SlideShare uma empresa Scribd logo
INDEPENDÊNCIA DA ÍNDIA
A Companhia das Índias
Orientais, fundada em
1600, iniciou em 1757 a
colonização de partes da
Índia.
A resistência ao domínio
inglês sempre existiu e um
dos exemplos é Guerra dos
Cipaios (1857-58).
Tropas indianas no
exército britânico tiveram
papel vital em ambas as
guerras mundiais.
Filme indiano sobre
a Revolta ou Guerra
dos Cipaios.
3
 Resistência não violenta.
 Desobediência civil.
 Partido do Congresso
(1885)
MAHATAMA GANDHI E PANDIT NEHRU
04/08/2015Prof.ª Valéria Fernandes
INDEPENDÊNCIA DA ÍNDIA
INDEPENDÊNCIA DA ÍNDIA
 A Liga Muçulmana (All-India Muslim
League) foi fundada por Aga Khan III, em
1906.
 No início, tinha como objetivo garantir
uma educação moderna para os
muçulmanos, os direitos dos
comerciantes e negociar com o governo
inglês.
 A primeira proposta de uma Índia
Muçulmana independente foi Muhammad
Iqbal, em 1930.
 Teve papel ativo na independência da
Índia, mas não foi banida durante a II
Guerra, como o Partido do Congresso,
por apoiar o esforço de guerra britânico.
5
Marcha do Sal ou Satyagraha, ocorreu entre 12/03-
06/04/1930 se estendeu por mais de 400 quilômetros.
04/08/2015Prof.ª Valéria Fernandes
INDEPENDÊNCIA DA ÍNDIA
 Usando da resistência não-violenta ao
colonialismo britânico, homens como
Mahatma Gandhi, Vallabhbhai Patel,
Jawaharlal Nehru e Muhammad Ali
Jinnah, levaram a região à
independência do Reino Unido, em 1947.
 No entanto, a unidade durou pouco e o
subcontinente foi partilhado entre a
República da Índia, secular e
democrática, e a República Islâmica do
Paquistão.
604/08/2015Prof.ª Valéria Fernandes
INDEPENDÊNCIA DA ÍNDIA
 Tanto o Partido do Congresso, quanto a
Liga, lutaram pela independência, no
entanto, não houve acordo que
permitisse a proteção dos direitos
políticos, econômicos e religiosos dos
muçulmanos.
 Sob a liderança da Liga Muçulmana, foi
criado o Paquistão.
 A partilha fez com que seis milhões de
pessoas tivessem que se mudar. Este
fato provocou 500 mil mortos.
704/08/2015Prof.ª Valéria Fernandes
INDEPENDÊNCIA DO
PAQUISTÃO
INDEPENDÊNCIA DO
PAQUISTÃO
• Muhammad Ali Jinnah (1876-1948)
8
 Líder da Liga
Muçulmana (1906), não
aceitou o modelo de
estado organizado sob
a liderança da maioria
hindu.
 Acreditava que os
muçulmanos seriam
marginalizados.
04/08/2015Prof.ª Valéria Fernandes
9
Islamabad,
capital do
Paquistão, é uma
cidade planejada
e construída com
lagos artificiais
na mesma época
que acontecia a
construção de
Brasília.
04/08/2015Prof.ª Valéria Fernandes
INDEPENDÊNCIA DO
PAQUISTÃO
ASSASSINATO DE GHANDI
10
 Em 30/01/1948, Gandhi foi
morto a tiros, em Nova
Délhi, por Nathuram
Godse, um radical hindu
que queria uma índia sem
muçulmanos.
 Godse foi depois julgado,
condenado e enforcado, a
despeito do último pedido
de Gandhi, que não
punissem o seu assassino.
04/08/2015Prof.ª Valéria Fernandes
ÍNDIA PARTIDA
11
 1947 → Índia
(hindus) e Paquistão
(muçulmanos).
 1948 → Sri Lanka
(Ceilão)
independente → um
país para os
budistas.
 1971 → o Paquistão
Oriental tornou-se
Bangladesh.
04/08/2015Prof.ª Valéria Fernandes
CONFLITOS E PROBLEMAS DO
SUBCONTINENTE INDIANO
12
 Disputas Fronteiriças e pela Caxemira.
 Corrida Armamentista entre Paquistão e
Índia, ambas potências nucleares.
 Índia acusa o Paquistão de apoiar grupos
terroristas.
 O crescimento do radicalismo político-
religioso no Paquistão (Talebã).
 Ação dos Tigres de Tamil no Sri Lanka.
 Feticídio de Meninas e a permanência da
violência contra as mulheres.
 Permanência da sociedade de castas.
04/08/2015Prof.ª Valéria Fernandes
CONFLITOS E PROBLEMAS DO
SUBCONTINENTE INDIANO
1304/08/2015Prof.ª Valéria Fernandes

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Fim da União Soviética
Fim da União SoviéticaFim da União Soviética
Fim da União Soviética
Valéria Shoujofan
 
A Independência da Índia
A Independência da ÍndiaA Independência da Índia
A Independência da Índia
Mariana Maia
 
REINOS AFRICANOS
REINOS AFRICANOSREINOS AFRICANOS
REINOS AFRICANOS
ElvisJohnR
 
Fascismo e nazismo
Fascismo e nazismoFascismo e nazismo
Fascismo e nazismo
Fabiana Tonsis
 
3º ano Segunda Guerra Mundial (1939 – 1945)
3º ano   Segunda Guerra Mundial (1939 – 1945)3º ano   Segunda Guerra Mundial (1939 – 1945)
3º ano Segunda Guerra Mundial (1939 – 1945)
Daniel Alves Bronstrup
 
Guerra fria
Guerra friaGuerra fria
Guerra fria
Elaine Bogo Pavani
 
Guerra fria completa - YouTube Link: https://youtu.be/XhS9vFASWjU
Guerra fria completa - YouTube Link: https://youtu.be/XhS9vFASWjUGuerra fria completa - YouTube Link: https://youtu.be/XhS9vFASWjU
Guerra fria completa - YouTube Link: https://youtu.be/XhS9vFASWjU
Kéliton Ferreira
 
Revolução chinesa
Revolução chinesaRevolução chinesa
Revolução chinesa
Fatima Freitas
 
Primeira guerra mundial
Primeira guerra mundialPrimeira guerra mundial
Primeira guerra mundial
Janaína Tavares
 
O mundo pos guerra fria
O mundo pos guerra friaO mundo pos guerra fria
O mundo pos guerra fria
Isabel Aguiar
 
26. conflitos no oriente médio
26. conflitos no oriente médio26. conflitos no oriente médio
26. conflitos no oriente médio
José Augusto Fiorin
 
Proclamação da república
Proclamação da repúblicaProclamação da república
Proclamação da república
Fabiana Tonsis
 
America espanhola
America espanholaAmerica espanhola
America espanhola
joana71
 
Nazismo e Fascismo
Nazismo e FascismoNazismo e Fascismo
Nazismo e Fascismo
Paulo Alexandre
 
Primeira Guerra Mundial (1914 1918)
Primeira Guerra Mundial (1914 1918)Primeira Guerra Mundial (1914 1918)
Primeira Guerra Mundial (1914 1918)
Valéria Shoujofan
 
3º ano - Ditadura Militar e Redemocratização
3º ano - Ditadura Militar e Redemocratização3º ano - Ditadura Militar e Redemocratização
3º ano - Ditadura Militar e Redemocratização
Daniel Alves Bronstrup
 
Crise do sistema colonial
Crise do sistema colonialCrise do sistema colonial
Crise do sistema colonial
Edenilson Morais
 
Guerra fria
Guerra friaGuerra fria
Guerra fria
patriciacaralo
 
As ditaduras militares na américa latina
As ditaduras militares na américa latinaAs ditaduras militares na américa latina
As ditaduras militares na américa latina
Wilton Moretto
 
A guerra fria
A guerra friaA guerra fria
A guerra fria
Joana Melo
 

Mais procurados (20)

Fim da União Soviética
Fim da União SoviéticaFim da União Soviética
Fim da União Soviética
 
A Independência da Índia
A Independência da ÍndiaA Independência da Índia
A Independência da Índia
 
REINOS AFRICANOS
REINOS AFRICANOSREINOS AFRICANOS
REINOS AFRICANOS
 
Fascismo e nazismo
Fascismo e nazismoFascismo e nazismo
Fascismo e nazismo
 
3º ano Segunda Guerra Mundial (1939 – 1945)
3º ano   Segunda Guerra Mundial (1939 – 1945)3º ano   Segunda Guerra Mundial (1939 – 1945)
3º ano Segunda Guerra Mundial (1939 – 1945)
 
Guerra fria
Guerra friaGuerra fria
Guerra fria
 
Guerra fria completa - YouTube Link: https://youtu.be/XhS9vFASWjU
Guerra fria completa - YouTube Link: https://youtu.be/XhS9vFASWjUGuerra fria completa - YouTube Link: https://youtu.be/XhS9vFASWjU
Guerra fria completa - YouTube Link: https://youtu.be/XhS9vFASWjU
 
Revolução chinesa
Revolução chinesaRevolução chinesa
Revolução chinesa
 
Primeira guerra mundial
Primeira guerra mundialPrimeira guerra mundial
Primeira guerra mundial
 
O mundo pos guerra fria
O mundo pos guerra friaO mundo pos guerra fria
O mundo pos guerra fria
 
26. conflitos no oriente médio
26. conflitos no oriente médio26. conflitos no oriente médio
26. conflitos no oriente médio
 
Proclamação da república
Proclamação da repúblicaProclamação da república
Proclamação da república
 
America espanhola
America espanholaAmerica espanhola
America espanhola
 
Nazismo e Fascismo
Nazismo e FascismoNazismo e Fascismo
Nazismo e Fascismo
 
Primeira Guerra Mundial (1914 1918)
Primeira Guerra Mundial (1914 1918)Primeira Guerra Mundial (1914 1918)
Primeira Guerra Mundial (1914 1918)
 
3º ano - Ditadura Militar e Redemocratização
3º ano - Ditadura Militar e Redemocratização3º ano - Ditadura Militar e Redemocratização
3º ano - Ditadura Militar e Redemocratização
 
Crise do sistema colonial
Crise do sistema colonialCrise do sistema colonial
Crise do sistema colonial
 
Guerra fria
Guerra friaGuerra fria
Guerra fria
 
As ditaduras militares na américa latina
As ditaduras militares na américa latinaAs ditaduras militares na américa latina
As ditaduras militares na américa latina
 
A guerra fria
A guerra friaA guerra fria
A guerra fria
 

Semelhante a Independência da índia

Descolonização Afro-Asiática
Descolonização Afro-AsiáticaDescolonização Afro-Asiática
Descolonização Afro-Asiática
Valéria Shoujofan
 
Descolonização na África e Ásia _ Prof.Altair Aguilar
Descolonização na África e Ásia _ Prof.Altair AguilarDescolonização na África e Ásia _ Prof.Altair Aguilar
Descolonização na África e Ásia _ Prof.Altair Aguilar
Altair Moisés Aguilar
 
Independência Indiana
Independência IndianaIndependência Indiana
Independência Indiana
poxalivs
 
Aula de história – 8º ano independencia ásia
Aula de história – 8º ano   independencia ásiaAula de história – 8º ano   independencia ásia
Aula de história – 8º ano independencia ásia
stelawstel
 
Aula de história – 8º ano independencia ásia
Aula de história – 8º ano   independencia ásiaAula de história – 8º ano   independencia ásia
Aula de história – 8º ano independencia ásia
stelawstel
 
Contexto internacional das décadas de 50 e 60
Contexto internacional das décadas de 50 e 60Contexto internacional das décadas de 50 e 60
Contexto internacional das décadas de 50 e 60
alinemaiahistoria
 
Independência da Índia
Independência da ÍndiaIndependência da Índia
Independência da Índia
Evandro Moraes
 
Mahatma Gandhi - Prof. Altair Aguilar
Mahatma Gandhi - Prof. Altair AguilarMahatma Gandhi - Prof. Altair Aguilar
Mahatma Gandhi - Prof. Altair Aguilar
Altair Moisés Aguilar
 
Independência indiana
Independência indianaIndependência indiana
Independência indiana
junaojj
 
Independência da Índia
Independência da ÍndiaIndependência da Índia
Independência da Índia
Evandro Moraes
 
A guerra fria – parte ii
A guerra fria – parte iiA guerra fria – parte ii
A guerra fria – parte ii
Fernando Fagundes
 
Aula revolução chinesa
Aula revolução chinesaAula revolução chinesa
Aula revolução chinesa
tyromello
 
Hb hg 3
Hb hg 3Hb hg 3
NACIONALISMO ÁFRICANO E ÁSIATICO - 9 ANO.pptx
NACIONALISMO ÁFRICANO E ÁSIATICO - 9 ANO.pptxNACIONALISMO ÁFRICANO E ÁSIATICO - 9 ANO.pptx
NACIONALISMO ÁFRICANO E ÁSIATICO - 9 ANO.pptx
profcarlitto
 
A era vargas
A era vargasA era vargas
A era vargas
flaviosa_
 
A era vargas
A era vargasA era vargas
A era vargas
flaviosa_
 
360 a socialismo real na china
360 a socialismo real na china360 a socialismo real na china
360 a socialismo real na china
crpp
 
China Parte 1
China   Parte 1China   Parte 1
China Parte 1
ceama
 
Apresentação3
Apresentação3Apresentação3
Apresentação3
Thayna Bastos
 

Semelhante a Independência da índia (19)

Descolonização Afro-Asiática
Descolonização Afro-AsiáticaDescolonização Afro-Asiática
Descolonização Afro-Asiática
 
Descolonização na África e Ásia _ Prof.Altair Aguilar
Descolonização na África e Ásia _ Prof.Altair AguilarDescolonização na África e Ásia _ Prof.Altair Aguilar
Descolonização na África e Ásia _ Prof.Altair Aguilar
 
Independência Indiana
Independência IndianaIndependência Indiana
Independência Indiana
 
Aula de história – 8º ano independencia ásia
Aula de história – 8º ano   independencia ásiaAula de história – 8º ano   independencia ásia
Aula de história – 8º ano independencia ásia
 
Aula de história – 8º ano independencia ásia
Aula de história – 8º ano   independencia ásiaAula de história – 8º ano   independencia ásia
Aula de história – 8º ano independencia ásia
 
Contexto internacional das décadas de 50 e 60
Contexto internacional das décadas de 50 e 60Contexto internacional das décadas de 50 e 60
Contexto internacional das décadas de 50 e 60
 
Independência da Índia
Independência da ÍndiaIndependência da Índia
Independência da Índia
 
Mahatma Gandhi - Prof. Altair Aguilar
Mahatma Gandhi - Prof. Altair AguilarMahatma Gandhi - Prof. Altair Aguilar
Mahatma Gandhi - Prof. Altair Aguilar
 
Independência indiana
Independência indianaIndependência indiana
Independência indiana
 
Independência da Índia
Independência da ÍndiaIndependência da Índia
Independência da Índia
 
A guerra fria – parte ii
A guerra fria – parte iiA guerra fria – parte ii
A guerra fria – parte ii
 
Aula revolução chinesa
Aula revolução chinesaAula revolução chinesa
Aula revolução chinesa
 
Hb hg 3
Hb hg 3Hb hg 3
Hb hg 3
 
NACIONALISMO ÁFRICANO E ÁSIATICO - 9 ANO.pptx
NACIONALISMO ÁFRICANO E ÁSIATICO - 9 ANO.pptxNACIONALISMO ÁFRICANO E ÁSIATICO - 9 ANO.pptx
NACIONALISMO ÁFRICANO E ÁSIATICO - 9 ANO.pptx
 
A era vargas
A era vargasA era vargas
A era vargas
 
A era vargas
A era vargasA era vargas
A era vargas
 
360 a socialismo real na china
360 a socialismo real na china360 a socialismo real na china
360 a socialismo real na china
 
China Parte 1
China   Parte 1China   Parte 1
China Parte 1
 
Apresentação3
Apresentação3Apresentação3
Apresentação3
 

Mais de Valéria Shoujofan

América Latina: Da Independência à Consolidação dos Estados Nacionais
América Latina: Da Independência à Consolidação dos Estados NacionaisAmérica Latina: Da Independência à Consolidação dos Estados Nacionais
América Latina: Da Independência à Consolidação dos Estados Nacionais
Valéria Shoujofan
 
Segundo Reinando: Escravidão e Imigração
Segundo Reinando: Escravidão e ImigraçãoSegundo Reinando: Escravidão e Imigração
Segundo Reinando: Escravidão e Imigração
Valéria Shoujofan
 
Entre Negociações, Reiterações e Transgressões.pptx
Entre Negociações, Reiterações e Transgressões.pptxEntre Negociações, Reiterações e Transgressões.pptx
Entre Negociações, Reiterações e Transgressões.pptx
Valéria Shoujofan
 
Revolução Americana
Revolução AmericanaRevolução Americana
Revolução Americana
Valéria Shoujofan
 
Iluminismo e Déspotas Esclarecidos
Iluminismo e Déspotas EsclarecidosIluminismo e Déspotas Esclarecidos
Iluminismo e Déspotas Esclarecidos
Valéria Shoujofan
 
Primeira e Segunda Revolução Industrial
Primeira e Segunda Revolução IndustrialPrimeira e Segunda Revolução Industrial
Primeira e Segunda Revolução Industrial
Valéria Shoujofan
 
Absolutismo Monárquico e a Crítica dos Contratualistas
Absolutismo Monárquico e a Crítica dos ContratualistasAbsolutismo Monárquico e a Crítica dos Contratualistas
Absolutismo Monárquico e a Crítica dos Contratualistas
Valéria Shoujofan
 
Inglaterra: Revolução Científica e Revolução Agrícola
Inglaterra: Revolução Científica e Revolução AgrícolaInglaterra: Revolução Científica e Revolução Agrícola
Inglaterra: Revolução Científica e Revolução Agrícola
Valéria Shoujofan
 
Reformas Religiosas (novo)
Reformas Religiosas (novo)Reformas Religiosas (novo)
Reformas Religiosas (novo)
Valéria Shoujofan
 
Revoluções Inglesas - século XVII
Revoluções Inglesas - século XVIIRevoluções Inglesas - século XVII
Revoluções Inglesas - século XVII
Valéria Shoujofan
 
CONSTRUÇÃO DO MUNDO MODERNO (XIV-XVII): ÁFRICA ATLÂNTICA
CONSTRUÇÃO DO MUNDO MODERNO (XIV-XVII): ÁFRICA ATLÂNTICACONSTRUÇÃO DO MUNDO MODERNO (XIV-XVII): ÁFRICA ATLÂNTICA
CONSTRUÇÃO DO MUNDO MODERNO (XIV-XVII): ÁFRICA ATLÂNTICA
Valéria Shoujofan
 
Conquista e Colonização das Américas (1º ano)
Conquista e Colonização das Américas (1º ano)Conquista e Colonização das Américas (1º ano)
Conquista e Colonização das Américas (1º ano)
Valéria Shoujofan
 
Revoltas Emancipacionistas
Revoltas EmancipacionistasRevoltas Emancipacionistas
Revoltas Emancipacionistas
Valéria Shoujofan
 
Período Joanino (1808-1821)
Período Joanino (1808-1821)Período Joanino (1808-1821)
Período Joanino (1808-1821)
Valéria Shoujofan
 
Independência do Brasil e Primeiro Reinado
Independência do Brasil e Primeiro ReinadoIndependência do Brasil e Primeiro Reinado
Independência do Brasil e Primeiro Reinado
Valéria Shoujofan
 
Renascimento Urbano e Comercial e Cruzadas
Renascimento Urbano e Comercial e CruzadasRenascimento Urbano e Comercial e Cruzadas
Renascimento Urbano e Comercial e Cruzadas
Valéria Shoujofan
 
Sistema feudal - Igreja Católica - Parte 2
Sistema feudal - Igreja Católica - Parte 2Sistema feudal - Igreja Católica - Parte 2
Sistema feudal - Igreja Católica - Parte 2
Valéria Shoujofan
 
Sociedade feudal - Parte 1
Sociedade feudal - Parte 1Sociedade feudal - Parte 1
Sociedade feudal - Parte 1
Valéria Shoujofan
 
Formação das Monarquias Nacionais e Absolutismo
Formação das Monarquias Nacionais e AbsolutismoFormação das Monarquias Nacionais e Absolutismo
Formação das Monarquias Nacionais e Absolutismo
Valéria Shoujofan
 
Reformas religiosas do Século XVI
Reformas religiosas do Século XVIReformas religiosas do Século XVI
Reformas religiosas do Século XVI
Valéria Shoujofan
 

Mais de Valéria Shoujofan (20)

América Latina: Da Independência à Consolidação dos Estados Nacionais
América Latina: Da Independência à Consolidação dos Estados NacionaisAmérica Latina: Da Independência à Consolidação dos Estados Nacionais
América Latina: Da Independência à Consolidação dos Estados Nacionais
 
Segundo Reinando: Escravidão e Imigração
Segundo Reinando: Escravidão e ImigraçãoSegundo Reinando: Escravidão e Imigração
Segundo Reinando: Escravidão e Imigração
 
Entre Negociações, Reiterações e Transgressões.pptx
Entre Negociações, Reiterações e Transgressões.pptxEntre Negociações, Reiterações e Transgressões.pptx
Entre Negociações, Reiterações e Transgressões.pptx
 
Revolução Americana
Revolução AmericanaRevolução Americana
Revolução Americana
 
Iluminismo e Déspotas Esclarecidos
Iluminismo e Déspotas EsclarecidosIluminismo e Déspotas Esclarecidos
Iluminismo e Déspotas Esclarecidos
 
Primeira e Segunda Revolução Industrial
Primeira e Segunda Revolução IndustrialPrimeira e Segunda Revolução Industrial
Primeira e Segunda Revolução Industrial
 
Absolutismo Monárquico e a Crítica dos Contratualistas
Absolutismo Monárquico e a Crítica dos ContratualistasAbsolutismo Monárquico e a Crítica dos Contratualistas
Absolutismo Monárquico e a Crítica dos Contratualistas
 
Inglaterra: Revolução Científica e Revolução Agrícola
Inglaterra: Revolução Científica e Revolução AgrícolaInglaterra: Revolução Científica e Revolução Agrícola
Inglaterra: Revolução Científica e Revolução Agrícola
 
Reformas Religiosas (novo)
Reformas Religiosas (novo)Reformas Religiosas (novo)
Reformas Religiosas (novo)
 
Revoluções Inglesas - século XVII
Revoluções Inglesas - século XVIIRevoluções Inglesas - século XVII
Revoluções Inglesas - século XVII
 
CONSTRUÇÃO DO MUNDO MODERNO (XIV-XVII): ÁFRICA ATLÂNTICA
CONSTRUÇÃO DO MUNDO MODERNO (XIV-XVII): ÁFRICA ATLÂNTICACONSTRUÇÃO DO MUNDO MODERNO (XIV-XVII): ÁFRICA ATLÂNTICA
CONSTRUÇÃO DO MUNDO MODERNO (XIV-XVII): ÁFRICA ATLÂNTICA
 
Conquista e Colonização das Américas (1º ano)
Conquista e Colonização das Américas (1º ano)Conquista e Colonização das Américas (1º ano)
Conquista e Colonização das Américas (1º ano)
 
Revoltas Emancipacionistas
Revoltas EmancipacionistasRevoltas Emancipacionistas
Revoltas Emancipacionistas
 
Período Joanino (1808-1821)
Período Joanino (1808-1821)Período Joanino (1808-1821)
Período Joanino (1808-1821)
 
Independência do Brasil e Primeiro Reinado
Independência do Brasil e Primeiro ReinadoIndependência do Brasil e Primeiro Reinado
Independência do Brasil e Primeiro Reinado
 
Renascimento Urbano e Comercial e Cruzadas
Renascimento Urbano e Comercial e CruzadasRenascimento Urbano e Comercial e Cruzadas
Renascimento Urbano e Comercial e Cruzadas
 
Sistema feudal - Igreja Católica - Parte 2
Sistema feudal - Igreja Católica - Parte 2Sistema feudal - Igreja Católica - Parte 2
Sistema feudal - Igreja Católica - Parte 2
 
Sociedade feudal - Parte 1
Sociedade feudal - Parte 1Sociedade feudal - Parte 1
Sociedade feudal - Parte 1
 
Formação das Monarquias Nacionais e Absolutismo
Formação das Monarquias Nacionais e AbsolutismoFormação das Monarquias Nacionais e Absolutismo
Formação das Monarquias Nacionais e Absolutismo
 
Reformas religiosas do Século XVI
Reformas religiosas do Século XVIReformas religiosas do Século XVI
Reformas religiosas do Século XVI
 

Último

Resumo de Química 10º ano Estudo exames nacionais
Resumo de Química 10º ano Estudo exames nacionaisResumo de Química 10º ano Estudo exames nacionais
Resumo de Química 10º ano Estudo exames nacionais
beatrizsilva525654
 
Aula 2 - Revisando o significado de fração - Parte 2.pptx
Aula 2 - Revisando o significado de fração - Parte 2.pptxAula 2 - Revisando o significado de fração - Parte 2.pptx
Aula 2 - Revisando o significado de fração - Parte 2.pptx
LILIANPRESTESSCUDELE
 
Slides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptxSlides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
Educação trabalho HQ em sala de aula uma excelente ideia
Educação  trabalho HQ em sala de aula uma excelente  ideiaEducação  trabalho HQ em sala de aula uma excelente  ideia
Educação trabalho HQ em sala de aula uma excelente ideia
joseanesouza36
 
karl marx biografia resumida com suas obras e história de vida
karl marx biografia resumida com suas obras e história de vidakarl marx biografia resumida com suas obras e história de vida
karl marx biografia resumida com suas obras e história de vida
KleginaldoPaz2
 
UFCD_10145_Enquadramento do setor farmacêutico_indice.pdf
UFCD_10145_Enquadramento do setor farmacêutico_indice.pdfUFCD_10145_Enquadramento do setor farmacêutico_indice.pdf
UFCD_10145_Enquadramento do setor farmacêutico_indice.pdf
Manuais Formação
 
Cartinhas de solidariedade e esperança.pptx
Cartinhas de solidariedade e esperança.pptxCartinhas de solidariedade e esperança.pptx
Cartinhas de solidariedade e esperança.pptx
Zenir Carmen Bez Trombeta
 
Introdução à Sociologia: caça-palavras na escola
Introdução à Sociologia: caça-palavras na escolaIntrodução à Sociologia: caça-palavras na escola
Introdução à Sociologia: caça-palavras na escola
Professor Belinaso
 
UFCD_4667_Preparação e confeção de molhos e fundos de cozinha_índice.pdf
UFCD_4667_Preparação e confeção de molhos e fundos de cozinha_índice.pdfUFCD_4667_Preparação e confeção de molhos e fundos de cozinha_índice.pdf
UFCD_4667_Preparação e confeção de molhos e fundos de cozinha_índice.pdf
Manuais Formação
 
As sequências didáticas: práticas educativas
As sequências didáticas: práticas educativasAs sequências didáticas: práticas educativas
As sequências didáticas: práticas educativas
rloureiro1
 
Fernão Lopes. pptx
Fernão Lopes.                       pptxFernão Lopes.                       pptx
Fernão Lopes. pptx
TomasSousa7
 
Telepsiquismo Utilize seu poder extrassensorial para atrair prosperidade (Jos...
Telepsiquismo Utilize seu poder extrassensorial para atrair prosperidade (Jos...Telepsiquismo Utilize seu poder extrassensorial para atrair prosperidade (Jos...
Telepsiquismo Utilize seu poder extrassensorial para atrair prosperidade (Jos...
fran0410
 
JOGO DA VELHA FESTA JUNINA - ARQUIVO GRATUITO.pdf
JOGO DA VELHA FESTA JUNINA - ARQUIVO GRATUITO.pdfJOGO DA VELHA FESTA JUNINA - ARQUIVO GRATUITO.pdf
JOGO DA VELHA FESTA JUNINA - ARQUIVO GRATUITO.pdf
ClaudiaMainoth
 
Dicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de curso
Dicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de cursoDicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de curso
Dicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de curso
Simone399395
 
Treinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptx
Treinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptxTreinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptx
Treinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptx
MarcosPaulo777883
 
Vogais Ilustrados para alfabetização infantil
Vogais Ilustrados para alfabetização infantilVogais Ilustrados para alfabetização infantil
Vogais Ilustrados para alfabetização infantil
mamaeieby
 
Aula Contrato Individual de Trabalho .pdf
Aula Contrato Individual de Trabalho .pdfAula Contrato Individual de Trabalho .pdf
Aula Contrato Individual de Trabalho .pdf
Pedro Luis Moraes
 
497417426-conheca-os-principais-graficos-da-radiestesia-e-da-radionica.pdf
497417426-conheca-os-principais-graficos-da-radiestesia-e-da-radionica.pdf497417426-conheca-os-principais-graficos-da-radiestesia-e-da-radionica.pdf
497417426-conheca-os-principais-graficos-da-radiestesia-e-da-radionica.pdf
JoanaFigueira11
 
D20 - Descritores SAEB de Língua Portuguesa
D20 - Descritores SAEB de Língua PortuguesaD20 - Descritores SAEB de Língua Portuguesa
D20 - Descritores SAEB de Língua Portuguesa
eaiprofpolly
 
Pintura Romana .pptx
Pintura Romana                     .pptxPintura Romana                     .pptx
Pintura Romana .pptx
TomasSousa7
 

Último (20)

Resumo de Química 10º ano Estudo exames nacionais
Resumo de Química 10º ano Estudo exames nacionaisResumo de Química 10º ano Estudo exames nacionais
Resumo de Química 10º ano Estudo exames nacionais
 
Aula 2 - Revisando o significado de fração - Parte 2.pptx
Aula 2 - Revisando o significado de fração - Parte 2.pptxAula 2 - Revisando o significado de fração - Parte 2.pptx
Aula 2 - Revisando o significado de fração - Parte 2.pptx
 
Slides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptxSlides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptx
 
Educação trabalho HQ em sala de aula uma excelente ideia
Educação  trabalho HQ em sala de aula uma excelente  ideiaEducação  trabalho HQ em sala de aula uma excelente  ideia
Educação trabalho HQ em sala de aula uma excelente ideia
 
karl marx biografia resumida com suas obras e história de vida
karl marx biografia resumida com suas obras e história de vidakarl marx biografia resumida com suas obras e história de vida
karl marx biografia resumida com suas obras e história de vida
 
UFCD_10145_Enquadramento do setor farmacêutico_indice.pdf
UFCD_10145_Enquadramento do setor farmacêutico_indice.pdfUFCD_10145_Enquadramento do setor farmacêutico_indice.pdf
UFCD_10145_Enquadramento do setor farmacêutico_indice.pdf
 
Cartinhas de solidariedade e esperança.pptx
Cartinhas de solidariedade e esperança.pptxCartinhas de solidariedade e esperança.pptx
Cartinhas de solidariedade e esperança.pptx
 
Introdução à Sociologia: caça-palavras na escola
Introdução à Sociologia: caça-palavras na escolaIntrodução à Sociologia: caça-palavras na escola
Introdução à Sociologia: caça-palavras na escola
 
UFCD_4667_Preparação e confeção de molhos e fundos de cozinha_índice.pdf
UFCD_4667_Preparação e confeção de molhos e fundos de cozinha_índice.pdfUFCD_4667_Preparação e confeção de molhos e fundos de cozinha_índice.pdf
UFCD_4667_Preparação e confeção de molhos e fundos de cozinha_índice.pdf
 
As sequências didáticas: práticas educativas
As sequências didáticas: práticas educativasAs sequências didáticas: práticas educativas
As sequências didáticas: práticas educativas
 
Fernão Lopes. pptx
Fernão Lopes.                       pptxFernão Lopes.                       pptx
Fernão Lopes. pptx
 
Telepsiquismo Utilize seu poder extrassensorial para atrair prosperidade (Jos...
Telepsiquismo Utilize seu poder extrassensorial para atrair prosperidade (Jos...Telepsiquismo Utilize seu poder extrassensorial para atrair prosperidade (Jos...
Telepsiquismo Utilize seu poder extrassensorial para atrair prosperidade (Jos...
 
JOGO DA VELHA FESTA JUNINA - ARQUIVO GRATUITO.pdf
JOGO DA VELHA FESTA JUNINA - ARQUIVO GRATUITO.pdfJOGO DA VELHA FESTA JUNINA - ARQUIVO GRATUITO.pdf
JOGO DA VELHA FESTA JUNINA - ARQUIVO GRATUITO.pdf
 
Dicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de curso
Dicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de cursoDicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de curso
Dicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de curso
 
Treinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptx
Treinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptxTreinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptx
Treinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptx
 
Vogais Ilustrados para alfabetização infantil
Vogais Ilustrados para alfabetização infantilVogais Ilustrados para alfabetização infantil
Vogais Ilustrados para alfabetização infantil
 
Aula Contrato Individual de Trabalho .pdf
Aula Contrato Individual de Trabalho .pdfAula Contrato Individual de Trabalho .pdf
Aula Contrato Individual de Trabalho .pdf
 
497417426-conheca-os-principais-graficos-da-radiestesia-e-da-radionica.pdf
497417426-conheca-os-principais-graficos-da-radiestesia-e-da-radionica.pdf497417426-conheca-os-principais-graficos-da-radiestesia-e-da-radionica.pdf
497417426-conheca-os-principais-graficos-da-radiestesia-e-da-radionica.pdf
 
D20 - Descritores SAEB de Língua Portuguesa
D20 - Descritores SAEB de Língua PortuguesaD20 - Descritores SAEB de Língua Portuguesa
D20 - Descritores SAEB de Língua Portuguesa
 
Pintura Romana .pptx
Pintura Romana                     .pptxPintura Romana                     .pptx
Pintura Romana .pptx
 

Independência da índia

  • 1.
  • 2. INDEPENDÊNCIA DA ÍNDIA A Companhia das Índias Orientais, fundada em 1600, iniciou em 1757 a colonização de partes da Índia. A resistência ao domínio inglês sempre existiu e um dos exemplos é Guerra dos Cipaios (1857-58). Tropas indianas no exército britânico tiveram papel vital em ambas as guerras mundiais. Filme indiano sobre a Revolta ou Guerra dos Cipaios.
  • 3. 3  Resistência não violenta.  Desobediência civil.  Partido do Congresso (1885) MAHATAMA GANDHI E PANDIT NEHRU 04/08/2015Prof.ª Valéria Fernandes INDEPENDÊNCIA DA ÍNDIA
  • 4. INDEPENDÊNCIA DA ÍNDIA  A Liga Muçulmana (All-India Muslim League) foi fundada por Aga Khan III, em 1906.  No início, tinha como objetivo garantir uma educação moderna para os muçulmanos, os direitos dos comerciantes e negociar com o governo inglês.  A primeira proposta de uma Índia Muçulmana independente foi Muhammad Iqbal, em 1930.  Teve papel ativo na independência da Índia, mas não foi banida durante a II Guerra, como o Partido do Congresso, por apoiar o esforço de guerra britânico.
  • 5. 5 Marcha do Sal ou Satyagraha, ocorreu entre 12/03- 06/04/1930 se estendeu por mais de 400 quilômetros. 04/08/2015Prof.ª Valéria Fernandes INDEPENDÊNCIA DA ÍNDIA
  • 6.  Usando da resistência não-violenta ao colonialismo britânico, homens como Mahatma Gandhi, Vallabhbhai Patel, Jawaharlal Nehru e Muhammad Ali Jinnah, levaram a região à independência do Reino Unido, em 1947.  No entanto, a unidade durou pouco e o subcontinente foi partilhado entre a República da Índia, secular e democrática, e a República Islâmica do Paquistão. 604/08/2015Prof.ª Valéria Fernandes INDEPENDÊNCIA DA ÍNDIA
  • 7.  Tanto o Partido do Congresso, quanto a Liga, lutaram pela independência, no entanto, não houve acordo que permitisse a proteção dos direitos políticos, econômicos e religiosos dos muçulmanos.  Sob a liderança da Liga Muçulmana, foi criado o Paquistão.  A partilha fez com que seis milhões de pessoas tivessem que se mudar. Este fato provocou 500 mil mortos. 704/08/2015Prof.ª Valéria Fernandes INDEPENDÊNCIA DO PAQUISTÃO
  • 8. INDEPENDÊNCIA DO PAQUISTÃO • Muhammad Ali Jinnah (1876-1948) 8  Líder da Liga Muçulmana (1906), não aceitou o modelo de estado organizado sob a liderança da maioria hindu.  Acreditava que os muçulmanos seriam marginalizados. 04/08/2015Prof.ª Valéria Fernandes
  • 9. 9 Islamabad, capital do Paquistão, é uma cidade planejada e construída com lagos artificiais na mesma época que acontecia a construção de Brasília. 04/08/2015Prof.ª Valéria Fernandes INDEPENDÊNCIA DO PAQUISTÃO
  • 10. ASSASSINATO DE GHANDI 10  Em 30/01/1948, Gandhi foi morto a tiros, em Nova Délhi, por Nathuram Godse, um radical hindu que queria uma índia sem muçulmanos.  Godse foi depois julgado, condenado e enforcado, a despeito do último pedido de Gandhi, que não punissem o seu assassino. 04/08/2015Prof.ª Valéria Fernandes
  • 11. ÍNDIA PARTIDA 11  1947 → Índia (hindus) e Paquistão (muçulmanos).  1948 → Sri Lanka (Ceilão) independente → um país para os budistas.  1971 → o Paquistão Oriental tornou-se Bangladesh. 04/08/2015Prof.ª Valéria Fernandes
  • 12. CONFLITOS E PROBLEMAS DO SUBCONTINENTE INDIANO 12  Disputas Fronteiriças e pela Caxemira.  Corrida Armamentista entre Paquistão e Índia, ambas potências nucleares.  Índia acusa o Paquistão de apoiar grupos terroristas.  O crescimento do radicalismo político- religioso no Paquistão (Talebã).  Ação dos Tigres de Tamil no Sri Lanka.  Feticídio de Meninas e a permanência da violência contra as mulheres.  Permanência da sociedade de castas. 04/08/2015Prof.ª Valéria Fernandes
  • 13. CONFLITOS E PROBLEMAS DO SUBCONTINENTE INDIANO 1304/08/2015Prof.ª Valéria Fernandes