SlideShare uma empresa Scribd logo
A Historia do Espiritismo
A Historia do Espiritismo
E das mesas girantes...
O Espiritismo é de todos os tempos.
“Os fenômenos espíritas são tão antigos quanto o
mundo.”
Gabriel Delanne  1857 /1926
Evolução Animica e Fenomenos Espiritas
• A crença nos espíritos, também não se afasta de qualquer
religião Pode-se, portanto, ser católico, protestante, judeu
ou muçulmano, e acreditar nas manifestações dos
espíritos, e conseqüentemente ser Espírita; a prova é que
o Espiritismo tem aderentes em todas as seitas.
• O que é moderno é a explicação lógica dos fatos.
Ciencia,Filosofia, Religião
Casa da Familia Fox
31 de Março de 1848
Ruidos,batidas,movimento objetos
Irmãs Fox
Margareth 14anos
Kate 11anos
Leah
Comunicação com Espírito Charles Hosma
New York Times
Da América para o mundo
1848
1857
Divaldo -1849- Diário O Cearense
Kardec – Revue Spirite- Diário da Bahia 1865
Europa 1850 - As mesas girantes
Corrente elétrica ou magnética, ação de um fluído desconhecido, e
esta foi aliás a primeira opinião formada.
Evolução do processo de comunicação
O Espiritismo é a síntese de todo o processo cognitivo.
Fornecendo-nos uma dimensão mais acurada do mundo
espiritual e do seu relacionamento com o mundo físico, renova-
nos a visão do "eu", do "nós" e do "mundo" que nos rodeia.
Baseando-se nos fatos experimentais, os Espíritas têm mais
facilidade de estabelecer um vínculo racional entre o
materialismo e o espiritualismo. Sergio di Biasi
COGNITIVO - Processo de aquisição de conhecimento. A cognição envolve
fatores diversos como o pensamento, a linguagem, a percepção, a memória, o raciocínio
etc., que fazem parte do desenvolvimento intelectual.
processo de aquisição de conhecimento
Hippolyte Léon Denizard
Rivail.  Allan Kardec
Adepto Magnetismo foi
levado pelo Sr. Fortier
para conhecer os
fenômenos das mesas
girantes
Passou, depois, a
estudar o fenômeno até
a publicação de O Livro
dos Espíritos, em 1857.
1848 / 1857
Espírito
Verdade
Do efeito às causas
Todo efeito inteligente tem uma causa inteligente
Kardec 1854 18 abril 1857 1858
• Obras Póstumas 1890
•  O que é o Espiritismo; 1859
•  O Principiante Espírita; 1890
•  Viagem Espírita em 1862;
•  A Prece Segundo o Evangelho;
•  Instruções Práticas sobre as
Manifestações Espíritas;
•  Revista Espírita  1858/1868
Espiritismo
1848
ou
1857
Modern Spiritualism 1848
(Est. Unidos, na Inglaterra,
 França,  Alemanha,  Itália)
• Holmes 1887
• Historiador Literatura inglesa
• Escritor,medico,pensador,
filósofo, religioso,pesquisador
cientifico,historiador do
movimento espírita
• Espirita 1887 Rev.Ligth /1929 RIE
• Precursor dos métodos científicos
de pesquisa policial 
Livros sobre Espiritismo : 
“A nova Revelação”
“A Religião Psíquica”
1859 / 1930
O Espiritismo segundo Holmes
Swedenborg
1744
Daniel Douglas Homes
1833
Andrew Jackson
Davis 1826
Irmãs Fox
1848
Mesas girantes
1850
Arthur C. Doyle
1859
Antecessores do espiritismo
vidência Clarividente /,desdobramento
Levitação/efeitosfisicos/
desdobramento/videncia
“ Invasão Organizada ”
Swedemborg  1744
Andrew Jackson Davis 1826 influencia
Daniel Dunglas Home Escócia 1833 a
1886
Irmãs Fox 31 de março de 1848  Haydesville
1850 na França  mesas girantes
1854  Hippolyte Léon Denizard Rivail. 
18 abril de 1857  livro dos espíritos
1858  Revue Spirité  Revista Espirita
“uma invasão pode ser precedida pelos exploradores 
de vanguarda”. 
O século XIX, também conhecido como o século da Razão, vai de 1801
até 1900. Foi o século das grandes invenções, das profundas
transformações político-sociais e econômicas que influenciariam as
gerações seguintes. Todas estas transformações foram fortemente
apoiadas nas idéias renovadoras da Filosofia e Ciências . Século das
Luzes
“Fé no poder da razão humana “
Século XIX
Liberdade,igualdade,solidariedade
14 de julho de 1789 
“O homem no seu tempo”
Kardec
Espiritismo
Reencarnacionista
latinos
Anti-reencarnacionista
Americano / anglo saxão
Ciência/ filosofia / religião
Holmes
1927/1928
?
Ciência e religião
Latino Anglo Saxão
Kardec
Espiritualismo
x
Gustave Geley  Instituto Metapsiquica
ectoplasma protoplasmamoldagens em cera
Charles Richet  premio Nobel de Fisiologia
Tratado de Metapsiquica . Estudou com
Geley,Cesare Lombroso,Alexandre AkasakovTrinta
anos de Pesquisa Cientifica
Charles RichetCamille FlamarionAlbert de
Rochass,m,l,d
Ernesto Bozzano 
Alfredo R. Wallace Darwim
Carl Friedrich Zöllner
Gabriel Delanne 8 obras
Willian Crookes  Katie King
Cientistas
Sim. Não no sentido velho
do termo, ou seja, como seita
com dogmas, rituais, corpo
sacerdotal, etc.
É religião no sentido
moral/espiritual, de ser doutrina
baseada nos ensinos de Jesus e
que trabalha a moralização e
espiritualização do ser humano.
O Espiritismo leva o homem à
busca de si mesmo e ao
encontro da religiosidade, ou
seja, do sentimento raciocinado
de fé.
Espiritismo é religião?
Suas raízes encontram-se nos princípios do Cristianismo,
doutrina implantada por Jesus e seus seguidores, há
quase dois mil anos.
A Doutrina Espírita é o cumprimento da promessa do
Senhor, na qual afirmou que enviaria ao mundo, no devido
tempo, um “ Consolador ”, O Espírito de Verdade, que
relembraria seus ensinamentos e faria novas revelações a
respeito dos mistérios da vida.
Em um de seus muitos discursos, Jesus disse que não
poderia dizer todas as coisas, pois os homens ainda não
tinham condições de entendimento para compreendê-las.
No tempo certo, enviou o Espiritismo, que retirou o véu
dos "mistérios" de seus ensinamentos e ampliou
sobremaneira o campo do conhecimento humano,
despertando o Ser para um novo mundo.
O Consolador Prometido
“ Em Espiritismo a Ciência indaga, a Filosofia conclui
e o Evangelho ilumina".
Pelo Espiritismo, o homem sabe de onde vem e para onde vai,
porque sofre temporariamente e vê por toda a parte a justiça
de Deus. Sabe que a alma progride sem cessar, através de
uma série de existências sucessivas, até atingir o grau de
perfeição que pode aproximá-la de Deus" - (Allan Kardec - A
Gênese, cap. I, item 30)
2004
(24paises)
Revista Espiritismo
32 paises de 3 continentes Europa,Africa, Americas
Divaldo Pereira Franco
2010= 2% população 3,8 milhões
Trabalho,solidariedade,tolerância
E Spiritismo fé raciocinada
Eu não creio . Eu sei !
Princípios básicos da Doutrina Espírita:
•a crença em Deus como princípio criativo;
•a existência do Espírito e sua sobrevivência após a morte;
•a reencarnação;
•a lei de causa e efeito;
•a influência do mundo invisível sobre o visível;
•a comunicação entre esses dois mundos;
•e a evolução moral e intelectual progressivas.

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Aborto na visão Espírita
Aborto na visão EspíritaAborto na visão Espírita
Aborto na visão Espírita
Sergio Lima Dias Junior
 
O Deus de cada um de nós
O Deus de cada um de nósO Deus de cada um de nós
O Deus de cada um de nós
Ricardo Azevedo
 
Sócrates e platão, precursores
Sócrates e platão, precursores Sócrates e platão, precursores
Sócrates e platão, precursores
Daniane Bornea Friedl
 
Trabalhador espírita
Trabalhador espíritaTrabalhador espírita
Trabalhador espírita
Norberto Tomasini Jr
 
Provas da existência de Deus - n.8
Provas da existência de Deus - n.8Provas da existência de Deus - n.8
Provas da existência de Deus - n.8
Graça Maciel
 
Sócrates e platão prec. espiritismo
Sócrates e platão prec. espiritismoSócrates e platão prec. espiritismo
Sócrates e platão prec. espiritismo
Vera Apolinario
 
Historia do espiritismo
Historia do espiritismoHistoria do espiritismo
Historia do espiritismo
Ceile Bernardo
 
Palestra Espírita - O espiritismo como educação
Palestra Espírita - O espiritismo como educaçãoPalestra Espírita - O espiritismo como educação
Palestra Espírita - O espiritismo como educação
Divulgador do Espiritismo
 
Mundos de Regeneração
Mundos de RegeneraçãoMundos de Regeneração
Mundos de Regeneração
Leonardo Araújo
 
3 palestra sobre transição planetaria
3 palestra sobre transição planetaria3 palestra sobre transição planetaria
3 palestra sobre transição planetaria
umecamaqua
 
AliançA Da CiêNcia E Da ReligiãO
AliançA Da CiêNcia E Da ReligiãOAliançA Da CiêNcia E Da ReligiãO
AliançA Da CiêNcia E Da ReligiãO
Grupo Espírita Cristão
 
O Livro dos Espíritos
O Livro dos EspíritosO Livro dos Espíritos
O Livro dos Espíritos
Jose Maria Magalhaes
 
Das evocações
Das evocaçõesDas evocações
Das evocações
home
 
DOLOROSO REMÉDIO (O MAL E O REMÉDIO)
DOLOROSO REMÉDIO (O MAL E O REMÉDIO)DOLOROSO REMÉDIO (O MAL E O REMÉDIO)
DOLOROSO REMÉDIO (O MAL E O REMÉDIO)
Jorge Luiz dos Santos
 
Aula 2 - Deus – lili
Aula 2 - Deus – liliAula 2 - Deus – lili
Aula 2 - Deus – lili
Roseli Lemes
 
Palestra a reencarnacao
Palestra   a reencarnacaoPalestra   a reencarnacao
Palestra a reencarnacao
Victor Passos
 
Allan Kardec o professor e o codificador o método adotado - ESDE - 1
Allan Kardec o professor e o codificador o método adotado - ESDE - 1Allan Kardec o professor e o codificador o método adotado - ESDE - 1
Allan Kardec o professor e o codificador o método adotado - ESDE - 1
Graça Maciel
 
Introducao ao Estudo do Evangelho Segundo o Espiritismo
Introducao ao Estudo do Evangelho Segundo o EspiritismoIntroducao ao Estudo do Evangelho Segundo o Espiritismo
Introducao ao Estudo do Evangelho Segundo o Espiritismo
CEVP - Divulgação
 
CB 16 Esboço do Livro O Evangelho Segundo o Espiritismo
CB 16 Esboço do Livro O Evangelho Segundo o EspiritismoCB 16 Esboço do Livro O Evangelho Segundo o Espiritismo
CB 16 Esboço do Livro O Evangelho Segundo o Espiritismo
Roseli Lemes
 
Suicídio - Dor dos dois lados da vida
Suicídio - Dor dos dois lados da vidaSuicídio - Dor dos dois lados da vida
Suicídio - Dor dos dois lados da vida
Ricardo Azevedo
 

Mais procurados (20)

Aborto na visão Espírita
Aborto na visão EspíritaAborto na visão Espírita
Aborto na visão Espírita
 
O Deus de cada um de nós
O Deus de cada um de nósO Deus de cada um de nós
O Deus de cada um de nós
 
Sócrates e platão, precursores
Sócrates e platão, precursores Sócrates e platão, precursores
Sócrates e platão, precursores
 
Trabalhador espírita
Trabalhador espíritaTrabalhador espírita
Trabalhador espírita
 
Provas da existência de Deus - n.8
Provas da existência de Deus - n.8Provas da existência de Deus - n.8
Provas da existência de Deus - n.8
 
Sócrates e platão prec. espiritismo
Sócrates e platão prec. espiritismoSócrates e platão prec. espiritismo
Sócrates e platão prec. espiritismo
 
Historia do espiritismo
Historia do espiritismoHistoria do espiritismo
Historia do espiritismo
 
Palestra Espírita - O espiritismo como educação
Palestra Espírita - O espiritismo como educaçãoPalestra Espírita - O espiritismo como educação
Palestra Espírita - O espiritismo como educação
 
Mundos de Regeneração
Mundos de RegeneraçãoMundos de Regeneração
Mundos de Regeneração
 
3 palestra sobre transição planetaria
3 palestra sobre transição planetaria3 palestra sobre transição planetaria
3 palestra sobre transição planetaria
 
AliançA Da CiêNcia E Da ReligiãO
AliançA Da CiêNcia E Da ReligiãOAliançA Da CiêNcia E Da ReligiãO
AliançA Da CiêNcia E Da ReligiãO
 
O Livro dos Espíritos
O Livro dos EspíritosO Livro dos Espíritos
O Livro dos Espíritos
 
Das evocações
Das evocaçõesDas evocações
Das evocações
 
DOLOROSO REMÉDIO (O MAL E O REMÉDIO)
DOLOROSO REMÉDIO (O MAL E O REMÉDIO)DOLOROSO REMÉDIO (O MAL E O REMÉDIO)
DOLOROSO REMÉDIO (O MAL E O REMÉDIO)
 
Aula 2 - Deus – lili
Aula 2 - Deus – liliAula 2 - Deus – lili
Aula 2 - Deus – lili
 
Palestra a reencarnacao
Palestra   a reencarnacaoPalestra   a reencarnacao
Palestra a reencarnacao
 
Allan Kardec o professor e o codificador o método adotado - ESDE - 1
Allan Kardec o professor e o codificador o método adotado - ESDE - 1Allan Kardec o professor e o codificador o método adotado - ESDE - 1
Allan Kardec o professor e o codificador o método adotado - ESDE - 1
 
Introducao ao Estudo do Evangelho Segundo o Espiritismo
Introducao ao Estudo do Evangelho Segundo o EspiritismoIntroducao ao Estudo do Evangelho Segundo o Espiritismo
Introducao ao Estudo do Evangelho Segundo o Espiritismo
 
CB 16 Esboço do Livro O Evangelho Segundo o Espiritismo
CB 16 Esboço do Livro O Evangelho Segundo o EspiritismoCB 16 Esboço do Livro O Evangelho Segundo o Espiritismo
CB 16 Esboço do Livro O Evangelho Segundo o Espiritismo
 
Suicídio - Dor dos dois lados da vida
Suicídio - Dor dos dois lados da vidaSuicídio - Dor dos dois lados da vida
Suicídio - Dor dos dois lados da vida
 

Destaque

Historia do espiritismo
Historia do espiritismoHistoria do espiritismo
Historia do espiritismo
Arlete Laenzlinger
 
Magnetismo e espiritismo - de Mesmer a Kardec
Magnetismo e espiritismo - de Mesmer a KardecMagnetismo e espiritismo - de Mesmer a Kardec
Magnetismo e espiritismo - de Mesmer a Kardec
Ponte de Luz ASEC
 
Surgimento do espiritismo
Surgimento do espiritismoSurgimento do espiritismo
Surgimento do espiritismo
Graça Maciel
 
Lei de Reprodução
Lei de ReproduçãoLei de Reprodução
Lei de Reprodução
Ceile Bernardo
 
Roteiro 1 lei natural - definições e caracteres
Roteiro 1   lei natural - definições e caracteresRoteiro 1   lei natural - definições e caracteres
Roteiro 1 lei natural - definições e caracteres
Bruno Cechinel Filho
 
Kardec Antes,Durante E Depois Da CodificaçãO
Kardec Antes,Durante E Depois Da CodificaçãOKardec Antes,Durante E Depois Da CodificaçãO
Kardec Antes,Durante E Depois Da CodificaçãO
Sergio Menezes
 
Fenômenos Hydesville Mesas Girantes
Fenômenos Hydesville Mesas GirantesFenômenos Hydesville Mesas Girantes
Fenômenos Hydesville Mesas Girantes
Fatima Carvalho
 
Deus video.
Deus video.Deus video.
Deus video.
Ceile Bernardo
 
Irmãs fox
Irmãs foxIrmãs fox
Irmãs fox
Magali ..
 
5ª aula dos mediuns - coem
5ª aula    dos mediuns - coem5ª aula    dos mediuns - coem
5ª aula dos mediuns - coem
Wagner Quadros
 
10ª aula riscos da mediunidade - coem
10ª aula   riscos da mediunidade - coem10ª aula   riscos da mediunidade - coem
10ª aula riscos da mediunidade - coem
Wagner Quadros
 
Ernesto bozzano materializaçõe de espíritos em proporções minúsculas
Ernesto bozzano   materializaçõe de espíritos em proporções minúsculasErnesto bozzano   materializaçõe de espíritos em proporções minúsculas
Ernesto bozzano materializaçõe de espíritos em proporções minúsculas
Claudia Ruzicki Kremer
 
14ª aula da obsessão - classificação - coem
14ª aula   da obsessão - classificação - coem14ª aula   da obsessão - classificação - coem
14ª aula da obsessão - classificação - coem
Wagner Quadros
 
Classificacao da mediunidade
Classificacao da mediunidadeClassificacao da mediunidade
Classificacao da mediunidade
Graça Maciel
 
2ª aula mediunidade classificação - coem
2ª aula   mediunidade classificação - coem2ª aula   mediunidade classificação - coem
2ª aula mediunidade classificação - coem
Wagner Quadros
 
Madame Blavatsky
Madame BlavatskyMadame Blavatsky
Madame Blavatsky
Luis González
 
15ª aula obsessão meios e combate-la - coem
15ª aula   obsessão meios e combate-la - coem15ª aula   obsessão meios e combate-la - coem
15ª aula obsessão meios e combate-la - coem
Wagner Quadros
 
11ª aula – perigos e inconvenientes da mediunidade coem
11ª aula – perigos e inconvenientes da mediunidade   coem11ª aula – perigos e inconvenientes da mediunidade   coem
11ª aula – perigos e inconvenientes da mediunidade coem
Wagner Quadros
 
1ª aula a mediunidade atraves dos tempos - coem
1ª aula   a mediunidade atraves dos tempos - coem1ª aula   a mediunidade atraves dos tempos - coem
1ª aula a mediunidade atraves dos tempos - coem
Wagner Quadros
 
Mediunidade gratuita
Mediunidade gratuitaMediunidade gratuita
Mediunidade gratuita
Ceile Bernardo
 

Destaque (20)

Historia do espiritismo
Historia do espiritismoHistoria do espiritismo
Historia do espiritismo
 
Magnetismo e espiritismo - de Mesmer a Kardec
Magnetismo e espiritismo - de Mesmer a KardecMagnetismo e espiritismo - de Mesmer a Kardec
Magnetismo e espiritismo - de Mesmer a Kardec
 
Surgimento do espiritismo
Surgimento do espiritismoSurgimento do espiritismo
Surgimento do espiritismo
 
Lei de Reprodução
Lei de ReproduçãoLei de Reprodução
Lei de Reprodução
 
Roteiro 1 lei natural - definições e caracteres
Roteiro 1   lei natural - definições e caracteresRoteiro 1   lei natural - definições e caracteres
Roteiro 1 lei natural - definições e caracteres
 
Kardec Antes,Durante E Depois Da CodificaçãO
Kardec Antes,Durante E Depois Da CodificaçãOKardec Antes,Durante E Depois Da CodificaçãO
Kardec Antes,Durante E Depois Da CodificaçãO
 
Fenômenos Hydesville Mesas Girantes
Fenômenos Hydesville Mesas GirantesFenômenos Hydesville Mesas Girantes
Fenômenos Hydesville Mesas Girantes
 
Deus video.
Deus video.Deus video.
Deus video.
 
Irmãs fox
Irmãs foxIrmãs fox
Irmãs fox
 
5ª aula dos mediuns - coem
5ª aula    dos mediuns - coem5ª aula    dos mediuns - coem
5ª aula dos mediuns - coem
 
10ª aula riscos da mediunidade - coem
10ª aula   riscos da mediunidade - coem10ª aula   riscos da mediunidade - coem
10ª aula riscos da mediunidade - coem
 
Ernesto bozzano materializaçõe de espíritos em proporções minúsculas
Ernesto bozzano   materializaçõe de espíritos em proporções minúsculasErnesto bozzano   materializaçõe de espíritos em proporções minúsculas
Ernesto bozzano materializaçõe de espíritos em proporções minúsculas
 
14ª aula da obsessão - classificação - coem
14ª aula   da obsessão - classificação - coem14ª aula   da obsessão - classificação - coem
14ª aula da obsessão - classificação - coem
 
Classificacao da mediunidade
Classificacao da mediunidadeClassificacao da mediunidade
Classificacao da mediunidade
 
2ª aula mediunidade classificação - coem
2ª aula   mediunidade classificação - coem2ª aula   mediunidade classificação - coem
2ª aula mediunidade classificação - coem
 
Madame Blavatsky
Madame BlavatskyMadame Blavatsky
Madame Blavatsky
 
15ª aula obsessão meios e combate-la - coem
15ª aula   obsessão meios e combate-la - coem15ª aula   obsessão meios e combate-la - coem
15ª aula obsessão meios e combate-la - coem
 
11ª aula – perigos e inconvenientes da mediunidade coem
11ª aula – perigos e inconvenientes da mediunidade   coem11ª aula – perigos e inconvenientes da mediunidade   coem
11ª aula – perigos e inconvenientes da mediunidade coem
 
1ª aula a mediunidade atraves dos tempos - coem
1ª aula   a mediunidade atraves dos tempos - coem1ª aula   a mediunidade atraves dos tempos - coem
1ª aula a mediunidade atraves dos tempos - coem
 
Mediunidade gratuita
Mediunidade gratuitaMediunidade gratuita
Mediunidade gratuita
 

Semelhante a Historia do espiritismo

Aula 04/2013 - Antecedentes e Contemporâneos de Kardec na Europa
Aula 04/2013 - Antecedentes e Contemporâneos de Kardec na EuropaAula 04/2013 - Antecedentes e Contemporâneos de Kardec na Europa
Aula 04/2013 - Antecedentes e Contemporâneos de Kardec na Europa
contatodoutrina2013
 
Aula 04 2013 - antecedentes e contemporâneos de kardec na europa
Aula 04 2013 - antecedentes e contemporâneos de kardec na europaAula 04 2013 - antecedentes e contemporâneos de kardec na europa
Aula 04 2013 - antecedentes e contemporâneos de kardec na europa
contatodoutrina2013
 
2016 01-10-ce-o que-e_espiritismo_sandra_b
2016 01-10-ce-o que-e_espiritismo_sandra_b2016 01-10-ce-o que-e_espiritismo_sandra_b
2016 01-10-ce-o que-e_espiritismo_sandra_b
carlos freire
 
O que é o espiritismo
O que é o espiritismoO que é o espiritismo
O que é o espiritismo
Rogerio R. Lima Cisi
 
Aula 1 - Allan Kardec
Aula 1 - Allan KardecAula 1 - Allan Kardec
Aula 1 - Allan Kardec
Sergio Lima Dias Junior
 
Aula 1- Mocidade Espírita Chico Xavier - Allan Kardec
Aula 1- Mocidade Espírita Chico Xavier - Allan KardecAula 1- Mocidade Espírita Chico Xavier - Allan Kardec
Aula 1- Mocidade Espírita Chico Xavier - Allan Kardec
Sergio Lima Dias Junior
 
1 - Manifestações dos espíritos no mundo.pptx
1 - Manifestações dos espíritos no mundo.pptx1 - Manifestações dos espíritos no mundo.pptx
1 - Manifestações dos espíritos no mundo.pptx
Marcelo Salata
 
Aula espiritismo Historico
Aula espiritismo HistoricoAula espiritismo Historico
Aula espiritismo Historico
Mocidade Bezzerra de Menezes
 
Curso Básico de Espiritismo
Curso Básico de EspiritismoCurso Básico de Espiritismo
Curso Básico de Espiritismo
ADEP Portugal
 
Aula 03 - Introdução Estudo DE - 2023-02-23.pptx
Aula 03 - Introdução Estudo DE - 2023-02-23.pptxAula 03 - Introdução Estudo DE - 2023-02-23.pptx
Aula 03 - Introdução Estudo DE - 2023-02-23.pptx
LuizHenriqueTDias
 
Espiritismo segundo o_evangelho
Espiritismo segundo o_evangelhoEspiritismo segundo o_evangelho
Espiritismo segundo o_evangelho
paiaia
 
Espiritismo segundo o_evangelho
Espiritismo segundo o_evangelhoEspiritismo segundo o_evangelho
Espiritismo segundo o_evangelho
paiaia
 
Espiritismo segundo o_evangelho
Espiritismo segundo o_evangelhoEspiritismo segundo o_evangelho
Espiritismo segundo o_evangelho
paiaia
 
Espiritismo segundo o_evangelho
Espiritismo segundo o_evangelhoEspiritismo segundo o_evangelho
Espiritismo segundo o_evangelho
paiaia
 
Espiritismo segundo o_evangelho
Espiritismo segundo o_evangelhoEspiritismo segundo o_evangelho
Espiritismo segundo o_evangelho
paiaia
 
A IMORTALIDADE DA ALMA
A IMORTALIDADE DA ALMAA IMORTALIDADE DA ALMA
A IMORTALIDADE DA ALMA
Vi Meirim
 
Allan kardec
Allan kardecAllan kardec
Seitas e heresias.pdf
Seitas e heresias.pdfSeitas e heresias.pdf
Seitas e heresias.pdf
FabioCarvalho854599
 
18 abril 1857
18 abril 185718 abril 1857
18 abril 1857
Graça Maciel
 
Seitas e heresias
Seitas e heresiasSeitas e heresias
Seitas e heresias
Taciano Cassimiro Cassimiro
 

Semelhante a Historia do espiritismo (20)

Aula 04/2013 - Antecedentes e Contemporâneos de Kardec na Europa
Aula 04/2013 - Antecedentes e Contemporâneos de Kardec na EuropaAula 04/2013 - Antecedentes e Contemporâneos de Kardec na Europa
Aula 04/2013 - Antecedentes e Contemporâneos de Kardec na Europa
 
Aula 04 2013 - antecedentes e contemporâneos de kardec na europa
Aula 04 2013 - antecedentes e contemporâneos de kardec na europaAula 04 2013 - antecedentes e contemporâneos de kardec na europa
Aula 04 2013 - antecedentes e contemporâneos de kardec na europa
 
2016 01-10-ce-o que-e_espiritismo_sandra_b
2016 01-10-ce-o que-e_espiritismo_sandra_b2016 01-10-ce-o que-e_espiritismo_sandra_b
2016 01-10-ce-o que-e_espiritismo_sandra_b
 
O que é o espiritismo
O que é o espiritismoO que é o espiritismo
O que é o espiritismo
 
Aula 1 - Allan Kardec
Aula 1 - Allan KardecAula 1 - Allan Kardec
Aula 1 - Allan Kardec
 
Aula 1- Mocidade Espírita Chico Xavier - Allan Kardec
Aula 1- Mocidade Espírita Chico Xavier - Allan KardecAula 1- Mocidade Espírita Chico Xavier - Allan Kardec
Aula 1- Mocidade Espírita Chico Xavier - Allan Kardec
 
1 - Manifestações dos espíritos no mundo.pptx
1 - Manifestações dos espíritos no mundo.pptx1 - Manifestações dos espíritos no mundo.pptx
1 - Manifestações dos espíritos no mundo.pptx
 
Aula espiritismo Historico
Aula espiritismo HistoricoAula espiritismo Historico
Aula espiritismo Historico
 
Curso Básico de Espiritismo
Curso Básico de EspiritismoCurso Básico de Espiritismo
Curso Básico de Espiritismo
 
Aula 03 - Introdução Estudo DE - 2023-02-23.pptx
Aula 03 - Introdução Estudo DE - 2023-02-23.pptxAula 03 - Introdução Estudo DE - 2023-02-23.pptx
Aula 03 - Introdução Estudo DE - 2023-02-23.pptx
 
Espiritismo segundo o_evangelho
Espiritismo segundo o_evangelhoEspiritismo segundo o_evangelho
Espiritismo segundo o_evangelho
 
Espiritismo segundo o_evangelho
Espiritismo segundo o_evangelhoEspiritismo segundo o_evangelho
Espiritismo segundo o_evangelho
 
Espiritismo segundo o_evangelho
Espiritismo segundo o_evangelhoEspiritismo segundo o_evangelho
Espiritismo segundo o_evangelho
 
Espiritismo segundo o_evangelho
Espiritismo segundo o_evangelhoEspiritismo segundo o_evangelho
Espiritismo segundo o_evangelho
 
Espiritismo segundo o_evangelho
Espiritismo segundo o_evangelhoEspiritismo segundo o_evangelho
Espiritismo segundo o_evangelho
 
A IMORTALIDADE DA ALMA
A IMORTALIDADE DA ALMAA IMORTALIDADE DA ALMA
A IMORTALIDADE DA ALMA
 
Allan kardec
Allan kardecAllan kardec
Allan kardec
 
Seitas e heresias.pdf
Seitas e heresias.pdfSeitas e heresias.pdf
Seitas e heresias.pdf
 
18 abril 1857
18 abril 185718 abril 1857
18 abril 1857
 
Seitas e heresias
Seitas e heresiasSeitas e heresias
Seitas e heresias
 

Mais de Ceile Bernardo

Atos dos apostolos
Atos dos apostolosAtos dos apostolos
Atos dos apostolos
Ceile Bernardo
 
Aula intervencao dos espiritos no mundo fisico
Aula   intervencao dos espiritos no mundo fisicoAula   intervencao dos espiritos no mundo fisico
Aula intervencao dos espiritos no mundo fisico
Ceile Bernardo
 
Aula - Estou de luto
Aula -  Estou de lutoAula -  Estou de luto
Aula - Estou de luto
Ceile Bernardo
 
Aula a lei do amor
Aula   a  lei do amorAula   a  lei do amor
Aula a lei do amor
Ceile Bernardo
 
Aula bem aventurados os pobres de espirito
Aula   bem aventurados os pobres de espiritoAula   bem aventurados os pobres de espirito
Aula bem aventurados os pobres de espirito
Ceile Bernardo
 
Aula Perfeição Moral
Aula  Perfeição MoralAula  Perfeição Moral
Aula Perfeição Moral
Ceile Bernardo
 
Aula Lei de Conservação
Aula  Lei de ConservaçãoAula  Lei de Conservação
Aula Lei de Conservação
Ceile Bernardo
 
Aula otimismo e fé
Aula  otimismo e féAula  otimismo e fé
Aula otimismo e fé
Ceile Bernardo
 
Aula Vida Espirita
Aula Vida EspiritaAula Vida Espirita
Aula Vida Espirita
Ceile Bernardo
 
Principio Vital
Principio VitalPrincipio Vital
Principio Vital
Ceile Bernardo
 
O homem o Perispirito a Evolução
O homem o Perispirito a EvoluçãoO homem o Perispirito a Evolução
O homem o Perispirito a Evolução
Ceile Bernardo
 
Preconceito
Preconceito Preconceito
Preconceito
Ceile Bernardo
 
Viajores da Eternidade
Viajores da EternidadeViajores da Eternidade
Viajores da Eternidade
Ceile Bernardo
 
Curso de Entrevistadores - Sexualidade
Curso de Entrevistadores - SexualidadeCurso de Entrevistadores - Sexualidade
Curso de Entrevistadores - Sexualidade
Ceile Bernardo
 
Elementos gerais do universo video
Elementos gerais do universo videoElementos gerais do universo video
Elementos gerais do universo video
Ceile Bernardo
 
Fé e Obras
Fé e Obras Fé e Obras
Fé e Obras
Ceile Bernardo
 
Alegria confiança video
Alegria confiança videoAlegria confiança video
Alegria confiança video
Ceile Bernardo
 
A familia curso entrevistadores
A familia   curso entrevistadoresA familia   curso entrevistadores
A familia curso entrevistadores
Ceile Bernardo
 
A Vontade
A VontadeA Vontade
A Vontade
Ceile Bernardo
 
O Perdão,lei de Evolução e Progresso
O Perdão,lei de Evolução e ProgressoO Perdão,lei de Evolução e Progresso
O Perdão,lei de Evolução e Progresso
Ceile Bernardo
 

Mais de Ceile Bernardo (20)

Atos dos apostolos
Atos dos apostolosAtos dos apostolos
Atos dos apostolos
 
Aula intervencao dos espiritos no mundo fisico
Aula   intervencao dos espiritos no mundo fisicoAula   intervencao dos espiritos no mundo fisico
Aula intervencao dos espiritos no mundo fisico
 
Aula - Estou de luto
Aula -  Estou de lutoAula -  Estou de luto
Aula - Estou de luto
 
Aula a lei do amor
Aula   a  lei do amorAula   a  lei do amor
Aula a lei do amor
 
Aula bem aventurados os pobres de espirito
Aula   bem aventurados os pobres de espiritoAula   bem aventurados os pobres de espirito
Aula bem aventurados os pobres de espirito
 
Aula Perfeição Moral
Aula  Perfeição MoralAula  Perfeição Moral
Aula Perfeição Moral
 
Aula Lei de Conservação
Aula  Lei de ConservaçãoAula  Lei de Conservação
Aula Lei de Conservação
 
Aula otimismo e fé
Aula  otimismo e féAula  otimismo e fé
Aula otimismo e fé
 
Aula Vida Espirita
Aula Vida EspiritaAula Vida Espirita
Aula Vida Espirita
 
Principio Vital
Principio VitalPrincipio Vital
Principio Vital
 
O homem o Perispirito a Evolução
O homem o Perispirito a EvoluçãoO homem o Perispirito a Evolução
O homem o Perispirito a Evolução
 
Preconceito
Preconceito Preconceito
Preconceito
 
Viajores da Eternidade
Viajores da EternidadeViajores da Eternidade
Viajores da Eternidade
 
Curso de Entrevistadores - Sexualidade
Curso de Entrevistadores - SexualidadeCurso de Entrevistadores - Sexualidade
Curso de Entrevistadores - Sexualidade
 
Elementos gerais do universo video
Elementos gerais do universo videoElementos gerais do universo video
Elementos gerais do universo video
 
Fé e Obras
Fé e Obras Fé e Obras
Fé e Obras
 
Alegria confiança video
Alegria confiança videoAlegria confiança video
Alegria confiança video
 
A familia curso entrevistadores
A familia   curso entrevistadoresA familia   curso entrevistadores
A familia curso entrevistadores
 
A Vontade
A VontadeA Vontade
A Vontade
 
O Perdão,lei de Evolução e Progresso
O Perdão,lei de Evolução e ProgressoO Perdão,lei de Evolução e Progresso
O Perdão,lei de Evolução e Progresso
 

Último

Habacuque.docx estudo bíblico, conhecimento
Habacuque.docx estudo bíblico, conhecimentoHabacuque.docx estudo bíblico, conhecimento
Habacuque.docx estudo bíblico, conhecimento
ayronleonardo
 
DIDÁTICA MAGNA DE COMENIUS COM COMENTÁRIOS
DIDÁTICA MAGNA DE COMENIUS COM COMENTÁRIOSDIDÁTICA MAGNA DE COMENIUS COM COMENTÁRIOS
DIDÁTICA MAGNA DE COMENIUS COM COMENTÁRIOS
ESCRIBA DE CRISTO
 
Malleus Maleficarum: o martelo das bruxas
Malleus Maleficarum: o martelo das bruxasMalleus Maleficarum: o martelo das bruxas
Malleus Maleficarum: o martelo das bruxas
Lourhana
 
Aula do ESDE 2 - Penas e Gozos Futuros 2024
Aula do ESDE 2 - Penas e Gozos Futuros 2024Aula do ESDE 2 - Penas e Gozos Futuros 2024
Aula do ESDE 2 - Penas e Gozos Futuros 2024
HerverthRibeiro1
 
Escola de A E Aula 96 Evolução Animica
Escola de A E Aula 96 Evolução AnimicaEscola de A E Aula 96 Evolução Animica
Escola de A E Aula 96 Evolução Animica
AlessandroSanches8
 
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (3)
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (3)Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (3)
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (3)
Nilson Almeida
 
Lição 10 - Desenvolvendo Uma Consciência de Santidade.pptx
Lição 10 - Desenvolvendo Uma Consciência de Santidade.pptxLição 10 - Desenvolvendo Uma Consciência de Santidade.pptx
Lição 10 - Desenvolvendo Uma Consciência de Santidade.pptx
Celso Napoleon
 
MUSEU EGÍPCIO DO CAIRO [MUSEOLOGIA]
MUSEU EGÍPCIO DO CAIRO      [MUSEOLOGIA]MUSEU EGÍPCIO DO CAIRO      [MUSEOLOGIA]
MUSEU EGÍPCIO DO CAIRO [MUSEOLOGIA]
ESCRIBA DE CRISTO
 
PEDRO NUNCA FOI PAPA [COM COMENTÁRIOS]
PEDRO NUNCA FOI PAPA   [COM COMENTÁRIOS]PEDRO NUNCA FOI PAPA   [COM COMENTÁRIOS]
PEDRO NUNCA FOI PAPA [COM COMENTÁRIOS]
ESCRIBA DE CRISTO
 
1984 DE GEORGE ORWELL ILUSTRADO E COMENTADO
1984 DE GEORGE ORWELL ILUSTRADO E COMENTADO1984 DE GEORGE ORWELL ILUSTRADO E COMENTADO
1984 DE GEORGE ORWELL ILUSTRADO E COMENTADO
ESCRIBA DE CRISTO
 
Bíblia Sagrada - Jonas - slides testamento3 (1).pptx
Bíblia Sagrada - Jonas - slides testamento3 (1).pptxBíblia Sagrada - Jonas - slides testamento3 (1).pptx
Bíblia Sagrada - Jonas - slides testamento3 (1).pptx
Igreja Jesus é o Verbo
 
Aula02_Métodos de Interpretacao Bíblica_Prof. Gerson Willy.pdf
Aula02_Métodos de Interpretacao Bíblica_Prof. Gerson Willy.pdfAula02_Métodos de Interpretacao Bíblica_Prof. Gerson Willy.pdf
Aula02_Métodos de Interpretacao Bíblica_Prof. Gerson Willy.pdf
SrgioLinsPessoa
 
Tornar se Como Deus - A Cabala E Nosso Destino Final
Tornar se Como Deus - A Cabala E Nosso Destino FinalTornar se Como Deus - A Cabala E Nosso Destino Final
Tornar se Como Deus - A Cabala E Nosso Destino Final
André Ricardo Marcondes
 
PROFECIAS DE NOSTRADAMUS SÃO BÍBLICAS_.pdf
PROFECIAS DE NOSTRADAMUS SÃO BÍBLICAS_.pdfPROFECIAS DE NOSTRADAMUS SÃO BÍBLICAS_.pdf
PROFECIAS DE NOSTRADAMUS SÃO BÍBLICAS_.pdf
Nelson Pereira
 
O-livro-de-Jasher-O-Justo, the book of jasher.pdf
O-livro-de-Jasher-O-Justo, the book of jasher.pdfO-livro-de-Jasher-O-Justo, the book of jasher.pdf
O-livro-de-Jasher-O-Justo, the book of jasher.pdf
WELITONNOGUEIRA3
 
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (2)
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (2)Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (2)
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (2)
Nilson Almeida
 
Lição 12 - A Bendita Esperança: A Marca do Cristão.pptx
Lição 12 - A Bendita Esperança: A Marca do Cristão.pptxLição 12 - A Bendita Esperança: A Marca do Cristão.pptx
Lição 12 - A Bendita Esperança: A Marca do Cristão.pptx
Celso Napoleon
 
Lição 11 - A Realidade Bíblica do Inferno.pptx
Lição 11 - A Realidade Bíblica do Inferno.pptxLição 11 - A Realidade Bíblica do Inferno.pptx
Lição 11 - A Realidade Bíblica do Inferno.pptx
Celso Napoleon
 

Último (18)

Habacuque.docx estudo bíblico, conhecimento
Habacuque.docx estudo bíblico, conhecimentoHabacuque.docx estudo bíblico, conhecimento
Habacuque.docx estudo bíblico, conhecimento
 
DIDÁTICA MAGNA DE COMENIUS COM COMENTÁRIOS
DIDÁTICA MAGNA DE COMENIUS COM COMENTÁRIOSDIDÁTICA MAGNA DE COMENIUS COM COMENTÁRIOS
DIDÁTICA MAGNA DE COMENIUS COM COMENTÁRIOS
 
Malleus Maleficarum: o martelo das bruxas
Malleus Maleficarum: o martelo das bruxasMalleus Maleficarum: o martelo das bruxas
Malleus Maleficarum: o martelo das bruxas
 
Aula do ESDE 2 - Penas e Gozos Futuros 2024
Aula do ESDE 2 - Penas e Gozos Futuros 2024Aula do ESDE 2 - Penas e Gozos Futuros 2024
Aula do ESDE 2 - Penas e Gozos Futuros 2024
 
Escola de A E Aula 96 Evolução Animica
Escola de A E Aula 96 Evolução AnimicaEscola de A E Aula 96 Evolução Animica
Escola de A E Aula 96 Evolução Animica
 
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (3)
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (3)Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (3)
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (3)
 
Lição 10 - Desenvolvendo Uma Consciência de Santidade.pptx
Lição 10 - Desenvolvendo Uma Consciência de Santidade.pptxLição 10 - Desenvolvendo Uma Consciência de Santidade.pptx
Lição 10 - Desenvolvendo Uma Consciência de Santidade.pptx
 
MUSEU EGÍPCIO DO CAIRO [MUSEOLOGIA]
MUSEU EGÍPCIO DO CAIRO      [MUSEOLOGIA]MUSEU EGÍPCIO DO CAIRO      [MUSEOLOGIA]
MUSEU EGÍPCIO DO CAIRO [MUSEOLOGIA]
 
PEDRO NUNCA FOI PAPA [COM COMENTÁRIOS]
PEDRO NUNCA FOI PAPA   [COM COMENTÁRIOS]PEDRO NUNCA FOI PAPA   [COM COMENTÁRIOS]
PEDRO NUNCA FOI PAPA [COM COMENTÁRIOS]
 
1984 DE GEORGE ORWELL ILUSTRADO E COMENTADO
1984 DE GEORGE ORWELL ILUSTRADO E COMENTADO1984 DE GEORGE ORWELL ILUSTRADO E COMENTADO
1984 DE GEORGE ORWELL ILUSTRADO E COMENTADO
 
Bíblia Sagrada - Jonas - slides testamento3 (1).pptx
Bíblia Sagrada - Jonas - slides testamento3 (1).pptxBíblia Sagrada - Jonas - slides testamento3 (1).pptx
Bíblia Sagrada - Jonas - slides testamento3 (1).pptx
 
Aula02_Métodos de Interpretacao Bíblica_Prof. Gerson Willy.pdf
Aula02_Métodos de Interpretacao Bíblica_Prof. Gerson Willy.pdfAula02_Métodos de Interpretacao Bíblica_Prof. Gerson Willy.pdf
Aula02_Métodos de Interpretacao Bíblica_Prof. Gerson Willy.pdf
 
Tornar se Como Deus - A Cabala E Nosso Destino Final
Tornar se Como Deus - A Cabala E Nosso Destino FinalTornar se Como Deus - A Cabala E Nosso Destino Final
Tornar se Como Deus - A Cabala E Nosso Destino Final
 
PROFECIAS DE NOSTRADAMUS SÃO BÍBLICAS_.pdf
PROFECIAS DE NOSTRADAMUS SÃO BÍBLICAS_.pdfPROFECIAS DE NOSTRADAMUS SÃO BÍBLICAS_.pdf
PROFECIAS DE NOSTRADAMUS SÃO BÍBLICAS_.pdf
 
O-livro-de-Jasher-O-Justo, the book of jasher.pdf
O-livro-de-Jasher-O-Justo, the book of jasher.pdfO-livro-de-Jasher-O-Justo, the book of jasher.pdf
O-livro-de-Jasher-O-Justo, the book of jasher.pdf
 
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (2)
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (2)Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (2)
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (2)
 
Lição 12 - A Bendita Esperança: A Marca do Cristão.pptx
Lição 12 - A Bendita Esperança: A Marca do Cristão.pptxLição 12 - A Bendita Esperança: A Marca do Cristão.pptx
Lição 12 - A Bendita Esperança: A Marca do Cristão.pptx
 
Lição 11 - A Realidade Bíblica do Inferno.pptx
Lição 11 - A Realidade Bíblica do Inferno.pptxLição 11 - A Realidade Bíblica do Inferno.pptx
Lição 11 - A Realidade Bíblica do Inferno.pptx
 

Historia do espiritismo

  • 1. A Historia do Espiritismo
  • 2. A Historia do Espiritismo E das mesas girantes...
  • 3. O Espiritismo é de todos os tempos. “Os fenômenos espíritas são tão antigos quanto o mundo.” Gabriel Delanne  1857 /1926 Evolução Animica e Fenomenos Espiritas • A crença nos espíritos, também não se afasta de qualquer religião Pode-se, portanto, ser católico, protestante, judeu ou muçulmano, e acreditar nas manifestações dos espíritos, e conseqüentemente ser Espírita; a prova é que o Espiritismo tem aderentes em todas as seitas. • O que é moderno é a explicação lógica dos fatos. Ciencia,Filosofia, Religião
  • 4.
  • 5.
  • 6. Casa da Familia Fox 31 de Março de 1848 Ruidos,batidas,movimento objetos
  • 7. Irmãs Fox Margareth 14anos Kate 11anos Leah Comunicação com Espírito Charles Hosma
  • 9.
  • 10. Da América para o mundo 1848 1857 Divaldo -1849- Diário O Cearense Kardec – Revue Spirite- Diário da Bahia 1865
  • 11. Europa 1850 - As mesas girantes Corrente elétrica ou magnética, ação de um fluído desconhecido, e esta foi aliás a primeira opinião formada.
  • 12. Evolução do processo de comunicação
  • 13. O Espiritismo é a síntese de todo o processo cognitivo. Fornecendo-nos uma dimensão mais acurada do mundo espiritual e do seu relacionamento com o mundo físico, renova- nos a visão do "eu", do "nós" e do "mundo" que nos rodeia. Baseando-se nos fatos experimentais, os Espíritas têm mais facilidade de estabelecer um vínculo racional entre o materialismo e o espiritualismo. Sergio di Biasi COGNITIVO - Processo de aquisição de conhecimento. A cognição envolve fatores diversos como o pensamento, a linguagem, a percepção, a memória, o raciocínio etc., que fazem parte do desenvolvimento intelectual. processo de aquisição de conhecimento
  • 14. Hippolyte Léon Denizard Rivail.  Allan Kardec Adepto Magnetismo foi levado pelo Sr. Fortier para conhecer os fenômenos das mesas girantes Passou, depois, a estudar o fenômeno até a publicação de O Livro dos Espíritos, em 1857. 1848 / 1857 Espírito Verdade Do efeito às causas Todo efeito inteligente tem uma causa inteligente
  • 15. Kardec 1854 18 abril 1857 1858 • Obras Póstumas 1890 •  O que é o Espiritismo; 1859 •  O Principiante Espírita; 1890 •  Viagem Espírita em 1862; •  A Prece Segundo o Evangelho; •  Instruções Práticas sobre as Manifestações Espíritas; •  Revista Espírita  1858/1868 Espiritismo
  • 17. Modern Spiritualism 1848 (Est. Unidos, na Inglaterra,  França,  Alemanha,  Itália) • Holmes 1887 • Historiador Literatura inglesa • Escritor,medico,pensador, filósofo, religioso,pesquisador cientifico,historiador do movimento espírita • Espirita 1887 Rev.Ligth /1929 RIE • Precursor dos métodos científicos de pesquisa policial  Livros sobre Espiritismo :  “A nova Revelação” “A Religião Psíquica” 1859 / 1930 O Espiritismo segundo Holmes
  • 18. Swedenborg 1744 Daniel Douglas Homes 1833 Andrew Jackson Davis 1826 Irmãs Fox 1848 Mesas girantes 1850 Arthur C. Doyle 1859 Antecessores do espiritismo vidência Clarividente /,desdobramento Levitação/efeitosfisicos/ desdobramento/videncia
  • 19. “ Invasão Organizada ” Swedemborg  1744 Andrew Jackson Davis 1826 influencia Daniel Dunglas Home Escócia 1833 a 1886 Irmãs Fox 31 de março de 1848  Haydesville 1850 na França  mesas girantes 1854  Hippolyte Léon Denizard Rivail.  18 abril de 1857  livro dos espíritos 1858  Revue Spirité  Revista Espirita “uma invasão pode ser precedida pelos exploradores  de vanguarda”. 
  • 20. O século XIX, também conhecido como o século da Razão, vai de 1801 até 1900. Foi o século das grandes invenções, das profundas transformações político-sociais e econômicas que influenciariam as gerações seguintes. Todas estas transformações foram fortemente apoiadas nas idéias renovadoras da Filosofia e Ciências . Século das Luzes “Fé no poder da razão humana “ Século XIX Liberdade,igualdade,solidariedade 14 de julho de 1789  “O homem no seu tempo” Kardec
  • 21. Espiritismo Reencarnacionista latinos Anti-reencarnacionista Americano / anglo saxão Ciência/ filosofia / religião Holmes 1927/1928 ? Ciência e religião Latino Anglo Saxão Kardec Espiritualismo x
  • 22. Gustave Geley  Instituto Metapsiquica ectoplasma protoplasmamoldagens em cera Charles Richet  premio Nobel de Fisiologia Tratado de Metapsiquica . Estudou com Geley,Cesare Lombroso,Alexandre AkasakovTrinta anos de Pesquisa Cientifica Charles RichetCamille FlamarionAlbert de Rochass,m,l,d Ernesto Bozzano  Alfredo R. Wallace Darwim Carl Friedrich Zöllner Gabriel Delanne 8 obras Willian Crookes  Katie King Cientistas
  • 23. Sim. Não no sentido velho do termo, ou seja, como seita com dogmas, rituais, corpo sacerdotal, etc. É religião no sentido moral/espiritual, de ser doutrina baseada nos ensinos de Jesus e que trabalha a moralização e espiritualização do ser humano. O Espiritismo leva o homem à busca de si mesmo e ao encontro da religiosidade, ou seja, do sentimento raciocinado de fé. Espiritismo é religião?
  • 24. Suas raízes encontram-se nos princípios do Cristianismo, doutrina implantada por Jesus e seus seguidores, há quase dois mil anos. A Doutrina Espírita é o cumprimento da promessa do Senhor, na qual afirmou que enviaria ao mundo, no devido tempo, um “ Consolador ”, O Espírito de Verdade, que relembraria seus ensinamentos e faria novas revelações a respeito dos mistérios da vida. Em um de seus muitos discursos, Jesus disse que não poderia dizer todas as coisas, pois os homens ainda não tinham condições de entendimento para compreendê-las. No tempo certo, enviou o Espiritismo, que retirou o véu dos "mistérios" de seus ensinamentos e ampliou sobremaneira o campo do conhecimento humano, despertando o Ser para um novo mundo. O Consolador Prometido
  • 25. “ Em Espiritismo a Ciência indaga, a Filosofia conclui e o Evangelho ilumina". Pelo Espiritismo, o homem sabe de onde vem e para onde vai, porque sofre temporariamente e vê por toda a parte a justiça de Deus. Sabe que a alma progride sem cessar, através de uma série de existências sucessivas, até atingir o grau de perfeição que pode aproximá-la de Deus" - (Allan Kardec - A Gênese, cap. I, item 30)
  • 27. 32 paises de 3 continentes Europa,Africa, Americas Divaldo Pereira Franco 2010= 2% população 3,8 milhões
  • 28. Trabalho,solidariedade,tolerância E Spiritismo fé raciocinada Eu não creio . Eu sei !
  • 29. Princípios básicos da Doutrina Espírita: •a crença em Deus como princípio criativo; •a existência do Espírito e sua sobrevivência após a morte; •a reencarnação; •a lei de causa e efeito; •a influência do mundo invisível sobre o visível; •a comunicação entre esses dois mundos; •e a evolução moral e intelectual progressivas.