SlideShare uma empresa Scribd logo
Jane Jacobs 
Teoria e História do Urbanismo III 
Mª Angélica Vidal e Pedro Paulo Ferreira 
2014.1
Breve biografia 
•NASCIMENTO: 4 de Maio de 1916 
•ONDE? Scranton, Pensilvânia/ EUA 
•FALECIMENTO:25 de Abril de 2006 
•LIVRO MAIS FAMOSO: “Morte e vida 
das grandes cidades” (1961) 
Autodidata,nuncaseformouemUrbanismo, Arquitetura,Jornalismoouemqualqueroutraárea,masinspiradacontraavisãomodernistadoconceitourbanistadaépoca,estudoueapresentousuasreflexõessobreodiaadiadosbairrosamericanos.
O pensamento 
Retirado do capítulo sobre Jane Jacobsdo livro 
“O urbanismo” de Françoise Choay
Atrair o pedestre (fator de segurança) 
1.Demarcação nítida entre público e privado 
2.Olhos para vigiar a rua 
3.As calçadas devem ser utilizadas praticamente sem interrupção
Atrativos 
1.Dão razões concretas para utilizar a calçada 
2.Atraem o tráfego para lugares que não possuem atrativos próprios (locais de passagem) 
3.Comerciantes e proprietários de pequenos negócios querem que seus clientes se sintam seguros 
4.Atividade dos que estão fazendo compras ou procurando um lugar para comer
O contato na rua 
“Osmoralistasobservam,hámuitotempo,queoscidadãosvagamporlugaresmaisativos,demoram-seembaresepastelariasetomamrefrescosnoscafés;estaconstataçãoosaflige.” 
•Sentimento de solidariedade 
•Sentimento de confiança 
•Personalidade coletiva
Proteção da vida privada 
•Diferenças entre grandes cidades e pequenas cidades 
•Relação das janelas com a rua
Parques e a delinquência juvenil 
•Concepção fantasiosa das necessidades das crianças: ruas das cidades são ambientes nefastos 
•Parques para “proteger as crianças” 
•Análise do NY Times de 1959: Jovens delinquentes praticam seus crimes essencialmente em áreas de jogos. 
•Em áreas de jogos a presença 
de adultos é escassa ou nula. 
Crianças precisam também de espaços 
não especializados para construir sua 
imagem do mundo.
O matriarcado dos conjuntos residenciais 
“Aoorganizaravidadosbairrosresidenciais,consideramapenasassupostasnecessidadesdedonasdecasaincrivelmenteociosasedecriançasemidadepré-escolar.” 
•Os projetos são excluem o homem da vida diurna. 
•Brincar em ruas movimentadas não ocorre no quadro do matriarcado. 
•Residências, locais de trabalho e de comércio devem intimamente integrados uns nos outros.
Parques e praças 
•Parques como destruidores do tecido urbano: 
o“Pra que fins reclamamos mais espaços livres?” 
oCriar parques em pontos de concentração máxima destroem a razão que levaram a sua criação. 
•Função e localização dos parques 
oPoder de sedução x Tédio e insegurança
Funções urbanas 
•O problema do “zoning” 
oCaso de Boston 1839 
•Os “Satélites” 
oAs cidade acabam absorvidas pela região metropolitana e perdem sua individualidade social, econômica e cultural. 
•As “Cidade-campo” 
oEsta concepção mata intelectualmente o urbanismo.
Funções urbanas 
•Conservar o automóvel 
oConsiste em não separar pedestre e veículos ao pensar nas questões ligadas à circulação. “A vida atrai a vida” 
•Ordem estética 
oA cidade não pode ser tratada como obra de arte 
•Plano e estrutura 
oA cidade é uma mistura de funções

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Comunicando através da paisagem
Comunicando através da paisagemComunicando através da paisagem
Comunicando através da paisagem
Ana Cunha
 
Forma e função
Forma e funçãoForma e função
Forma e função
Mayke Martins
 
Elaboração de plano conceitual no Projeto Paisagístico.
Elaboração de plano conceitual no Projeto Paisagístico.Elaboração de plano conceitual no Projeto Paisagístico.
Elaboração de plano conceitual no Projeto Paisagístico.
Lila Donato
 
Aula 8 corbusier
Aula 8   corbusierAula 8   corbusier
Aula 8 corbusier
Raphael Barbosa Rodrigues
 
Aula 06082007
Aula 06082007Aula 06082007
Aula 06082007
Isa Guerreiro
 
Saber ver a arquitetura - Bruno Zevi
Saber ver a arquitetura - Bruno ZeviSaber ver a arquitetura - Bruno Zevi
Saber ver a arquitetura - Bruno Zevi
Ana Leticia Cunha
 
A Forma Urbana
A Forma UrbanaA Forma Urbana
A Forma Urbana
Marília Amorim
 
Introducao ao planejamento_urbano
Introducao ao planejamento_urbanoIntroducao ao planejamento_urbano
Introducao ao planejamento_urbano
Patricia Fraga
 
Carta de atenas
Carta de atenasCarta de atenas
Carta de atenas
Alice Kaizer
 
Luis Barragan
Luis BarraganLuis Barragan
Luis Barragan
Rochelle Lima
 
05:. Plano de Paris
05:. Plano de Paris05:. Plano de Paris
05:. Plano de Paris
ARQ210AN
 
Suelton morte e vida de grandes cidades- jane jacobs
Suelton  morte e vida de grandes cidades- jane jacobsSuelton  morte e vida de grandes cidades- jane jacobs
Suelton morte e vida de grandes cidades- jane jacobs
Suelton Crispiano
 
Aula 3 reform urbanas paris
Aula 3   reform urbanas parisAula 3   reform urbanas paris
Aula 3 reform urbanas paris
Raphael Barbosa Rodrigues
 
Pracas-brasileiras-fabio-robba-ppf
Pracas-brasileiras-fabio-robba-ppfPracas-brasileiras-fabio-robba-ppf
Pracas-brasileiras-fabio-robba-ppf
Urban Acabamentos
 
Planejamento Urbano em Curitiba
Planejamento Urbano em CuritibaPlanejamento Urbano em Curitiba
Planejamento Urbano em Curitiba
Douglas Ferreira
 
Arquitetura Brasileira
Arquitetura BrasileiraArquitetura Brasileira
Arquitetura Brasileira
CEF16
 
URB | Panorama São Paulo
URB | Panorama São PauloURB | Panorama São Paulo
URB | Panorama São Paulo
Edison Ribeiro
 
Morfologia Urbana e Desenho da Cidade
Morfologia Urbana e Desenho da CidadeMorfologia Urbana e Desenho da Cidade
Morfologia Urbana e Desenho da Cidade
ARQ210AN
 
Aula 4 reform urbanas barcelona
Aula 4   reform urbanas barcelonaAula 4   reform urbanas barcelona
Aula 4 reform urbanas barcelona
Raphael Barbosa Rodrigues
 
10. planejamento urbano
10. planejamento urbano10. planejamento urbano
10. planejamento urbano
Ana Cunha
 

Mais procurados (20)

Comunicando através da paisagem
Comunicando através da paisagemComunicando através da paisagem
Comunicando através da paisagem
 
Forma e função
Forma e funçãoForma e função
Forma e função
 
Elaboração de plano conceitual no Projeto Paisagístico.
Elaboração de plano conceitual no Projeto Paisagístico.Elaboração de plano conceitual no Projeto Paisagístico.
Elaboração de plano conceitual no Projeto Paisagístico.
 
Aula 8 corbusier
Aula 8   corbusierAula 8   corbusier
Aula 8 corbusier
 
Aula 06082007
Aula 06082007Aula 06082007
Aula 06082007
 
Saber ver a arquitetura - Bruno Zevi
Saber ver a arquitetura - Bruno ZeviSaber ver a arquitetura - Bruno Zevi
Saber ver a arquitetura - Bruno Zevi
 
A Forma Urbana
A Forma UrbanaA Forma Urbana
A Forma Urbana
 
Introducao ao planejamento_urbano
Introducao ao planejamento_urbanoIntroducao ao planejamento_urbano
Introducao ao planejamento_urbano
 
Carta de atenas
Carta de atenasCarta de atenas
Carta de atenas
 
Luis Barragan
Luis BarraganLuis Barragan
Luis Barragan
 
05:. Plano de Paris
05:. Plano de Paris05:. Plano de Paris
05:. Plano de Paris
 
Suelton morte e vida de grandes cidades- jane jacobs
Suelton  morte e vida de grandes cidades- jane jacobsSuelton  morte e vida de grandes cidades- jane jacobs
Suelton morte e vida de grandes cidades- jane jacobs
 
Aula 3 reform urbanas paris
Aula 3   reform urbanas parisAula 3   reform urbanas paris
Aula 3 reform urbanas paris
 
Pracas-brasileiras-fabio-robba-ppf
Pracas-brasileiras-fabio-robba-ppfPracas-brasileiras-fabio-robba-ppf
Pracas-brasileiras-fabio-robba-ppf
 
Planejamento Urbano em Curitiba
Planejamento Urbano em CuritibaPlanejamento Urbano em Curitiba
Planejamento Urbano em Curitiba
 
Arquitetura Brasileira
Arquitetura BrasileiraArquitetura Brasileira
Arquitetura Brasileira
 
URB | Panorama São Paulo
URB | Panorama São PauloURB | Panorama São Paulo
URB | Panorama São Paulo
 
Morfologia Urbana e Desenho da Cidade
Morfologia Urbana e Desenho da CidadeMorfologia Urbana e Desenho da Cidade
Morfologia Urbana e Desenho da Cidade
 
Aula 4 reform urbanas barcelona
Aula 4   reform urbanas barcelonaAula 4   reform urbanas barcelona
Aula 4 reform urbanas barcelona
 
10. planejamento urbano
10. planejamento urbano10. planejamento urbano
10. planejamento urbano
 

Semelhante a Jane Jacobs - Visão Geral

Mosaico art 7-ano_1_bim_baixa (1)
Mosaico art 7-ano_1_bim_baixa (1)Mosaico art 7-ano_1_bim_baixa (1)
Mosaico art 7-ano_1_bim_baixa (1)
Roberto Cesar
 
Dissertação analise unicamp 2004
Dissertação analise unicamp 2004Dissertação analise unicamp 2004
Dissertação analise unicamp 2004
Tia Jana Professora
 
Caminhar é preciso 07.07.13 Toyolex
Caminhar é preciso 07.07.13 ToyolexCaminhar é preciso 07.07.13 Toyolex
Caminhar é preciso 07.07.13 Toyolex
TGI Consultoria em Gestão
 
Georges Perec e o Monitoramento de Midias sociais
Georges Perec e o Monitoramento de Midias sociaisGeorges Perec e o Monitoramento de Midias sociais
Georges Perec e o Monitoramento de Midias sociais
Tarcízio Silva
 
Dissertação analise unicamp 2004
Dissertação analise unicamp 2004Dissertação analise unicamp 2004
Dissertação analise unicamp 2004
Jana Kirschner
 
A infância nas cidades - ECCOS
A infância nas cidades - ECCOSA infância nas cidades - ECCOS
A infância nas cidades - ECCOS
Associação ECCOS
 
Coloquio cumplicidades bairro, apresentação Marluci Menezes
Coloquio cumplicidades bairro, apresentação Marluci MenezesColoquio cumplicidades bairro, apresentação Marluci Menezes
Coloquio cumplicidades bairro, apresentação Marluci Menezes
Ceact Ual
 
Coloquio cumplicidades bairro Apresentação Marluci Menezesezes
Coloquio cumplicidades bairro Apresentação Marluci MenezesezesColoquio cumplicidades bairro Apresentação Marluci Menezesezes
Coloquio cumplicidades bairro Apresentação Marluci Menezesezes
Filipa Ramalhete
 
CONCEITO DE HISTORIA introducao ao estudo de historia
CONCEITO DE HISTORIA introducao ao estudo de historiaCONCEITO DE HISTORIA introducao ao estudo de historia
CONCEITO DE HISTORIA introducao ao estudo de historia
JaneteMolina2
 
Meu Bairro Centro - Setembro
Meu Bairro Centro - SetembroMeu Bairro Centro - Setembro
Meu Bairro Centro - Setembro
ACIDADE ON
 
Et
EtEt
A comunicação nas periferias
A comunicação nas periferiasA comunicação nas periferias
A comunicação nas periferias
Jaiane Santos
 
Gravura, cidade e intervenções artísticas
Gravura, cidade e intervenções artísticasGravura, cidade e intervenções artísticas
Gravura, cidade e intervenções artísticas
Catarina Argolo
 
Bogota Design E Participacao
Bogota Design E ParticipacaoBogota Design E Participacao
Bogota Design E Participacao
Jorge Montana
 
Bairros em Lisboa 2012 (CEACT/UAL) - Apresentação do projecto
Bairros em Lisboa 2012 (CEACT/UAL) - Apresentação do projectoBairros em Lisboa 2012 (CEACT/UAL) - Apresentação do projecto
Bairros em Lisboa 2012 (CEACT/UAL) - Apresentação do projecto
Ceact Ual
 
Fichamento - Uma introdução a história do design
Fichamento - Uma introdução a história do designFichamento - Uma introdução a história do design
Fichamento - Uma introdução a história do design
Vinicius Gomes
 
Reabilitação Urbana na região da Estação da Luz
Reabilitação Urbana na região da Estação da LuzReabilitação Urbana na região da Estação da Luz
Reabilitação Urbana na região da Estação da Luz
Flávia Pereto
 
Trabalho acadêmico sobre o texto: De perto e de dentro: Notas para uma etnogr...
Trabalho acadêmico sobre o texto: De perto e de dentro: Notas para uma etnogr...Trabalho acadêmico sobre o texto: De perto e de dentro: Notas para uma etnogr...
Trabalho acadêmico sobre o texto: De perto e de dentro: Notas para uma etnogr...
Ingrid Lorrana Ferreira Sobreira
 
A cidade das torres - Peter Hall
A cidade das torres - Peter HallA cidade das torres - Peter Hall
A cidade das torres - Peter Hall
Jair Lucio Prados Ribeiro
 
Aula 9 - Karina Leitão
Aula 9 - Karina LeitãoAula 9 - Karina Leitão
Aula 9 - Karina Leitão
Habitação e Cidade
 

Semelhante a Jane Jacobs - Visão Geral (20)

Mosaico art 7-ano_1_bim_baixa (1)
Mosaico art 7-ano_1_bim_baixa (1)Mosaico art 7-ano_1_bim_baixa (1)
Mosaico art 7-ano_1_bim_baixa (1)
 
Dissertação analise unicamp 2004
Dissertação analise unicamp 2004Dissertação analise unicamp 2004
Dissertação analise unicamp 2004
 
Caminhar é preciso 07.07.13 Toyolex
Caminhar é preciso 07.07.13 ToyolexCaminhar é preciso 07.07.13 Toyolex
Caminhar é preciso 07.07.13 Toyolex
 
Georges Perec e o Monitoramento de Midias sociais
Georges Perec e o Monitoramento de Midias sociaisGeorges Perec e o Monitoramento de Midias sociais
Georges Perec e o Monitoramento de Midias sociais
 
Dissertação analise unicamp 2004
Dissertação analise unicamp 2004Dissertação analise unicamp 2004
Dissertação analise unicamp 2004
 
A infância nas cidades - ECCOS
A infância nas cidades - ECCOSA infância nas cidades - ECCOS
A infância nas cidades - ECCOS
 
Coloquio cumplicidades bairro, apresentação Marluci Menezes
Coloquio cumplicidades bairro, apresentação Marluci MenezesColoquio cumplicidades bairro, apresentação Marluci Menezes
Coloquio cumplicidades bairro, apresentação Marluci Menezes
 
Coloquio cumplicidades bairro Apresentação Marluci Menezesezes
Coloquio cumplicidades bairro Apresentação Marluci MenezesezesColoquio cumplicidades bairro Apresentação Marluci Menezesezes
Coloquio cumplicidades bairro Apresentação Marluci Menezesezes
 
CONCEITO DE HISTORIA introducao ao estudo de historia
CONCEITO DE HISTORIA introducao ao estudo de historiaCONCEITO DE HISTORIA introducao ao estudo de historia
CONCEITO DE HISTORIA introducao ao estudo de historia
 
Meu Bairro Centro - Setembro
Meu Bairro Centro - SetembroMeu Bairro Centro - Setembro
Meu Bairro Centro - Setembro
 
Et
EtEt
Et
 
A comunicação nas periferias
A comunicação nas periferiasA comunicação nas periferias
A comunicação nas periferias
 
Gravura, cidade e intervenções artísticas
Gravura, cidade e intervenções artísticasGravura, cidade e intervenções artísticas
Gravura, cidade e intervenções artísticas
 
Bogota Design E Participacao
Bogota Design E ParticipacaoBogota Design E Participacao
Bogota Design E Participacao
 
Bairros em Lisboa 2012 (CEACT/UAL) - Apresentação do projecto
Bairros em Lisboa 2012 (CEACT/UAL) - Apresentação do projectoBairros em Lisboa 2012 (CEACT/UAL) - Apresentação do projecto
Bairros em Lisboa 2012 (CEACT/UAL) - Apresentação do projecto
 
Fichamento - Uma introdução a história do design
Fichamento - Uma introdução a história do designFichamento - Uma introdução a história do design
Fichamento - Uma introdução a história do design
 
Reabilitação Urbana na região da Estação da Luz
Reabilitação Urbana na região da Estação da LuzReabilitação Urbana na região da Estação da Luz
Reabilitação Urbana na região da Estação da Luz
 
Trabalho acadêmico sobre o texto: De perto e de dentro: Notas para uma etnogr...
Trabalho acadêmico sobre o texto: De perto e de dentro: Notas para uma etnogr...Trabalho acadêmico sobre o texto: De perto e de dentro: Notas para uma etnogr...
Trabalho acadêmico sobre o texto: De perto e de dentro: Notas para uma etnogr...
 
A cidade das torres - Peter Hall
A cidade das torres - Peter HallA cidade das torres - Peter Hall
A cidade das torres - Peter Hall
 
Aula 9 - Karina Leitão
Aula 9 - Karina LeitãoAula 9 - Karina Leitão
Aula 9 - Karina Leitão
 

Mais de Angélica Vidal

Emilio Baumgart e Rem Koolhaas
Emilio Baumgart e Rem KoolhaasEmilio Baumgart e Rem Koolhaas
Emilio Baumgart e Rem Koolhaas
Angélica Vidal
 
INTERAÇÃO URBANA - CENTRO HISTÓRICO DE SP
INTERAÇÃO URBANA - CENTRO HISTÓRICO DE SPINTERAÇÃO URBANA - CENTRO HISTÓRICO DE SP
INTERAÇÃO URBANA - CENTRO HISTÓRICO DE SP
Angélica Vidal
 
53º Prêmio Arquiteto do Amanhã - IAB/RJ
53º Prêmio Arquiteto do Amanhã - IAB/RJ53º Prêmio Arquiteto do Amanhã - IAB/RJ
53º Prêmio Arquiteto do Amanhã - IAB/RJ
Angélica Vidal
 
Reciclagem de Resíduo de Gesso - Gestão Estratégica
Reciclagem de Resíduo de Gesso - Gestão EstratégicaReciclagem de Resíduo de Gesso - Gestão Estratégica
Reciclagem de Resíduo de Gesso - Gestão Estratégica
Angélica Vidal
 
"O Espaço Urbano" - Resumo comentado
"O Espaço Urbano" - Resumo comentado"O Espaço Urbano" - Resumo comentado
"O Espaço Urbano" - Resumo comentado
Angélica Vidal
 
Mapas de Barra Mansa-RJ
Mapas de Barra Mansa-RJMapas de Barra Mansa-RJ
Mapas de Barra Mansa-RJ
Angélica Vidal
 
Nível de Preservação dos Casarios Urbanos no Vale do Paraíba Paulista
Nível de Preservação dos Casarios Urbanos no Vale do Paraíba Paulista Nível de Preservação dos Casarios Urbanos no Vale do Paraíba Paulista
Nível de Preservação dos Casarios Urbanos no Vale do Paraíba Paulista
Angélica Vidal
 
Problemas urbanos no Centro do Rio de Janeiro
Problemas urbanos no Centro do Rio de JaneiroProblemas urbanos no Centro do Rio de Janeiro
Problemas urbanos no Centro do Rio de Janeiro
Angélica Vidal
 
Atelier Berlin - A new use for Tempelhof Airport
Atelier Berlin - A new use for Tempelhof AirportAtelier Berlin - A new use for Tempelhof Airport
Atelier Berlin - A new use for Tempelhof Airport
Angélica Vidal
 
Atelier Nairobi - Arebik Project
Atelier Nairobi - Arebik ProjectAtelier Nairobi - Arebik Project
Atelier Nairobi - Arebik Project
Angélica Vidal
 
Atelier Rotterdam - Tarwewijk
Atelier Rotterdam - TarwewijkAtelier Rotterdam - Tarwewijk
Atelier Rotterdam - Tarwewijk
Angélica Vidal
 
How green is Rio de Janeiro and Buenos Aires?
How green is Rio de Janeiro and Buenos Aires?How green is Rio de Janeiro and Buenos Aires?
How green is Rio de Janeiro and Buenos Aires?
Angélica Vidal
 
Rotterdam Nesselande Project
Rotterdam Nesselande ProjectRotterdam Nesselande Project
Rotterdam Nesselande Project
Angélica Vidal
 
Master Plan Comparison: Seattle (EUA) and Porto Alegre (BRA)
Master Plan Comparison: Seattle (EUA) and Porto Alegre (BRA)Master Plan Comparison: Seattle (EUA) and Porto Alegre (BRA)
Master Plan Comparison: Seattle (EUA) and Porto Alegre (BRA)
Angélica Vidal
 
Estudo sobre a Av. Amaral Peixoto (Niterói/JR)
Estudo sobre a Av. Amaral Peixoto (Niterói/JR)Estudo sobre a Av. Amaral Peixoto (Niterói/JR)
Estudo sobre a Av. Amaral Peixoto (Niterói/JR)
Angélica Vidal
 
Análise do projeto de Volta Redonda
Análise do projeto de Volta RedondaAnálise do projeto de Volta Redonda
Análise do projeto de Volta Redonda
Angélica Vidal
 
Portfolio and resumé of Angélica Vidal
Portfolio and resumé of Angélica VidalPortfolio and resumé of Angélica Vidal
Portfolio and resumé of Angélica Vidal
Angélica Vidal
 
Article 'Regions, Globalization, Development'
Article 'Regions, Globalization, Development'Article 'Regions, Globalization, Development'
Article 'Regions, Globalization, Development'
Angélica Vidal
 
Diagnóstico do bairro Ponta da Areia - Niterói/RJ
Diagnóstico do bairro Ponta da Areia - Niterói/RJDiagnóstico do bairro Ponta da Areia - Niterói/RJ
Diagnóstico do bairro Ponta da Areia - Niterói/RJ
Angélica Vidal
 
Tipos vegetais aplicados ao paisagismo
Tipos vegetais aplicados ao paisagismoTipos vegetais aplicados ao paisagismo
Tipos vegetais aplicados ao paisagismo
Angélica Vidal
 

Mais de Angélica Vidal (20)

Emilio Baumgart e Rem Koolhaas
Emilio Baumgart e Rem KoolhaasEmilio Baumgart e Rem Koolhaas
Emilio Baumgart e Rem Koolhaas
 
INTERAÇÃO URBANA - CENTRO HISTÓRICO DE SP
INTERAÇÃO URBANA - CENTRO HISTÓRICO DE SPINTERAÇÃO URBANA - CENTRO HISTÓRICO DE SP
INTERAÇÃO URBANA - CENTRO HISTÓRICO DE SP
 
53º Prêmio Arquiteto do Amanhã - IAB/RJ
53º Prêmio Arquiteto do Amanhã - IAB/RJ53º Prêmio Arquiteto do Amanhã - IAB/RJ
53º Prêmio Arquiteto do Amanhã - IAB/RJ
 
Reciclagem de Resíduo de Gesso - Gestão Estratégica
Reciclagem de Resíduo de Gesso - Gestão EstratégicaReciclagem de Resíduo de Gesso - Gestão Estratégica
Reciclagem de Resíduo de Gesso - Gestão Estratégica
 
"O Espaço Urbano" - Resumo comentado
"O Espaço Urbano" - Resumo comentado"O Espaço Urbano" - Resumo comentado
"O Espaço Urbano" - Resumo comentado
 
Mapas de Barra Mansa-RJ
Mapas de Barra Mansa-RJMapas de Barra Mansa-RJ
Mapas de Barra Mansa-RJ
 
Nível de Preservação dos Casarios Urbanos no Vale do Paraíba Paulista
Nível de Preservação dos Casarios Urbanos no Vale do Paraíba Paulista Nível de Preservação dos Casarios Urbanos no Vale do Paraíba Paulista
Nível de Preservação dos Casarios Urbanos no Vale do Paraíba Paulista
 
Problemas urbanos no Centro do Rio de Janeiro
Problemas urbanos no Centro do Rio de JaneiroProblemas urbanos no Centro do Rio de Janeiro
Problemas urbanos no Centro do Rio de Janeiro
 
Atelier Berlin - A new use for Tempelhof Airport
Atelier Berlin - A new use for Tempelhof AirportAtelier Berlin - A new use for Tempelhof Airport
Atelier Berlin - A new use for Tempelhof Airport
 
Atelier Nairobi - Arebik Project
Atelier Nairobi - Arebik ProjectAtelier Nairobi - Arebik Project
Atelier Nairobi - Arebik Project
 
Atelier Rotterdam - Tarwewijk
Atelier Rotterdam - TarwewijkAtelier Rotterdam - Tarwewijk
Atelier Rotterdam - Tarwewijk
 
How green is Rio de Janeiro and Buenos Aires?
How green is Rio de Janeiro and Buenos Aires?How green is Rio de Janeiro and Buenos Aires?
How green is Rio de Janeiro and Buenos Aires?
 
Rotterdam Nesselande Project
Rotterdam Nesselande ProjectRotterdam Nesselande Project
Rotterdam Nesselande Project
 
Master Plan Comparison: Seattle (EUA) and Porto Alegre (BRA)
Master Plan Comparison: Seattle (EUA) and Porto Alegre (BRA)Master Plan Comparison: Seattle (EUA) and Porto Alegre (BRA)
Master Plan Comparison: Seattle (EUA) and Porto Alegre (BRA)
 
Estudo sobre a Av. Amaral Peixoto (Niterói/JR)
Estudo sobre a Av. Amaral Peixoto (Niterói/JR)Estudo sobre a Av. Amaral Peixoto (Niterói/JR)
Estudo sobre a Av. Amaral Peixoto (Niterói/JR)
 
Análise do projeto de Volta Redonda
Análise do projeto de Volta RedondaAnálise do projeto de Volta Redonda
Análise do projeto de Volta Redonda
 
Portfolio and resumé of Angélica Vidal
Portfolio and resumé of Angélica VidalPortfolio and resumé of Angélica Vidal
Portfolio and resumé of Angélica Vidal
 
Article 'Regions, Globalization, Development'
Article 'Regions, Globalization, Development'Article 'Regions, Globalization, Development'
Article 'Regions, Globalization, Development'
 
Diagnóstico do bairro Ponta da Areia - Niterói/RJ
Diagnóstico do bairro Ponta da Areia - Niterói/RJDiagnóstico do bairro Ponta da Areia - Niterói/RJ
Diagnóstico do bairro Ponta da Areia - Niterói/RJ
 
Tipos vegetais aplicados ao paisagismo
Tipos vegetais aplicados ao paisagismoTipos vegetais aplicados ao paisagismo
Tipos vegetais aplicados ao paisagismo
 

Último

Boletim informativo - Contacto - julho de 2024
Boletim informativo - Contacto - julho de 2024Boletim informativo - Contacto - julho de 2024
Boletim informativo - Contacto - julho de 2024
Bibliotecas Escolares AEIDH
 
O Ministério da Defesa e a Sociedade no Tema de Defesa Nacional.pdf
O Ministério da Defesa e a Sociedade no Tema de Defesa Nacional.pdfO Ministério da Defesa e a Sociedade no Tema de Defesa Nacional.pdf
O Ministério da Defesa e a Sociedade no Tema de Defesa Nacional.pdf
Falcão Brasil
 
Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...
Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...
Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...
Centro Jacques Delors
 
Análise dos resultados do desmatamento obtidos pelo SIAD.ppt
Análise dos resultados do desmatamento obtidos pelo SIAD.pptAnálise dos resultados do desmatamento obtidos pelo SIAD.ppt
Análise dos resultados do desmatamento obtidos pelo SIAD.ppt
Falcão Brasil
 
UFCD_5673_Segurança nos transportes_índice.pdf
UFCD_5673_Segurança nos transportes_índice.pdfUFCD_5673_Segurança nos transportes_índice.pdf
UFCD_5673_Segurança nos transportes_índice.pdf
Manuais Formação
 
Organograma do Ministério da Defesa (MD).pdf
Organograma do Ministério da Defesa (MD).pdfOrganograma do Ministério da Defesa (MD).pdf
Organograma do Ministério da Defesa (MD).pdf
Falcão Brasil
 
Desafio matemático - multiplicação e divisão.
Desafio matemático -  multiplicação e divisão.Desafio matemático -  multiplicação e divisão.
Desafio matemático - multiplicação e divisão.
Mary Alvarenga
 
Relatório do Ministério da Defesa (MD) 2017.pdf
Relatório do Ministério da Defesa (MD) 2017.pdfRelatório do Ministério da Defesa (MD) 2017.pdf
Relatório do Ministério da Defesa (MD) 2017.pdf
Falcão Brasil
 
Oceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
Oceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsxOceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
Oceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
Luzia Gabriele
 
UFCD_7224_Prevenção de acidentes em contexto domiciliário e institucional_índ...
UFCD_7224_Prevenção de acidentes em contexto domiciliário e institucional_índ...UFCD_7224_Prevenção de acidentes em contexto domiciliário e institucional_índ...
UFCD_7224_Prevenção de acidentes em contexto domiciliário e institucional_índ...
Manuais Formação
 
Marinha do Brasil (MB) Politíca Naval.pdf
Marinha do Brasil (MB) Politíca Naval.pdfMarinha do Brasil (MB) Politíca Naval.pdf
Marinha do Brasil (MB) Politíca Naval.pdf
Falcão Brasil
 
A Participação do Brasil nas Operações de Manutenção da Paz da ONU Passado, P...
A Participação do Brasil nas Operações de Manutenção da Paz da ONU Passado, P...A Participação do Brasil nas Operações de Manutenção da Paz da ONU Passado, P...
A Participação do Brasil nas Operações de Manutenção da Paz da ONU Passado, P...
Falcão Brasil
 
28 - Agente de Endemias (40 mapas mentais) - Amostra.pdf
28 - Agente de Endemias (40 mapas mentais) - Amostra.pdf28 - Agente de Endemias (40 mapas mentais) - Amostra.pdf
28 - Agente de Endemias (40 mapas mentais) - Amostra.pdf
SheylaAlves6
 
Geotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdf
Geotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdfGeotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdf
Geotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdf
Falcão Brasil
 
Que Pena Amor! Eugénio de Sá - Soneto.ppsx
Que Pena Amor! Eugénio de Sá - Soneto.ppsxQue Pena Amor! Eugénio de Sá - Soneto.ppsx
Que Pena Amor! Eugénio de Sá - Soneto.ppsx
Luzia Gabriele
 
Aviação de Reconhecimento e Ataque na FAB. A Saga dos Guerreiros Polivalentes...
Aviação de Reconhecimento e Ataque na FAB. A Saga dos Guerreiros Polivalentes...Aviação de Reconhecimento e Ataque na FAB. A Saga dos Guerreiros Polivalentes...
Aviação de Reconhecimento e Ataque na FAB. A Saga dos Guerreiros Polivalentes...
Falcão Brasil
 
Aula 3 CURSO LETRANDO (classes gramaticais).pdf
Aula 3 CURSO LETRANDO (classes gramaticais).pdfAula 3 CURSO LETRANDO (classes gramaticais).pdf
Aula 3 CURSO LETRANDO (classes gramaticais).pdf
ProfessoraSilmaraArg
 
Os Setores Estratégicos da END - O Setor Cibernético.pdf
Os Setores Estratégicos da END - O Setor Cibernético.pdfOs Setores Estratégicos da END - O Setor Cibernético.pdf
Os Setores Estratégicos da END - O Setor Cibernético.pdf
Falcão Brasil
 
Boletim informativo - Contacto - julho de 2024
Boletim informativo - Contacto - julho de 2024Boletim informativo - Contacto - julho de 2024
Boletim informativo - Contacto - julho de 2024
Bibliotecas Escolares AEIDH
 

Último (20)

Boletim informativo - Contacto - julho de 2024
Boletim informativo - Contacto - julho de 2024Boletim informativo - Contacto - julho de 2024
Boletim informativo - Contacto - julho de 2024
 
O Ministério da Defesa e a Sociedade no Tema de Defesa Nacional.pdf
O Ministério da Defesa e a Sociedade no Tema de Defesa Nacional.pdfO Ministério da Defesa e a Sociedade no Tema de Defesa Nacional.pdf
O Ministério da Defesa e a Sociedade no Tema de Defesa Nacional.pdf
 
Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...
Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...
Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...
 
Análise dos resultados do desmatamento obtidos pelo SIAD.ppt
Análise dos resultados do desmatamento obtidos pelo SIAD.pptAnálise dos resultados do desmatamento obtidos pelo SIAD.ppt
Análise dos resultados do desmatamento obtidos pelo SIAD.ppt
 
UFCD_5673_Segurança nos transportes_índice.pdf
UFCD_5673_Segurança nos transportes_índice.pdfUFCD_5673_Segurança nos transportes_índice.pdf
UFCD_5673_Segurança nos transportes_índice.pdf
 
Organograma do Ministério da Defesa (MD).pdf
Organograma do Ministério da Defesa (MD).pdfOrganograma do Ministério da Defesa (MD).pdf
Organograma do Ministério da Defesa (MD).pdf
 
Desafio matemático - multiplicação e divisão.
Desafio matemático -  multiplicação e divisão.Desafio matemático -  multiplicação e divisão.
Desafio matemático - multiplicação e divisão.
 
Relatório do Ministério da Defesa (MD) 2017.pdf
Relatório do Ministério da Defesa (MD) 2017.pdfRelatório do Ministério da Defesa (MD) 2017.pdf
Relatório do Ministério da Defesa (MD) 2017.pdf
 
Oceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
Oceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsxOceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
Oceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
 
VIAGEM AO PASSADO -
VIAGEM AO PASSADO                        -VIAGEM AO PASSADO                        -
VIAGEM AO PASSADO -
 
UFCD_7224_Prevenção de acidentes em contexto domiciliário e institucional_índ...
UFCD_7224_Prevenção de acidentes em contexto domiciliário e institucional_índ...UFCD_7224_Prevenção de acidentes em contexto domiciliário e institucional_índ...
UFCD_7224_Prevenção de acidentes em contexto domiciliário e institucional_índ...
 
Marinha do Brasil (MB) Politíca Naval.pdf
Marinha do Brasil (MB) Politíca Naval.pdfMarinha do Brasil (MB) Politíca Naval.pdf
Marinha do Brasil (MB) Politíca Naval.pdf
 
A Participação do Brasil nas Operações de Manutenção da Paz da ONU Passado, P...
A Participação do Brasil nas Operações de Manutenção da Paz da ONU Passado, P...A Participação do Brasil nas Operações de Manutenção da Paz da ONU Passado, P...
A Participação do Brasil nas Operações de Manutenção da Paz da ONU Passado, P...
 
28 - Agente de Endemias (40 mapas mentais) - Amostra.pdf
28 - Agente de Endemias (40 mapas mentais) - Amostra.pdf28 - Agente de Endemias (40 mapas mentais) - Amostra.pdf
28 - Agente de Endemias (40 mapas mentais) - Amostra.pdf
 
Geotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdf
Geotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdfGeotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdf
Geotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdf
 
Que Pena Amor! Eugénio de Sá - Soneto.ppsx
Que Pena Amor! Eugénio de Sá - Soneto.ppsxQue Pena Amor! Eugénio de Sá - Soneto.ppsx
Que Pena Amor! Eugénio de Sá - Soneto.ppsx
 
Aviação de Reconhecimento e Ataque na FAB. A Saga dos Guerreiros Polivalentes...
Aviação de Reconhecimento e Ataque na FAB. A Saga dos Guerreiros Polivalentes...Aviação de Reconhecimento e Ataque na FAB. A Saga dos Guerreiros Polivalentes...
Aviação de Reconhecimento e Ataque na FAB. A Saga dos Guerreiros Polivalentes...
 
Aula 3 CURSO LETRANDO (classes gramaticais).pdf
Aula 3 CURSO LETRANDO (classes gramaticais).pdfAula 3 CURSO LETRANDO (classes gramaticais).pdf
Aula 3 CURSO LETRANDO (classes gramaticais).pdf
 
Os Setores Estratégicos da END - O Setor Cibernético.pdf
Os Setores Estratégicos da END - O Setor Cibernético.pdfOs Setores Estratégicos da END - O Setor Cibernético.pdf
Os Setores Estratégicos da END - O Setor Cibernético.pdf
 
Boletim informativo - Contacto - julho de 2024
Boletim informativo - Contacto - julho de 2024Boletim informativo - Contacto - julho de 2024
Boletim informativo - Contacto - julho de 2024
 

Jane Jacobs - Visão Geral

  • 1. Jane Jacobs Teoria e História do Urbanismo III Mª Angélica Vidal e Pedro Paulo Ferreira 2014.1
  • 2. Breve biografia •NASCIMENTO: 4 de Maio de 1916 •ONDE? Scranton, Pensilvânia/ EUA •FALECIMENTO:25 de Abril de 2006 •LIVRO MAIS FAMOSO: “Morte e vida das grandes cidades” (1961) Autodidata,nuncaseformouemUrbanismo, Arquitetura,Jornalismoouemqualqueroutraárea,masinspiradacontraavisãomodernistadoconceitourbanistadaépoca,estudoueapresentousuasreflexõessobreodiaadiadosbairrosamericanos.
  • 3. O pensamento Retirado do capítulo sobre Jane Jacobsdo livro “O urbanismo” de Françoise Choay
  • 4. Atrair o pedestre (fator de segurança) 1.Demarcação nítida entre público e privado 2.Olhos para vigiar a rua 3.As calçadas devem ser utilizadas praticamente sem interrupção
  • 5. Atrativos 1.Dão razões concretas para utilizar a calçada 2.Atraem o tráfego para lugares que não possuem atrativos próprios (locais de passagem) 3.Comerciantes e proprietários de pequenos negócios querem que seus clientes se sintam seguros 4.Atividade dos que estão fazendo compras ou procurando um lugar para comer
  • 6. O contato na rua “Osmoralistasobservam,hámuitotempo,queoscidadãosvagamporlugaresmaisativos,demoram-seembaresepastelariasetomamrefrescosnoscafés;estaconstataçãoosaflige.” •Sentimento de solidariedade •Sentimento de confiança •Personalidade coletiva
  • 7. Proteção da vida privada •Diferenças entre grandes cidades e pequenas cidades •Relação das janelas com a rua
  • 8. Parques e a delinquência juvenil •Concepção fantasiosa das necessidades das crianças: ruas das cidades são ambientes nefastos •Parques para “proteger as crianças” •Análise do NY Times de 1959: Jovens delinquentes praticam seus crimes essencialmente em áreas de jogos. •Em áreas de jogos a presença de adultos é escassa ou nula. Crianças precisam também de espaços não especializados para construir sua imagem do mundo.
  • 9. O matriarcado dos conjuntos residenciais “Aoorganizaravidadosbairrosresidenciais,consideramapenasassupostasnecessidadesdedonasdecasaincrivelmenteociosasedecriançasemidadepré-escolar.” •Os projetos são excluem o homem da vida diurna. •Brincar em ruas movimentadas não ocorre no quadro do matriarcado. •Residências, locais de trabalho e de comércio devem intimamente integrados uns nos outros.
  • 10. Parques e praças •Parques como destruidores do tecido urbano: o“Pra que fins reclamamos mais espaços livres?” oCriar parques em pontos de concentração máxima destroem a razão que levaram a sua criação. •Função e localização dos parques oPoder de sedução x Tédio e insegurança
  • 11. Funções urbanas •O problema do “zoning” oCaso de Boston 1839 •Os “Satélites” oAs cidade acabam absorvidas pela região metropolitana e perdem sua individualidade social, econômica e cultural. •As “Cidade-campo” oEsta concepção mata intelectualmente o urbanismo.
  • 12. Funções urbanas •Conservar o automóvel oConsiste em não separar pedestre e veículos ao pensar nas questões ligadas à circulação. “A vida atrai a vida” •Ordem estética oA cidade não pode ser tratada como obra de arte •Plano e estrutura oA cidade é uma mistura de funções