SlideShare uma empresa Scribd logo
45

POTÊNCIA DISSIPADA
Como visto, resistores transformam energia elétrica em energia térmica. A energia térmica
transformada por unidade de tempo é denominada potência dissipada (no sentido de consumir) pelo resistor.
No entanto agora se pode calcula a potência correspondente a cada tipo de resistor ôhmico quando percorrido
por uma corrente elétrica.

P = i.U

P = R.i

P = U2
R

2

A unidade de potência dissipada no SI é o watt representado pela letra W.
A transformação de energia elétrica em energia térmica dá-se o nome de efeito Joule. É graças a esse
efeito que você pode tomar banho quente, passar sua roupa, fazer misto quente em chapas elétricas,
esquentar comida em fornos elétricos e etc.
ENERGIA
A quantidade de energia elétrica consumida no resistor, durante certo intervalo de tempo vale:

E = P.∆t
∆
A unidade de energia no SI é o Joule representado pela letra J. Uma unidade muito utilizada é o
quilowatt-hora (kWh). Um kWh é a quantidade de energia com potência de 1 kW, que é transformada no
intervalo de 1 h.
6
Relação entre o kWh e o J: 1 kWh = 1000 W . 3600 s = 3,6 . 10 J.

1 kWh = 3,6 . 106 J
EXERCÍCIOS
01. Quando uma lâmpada é ligada a uma tensão de 120 V, a corrente que flui pelo filamento da lâmpada vale
1 A. Qual a potência da lâmpada?
02. De acordo com o fabricante, um determinado resistor de 100 Ω pode dissipar, no máximo, potência de 1 W.
Qual é a corrente máxima que pode atravessar esse resistor?
03. Calcule a corrente que percorre o filamento de uma lâmpada de 120 V e 60 W.
04. Em um resistor, de resistência igual a 10 Ω passa uma corrente com intensidade de 2 A. Calcule a potência
dissipada no resistor.
05. Um tostador elétrico de 590 W, um relógio de 4 W, um rádio de 6 W e uma dúzia de lâmpadas de 60 W
cada um são alimentados simultaneamente por uma rede elétrica com tensão de 220 V. A potência total
dissipada em watts e a corrente, em ampères, que circula na rede, são, respectivamente:
a) 1230 e 7
b) 1230 e 6
c) 1320 e 7
d) 1320 e 6
06. (PUC-SP) O que consome mais energia elétrica: um banho de 30 minutos em um chuveiro elétrico de
potência 5 000 W ou uma lâmpada de 60 W que permanece ligada durante 24 horas? Justifique.
07. (UFR-RJ) Um chuveiro, quando ligado a uma diferença de potencial constante de 110 V, desenvolve uma
potência de 2200 W. Esse chuveiro fica ligado nessa ddp todos os dias durante apenas 10 minutos. Nesse
caso, responda:
a) Qual a energia, em joules, consumida por esse chuveiro durante 10 minutos?
b) Se 1 kWh custa RS 0,60 (sessenta centavos), qual a despesa em reais com esse chuveiro durante um mês
(trinta dias)?

Prof. Thiago Miranda

o-mundo-dao-mundo-da-fisica.blogspot.com
46

08. (UFPE) Um raio é produzido a partir de um ponto da atmosfera que está num potencial de 18 MV (M: mega
6
= 10 ) em relação à Terra. A intensidade de descarga é de 200 kA e tem duração de 1 ms. Por outro lado, o
consumo médio da residência do Porf. Pardal em um mês é de 125 kWh. Se a energia liberada por um raio,
como o descrito acima, pudesse ser armazenada de forma útil, quantas residências iguais à do Prof. Pardal
poderiam ser abastecidas no período de um mês?
09. Em um chuveiro vemos escrito: 5400 W – 220 V. Isso significa que, ao ser ligado sob tensão de 220 V, o
aparelho consumirá uma potência de 5400 W. Supondo que o chuveiro esteja ligado sob 220 V, calcule, em
kWh, a energia consumida em 2,0 horas de funcionamento.
10. (UF-PB) Uma residência, alimentada com uma tensão de 220 V, usa alguns equipamentos elétricos, cuja
potência de cada um e o tempo de funcionamento em um mês encontram-se especificados na tabela abaixo:
Equipamento

Quant.

Lâmpada
Ferro elétrico
Televisor

4
1
1

Tempo
(h)
120
30
60

Potência
(W)
60
600
120

A energia elétrica consumida em kWh pelos equipamentos vale:
a) 42
b) 6
c) 32
d) 54
e) 72
11. O fusível de entrada de uma casa alimentada com tensão de 110 V queima-se se a intensidade da corrente
total ultrapassar 20 A. Qual é o número máximo de lâmpadas de 100 W que poderão estar ligadas sem que o
fusível se queime? (Supõe-se que nenhum outro aparelho elétrico esteja funcionando).
a) 2
b) 5
c) 11
d) 22
e) 60
12. (Fuvest-SP) No medidor de energia elétrica usado na medição do consumo de residências há um disco,
visível externamente, que pode girar. Cada rotação completa do disco corresponde a um consumo de energia
elétrica de 3,6 Watt-hora. Mantendo-se, em uma residência, apenas um equipamento ligado, observa-se que o
disco executa uma volta a cada 40 segundos. Nesse caso, a potência “consumida” por esse equipamento é de,
aproximadamente:
a) 36 W
b) 90 W
c) 144 W
d) 324 W
e) 1000 W
13. Preocupado em economizar energia elétrica em sua residência, um jovem quer determinar qual o consumo
relativo à utilização, durante o mês, da máquina de lavar roupa. Percebeu que os ciclos de lavagem duram 30
min e que a máquina é utilizada durante 12 dias no mês (30 dias). Sabendo que o manual do fabricante informa
que essa máquina tem potência de 450 W, qual foi o consumo encontrado em kWh?
14. (UEL-PR) A corrente elétrica em um soldador elétrico é 5,0 A, quando submetido a uma diferença de
potencial de 110 V. A potência dissipada por esse soldador, em watts, é igual a:
2
2
3
a) 1,1 . 10
b) 2,2 . 10
c) 1,1 . 10
d) 5,5 . 10
e) 2,8 . 10

Prof. Thiago Miranda

o-mundo-dao-mundo-da-fisica.blogspot.com
47

GABARITO
01.
P = i . U = 1 . 120 = 120 W
02.
2
P=R.i

→

03.
P=i.U →

1 = 100 . i

→

60 = i . 120 →

2

i = 1
100

2

i = 0,01 = √0,01 = 0,1 A

→

i = 60 = 0,5 A
120

04.
2
2
P = R . i = 10 . 2 = 10 . 4 = 40 W
05.
OPÇÃO D.
PTO = 590 W
PRe = 4 W
PRa = 6 W
PLA = 60 W . 12 = 720 W

PTotal = PTO + PRe + PRa + PLA
PTotal = 590 + 4 + 6 + 720 = 1320 W

P = i . U → 1320 = i . 220
i = 1320 = 6 A
220

06.
Energia consumida pelo chuveiro (EC):
EC = P . ∆t = 5000 . 0,5 = 2500 Wh = 2,5 kWh
Energia consumida pela lâmpada (EL):
EC = P . ∆t = 60 . 24 = 1440 Wh = 1,44 kWh
O chuveiro elétrico consome mais energia que a lâmpada pois a sua potência é maior que a potência da
lâmpada.
07.
a) ∆t = 10 min = 600 s = 1/6 h
6

E = P . ∆t = 2200 . 600 = 1320000 J = 1,32 . 10 J
b) EDia = P . ∆t = 2200 . 1
6
EMês = 30 . EDia = 30 . 2200 . 1 = 11000 Wh = 11 kWh
6
Consumo = 0,60 . 11 = 6,6. Portanto, a despesa com o chuveiro é de R$ 6,60.
08.
6
U = 18 . 10 V
3
i = 200 . 10 A
-3
-2
∆t = 1 . 10 s = 1 . 10 h
3600
Ecasa = 125 kWh

09.
U = 220 V
P = 5400 W
∆t = 2 h

3

6

3

Praio = i . U = 200 . 10 . 18 . 10
9
Praio = 3600 . 10 W
9

Ncasas = Eraio = 1 . 10 kWh
Ecasa 125 kWh
-3

Eraio = P . ∆t = 3600 . 10 . 1 . 10
3600
6
Eraio = 1 . 10 Wh
3
Eraio = 1 . 10 kWh

3

Ncasas = 0,008 . 10 = 8 casas.

E = P . ∆t = 5400 . 2
E = 10800 Wh
E = 10,8 kWh

Prof. Thiago Miranda

o-mundo-dao-mundo-da-fisica.blogspot.com
48

10.
OPÇÃO D.
Equipamento

Quant.

Tempo (h)

Potência (W)

Lâmpada

4

120

60

Ferro elétrico

1

30

600

Televisor

1

60

120
Total

Energia (kWh)
4 . 120 . 60 = 28,8
1000
1 . 30 . 600 = 18
1000
1 . 60 . 120 = 7,2
1000
54

11.
OPÇÃO D.
Primeiro devemos calcular a resistência de uma lâmpada e depois calcular a resistência equivalente da
associação.
2
2
→ R = 121 Ω
U = Req . i → 110 = Req . 20 → Req = 5,5 Ω
P = U → 100 = 110
R
R
Como a resistência equivalente é menor que a resistência de uma lâmpada percebemos que estão associadas
em paralelo, daí temos:
Req = R → 5,5 = 121 → N = 22 lâmpadas
N
N
12.
OPÇÃO D.
E = 3,6 Wh
∆t = 40 s = 40 = 1 h
3600 90

P = E = 3,6 = 3,6 . 90 = 324 W
1
∆t
1
90

13.
∆t = 0,5 . 12 = 6 h
P = 450 W
E = P . ∆t = 450 . 6 = 2700 Wh = 2,7 kWh
14.
OPÇÃO D.
i=5A
U = 110 V
2

P = i . U = 5 . 110 = 550 W = 5,5 . 10 W

Prof. Thiago Miranda

o-mundo-dao-mundo-da-fisica.blogspot.com

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Potência Elétrica-Exercícios
Potência Elétrica-ExercíciosPotência Elétrica-Exercícios
Potência Elétrica-Exercícios
jucimarpeixoto
 
3° Bimestre_1° Avaliação_3° ano EJA_AM_BM
3° Bimestre_1° Avaliação_3° ano EJA_AM_BM3° Bimestre_1° Avaliação_3° ano EJA_AM_BM
3° Bimestre_1° Avaliação_3° ano EJA_AM_BM
O mundo da FÍSICA
 
Aula de Eletricidade 9º Ano (FÍSICA - Ensino Fundamental EF)
Aula de Eletricidade 9º Ano (FÍSICA - Ensino Fundamental EF) Aula de Eletricidade 9º Ano (FÍSICA - Ensino Fundamental EF)
Aula de Eletricidade 9º Ano (FÍSICA - Ensino Fundamental EF)
Ronaldo Santana
 
Estudo dos geradores
Estudo dos geradoresEstudo dos geradores
Estudo dos geradores
Marco Antonio Sanches
 
Campo elétrico
Campo elétricoCampo elétrico
Campo elétrico
Marco Antonio Sanches
 
Potencial elétrico
Potencial elétricoPotencial elétrico
Potencial elétrico
Wellington Sampaio
 
Campo elétrico
Campo elétricoCampo elétrico
Campo elétrico
fisicaatual
 
Potencia e energia eletrica
Potencia  e   energia eletricaPotencia  e   energia eletrica
Potencia e energia eletrica
Adrianne Mendonça
 
Ondas
OndasOndas
Aula de calorimetria
Aula de calorimetriaAula de calorimetria
Aula de calorimetria
Derbiano Alves Soares
 
Slides eletrostatica
Slides eletrostaticaSlides eletrostatica
Slides eletrostatica
Warlle1992
 
Introdução a Eletrostática e Processos de eletrização.
Introdução a Eletrostática e Processos de eletrização.Introdução a Eletrostática e Processos de eletrização.
Introdução a Eletrostática e Processos de eletrização.
Lara Lídia
 
Exercícios extras - Leis de Ohm
Exercícios extras - Leis de OhmExercícios extras - Leis de Ohm
Exercícios extras - Leis de Ohm
O mundo da FÍSICA
 
Física 3º ano ensino médio associação de resistores
Física 3º ano ensino médio   associação de resistoresFísica 3º ano ensino médio   associação de resistores
Física 3º ano ensino médio associação de resistores
Tiago Gomes da Silva
 
Corrente elétrica
Corrente elétricaCorrente elétrica
Corrente elétrica
O mundo da FÍSICA
 
Eletrostática - Carga Elétrica
Eletrostática - Carga ElétricaEletrostática - Carga Elétrica
Eletrostática - Carga Elétrica
Adna Myrella
 
Leis de ohm
Leis de ohmLeis de ohm
Leis de ohm
O mundo da FÍSICA
 
Processos de eletrização
Processos de eletrizaçãoProcessos de eletrização
Processos de eletrização
O mundo da FÍSICA
 
Aulão pré prova enem física ciências da natureza
Aulão pré prova enem física ciências da naturezaAulão pré prova enem física ciências da natureza
Aulão pré prova enem física ciências da natureza
Fabricio Scheffer
 
Força magnética
Força magnéticaForça magnética
Força magnética
Marco Antonio Sanches
 

Mais procurados (20)

Potência Elétrica-Exercícios
Potência Elétrica-ExercíciosPotência Elétrica-Exercícios
Potência Elétrica-Exercícios
 
3° Bimestre_1° Avaliação_3° ano EJA_AM_BM
3° Bimestre_1° Avaliação_3° ano EJA_AM_BM3° Bimestre_1° Avaliação_3° ano EJA_AM_BM
3° Bimestre_1° Avaliação_3° ano EJA_AM_BM
 
Aula de Eletricidade 9º Ano (FÍSICA - Ensino Fundamental EF)
Aula de Eletricidade 9º Ano (FÍSICA - Ensino Fundamental EF) Aula de Eletricidade 9º Ano (FÍSICA - Ensino Fundamental EF)
Aula de Eletricidade 9º Ano (FÍSICA - Ensino Fundamental EF)
 
Estudo dos geradores
Estudo dos geradoresEstudo dos geradores
Estudo dos geradores
 
Campo elétrico
Campo elétricoCampo elétrico
Campo elétrico
 
Potencial elétrico
Potencial elétricoPotencial elétrico
Potencial elétrico
 
Campo elétrico
Campo elétricoCampo elétrico
Campo elétrico
 
Potencia e energia eletrica
Potencia  e   energia eletricaPotencia  e   energia eletrica
Potencia e energia eletrica
 
Ondas
OndasOndas
Ondas
 
Aula de calorimetria
Aula de calorimetriaAula de calorimetria
Aula de calorimetria
 
Slides eletrostatica
Slides eletrostaticaSlides eletrostatica
Slides eletrostatica
 
Introdução a Eletrostática e Processos de eletrização.
Introdução a Eletrostática e Processos de eletrização.Introdução a Eletrostática e Processos de eletrização.
Introdução a Eletrostática e Processos de eletrização.
 
Exercícios extras - Leis de Ohm
Exercícios extras - Leis de OhmExercícios extras - Leis de Ohm
Exercícios extras - Leis de Ohm
 
Física 3º ano ensino médio associação de resistores
Física 3º ano ensino médio   associação de resistoresFísica 3º ano ensino médio   associação de resistores
Física 3º ano ensino médio associação de resistores
 
Corrente elétrica
Corrente elétricaCorrente elétrica
Corrente elétrica
 
Eletrostática - Carga Elétrica
Eletrostática - Carga ElétricaEletrostática - Carga Elétrica
Eletrostática - Carga Elétrica
 
Leis de ohm
Leis de ohmLeis de ohm
Leis de ohm
 
Processos de eletrização
Processos de eletrizaçãoProcessos de eletrização
Processos de eletrização
 
Aulão pré prova enem física ciências da natureza
Aulão pré prova enem física ciências da naturezaAulão pré prova enem física ciências da natureza
Aulão pré prova enem física ciências da natureza
 
Força magnética
Força magnéticaForça magnética
Força magnética
 

Semelhante a Potência e energia

61946171fatores de4-Fator-de-Potencia.pptx
61946171fatores de4-Fator-de-Potencia.pptx61946171fatores de4-Fator-de-Potencia.pptx
61946171fatores de4-Fator-de-Potencia.pptx
BobbyGudManVI
 
aula 3 2021.ppt
aula 3 2021.pptaula 3 2021.ppt
aula 3 2021.ppt
Mariana954864
 
ATI - Segundo Bimestre.pdf
ATI - Segundo Bimestre.pdfATI - Segundo Bimestre.pdf
ATI - Segundo Bimestre.pdf
Lázaro Leite
 
Energia eltrica
Energia eltrica  Energia eltrica
Energia eltrica
Cycyro Soares
 
Lista 3° ano
Lista 3° anoLista 3° ano
Lista 3° ano
Wellington Sampaio
 
56fd6937060f6
56fd6937060f656fd6937060f6
Eletricidade capítulo 04
Eletricidade capítulo 04Eletricidade capítulo 04
Eletricidade capítulo 04
Antonio Tadeu Segat
 
10 consumo de energia
10  consumo de energia10  consumo de energia
10 consumo de energia
Bruno De Siqueira Costa
 
Lista (E3) - Eletrodinâmica
Lista (E3) - EletrodinâmicaLista (E3) - Eletrodinâmica
Lista (E3) - Eletrodinâmica
Gilberto Rocha
 
Corrente e resistores
Corrente e resistoresCorrente e resistores
Primeira lista de exercicios
Primeira lista de exerciciosPrimeira lista de exercicios
Primeira lista de exercicios
Jose aparecido
 
Eletrodinamica ii
Eletrodinamica iiEletrodinamica ii
Eletrodinamica ii
Victor Hugo
 
Eletrodinâmica
EletrodinâmicaEletrodinâmica
Eletrodinâmica
Ricardo Bonaldo
 
Exercícios de física eletricidade - 1º bim2014
Exercícios de física   eletricidade - 1º bim2014Exercícios de física   eletricidade - 1º bim2014
Exercícios de física eletricidade - 1º bim2014
Paulo Cezar Rangel de Lima
 
Estudo dos resistores - Circuitos elétricos simples
Estudo dos resistores - Circuitos elétricos simplesEstudo dos resistores - Circuitos elétricos simples
Estudo dos resistores - Circuitos elétricos simples
Marco Antonio Sanches
 
Eletricidade e mecânica aula 6
Eletricidade e mecânica aula 6Eletricidade e mecânica aula 6
Eletricidade e mecânica aula 6
Aline Rodrigues
 
3.2 Potência Elétridasdasdasdasdasdasdca.pptx
3.2 Potência Elétridasdasdasdasdasdasdca.pptx3.2 Potência Elétridasdasdasdasdasdasdca.pptx
3.2 Potência Elétridasdasdasdasdasdasdca.pptx
GIOVANIBARRETO4
 
Física – eletricidade corrente elétrica 01 – 2013
Física – eletricidade corrente elétrica 01 – 2013Física – eletricidade corrente elétrica 01 – 2013
Física – eletricidade corrente elétrica 01 – 2013
Jakson Raphael Pereira Barbosa
 
Atividade derecuperacao3ano2014
Atividade derecuperacao3ano2014Atividade derecuperacao3ano2014
Atividade derecuperacao3ano2014
Andre De Sena Pinheiro
 
Segunda parte do curso de eletrônica apresentado no Hackerspace Uberlândia - MG
Segunda parte do curso de eletrônica apresentado no Hackerspace Uberlândia - MGSegunda parte do curso de eletrônica apresentado no Hackerspace Uberlândia - MG
Segunda parte do curso de eletrônica apresentado no Hackerspace Uberlândia - MG
evandrogaio
 

Semelhante a Potência e energia (20)

61946171fatores de4-Fator-de-Potencia.pptx
61946171fatores de4-Fator-de-Potencia.pptx61946171fatores de4-Fator-de-Potencia.pptx
61946171fatores de4-Fator-de-Potencia.pptx
 
aula 3 2021.ppt
aula 3 2021.pptaula 3 2021.ppt
aula 3 2021.ppt
 
ATI - Segundo Bimestre.pdf
ATI - Segundo Bimestre.pdfATI - Segundo Bimestre.pdf
ATI - Segundo Bimestre.pdf
 
Energia eltrica
Energia eltrica  Energia eltrica
Energia eltrica
 
Lista 3° ano
Lista 3° anoLista 3° ano
Lista 3° ano
 
56fd6937060f6
56fd6937060f656fd6937060f6
56fd6937060f6
 
Eletricidade capítulo 04
Eletricidade capítulo 04Eletricidade capítulo 04
Eletricidade capítulo 04
 
10 consumo de energia
10  consumo de energia10  consumo de energia
10 consumo de energia
 
Lista (E3) - Eletrodinâmica
Lista (E3) - EletrodinâmicaLista (E3) - Eletrodinâmica
Lista (E3) - Eletrodinâmica
 
Corrente e resistores
Corrente e resistoresCorrente e resistores
Corrente e resistores
 
Primeira lista de exercicios
Primeira lista de exerciciosPrimeira lista de exercicios
Primeira lista de exercicios
 
Eletrodinamica ii
Eletrodinamica iiEletrodinamica ii
Eletrodinamica ii
 
Eletrodinâmica
EletrodinâmicaEletrodinâmica
Eletrodinâmica
 
Exercícios de física eletricidade - 1º bim2014
Exercícios de física   eletricidade - 1º bim2014Exercícios de física   eletricidade - 1º bim2014
Exercícios de física eletricidade - 1º bim2014
 
Estudo dos resistores - Circuitos elétricos simples
Estudo dos resistores - Circuitos elétricos simplesEstudo dos resistores - Circuitos elétricos simples
Estudo dos resistores - Circuitos elétricos simples
 
Eletricidade e mecânica aula 6
Eletricidade e mecânica aula 6Eletricidade e mecânica aula 6
Eletricidade e mecânica aula 6
 
3.2 Potência Elétridasdasdasdasdasdasdca.pptx
3.2 Potência Elétridasdasdasdasdasdasdca.pptx3.2 Potência Elétridasdasdasdasdasdasdca.pptx
3.2 Potência Elétridasdasdasdasdasdasdca.pptx
 
Física – eletricidade corrente elétrica 01 – 2013
Física – eletricidade corrente elétrica 01 – 2013Física – eletricidade corrente elétrica 01 – 2013
Física – eletricidade corrente elétrica 01 – 2013
 
Atividade derecuperacao3ano2014
Atividade derecuperacao3ano2014Atividade derecuperacao3ano2014
Atividade derecuperacao3ano2014
 
Segunda parte do curso de eletrônica apresentado no Hackerspace Uberlândia - MG
Segunda parte do curso de eletrônica apresentado no Hackerspace Uberlândia - MGSegunda parte do curso de eletrônica apresentado no Hackerspace Uberlândia - MG
Segunda parte do curso de eletrônica apresentado no Hackerspace Uberlândia - MG
 

Mais de O mundo da FÍSICA

3° etapa_3° avaliação_Tipo II_3° ano
3° etapa_3° avaliação_Tipo II_3° ano3° etapa_3° avaliação_Tipo II_3° ano
3° etapa_3° avaliação_Tipo II_3° ano
O mundo da FÍSICA
 
3° etapa_3° avaliação_Tipo I_3° ano
3° etapa_3° avaliação_Tipo I_3° ano3° etapa_3° avaliação_Tipo I_3° ano
3° etapa_3° avaliação_Tipo I_3° ano
O mundo da FÍSICA
 
3° etapa_3° avaliaçã_Tipo II_2° ano
3° etapa_3° avaliaçã_Tipo II_2° ano3° etapa_3° avaliaçã_Tipo II_2° ano
3° etapa_3° avaliaçã_Tipo II_2° ano
O mundo da FÍSICA
 
3° etapa_3° avaliação_Tipo I_2° ano
3° etapa_3° avaliação_Tipo I_2° ano3° etapa_3° avaliação_Tipo I_2° ano
3° etapa_3° avaliação_Tipo I_2° ano
O mundo da FÍSICA
 
Espelho planos
Espelho planosEspelho planos
Espelho planos
O mundo da FÍSICA
 
Reflexão da luz
Reflexão da luzReflexão da luz
Reflexão da luz
O mundo da FÍSICA
 
Óptica introdução
Óptica introduçãoÓptica introdução
Óptica introdução
O mundo da FÍSICA
 
3° Etapa_2° Avaliação Simulado_3° Ano
3° Etapa_2° Avaliação Simulado_3° Ano3° Etapa_2° Avaliação Simulado_3° Ano
3° Etapa_2° Avaliação Simulado_3° Ano
O mundo da FÍSICA
 
3° Etapa_2° Avaliação_Simulado_2° Ano
3° Etapa_2° Avaliação_Simulado_2° Ano3° Etapa_2° Avaliação_Simulado_2° Ano
3° Etapa_2° Avaliação_Simulado_2° Ano
O mundo da FÍSICA
 
Exercícios extras_calorimetria
Exercícios extras_calorimetriaExercícios extras_calorimetria
Exercícios extras_calorimetria
O mundo da FÍSICA
 
3° Bimestre_2° Avaliação_1° ano_A_B_C
3° Bimestre_2° Avaliação_1° ano_A_B_C3° Bimestre_2° Avaliação_1° ano_A_B_C
3° Bimestre_2° Avaliação_1° ano_A_B_C
O mundo da FÍSICA
 
3° Bimestre_2° Avaliação_2° ano EJA_AM
3° Bimestre_2° Avaliação_2° ano EJA_AM3° Bimestre_2° Avaliação_2° ano EJA_AM
3° Bimestre_2° Avaliação_2° ano EJA_AM
O mundo da FÍSICA
 
3° Bimestre_2° Avaliação_3° ano_A_B
3° Bimestre_2° Avaliação_3° ano_A_B3° Bimestre_2° Avaliação_3° ano_A_B
3° Bimestre_2° Avaliação_3° ano_A_B
O mundo da FÍSICA
 
3° Bimestre_2° Avaliação_3° Ano EJA_AM_BM
3° Bimestre_2° Avaliação_3° Ano EJA_AM_BM3° Bimestre_2° Avaliação_3° Ano EJA_AM_BM
3° Bimestre_2° Avaliação_3° Ano EJA_AM_BM
O mundo da FÍSICA
 
Óptica introdução
Óptica introduçãoÓptica introdução
Óptica introdução
O mundo da FÍSICA
 
3° Eetapa_1° Avaliação_Tipo II_3° Ano
3° Eetapa_1° Avaliação_Tipo II_3° Ano3° Eetapa_1° Avaliação_Tipo II_3° Ano
3° Eetapa_1° Avaliação_Tipo II_3° Ano
O mundo da FÍSICA
 
3° Eetapa_1° Avaliação_Tipo I_3° Ano
3° Eetapa_1° Avaliação_Tipo I_3° Ano3° Eetapa_1° Avaliação_Tipo I_3° Ano
3° Eetapa_1° Avaliação_Tipo I_3° Ano
O mundo da FÍSICA
 
3° Etapa_1° Avaliação_Tipo II_2° Ano
3° Etapa_1° Avaliação_Tipo II_2° Ano3° Etapa_1° Avaliação_Tipo II_2° Ano
3° Etapa_1° Avaliação_Tipo II_2° Ano
O mundo da FÍSICA
 
3° Etapa_1° Avaliação_Tipo I_2° Ano
3° Etapa_1° Avaliação_Tipo I_2° Ano3° Etapa_1° Avaliação_Tipo I_2° Ano
3° Etapa_1° Avaliação_Tipo I_2° Ano
O mundo da FÍSICA
 
Óptica introdução
Óptica introduçãoÓptica introdução
Óptica introdução
O mundo da FÍSICA
 

Mais de O mundo da FÍSICA (20)

3° etapa_3° avaliação_Tipo II_3° ano
3° etapa_3° avaliação_Tipo II_3° ano3° etapa_3° avaliação_Tipo II_3° ano
3° etapa_3° avaliação_Tipo II_3° ano
 
3° etapa_3° avaliação_Tipo I_3° ano
3° etapa_3° avaliação_Tipo I_3° ano3° etapa_3° avaliação_Tipo I_3° ano
3° etapa_3° avaliação_Tipo I_3° ano
 
3° etapa_3° avaliaçã_Tipo II_2° ano
3° etapa_3° avaliaçã_Tipo II_2° ano3° etapa_3° avaliaçã_Tipo II_2° ano
3° etapa_3° avaliaçã_Tipo II_2° ano
 
3° etapa_3° avaliação_Tipo I_2° ano
3° etapa_3° avaliação_Tipo I_2° ano3° etapa_3° avaliação_Tipo I_2° ano
3° etapa_3° avaliação_Tipo I_2° ano
 
Espelho planos
Espelho planosEspelho planos
Espelho planos
 
Reflexão da luz
Reflexão da luzReflexão da luz
Reflexão da luz
 
Óptica introdução
Óptica introduçãoÓptica introdução
Óptica introdução
 
3° Etapa_2° Avaliação Simulado_3° Ano
3° Etapa_2° Avaliação Simulado_3° Ano3° Etapa_2° Avaliação Simulado_3° Ano
3° Etapa_2° Avaliação Simulado_3° Ano
 
3° Etapa_2° Avaliação_Simulado_2° Ano
3° Etapa_2° Avaliação_Simulado_2° Ano3° Etapa_2° Avaliação_Simulado_2° Ano
3° Etapa_2° Avaliação_Simulado_2° Ano
 
Exercícios extras_calorimetria
Exercícios extras_calorimetriaExercícios extras_calorimetria
Exercícios extras_calorimetria
 
3° Bimestre_2° Avaliação_1° ano_A_B_C
3° Bimestre_2° Avaliação_1° ano_A_B_C3° Bimestre_2° Avaliação_1° ano_A_B_C
3° Bimestre_2° Avaliação_1° ano_A_B_C
 
3° Bimestre_2° Avaliação_2° ano EJA_AM
3° Bimestre_2° Avaliação_2° ano EJA_AM3° Bimestre_2° Avaliação_2° ano EJA_AM
3° Bimestre_2° Avaliação_2° ano EJA_AM
 
3° Bimestre_2° Avaliação_3° ano_A_B
3° Bimestre_2° Avaliação_3° ano_A_B3° Bimestre_2° Avaliação_3° ano_A_B
3° Bimestre_2° Avaliação_3° ano_A_B
 
3° Bimestre_2° Avaliação_3° Ano EJA_AM_BM
3° Bimestre_2° Avaliação_3° Ano EJA_AM_BM3° Bimestre_2° Avaliação_3° Ano EJA_AM_BM
3° Bimestre_2° Avaliação_3° Ano EJA_AM_BM
 
Óptica introdução
Óptica introduçãoÓptica introdução
Óptica introdução
 
3° Eetapa_1° Avaliação_Tipo II_3° Ano
3° Eetapa_1° Avaliação_Tipo II_3° Ano3° Eetapa_1° Avaliação_Tipo II_3° Ano
3° Eetapa_1° Avaliação_Tipo II_3° Ano
 
3° Eetapa_1° Avaliação_Tipo I_3° Ano
3° Eetapa_1° Avaliação_Tipo I_3° Ano3° Eetapa_1° Avaliação_Tipo I_3° Ano
3° Eetapa_1° Avaliação_Tipo I_3° Ano
 
3° Etapa_1° Avaliação_Tipo II_2° Ano
3° Etapa_1° Avaliação_Tipo II_2° Ano3° Etapa_1° Avaliação_Tipo II_2° Ano
3° Etapa_1° Avaliação_Tipo II_2° Ano
 
3° Etapa_1° Avaliação_Tipo I_2° Ano
3° Etapa_1° Avaliação_Tipo I_2° Ano3° Etapa_1° Avaliação_Tipo I_2° Ano
3° Etapa_1° Avaliação_Tipo I_2° Ano
 
Óptica introdução
Óptica introduçãoÓptica introdução
Óptica introdução
 

Último

Organograma do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia...
Organograma do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia...Organograma do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia...
Organograma do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia...
Falcão Brasil
 
Escola Preparatória de Cadetes do Ar (EPCAR).pdf
Escola Preparatória de Cadetes do Ar (EPCAR).pdfEscola Preparatória de Cadetes do Ar (EPCAR).pdf
Escola Preparatória de Cadetes do Ar (EPCAR).pdf
Falcão Brasil
 
Portfólio Estratégico da Força Aérea Brasileira (FAB).pdf
Portfólio Estratégico da Força Aérea Brasileira (FAB).pdfPortfólio Estratégico da Força Aérea Brasileira (FAB).pdf
Portfólio Estratégico da Força Aérea Brasileira (FAB).pdf
Falcão Brasil
 
Desafio matemático - multiplicação e divisão.
Desafio matemático -  multiplicação e divisão.Desafio matemático -  multiplicação e divisão.
Desafio matemático - multiplicação e divisão.
Mary Alvarenga
 
Uma Breve História da Origem, Formação e Evolução da Terra
Uma Breve História da Origem, Formação e Evolução da TerraUma Breve História da Origem, Formação e Evolução da Terra
Uma Breve História da Origem, Formação e Evolução da Terra
Luiz C. da Silva
 
Guia Genealógico da Principesca e Ducal Casa de Mesolcina, 2024
Guia Genealógico da Principesca e Ducal Casa de Mesolcina, 2024Guia Genealógico da Principesca e Ducal Casa de Mesolcina, 2024
Guia Genealógico da Principesca e Ducal Casa de Mesolcina, 2024
principeandregalli
 
28 - Agente de Endemias (40 mapas mentais) - Amostra.pdf
28 - Agente de Endemias (40 mapas mentais) - Amostra.pdf28 - Agente de Endemias (40 mapas mentais) - Amostra.pdf
28 - Agente de Endemias (40 mapas mentais) - Amostra.pdf
SheylaAlves6
 
A Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdf
A Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdfA Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdf
A Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdf
Falcão Brasil
 
Organograma do Ministério da Defesa (MD).pdf
Organograma do Ministério da Defesa (MD).pdfOrganograma do Ministério da Defesa (MD).pdf
Organograma do Ministério da Defesa (MD).pdf
Falcão Brasil
 
P0107 do aluno da educação municipal.pdf
P0107 do aluno da educação municipal.pdfP0107 do aluno da educação municipal.pdf
P0107 do aluno da educação municipal.pdf
Ceiça Martins Vital
 
A Industria Brasileira de Defesa - Situação Atual e Perspectivas de Evolução.pdf
A Industria Brasileira de Defesa - Situação Atual e Perspectivas de Evolução.pdfA Industria Brasileira de Defesa - Situação Atual e Perspectivas de Evolução.pdf
A Industria Brasileira de Defesa - Situação Atual e Perspectivas de Evolução.pdf
Falcão Brasil
 
Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...
Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...
Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...
Falcão Brasil
 
Boletim informativo - Contacto - julho de 2024
Boletim informativo - Contacto - julho de 2024Boletim informativo - Contacto - julho de 2024
Boletim informativo - Contacto - julho de 2024
Bibliotecas Escolares AEIDH
 
Escola de Especialistas de Aeronáutica (EEAR).pdf
Escola de Especialistas de Aeronáutica (EEAR).pdfEscola de Especialistas de Aeronáutica (EEAR).pdf
Escola de Especialistas de Aeronáutica (EEAR).pdf
Falcão Brasil
 
O que é o programa nacional de alimentação escolar (PNAE)?
O que é  o programa nacional de alimentação escolar (PNAE)?O que é  o programa nacional de alimentação escolar (PNAE)?
O que é o programa nacional de alimentação escolar (PNAE)?
Marcelo Botura
 
Plano Estratégico Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de ...
Plano Estratégico Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de ...Plano Estratégico Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de ...
Plano Estratégico Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de ...
Falcão Brasil
 
Aviação de Asas Rotativas. Aos Rotores, o Sabre!.pdf
Aviação de Asas Rotativas. Aos Rotores, o Sabre!.pdfAviação de Asas Rotativas. Aos Rotores, o Sabre!.pdf
Aviação de Asas Rotativas. Aos Rotores, o Sabre!.pdf
Falcão Brasil
 
Manual de Identidade Visual do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prot...
Manual de Identidade Visual do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prot...Manual de Identidade Visual do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prot...
Manual de Identidade Visual do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prot...
Falcão Brasil
 

Último (20)

Organograma do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia...
Organograma do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia...Organograma do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia...
Organograma do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia...
 
Escola Preparatória de Cadetes do Ar (EPCAR).pdf
Escola Preparatória de Cadetes do Ar (EPCAR).pdfEscola Preparatória de Cadetes do Ar (EPCAR).pdf
Escola Preparatória de Cadetes do Ar (EPCAR).pdf
 
Portfólio Estratégico da Força Aérea Brasileira (FAB).pdf
Portfólio Estratégico da Força Aérea Brasileira (FAB).pdfPortfólio Estratégico da Força Aérea Brasileira (FAB).pdf
Portfólio Estratégico da Força Aérea Brasileira (FAB).pdf
 
Desafio matemático - multiplicação e divisão.
Desafio matemático -  multiplicação e divisão.Desafio matemático -  multiplicação e divisão.
Desafio matemático - multiplicação e divisão.
 
Uma Breve História da Origem, Formação e Evolução da Terra
Uma Breve História da Origem, Formação e Evolução da TerraUma Breve História da Origem, Formação e Evolução da Terra
Uma Breve História da Origem, Formação e Evolução da Terra
 
Guia Genealógico da Principesca e Ducal Casa de Mesolcina, 2024
Guia Genealógico da Principesca e Ducal Casa de Mesolcina, 2024Guia Genealógico da Principesca e Ducal Casa de Mesolcina, 2024
Guia Genealógico da Principesca e Ducal Casa de Mesolcina, 2024
 
28 - Agente de Endemias (40 mapas mentais) - Amostra.pdf
28 - Agente de Endemias (40 mapas mentais) - Amostra.pdf28 - Agente de Endemias (40 mapas mentais) - Amostra.pdf
28 - Agente de Endemias (40 mapas mentais) - Amostra.pdf
 
A Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdf
A Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdfA Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdf
A Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdf
 
Organograma do Ministério da Defesa (MD).pdf
Organograma do Ministério da Defesa (MD).pdfOrganograma do Ministério da Defesa (MD).pdf
Organograma do Ministério da Defesa (MD).pdf
 
P0107 do aluno da educação municipal.pdf
P0107 do aluno da educação municipal.pdfP0107 do aluno da educação municipal.pdf
P0107 do aluno da educação municipal.pdf
 
A Industria Brasileira de Defesa - Situação Atual e Perspectivas de Evolução.pdf
A Industria Brasileira de Defesa - Situação Atual e Perspectivas de Evolução.pdfA Industria Brasileira de Defesa - Situação Atual e Perspectivas de Evolução.pdf
A Industria Brasileira de Defesa - Situação Atual e Perspectivas de Evolução.pdf
 
Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...
Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...
Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...
 
Boletim informativo - Contacto - julho de 2024
Boletim informativo - Contacto - julho de 2024Boletim informativo - Contacto - julho de 2024
Boletim informativo - Contacto - julho de 2024
 
Escola de Especialistas de Aeronáutica (EEAR).pdf
Escola de Especialistas de Aeronáutica (EEAR).pdfEscola de Especialistas de Aeronáutica (EEAR).pdf
Escola de Especialistas de Aeronáutica (EEAR).pdf
 
RECORDANDO BONS MOMENTOS! _
RECORDANDO BONS MOMENTOS!               _RECORDANDO BONS MOMENTOS!               _
RECORDANDO BONS MOMENTOS! _
 
O que é o programa nacional de alimentação escolar (PNAE)?
O que é  o programa nacional de alimentação escolar (PNAE)?O que é  o programa nacional de alimentação escolar (PNAE)?
O que é o programa nacional de alimentação escolar (PNAE)?
 
Plano Estratégico Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de ...
Plano Estratégico Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de ...Plano Estratégico Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de ...
Plano Estratégico Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de ...
 
Aviação de Asas Rotativas. Aos Rotores, o Sabre!.pdf
Aviação de Asas Rotativas. Aos Rotores, o Sabre!.pdfAviação de Asas Rotativas. Aos Rotores, o Sabre!.pdf
Aviação de Asas Rotativas. Aos Rotores, o Sabre!.pdf
 
Manual de Identidade Visual do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prot...
Manual de Identidade Visual do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prot...Manual de Identidade Visual do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prot...
Manual de Identidade Visual do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prot...
 
FOTOS_AS CIÊNCIAS EM AÇÃO .
FOTOS_AS CIÊNCIAS EM AÇÃO                .FOTOS_AS CIÊNCIAS EM AÇÃO                .
FOTOS_AS CIÊNCIAS EM AÇÃO .
 

Potência e energia

  • 1. 45 POTÊNCIA DISSIPADA Como visto, resistores transformam energia elétrica em energia térmica. A energia térmica transformada por unidade de tempo é denominada potência dissipada (no sentido de consumir) pelo resistor. No entanto agora se pode calcula a potência correspondente a cada tipo de resistor ôhmico quando percorrido por uma corrente elétrica. P = i.U P = R.i P = U2 R 2 A unidade de potência dissipada no SI é o watt representado pela letra W. A transformação de energia elétrica em energia térmica dá-se o nome de efeito Joule. É graças a esse efeito que você pode tomar banho quente, passar sua roupa, fazer misto quente em chapas elétricas, esquentar comida em fornos elétricos e etc. ENERGIA A quantidade de energia elétrica consumida no resistor, durante certo intervalo de tempo vale: E = P.∆t ∆ A unidade de energia no SI é o Joule representado pela letra J. Uma unidade muito utilizada é o quilowatt-hora (kWh). Um kWh é a quantidade de energia com potência de 1 kW, que é transformada no intervalo de 1 h. 6 Relação entre o kWh e o J: 1 kWh = 1000 W . 3600 s = 3,6 . 10 J. 1 kWh = 3,6 . 106 J EXERCÍCIOS 01. Quando uma lâmpada é ligada a uma tensão de 120 V, a corrente que flui pelo filamento da lâmpada vale 1 A. Qual a potência da lâmpada? 02. De acordo com o fabricante, um determinado resistor de 100 Ω pode dissipar, no máximo, potência de 1 W. Qual é a corrente máxima que pode atravessar esse resistor? 03. Calcule a corrente que percorre o filamento de uma lâmpada de 120 V e 60 W. 04. Em um resistor, de resistência igual a 10 Ω passa uma corrente com intensidade de 2 A. Calcule a potência dissipada no resistor. 05. Um tostador elétrico de 590 W, um relógio de 4 W, um rádio de 6 W e uma dúzia de lâmpadas de 60 W cada um são alimentados simultaneamente por uma rede elétrica com tensão de 220 V. A potência total dissipada em watts e a corrente, em ampères, que circula na rede, são, respectivamente: a) 1230 e 7 b) 1230 e 6 c) 1320 e 7 d) 1320 e 6 06. (PUC-SP) O que consome mais energia elétrica: um banho de 30 minutos em um chuveiro elétrico de potência 5 000 W ou uma lâmpada de 60 W que permanece ligada durante 24 horas? Justifique. 07. (UFR-RJ) Um chuveiro, quando ligado a uma diferença de potencial constante de 110 V, desenvolve uma potência de 2200 W. Esse chuveiro fica ligado nessa ddp todos os dias durante apenas 10 minutos. Nesse caso, responda: a) Qual a energia, em joules, consumida por esse chuveiro durante 10 minutos? b) Se 1 kWh custa RS 0,60 (sessenta centavos), qual a despesa em reais com esse chuveiro durante um mês (trinta dias)? Prof. Thiago Miranda o-mundo-dao-mundo-da-fisica.blogspot.com
  • 2. 46 08. (UFPE) Um raio é produzido a partir de um ponto da atmosfera que está num potencial de 18 MV (M: mega 6 = 10 ) em relação à Terra. A intensidade de descarga é de 200 kA e tem duração de 1 ms. Por outro lado, o consumo médio da residência do Porf. Pardal em um mês é de 125 kWh. Se a energia liberada por um raio, como o descrito acima, pudesse ser armazenada de forma útil, quantas residências iguais à do Prof. Pardal poderiam ser abastecidas no período de um mês? 09. Em um chuveiro vemos escrito: 5400 W – 220 V. Isso significa que, ao ser ligado sob tensão de 220 V, o aparelho consumirá uma potência de 5400 W. Supondo que o chuveiro esteja ligado sob 220 V, calcule, em kWh, a energia consumida em 2,0 horas de funcionamento. 10. (UF-PB) Uma residência, alimentada com uma tensão de 220 V, usa alguns equipamentos elétricos, cuja potência de cada um e o tempo de funcionamento em um mês encontram-se especificados na tabela abaixo: Equipamento Quant. Lâmpada Ferro elétrico Televisor 4 1 1 Tempo (h) 120 30 60 Potência (W) 60 600 120 A energia elétrica consumida em kWh pelos equipamentos vale: a) 42 b) 6 c) 32 d) 54 e) 72 11. O fusível de entrada de uma casa alimentada com tensão de 110 V queima-se se a intensidade da corrente total ultrapassar 20 A. Qual é o número máximo de lâmpadas de 100 W que poderão estar ligadas sem que o fusível se queime? (Supõe-se que nenhum outro aparelho elétrico esteja funcionando). a) 2 b) 5 c) 11 d) 22 e) 60 12. (Fuvest-SP) No medidor de energia elétrica usado na medição do consumo de residências há um disco, visível externamente, que pode girar. Cada rotação completa do disco corresponde a um consumo de energia elétrica de 3,6 Watt-hora. Mantendo-se, em uma residência, apenas um equipamento ligado, observa-se que o disco executa uma volta a cada 40 segundos. Nesse caso, a potência “consumida” por esse equipamento é de, aproximadamente: a) 36 W b) 90 W c) 144 W d) 324 W e) 1000 W 13. Preocupado em economizar energia elétrica em sua residência, um jovem quer determinar qual o consumo relativo à utilização, durante o mês, da máquina de lavar roupa. Percebeu que os ciclos de lavagem duram 30 min e que a máquina é utilizada durante 12 dias no mês (30 dias). Sabendo que o manual do fabricante informa que essa máquina tem potência de 450 W, qual foi o consumo encontrado em kWh? 14. (UEL-PR) A corrente elétrica em um soldador elétrico é 5,0 A, quando submetido a uma diferença de potencial de 110 V. A potência dissipada por esse soldador, em watts, é igual a: 2 2 3 a) 1,1 . 10 b) 2,2 . 10 c) 1,1 . 10 d) 5,5 . 10 e) 2,8 . 10 Prof. Thiago Miranda o-mundo-dao-mundo-da-fisica.blogspot.com
  • 3. 47 GABARITO 01. P = i . U = 1 . 120 = 120 W 02. 2 P=R.i → 03. P=i.U → 1 = 100 . i → 60 = i . 120 → 2 i = 1 100 2 i = 0,01 = √0,01 = 0,1 A → i = 60 = 0,5 A 120 04. 2 2 P = R . i = 10 . 2 = 10 . 4 = 40 W 05. OPÇÃO D. PTO = 590 W PRe = 4 W PRa = 6 W PLA = 60 W . 12 = 720 W PTotal = PTO + PRe + PRa + PLA PTotal = 590 + 4 + 6 + 720 = 1320 W P = i . U → 1320 = i . 220 i = 1320 = 6 A 220 06. Energia consumida pelo chuveiro (EC): EC = P . ∆t = 5000 . 0,5 = 2500 Wh = 2,5 kWh Energia consumida pela lâmpada (EL): EC = P . ∆t = 60 . 24 = 1440 Wh = 1,44 kWh O chuveiro elétrico consome mais energia que a lâmpada pois a sua potência é maior que a potência da lâmpada. 07. a) ∆t = 10 min = 600 s = 1/6 h 6 E = P . ∆t = 2200 . 600 = 1320000 J = 1,32 . 10 J b) EDia = P . ∆t = 2200 . 1 6 EMês = 30 . EDia = 30 . 2200 . 1 = 11000 Wh = 11 kWh 6 Consumo = 0,60 . 11 = 6,6. Portanto, a despesa com o chuveiro é de R$ 6,60. 08. 6 U = 18 . 10 V 3 i = 200 . 10 A -3 -2 ∆t = 1 . 10 s = 1 . 10 h 3600 Ecasa = 125 kWh 09. U = 220 V P = 5400 W ∆t = 2 h 3 6 3 Praio = i . U = 200 . 10 . 18 . 10 9 Praio = 3600 . 10 W 9 Ncasas = Eraio = 1 . 10 kWh Ecasa 125 kWh -3 Eraio = P . ∆t = 3600 . 10 . 1 . 10 3600 6 Eraio = 1 . 10 Wh 3 Eraio = 1 . 10 kWh 3 Ncasas = 0,008 . 10 = 8 casas. E = P . ∆t = 5400 . 2 E = 10800 Wh E = 10,8 kWh Prof. Thiago Miranda o-mundo-dao-mundo-da-fisica.blogspot.com
  • 4. 48 10. OPÇÃO D. Equipamento Quant. Tempo (h) Potência (W) Lâmpada 4 120 60 Ferro elétrico 1 30 600 Televisor 1 60 120 Total Energia (kWh) 4 . 120 . 60 = 28,8 1000 1 . 30 . 600 = 18 1000 1 . 60 . 120 = 7,2 1000 54 11. OPÇÃO D. Primeiro devemos calcular a resistência de uma lâmpada e depois calcular a resistência equivalente da associação. 2 2 → R = 121 Ω U = Req . i → 110 = Req . 20 → Req = 5,5 Ω P = U → 100 = 110 R R Como a resistência equivalente é menor que a resistência de uma lâmpada percebemos que estão associadas em paralelo, daí temos: Req = R → 5,5 = 121 → N = 22 lâmpadas N N 12. OPÇÃO D. E = 3,6 Wh ∆t = 40 s = 40 = 1 h 3600 90 P = E = 3,6 = 3,6 . 90 = 324 W 1 ∆t 1 90 13. ∆t = 0,5 . 12 = 6 h P = 450 W E = P . ∆t = 450 . 6 = 2700 Wh = 2,7 kWh 14. OPÇÃO D. i=5A U = 110 V 2 P = i . U = 5 . 110 = 550 W = 5,5 . 10 W Prof. Thiago Miranda o-mundo-dao-mundo-da-fisica.blogspot.com