
Caracteres da perfeição
 
Origem e natureza do Espirito. Origem do espírito Parte 2
Origem e natureza do Espirito. Origem do espírito Parte 2Origem e natureza do Espirito. Origem do espírito Parte 2
Origem e natureza do Espirito. Origem do espírito Parte 2
 
providência divina
providência divinaprovidência divina
providência divina
 
Letargia, catalepsia e sonambulismo
Letargia, catalepsia e sonambulismoLetargia, catalepsia e sonambulismo
Letargia, catalepsia e sonambulismo
 
Emancipação da Alma - Desdobramento
Emancipação da Alma - DesdobramentoEmancipação da Alma - Desdobramento
Emancipação da Alma - Desdobramento
 

Destaque

Laboratório do mundo invisível
Laboratório do mundo invisívelLaboratório do mundo invisível
Laboratório do mundo invisível
Wilma Badan C.G.
 
08 resumo corpos
08 resumo corpos08 resumo corpos
Espiritismo e mediunidade 08
Espiritismo e mediunidade 08Espiritismo e mediunidade 08
Espiritismo e mediunidade 08
Leonardo Pereira
 
Natureza das Reuniões Mediúnicas
Natureza das Reuniões MediúnicasNatureza das Reuniões Mediúnicas
Natureza das Reuniões Mediúnicas
Prof. Paulo Ratki
 
MANIFESTAÇÕES FÍSICAS ESPONTÂNEAS
MANIFESTAÇÕES FÍSICAS ESPONTÂNEASMANIFESTAÇÕES FÍSICAS ESPONTÂNEAS
MANIFESTAÇÕES FÍSICAS ESPONTÂNEAS
Jorge Luiz dos Santos
 
Olm 100825-manif.visuais-bicorpor.e transf
Olm 100825-manif.visuais-bicorpor.e transfOlm 100825-manif.visuais-bicorpor.e transf
Olm 100825-manif.visuais-bicorpor.e transf
Carlos Alberto Freire De Souza
 
6ª aula manifestaçoes visuais - coem
6ª aula   manifestaçoes visuais - coem6ª aula   manifestaçoes visuais - coem
6ª aula manifestaçoes visuais - coem
Wagner Quadros
 
Estudo Sistematizado da Mediunidade
Estudo Sistematizado da Mediunidade Estudo Sistematizado da Mediunidade
Estudo Sistematizado da Mediunidade
Leonardo Pereira
 
O transe mediúnico psicofonia, psicografia, vicência e audiência
O transe mediúnico   psicofonia, psicografia, vicência e audiênciaO transe mediúnico   psicofonia, psicografia, vicência e audiência
O transe mediúnico psicofonia, psicografia, vicência e audiência
Wilma Badan C.G.
 
Prática 7 percepção e análise dos fluidos
Prática 7   percepção e análise dos fluidosPrática 7   percepção e análise dos fluidos
Prática 7 percepção e análise dos fluidos
Carolina Bernardes
 
Quarto Módulo - 7ª aula psicofonia
Quarto Módulo - 7ª aula psicofoniaQuarto Módulo - 7ª aula psicofonia
Quarto Módulo - 7ª aula psicofonia
CeiClarencio
 
Entendendo a Classificação Mediúnica
Entendendo a Classificação MediúnicaEntendendo a Classificação Mediúnica
Entendendo a Classificação Mediúnica
Sergio Lima Dias Junior
 
Mediunidade
MediunidadeMediunidade
Mediunidade
Maria Alice Sannini
 
Mocidade Espírita Chico Xavier - Transfiguração
Mocidade Espírita Chico Xavier - TransfiguraçãoMocidade Espírita Chico Xavier - Transfiguração
Mocidade Espírita Chico Xavier - Transfiguração
Sergio Lima Dias Junior
 
Seminário Médiuns obsediados
Seminário Médiuns obsediadosSeminário Médiuns obsediados
Seminário Médiuns obsediados
Leonardo Pereira
 
Evangeliza - O Egoísmo
Evangeliza - O EgoísmoEvangeliza - O Egoísmo
Evangeliza - O Egoísmo
Antonino Silva
 
Psicofonia
PsicofoniaPsicofonia
Psicofonia
paikachambi
 
Desperte e seja feliz!
Desperte e seja feliz!Desperte e seja feliz!
Desperte e seja feliz!
Leonardo Pereira
 
Mediunidade
MediunidadeMediunidade
Mediunidade
Kleber Galo
 
Aula 01 resumão de arquivologia p mpu - técnico administrativo
Aula 01  resumão de arquivologia p mpu - técnico administrativoAula 01  resumão de arquivologia p mpu - técnico administrativo
Aula 01 resumão de arquivologia p mpu - técnico administrativo
gigra
 

Destaque (20)

Laboratório do mundo invisível
Laboratório do mundo invisívelLaboratório do mundo invisível
Laboratório do mundo invisível
 
08 resumo corpos
08 resumo corpos08 resumo corpos
08 resumo corpos
 
Espiritismo e mediunidade 08
Espiritismo e mediunidade 08Espiritismo e mediunidade 08
Espiritismo e mediunidade 08
 
Natureza das Reuniões Mediúnicas
Natureza das Reuniões MediúnicasNatureza das Reuniões Mediúnicas
Natureza das Reuniões Mediúnicas
 
MANIFESTAÇÕES FÍSICAS ESPONTÂNEAS
MANIFESTAÇÕES FÍSICAS ESPONTÂNEASMANIFESTAÇÕES FÍSICAS ESPONTÂNEAS
MANIFESTAÇÕES FÍSICAS ESPONTÂNEAS
 
Olm 100825-manif.visuais-bicorpor.e transf
Olm 100825-manif.visuais-bicorpor.e transfOlm 100825-manif.visuais-bicorpor.e transf
Olm 100825-manif.visuais-bicorpor.e transf
 
6ª aula manifestaçoes visuais - coem
6ª aula   manifestaçoes visuais - coem6ª aula   manifestaçoes visuais - coem
6ª aula manifestaçoes visuais - coem
 
Estudo Sistematizado da Mediunidade
Estudo Sistematizado da Mediunidade Estudo Sistematizado da Mediunidade
Estudo Sistematizado da Mediunidade
 
O transe mediúnico psicofonia, psicografia, vicência e audiência
O transe mediúnico   psicofonia, psicografia, vicência e audiênciaO transe mediúnico   psicofonia, psicografia, vicência e audiência
O transe mediúnico psicofonia, psicografia, vicência e audiência
 
Prática 7 percepção e análise dos fluidos
Prática 7   percepção e análise dos fluidosPrática 7   percepção e análise dos fluidos
Prática 7 percepção e análise dos fluidos
 
Quarto Módulo - 7ª aula psicofonia
Quarto Módulo - 7ª aula psicofoniaQuarto Módulo - 7ª aula psicofonia
Quarto Módulo - 7ª aula psicofonia
 
Entendendo a Classificação Mediúnica
Entendendo a Classificação MediúnicaEntendendo a Classificação Mediúnica
Entendendo a Classificação Mediúnica
 
Mediunidade
MediunidadeMediunidade
Mediunidade
 
Mocidade Espírita Chico Xavier - Transfiguração
Mocidade Espírita Chico Xavier - TransfiguraçãoMocidade Espírita Chico Xavier - Transfiguração
Mocidade Espírita Chico Xavier - Transfiguração
 
Seminário Médiuns obsediados
Seminário Médiuns obsediadosSeminário Médiuns obsediados
Seminário Médiuns obsediados
 
Evangeliza - O Egoísmo
Evangeliza - O EgoísmoEvangeliza - O Egoísmo
Evangeliza - O Egoísmo
 
Psicofonia
PsicofoniaPsicofonia
Psicofonia
 
Desperte e seja feliz!
Desperte e seja feliz!Desperte e seja feliz!
Desperte e seja feliz!
 
Mediunidade
MediunidadeMediunidade
Mediunidade
 
Aula 01 resumão de arquivologia p mpu - técnico administrativo
Aula 01  resumão de arquivologia p mpu - técnico administrativoAula 01  resumão de arquivologia p mpu - técnico administrativo
Aula 01 resumão de arquivologia p mpu - técnico administrativo
 

Semelhante a Laboratorio do mundo invisivel

O Perispirito
O PerispiritoO Perispirito
O Perispirito
Ceile Bernardo
 
Principio vital
Principio vitalPrincipio vital
Principio vital
Euzebio Raimundo da Silva
 
Terceiro Módulo - 11ª aula - O fluido cósmico (ou universal) e seus derivados
Terceiro Módulo - 11ª aula - O fluido cósmico (ou universal) e seus derivadosTerceiro Módulo - 11ª aula - O fluido cósmico (ou universal) e seus derivados
Terceiro Módulo - 11ª aula - O fluido cósmico (ou universal) e seus derivados
CeiClarencio
 
O Perispírito
O PerispíritoO Perispírito
O Perispírito
hamletcrs
 
Fluidos e perispírito
Fluidos e perispíritoFluidos e perispírito
Fluidos e perispírito
Marillac Nogueira
 
Fluidos e perispirito-rosana_c
Fluidos e perispirito-rosana_cFluidos e perispirito-rosana_c
Fluidos e perispirito-rosana_c
carlos freire
 
Mecanismo das comunicações - Afinidade - Sintonia
Mecanismo das comunicações - Afinidade  - SintoniaMecanismo das comunicações - Afinidade  - Sintonia
Mecanismo das comunicações - Afinidade - Sintonia
jcevadro
 
Espiritismo e mediunidade 05
Espiritismo e mediunidade 05Espiritismo e mediunidade 05
Espiritismo e mediunidade 05
Leonardo Pereira
 
Formas pensamento
Formas pensamentoFormas pensamento
Formas pensamento
Wagner Júnior
 
Espírito , Materia e Fluidos - Kardec - Espiritismo
Espírito , Materia e Fluidos - Kardec - EspiritismoEspírito , Materia e Fluidos - Kardec - Espiritismo
Espírito , Materia e Fluidos - Kardec - Espiritismo
ssusere70e46
 
Aula - Fluido Cósmico Universal - Rosana De Rosa
Aula - Fluido Cósmico Universal - Rosana De RosaAula - Fluido Cósmico Universal - Rosana De Rosa
Aula - Fluido Cósmico Universal - Rosana De Rosa
Rosana De Rosa
 
Mediunidade efeitos físicos e intelectuais
Mediunidade efeitos físicos e intelectuaisMediunidade efeitos físicos e intelectuais
Mediunidade efeitos físicos e intelectuais
KATIA MARIA FARAH V DA SILVA
 
Roteiro 2 elementos gerais do universo - matéria e espírito
Roteiro 2   elementos gerais do universo - matéria e espíritoRoteiro 2   elementos gerais do universo - matéria e espírito
Roteiro 2 elementos gerais do universo - matéria e espírito
Bruno Cechinel Filho
 
Curso de-passe-2012-aula-1-29.09.12
Curso de-passe-2012-aula-1-29.09.12Curso de-passe-2012-aula-1-29.09.12
Curso de-passe-2012-aula-1-29.09.12
José Augusto Vieira
 
Criações fluídicas
Criações fluídicasCriações fluídicas
Criações fluídicas
Marcelo Noronha
 
Corpo, alma e espírito!
Corpo, alma e espírito!Corpo, alma e espírito!
Corpo, alma e espírito!
Leonardo Pereira
 
Perispírito - Aula1
Perispírito - Aula1Perispírito - Aula1
Perispírito - Aula1
SimoneGAP
 
Funesdoperespirito 151017123618-lva1-app6892
Funesdoperespirito 151017123618-lva1-app6892Funesdoperespirito 151017123618-lva1-app6892
Funesdoperespirito 151017123618-lva1-app6892
Carlos Alberto Freire De Souza
 
Fluido
FluidoFluido
Fluido
Gerson Alves
 
Fluidos e Perispírito
Fluidos e PerispíritoFluidos e Perispírito
Fluidos e Perispírito
igmateus
 

Semelhante a Laboratorio do mundo invisivel (20)

O Perispirito
O PerispiritoO Perispirito
O Perispirito
 
Principio vital
Principio vitalPrincipio vital
Principio vital
 
Terceiro Módulo - 11ª aula - O fluido cósmico (ou universal) e seus derivados
Terceiro Módulo - 11ª aula - O fluido cósmico (ou universal) e seus derivadosTerceiro Módulo - 11ª aula - O fluido cósmico (ou universal) e seus derivados
Terceiro Módulo - 11ª aula - O fluido cósmico (ou universal) e seus derivados
 
O Perispírito
O PerispíritoO Perispírito
O Perispírito
 
Fluidos e perispírito
Fluidos e perispíritoFluidos e perispírito
Fluidos e perispírito
 
Fluidos e perispirito-rosana_c
Fluidos e perispirito-rosana_cFluidos e perispirito-rosana_c
Fluidos e perispirito-rosana_c
 
Mecanismo das comunicações - Afinidade - Sintonia
Mecanismo das comunicações - Afinidade  - SintoniaMecanismo das comunicações - Afinidade  - Sintonia
Mecanismo das comunicações - Afinidade - Sintonia
 
Espiritismo e mediunidade 05
Espiritismo e mediunidade 05Espiritismo e mediunidade 05
Espiritismo e mediunidade 05
 
Formas pensamento
Formas pensamentoFormas pensamento
Formas pensamento
 
Espírito , Materia e Fluidos - Kardec - Espiritismo
Espírito , Materia e Fluidos - Kardec - EspiritismoEspírito , Materia e Fluidos - Kardec - Espiritismo
Espírito , Materia e Fluidos - Kardec - Espiritismo
 
Aula - Fluido Cósmico Universal - Rosana De Rosa
Aula - Fluido Cósmico Universal - Rosana De RosaAula - Fluido Cósmico Universal - Rosana De Rosa
Aula - Fluido Cósmico Universal - Rosana De Rosa
 
Mediunidade efeitos físicos e intelectuais
Mediunidade efeitos físicos e intelectuaisMediunidade efeitos físicos e intelectuais
Mediunidade efeitos físicos e intelectuais
 
Roteiro 2 elementos gerais do universo - matéria e espírito
Roteiro 2   elementos gerais do universo - matéria e espíritoRoteiro 2   elementos gerais do universo - matéria e espírito
Roteiro 2 elementos gerais do universo - matéria e espírito
 
Curso de-passe-2012-aula-1-29.09.12
Curso de-passe-2012-aula-1-29.09.12Curso de-passe-2012-aula-1-29.09.12
Curso de-passe-2012-aula-1-29.09.12
 
Criações fluídicas
Criações fluídicasCriações fluídicas
Criações fluídicas
 
Corpo, alma e espírito!
Corpo, alma e espírito!Corpo, alma e espírito!
Corpo, alma e espírito!
 
Perispírito - Aula1
Perispírito - Aula1Perispírito - Aula1
Perispírito - Aula1
 
Funesdoperespirito 151017123618-lva1-app6892
Funesdoperespirito 151017123618-lva1-app6892Funesdoperespirito 151017123618-lva1-app6892
Funesdoperespirito 151017123618-lva1-app6892
 
Fluido
FluidoFluido
Fluido
 
Fluidos e Perispírito
Fluidos e PerispíritoFluidos e Perispírito
Fluidos e Perispírito
 

Mais de Ceile Bernardo

Atos dos apostolos
Atos dos apostolosAtos dos apostolos
Atos dos apostolos
Ceile Bernardo
 
Aula intervencao dos espiritos no mundo fisico
Aula   intervencao dos espiritos no mundo fisicoAula   intervencao dos espiritos no mundo fisico
Aula intervencao dos espiritos no mundo fisico
Ceile Bernardo
 
Aula - Estou de luto
Aula -  Estou de lutoAula -  Estou de luto
Aula - Estou de luto
Ceile Bernardo
 
Aula a lei do amor
Aula   a  lei do amorAula   a  lei do amor
Aula a lei do amor
Ceile Bernardo
 
Aula bem aventurados os pobres de espirito
Aula   bem aventurados os pobres de espiritoAula   bem aventurados os pobres de espirito
Aula bem aventurados os pobres de espirito
Ceile Bernardo
 
Aula Perfeição Moral
Aula  Perfeição MoralAula  Perfeição Moral
Aula Perfeição Moral
Ceile Bernardo
 
Aula Lei de Conservação
Aula  Lei de ConservaçãoAula  Lei de Conservação
Aula Lei de Conservação
Ceile Bernardo
 
Aula otimismo e fé
Aula  otimismo e féAula  otimismo e fé
Aula otimismo e fé
Ceile Bernardo
 
Aula Vida Espirita
Aula Vida EspiritaAula Vida Espirita
Aula Vida Espirita
Ceile Bernardo
 
Lei de Reprodução
Lei de ReproduçãoLei de Reprodução
Lei de Reprodução
Ceile Bernardo
 
Principio Vital
Principio VitalPrincipio Vital
Principio Vital
Ceile Bernardo
 
O homem o Perispirito a Evolução
O homem o Perispirito a EvoluçãoO homem o Perispirito a Evolução
O homem o Perispirito a Evolução
Ceile Bernardo
 
Preconceito
Preconceito Preconceito
Preconceito
Ceile Bernardo
 
Historia do espiritismo
Historia do espiritismo Historia do espiritismo
Historia do espiritismo
Ceile Bernardo
 
Historia do espiritismo
Historia do espiritismoHistoria do espiritismo
Historia do espiritismo
Ceile Bernardo
 
Viajores da Eternidade
Viajores da EternidadeViajores da Eternidade
Viajores da Eternidade
Ceile Bernardo
 
Curso de Entrevistadores - Sexualidade
Curso de Entrevistadores - SexualidadeCurso de Entrevistadores - Sexualidade
Curso de Entrevistadores - Sexualidade
Ceile Bernardo
 
Deus video.
Deus video.Deus video.
Deus video.
Ceile Bernardo
 
Elementos gerais do universo video
Elementos gerais do universo videoElementos gerais do universo video
Elementos gerais do universo video
Ceile Bernardo
 
Fé e Obras
Fé e Obras Fé e Obras
Fé e Obras
Ceile Bernardo
 

Mais de Ceile Bernardo (20)

Atos dos apostolos
Atos dos apostolosAtos dos apostolos
Atos dos apostolos
 
Aula intervencao dos espiritos no mundo fisico
Aula   intervencao dos espiritos no mundo fisicoAula   intervencao dos espiritos no mundo fisico
Aula intervencao dos espiritos no mundo fisico
 
Aula - Estou de luto
Aula -  Estou de lutoAula -  Estou de luto
Aula - Estou de luto
 
Aula a lei do amor
Aula   a  lei do amorAula   a  lei do amor
Aula a lei do amor
 
Aula bem aventurados os pobres de espirito
Aula   bem aventurados os pobres de espiritoAula   bem aventurados os pobres de espirito
Aula bem aventurados os pobres de espirito
 
Aula Perfeição Moral
Aula  Perfeição MoralAula  Perfeição Moral
Aula Perfeição Moral
 
Aula Lei de Conservação
Aula  Lei de ConservaçãoAula  Lei de Conservação
Aula Lei de Conservação
 
Aula otimismo e fé
Aula  otimismo e féAula  otimismo e fé
Aula otimismo e fé
 
Aula Vida Espirita
Aula Vida EspiritaAula Vida Espirita
Aula Vida Espirita
 
Lei de Reprodução
Lei de ReproduçãoLei de Reprodução
Lei de Reprodução
 
Principio Vital
Principio VitalPrincipio Vital
Principio Vital
 
O homem o Perispirito a Evolução
O homem o Perispirito a EvoluçãoO homem o Perispirito a Evolução
O homem o Perispirito a Evolução
 
Preconceito
Preconceito Preconceito
Preconceito
 
Historia do espiritismo
Historia do espiritismo Historia do espiritismo
Historia do espiritismo
 
Historia do espiritismo
Historia do espiritismoHistoria do espiritismo
Historia do espiritismo
 
Viajores da Eternidade
Viajores da EternidadeViajores da Eternidade
Viajores da Eternidade
 
Curso de Entrevistadores - Sexualidade
Curso de Entrevistadores - SexualidadeCurso de Entrevistadores - Sexualidade
Curso de Entrevistadores - Sexualidade
 
Deus video.
Deus video.Deus video.
Deus video.
 
Elementos gerais do universo video
Elementos gerais do universo videoElementos gerais do universo video
Elementos gerais do universo video
 
Fé e Obras
Fé e Obras Fé e Obras
Fé e Obras
 

Último

A CRUZ DE CRISTO- ELE MORREU PARA NOS SALVAE.pptx
A CRUZ DE CRISTO-  ELE MORREU PARA NOS SALVAE.pptxA CRUZ DE CRISTO-  ELE MORREU PARA NOS SALVAE.pptx
A CRUZ DE CRISTO- ELE MORREU PARA NOS SALVAE.pptx
JonasRibeiro61
 
Bíblia Sagrada - Odabias - slides powerpoint.pptx
Bíblia Sagrada - Odabias - slides powerpoint.pptxBíblia Sagrada - Odabias - slides powerpoint.pptx
Bíblia Sagrada - Odabias - slides powerpoint.pptx
Igreja Jesus é o Verbo
 
Bíblia Sagrada - Jonas - slides testamento3 (1).pptx
Bíblia Sagrada - Jonas - slides testamento3 (1).pptxBíblia Sagrada - Jonas - slides testamento3 (1).pptx
Bíblia Sagrada - Jonas - slides testamento3 (1).pptx
Igreja Jesus é o Verbo
 
Habacuque.docx estudo bíblico, conhecimento
Habacuque.docx estudo bíblico, conhecimentoHabacuque.docx estudo bíblico, conhecimento
Habacuque.docx estudo bíblico, conhecimento
ayronleonardo
 
Lição 10 - Desenvolvendo Uma Consciência de Santidade.pptx
Lição 10 - Desenvolvendo Uma Consciência de Santidade.pptxLição 10 - Desenvolvendo Uma Consciência de Santidade.pptx
Lição 10 - Desenvolvendo Uma Consciência de Santidade.pptx
Celso Napoleon
 
DIDÁTICA MAGNA DE COMENIUS COM COMENTÁRIOS
DIDÁTICA MAGNA DE COMENIUS COM COMENTÁRIOSDIDÁTICA MAGNA DE COMENIUS COM COMENTÁRIOS
DIDÁTICA MAGNA DE COMENIUS COM COMENTÁRIOS
ESCRIBA DE CRISTO
 
O-livro-de-Jasher-O-Justo, the book of jasher.pdf
O-livro-de-Jasher-O-Justo, the book of jasher.pdfO-livro-de-Jasher-O-Justo, the book of jasher.pdf
O-livro-de-Jasher-O-Justo, the book of jasher.pdf
WELITONNOGUEIRA3
 
Escola de A E Aula 96 Evolução Animica
Escola de A E Aula 96 Evolução AnimicaEscola de A E Aula 96 Evolução Animica
Escola de A E Aula 96 Evolução Animica
AlessandroSanches8
 
DIDASCALIA APOSTOLORUM [ HISTÓRIA DO CRISTIANISMO]
DIDASCALIA APOSTOLORUM [ HISTÓRIA DO CRISTIANISMO]DIDASCALIA APOSTOLORUM [ HISTÓRIA DO CRISTIANISMO]
DIDASCALIA APOSTOLORUM [ HISTÓRIA DO CRISTIANISMO]
ESCRIBA DE CRISTO
 
Oração Para Pedir Bênçãos Aos Agricultores
Oração Para Pedir Bênçãos Aos AgricultoresOração Para Pedir Bênçãos Aos Agricultores
Oração Para Pedir Bênçãos Aos Agricultores
Nilson Almeida
 
1984 DE GEORGE ORWELL ILUSTRADO E COMENTADO
1984 DE GEORGE ORWELL ILUSTRADO E COMENTADO1984 DE GEORGE ORWELL ILUSTRADO E COMENTADO
1984 DE GEORGE ORWELL ILUSTRADO E COMENTADO
ESCRIBA DE CRISTO
 
JERÔNIMO DE BELÉM DA JUDÉIA [TERRA SANTA]
JERÔNIMO DE BELÉM DA JUDÉIA [TERRA SANTA]JERÔNIMO DE BELÉM DA JUDÉIA [TERRA SANTA]
JERÔNIMO DE BELÉM DA JUDÉIA [TERRA SANTA]
ESCRIBA DE CRISTO
 
Malleus Maleficarum: o martelo das bruxas
Malleus Maleficarum: o martelo das bruxasMalleus Maleficarum: o martelo das bruxas
Malleus Maleficarum: o martelo das bruxas
Lourhana
 
Lição 11 - A Realidade Bíblica do Inferno.pptx
Lição 11 - A Realidade Bíblica do Inferno.pptxLição 11 - A Realidade Bíblica do Inferno.pptx
Lição 11 - A Realidade Bíblica do Inferno.pptx
Celso Napoleon
 
MUSEU EGÍPCIO DO CAIRO [MUSEOLOGIA]
MUSEU EGÍPCIO DO CAIRO      [MUSEOLOGIA]MUSEU EGÍPCIO DO CAIRO      [MUSEOLOGIA]
MUSEU EGÍPCIO DO CAIRO [MUSEOLOGIA]
ESCRIBA DE CRISTO
 
CRISTO E EU [MENSAGEM DE CHARLES SPURGEON]
CRISTO E EU [MENSAGEM DE CHARLES SPURGEON]CRISTO E EU [MENSAGEM DE CHARLES SPURGEON]
CRISTO E EU [MENSAGEM DE CHARLES SPURGEON]
ESCRIBA DE CRISTO
 

Último (16)

A CRUZ DE CRISTO- ELE MORREU PARA NOS SALVAE.pptx
A CRUZ DE CRISTO-  ELE MORREU PARA NOS SALVAE.pptxA CRUZ DE CRISTO-  ELE MORREU PARA NOS SALVAE.pptx
A CRUZ DE CRISTO- ELE MORREU PARA NOS SALVAE.pptx
 
Bíblia Sagrada - Odabias - slides powerpoint.pptx
Bíblia Sagrada - Odabias - slides powerpoint.pptxBíblia Sagrada - Odabias - slides powerpoint.pptx
Bíblia Sagrada - Odabias - slides powerpoint.pptx
 
Bíblia Sagrada - Jonas - slides testamento3 (1).pptx
Bíblia Sagrada - Jonas - slides testamento3 (1).pptxBíblia Sagrada - Jonas - slides testamento3 (1).pptx
Bíblia Sagrada - Jonas - slides testamento3 (1).pptx
 
Habacuque.docx estudo bíblico, conhecimento
Habacuque.docx estudo bíblico, conhecimentoHabacuque.docx estudo bíblico, conhecimento
Habacuque.docx estudo bíblico, conhecimento
 
Lição 10 - Desenvolvendo Uma Consciência de Santidade.pptx
Lição 10 - Desenvolvendo Uma Consciência de Santidade.pptxLição 10 - Desenvolvendo Uma Consciência de Santidade.pptx
Lição 10 - Desenvolvendo Uma Consciência de Santidade.pptx
 
DIDÁTICA MAGNA DE COMENIUS COM COMENTÁRIOS
DIDÁTICA MAGNA DE COMENIUS COM COMENTÁRIOSDIDÁTICA MAGNA DE COMENIUS COM COMENTÁRIOS
DIDÁTICA MAGNA DE COMENIUS COM COMENTÁRIOS
 
O-livro-de-Jasher-O-Justo, the book of jasher.pdf
O-livro-de-Jasher-O-Justo, the book of jasher.pdfO-livro-de-Jasher-O-Justo, the book of jasher.pdf
O-livro-de-Jasher-O-Justo, the book of jasher.pdf
 
Escola de A E Aula 96 Evolução Animica
Escola de A E Aula 96 Evolução AnimicaEscola de A E Aula 96 Evolução Animica
Escola de A E Aula 96 Evolução Animica
 
DIDASCALIA APOSTOLORUM [ HISTÓRIA DO CRISTIANISMO]
DIDASCALIA APOSTOLORUM [ HISTÓRIA DO CRISTIANISMO]DIDASCALIA APOSTOLORUM [ HISTÓRIA DO CRISTIANISMO]
DIDASCALIA APOSTOLORUM [ HISTÓRIA DO CRISTIANISMO]
 
Oração Para Pedir Bênçãos Aos Agricultores
Oração Para Pedir Bênçãos Aos AgricultoresOração Para Pedir Bênçãos Aos Agricultores
Oração Para Pedir Bênçãos Aos Agricultores
 
1984 DE GEORGE ORWELL ILUSTRADO E COMENTADO
1984 DE GEORGE ORWELL ILUSTRADO E COMENTADO1984 DE GEORGE ORWELL ILUSTRADO E COMENTADO
1984 DE GEORGE ORWELL ILUSTRADO E COMENTADO
 
JERÔNIMO DE BELÉM DA JUDÉIA [TERRA SANTA]
JERÔNIMO DE BELÉM DA JUDÉIA [TERRA SANTA]JERÔNIMO DE BELÉM DA JUDÉIA [TERRA SANTA]
JERÔNIMO DE BELÉM DA JUDÉIA [TERRA SANTA]
 
Malleus Maleficarum: o martelo das bruxas
Malleus Maleficarum: o martelo das bruxasMalleus Maleficarum: o martelo das bruxas
Malleus Maleficarum: o martelo das bruxas
 
Lição 11 - A Realidade Bíblica do Inferno.pptx
Lição 11 - A Realidade Bíblica do Inferno.pptxLição 11 - A Realidade Bíblica do Inferno.pptx
Lição 11 - A Realidade Bíblica do Inferno.pptx
 
MUSEU EGÍPCIO DO CAIRO [MUSEOLOGIA]
MUSEU EGÍPCIO DO CAIRO      [MUSEOLOGIA]MUSEU EGÍPCIO DO CAIRO      [MUSEOLOGIA]
MUSEU EGÍPCIO DO CAIRO [MUSEOLOGIA]
 
CRISTO E EU [MENSAGEM DE CHARLES SPURGEON]
CRISTO E EU [MENSAGEM DE CHARLES SPURGEON]CRISTO E EU [MENSAGEM DE CHARLES SPURGEON]
CRISTO E EU [MENSAGEM DE CHARLES SPURGEON]
 

Laboratorio do mundo invisivel

  • 1. Laboratório do mundo invisível LABORATORIO DO MUNDO INVISIVEL- LIVRO Livro dos MÉDIUN CAP.VIII DOS Médiuns cap. VIII
  • 2. Na Terra Antes de um artífice fabricar um objeto, concebe, no pensamento, a forma, a cor e as características desse mesmo objeto. Depois, reúne os materiais necessários e parte para a realização da obra
  • 3. No plano espiritual O processo se dá de outra maneira. O Espírito pensa na forma, na cor e nas características do objeto que deseja construir e, impulsionando o pensamento com a sua vontade, terá o objeto pronto imediatamente, o qual será visto, não só pelo fabricante, como por todos os outros Espíritos.
  • 4. PENSAMENTO E VONTADE O pensamento é força criadora. A vontade é força propulsora. Por meio destas duas forças, os Espíritos constroem tudo o que desejam. O Universo é seu laboratório.
  • 5. Fluido Cósmico Universal Fluido Cósmico Universal Os fluidos espirituais, que constituem um dos estados do fluido cósmico universal, são, a bem dizer, a atmosfera dos seres espirituais; é o elemento onde eles colhem os materiais com que operam; é o meio onde se passam os fenômenos especiais, perceptíveis à vista e ao ouvido do Espírito, e que escapam aos sentidos carnais, impressionados só pela matéria tangível, onde se forma a luz peculiar ao mundo espiritual, diferente da luz ordinária, por sua causa e por seus efeitos; são, enfim, o veículo do pensamento, como o ar e o veículo do som.
  • 6. O pensamento e vontade Os Espíritos agem sobre os fluidos espirituais, não os manipulando, como o homem manipula os gases, mas com o auxílio do pensamento e da vontade. O pensamento e a vontade são para os Espíritos o que a mão é para o homem.
  • 7. Fluido Cósmico apresenta-se em dois estados distintos: 1-Eterização  Imponderabilidade  fenômenos espirituais /psiquicos Sutil ñ se pode pesar 2-Materialização  Ponderabilidade  fenômenos materiais 1-Fenômenos espirituais regido por leis naturais alçada Espiritismo 2-Fenômenos materiais  regido por leis materiais  alçada Ciência
  • 8. Fluido Cósmico Universal = 2 estados (A Gênese cap. XIV ) 1- Eterização  Espíritos puros  plano espiritual Estado normal primitivo FCU pureza absoluta Imponderabilidade Fluidos estado intermediário 2-Materialização  Homens  atmosfera terrestre Ponderabilidade FCU ponto oposto/mat. tangível
  • 9. Fluidos Pelo pensamento, imprimem a esses fluidos tais ou qual direção; aglomeram-nos, combinam-nos; e os dispersam; com eles formam conjuntos, tendo uma aparência, uma forma, uma cor determinadas; mudam as suas propriedades, como o químico muda as dos gases e de outros corpos, combinando-os segundo certas leis; são o grande atelier ou o laboratório da vida espiritual. (A Gênese )
  • 10. Transformações Por depender da capacidade do pensamento e da vontade, as formações fluídicas variam, conforme os espíritos, e é feita consciente ou inconscientemente A ação dos espíritos sobre os fluidos pode chegar a produzir, movimentar ou modificar coisas no campo da matéria terrena. É o que se chama de efeitos físicos. (som. luz)
  • 11. Fotografia do pensamento Kardec nos diz: “Há mais verdade revelada nos fluidos (invisíveis) que nas fotografias (visíveis).”
  • 12. Visão Psíquica Arquivo Mnemônico R Espirita nº 6 junho de 1868 Revista e v i
  • 13. Os Objetos de onde Vem? Os corpos inertes tem seu análogos etéreos no mundo invisivel ?
  • 14. Manipulação de fluidos Criação Divina  Fluido Cósmico Universal Espíritos  Manipulam  Fluidos Espirituais Criação =/= Formação ( Deus) (Espíritos) "O Espírito nada tira do nada”
  • 15. Manipulação de fluidos Formações  Transformações,combinações (Consciente,inconscientemente) Dirigí-los  aglomerar,dispersar,conduzir Combiná-los  entre si Modificá-los  conferir-lhes outra propriedade Espíritos superiores-  plasmam com liberdade Capacidade,vontade,pensamento  produção superior Espíritos inferiores plasmam automaticamente Capacidade fraca, perturbada  produção inferior
  • 16. Pode, pois, dizer-se, com toda verdade, que há nesses fluidos ondas e raios de pensamento que se cruzam sem se confundir, como há no ar ondas e raios sonoros. (Revista Espírita, de Allan Kardec, n° 12, dezembro de 1864). Daí o cuidado que os Espíritos, encarnados e desencarnados, devem ter com as idéias fixas e os maus pensamentos. Eles são vistos pelos habitantes do Mundo Espiritual e, muitas vezes, dão causa a pertinazes obsessões.
  • 17. Pentecostes - Atos 2 : 16 - 17
  • 18. No Livro dos Atos dos Apóstolos (02-17-18 ), o apóstolo Pedro disse, no dia do Pentecostes, relembrando aos habitantes, judeus ou não, de Jerusalém (ATOS ,02:14), as citações de um profeta (Joel, 02:28-29): “Nos últimos tempos, disse o Senhor, derramarei o meu espírito sobre toda a carne; os vossos filhos e filhas profetizarão, os mancebos terão visões, e os velhos, sonhos. E sobre os meus servos e sobre as minhas servas derramarei do meu Espírito naqueles dias, e profetizarão”.
  • 19. O Céu e o Inferno” [5], “A Gênese” [6], “Como vimos (cap. I, nº 32), coincidindo com outras circunstâncias, o advento do Espiritismo realiza uma das mais importantes predições de Jesus, pela influência que ele forçosamente tem de exercer sobre as ideias. Ele se encontra, além disso, anunciado, em os Atos dos Apóstolos (...) É a predição inequívoca da vulgarização da mediunidade, que presentemente se revela em indivíduos de todas as idades, de ambos os sexos e de todas as condições; a predição, por conseguinte, da manifestação universal dos Espíritos, pois que sem os Espíritos não haveria médiuns. Isso, conforme está dito, acontecerá nos últimos tempos; ora, visto que não chegamos ao fim do mundo, mas, ao contrário, à época da sua regeneração, devemos entender aquelas palavras como indicativas dos últimos tempos do mundo moral que chega a seu termo.” Ainda em “A Gênese” [8], Kardec comenta sobre o Espiritismo trazer a moral do Cristo, como tantas outras, “com a diferença de que, manifestando-se por toda parte, tanto se fazem ouvir na choupana, como no palácio, assim pelos ignorantes, como pelos instruídos”, elucidando o versículo 18 do capítulo 2 de Atos dos Apóstolos. Se o Espiritismo é o renascimento desse Cristianismo dos primeiros tempos, então a popularização da mediunidade do Espiritismo, faculdade essa que se manifestou de forma ampla no Pentecostes, é uma relação possível de ser estabelecida entre o referido dia e a constatação do intercâmbio e inspiração dos Espíritos, que a doutrina codificada por Kardec nos ensina.