SlideShare uma empresa Scribd logo
1


         INTRODUÇÃO

         A eletrostática é a parte da eletricidade que estuda as propriedades e a ação mútuas das cargas
elétricas em repouso em relação a um sistema inercial de referência.

         CARGA ELÉTRICA

        A carga elétrica é considerada como sendo uma propriedade que se manifesta em algumas das
chamadas partículas elementares; por exemplo, nos prótons e elétrons.
        Toda a matéria que conhecemos é formada por moléculas. Esta, por sua vez, é formada de átomos,
que são compostos por três tipos de partículas elementares: prótons, nêutrons e elétrons.
        Os átomos são formados por um núcleo, onde ficam os prótons e nêutrons e uma eletros-fera, onde os
elétrons permanecem, em órbita.
        Os prótons e nêutrons têm massa praticamente igual, mas os elétrons têm massa milhares de vezes
menores. Sendo m a massa dos prótons, podemos representar a massa dos elétrons como:




       ou seja, a massa dos elétrons é aproximadamente 2 mil vezes menor que a massa dos prótons.
       Podemos representar um átomo, embora fora de escala, por:




        Se pudéssemos separar os prótons, nêutrons e elétrons de um átomo, e lançá-los em direção a um
imã, os prótons seriam desviados para uma direção, os elétrons a uma direção oposta a do desvio dos prótons
e os nêutrons não seriam afetados. Os prótons são partículas com cargas positivas, os elétrons têm carga
negativa e os nêutrons têm carga neutra.
        Um próton e um elétron têm valores absolutos iguais embora tenham sinais opostos. O valor da carga
de um próton ou um elétron é chamado carga elétrica elementar e simbolizado por e.
        A unidade de medida adotada Internacionalmente para a medida de cargas elétricas é o coulomb (C).
        A carga elétrica elementar é a menor quantidade de carga encontrada na natureza, comparando-se
este valor com coulomb, têm-se a relação: e = 1,6 . 10 – 19 C.
        A unidade coulomb é definida partindo-se do conhecimento de densidades de corrente elétrica, medida
em ampère (A), já que suas unidades são interdependentes.
        Podemos definir a carga elétrica de um corpo (Q) pela relação:

                                                  Q=n.e

        Um coulomb é definido como a quantidade de carga elétrica que atravessa em um segundo, a secção
transversal de um condutor percorrido por uma corrente igual a 1 ampère.

         PRINCÍPIOS FUNDAMENTAIS DA ELETROSTÁTICA

        A eletrostática é basicamente descrita por dois princípios, o da atração e repulsão de cargas conforme
seu sinal (sinais iguais se repelem e sinais contrários se atraem) e a conservação de cargas elétricas, a qual


              Prof. Thiago Miranda                                                 o-mundo-da-
                                            fisica.blogspot.com
2


assegura que em um sistema isolado, a soma de todas as cargas existentes será sempre constante, ou seja,
não há perdas.

    A. Princípio das ações elétricas: As cargas elétricas de sinais iguais se repelem e de sinais contrários
       se atraem.




    B. Princípio da conservação das cargas: Num sistema eletricamente isolado, a soma algébrica das
       cargas positivas e negativas é constante. Considere dois corpos A e B com cargas Q 1 e Q2
       respectivamente, admitamos que houve troca de cargas entre os corpos e os mesmos ficaram com
       cargas Q1’ e Q2’ respectivamente. Temos então pelo principio da conservação das cargas elétricas que:

                                          Q1 + Q2 = Q1’ + Q2’ = K (constante)

        EXERCÍCIOS DE FIXAÇÃO

1. Se um corpo A, eletrizado positivamente, repele outro corpo eletrizado B e este, por sua vez, atrai um
terceiro corpo C, também eletrizado, responda:
a) Quais os sinais das cargas elétricas de B e C?
b) O que acontecerá se colarmos A e C em presença um do outro?

2. Um partícula apresenta um numero de elétrons igual a 2 . 10 4 . Sabendo que o valor da carga elementar é e
= 1,6 . 10-19 C determine a carga elétrica dessa partícula.

3. De um corpo neutro retiramos 104 elétrons. Qual é o valor de sua carga elétrica em módulo?

4. Na figura, indica-se o sinal da carga elétrica de cada uma das partículas. Copie a figura em seu caderno e
pinte uma seta indicando a força elétrica em cada par de partículas.




5. Observe as figuras ao lado, onde a partícula A possui carga eletrizada positiva e as partículas B, C e D estão
eletrizadas com cargas elétricas desconhecidas. As setas indicam o sentido da força elétrica em cada partícula.
Copie cada uma das figuras no seu caderno e identifique o sinal de suas cargas elétricas.




              Prof. Thiago Miranda                                                    o-mundo-da-
                                             fisica.blogspot.com
3




6. Nos vértices de um triângulo ABC estão colocadas três partículas
eletrizadas. Sabemos que a partícula A tem cargas elétrica positiva e que
ela atrai a partícula B. Sabendo ainda que B atrai a partícula C:
a) determine os sinais das cargas elétricas de B e C;
b) responda se a partícula A repele ou atrai a partícula C.




7. Na eletrosfera de um átomo existem 44 elétrons. Sendo e = 1,6 . 10 -19 C o valor da carga elementar,
podemos afirmar que a carga elétrica da eletrosfera e a carga elétrica do núcleo valem, respectivamente:
a) – 70,4 . 10 -19C e zero
b) 3,0 . 10 -19C e zero
c) – 7,0 . 10 -19C e + 7,0 . 10 -19C
d) – 70,4 . 10 -19C e + 70,4 . 10 -19C
e) – 3,0 . 10 -19C e + 3,0 . 10 -19C

8. Quando se faz o contato entre duas esferas metálicas idênticas, elas repartem igualmente entre si suas
cargas elétricas. Na figura, estão representadas duas esferas metálicas idênticas 1 e 2, com cargas elétricas
Q1 = + 6 nC e Q2 = - 2 nC. Fazendo-se o contato entre elas, qual será a carga elétrica final de cada uma?




9. Duas esferas idênticas de alumínio estão eletrizadas com cargas elétricas Q 1 = - 3 nC e Q 2 = + 7 nC. Feito
um contato entre elas, qual foi a carga elétrica resultante em cada uma delas?

10. Uma esfera de alumínio possui carga elétrica Q. Uma segunda esfera de alumínio, idêntica à primeira,
estando eletricamente neutra, é encostada a ela. Qual será carga adquirida por essa segunda esfera?

11. Têm-se três esferas condutoras idênticas: A, B e C. A primeira delas possui uma carga elétrica positiva Q.
As demais estão neutras. Tocando-se a primeira em B e depois em C, qual será a carga adquirida pela última?




              Prof. Thiago Miranda                                                  o-mundo-da-
                                            fisica.blogspot.com
4




         GABARITO

1. a) O corpo B está com carga positiva e o corpo C está com carga negativa.
b) Irá ocorrer atração entre eles, pois possuem sinais opostos.

2. Q = n . e → Q = 2 . 104 . 1,6 . 10-19 → Q = 3,2 . 10-15 C

3. Q = n . e → Q = 104 . 1,6 . 10-19 → Q = 1,6 . 10-15 C

4.




5. A partícula B tem sinal negativo, a partícula C tem sinal negativo e a partícula D tem sinal negativo.

6. a) Como a partícula A atrai a partícula B então elas tem sinais contrários, contudo a partícula tem sinal
negativo.
Como a partícula B atrai a partícula C então elas tem sinais contrários, contudo a partícula tem sinal positivo.
b) A partícula A repele a partícula C, pois segundo o principio das ações elétricas cargas elétricas de mesmo
sinal se repelem.

7. Q = n . e → Q = 44 . 1,6 . 10-19 → Q = 70,4 . 10-19 C ou Q = 7,04 . 10-18 C
Alternativa d

8. Q1 + Q2 = Q1’ + Q2’
Como Q1’ = Q2’ = Q’
6n + (- 2n) = Q’ + Q’ → 6n – 2n = 2Q’ → 4n = 2Q’ → Q’ = 2 nC

9. Q1 + Q2 = Q1’ + Q2’
Como Q1’ = Q2’ = Q’
-3n + 7n = Q’ + Q’ → 4n = 2Q’ → 4n = 2Q’ → Q’ = 2 nC

10. QA + QB = QA’ + QB’
Como QA’ = QB’ = Q’
Q + 0 = Q’ + Q’ → Q = 2Q’ → Q’ = Q/2

11. Têm-se três esferas condutoras idênticas: A, B e C. A primeira delas possui uma carga elétrica positiva Q.
As demais estão neutras. Tocando-se a primeira em B e depois em C, qual será a carga adquirida pela última?
Colocando A e B em contato:
QA + QB = QA’ + QB’
Como QA’ = QB’ = Q’
Q + 0 = Q’ + Q’ → Q = 2Q’ → Q’ = Q/2
Então a carga de B é QB = Q/2
Colocando B e C em contato:
QB + QC = QB’ + QC’
Como QA’ = QB’ = Q’’
Q/2 + 0 = Q’’ + Q’’ → Q/2 = 2Q’’ → Q’’ = Q/2 → Q’’ = Q/4
                                        2
Portanto a carga da esfera C é Q/4.



               Prof. Thiago Miranda                                                    o-mundo-da-
                                              fisica.blogspot.com
4




         GABARITO

1. a) O corpo B está com carga positiva e o corpo C está com carga negativa.
b) Irá ocorrer atração entre eles, pois possuem sinais opostos.

2. Q = n . e → Q = 2 . 104 . 1,6 . 10-19 → Q = 3,2 . 10-15 C

3. Q = n . e → Q = 104 . 1,6 . 10-19 → Q = 1,6 . 10-15 C

4.




5. A partícula B tem sinal negativo, a partícula C tem sinal negativo e a partícula D tem sinal negativo.

6. a) Como a partícula A atrai a partícula B então elas tem sinais contrários, contudo a partícula tem sinal
negativo.
Como a partícula B atrai a partícula C então elas tem sinais contrários, contudo a partícula tem sinal positivo.
b) A partícula A repele a partícula C, pois segundo o principio das ações elétricas cargas elétricas de mesmo
sinal se repelem.

7. Q = n . e → Q = 44 . 1,6 . 10-19 → Q = 70,4 . 10-19 C ou Q = 7,04 . 10-18 C
Alternativa d

8. Q1 + Q2 = Q1’ + Q2’
Como Q1’ = Q2’ = Q’
6n + (- 2n) = Q’ + Q’ → 6n – 2n = 2Q’ → 4n = 2Q’ → Q’ = 2 nC

9. Q1 + Q2 = Q1’ + Q2’
Como Q1’ = Q2’ = Q’
-3n + 7n = Q’ + Q’ → 4n = 2Q’ → 4n = 2Q’ → Q’ = 2 nC

10. QA + QB = QA’ + QB’
Como QA’ = QB’ = Q’
Q + 0 = Q’ + Q’ → Q = 2Q’ → Q’ = Q/2

11. Têm-se três esferas condutoras idênticas: A, B e C. A primeira delas possui uma carga elétrica positiva Q.
As demais estão neutras. Tocando-se a primeira em B e depois em C, qual será a carga adquirida pela última?
Colocando A e B em contato:
QA + QB = QA’ + QB’
Como QA’ = QB’ = Q’
Q + 0 = Q’ + Q’ → Q = 2Q’ → Q’ = Q/2
Então a carga de B é QB = Q/2
Colocando B e C em contato:
QB + QC = QB’ + QC’
Como QA’ = QB’ = Q’’
Q/2 + 0 = Q’’ + Q’’ → Q/2 = 2Q’’ → Q’’ = Q/2 → Q’’ = Q/4
                                        2
Portanto a carga da esfera C é Q/4.



               Prof. Thiago Miranda                                                    o-mundo-da-
                                              fisica.blogspot.com
4




         GABARITO

1. a) O corpo B está com carga positiva e o corpo C está com carga negativa.
b) Irá ocorrer atração entre eles, pois possuem sinais opostos.

2. Q = n . e → Q = 2 . 104 . 1,6 . 10-19 → Q = 3,2 . 10-15 C

3. Q = n . e → Q = 104 . 1,6 . 10-19 → Q = 1,6 . 10-15 C

4.




5. A partícula B tem sinal negativo, a partícula C tem sinal negativo e a partícula D tem sinal negativo.

6. a) Como a partícula A atrai a partícula B então elas tem sinais contrários, contudo a partícula tem sinal
negativo.
Como a partícula B atrai a partícula C então elas tem sinais contrários, contudo a partícula tem sinal positivo.
b) A partícula A repele a partícula C, pois segundo o principio das ações elétricas cargas elétricas de mesmo
sinal se repelem.

7. Q = n . e → Q = 44 . 1,6 . 10-19 → Q = 70,4 . 10-19 C ou Q = 7,04 . 10-18 C
Alternativa d

8. Q1 + Q2 = Q1’ + Q2’
Como Q1’ = Q2’ = Q’
6n + (- 2n) = Q’ + Q’ → 6n – 2n = 2Q’ → 4n = 2Q’ → Q’ = 2 nC

9. Q1 + Q2 = Q1’ + Q2’
Como Q1’ = Q2’ = Q’
-3n + 7n = Q’ + Q’ → 4n = 2Q’ → 4n = 2Q’ → Q’ = 2 nC

10. QA + QB = QA’ + QB’
Como QA’ = QB’ = Q’
Q + 0 = Q’ + Q’ → Q = 2Q’ → Q’ = Q/2

11. Têm-se três esferas condutoras idênticas: A, B e C. A primeira delas possui uma carga elétrica positiva Q.
As demais estão neutras. Tocando-se a primeira em B e depois em C, qual será a carga adquirida pela última?
Colocando A e B em contato:
QA + QB = QA’ + QB’
Como QA’ = QB’ = Q’
Q + 0 = Q’ + Q’ → Q = 2Q’ → Q’ = Q/2
Então a carga de B é QB = Q/2
Colocando B e C em contato:
QB + QC = QB’ + QC’
Como QA’ = QB’ = Q’’
Q/2 + 0 = Q’’ + Q’’ → Q/2 = 2Q’’ → Q’’ = Q/2 → Q’’ = Q/4
                                        2
Portanto a carga da esfera C é Q/4.



               Prof. Thiago Miranda                                                    o-mundo-da-
                                              fisica.blogspot.com
4




         GABARITO

1. a) O corpo B está com carga positiva e o corpo C está com carga negativa.
b) Irá ocorrer atração entre eles, pois possuem sinais opostos.

2. Q = n . e → Q = 2 . 104 . 1,6 . 10-19 → Q = 3,2 . 10-15 C

3. Q = n . e → Q = 104 . 1,6 . 10-19 → Q = 1,6 . 10-15 C

4.




5. A partícula B tem sinal negativo, a partícula C tem sinal negativo e a partícula D tem sinal negativo.

6. a) Como a partícula A atrai a partícula B então elas tem sinais contrários, contudo a partícula tem sinal
negativo.
Como a partícula B atrai a partícula C então elas tem sinais contrários, contudo a partícula tem sinal positivo.
b) A partícula A repele a partícula C, pois segundo o principio das ações elétricas cargas elétricas de mesmo
sinal se repelem.

7. Q = n . e → Q = 44 . 1,6 . 10-19 → Q = 70,4 . 10-19 C ou Q = 7,04 . 10-18 C
Alternativa d

8. Q1 + Q2 = Q1’ + Q2’
Como Q1’ = Q2’ = Q’
6n + (- 2n) = Q’ + Q’ → 6n – 2n = 2Q’ → 4n = 2Q’ → Q’ = 2 nC

9. Q1 + Q2 = Q1’ + Q2’
Como Q1’ = Q2’ = Q’
-3n + 7n = Q’ + Q’ → 4n = 2Q’ → 4n = 2Q’ → Q’ = 2 nC

10. QA + QB = QA’ + QB’
Como QA’ = QB’ = Q’
Q + 0 = Q’ + Q’ → Q = 2Q’ → Q’ = Q/2

11. Têm-se três esferas condutoras idênticas: A, B e C. A primeira delas possui uma carga elétrica positiva Q.
As demais estão neutras. Tocando-se a primeira em B e depois em C, qual será a carga adquirida pela última?
Colocando A e B em contato:
QA + QB = QA’ + QB’
Como QA’ = QB’ = Q’
Q + 0 = Q’ + Q’ → Q = 2Q’ → Q’ = Q/2
Então a carga de B é QB = Q/2
Colocando B e C em contato:
QB + QC = QB’ + QC’
Como QA’ = QB’ = Q’’
Q/2 + 0 = Q’’ + Q’’ → Q/2 = 2Q’’ → Q’’ = Q/2 → Q’’ = Q/4
                                        2
Portanto a carga da esfera C é Q/4.



               Prof. Thiago Miranda                                                    o-mundo-da-
                                              fisica.blogspot.com

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Eletrostática fundamentos
Eletrostática   fundamentosEletrostática   fundamentos
Eletrostática fundamentos
Marco Antonio Sanches
 
Campo e potencial elétrico
Campo e potencial elétricoCampo e potencial elétrico
Campo e potencial elétrico
Wellington Sampaio
 
Campo elétrico
Campo elétricoCampo elétrico
Campo elétrico
WALTER ALENCAR DE SOUSA
 
Campo elétrico
Campo elétricoCampo elétrico
Campo elétrico
fisicaatual
 
Geradores e receptores
Geradores e receptoresGeradores e receptores
Geradores e receptores
fisicaatual
 
Campo elétrico
Campo elétricoCampo elétrico
Campo elétrico
Marco Antonio Sanches
 
Campo elétrico
Campo elétricoCampo elétrico
Campo elétrico
O mundo da FÍSICA
 
Corrente elétrica
Corrente elétricaCorrente elétrica
Corrente elétrica
O mundo da FÍSICA
 
Eletrostatica
EletrostaticaEletrostatica
Associação de resistores
Associação de resistoresAssociação de resistores
Associação de resistores
FÍSICA PROFESSOR TELMO
 
Força magnética
Força magnéticaForça magnética
Força magnética
Marco Antonio Sanches
 
Potencial elétrico e trabalho
Potencial elétrico e trabalhoPotencial elétrico e trabalho
Potencial elétrico e trabalho
O mundo da FÍSICA
 
Lei de coulomb
Lei de coulombLei de coulomb
Lei de coulomb
Betine Rost
 
Potencial elétrico
Potencial elétricoPotencial elétrico
Potencial elétrico
Wellington Sampaio
 
Física - Lei de Coulomb
Física - Lei de CoulombFísica - Lei de Coulomb
Física - Lei de Coulomb
Thiago Santiago
 
Eletrostática
EletrostáticaEletrostática
Eletrostática
joaberb
 
3º Ano Eletrostática
3º Ano Eletrostática3º Ano Eletrostática
3º Ano Eletrostática
FÍSICA PROFESSOR TELMO
 
Ficha Resumo - Campo elétrico
Ficha Resumo - Campo elétricoFicha Resumo - Campo elétrico
Ficha Resumo - Campo elétrico
Marco Antonio Sanches
 
Magnetismo e eletromagnetismo
Magnetismo e eletromagnetismoMagnetismo e eletromagnetismo
Magnetismo e eletromagnetismo
Armando Ferreira Alvferreira
 
Eletrostática - Carga Elétrica
Eletrostática - Carga ElétricaEletrostática - Carga Elétrica
Eletrostática - Carga Elétrica
Adna Myrella
 

Mais procurados (20)

Eletrostática fundamentos
Eletrostática   fundamentosEletrostática   fundamentos
Eletrostática fundamentos
 
Campo e potencial elétrico
Campo e potencial elétricoCampo e potencial elétrico
Campo e potencial elétrico
 
Campo elétrico
Campo elétricoCampo elétrico
Campo elétrico
 
Campo elétrico
Campo elétricoCampo elétrico
Campo elétrico
 
Geradores e receptores
Geradores e receptoresGeradores e receptores
Geradores e receptores
 
Campo elétrico
Campo elétricoCampo elétrico
Campo elétrico
 
Campo elétrico
Campo elétricoCampo elétrico
Campo elétrico
 
Corrente elétrica
Corrente elétricaCorrente elétrica
Corrente elétrica
 
Eletrostatica
EletrostaticaEletrostatica
Eletrostatica
 
Associação de resistores
Associação de resistoresAssociação de resistores
Associação de resistores
 
Força magnética
Força magnéticaForça magnética
Força magnética
 
Potencial elétrico e trabalho
Potencial elétrico e trabalhoPotencial elétrico e trabalho
Potencial elétrico e trabalho
 
Lei de coulomb
Lei de coulombLei de coulomb
Lei de coulomb
 
Potencial elétrico
Potencial elétricoPotencial elétrico
Potencial elétrico
 
Física - Lei de Coulomb
Física - Lei de CoulombFísica - Lei de Coulomb
Física - Lei de Coulomb
 
Eletrostática
EletrostáticaEletrostática
Eletrostática
 
3º Ano Eletrostática
3º Ano Eletrostática3º Ano Eletrostática
3º Ano Eletrostática
 
Ficha Resumo - Campo elétrico
Ficha Resumo - Campo elétricoFicha Resumo - Campo elétrico
Ficha Resumo - Campo elétrico
 
Magnetismo e eletromagnetismo
Magnetismo e eletromagnetismoMagnetismo e eletromagnetismo
Magnetismo e eletromagnetismo
 
Eletrostática - Carga Elétrica
Eletrostática - Carga ElétricaEletrostática - Carga Elétrica
Eletrostática - Carga Elétrica
 

Destaque

Lista de exercícios 3 EM
Lista de exercícios 3 EMLista de exercícios 3 EM
Lista de exercícios 3 EM
Ana Paula C. Sousa
 
Questões Corrigidas, em Word: Eletrostática - Conteúdo vinculado ao blog ...
Questões Corrigidas, em Word:  Eletrostática  - Conteúdo vinculado ao blog   ...Questões Corrigidas, em Word:  Eletrostática  - Conteúdo vinculado ao blog   ...
Questões Corrigidas, em Word: Eletrostática - Conteúdo vinculado ao blog ...
Rodrigo Penna
 
Introdução a eletrostática ppt
Introdução a eletrostática pptIntrodução a eletrostática ppt
Introdução a eletrostática ppt
Anselmo Roxa
 
1° Bimestre_2° Avaliação_3° ano_A_B
1° Bimestre_2° Avaliação_3° ano_A_B1° Bimestre_2° Avaliação_3° ano_A_B
1° Bimestre_2° Avaliação_3° ano_A_B
O mundo da FÍSICA
 
Exercícios extras_Pricípios da eletrostática
Exercícios extras_Pricípios da eletrostáticaExercícios extras_Pricípios da eletrostática
Exercícios extras_Pricípios da eletrostática
O mundo da FÍSICA
 
3° Bimestre_2° Avaliação_3° Ano EJA_AM_BM
3° Bimestre_2° Avaliação_3° Ano EJA_AM_BM3° Bimestre_2° Avaliação_3° Ano EJA_AM_BM
3° Bimestre_2° Avaliação_3° Ano EJA_AM_BM
O mundo da FÍSICA
 
Escola estadual padre eustáqui3
Escola estadual padre eustáqui3Escola estadual padre eustáqui3
Escola estadual padre eustáqui3
Romilda Dores Brito
 
Exercícios forca eletrica
Exercícios forca eletricaExercícios forca eletrica
Exercícios forca eletrica
Gabriel Valle
 
Exercícios extras - Notação científica e triângulos
Exercícios extras - Notação científica e triângulosExercícios extras - Notação científica e triângulos
Exercícios extras - Notação científica e triângulos
O mundo da FÍSICA
 
3° Bimestre_1° Avaliação_3° ano EJA_AM_BM
3° Bimestre_1° Avaliação_3° ano EJA_AM_BM3° Bimestre_1° Avaliação_3° ano EJA_AM_BM
3° Bimestre_1° Avaliação_3° ano EJA_AM_BM
O mundo da FÍSICA
 
Eletrização atrito, contato e indução
Eletrização atrito, contato e induçãoEletrização atrito, contato e indução
Eletrização atrito, contato e indução
Abraão França
 
Resumo eletrostática
Resumo eletrostáticaResumo eletrostática
Resumo eletrostática
Roberto Bagatini
 
Breve histórico da eletrostática
Breve histórico da eletrostáticaBreve histórico da eletrostática
Breve histórico da eletrostática
Matheus Lincoln
 
Lab eletric exp 4 (1) (1)
Lab eletric   exp 4 (1) (1)Lab eletric   exp 4 (1) (1)
Lab eletric exp 4 (1) (1)
Emerson Bezerra
 
Ap fisica modulo 21 exercicios
Ap fisica modulo 21 exerciciosAp fisica modulo 21 exercicios
Ap fisica modulo 21 exercicios
comentada
 
Eletrostatica resumo
Eletrostatica   resumoEletrostatica   resumo
Eletrostatica resumo
NS Aulas Particulares
 
Processos de eletrização e Lei de Coulomb
Processos de eletrização e Lei de CoulombProcessos de eletrização e Lei de Coulomb
Processos de eletrização e Lei de Coulomb
O mundo da FÍSICA
 
Exercícios eletrostática
Exercícios eletrostáticaExercícios eletrostática
Exercícios eletrostática
Victor Said
 
Eletrostática
EletrostáticaEletrostática
Eletrostática
Paulo Filho
 
Poder e Política - Sociologia
Poder e Política - SociologiaPoder e Política - Sociologia
Poder e Política - Sociologia
edsonfgodoy
 

Destaque (20)

Lista de exercícios 3 EM
Lista de exercícios 3 EMLista de exercícios 3 EM
Lista de exercícios 3 EM
 
Questões Corrigidas, em Word: Eletrostática - Conteúdo vinculado ao blog ...
Questões Corrigidas, em Word:  Eletrostática  - Conteúdo vinculado ao blog   ...Questões Corrigidas, em Word:  Eletrostática  - Conteúdo vinculado ao blog   ...
Questões Corrigidas, em Word: Eletrostática - Conteúdo vinculado ao blog ...
 
Introdução a eletrostática ppt
Introdução a eletrostática pptIntrodução a eletrostática ppt
Introdução a eletrostática ppt
 
1° Bimestre_2° Avaliação_3° ano_A_B
1° Bimestre_2° Avaliação_3° ano_A_B1° Bimestre_2° Avaliação_3° ano_A_B
1° Bimestre_2° Avaliação_3° ano_A_B
 
Exercícios extras_Pricípios da eletrostática
Exercícios extras_Pricípios da eletrostáticaExercícios extras_Pricípios da eletrostática
Exercícios extras_Pricípios da eletrostática
 
3° Bimestre_2° Avaliação_3° Ano EJA_AM_BM
3° Bimestre_2° Avaliação_3° Ano EJA_AM_BM3° Bimestre_2° Avaliação_3° Ano EJA_AM_BM
3° Bimestre_2° Avaliação_3° Ano EJA_AM_BM
 
Escola estadual padre eustáqui3
Escola estadual padre eustáqui3Escola estadual padre eustáqui3
Escola estadual padre eustáqui3
 
Exercícios forca eletrica
Exercícios forca eletricaExercícios forca eletrica
Exercícios forca eletrica
 
Exercícios extras - Notação científica e triângulos
Exercícios extras - Notação científica e triângulosExercícios extras - Notação científica e triângulos
Exercícios extras - Notação científica e triângulos
 
3° Bimestre_1° Avaliação_3° ano EJA_AM_BM
3° Bimestre_1° Avaliação_3° ano EJA_AM_BM3° Bimestre_1° Avaliação_3° ano EJA_AM_BM
3° Bimestre_1° Avaliação_3° ano EJA_AM_BM
 
Eletrização atrito, contato e indução
Eletrização atrito, contato e induçãoEletrização atrito, contato e indução
Eletrização atrito, contato e indução
 
Resumo eletrostática
Resumo eletrostáticaResumo eletrostática
Resumo eletrostática
 
Breve histórico da eletrostática
Breve histórico da eletrostáticaBreve histórico da eletrostática
Breve histórico da eletrostática
 
Lab eletric exp 4 (1) (1)
Lab eletric   exp 4 (1) (1)Lab eletric   exp 4 (1) (1)
Lab eletric exp 4 (1) (1)
 
Ap fisica modulo 21 exercicios
Ap fisica modulo 21 exerciciosAp fisica modulo 21 exercicios
Ap fisica modulo 21 exercicios
 
Eletrostatica resumo
Eletrostatica   resumoEletrostatica   resumo
Eletrostatica resumo
 
Processos de eletrização e Lei de Coulomb
Processos de eletrização e Lei de CoulombProcessos de eletrização e Lei de Coulomb
Processos de eletrização e Lei de Coulomb
 
Exercícios eletrostática
Exercícios eletrostáticaExercícios eletrostática
Exercícios eletrostática
 
Eletrostática
EletrostáticaEletrostática
Eletrostática
 
Poder e Política - Sociologia
Poder e Política - SociologiaPoder e Política - Sociologia
Poder e Política - Sociologia
 

Semelhante a Introdução a eletrostática

Princípios de eletricidade estática
Princípios de eletricidade estáticaPrincípios de eletricidade estática
Princípios de eletricidade estática
Davi Oliveira
 
Eletrostatica e lei de coulomb
Eletrostatica e lei de coulombEletrostatica e lei de coulomb
Eletrostatica e lei de coulomb
rodrigoateneu
 
Lista de exercício - Eletrostatica total
Lista de exercício - Eletrostatica totalLista de exercício - Eletrostatica total
Lista de exercício - Eletrostatica total
Polivalente (Ubá) - E. E. Deputado Carlos Peixoto Filho
 
1 lista de_exercicios_do_2_bim_do_2_ano_do_em_eletr_e_forca_de_coulomb
1 lista de_exercicios_do_2_bim_do_2_ano_do_em_eletr_e_forca_de_coulomb1 lista de_exercicios_do_2_bim_do_2_ano_do_em_eletr_e_forca_de_coulomb
1 lista de_exercicios_do_2_bim_do_2_ano_do_em_eletr_e_forca_de_coulomb
Karla Kelli II
 
1 lista de_exercicios_do_1_bim_do_3_ano_do_em_eletr_e_forca_de_coulomb
1 lista de_exercicios_do_1_bim_do_3_ano_do_em_eletr_e_forca_de_coulomb1 lista de_exercicios_do_1_bim_do_3_ano_do_em_eletr_e_forca_de_coulomb
1 lista de_exercicios_do_1_bim_do_3_ano_do_em_eletr_e_forca_de_coulomb
Waldir Montenegro
 
011 fisica eletrostatica_eletrizacao
011 fisica eletrostatica_eletrizacao011 fisica eletrostatica_eletrizacao
011 fisica eletrostatica_eletrizacao
Jardel da Rosa
 
Lista de exercícios nº 01
Lista de exercícios nº 01Lista de exercícios nº 01
Lista de exercícios nº 01
Cristovao Nascimento
 
slides-eletrostatica-150808160826-lva1-app6892.pdf
slides-eletrostatica-150808160826-lva1-app6892.pdfslides-eletrostatica-150808160826-lva1-app6892.pdf
slides-eletrostatica-150808160826-lva1-app6892.pdf
Emerson Assis
 
eletrostática
eletrostáticaeletrostática
eletrostática
Gabriel Henrike
 
Apostila 1%c2%b0-semestre.190.214
Apostila 1%c2%b0-semestre.190.214Apostila 1%c2%b0-semestre.190.214
Apostila 1%c2%b0-semestre.190.214
Cristilano Pacheco
 
Lista 01 eletrostatica
Lista 01 eletrostaticaLista 01 eletrostatica
Lista 01 eletrostatica
Nádia Preciso
 
Apostila do 1º semestre de eletrostática
Apostila do 1º semestre de eletrostáticaApostila do 1º semestre de eletrostática
Apostila do 1º semestre de eletrostática
Gabriel Angelo Oliveira
 
Apostila 1°-semestre.190.214
Apostila 1°-semestre.190.214Apostila 1°-semestre.190.214
Apostila 1°-semestre.190.214
Joana Takai
 
1ª lei de coulomb2
1ª lei de coulomb21ª lei de coulomb2
1ª lei de coulomb2
Fabiana Gonçalves
 
eletrosttica1-110315230456-phpapp02.pdf
eletrosttica1-110315230456-phpapp02.pdfeletrosttica1-110315230456-phpapp02.pdf
eletrosttica1-110315230456-phpapp02.pdf
Emerson Assis
 
Fisica eletriz lei de coulomb
Fisica eletriz lei de coulombFisica eletriz lei de coulomb
Fisica eletriz lei de coulomb
comentada
 
Eletrização
EletrizaçãoEletrização
Eletrização
Vlamir Gama Rocha
 
Trabfis Eletriz
Trabfis EletrizTrabfis Eletriz
Trabfis Eletriz
Cristiane Tavolaro
 
Física – eletricidade eletrização 01 – 2013
Física – eletricidade eletrização 01 – 2013Física – eletricidade eletrização 01 – 2013
Física – eletricidade eletrização 01 – 2013
Jakson Raphael Pereira Barbosa
 
Física lista de exercícios 3 ano - 2º bimestre
Física   lista de exercícios 3 ano - 2º bimestreFísica   lista de exercícios 3 ano - 2º bimestre
Física lista de exercícios 3 ano - 2º bimestre
Marcelo Andrade
 

Semelhante a Introdução a eletrostática (20)

Princípios de eletricidade estática
Princípios de eletricidade estáticaPrincípios de eletricidade estática
Princípios de eletricidade estática
 
Eletrostatica e lei de coulomb
Eletrostatica e lei de coulombEletrostatica e lei de coulomb
Eletrostatica e lei de coulomb
 
Lista de exercício - Eletrostatica total
Lista de exercício - Eletrostatica totalLista de exercício - Eletrostatica total
Lista de exercício - Eletrostatica total
 
1 lista de_exercicios_do_2_bim_do_2_ano_do_em_eletr_e_forca_de_coulomb
1 lista de_exercicios_do_2_bim_do_2_ano_do_em_eletr_e_forca_de_coulomb1 lista de_exercicios_do_2_bim_do_2_ano_do_em_eletr_e_forca_de_coulomb
1 lista de_exercicios_do_2_bim_do_2_ano_do_em_eletr_e_forca_de_coulomb
 
1 lista de_exercicios_do_1_bim_do_3_ano_do_em_eletr_e_forca_de_coulomb
1 lista de_exercicios_do_1_bim_do_3_ano_do_em_eletr_e_forca_de_coulomb1 lista de_exercicios_do_1_bim_do_3_ano_do_em_eletr_e_forca_de_coulomb
1 lista de_exercicios_do_1_bim_do_3_ano_do_em_eletr_e_forca_de_coulomb
 
011 fisica eletrostatica_eletrizacao
011 fisica eletrostatica_eletrizacao011 fisica eletrostatica_eletrizacao
011 fisica eletrostatica_eletrizacao
 
Lista de exercícios nº 01
Lista de exercícios nº 01Lista de exercícios nº 01
Lista de exercícios nº 01
 
slides-eletrostatica-150808160826-lva1-app6892.pdf
slides-eletrostatica-150808160826-lva1-app6892.pdfslides-eletrostatica-150808160826-lva1-app6892.pdf
slides-eletrostatica-150808160826-lva1-app6892.pdf
 
eletrostática
eletrostáticaeletrostática
eletrostática
 
Apostila 1%c2%b0-semestre.190.214
Apostila 1%c2%b0-semestre.190.214Apostila 1%c2%b0-semestre.190.214
Apostila 1%c2%b0-semestre.190.214
 
Lista 01 eletrostatica
Lista 01 eletrostaticaLista 01 eletrostatica
Lista 01 eletrostatica
 
Apostila do 1º semestre de eletrostática
Apostila do 1º semestre de eletrostáticaApostila do 1º semestre de eletrostática
Apostila do 1º semestre de eletrostática
 
Apostila 1°-semestre.190.214
Apostila 1°-semestre.190.214Apostila 1°-semestre.190.214
Apostila 1°-semestre.190.214
 
1ª lei de coulomb2
1ª lei de coulomb21ª lei de coulomb2
1ª lei de coulomb2
 
eletrosttica1-110315230456-phpapp02.pdf
eletrosttica1-110315230456-phpapp02.pdfeletrosttica1-110315230456-phpapp02.pdf
eletrosttica1-110315230456-phpapp02.pdf
 
Fisica eletriz lei de coulomb
Fisica eletriz lei de coulombFisica eletriz lei de coulomb
Fisica eletriz lei de coulomb
 
Eletrização
EletrizaçãoEletrização
Eletrização
 
Trabfis Eletriz
Trabfis EletrizTrabfis Eletriz
Trabfis Eletriz
 
Física – eletricidade eletrização 01 – 2013
Física – eletricidade eletrização 01 – 2013Física – eletricidade eletrização 01 – 2013
Física – eletricidade eletrização 01 – 2013
 
Física lista de exercícios 3 ano - 2º bimestre
Física   lista de exercícios 3 ano - 2º bimestreFísica   lista de exercícios 3 ano - 2º bimestre
Física lista de exercícios 3 ano - 2º bimestre
 

Mais de O mundo da FÍSICA

3° etapa_3° avaliação_Tipo II_3° ano
3° etapa_3° avaliação_Tipo II_3° ano3° etapa_3° avaliação_Tipo II_3° ano
3° etapa_3° avaliação_Tipo II_3° ano
O mundo da FÍSICA
 
3° etapa_3° avaliação_Tipo I_3° ano
3° etapa_3° avaliação_Tipo I_3° ano3° etapa_3° avaliação_Tipo I_3° ano
3° etapa_3° avaliação_Tipo I_3° ano
O mundo da FÍSICA
 
3° etapa_3° avaliaçã_Tipo II_2° ano
3° etapa_3° avaliaçã_Tipo II_2° ano3° etapa_3° avaliaçã_Tipo II_2° ano
3° etapa_3° avaliaçã_Tipo II_2° ano
O mundo da FÍSICA
 
3° etapa_3° avaliação_Tipo I_2° ano
3° etapa_3° avaliação_Tipo I_2° ano3° etapa_3° avaliação_Tipo I_2° ano
3° etapa_3° avaliação_Tipo I_2° ano
O mundo da FÍSICA
 
Potência e energia
Potência e energiaPotência e energia
Potência e energia
O mundo da FÍSICA
 
Espelho planos
Espelho planosEspelho planos
Espelho planos
O mundo da FÍSICA
 
Reflexão da luz
Reflexão da luzReflexão da luz
Reflexão da luz
O mundo da FÍSICA
 
Óptica introdução
Óptica introduçãoÓptica introdução
Óptica introdução
O mundo da FÍSICA
 
3° Etapa_2° Avaliação Simulado_3° Ano
3° Etapa_2° Avaliação Simulado_3° Ano3° Etapa_2° Avaliação Simulado_3° Ano
3° Etapa_2° Avaliação Simulado_3° Ano
O mundo da FÍSICA
 
3° Etapa_2° Avaliação_Simulado_2° Ano
3° Etapa_2° Avaliação_Simulado_2° Ano3° Etapa_2° Avaliação_Simulado_2° Ano
3° Etapa_2° Avaliação_Simulado_2° Ano
O mundo da FÍSICA
 
Associação de resistores
Associação de resistoresAssociação de resistores
Associação de resistores
O mundo da FÍSICA
 
Exercícios extras_calorimetria
Exercícios extras_calorimetriaExercícios extras_calorimetria
Exercícios extras_calorimetria
O mundo da FÍSICA
 
3° Bimestre_2° Avaliação_1° ano_A_B_C
3° Bimestre_2° Avaliação_1° ano_A_B_C3° Bimestre_2° Avaliação_1° ano_A_B_C
3° Bimestre_2° Avaliação_1° ano_A_B_C
O mundo da FÍSICA
 
3° Bimestre_2° Avaliação_2° ano EJA_AM
3° Bimestre_2° Avaliação_2° ano EJA_AM3° Bimestre_2° Avaliação_2° ano EJA_AM
3° Bimestre_2° Avaliação_2° ano EJA_AM
O mundo da FÍSICA
 
3° Bimestre_2° Avaliação_3° ano_A_B
3° Bimestre_2° Avaliação_3° ano_A_B3° Bimestre_2° Avaliação_3° ano_A_B
3° Bimestre_2° Avaliação_3° ano_A_B
O mundo da FÍSICA
 
Óptica introdução
Óptica introduçãoÓptica introdução
Óptica introdução
O mundo da FÍSICA
 
3° Eetapa_1° Avaliação_Tipo II_3° Ano
3° Eetapa_1° Avaliação_Tipo II_3° Ano3° Eetapa_1° Avaliação_Tipo II_3° Ano
3° Eetapa_1° Avaliação_Tipo II_3° Ano
O mundo da FÍSICA
 
3° Eetapa_1° Avaliação_Tipo I_3° Ano
3° Eetapa_1° Avaliação_Tipo I_3° Ano3° Eetapa_1° Avaliação_Tipo I_3° Ano
3° Eetapa_1° Avaliação_Tipo I_3° Ano
O mundo da FÍSICA
 
3° Etapa_1° Avaliação_Tipo II_2° Ano
3° Etapa_1° Avaliação_Tipo II_2° Ano3° Etapa_1° Avaliação_Tipo II_2° Ano
3° Etapa_1° Avaliação_Tipo II_2° Ano
O mundo da FÍSICA
 
3° Etapa_1° Avaliação_Tipo I_2° Ano
3° Etapa_1° Avaliação_Tipo I_2° Ano3° Etapa_1° Avaliação_Tipo I_2° Ano
3° Etapa_1° Avaliação_Tipo I_2° Ano
O mundo da FÍSICA
 

Mais de O mundo da FÍSICA (20)

3° etapa_3° avaliação_Tipo II_3° ano
3° etapa_3° avaliação_Tipo II_3° ano3° etapa_3° avaliação_Tipo II_3° ano
3° etapa_3° avaliação_Tipo II_3° ano
 
3° etapa_3° avaliação_Tipo I_3° ano
3° etapa_3° avaliação_Tipo I_3° ano3° etapa_3° avaliação_Tipo I_3° ano
3° etapa_3° avaliação_Tipo I_3° ano
 
3° etapa_3° avaliaçã_Tipo II_2° ano
3° etapa_3° avaliaçã_Tipo II_2° ano3° etapa_3° avaliaçã_Tipo II_2° ano
3° etapa_3° avaliaçã_Tipo II_2° ano
 
3° etapa_3° avaliação_Tipo I_2° ano
3° etapa_3° avaliação_Tipo I_2° ano3° etapa_3° avaliação_Tipo I_2° ano
3° etapa_3° avaliação_Tipo I_2° ano
 
Potência e energia
Potência e energiaPotência e energia
Potência e energia
 
Espelho planos
Espelho planosEspelho planos
Espelho planos
 
Reflexão da luz
Reflexão da luzReflexão da luz
Reflexão da luz
 
Óptica introdução
Óptica introduçãoÓptica introdução
Óptica introdução
 
3° Etapa_2° Avaliação Simulado_3° Ano
3° Etapa_2° Avaliação Simulado_3° Ano3° Etapa_2° Avaliação Simulado_3° Ano
3° Etapa_2° Avaliação Simulado_3° Ano
 
3° Etapa_2° Avaliação_Simulado_2° Ano
3° Etapa_2° Avaliação_Simulado_2° Ano3° Etapa_2° Avaliação_Simulado_2° Ano
3° Etapa_2° Avaliação_Simulado_2° Ano
 
Associação de resistores
Associação de resistoresAssociação de resistores
Associação de resistores
 
Exercícios extras_calorimetria
Exercícios extras_calorimetriaExercícios extras_calorimetria
Exercícios extras_calorimetria
 
3° Bimestre_2° Avaliação_1° ano_A_B_C
3° Bimestre_2° Avaliação_1° ano_A_B_C3° Bimestre_2° Avaliação_1° ano_A_B_C
3° Bimestre_2° Avaliação_1° ano_A_B_C
 
3° Bimestre_2° Avaliação_2° ano EJA_AM
3° Bimestre_2° Avaliação_2° ano EJA_AM3° Bimestre_2° Avaliação_2° ano EJA_AM
3° Bimestre_2° Avaliação_2° ano EJA_AM
 
3° Bimestre_2° Avaliação_3° ano_A_B
3° Bimestre_2° Avaliação_3° ano_A_B3° Bimestre_2° Avaliação_3° ano_A_B
3° Bimestre_2° Avaliação_3° ano_A_B
 
Óptica introdução
Óptica introduçãoÓptica introdução
Óptica introdução
 
3° Eetapa_1° Avaliação_Tipo II_3° Ano
3° Eetapa_1° Avaliação_Tipo II_3° Ano3° Eetapa_1° Avaliação_Tipo II_3° Ano
3° Eetapa_1° Avaliação_Tipo II_3° Ano
 
3° Eetapa_1° Avaliação_Tipo I_3° Ano
3° Eetapa_1° Avaliação_Tipo I_3° Ano3° Eetapa_1° Avaliação_Tipo I_3° Ano
3° Eetapa_1° Avaliação_Tipo I_3° Ano
 
3° Etapa_1° Avaliação_Tipo II_2° Ano
3° Etapa_1° Avaliação_Tipo II_2° Ano3° Etapa_1° Avaliação_Tipo II_2° Ano
3° Etapa_1° Avaliação_Tipo II_2° Ano
 
3° Etapa_1° Avaliação_Tipo I_2° Ano
3° Etapa_1° Avaliação_Tipo I_2° Ano3° Etapa_1° Avaliação_Tipo I_2° Ano
3° Etapa_1° Avaliação_Tipo I_2° Ano
 

Introdução a eletrostática

  • 1. 1 INTRODUÇÃO A eletrostática é a parte da eletricidade que estuda as propriedades e a ação mútuas das cargas elétricas em repouso em relação a um sistema inercial de referência. CARGA ELÉTRICA A carga elétrica é considerada como sendo uma propriedade que se manifesta em algumas das chamadas partículas elementares; por exemplo, nos prótons e elétrons. Toda a matéria que conhecemos é formada por moléculas. Esta, por sua vez, é formada de átomos, que são compostos por três tipos de partículas elementares: prótons, nêutrons e elétrons. Os átomos são formados por um núcleo, onde ficam os prótons e nêutrons e uma eletros-fera, onde os elétrons permanecem, em órbita. Os prótons e nêutrons têm massa praticamente igual, mas os elétrons têm massa milhares de vezes menores. Sendo m a massa dos prótons, podemos representar a massa dos elétrons como: ou seja, a massa dos elétrons é aproximadamente 2 mil vezes menor que a massa dos prótons. Podemos representar um átomo, embora fora de escala, por: Se pudéssemos separar os prótons, nêutrons e elétrons de um átomo, e lançá-los em direção a um imã, os prótons seriam desviados para uma direção, os elétrons a uma direção oposta a do desvio dos prótons e os nêutrons não seriam afetados. Os prótons são partículas com cargas positivas, os elétrons têm carga negativa e os nêutrons têm carga neutra. Um próton e um elétron têm valores absolutos iguais embora tenham sinais opostos. O valor da carga de um próton ou um elétron é chamado carga elétrica elementar e simbolizado por e. A unidade de medida adotada Internacionalmente para a medida de cargas elétricas é o coulomb (C). A carga elétrica elementar é a menor quantidade de carga encontrada na natureza, comparando-se este valor com coulomb, têm-se a relação: e = 1,6 . 10 – 19 C. A unidade coulomb é definida partindo-se do conhecimento de densidades de corrente elétrica, medida em ampère (A), já que suas unidades são interdependentes. Podemos definir a carga elétrica de um corpo (Q) pela relação: Q=n.e Um coulomb é definido como a quantidade de carga elétrica que atravessa em um segundo, a secção transversal de um condutor percorrido por uma corrente igual a 1 ampère. PRINCÍPIOS FUNDAMENTAIS DA ELETROSTÁTICA A eletrostática é basicamente descrita por dois princípios, o da atração e repulsão de cargas conforme seu sinal (sinais iguais se repelem e sinais contrários se atraem) e a conservação de cargas elétricas, a qual Prof. Thiago Miranda o-mundo-da- fisica.blogspot.com
  • 2. 2 assegura que em um sistema isolado, a soma de todas as cargas existentes será sempre constante, ou seja, não há perdas. A. Princípio das ações elétricas: As cargas elétricas de sinais iguais se repelem e de sinais contrários se atraem. B. Princípio da conservação das cargas: Num sistema eletricamente isolado, a soma algébrica das cargas positivas e negativas é constante. Considere dois corpos A e B com cargas Q 1 e Q2 respectivamente, admitamos que houve troca de cargas entre os corpos e os mesmos ficaram com cargas Q1’ e Q2’ respectivamente. Temos então pelo principio da conservação das cargas elétricas que: Q1 + Q2 = Q1’ + Q2’ = K (constante) EXERCÍCIOS DE FIXAÇÃO 1. Se um corpo A, eletrizado positivamente, repele outro corpo eletrizado B e este, por sua vez, atrai um terceiro corpo C, também eletrizado, responda: a) Quais os sinais das cargas elétricas de B e C? b) O que acontecerá se colarmos A e C em presença um do outro? 2. Um partícula apresenta um numero de elétrons igual a 2 . 10 4 . Sabendo que o valor da carga elementar é e = 1,6 . 10-19 C determine a carga elétrica dessa partícula. 3. De um corpo neutro retiramos 104 elétrons. Qual é o valor de sua carga elétrica em módulo? 4. Na figura, indica-se o sinal da carga elétrica de cada uma das partículas. Copie a figura em seu caderno e pinte uma seta indicando a força elétrica em cada par de partículas. 5. Observe as figuras ao lado, onde a partícula A possui carga eletrizada positiva e as partículas B, C e D estão eletrizadas com cargas elétricas desconhecidas. As setas indicam o sentido da força elétrica em cada partícula. Copie cada uma das figuras no seu caderno e identifique o sinal de suas cargas elétricas. Prof. Thiago Miranda o-mundo-da- fisica.blogspot.com
  • 3. 3 6. Nos vértices de um triângulo ABC estão colocadas três partículas eletrizadas. Sabemos que a partícula A tem cargas elétrica positiva e que ela atrai a partícula B. Sabendo ainda que B atrai a partícula C: a) determine os sinais das cargas elétricas de B e C; b) responda se a partícula A repele ou atrai a partícula C. 7. Na eletrosfera de um átomo existem 44 elétrons. Sendo e = 1,6 . 10 -19 C o valor da carga elementar, podemos afirmar que a carga elétrica da eletrosfera e a carga elétrica do núcleo valem, respectivamente: a) – 70,4 . 10 -19C e zero b) 3,0 . 10 -19C e zero c) – 7,0 . 10 -19C e + 7,0 . 10 -19C d) – 70,4 . 10 -19C e + 70,4 . 10 -19C e) – 3,0 . 10 -19C e + 3,0 . 10 -19C 8. Quando se faz o contato entre duas esferas metálicas idênticas, elas repartem igualmente entre si suas cargas elétricas. Na figura, estão representadas duas esferas metálicas idênticas 1 e 2, com cargas elétricas Q1 = + 6 nC e Q2 = - 2 nC. Fazendo-se o contato entre elas, qual será a carga elétrica final de cada uma? 9. Duas esferas idênticas de alumínio estão eletrizadas com cargas elétricas Q 1 = - 3 nC e Q 2 = + 7 nC. Feito um contato entre elas, qual foi a carga elétrica resultante em cada uma delas? 10. Uma esfera de alumínio possui carga elétrica Q. Uma segunda esfera de alumínio, idêntica à primeira, estando eletricamente neutra, é encostada a ela. Qual será carga adquirida por essa segunda esfera? 11. Têm-se três esferas condutoras idênticas: A, B e C. A primeira delas possui uma carga elétrica positiva Q. As demais estão neutras. Tocando-se a primeira em B e depois em C, qual será a carga adquirida pela última? Prof. Thiago Miranda o-mundo-da- fisica.blogspot.com
  • 4. 4 GABARITO 1. a) O corpo B está com carga positiva e o corpo C está com carga negativa. b) Irá ocorrer atração entre eles, pois possuem sinais opostos. 2. Q = n . e → Q = 2 . 104 . 1,6 . 10-19 → Q = 3,2 . 10-15 C 3. Q = n . e → Q = 104 . 1,6 . 10-19 → Q = 1,6 . 10-15 C 4. 5. A partícula B tem sinal negativo, a partícula C tem sinal negativo e a partícula D tem sinal negativo. 6. a) Como a partícula A atrai a partícula B então elas tem sinais contrários, contudo a partícula tem sinal negativo. Como a partícula B atrai a partícula C então elas tem sinais contrários, contudo a partícula tem sinal positivo. b) A partícula A repele a partícula C, pois segundo o principio das ações elétricas cargas elétricas de mesmo sinal se repelem. 7. Q = n . e → Q = 44 . 1,6 . 10-19 → Q = 70,4 . 10-19 C ou Q = 7,04 . 10-18 C Alternativa d 8. Q1 + Q2 = Q1’ + Q2’ Como Q1’ = Q2’ = Q’ 6n + (- 2n) = Q’ + Q’ → 6n – 2n = 2Q’ → 4n = 2Q’ → Q’ = 2 nC 9. Q1 + Q2 = Q1’ + Q2’ Como Q1’ = Q2’ = Q’ -3n + 7n = Q’ + Q’ → 4n = 2Q’ → 4n = 2Q’ → Q’ = 2 nC 10. QA + QB = QA’ + QB’ Como QA’ = QB’ = Q’ Q + 0 = Q’ + Q’ → Q = 2Q’ → Q’ = Q/2 11. Têm-se três esferas condutoras idênticas: A, B e C. A primeira delas possui uma carga elétrica positiva Q. As demais estão neutras. Tocando-se a primeira em B e depois em C, qual será a carga adquirida pela última? Colocando A e B em contato: QA + QB = QA’ + QB’ Como QA’ = QB’ = Q’ Q + 0 = Q’ + Q’ → Q = 2Q’ → Q’ = Q/2 Então a carga de B é QB = Q/2 Colocando B e C em contato: QB + QC = QB’ + QC’ Como QA’ = QB’ = Q’’ Q/2 + 0 = Q’’ + Q’’ → Q/2 = 2Q’’ → Q’’ = Q/2 → Q’’ = Q/4 2 Portanto a carga da esfera C é Q/4. Prof. Thiago Miranda o-mundo-da- fisica.blogspot.com
  • 5. 4 GABARITO 1. a) O corpo B está com carga positiva e o corpo C está com carga negativa. b) Irá ocorrer atração entre eles, pois possuem sinais opostos. 2. Q = n . e → Q = 2 . 104 . 1,6 . 10-19 → Q = 3,2 . 10-15 C 3. Q = n . e → Q = 104 . 1,6 . 10-19 → Q = 1,6 . 10-15 C 4. 5. A partícula B tem sinal negativo, a partícula C tem sinal negativo e a partícula D tem sinal negativo. 6. a) Como a partícula A atrai a partícula B então elas tem sinais contrários, contudo a partícula tem sinal negativo. Como a partícula B atrai a partícula C então elas tem sinais contrários, contudo a partícula tem sinal positivo. b) A partícula A repele a partícula C, pois segundo o principio das ações elétricas cargas elétricas de mesmo sinal se repelem. 7. Q = n . e → Q = 44 . 1,6 . 10-19 → Q = 70,4 . 10-19 C ou Q = 7,04 . 10-18 C Alternativa d 8. Q1 + Q2 = Q1’ + Q2’ Como Q1’ = Q2’ = Q’ 6n + (- 2n) = Q’ + Q’ → 6n – 2n = 2Q’ → 4n = 2Q’ → Q’ = 2 nC 9. Q1 + Q2 = Q1’ + Q2’ Como Q1’ = Q2’ = Q’ -3n + 7n = Q’ + Q’ → 4n = 2Q’ → 4n = 2Q’ → Q’ = 2 nC 10. QA + QB = QA’ + QB’ Como QA’ = QB’ = Q’ Q + 0 = Q’ + Q’ → Q = 2Q’ → Q’ = Q/2 11. Têm-se três esferas condutoras idênticas: A, B e C. A primeira delas possui uma carga elétrica positiva Q. As demais estão neutras. Tocando-se a primeira em B e depois em C, qual será a carga adquirida pela última? Colocando A e B em contato: QA + QB = QA’ + QB’ Como QA’ = QB’ = Q’ Q + 0 = Q’ + Q’ → Q = 2Q’ → Q’ = Q/2 Então a carga de B é QB = Q/2 Colocando B e C em contato: QB + QC = QB’ + QC’ Como QA’ = QB’ = Q’’ Q/2 + 0 = Q’’ + Q’’ → Q/2 = 2Q’’ → Q’’ = Q/2 → Q’’ = Q/4 2 Portanto a carga da esfera C é Q/4. Prof. Thiago Miranda o-mundo-da- fisica.blogspot.com
  • 6. 4 GABARITO 1. a) O corpo B está com carga positiva e o corpo C está com carga negativa. b) Irá ocorrer atração entre eles, pois possuem sinais opostos. 2. Q = n . e → Q = 2 . 104 . 1,6 . 10-19 → Q = 3,2 . 10-15 C 3. Q = n . e → Q = 104 . 1,6 . 10-19 → Q = 1,6 . 10-15 C 4. 5. A partícula B tem sinal negativo, a partícula C tem sinal negativo e a partícula D tem sinal negativo. 6. a) Como a partícula A atrai a partícula B então elas tem sinais contrários, contudo a partícula tem sinal negativo. Como a partícula B atrai a partícula C então elas tem sinais contrários, contudo a partícula tem sinal positivo. b) A partícula A repele a partícula C, pois segundo o principio das ações elétricas cargas elétricas de mesmo sinal se repelem. 7. Q = n . e → Q = 44 . 1,6 . 10-19 → Q = 70,4 . 10-19 C ou Q = 7,04 . 10-18 C Alternativa d 8. Q1 + Q2 = Q1’ + Q2’ Como Q1’ = Q2’ = Q’ 6n + (- 2n) = Q’ + Q’ → 6n – 2n = 2Q’ → 4n = 2Q’ → Q’ = 2 nC 9. Q1 + Q2 = Q1’ + Q2’ Como Q1’ = Q2’ = Q’ -3n + 7n = Q’ + Q’ → 4n = 2Q’ → 4n = 2Q’ → Q’ = 2 nC 10. QA + QB = QA’ + QB’ Como QA’ = QB’ = Q’ Q + 0 = Q’ + Q’ → Q = 2Q’ → Q’ = Q/2 11. Têm-se três esferas condutoras idênticas: A, B e C. A primeira delas possui uma carga elétrica positiva Q. As demais estão neutras. Tocando-se a primeira em B e depois em C, qual será a carga adquirida pela última? Colocando A e B em contato: QA + QB = QA’ + QB’ Como QA’ = QB’ = Q’ Q + 0 = Q’ + Q’ → Q = 2Q’ → Q’ = Q/2 Então a carga de B é QB = Q/2 Colocando B e C em contato: QB + QC = QB’ + QC’ Como QA’ = QB’ = Q’’ Q/2 + 0 = Q’’ + Q’’ → Q/2 = 2Q’’ → Q’’ = Q/2 → Q’’ = Q/4 2 Portanto a carga da esfera C é Q/4. Prof. Thiago Miranda o-mundo-da- fisica.blogspot.com
  • 7. 4 GABARITO 1. a) O corpo B está com carga positiva e o corpo C está com carga negativa. b) Irá ocorrer atração entre eles, pois possuem sinais opostos. 2. Q = n . e → Q = 2 . 104 . 1,6 . 10-19 → Q = 3,2 . 10-15 C 3. Q = n . e → Q = 104 . 1,6 . 10-19 → Q = 1,6 . 10-15 C 4. 5. A partícula B tem sinal negativo, a partícula C tem sinal negativo e a partícula D tem sinal negativo. 6. a) Como a partícula A atrai a partícula B então elas tem sinais contrários, contudo a partícula tem sinal negativo. Como a partícula B atrai a partícula C então elas tem sinais contrários, contudo a partícula tem sinal positivo. b) A partícula A repele a partícula C, pois segundo o principio das ações elétricas cargas elétricas de mesmo sinal se repelem. 7. Q = n . e → Q = 44 . 1,6 . 10-19 → Q = 70,4 . 10-19 C ou Q = 7,04 . 10-18 C Alternativa d 8. Q1 + Q2 = Q1’ + Q2’ Como Q1’ = Q2’ = Q’ 6n + (- 2n) = Q’ + Q’ → 6n – 2n = 2Q’ → 4n = 2Q’ → Q’ = 2 nC 9. Q1 + Q2 = Q1’ + Q2’ Como Q1’ = Q2’ = Q’ -3n + 7n = Q’ + Q’ → 4n = 2Q’ → 4n = 2Q’ → Q’ = 2 nC 10. QA + QB = QA’ + QB’ Como QA’ = QB’ = Q’ Q + 0 = Q’ + Q’ → Q = 2Q’ → Q’ = Q/2 11. Têm-se três esferas condutoras idênticas: A, B e C. A primeira delas possui uma carga elétrica positiva Q. As demais estão neutras. Tocando-se a primeira em B e depois em C, qual será a carga adquirida pela última? Colocando A e B em contato: QA + QB = QA’ + QB’ Como QA’ = QB’ = Q’ Q + 0 = Q’ + Q’ → Q = 2Q’ → Q’ = Q/2 Então a carga de B é QB = Q/2 Colocando B e C em contato: QB + QC = QB’ + QC’ Como QA’ = QB’ = Q’’ Q/2 + 0 = Q’’ + Q’’ → Q/2 = 2Q’’ → Q’’ = Q/2 → Q’’ = Q/4 2 Portanto a carga da esfera C é Q/4. Prof. Thiago Miranda o-mundo-da- fisica.blogspot.com