SlideShare uma empresa Scribd logo
Revolução Francesa
Prof. Vagner Roberto
Arujá, 2015
Antecedentes
• Revolução Americana: França envia tropas à
América em 1778;
• Derrota na Guerra dos Sete Anos;
• Crise de abastecimento: Colheitas
insuficientes, levando a população as cidades,
onde eram exploradas nas fábricas.
Uma sociedade dividida
• 1º Estado, o Alto Clero: Representantes da
Igreja católica que possuíam privilégios como
os nobres;
• 2º Estado, os Nobres: Palacianos, cortesãs e
altos funcionários públicos, que cobravam
impostos altíssimos dos senhores feudais e do
povo das cidades;
• 3º Estado, Sans-Culottes: Eram os diversos
setores da “camada pobre”, como artesãos,
burgueses, comerciantes, camponeses e o
baixo clero.
Escalada de Tensão
• 1º e 2º Estado não ofereciam chances do 3º
Estado aprovar qualquer coisa;
• O Rei Luís XVI também não conseguia aprovar
reformas tributárias, “para o conforto dos
nobres”.
• Iluministas, burgueses e a população se
manifestam contra o governo em 9 de junho de
1789 e fundam a Assembleia Constituinte;
14 de julho de 1789: A queda da
Bastilha
Manifestações contra
o fechamento da
Assembleia
Constituinte e
prisões políticas
levam as massas da
cidade de Paris a
tomar uma Fortaleza.
Este é um dos
marcos da luta
Revolucionária.
A Constituição Francesa
Idealizada sobre princípios iluministas, a nova
constituição tinha como bases:
• Liberdade, Igualdade e Fraternidade entre todas
as pessoas;
• Propriedades deveriam ser respeitadas;
• A classe social não indica sua importância;
• Até o Rei está sujeito as Leis!
• O fim do FEUDALISMO na França!
A traição de Luís XVI
• Luís XVI tenta buscar ajuda com reis de outras
nações;
• Os Jacobinos, liderados por Robespiere,
descobrem o embuste e executam Luís e sua
esposa.
• Surge a Republica Francesa.
Divisão da Assembleia Republicana
JACOBINOS
(ESQUERDA)
GIRONDINOS
(DIREITA)
CONSERVADORES REVOLUCIONARIOS
Guerras externas
• Países estrangeiros se aproveitam da situação
para invadir as fronteiras francesas.
• O esforço de guerra era muito caro e
complicava a recuperação da França após a
Revolução
• Soldados e oficiais do exercito francês fugiam
para o lado inimigo!
• Jacobinos começam a ser acusados de
incompetência e assassinados.
Guerra Civil
• Girondinos se rebelam contra o governo, se
aliando aos austríacos.
• Jacobinos perseguem qualquer um que fosse
contra os ideais da revolução. Criando assim o
“Período do Terror”
Guerra Civil
• O Período do Terror surte resultados, os
inimigos externos são combatidos, mesmo
que a duras penas.
• Porém Robespiere começa a se isolar no
poder, em sua tentativa de reformar a
sociedade francesa, o que desagrada as
classes mais ricas.
• Robespiere é executado junto com outros
Jacobinos em 1794
O fim da Republica francesa
Cercada de nações inimigas,
com problemas externos e
praticamente falida, a
Republica Francesa é deposta
por um jovem general em um
golpe de Estado em 1799.
Este se tornará o Imperador
Napoleão Bonaparte I

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Primeiro Reinado
Primeiro ReinadoPrimeiro Reinado
Primeiro Reinado
Claudenilson da Silva
 
Crise de 1929
Crise de 1929Crise de 1929
Crise de 1929
Fabiana Tonsis
 
Primeira guerra mundial
Primeira guerra mundialPrimeira guerra mundial
Primeira guerra mundial
Janaína Tavares
 
Aula cfgv - A vinda da família real para o Brasil
Aula cfgv - A vinda da família real para o Brasil Aula cfgv - A vinda da família real para o Brasil
Aula cfgv - A vinda da família real para o Brasil
Isabela Espíndola
 
Independência dos EUA
Independência dos EUAIndependência dos EUA
Independência dos EUA
Portal do Vestibulando
 
A revolução inglesa
A revolução inglesaA revolução inglesa
A revolução inglesa
Janayna Lira
 
Iluminismo
IluminismoIluminismo
Regimes totalitários
Regimes totalitáriosRegimes totalitários
Regimes totalitários
Isaquel Silva
 
Apresentação Revolução Russa
Apresentação Revolução RussaApresentação Revolução Russa
Apresentação Revolução Russa
marcosfm32
 
Segunda Guerra Mundial
Segunda Guerra MundialSegunda Guerra Mundial
Segunda Guerra Mundial
Janaína Tavares
 
3° ano - Guerra Fria
3° ano - Guerra Fria3° ano - Guerra Fria
3° ano - Guerra Fria
Daniel Alves Bronstrup
 
Período regencial
Período regencialPeríodo regencial
Período regencial
Fabiana Tonsis
 
Segundo reinado (1840 1889)
Segundo reinado (1840 1889)Segundo reinado (1840 1889)
Segundo reinado (1840 1889)
Isaquel Silva
 
A Formação dos Estados Nacionais
A Formação dos Estados NacionaisA Formação dos Estados Nacionais
A Formação dos Estados Nacionais
Douglas Barraqui
 
3º ano - Revolução Russa 1917
3º ano - Revolução Russa 19173º ano - Revolução Russa 1917
3º ano - Revolução Russa 1917
Daniel Alves Bronstrup
 
Primeira guerra mundial
Primeira guerra mundialPrimeira guerra mundial
Primeira guerra mundial
Fatima Freitas
 
Ascensão do fascismo e nazismo
Ascensão do fascismo e nazismoAscensão do fascismo e nazismo
Ascensão do fascismo e nazismo
Colégio Basic e Colégio Imperatrice
 
Revolução Francesa
Revolução FrancesaRevolução Francesa
Revolução Francesa
edna2
 
3º ano - Era Vargas 1930-1945
3º ano  - Era Vargas 1930-19453º ano  - Era Vargas 1930-1945
3º ano - Era Vargas 1930-1945
Daniel Alves Bronstrup
 
Imperialismo
ImperialismoImperialismo
Imperialismo
eiprofessor
 

Mais procurados (20)

Primeiro Reinado
Primeiro ReinadoPrimeiro Reinado
Primeiro Reinado
 
Crise de 1929
Crise de 1929Crise de 1929
Crise de 1929
 
Primeira guerra mundial
Primeira guerra mundialPrimeira guerra mundial
Primeira guerra mundial
 
Aula cfgv - A vinda da família real para o Brasil
Aula cfgv - A vinda da família real para o Brasil Aula cfgv - A vinda da família real para o Brasil
Aula cfgv - A vinda da família real para o Brasil
 
Independência dos EUA
Independência dos EUAIndependência dos EUA
Independência dos EUA
 
A revolução inglesa
A revolução inglesaA revolução inglesa
A revolução inglesa
 
Iluminismo
IluminismoIluminismo
Iluminismo
 
Regimes totalitários
Regimes totalitáriosRegimes totalitários
Regimes totalitários
 
Apresentação Revolução Russa
Apresentação Revolução RussaApresentação Revolução Russa
Apresentação Revolução Russa
 
Segunda Guerra Mundial
Segunda Guerra MundialSegunda Guerra Mundial
Segunda Guerra Mundial
 
3° ano - Guerra Fria
3° ano - Guerra Fria3° ano - Guerra Fria
3° ano - Guerra Fria
 
Período regencial
Período regencialPeríodo regencial
Período regencial
 
Segundo reinado (1840 1889)
Segundo reinado (1840 1889)Segundo reinado (1840 1889)
Segundo reinado (1840 1889)
 
A Formação dos Estados Nacionais
A Formação dos Estados NacionaisA Formação dos Estados Nacionais
A Formação dos Estados Nacionais
 
3º ano - Revolução Russa 1917
3º ano - Revolução Russa 19173º ano - Revolução Russa 1917
3º ano - Revolução Russa 1917
 
Primeira guerra mundial
Primeira guerra mundialPrimeira guerra mundial
Primeira guerra mundial
 
Ascensão do fascismo e nazismo
Ascensão do fascismo e nazismoAscensão do fascismo e nazismo
Ascensão do fascismo e nazismo
 
Revolução Francesa
Revolução FrancesaRevolução Francesa
Revolução Francesa
 
3º ano - Era Vargas 1930-1945
3º ano  - Era Vargas 1930-19453º ano  - Era Vargas 1930-1945
3º ano - Era Vargas 1930-1945
 
Imperialismo
ImperialismoImperialismo
Imperialismo
 

Semelhante a Revolução francesa 8º

Revolução francesa
Revolução francesaRevolução francesa
Revolução francesa
Vagner Roberto
 
Revolução francesa
Revolução francesaRevolução francesa
A revolução francesa
A revolução francesaA revolução francesa
A revolução francesa
Nelia Salles Nantes
 
A revolução francesa
A revolução francesaA revolução francesa
A revolução francesa
Nelia Salles Nantes
 
A revolução francesa
A revolução francesaA revolução francesa
A revolução francesa
Nelia Salles Nantes
 
A revolução francesa
A revolução francesaA revolução francesa
A revolução francesa
Nelia Salles Nantes
 
Revolução francesa
Revolução francesaRevolução francesa
Revolução francesa
ADRIANEMONTAGNER
 
Revolução Francesa
Revolução FrancesaRevolução Francesa
Revolução Francesa
Marcia Vinuto
 
As fases da revolução francesa profnelia
As fases da revolução francesa profneliaAs fases da revolução francesa profnelia
As fases da revolução francesa profnelia
historiando
 
As fases da revolução francesa profnelia
As fases da revolução francesa profneliaAs fases da revolução francesa profnelia
As fases da revolução francesa profnelia
Nelia Salles Nantes
 
Rev. francesa e.m. (2)
Rev. francesa e.m. (2)Rev. francesa e.m. (2)
Rev. francesa e.m. (2)
paramore146
 
Revolucao francesa
Revolucao francesaRevolucao francesa
Revolucao francesa
Ariel Prado
 
As fases da revolução francesa profnelia
As fases da revolução francesa profneliaAs fases da revolução francesa profnelia
As fases da revolução francesa profnelia
historiando
 
Revolução Francesa
Revolução FrancesaRevolução Francesa
Revolução Francesa
Ketlhem
 
Revolução francesa
Revolução francesaRevolução francesa
Revolução francesa
alunoitv
 
Revoulção francesa
Revoulção francesaRevoulção francesa
Revoulção francesa
Max22Rodrigues
 
A Revolução Francesa de 1789
A Revolução Francesa de 1789A Revolução Francesa de 1789
A Revolução Francesa de 1789
Fatima Freitas
 
Revolução francesa
Revolução francesaRevolução francesa
Revolução francesa
Luiz Henrique Ferreira
 
Revolução francesa
Revolução francesaRevolução francesa
Revolução francesa
harlissoncarvalho
 
Revolução Francesa - Completo
Revolução Francesa - CompletoRevolução Francesa - Completo
Revolução Francesa - Completo
Aline Oliveira
 

Semelhante a Revolução francesa 8º (20)

Revolução francesa
Revolução francesaRevolução francesa
Revolução francesa
 
Revolução francesa
Revolução francesaRevolução francesa
Revolução francesa
 
A revolução francesa
A revolução francesaA revolução francesa
A revolução francesa
 
A revolução francesa
A revolução francesaA revolução francesa
A revolução francesa
 
A revolução francesa
A revolução francesaA revolução francesa
A revolução francesa
 
A revolução francesa
A revolução francesaA revolução francesa
A revolução francesa
 
Revolução francesa
Revolução francesaRevolução francesa
Revolução francesa
 
Revolução Francesa
Revolução FrancesaRevolução Francesa
Revolução Francesa
 
As fases da revolução francesa profnelia
As fases da revolução francesa profneliaAs fases da revolução francesa profnelia
As fases da revolução francesa profnelia
 
As fases da revolução francesa profnelia
As fases da revolução francesa profneliaAs fases da revolução francesa profnelia
As fases da revolução francesa profnelia
 
Rev. francesa e.m. (2)
Rev. francesa e.m. (2)Rev. francesa e.m. (2)
Rev. francesa e.m. (2)
 
Revolucao francesa
Revolucao francesaRevolucao francesa
Revolucao francesa
 
As fases da revolução francesa profnelia
As fases da revolução francesa profneliaAs fases da revolução francesa profnelia
As fases da revolução francesa profnelia
 
Revolução Francesa
Revolução FrancesaRevolução Francesa
Revolução Francesa
 
Revolução francesa
Revolução francesaRevolução francesa
Revolução francesa
 
Revoulção francesa
Revoulção francesaRevoulção francesa
Revoulção francesa
 
A Revolução Francesa de 1789
A Revolução Francesa de 1789A Revolução Francesa de 1789
A Revolução Francesa de 1789
 
Revolução francesa
Revolução francesaRevolução francesa
Revolução francesa
 
Revolução francesa
Revolução francesaRevolução francesa
Revolução francesa
 
Revolução Francesa - Completo
Revolução Francesa - CompletoRevolução Francesa - Completo
Revolução Francesa - Completo
 

Mais de Vagner Roberto

História e representações brinquedos
História e representações brinquedosHistória e representações brinquedos
História e representações brinquedos
Vagner Roberto
 
Período helenístico
Período helenísticoPeríodo helenístico
Período helenístico
Vagner Roberto
 
Regime militar brasileiro
Regime militar brasileiroRegime militar brasileiro
Regime militar brasileiro
Vagner Roberto
 
Esparta e o militarismo grego
Esparta e o militarismo gregoEsparta e o militarismo grego
Esparta e o militarismo grego
Vagner Roberto
 
Civilização grega ii
Civilização grega iiCivilização grega ii
Civilização grega ii
Vagner Roberto
 
Civilização grega i
Civilização grega iCivilização grega i
Civilização grega i
Vagner Roberto
 
Colonização portuguesa
Colonização portuguesaColonização portuguesa
Colonização portuguesa
Vagner Roberto
 
Colonização americana
Colonização americanaColonização americana
Colonização americana
Vagner Roberto
 
Segundo reinado (1840 – 1889)
Segundo reinado (1840 – 1889)Segundo reinado (1840 – 1889)
Segundo reinado (1840 – 1889)
Vagner Roberto
 
Movimentos sociais e politicos da europa no século
Movimentos sociais e politicos da europa no séculoMovimentos sociais e politicos da europa no século
Movimentos sociais e politicos da europa no século
Vagner Roberto
 
Guerra civil americana
Guerra civil americanaGuerra civil americana
Guerra civil americana
Vagner Roberto
 
O fim da guerra fria
O fim da guerra friaO fim da guerra fria
O fim da guerra fria
Vagner Roberto
 
Guerra fria e a cultura
Guerra fria e a culturaGuerra fria e a cultura
Guerra fria e a cultura
Vagner Roberto
 
A corrida espacial
A corrida espacialA corrida espacial
A corrida espacial
Vagner Roberto
 
A corrida armamentista
A corrida armamentistaA corrida armamentista
A corrida armamentista
Vagner Roberto
 
Revolução industrial inglesa
Revolução industrial inglesaRevolução industrial inglesa
Revolução industrial inglesa
Vagner Roberto
 
Era napoleónica
Era napoleónicaEra napoleónica
Era napoleónica
Vagner Roberto
 
Movimentos sociais e politicos da europa no século
Movimentos sociais e politicos da europa no séculoMovimentos sociais e politicos da europa no século
Movimentos sociais e politicos da europa no século
Vagner Roberto
 
Primeiro período vargas (1930 1945)
Primeiro período vargas (1930  1945)Primeiro período vargas (1930  1945)
Primeiro período vargas (1930 1945)
Vagner Roberto
 
Reformas religiosas
Reformas religiosasReformas religiosas
Reformas religiosas
Vagner Roberto
 

Mais de Vagner Roberto (20)

História e representações brinquedos
História e representações brinquedosHistória e representações brinquedos
História e representações brinquedos
 
Período helenístico
Período helenísticoPeríodo helenístico
Período helenístico
 
Regime militar brasileiro
Regime militar brasileiroRegime militar brasileiro
Regime militar brasileiro
 
Esparta e o militarismo grego
Esparta e o militarismo gregoEsparta e o militarismo grego
Esparta e o militarismo grego
 
Civilização grega ii
Civilização grega iiCivilização grega ii
Civilização grega ii
 
Civilização grega i
Civilização grega iCivilização grega i
Civilização grega i
 
Colonização portuguesa
Colonização portuguesaColonização portuguesa
Colonização portuguesa
 
Colonização americana
Colonização americanaColonização americana
Colonização americana
 
Segundo reinado (1840 – 1889)
Segundo reinado (1840 – 1889)Segundo reinado (1840 – 1889)
Segundo reinado (1840 – 1889)
 
Movimentos sociais e politicos da europa no século
Movimentos sociais e politicos da europa no séculoMovimentos sociais e politicos da europa no século
Movimentos sociais e politicos da europa no século
 
Guerra civil americana
Guerra civil americanaGuerra civil americana
Guerra civil americana
 
O fim da guerra fria
O fim da guerra friaO fim da guerra fria
O fim da guerra fria
 
Guerra fria e a cultura
Guerra fria e a culturaGuerra fria e a cultura
Guerra fria e a cultura
 
A corrida espacial
A corrida espacialA corrida espacial
A corrida espacial
 
A corrida armamentista
A corrida armamentistaA corrida armamentista
A corrida armamentista
 
Revolução industrial inglesa
Revolução industrial inglesaRevolução industrial inglesa
Revolução industrial inglesa
 
Era napoleónica
Era napoleónicaEra napoleónica
Era napoleónica
 
Movimentos sociais e politicos da europa no século
Movimentos sociais e politicos da europa no séculoMovimentos sociais e politicos da europa no século
Movimentos sociais e politicos da europa no século
 
Primeiro período vargas (1930 1945)
Primeiro período vargas (1930  1945)Primeiro período vargas (1930  1945)
Primeiro período vargas (1930 1945)
 
Reformas religiosas
Reformas religiosasReformas religiosas
Reformas religiosas
 

Revolução francesa 8º

  • 1. Revolução Francesa Prof. Vagner Roberto Arujá, 2015
  • 2. Antecedentes • Revolução Americana: França envia tropas à América em 1778; • Derrota na Guerra dos Sete Anos; • Crise de abastecimento: Colheitas insuficientes, levando a população as cidades, onde eram exploradas nas fábricas.
  • 3.
  • 4.
  • 5. Uma sociedade dividida • 1º Estado, o Alto Clero: Representantes da Igreja católica que possuíam privilégios como os nobres; • 2º Estado, os Nobres: Palacianos, cortesãs e altos funcionários públicos, que cobravam impostos altíssimos dos senhores feudais e do povo das cidades; • 3º Estado, Sans-Culottes: Eram os diversos setores da “camada pobre”, como artesãos, burgueses, comerciantes, camponeses e o baixo clero.
  • 6.
  • 7. Escalada de Tensão • 1º e 2º Estado não ofereciam chances do 3º Estado aprovar qualquer coisa; • O Rei Luís XVI também não conseguia aprovar reformas tributárias, “para o conforto dos nobres”. • Iluministas, burgueses e a população se manifestam contra o governo em 9 de junho de 1789 e fundam a Assembleia Constituinte;
  • 8. 14 de julho de 1789: A queda da Bastilha Manifestações contra o fechamento da Assembleia Constituinte e prisões políticas levam as massas da cidade de Paris a tomar uma Fortaleza. Este é um dos marcos da luta Revolucionária.
  • 9. A Constituição Francesa Idealizada sobre princípios iluministas, a nova constituição tinha como bases: • Liberdade, Igualdade e Fraternidade entre todas as pessoas; • Propriedades deveriam ser respeitadas; • A classe social não indica sua importância; • Até o Rei está sujeito as Leis! • O fim do FEUDALISMO na França!
  • 10.
  • 11. A traição de Luís XVI • Luís XVI tenta buscar ajuda com reis de outras nações; • Os Jacobinos, liderados por Robespiere, descobrem o embuste e executam Luís e sua esposa. • Surge a Republica Francesa.
  • 12.
  • 13.
  • 14.
  • 15.
  • 16. Divisão da Assembleia Republicana JACOBINOS (ESQUERDA) GIRONDINOS (DIREITA) CONSERVADORES REVOLUCIONARIOS
  • 17. Guerras externas • Países estrangeiros se aproveitam da situação para invadir as fronteiras francesas. • O esforço de guerra era muito caro e complicava a recuperação da França após a Revolução • Soldados e oficiais do exercito francês fugiam para o lado inimigo! • Jacobinos começam a ser acusados de incompetência e assassinados.
  • 18.
  • 19. Guerra Civil • Girondinos se rebelam contra o governo, se aliando aos austríacos. • Jacobinos perseguem qualquer um que fosse contra os ideais da revolução. Criando assim o “Período do Terror”
  • 20. Guerra Civil • O Período do Terror surte resultados, os inimigos externos são combatidos, mesmo que a duras penas. • Porém Robespiere começa a se isolar no poder, em sua tentativa de reformar a sociedade francesa, o que desagrada as classes mais ricas. • Robespiere é executado junto com outros Jacobinos em 1794
  • 21. O fim da Republica francesa Cercada de nações inimigas, com problemas externos e praticamente falida, a Republica Francesa é deposta por um jovem general em um golpe de Estado em 1799. Este se tornará o Imperador Napoleão Bonaparte I