SlideShare uma empresa Scribd logo
Incorpore
Thiago Tambuque 
• Bacharel em Relações Internacionais 
• Ator formado pela Escola de Atores Wolf Maya 
• Consultor de Expressão
1º ENCONTRO DE IMERSÃO 
EM COMUNICAÇÃO
Duração: 1 Final de Semana (2 dias) 
Data Prevista: 17 Maio 
Proposta 
Promover atividades que desenvolvam nos 
participantes a consciência comunicacional e, 
conseqüentemente, a melhoria na qualidade 
da comunicação. 
Público-alvo 
Direcionado a todos aqueles que desejam 
comunicar-se de forma mais objetiva, efetiva e 
clara. 
Estudantes, profissionais liberais, professores, 
políticos, executivos, etc.
Parceria 
Visa a colaboração e o intercâmbio promovido 
pelo ambiente universitário. 
Descontos para alunos 
Promoção da universidade para alunos e não 
alunos 
Espaço para palestrantes da universidade 
Estrutura e Espaços Necessários 
Duas salas de aula 
Auditório 
Espaço externo para montagem das mesas de 
coffee break e coquetel 
Espaço externo para instalação de stands.
Incorpore
Trata de assuntos relativos a imagem do candidato, suas ações no 
governo ou não, nos partidos, sindicatos de classe e tudo o que trata 
de um líder junto a sociedade. Visa formar uma imagem positiva e 
gerar forte notoriedade e após iniciado na carreira de um candidato, 
não há um prazo final, o acompanhará durante toda sua carreira.
Na comunicação interpessoal, as mensagens verbais respondem por 
apenas 7% do total, enquanto as vocais (tom de voz, inflexão, sons) 
representam 38% e as não-verbais respondem por 55%. Darlene 
Mello, Consultora de Marketing 
A linguagem corporal é, muitas vezes, mais precisa do que a verbal, 
pois é controlada por impulsos inconscientes, ou seja, não temos 
domínio sobre ela. 
As palavras são apenas uma parcela da nossa comunicação. Frente a 
frente, a maior parte do que queremos dizer ou de como nos 
sentimos é feito por meio de postura, gestos, expressões faciais e 
volume e melodia de voz
“Os sinais do corpo podem reforçar as palavras, 
contradizê-las ou até mesmo substituí-las”. 
“A primeira impressão decide como o 
relacionamento se desenvolverá”. 
Monika Matschnig, 
psicóloga austríaca, 
especialista em linguagem corporal
Incorpore
A imagem comunica: 
roupas, estilo, postura. 
Qual imagem se quer passar? 
Qual público se quer atingir?
• Criar a imagem que se pretende sem que se mude ou se vá contra 
a personalidade do candidato. 
• A linguagem visual e corporal do candidato 
falam por si. 
• Treinamento padrão: empatia, credibilidade, confiança
• Sinais que o corpo emite: o que fazer e o que evitar 
• Corpo revela o que as palavras tentam esconder 
• Identificação do eleitor com seu candidato
Incorpore
O “Líder carismático” 
Carisma é uma palavra grega que significa “dom de inspiração divina”. 
Ou seja, o líder carismático é aquele que inspira em seus liderados a 
confiança, aceitação incondicional, obediência espontânea e 
envolvimento emocional. O líder carismático é visto por seus liderados 
como alguém que possui qualidades excepcionais, “carismáticas” em 
sua acepção original. Um exemplo deste tipo de líder são os líderes 
religiosos como Jesus Cristo ou Gandhi.
Técnica: dar aquilo de que as pessoas mais precisam 
• Olhar nos olhos 
• Falar no tom adequado 
• Assentir com a cabeça 
• Sorrir 
• Não interromper 
• Elogiar 
• Ouvir o que o outro está dizendo 
Os “segredos” dos grandes comunicadores não são segredos, mas sim métodos comprovados 
de interação que tornam os outros abertos e receptivos às suas mensagens
Incorpore
1. Exale confiança 
• Seja Positivo 
• Fale com confiança 
• Seja verdadeiramente confiante 
• Ter voz, roupas e linguagem corporal confiantes 
2. Demonstre carisma através da sua linguagem corporal 
• Andar ereto e passos firmes 
• Aperto de mãos firme 
• Descruzar braços e pernas 
• Olhar nos olhos 
• Linguagem corporal espelhada
LINGUAGEM CORPORAL 
Postura Aperto de mãos firme Descruzar braços Olhar nos olhos
3. Faça com que as pessoas se sintam especiais 
• Seja igual a todos 
• Demonstre interesse pela vida das pessoas 
• Ouça ativamente alguém falar 
• Chame as pessoas pelo nome 
4. Seja espirituoso 
• Aprenda a rir de si mesmo 
• Não se esforce para ser engraçado 
• Aprenda a ser brincalhão com as pessoas
5. Seja atraente 
• Seja versátil 
• Domine vários assuntos 
• Pense antes de falar 
6. Escute mais e fale menos 
• Evite oferecer conselhos, a menos que seja solicitado 
• Sorria 
• Responda 
7. Não pratique a audição seletiva 
• Prestar atenção e interagir sempre, independentemente do assunto
8. Concentre-se nas outras pessoas 
• Ignore distrações como celulares, televisões e conversas 
paralelas 
9. Dê antes de receber 
• Nunca pense no que você pode ganhar ao desenvolver 
determinada atividade 
• Ao pensar, mesmo que por um breve momento, no que a 
pessoa pode oferecer, você mostra que está interessado 
apenas em usá-la para benefício próprio. 
10. Não seja vaidoso 
• Nunca se gabe de suas conquistas ou de suas habilidades. 
Isso o torna arrogante e pretensioso
11. Entenda que os outros são mais importantes 
• Embora você conheça a si mesmo, ainda não sabe quais são os 
sonhos, opiniões e perspectivas das outras pessoas. É isso que 
vai ensinar a você novas lições. 
12. Orgulhe-se das conquistas alheias 
• Faça elogios 
• Ressalte bons comportamentos 
• Entender que você não precisa ser o único a brilhar gera empatia 
e demonstra generosidade 
13. Escolha suas palavras 
• Compartilhe palavras positivas 
• Pense antes de falar
11. Entenda que os outros são mais importantes 
• Embora você conheça a si mesmo, ainda não sabe quais são os 
sonhos, opiniões e perspectivas das outras pessoas. É isso que 
vai ensinar a você novas lições. 
12. Orgulhe-se das conquistas alheias 
• Faça elogios 
• Ressalte bons comportamentos 
• Entender que você não precisa ser o único a brilhar gera empatia 
e demonstra generosidade 
13. Escolha suas palavras 
• Compartilhe palavras positivas 
• Pense antes de falar
14. Não aponte erros alheios 
• Apontar erros é uma atitude não-carismática 
• Se não pode contribuir, cale-se 
15. Admita suas próprias falhas 
• Sinal de humildade 
• Gera empatia e proximidade
Incorpore

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Apostila relacionamento interpessoal
Apostila relacionamento interpessoalApostila relacionamento interpessoal
Apostila relacionamento interpessoal
Tableau Colégio
 
Relacionamento interpessoal
Relacionamento interpessoalRelacionamento interpessoal
Relacionamento interpessoal
Alexandre Siqueira
 
Dicas para melhorar o relacionamento interpessoal
Dicas para melhorar o relacionamento interpessoalDicas para melhorar o relacionamento interpessoal
Dicas para melhorar o relacionamento interpessoal
Karol Oliveira
 
Palestra : Relacionamentos interpessoais na gestão de conflitos: O que uma ge...
Palestra : Relacionamentos interpessoais na gestão de conflitos: O que uma ge...Palestra : Relacionamentos interpessoais na gestão de conflitos: O que uma ge...
Palestra : Relacionamentos interpessoais na gestão de conflitos: O que uma ge...
Jamile Coelho
 
Relacionamento interpessoal
Relacionamento interpessoalRelacionamento interpessoal
Relacionamento interpessoal
Fernando Pinheiro
 
GP - Comunicação Interpessoal Julho 12 (aula 2)
GP - Comunicação Interpessoal Julho 12 (aula 2)GP - Comunicação Interpessoal Julho 12 (aula 2)
GP - Comunicação Interpessoal Julho 12 (aula 2)
Vinícius Luiz
 
Powerpoint assertividade
Powerpoint assertividade  Powerpoint assertividade
Powerpoint assertividade
juliaoliveira1965
 
Personal branding Crie a sua marca e reinvente a sua vida amorosa
Personal branding   Crie a sua marca e reinvente a sua vida amorosaPersonal branding   Crie a sua marca e reinvente a sua vida amorosa
Personal branding Crie a sua marca e reinvente a sua vida amorosa
Maria Paula Alvim
 
Relacionamento interpessoal
Relacionamento interpessoalRelacionamento interpessoal
Relacionamento interpessoal
edumm001
 
Aula 3 - Comunicação, linguagem e relacionamento interpessoal
Aula 3 - Comunicação, linguagem e relacionamento interpessoalAula 3 - Comunicação, linguagem e relacionamento interpessoal
Aula 3 - Comunicação, linguagem e relacionamento interpessoal
Renata Conversani
 
Palestra - Acamps MAS 2011
Palestra - Acamps MAS 2011Palestra - Acamps MAS 2011
Palestra - Acamps MAS 2011
Luis Henrique Santana
 
Comunicação intra e interpessoal como fatores diferenciais no crescimento pro...
Comunicação intra e interpessoal como fatores diferenciais no crescimento pro...Comunicação intra e interpessoal como fatores diferenciais no crescimento pro...
Comunicação intra e interpessoal como fatores diferenciais no crescimento pro...
tdc-globalcode
 
Aula 3 projovem trabalhador 14.04
Aula 3 projovem trabalhador  14.04Aula 3 projovem trabalhador  14.04
Aula 3 projovem trabalhador 14.04
ROMARIO600
 
Relacionamento Interpessoal 20h
Relacionamento Interpessoal 20hRelacionamento Interpessoal 20h
Relacionamento Interpessoal 20h
UNIVERSIDADE FEDERAL DE MATO GROSSO
 
Assertividade
AssertividadeAssertividade
Assertividade
Marcelrh2009
 
Relacionalmento interpessoal
Relacionalmento interpessoalRelacionalmento interpessoal
Relacionalmento interpessoal
Leandro Lopes
 
8 Dicas para uma Boa Comunicações Profissional
8 Dicas para uma Boa Comunicações Profissional8 Dicas para uma Boa Comunicações Profissional
8 Dicas para uma Boa Comunicações Profissional
Messias Dias Teixeira
 
Comunicação Assertiva Mauricio Franca
Comunicação Assertiva Mauricio FrancaComunicação Assertiva Mauricio Franca
Comunicação Assertiva Mauricio Franca
Mauricio França
 
RELAÇÕES INTERPESSOAIS
RELAÇÕES INTERPESSOAISRELAÇÕES INTERPESSOAIS
RELAÇÕES INTERPESSOAIS
Andréa Dantas
 

Mais procurados (19)

Apostila relacionamento interpessoal
Apostila relacionamento interpessoalApostila relacionamento interpessoal
Apostila relacionamento interpessoal
 
Relacionamento interpessoal
Relacionamento interpessoalRelacionamento interpessoal
Relacionamento interpessoal
 
Dicas para melhorar o relacionamento interpessoal
Dicas para melhorar o relacionamento interpessoalDicas para melhorar o relacionamento interpessoal
Dicas para melhorar o relacionamento interpessoal
 
Palestra : Relacionamentos interpessoais na gestão de conflitos: O que uma ge...
Palestra : Relacionamentos interpessoais na gestão de conflitos: O que uma ge...Palestra : Relacionamentos interpessoais na gestão de conflitos: O que uma ge...
Palestra : Relacionamentos interpessoais na gestão de conflitos: O que uma ge...
 
Relacionamento interpessoal
Relacionamento interpessoalRelacionamento interpessoal
Relacionamento interpessoal
 
GP - Comunicação Interpessoal Julho 12 (aula 2)
GP - Comunicação Interpessoal Julho 12 (aula 2)GP - Comunicação Interpessoal Julho 12 (aula 2)
GP - Comunicação Interpessoal Julho 12 (aula 2)
 
Powerpoint assertividade
Powerpoint assertividade  Powerpoint assertividade
Powerpoint assertividade
 
Personal branding Crie a sua marca e reinvente a sua vida amorosa
Personal branding   Crie a sua marca e reinvente a sua vida amorosaPersonal branding   Crie a sua marca e reinvente a sua vida amorosa
Personal branding Crie a sua marca e reinvente a sua vida amorosa
 
Relacionamento interpessoal
Relacionamento interpessoalRelacionamento interpessoal
Relacionamento interpessoal
 
Aula 3 - Comunicação, linguagem e relacionamento interpessoal
Aula 3 - Comunicação, linguagem e relacionamento interpessoalAula 3 - Comunicação, linguagem e relacionamento interpessoal
Aula 3 - Comunicação, linguagem e relacionamento interpessoal
 
Palestra - Acamps MAS 2011
Palestra - Acamps MAS 2011Palestra - Acamps MAS 2011
Palestra - Acamps MAS 2011
 
Comunicação intra e interpessoal como fatores diferenciais no crescimento pro...
Comunicação intra e interpessoal como fatores diferenciais no crescimento pro...Comunicação intra e interpessoal como fatores diferenciais no crescimento pro...
Comunicação intra e interpessoal como fatores diferenciais no crescimento pro...
 
Aula 3 projovem trabalhador 14.04
Aula 3 projovem trabalhador  14.04Aula 3 projovem trabalhador  14.04
Aula 3 projovem trabalhador 14.04
 
Relacionamento Interpessoal 20h
Relacionamento Interpessoal 20hRelacionamento Interpessoal 20h
Relacionamento Interpessoal 20h
 
Assertividade
AssertividadeAssertividade
Assertividade
 
Relacionalmento interpessoal
Relacionalmento interpessoalRelacionalmento interpessoal
Relacionalmento interpessoal
 
8 Dicas para uma Boa Comunicações Profissional
8 Dicas para uma Boa Comunicações Profissional8 Dicas para uma Boa Comunicações Profissional
8 Dicas para uma Boa Comunicações Profissional
 
Comunicação Assertiva Mauricio Franca
Comunicação Assertiva Mauricio FrancaComunicação Assertiva Mauricio Franca
Comunicação Assertiva Mauricio Franca
 
RELAÇÕES INTERPESSOAIS
RELAÇÕES INTERPESSOAISRELAÇÕES INTERPESSOAIS
RELAÇÕES INTERPESSOAIS
 

Destaque

Teoria dos circuitos - Capitulo 02
Teoria dos circuitos - Capitulo 02Teoria dos circuitos - Capitulo 02
Teoria dos circuitos - Capitulo 02
andydurdem
 
Analisis de inventarios
Analisis de inventariosAnalisis de inventarios
Analisis de inventarios
Pauly Núñez
 
Aplicaciones de Office
Aplicaciones de OfficeAplicaciones de Office
Aplicaciones de Office
UNID
 
Descosido
DescosidoDescosido
Descosido
Juan Ignacio B.
 
Teoria dos circuitos - Apêndice
Teoria dos circuitos - ApêndiceTeoria dos circuitos - Apêndice
Teoria dos circuitos - Apêndice
andydurdem
 
A política dos 5 rs é consiste no ato de repensar
A política dos 5 rs é consiste no ato de repensarA política dos 5 rs é consiste no ato de repensar
A política dos 5 rs é consiste no ato de repensar
Miquéias Cassemiro
 
Compañero neotropical
Compañero neotropicalCompañero neotropical
Compañero neotropical
Carlos Nassir Yaffar
 
O espaço urbano
O espaço urbanoO espaço urbano
O espaço urbano
flaviocosac
 
Oficina stop motion
Oficina stop motionOficina stop motion
Oficina stop motion
Cesar Eduardo
 
Apresentação nautico balanço contas
Apresentação nautico balanço contasApresentação nautico balanço contas
Apresentação nautico balanço contas
Folha de Pernambuco
 
Conrado navarro2
Conrado navarro2Conrado navarro2
Conrado navarro2
Jonathan Henrique
 
Habilidades AAP
Habilidades AAPHabilidades AAP
Habilidades AAP
Cesar Eduardo
 
Aptidao-para-o-Cafe-no-Acre
Aptidao-para-o-Cafe-no-AcreAptidao-para-o-Cafe-no-Acre
Aptidao-para-o-Cafe-no-Acre
Weliton Nogueira
 
Registros de enfermedades raras: Sistemas de información básicos para el fome...
Registros de enfermedades raras: Sistemas de información básicos para el fome...Registros de enfermedades raras: Sistemas de información básicos para el fome...
Registros de enfermedades raras: Sistemas de información básicos para el fome...
Vall d'Hebron Institute of Research (VHIR)
 
AX4B - Dynamics AX
AX4B - Dynamics AX AX4B - Dynamics AX
AX4B - Dynamics AX
Antonio Felix
 
Globalização
GlobalizaçãoGlobalização
Globalização
flaviocosac
 
10. studi kasus eigrp
10. studi kasus eigrp10. studi kasus eigrp
10. studi kasus eigrp
Kresna Jerikustanto
 
Legiparade
LegiparadeLegiparade
Legiparade
Juan Ignacio B.
 
Computación i
Computación iComputación i
Computación i
diego
 

Destaque (20)

Teoria dos circuitos - Capitulo 02
Teoria dos circuitos - Capitulo 02Teoria dos circuitos - Capitulo 02
Teoria dos circuitos - Capitulo 02
 
Analisis de inventarios
Analisis de inventariosAnalisis de inventarios
Analisis de inventarios
 
Aplicaciones de Office
Aplicaciones de OfficeAplicaciones de Office
Aplicaciones de Office
 
Descosido
DescosidoDescosido
Descosido
 
Teoria dos circuitos - Apêndice
Teoria dos circuitos - ApêndiceTeoria dos circuitos - Apêndice
Teoria dos circuitos - Apêndice
 
A política dos 5 rs é consiste no ato de repensar
A política dos 5 rs é consiste no ato de repensarA política dos 5 rs é consiste no ato de repensar
A política dos 5 rs é consiste no ato de repensar
 
Compañero neotropical
Compañero neotropicalCompañero neotropical
Compañero neotropical
 
O espaço urbano
O espaço urbanoO espaço urbano
O espaço urbano
 
Oficina stop motion
Oficina stop motionOficina stop motion
Oficina stop motion
 
Apresentação nautico balanço contas
Apresentação nautico balanço contasApresentação nautico balanço contas
Apresentação nautico balanço contas
 
Conrado navarro2
Conrado navarro2Conrado navarro2
Conrado navarro2
 
Habilidades AAP
Habilidades AAPHabilidades AAP
Habilidades AAP
 
Aptidao-para-o-Cafe-no-Acre
Aptidao-para-o-Cafe-no-AcreAptidao-para-o-Cafe-no-Acre
Aptidao-para-o-Cafe-no-Acre
 
Registros de enfermedades raras: Sistemas de información básicos para el fome...
Registros de enfermedades raras: Sistemas de información básicos para el fome...Registros de enfermedades raras: Sistemas de información básicos para el fome...
Registros de enfermedades raras: Sistemas de información básicos para el fome...
 
AX4B - Dynamics AX
AX4B - Dynamics AX AX4B - Dynamics AX
AX4B - Dynamics AX
 
Globalização
GlobalizaçãoGlobalização
Globalização
 
10. studi kasus eigrp
10. studi kasus eigrp10. studi kasus eigrp
10. studi kasus eigrp
 
Dalomejor
DalomejorDalomejor
Dalomejor
 
Legiparade
LegiparadeLegiparade
Legiparade
 
Computación i
Computación iComputación i
Computación i
 

Semelhante a Incorpore

Marketing pessoal e profissional
Marketing pessoal e profissionalMarketing pessoal e profissional
Marketing pessoal e profissional
João Rafael Lopes
 
Marketing pessoal e profissional
Marketing pessoal e profissionalMarketing pessoal e profissional
Marketing pessoal e profissional
João Rafael Lopes
 
Oratória: A execlência para falar em público
Oratória: A execlência para falar em públicoOratória: A execlência para falar em público
Oratória: A execlência para falar em público
Gislene Isquierdo
 
27022015112643.ppt
27022015112643.ppt27022015112643.ppt
27022015112643.ppt
EdnaBaslio
 
slide sescoop
slide sescoop slide sescoop
slide sescoop
elisabatista7
 
Modulo3 Formação de formadores
Modulo3 Formação de formadoresModulo3 Formação de formadores
Modulo3 Formação de formadores
Marta Nascimento
 
CGE - CONSULTORIA DE GESTÃO EMPRESARIAL - TREINAMENTO GERENCIAL
CGE - CONSULTORIA DE GESTÃO EMPRESARIAL - TREINAMENTO GERENCIAL CGE - CONSULTORIA DE GESTÃO EMPRESARIAL - TREINAMENTO GERENCIAL
CGE - CONSULTORIA DE GESTÃO EMPRESARIAL - TREINAMENTO GERENCIAL
R Gómez
 
Habilidades Socioemocionais.pdf
Habilidades Socioemocionais.pdfHabilidades Socioemocionais.pdf
Habilidades Socioemocionais.pdf
JeffersonMonteiro46
 
manual_gestao_de_equipas- ufcd 7844.pptx
manual_gestao_de_equipas- ufcd 7844.pptxmanual_gestao_de_equipas- ufcd 7844.pptx
manual_gestao_de_equipas- ufcd 7844.pptx
Raquel Peixoto
 
TEMÁTICA - Apresentação pessoal e postura profissional.pptx
TEMÁTICA - Apresentação pessoal e postura profissional.pptxTEMÁTICA - Apresentação pessoal e postura profissional.pptx
TEMÁTICA - Apresentação pessoal e postura profissional.pptx
AdrieliTeixeira1
 
8 Competências Emocionais Sine Qua Non
8 Competências Emocionais Sine Qua Non8 Competências Emocionais Sine Qua Non
8 Competências Emocionais Sine Qua Non
Jorge Covacs
 
Conheça Os Segredos Para Se Tornar Uma Mulher Irresistível
Conheça Os Segredos Para Se Tornar Uma Mulher IrresistívelConheça Os Segredos Para Se Tornar Uma Mulher Irresistível
Conheça Os Segredos Para Se Tornar Uma Mulher Irresistível
lidipinheiro10
 
A eficácia da comunicação
A eficácia da comunicaçãoA eficácia da comunicação
A eficácia da comunicação
Fátima Bordalo Caiado
 
03.Slides Liderança e Comunicação.pdf
03.Slides Liderança e Comunicação.pdf03.Slides Liderança e Comunicação.pdf
03.Slides Liderança e Comunicação.pdf
mariasantana771293
 
Lideranca pe.jose alem
Lideranca pe.jose alemLideranca pe.jose alem
Lideranca pe.jose alem
conage2013
 
Inteligência emocional na gestão de resultados
Inteligência emocional na gestão de resultadosInteligência emocional na gestão de resultados
Inteligência emocional na gestão de resultados
tasso-t7
 
Liderança assertivadefinitiva
Liderança assertivadefinitivaLiderança assertivadefinitiva
Liderança assertivadefinitiva
CBB - Colégio Betel Brasileiro
 
Importância da oratória na administração
Importância da oratória na administraçãoImportância da oratória na administração
Importância da oratória na administração
marcelo rodrigues
 
Aula 02 auxiliar de escritório
Aula 02 auxiliar de escritórioAula 02 auxiliar de escritório
Aula 02 auxiliar de escritório
Homero Alves de Lima
 
Oratoria arte imagem
Oratoria arte imagemOratoria arte imagem
Oratoria arte imagem
Mario Lopes
 

Semelhante a Incorpore (20)

Marketing pessoal e profissional
Marketing pessoal e profissionalMarketing pessoal e profissional
Marketing pessoal e profissional
 
Marketing pessoal e profissional
Marketing pessoal e profissionalMarketing pessoal e profissional
Marketing pessoal e profissional
 
Oratória: A execlência para falar em público
Oratória: A execlência para falar em públicoOratória: A execlência para falar em público
Oratória: A execlência para falar em público
 
27022015112643.ppt
27022015112643.ppt27022015112643.ppt
27022015112643.ppt
 
slide sescoop
slide sescoop slide sescoop
slide sescoop
 
Modulo3 Formação de formadores
Modulo3 Formação de formadoresModulo3 Formação de formadores
Modulo3 Formação de formadores
 
CGE - CONSULTORIA DE GESTÃO EMPRESARIAL - TREINAMENTO GERENCIAL
CGE - CONSULTORIA DE GESTÃO EMPRESARIAL - TREINAMENTO GERENCIAL CGE - CONSULTORIA DE GESTÃO EMPRESARIAL - TREINAMENTO GERENCIAL
CGE - CONSULTORIA DE GESTÃO EMPRESARIAL - TREINAMENTO GERENCIAL
 
Habilidades Socioemocionais.pdf
Habilidades Socioemocionais.pdfHabilidades Socioemocionais.pdf
Habilidades Socioemocionais.pdf
 
manual_gestao_de_equipas- ufcd 7844.pptx
manual_gestao_de_equipas- ufcd 7844.pptxmanual_gestao_de_equipas- ufcd 7844.pptx
manual_gestao_de_equipas- ufcd 7844.pptx
 
TEMÁTICA - Apresentação pessoal e postura profissional.pptx
TEMÁTICA - Apresentação pessoal e postura profissional.pptxTEMÁTICA - Apresentação pessoal e postura profissional.pptx
TEMÁTICA - Apresentação pessoal e postura profissional.pptx
 
8 Competências Emocionais Sine Qua Non
8 Competências Emocionais Sine Qua Non8 Competências Emocionais Sine Qua Non
8 Competências Emocionais Sine Qua Non
 
Conheça Os Segredos Para Se Tornar Uma Mulher Irresistível
Conheça Os Segredos Para Se Tornar Uma Mulher IrresistívelConheça Os Segredos Para Se Tornar Uma Mulher Irresistível
Conheça Os Segredos Para Se Tornar Uma Mulher Irresistível
 
A eficácia da comunicação
A eficácia da comunicaçãoA eficácia da comunicação
A eficácia da comunicação
 
03.Slides Liderança e Comunicação.pdf
03.Slides Liderança e Comunicação.pdf03.Slides Liderança e Comunicação.pdf
03.Slides Liderança e Comunicação.pdf
 
Lideranca pe.jose alem
Lideranca pe.jose alemLideranca pe.jose alem
Lideranca pe.jose alem
 
Inteligência emocional na gestão de resultados
Inteligência emocional na gestão de resultadosInteligência emocional na gestão de resultados
Inteligência emocional na gestão de resultados
 
Liderança assertivadefinitiva
Liderança assertivadefinitivaLiderança assertivadefinitiva
Liderança assertivadefinitiva
 
Importância da oratória na administração
Importância da oratória na administraçãoImportância da oratória na administração
Importância da oratória na administração
 
Aula 02 auxiliar de escritório
Aula 02 auxiliar de escritórioAula 02 auxiliar de escritório
Aula 02 auxiliar de escritório
 
Oratoria arte imagem
Oratoria arte imagemOratoria arte imagem
Oratoria arte imagem
 

Incorpore

  • 2. Thiago Tambuque • Bacharel em Relações Internacionais • Ator formado pela Escola de Atores Wolf Maya • Consultor de Expressão
  • 3. 1º ENCONTRO DE IMERSÃO EM COMUNICAÇÃO
  • 4. Duração: 1 Final de Semana (2 dias) Data Prevista: 17 Maio Proposta Promover atividades que desenvolvam nos participantes a consciência comunicacional e, conseqüentemente, a melhoria na qualidade da comunicação. Público-alvo Direcionado a todos aqueles que desejam comunicar-se de forma mais objetiva, efetiva e clara. Estudantes, profissionais liberais, professores, políticos, executivos, etc.
  • 5. Parceria Visa a colaboração e o intercâmbio promovido pelo ambiente universitário. Descontos para alunos Promoção da universidade para alunos e não alunos Espaço para palestrantes da universidade Estrutura e Espaços Necessários Duas salas de aula Auditório Espaço externo para montagem das mesas de coffee break e coquetel Espaço externo para instalação de stands.
  • 7. Trata de assuntos relativos a imagem do candidato, suas ações no governo ou não, nos partidos, sindicatos de classe e tudo o que trata de um líder junto a sociedade. Visa formar uma imagem positiva e gerar forte notoriedade e após iniciado na carreira de um candidato, não há um prazo final, o acompanhará durante toda sua carreira.
  • 8. Na comunicação interpessoal, as mensagens verbais respondem por apenas 7% do total, enquanto as vocais (tom de voz, inflexão, sons) representam 38% e as não-verbais respondem por 55%. Darlene Mello, Consultora de Marketing A linguagem corporal é, muitas vezes, mais precisa do que a verbal, pois é controlada por impulsos inconscientes, ou seja, não temos domínio sobre ela. As palavras são apenas uma parcela da nossa comunicação. Frente a frente, a maior parte do que queremos dizer ou de como nos sentimos é feito por meio de postura, gestos, expressões faciais e volume e melodia de voz
  • 9. “Os sinais do corpo podem reforçar as palavras, contradizê-las ou até mesmo substituí-las”. “A primeira impressão decide como o relacionamento se desenvolverá”. Monika Matschnig, psicóloga austríaca, especialista em linguagem corporal
  • 11. A imagem comunica: roupas, estilo, postura. Qual imagem se quer passar? Qual público se quer atingir?
  • 12. • Criar a imagem que se pretende sem que se mude ou se vá contra a personalidade do candidato. • A linguagem visual e corporal do candidato falam por si. • Treinamento padrão: empatia, credibilidade, confiança
  • 13. • Sinais que o corpo emite: o que fazer e o que evitar • Corpo revela o que as palavras tentam esconder • Identificação do eleitor com seu candidato
  • 15. O “Líder carismático” Carisma é uma palavra grega que significa “dom de inspiração divina”. Ou seja, o líder carismático é aquele que inspira em seus liderados a confiança, aceitação incondicional, obediência espontânea e envolvimento emocional. O líder carismático é visto por seus liderados como alguém que possui qualidades excepcionais, “carismáticas” em sua acepção original. Um exemplo deste tipo de líder são os líderes religiosos como Jesus Cristo ou Gandhi.
  • 16. Técnica: dar aquilo de que as pessoas mais precisam • Olhar nos olhos • Falar no tom adequado • Assentir com a cabeça • Sorrir • Não interromper • Elogiar • Ouvir o que o outro está dizendo Os “segredos” dos grandes comunicadores não são segredos, mas sim métodos comprovados de interação que tornam os outros abertos e receptivos às suas mensagens
  • 18. 1. Exale confiança • Seja Positivo • Fale com confiança • Seja verdadeiramente confiante • Ter voz, roupas e linguagem corporal confiantes 2. Demonstre carisma através da sua linguagem corporal • Andar ereto e passos firmes • Aperto de mãos firme • Descruzar braços e pernas • Olhar nos olhos • Linguagem corporal espelhada
  • 19. LINGUAGEM CORPORAL Postura Aperto de mãos firme Descruzar braços Olhar nos olhos
  • 20. 3. Faça com que as pessoas se sintam especiais • Seja igual a todos • Demonstre interesse pela vida das pessoas • Ouça ativamente alguém falar • Chame as pessoas pelo nome 4. Seja espirituoso • Aprenda a rir de si mesmo • Não se esforce para ser engraçado • Aprenda a ser brincalhão com as pessoas
  • 21. 5. Seja atraente • Seja versátil • Domine vários assuntos • Pense antes de falar 6. Escute mais e fale menos • Evite oferecer conselhos, a menos que seja solicitado • Sorria • Responda 7. Não pratique a audição seletiva • Prestar atenção e interagir sempre, independentemente do assunto
  • 22. 8. Concentre-se nas outras pessoas • Ignore distrações como celulares, televisões e conversas paralelas 9. Dê antes de receber • Nunca pense no que você pode ganhar ao desenvolver determinada atividade • Ao pensar, mesmo que por um breve momento, no que a pessoa pode oferecer, você mostra que está interessado apenas em usá-la para benefício próprio. 10. Não seja vaidoso • Nunca se gabe de suas conquistas ou de suas habilidades. Isso o torna arrogante e pretensioso
  • 23. 11. Entenda que os outros são mais importantes • Embora você conheça a si mesmo, ainda não sabe quais são os sonhos, opiniões e perspectivas das outras pessoas. É isso que vai ensinar a você novas lições. 12. Orgulhe-se das conquistas alheias • Faça elogios • Ressalte bons comportamentos • Entender que você não precisa ser o único a brilhar gera empatia e demonstra generosidade 13. Escolha suas palavras • Compartilhe palavras positivas • Pense antes de falar
  • 24. 11. Entenda que os outros são mais importantes • Embora você conheça a si mesmo, ainda não sabe quais são os sonhos, opiniões e perspectivas das outras pessoas. É isso que vai ensinar a você novas lições. 12. Orgulhe-se das conquistas alheias • Faça elogios • Ressalte bons comportamentos • Entender que você não precisa ser o único a brilhar gera empatia e demonstra generosidade 13. Escolha suas palavras • Compartilhe palavras positivas • Pense antes de falar
  • 25. 14. Não aponte erros alheios • Apontar erros é uma atitude não-carismática • Se não pode contribuir, cale-se 15. Admita suas próprias falhas • Sinal de humildade • Gera empatia e proximidade