SlideShare uma empresa Scribd logo
A Revolução Haitiana
Revolução Haitiana
A Revolução Haitiana, também conhecida
por Revolta de São Domingos (1791-1804)
foi um período de conflito brutal na colônia de
Saint-Domingue, levando à eliminação
da escravidão e a independência
do Haiti como a primeira república governado
por pessoas de ascendência africana. O Haiti
foi o primeiro país latino-americano a se tornar
independente da França, por meio dessa
revolução.
Durante a rebelião, os escravos destruíram plantações
e mataram latifundiários / Revolta dos negros em São
Domingos comandados por Toussaint L’ Ouverture.
Sua população era constituída de
cerca de 500 mil habitantes: 35 mil
brancos, 30 mil mulatos livres e
mais de 430 mil escravos negros
oriundos da África Ocidental.
Percebendo que estavam em
maioria, os escravos negros
formaram uma rebelião liderada por
Toussaint L’Overture e pelo líder
religioso Dutty Boukman para se
livrar do domínio da França.
Iniciada em 1791, a revolta dos escravos
foi a única vitoriosa desde a Antigüidade.
Principais Características
A característica peculiar do
processo de independência do Haiti
foi a participação maciça dos
negros, que defendiam a liberdade,
a igualdade e o direito à
propriedade de terras.
Líderes da Revolução
Haitiana
Toussaint Louverture
François-Dominique Toussaint Louverture (20 de
maio de 1743 — 8 de abril de 1803, Forte de Joux,
L Cluse-et-Mijoux, Doubs) foi o maior líder
da Revolução haitiana e, em seguida, governador
de Saint Domingue, o nome do Haiti na época.
É reconhecido por ter sido o primeiro líder negro a
vencer as forças de um império colonial europeu em
seu próprio país. Nascido escravo, tendo sua formação
em armas e tendo levado uma luta vitoriosa para a
liberação dos escravos haitianos, ele passou a ser uma
figura histórica de importância no movimento de
emancipação dos negros na América.
François-Dominique
Toussaint
Louverture
Nascimento 20 de
Maio de 1743
Morte 8 de
abril de1803 (59 anos)
Dutty Boukman
Dutty Boukman foi um sacerdote que
conduziu a cerimônia considerada catalisadora
da revolta de escravos que marcou o começo
da Revolução Haitiana.
Boukman nasceu na Jamaica; posteriormente,
foi vendido por seu senhor britânico para um
dono de plantação francês, que colocou
Boukman para trabalhar
como commandeur (diretor de escravos) e,
mais tarde, como cocheiro.
Morte e legado
Boukman foi morto pelos franceses
em novembro, apenas alguns
meses após o início do levante. Os
franceses expuseram a cabeça de
Boukman em uma tentativa de
dispersar a aura de invencibilidade
que Boukman cultivou.
Dutty Boukman
Nascimento: Jamaica
Falecimento: Haiti
Jean Jacques Dessalines
Jean-Jacques Dessalines foi um líder
da Revolução haitiana que proclamou a
independência do país em 1 de
janeiro de 1804 e foi seu primeiro
governante. Em 1805, seguindo os
passos de Napoleão Bonaparte,
proclamou-se Imperador com o nome
de Jacques I.
Jean Jacques Dessalines
Durante seu governo, tentou restabelecer a
economia das plantações mediante um
sistema de trabalho forçado. Foi traído e
assassinado em 1806 por seus
colaboradores, Alexandre Pétion e Henri
Christophe, que dividiram
a ilha em dois países.
O hino nacional haitiano, La Dessalinienne,
tem este nome em memória do imperador.
Jean Jacques
Dessalines
Nascimento: 20 de
setembro de 1758
Falecimento: 17 de
outubro de 1806
Consequências
Apesar da longa batalha, as consequências
da independência do Haiti foram muito negativas.
Livres da França, os países que mantinham
relações comerciais com a ilha ficaram com medo
de que esse ato de rebelião se expandisse para as
colônias americanas e acabaram fechando todos os
pactos comerciais selados.
Além de ter de pagar uma quantia grotesca de
indenização para a França, o Haiti sofreu uma
grave crise econômica, principalmente após a
morte de Dessalines, em 1806.
O país chegou a ser dividido em dois regimes, um
monárquico e outro republicano. Somente em 1820
os territórios foram reunificados por Jean Boyer,
que adotou o sistema republicano.
Fontes
http://www.mundoeducacao.com.br/historia
-america/revolucao-haitiana.htm
http://historia2ano.blogspot.com/2008/07/1
2-revoluo-haitiana.html
Wikipédia, a enciclopédia livre.

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Imperialismo
ImperialismoImperialismo
Imperialismo
eiprofessor
 
Primeiro Reinado (1822-1831)
Primeiro Reinado (1822-1831)Primeiro Reinado (1822-1831)
Primeiro Reinado (1822-1831)
Edenilson Morais
 
Crise do sistema colonial
Crise do sistema colonialCrise do sistema colonial
Crise do sistema colonial
Edenilson Morais
 
As Grandes Navegações - 7º Ano (2018)
As Grandes Navegações - 7º Ano (2018)As Grandes Navegações - 7º Ano (2018)
As Grandes Navegações - 7º Ano (2018)
Nefer19
 
Aula sobre 1ª Guerra Mundial - 9º ano
Aula sobre 1ª Guerra Mundial - 9º anoAula sobre 1ª Guerra Mundial - 9º ano
Aula sobre 1ª Guerra Mundial - 9º ano
7 de Setembro
 
3º ano - Era Vargas 1930-1945
3º ano  - Era Vargas 1930-19453º ano  - Era Vargas 1930-1945
3º ano - Era Vargas 1930-1945
Daniel Alves Bronstrup
 
Segundo reinado (1840 1889)
Segundo reinado (1840 1889)Segundo reinado (1840 1889)
Segundo reinado (1840 1889)
Isaquel Silva
 
América portuguesa a colonização do brasil
América portuguesa a colonização do brasilAmérica portuguesa a colonização do brasil
América portuguesa a colonização do brasil
Douglas Barraqui
 
Descolonizaçao da África e da Ásia
Descolonizaçao da  África e da ÁsiaDescolonizaçao da  África e da Ásia
Descolonizaçao da África e da Ásia
Rodrigo Luiz
 
ESCRAVIDÃO
ESCRAVIDÃOESCRAVIDÃO
Período Entre Guerras e Segunda Guerra
Período Entre Guerras e Segunda GuerraPeríodo Entre Guerras e Segunda Guerra
Período Entre Guerras e Segunda Guerra
Douglas Barraqui
 
República velha
República velhaRepública velha
República velha
Elaine Bogo Pavani
 
Mercantilismo
MercantilismoMercantilismo
Mercantilismo
harlissoncarvalho
 
3ºano - Primeira Guerra Mundial - 1914 a 1918
3ºano - Primeira Guerra Mundial - 1914 a 19183ºano - Primeira Guerra Mundial - 1914 a 1918
3ºano - Primeira Guerra Mundial - 1914 a 1918
Daniel Alves Bronstrup
 
Imperialismo e neocolonialismo
Imperialismo e neocolonialismoImperialismo e neocolonialismo
Imperialismo e neocolonialismo
Paulo Alexandre
 
Brasil colônia
Brasil colônia Brasil colônia
Brasil colônia
Elaine Bogo Pavani
 
Independência dos EUA
Independência dos EUAIndependência dos EUA
Independência dos EUA
Portal do Vestibulando
 
Colonizacao inglesa
Colonizacao inglesaColonizacao inglesa
Colonizacao inglesa
Fabiana Tonsis
 
INDEPENDÊNCIA DOS EUA
INDEPENDÊNCIA DOS EUAINDEPENDÊNCIA DOS EUA
INDEPENDÊNCIA DOS EUA
Isabel Aguiar
 
Independência da América Espanhola
Independência da América EspanholaIndependência da América Espanhola
Independência da América Espanhola
Edenilson Morais
 

Mais procurados (20)

Imperialismo
ImperialismoImperialismo
Imperialismo
 
Primeiro Reinado (1822-1831)
Primeiro Reinado (1822-1831)Primeiro Reinado (1822-1831)
Primeiro Reinado (1822-1831)
 
Crise do sistema colonial
Crise do sistema colonialCrise do sistema colonial
Crise do sistema colonial
 
As Grandes Navegações - 7º Ano (2018)
As Grandes Navegações - 7º Ano (2018)As Grandes Navegações - 7º Ano (2018)
As Grandes Navegações - 7º Ano (2018)
 
Aula sobre 1ª Guerra Mundial - 9º ano
Aula sobre 1ª Guerra Mundial - 9º anoAula sobre 1ª Guerra Mundial - 9º ano
Aula sobre 1ª Guerra Mundial - 9º ano
 
3º ano - Era Vargas 1930-1945
3º ano  - Era Vargas 1930-19453º ano  - Era Vargas 1930-1945
3º ano - Era Vargas 1930-1945
 
Segundo reinado (1840 1889)
Segundo reinado (1840 1889)Segundo reinado (1840 1889)
Segundo reinado (1840 1889)
 
América portuguesa a colonização do brasil
América portuguesa a colonização do brasilAmérica portuguesa a colonização do brasil
América portuguesa a colonização do brasil
 
Descolonizaçao da África e da Ásia
Descolonizaçao da  África e da ÁsiaDescolonizaçao da  África e da Ásia
Descolonizaçao da África e da Ásia
 
ESCRAVIDÃO
ESCRAVIDÃOESCRAVIDÃO
ESCRAVIDÃO
 
Período Entre Guerras e Segunda Guerra
Período Entre Guerras e Segunda GuerraPeríodo Entre Guerras e Segunda Guerra
Período Entre Guerras e Segunda Guerra
 
República velha
República velhaRepública velha
República velha
 
Mercantilismo
MercantilismoMercantilismo
Mercantilismo
 
3ºano - Primeira Guerra Mundial - 1914 a 1918
3ºano - Primeira Guerra Mundial - 1914 a 19183ºano - Primeira Guerra Mundial - 1914 a 1918
3ºano - Primeira Guerra Mundial - 1914 a 1918
 
Imperialismo e neocolonialismo
Imperialismo e neocolonialismoImperialismo e neocolonialismo
Imperialismo e neocolonialismo
 
Brasil colônia
Brasil colônia Brasil colônia
Brasil colônia
 
Independência dos EUA
Independência dos EUAIndependência dos EUA
Independência dos EUA
 
Colonizacao inglesa
Colonizacao inglesaColonizacao inglesa
Colonizacao inglesa
 
INDEPENDÊNCIA DOS EUA
INDEPENDÊNCIA DOS EUAINDEPENDÊNCIA DOS EUA
INDEPENDÊNCIA DOS EUA
 
Independência da América Espanhola
Independência da América EspanholaIndependência da América Espanhola
Independência da América Espanhola
 

Semelhante a A revolução haitiana

Negros revolucionários do Haiti.docx
Negros revolucionários do Haiti.docxNegros revolucionários do Haiti.docx
Negros revolucionários do Haiti.docx
WagnerDaCruz2
 
Países que foram influenciados pela revolução francesa
Países que foram influenciados pela revolução francesa Países que foram influenciados pela revolução francesa
Países que foram influenciados pela revolução francesa
E.E. Prof. João Magiano Pinto
 
Países que foram influenciados pela revolução francesa ana caroline
Países que foram influenciados pela revolução francesa ana carolinePaíses que foram influenciados pela revolução francesa ana caroline
Países que foram influenciados pela revolução francesa ana caroline
E.E. Prof. João Magiano Pinto
 
Movimentos de libertação colonial
Movimentos de libertação colonialMovimentos de libertação colonial
Movimentos de libertação colonial
PROFºWILTONREIS
 
Revolução-Haitiana
Revolução-HaitianaRevolução-Haitiana
Revolução-Haitiana
Gisele Finatti Baraglio
 
A independência do haiti
A independência do haitiA independência do haiti
A independência do haiti
historiando
 
A independência do haiti
A independência do haitiA independência do haiti
A independência do haiti
Nelia Salles Nantes
 
Maçonaria no Haiti.pdf
Maçonaria no Haiti.pdfMaçonaria no Haiti.pdf
Maçonaria no Haiti.pdf
WagnerDaCruz2
 
Independência dos Países da América Espanhola
Independência dos Países da América EspanholaIndependência dos Países da América Espanhola
Independência dos Países da América Espanhola
Ricardo Diniz campos
 
Movimentoscoloniais
MovimentoscoloniaisMovimentoscoloniais
Movimentoscoloniais
Gean Bonatto
 
Processo de Independência da América
Processo de Independência da AméricaProcesso de Independência da América
Processo de Independência da América
Lú Carvalho
 
Conjuração baiana.pptx
Conjuração baiana.pptxConjuração baiana.pptx
Conjuração baiana.pptx
CapelaDasDores
 
slideindepmxicoehaitiblog-170519011521.pdf
slideindepmxicoehaitiblog-170519011521.pdfslideindepmxicoehaitiblog-170519011521.pdf
slideindepmxicoehaitiblog-170519011521.pdf
maria aparecida coelho lira
 
INDEPENDÊNCIA DO HAITI E AMÉRICA ESPANHOLA
INDEPENDÊNCIA DO HAITI E AMÉRICA ESPANHOLAINDEPENDÊNCIA DO HAITI E AMÉRICA ESPANHOLA
INDEPENDÊNCIA DO HAITI E AMÉRICA ESPANHOLA
Isabel Aguiar
 
Revolucao francesa
Revolucao francesaRevolucao francesa
Revolucao francesa
MargarethFranklim
 
INDEPENDÊNCIAS NA AMÉRICA
INDEPENDÊNCIAS NA AMÉRICA INDEPENDÊNCIAS NA AMÉRICA
INDEPENDÊNCIAS NA AMÉRICA
Isabel Aguiar
 
Independência do brasil
Independência do brasilIndependência do brasil
Independência do brasil
Marilia Pimentel
 
AS REBELIÕES NA AMERICA IBERICA (Prof. Francisco Leite)
AS REBELIÕES NA AMERICA IBERICA (Prof. Francisco Leite)AS REBELIÕES NA AMERICA IBERICA (Prof. Francisco Leite)
AS REBELIÕES NA AMERICA IBERICA (Prof. Francisco Leite)
profesfrancleite
 
A independência da américa espanhola
A independência da américa espanholaA independência da américa espanhola
A independência da américa espanhola
Nelia Salles Nantes
 
Revolução Francesa
Revolução FrancesaRevolução Francesa
Revolução Francesa
Ketlhem
 

Semelhante a A revolução haitiana (20)

Negros revolucionários do Haiti.docx
Negros revolucionários do Haiti.docxNegros revolucionários do Haiti.docx
Negros revolucionários do Haiti.docx
 
Países que foram influenciados pela revolução francesa
Países que foram influenciados pela revolução francesa Países que foram influenciados pela revolução francesa
Países que foram influenciados pela revolução francesa
 
Países que foram influenciados pela revolução francesa ana caroline
Países que foram influenciados pela revolução francesa ana carolinePaíses que foram influenciados pela revolução francesa ana caroline
Países que foram influenciados pela revolução francesa ana caroline
 
Movimentos de libertação colonial
Movimentos de libertação colonialMovimentos de libertação colonial
Movimentos de libertação colonial
 
Revolução-Haitiana
Revolução-HaitianaRevolução-Haitiana
Revolução-Haitiana
 
A independência do haiti
A independência do haitiA independência do haiti
A independência do haiti
 
A independência do haiti
A independência do haitiA independência do haiti
A independência do haiti
 
Maçonaria no Haiti.pdf
Maçonaria no Haiti.pdfMaçonaria no Haiti.pdf
Maçonaria no Haiti.pdf
 
Independência dos Países da América Espanhola
Independência dos Países da América EspanholaIndependência dos Países da América Espanhola
Independência dos Países da América Espanhola
 
Movimentoscoloniais
MovimentoscoloniaisMovimentoscoloniais
Movimentoscoloniais
 
Processo de Independência da América
Processo de Independência da AméricaProcesso de Independência da América
Processo de Independência da América
 
Conjuração baiana.pptx
Conjuração baiana.pptxConjuração baiana.pptx
Conjuração baiana.pptx
 
slideindepmxicoehaitiblog-170519011521.pdf
slideindepmxicoehaitiblog-170519011521.pdfslideindepmxicoehaitiblog-170519011521.pdf
slideindepmxicoehaitiblog-170519011521.pdf
 
INDEPENDÊNCIA DO HAITI E AMÉRICA ESPANHOLA
INDEPENDÊNCIA DO HAITI E AMÉRICA ESPANHOLAINDEPENDÊNCIA DO HAITI E AMÉRICA ESPANHOLA
INDEPENDÊNCIA DO HAITI E AMÉRICA ESPANHOLA
 
Revolucao francesa
Revolucao francesaRevolucao francesa
Revolucao francesa
 
INDEPENDÊNCIAS NA AMÉRICA
INDEPENDÊNCIAS NA AMÉRICA INDEPENDÊNCIAS NA AMÉRICA
INDEPENDÊNCIAS NA AMÉRICA
 
Independência do brasil
Independência do brasilIndependência do brasil
Independência do brasil
 
AS REBELIÕES NA AMERICA IBERICA (Prof. Francisco Leite)
AS REBELIÕES NA AMERICA IBERICA (Prof. Francisco Leite)AS REBELIÕES NA AMERICA IBERICA (Prof. Francisco Leite)
AS REBELIÕES NA AMERICA IBERICA (Prof. Francisco Leite)
 
A independência da américa espanhola
A independência da américa espanholaA independência da américa espanhola
A independência da américa espanhola
 
Revolução Francesa
Revolução FrancesaRevolução Francesa
Revolução Francesa
 

Mais de DeaaSouza

Guerra do contestado
Guerra do contestadoGuerra do contestado
Guerra do contestado
DeaaSouza
 
Bactérias
BactériasBactérias
Bactérias
DeaaSouza
 
Tecido muscular
Tecido muscularTecido muscular
Tecido muscular
DeaaSouza
 
Zika vírus e Síndrome de Guillain-Barré
Zika vírus e Síndrome de Guillain-BarréZika vírus e Síndrome de Guillain-Barré
Zika vírus e Síndrome de Guillain-Barré
DeaaSouza
 
Ecossistemas e globalização
Ecossistemas e globalizaçãoEcossistemas e globalização
Ecossistemas e globalização
DeaaSouza
 
Renascimento
RenascimentoRenascimento
Renascimento
DeaaSouza
 
Arquitetura Renascentista
Arquitetura RenascentistaArquitetura Renascentista
Arquitetura Renascentista
DeaaSouza
 
Guerra de canudos
Guerra de canudosGuerra de canudos
Guerra de canudos
DeaaSouza
 
A evaporação
A evaporaçãoA evaporação
A evaporação
DeaaSouza
 
Hip hop
Hip hopHip hop
Hip hop
DeaaSouza
 
Hip hop
Hip hopHip hop
Hip hop
DeaaSouza
 
Ginástica aeróbica
Ginástica aeróbicaGinástica aeróbica
Ginástica aeróbica
DeaaSouza
 
Monteiro lobato
Monteiro lobatoMonteiro lobato
Monteiro lobato
DeaaSouza
 
Georg wilhelm friedrich hegel
Georg wilhelm friedrich hegelGeorg wilhelm friedrich hegel
Georg wilhelm friedrich hegel
DeaaSouza
 
Dermeval saviani
Dermeval savianiDermeval saviani
Dermeval saviani
DeaaSouza
 
Amor
AmorAmor
Amor
DeaaSouza
 
Guerra de canudos
Guerra de canudosGuerra de canudos
Guerra de canudos
DeaaSouza
 
Cabo verde
Cabo verdeCabo verde
Cabo verde
DeaaSouza
 
São tomé e príncipe
São tomé e príncipeSão tomé e príncipe
São tomé e príncipe
DeaaSouza
 
Ulysses guimarães
Ulysses guimarãesUlysses guimarães
Ulysses guimarães
DeaaSouza
 

Mais de DeaaSouza (20)

Guerra do contestado
Guerra do contestadoGuerra do contestado
Guerra do contestado
 
Bactérias
BactériasBactérias
Bactérias
 
Tecido muscular
Tecido muscularTecido muscular
Tecido muscular
 
Zika vírus e Síndrome de Guillain-Barré
Zika vírus e Síndrome de Guillain-BarréZika vírus e Síndrome de Guillain-Barré
Zika vírus e Síndrome de Guillain-Barré
 
Ecossistemas e globalização
Ecossistemas e globalizaçãoEcossistemas e globalização
Ecossistemas e globalização
 
Renascimento
RenascimentoRenascimento
Renascimento
 
Arquitetura Renascentista
Arquitetura RenascentistaArquitetura Renascentista
Arquitetura Renascentista
 
Guerra de canudos
Guerra de canudosGuerra de canudos
Guerra de canudos
 
A evaporação
A evaporaçãoA evaporação
A evaporação
 
Hip hop
Hip hopHip hop
Hip hop
 
Hip hop
Hip hopHip hop
Hip hop
 
Ginástica aeróbica
Ginástica aeróbicaGinástica aeróbica
Ginástica aeróbica
 
Monteiro lobato
Monteiro lobatoMonteiro lobato
Monteiro lobato
 
Georg wilhelm friedrich hegel
Georg wilhelm friedrich hegelGeorg wilhelm friedrich hegel
Georg wilhelm friedrich hegel
 
Dermeval saviani
Dermeval savianiDermeval saviani
Dermeval saviani
 
Amor
AmorAmor
Amor
 
Guerra de canudos
Guerra de canudosGuerra de canudos
Guerra de canudos
 
Cabo verde
Cabo verdeCabo verde
Cabo verde
 
São tomé e príncipe
São tomé e príncipeSão tomé e príncipe
São tomé e príncipe
 
Ulysses guimarães
Ulysses guimarãesUlysses guimarães
Ulysses guimarães
 

A revolução haitiana

  • 2. Revolução Haitiana A Revolução Haitiana, também conhecida por Revolta de São Domingos (1791-1804) foi um período de conflito brutal na colônia de Saint-Domingue, levando à eliminação da escravidão e a independência do Haiti como a primeira república governado por pessoas de ascendência africana. O Haiti foi o primeiro país latino-americano a se tornar independente da França, por meio dessa revolução.
  • 3. Durante a rebelião, os escravos destruíram plantações e mataram latifundiários / Revolta dos negros em São Domingos comandados por Toussaint L’ Ouverture.
  • 4. Sua população era constituída de cerca de 500 mil habitantes: 35 mil brancos, 30 mil mulatos livres e mais de 430 mil escravos negros oriundos da África Ocidental. Percebendo que estavam em maioria, os escravos negros formaram uma rebelião liderada por Toussaint L’Overture e pelo líder religioso Dutty Boukman para se livrar do domínio da França.
  • 5. Iniciada em 1791, a revolta dos escravos foi a única vitoriosa desde a Antigüidade.
  • 6. Principais Características A característica peculiar do processo de independência do Haiti foi a participação maciça dos negros, que defendiam a liberdade, a igualdade e o direito à propriedade de terras.
  • 8. Toussaint Louverture François-Dominique Toussaint Louverture (20 de maio de 1743 — 8 de abril de 1803, Forte de Joux, L Cluse-et-Mijoux, Doubs) foi o maior líder da Revolução haitiana e, em seguida, governador de Saint Domingue, o nome do Haiti na época. É reconhecido por ter sido o primeiro líder negro a vencer as forças de um império colonial europeu em seu próprio país. Nascido escravo, tendo sua formação em armas e tendo levado uma luta vitoriosa para a liberação dos escravos haitianos, ele passou a ser uma figura histórica de importância no movimento de emancipação dos negros na América.
  • 9. François-Dominique Toussaint Louverture Nascimento 20 de Maio de 1743 Morte 8 de abril de1803 (59 anos)
  • 10. Dutty Boukman Dutty Boukman foi um sacerdote que conduziu a cerimônia considerada catalisadora da revolta de escravos que marcou o começo da Revolução Haitiana. Boukman nasceu na Jamaica; posteriormente, foi vendido por seu senhor britânico para um dono de plantação francês, que colocou Boukman para trabalhar como commandeur (diretor de escravos) e, mais tarde, como cocheiro.
  • 11. Morte e legado Boukman foi morto pelos franceses em novembro, apenas alguns meses após o início do levante. Os franceses expuseram a cabeça de Boukman em uma tentativa de dispersar a aura de invencibilidade que Boukman cultivou.
  • 13. Jean Jacques Dessalines Jean-Jacques Dessalines foi um líder da Revolução haitiana que proclamou a independência do país em 1 de janeiro de 1804 e foi seu primeiro governante. Em 1805, seguindo os passos de Napoleão Bonaparte, proclamou-se Imperador com o nome de Jacques I.
  • 14. Jean Jacques Dessalines Durante seu governo, tentou restabelecer a economia das plantações mediante um sistema de trabalho forçado. Foi traído e assassinado em 1806 por seus colaboradores, Alexandre Pétion e Henri Christophe, que dividiram a ilha em dois países. O hino nacional haitiano, La Dessalinienne, tem este nome em memória do imperador.
  • 15. Jean Jacques Dessalines Nascimento: 20 de setembro de 1758 Falecimento: 17 de outubro de 1806
  • 16. Consequências Apesar da longa batalha, as consequências da independência do Haiti foram muito negativas. Livres da França, os países que mantinham relações comerciais com a ilha ficaram com medo de que esse ato de rebelião se expandisse para as colônias americanas e acabaram fechando todos os pactos comerciais selados. Além de ter de pagar uma quantia grotesca de indenização para a França, o Haiti sofreu uma grave crise econômica, principalmente após a morte de Dessalines, em 1806. O país chegou a ser dividido em dois regimes, um monárquico e outro republicano. Somente em 1820 os territórios foram reunificados por Jean Boyer, que adotou o sistema republicano.