SlideShare uma empresa Scribd logo
HIPERTENSÃO 
ARTERIAL 
Epidemiologia/Nutrição 2° período 
Alunas: 
Annely Penélope de Oliveira Ramos 
Juliane Thalita Alves de Lima 
Lilian Batista de Souza 
Professora: Taciana
Introdução 
- Quando o indivíduo é considerado 
hipertenso? 
A doença é causada pelo aumento na 
contração das paredes das artérias para fazer 
o sangue circular pelo corpo. Esse movimento 
acaba sobrecarregando vários órgãos, como 
coração, rins e cérebro. É uma doença 
silenciosa só provoca sintomas em fases muito 
avançadas ou quando a pressão arterial 
aumenta de forma exagerada. 
• A maior parte dos casos é herdada dos pais 
• Apesar disso apresenta outros fatores 
desencadeantes 
• Alguns sintomas: tonturas, dores de cabeça.
Prevalência de hipertensão arterial no Brasil 
Quase um quarto dos brasileiros adultos tem de 
enfrentar a hipertensão, mas o maior controle da 
doença tem diminuído fortemente o número de 
complicações ligadas à doença, que chegaram 
em 2012 ao menor patamar dos últimos 10 anos. 
De acordo com a pesquisa Vigilância de Fatores 
de Risco e Proteção para Doenças Crônicas por 
Inquérito Telefônico (Vigitel) 2012, 24,3% da 
população têm hipertensão arterial, contra 
22,5% em 2006, ano em que foi realizada a 
primeira pesquisa. 
A doença é mais comum entre as mulheres 
(26,9%) que entre os homens (21,3%) e também 
varia de acordo com a faixa etária e a 
escolaridade. Entre os brasileiros com mais de 65 
anos de idade, 59,2% se declaram hipertensos, 
contra apenas 3,8% na faixa de 18 a 24 anos e 
8,8% de 25 a 34 anos. Já o tempo médio de 
ensino é inversamente proporcional à 
hipertensão: quanto maior a escolaridade, 
menor a taxa. Entre aqueles com até oito anos 
de educação formal, 37,8% de hipertensão; na 
outra ponta, com 12 anos ou mais de ensino, o 
percentual fica em 14,2%.
Causas 
Têm mais chances de desenvolver hipertensão os filhos de pais hipertensos, pessoas com 
sobrepeso, diabéticos, portadores de doença renal, sedentários, aqueles que adotam estilos 
alimentares pouco saudáveis e aqueles que consomem muito sal (sódio) uso de álcool, e a 
gravidez sendo ela em muitos casos curável após o parto.
Diagnóstico 
O diagnóstico da hipertensão é feito a partir da medição da pressão arterial e deve ser 
realizada em toda avaliação de saúde, por médicos de qualquer especialidade e demais 
profissionais de saúde devidamente capacitados. Isso é fundamental não apenas para o 
diagnóstico, mas também para o acompanhamento do tratamento da pressão arterial. 
Segundo a Diretriz Brasileira, o indivíduo é considerado hipertenso quando o valor for igual ou 
superior a 140/90 mmHg.
Grupos mais vulneráveis 
De um modo geral os grupos mais propensos a desenvolver a hipertensão. São as pessoas de idade 
mais avançada como também pessoas com antecedentes familiares de hipertensão tendo maior 
predisposição a sofrer da mesma.
Consequências da Hipertensão 
- Reduz expectativa de vida em 16,5 
anos. 
Os principais órgãos do corpo sofrem 
com a hipertensão e apresentam 
desgastes semelhantes a uma 
aceleração do envelhecimento.
Tratamento 
Tratamento pode ser medicamentoso ou não. (ambos 
necessitam de cuidados) 
Recomendações não farmacológicas úteis no 
tratamento da hipertensão arterial: 
• Reduzir a ingestão de sal para no máximo 5 g por 
dia; 
• Aumentar a ingestão de frutas e verduras, para obter 
maior ingestão de potássio; 
• Limitar a ingestão de álcool 
• Realizar exercícios físicos regularmente; 
• Reduzir a ingestão de gorduras saturadas e 
carboidratos refinados; 
• Parar de fumar; 
• Dormir bem
Medidas de promoção a saúde 
Redução dos fatores de riscos para hipertensão arterial: 
- Prevenção e promoção de saúde 
- Vigilância epidemiológica das condições de risco da hipertensão arterial no setor público e privado. 
Incentivar o desenvolvimento e a implantação de programas nacional, estaduais e municipais de promoção 
do consumo de frutas e verduras que sejam sustentáveis e envolvam todos os setores. 
- Estabelecer normas governamentais para reduzir o conteúdo de sódio e gorduras saturadas dos alimentos 
industrializados. Implementar políticas de conscientização da importância da atividade física para a saúde.
Atuação do Nutricionista no combate a Hipertensão 
Não existe cura para a hipertensão 
porém a prevenção e o tratamento 
auxiliam na minimização dos efeitos 
causados pela a mesma. 
- Como existe uma nítida relação entre 
hipertensão e a má alimentação o 
papel do nutricionista é adotar medidas 
que possam refletir na redução da 
pressão arterial como também na 
redução do peso corpóreo, elaborando 
uma dieta especifica com a redução 
do sódio (sal), diminuição da gordura 
nos alimentos, auxiliando no combate a 
hipertensão.
Referências bibliográficas 
Epidemiologia da hipertensão arterial sistêmica e da insuficiência 
cardíaca no Brasil, 2009, Lessa Inês. 
V Diretrizes Brasileiras de Hipertensão Arterial ,2006, Décio Mion Jr., Osvaldo 
Kohlmann Jr. 
Sociedade Brasileira de Hipertensão: Disponível 
em: http://www.sbh.org.br. Acesso em 10.11.14. 
Imagens: 
http://saude.cardiomed.com.br/iniciantes/como-comecar-a-correr/ 
hipertensao-correr-ajuda-no-tratamento.html Acesso em 10.11.14

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Hipertensão arterial sistêmica
Hipertensão arterial sistêmicaHipertensão arterial sistêmica
Hipertensão arterial sistêmica
j2012p
 
Aula saude do idoso
Aula saude do idosoAula saude do idoso
Aula saude do idoso
morgausesp
 
A arte de envelhecer com saúde
A arte de envelhecer com saúdeA arte de envelhecer com saúde
A arte de envelhecer com saúde
Centro Universitário Ages
 
Fisiologia do envelhecimento
Fisiologia do envelhecimentoFisiologia do envelhecimento
Fisiologia do envelhecimento
André Fidelis
 
Hipertensão
HipertensãoHipertensão
Hipertensão
alimentacao
 
Hipertensão Arterial
Hipertensão ArterialHipertensão Arterial
Hipertensão Arterial
ivanaferraz
 
Saúde do Idoso
Saúde do IdosoSaúde do Idoso
Saúde do Idoso
Ana Hollanders
 
Pressão Arterial Alta - Professor Robson
Pressão Arterial Alta - Professor RobsonPressão Arterial Alta - Professor Robson
Pressão Arterial Alta - Professor Robson
Professor Robson
 
Trabalho hipertensão arterial 1
Trabalho   hipertensão arterial 1Trabalho   hipertensão arterial 1
Trabalho hipertensão arterial 1
R.C.T
 
Velhice e Envelhecimento - Profa. Rilva Muñoz / GESME
Velhice e Envelhecimento - Profa. Rilva Muñoz / GESMEVelhice e Envelhecimento - Profa. Rilva Muñoz / GESME
Velhice e Envelhecimento - Profa. Rilva Muñoz / GESME
Rilva Lopes de Sousa Muñoz
 
Cuidado centrado na pessoa
Cuidado centrado na pessoaCuidado centrado na pessoa
Cuidado centrado na pessoa
Centro Universitário Ages
 
Hipertensão arterial powerpoint
Hipertensão arterial   powerpoint Hipertensão arterial   powerpoint
Hipertensão arterial powerpoint
AnaRitaPinheiro
 
SAÚDE DO IDOSO: ENFERMAGEM
SAÚDE DO IDOSO: ENFERMAGEMSAÚDE DO IDOSO: ENFERMAGEM
SAÚDE DO IDOSO: ENFERMAGEM
Centro Universitário Ages
 
Enfermagem do idoso
Enfermagem do idosoEnfermagem do idoso
Aula saúde do idoso - turma regular
Aula saúde do idoso - turma regularAula saúde do idoso - turma regular
Aula saúde do idoso - turma regular
Ismael Costa
 
Velhice, idoso, envelhecimento e terceira idade
Velhice, idoso, envelhecimento e terceira idadeVelhice, idoso, envelhecimento e terceira idade
Velhice, idoso, envelhecimento e terceira idade
Abraão França
 
SAÚDE DO HOMEM
SAÚDE DO HOMEMSAÚDE DO HOMEM
SAÚDE DO HOMEM
Carla Brochi
 
HAS - HIPERTENSÃO ARTERIAL SISTÊMICA
HAS - HIPERTENSÃO ARTERIAL SISTÊMICAHAS - HIPERTENSÃO ARTERIAL SISTÊMICA
HAS - HIPERTENSÃO ARTERIAL SISTÊMICA
Stéphanie Victorino
 
Saúde do idoso
 Saúde do idoso Saúde do idoso
Saúde do idoso
Marcos Figueiredo
 
Hipertensão e o Exercicio Fisico
Hipertensão e o Exercicio FisicoHipertensão e o Exercicio Fisico
Hipertensão e o Exercicio Fisico
Melissa Possa
 

Mais procurados (20)

Hipertensão arterial sistêmica
Hipertensão arterial sistêmicaHipertensão arterial sistêmica
Hipertensão arterial sistêmica
 
Aula saude do idoso
Aula saude do idosoAula saude do idoso
Aula saude do idoso
 
A arte de envelhecer com saúde
A arte de envelhecer com saúdeA arte de envelhecer com saúde
A arte de envelhecer com saúde
 
Fisiologia do envelhecimento
Fisiologia do envelhecimentoFisiologia do envelhecimento
Fisiologia do envelhecimento
 
Hipertensão
HipertensãoHipertensão
Hipertensão
 
Hipertensão Arterial
Hipertensão ArterialHipertensão Arterial
Hipertensão Arterial
 
Saúde do Idoso
Saúde do IdosoSaúde do Idoso
Saúde do Idoso
 
Pressão Arterial Alta - Professor Robson
Pressão Arterial Alta - Professor RobsonPressão Arterial Alta - Professor Robson
Pressão Arterial Alta - Professor Robson
 
Trabalho hipertensão arterial 1
Trabalho   hipertensão arterial 1Trabalho   hipertensão arterial 1
Trabalho hipertensão arterial 1
 
Velhice e Envelhecimento - Profa. Rilva Muñoz / GESME
Velhice e Envelhecimento - Profa. Rilva Muñoz / GESMEVelhice e Envelhecimento - Profa. Rilva Muñoz / GESME
Velhice e Envelhecimento - Profa. Rilva Muñoz / GESME
 
Cuidado centrado na pessoa
Cuidado centrado na pessoaCuidado centrado na pessoa
Cuidado centrado na pessoa
 
Hipertensão arterial powerpoint
Hipertensão arterial   powerpoint Hipertensão arterial   powerpoint
Hipertensão arterial powerpoint
 
SAÚDE DO IDOSO: ENFERMAGEM
SAÚDE DO IDOSO: ENFERMAGEMSAÚDE DO IDOSO: ENFERMAGEM
SAÚDE DO IDOSO: ENFERMAGEM
 
Enfermagem do idoso
Enfermagem do idosoEnfermagem do idoso
Enfermagem do idoso
 
Aula saúde do idoso - turma regular
Aula saúde do idoso - turma regularAula saúde do idoso - turma regular
Aula saúde do idoso - turma regular
 
Velhice, idoso, envelhecimento e terceira idade
Velhice, idoso, envelhecimento e terceira idadeVelhice, idoso, envelhecimento e terceira idade
Velhice, idoso, envelhecimento e terceira idade
 
SAÚDE DO HOMEM
SAÚDE DO HOMEMSAÚDE DO HOMEM
SAÚDE DO HOMEM
 
HAS - HIPERTENSÃO ARTERIAL SISTÊMICA
HAS - HIPERTENSÃO ARTERIAL SISTÊMICAHAS - HIPERTENSÃO ARTERIAL SISTÊMICA
HAS - HIPERTENSÃO ARTERIAL SISTÊMICA
 
Saúde do idoso
 Saúde do idoso Saúde do idoso
Saúde do idoso
 
Hipertensão e o Exercicio Fisico
Hipertensão e o Exercicio FisicoHipertensão e o Exercicio Fisico
Hipertensão e o Exercicio Fisico
 

Destaque

Hipertensão arterial sistêmica 2013
Hipertensão arterial sistêmica   2013Hipertensão arterial sistêmica   2013
Hipertensão arterial sistêmica 2013
Juninho Spina
 
Alimentação saudável e Hipertensão
Alimentação saudável e HipertensãoAlimentação saudável e Hipertensão
Alimentação saudável e Hipertensão
Ângela Patrícia Ramos
 
Nutrição na Hipertensão Arterial
Nutrição na Hipertensão ArterialNutrição na Hipertensão Arterial
Nutrição na Hipertensão Arterial
yorana mendes
 
ALIMENTAÇÃO SAUDÁVEL PARA HIPERTENSOS
ALIMENTAÇÃO SAUDÁVEL PARA HIPERTENSOSALIMENTAÇÃO SAUDÁVEL PARA HIPERTENSOS
ALIMENTAÇÃO SAUDÁVEL PARA HIPERTENSOS
Jéssica Angelo
 
Palestra Nutrição na Hipertensão
Palestra Nutrição na HipertensãoPalestra Nutrição na Hipertensão
Palestra Nutrição na Hipertensão
Juliana Nólibos
 
Hipertensão Arterial
Hipertensão ArterialHipertensão Arterial
Hipertensão Arterial
Walquiria Dutra
 

Destaque (6)

Hipertensão arterial sistêmica 2013
Hipertensão arterial sistêmica   2013Hipertensão arterial sistêmica   2013
Hipertensão arterial sistêmica 2013
 
Alimentação saudável e Hipertensão
Alimentação saudável e HipertensãoAlimentação saudável e Hipertensão
Alimentação saudável e Hipertensão
 
Nutrição na Hipertensão Arterial
Nutrição na Hipertensão ArterialNutrição na Hipertensão Arterial
Nutrição na Hipertensão Arterial
 
ALIMENTAÇÃO SAUDÁVEL PARA HIPERTENSOS
ALIMENTAÇÃO SAUDÁVEL PARA HIPERTENSOSALIMENTAÇÃO SAUDÁVEL PARA HIPERTENSOS
ALIMENTAÇÃO SAUDÁVEL PARA HIPERTENSOS
 
Palestra Nutrição na Hipertensão
Palestra Nutrição na HipertensãoPalestra Nutrição na Hipertensão
Palestra Nutrição na Hipertensão
 
Hipertensão Arterial
Hipertensão ArterialHipertensão Arterial
Hipertensão Arterial
 

Semelhante a Hipertensão

Hipertensao Arterial.ppt
Hipertensao Arterial.pptHipertensao Arterial.ppt
Hipertensao Arterial.ppt
leidianerodrigues35
 
Cartilha pacs2.1.1 sobre hipertensão arterial e diabetes
Cartilha pacs2.1.1 sobre hipertensão arterial e diabetesCartilha pacs2.1.1 sobre hipertensão arterial e diabetes
Cartilha pacs2.1.1 sobre hipertensão arterial e diabetes
Cristina Germano
 
Cartilha sobre hipertensão arterial e diabetes
Cartilha sobre hipertensão arterial e diabetesCartilha sobre hipertensão arterial e diabetes
Cartilha sobre hipertensão arterial e diabetes
Cristina Germano
 
Aula 5 - Doenças Cardiovasculares - HAS.pdf
Aula 5 - Doenças Cardiovasculares - HAS.pdfAula 5 - Doenças Cardiovasculares - HAS.pdf
Aula 5 - Doenças Cardiovasculares - HAS.pdf
Giza Carla Nitz
 
A dieta para hipertensos princípios e práticas fundamentais para o controlo...
A dieta para hipertensos princípios e práticas fundamentais para o controlo...A dieta para hipertensos princípios e práticas fundamentais para o controlo...
A dieta para hipertensos princípios e práticas fundamentais para o controlo...
Pill Reminder
 
Hipercolesterolemia
HipercolesterolemiaHipercolesterolemia
Hipercolesterolemia
Laboratório Sérgio Franco
 
DoençAsrelacionadascomamáAlimentaçãO
DoençAsrelacionadascomamáAlimentaçãODoençAsrelacionadascomamáAlimentaçãO
DoençAsrelacionadascomamáAlimentaçãO
Daniel Sousa
 
Jean o que é hipertensão
Jean o que é hipertensãoJean o que é hipertensão
Jean o que é hipertensão
Jean Moreira
 
HAS e DM- Saúde do idoso.pdf
HAS e DM- Saúde do idoso.pdfHAS e DM- Saúde do idoso.pdf
HAS e DM- Saúde do idoso.pdf
Amanda Fernandes Carvalho
 
Trabalho hipertensão
Trabalho hipertensãoTrabalho hipertensão
Trabalho hipertensão
Jefferson Pacheco
 
HAS - Hipertensão Arterial Sistêmica
HAS - Hipertensão Arterial SistêmicaHAS - Hipertensão Arterial Sistêmica
HAS - Hipertensão Arterial Sistêmica
Marcelo Nascimento
 
Hipertensao manual
Hipertensao manualHipertensao manual
Hipertensao manual
Virgilio Lazaro Oquendo
 
Palestra hipertensão e exercício físico
Palestra hipertensão e exercício físicoPalestra hipertensão e exercício físico
Palestra hipertensão e exercício físico
Felippe Toledo
 
HAS.pptx
HAS.pptxHAS.pptx
HAS.pptx
SabrinaViana14
 
PALESTRA.pptx
PALESTRA.pptxPALESTRA.pptx
PALESTRA.pptx
NayanneSousa8
 
E-book EuSaúde - Diabetes
E-book EuSaúde - DiabetesE-book EuSaúde - Diabetes
E-book EuSaúde - Diabetes
EuSaúde
 
Hipertensao_para_Leigos.pdf
Hipertensao_para_Leigos.pdfHipertensao_para_Leigos.pdf
Hipertensao_para_Leigos.pdf
juniorcef
 
Diagnostico aula 3 obesidade
Diagnostico aula 3 obesidadeDiagnostico aula 3 obesidade
Diagnostico aula 3 obesidade
Guilherme Santos
 
Apresentação hipercolesterolemia
Apresentação hipercolesterolemiaApresentação hipercolesterolemia
Apresentação hipercolesterolemia
Laboratório Sérgio Franco
 
Apresentação hipercolesterolemia
Apresentação hipercolesterolemiaApresentação hipercolesterolemia
Apresentação hipercolesterolemia
Sérgio Franco - CDPI
 

Semelhante a Hipertensão (20)

Hipertensao Arterial.ppt
Hipertensao Arterial.pptHipertensao Arterial.ppt
Hipertensao Arterial.ppt
 
Cartilha pacs2.1.1 sobre hipertensão arterial e diabetes
Cartilha pacs2.1.1 sobre hipertensão arterial e diabetesCartilha pacs2.1.1 sobre hipertensão arterial e diabetes
Cartilha pacs2.1.1 sobre hipertensão arterial e diabetes
 
Cartilha sobre hipertensão arterial e diabetes
Cartilha sobre hipertensão arterial e diabetesCartilha sobre hipertensão arterial e diabetes
Cartilha sobre hipertensão arterial e diabetes
 
Aula 5 - Doenças Cardiovasculares - HAS.pdf
Aula 5 - Doenças Cardiovasculares - HAS.pdfAula 5 - Doenças Cardiovasculares - HAS.pdf
Aula 5 - Doenças Cardiovasculares - HAS.pdf
 
A dieta para hipertensos princípios e práticas fundamentais para o controlo...
A dieta para hipertensos princípios e práticas fundamentais para o controlo...A dieta para hipertensos princípios e práticas fundamentais para o controlo...
A dieta para hipertensos princípios e práticas fundamentais para o controlo...
 
Hipercolesterolemia
HipercolesterolemiaHipercolesterolemia
Hipercolesterolemia
 
DoençAsrelacionadascomamáAlimentaçãO
DoençAsrelacionadascomamáAlimentaçãODoençAsrelacionadascomamáAlimentaçãO
DoençAsrelacionadascomamáAlimentaçãO
 
Jean o que é hipertensão
Jean o que é hipertensãoJean o que é hipertensão
Jean o que é hipertensão
 
HAS e DM- Saúde do idoso.pdf
HAS e DM- Saúde do idoso.pdfHAS e DM- Saúde do idoso.pdf
HAS e DM- Saúde do idoso.pdf
 
Trabalho hipertensão
Trabalho hipertensãoTrabalho hipertensão
Trabalho hipertensão
 
HAS - Hipertensão Arterial Sistêmica
HAS - Hipertensão Arterial SistêmicaHAS - Hipertensão Arterial Sistêmica
HAS - Hipertensão Arterial Sistêmica
 
Hipertensao manual
Hipertensao manualHipertensao manual
Hipertensao manual
 
Palestra hipertensão e exercício físico
Palestra hipertensão e exercício físicoPalestra hipertensão e exercício físico
Palestra hipertensão e exercício físico
 
HAS.pptx
HAS.pptxHAS.pptx
HAS.pptx
 
PALESTRA.pptx
PALESTRA.pptxPALESTRA.pptx
PALESTRA.pptx
 
E-book EuSaúde - Diabetes
E-book EuSaúde - DiabetesE-book EuSaúde - Diabetes
E-book EuSaúde - Diabetes
 
Hipertensao_para_Leigos.pdf
Hipertensao_para_Leigos.pdfHipertensao_para_Leigos.pdf
Hipertensao_para_Leigos.pdf
 
Diagnostico aula 3 obesidade
Diagnostico aula 3 obesidadeDiagnostico aula 3 obesidade
Diagnostico aula 3 obesidade
 
Apresentação hipercolesterolemia
Apresentação hipercolesterolemiaApresentação hipercolesterolemia
Apresentação hipercolesterolemia
 
Apresentação hipercolesterolemia
Apresentação hipercolesterolemiaApresentação hipercolesterolemia
Apresentação hipercolesterolemia
 

Hipertensão

  • 1. HIPERTENSÃO ARTERIAL Epidemiologia/Nutrição 2° período Alunas: Annely Penélope de Oliveira Ramos Juliane Thalita Alves de Lima Lilian Batista de Souza Professora: Taciana
  • 2. Introdução - Quando o indivíduo é considerado hipertenso? A doença é causada pelo aumento na contração das paredes das artérias para fazer o sangue circular pelo corpo. Esse movimento acaba sobrecarregando vários órgãos, como coração, rins e cérebro. É uma doença silenciosa só provoca sintomas em fases muito avançadas ou quando a pressão arterial aumenta de forma exagerada. • A maior parte dos casos é herdada dos pais • Apesar disso apresenta outros fatores desencadeantes • Alguns sintomas: tonturas, dores de cabeça.
  • 3. Prevalência de hipertensão arterial no Brasil Quase um quarto dos brasileiros adultos tem de enfrentar a hipertensão, mas o maior controle da doença tem diminuído fortemente o número de complicações ligadas à doença, que chegaram em 2012 ao menor patamar dos últimos 10 anos. De acordo com a pesquisa Vigilância de Fatores de Risco e Proteção para Doenças Crônicas por Inquérito Telefônico (Vigitel) 2012, 24,3% da população têm hipertensão arterial, contra 22,5% em 2006, ano em que foi realizada a primeira pesquisa. A doença é mais comum entre as mulheres (26,9%) que entre os homens (21,3%) e também varia de acordo com a faixa etária e a escolaridade. Entre os brasileiros com mais de 65 anos de idade, 59,2% se declaram hipertensos, contra apenas 3,8% na faixa de 18 a 24 anos e 8,8% de 25 a 34 anos. Já o tempo médio de ensino é inversamente proporcional à hipertensão: quanto maior a escolaridade, menor a taxa. Entre aqueles com até oito anos de educação formal, 37,8% de hipertensão; na outra ponta, com 12 anos ou mais de ensino, o percentual fica em 14,2%.
  • 4.
  • 5. Causas Têm mais chances de desenvolver hipertensão os filhos de pais hipertensos, pessoas com sobrepeso, diabéticos, portadores de doença renal, sedentários, aqueles que adotam estilos alimentares pouco saudáveis e aqueles que consomem muito sal (sódio) uso de álcool, e a gravidez sendo ela em muitos casos curável após o parto.
  • 6. Diagnóstico O diagnóstico da hipertensão é feito a partir da medição da pressão arterial e deve ser realizada em toda avaliação de saúde, por médicos de qualquer especialidade e demais profissionais de saúde devidamente capacitados. Isso é fundamental não apenas para o diagnóstico, mas também para o acompanhamento do tratamento da pressão arterial. Segundo a Diretriz Brasileira, o indivíduo é considerado hipertenso quando o valor for igual ou superior a 140/90 mmHg.
  • 7. Grupos mais vulneráveis De um modo geral os grupos mais propensos a desenvolver a hipertensão. São as pessoas de idade mais avançada como também pessoas com antecedentes familiares de hipertensão tendo maior predisposição a sofrer da mesma.
  • 8. Consequências da Hipertensão - Reduz expectativa de vida em 16,5 anos. Os principais órgãos do corpo sofrem com a hipertensão e apresentam desgastes semelhantes a uma aceleração do envelhecimento.
  • 9. Tratamento Tratamento pode ser medicamentoso ou não. (ambos necessitam de cuidados) Recomendações não farmacológicas úteis no tratamento da hipertensão arterial: • Reduzir a ingestão de sal para no máximo 5 g por dia; • Aumentar a ingestão de frutas e verduras, para obter maior ingestão de potássio; • Limitar a ingestão de álcool • Realizar exercícios físicos regularmente; • Reduzir a ingestão de gorduras saturadas e carboidratos refinados; • Parar de fumar; • Dormir bem
  • 10. Medidas de promoção a saúde Redução dos fatores de riscos para hipertensão arterial: - Prevenção e promoção de saúde - Vigilância epidemiológica das condições de risco da hipertensão arterial no setor público e privado. Incentivar o desenvolvimento e a implantação de programas nacional, estaduais e municipais de promoção do consumo de frutas e verduras que sejam sustentáveis e envolvam todos os setores. - Estabelecer normas governamentais para reduzir o conteúdo de sódio e gorduras saturadas dos alimentos industrializados. Implementar políticas de conscientização da importância da atividade física para a saúde.
  • 11. Atuação do Nutricionista no combate a Hipertensão Não existe cura para a hipertensão porém a prevenção e o tratamento auxiliam na minimização dos efeitos causados pela a mesma. - Como existe uma nítida relação entre hipertensão e a má alimentação o papel do nutricionista é adotar medidas que possam refletir na redução da pressão arterial como também na redução do peso corpóreo, elaborando uma dieta especifica com a redução do sódio (sal), diminuição da gordura nos alimentos, auxiliando no combate a hipertensão.
  • 12. Referências bibliográficas Epidemiologia da hipertensão arterial sistêmica e da insuficiência cardíaca no Brasil, 2009, Lessa Inês. V Diretrizes Brasileiras de Hipertensão Arterial ,2006, Décio Mion Jr., Osvaldo Kohlmann Jr. Sociedade Brasileira de Hipertensão: Disponível em: http://www.sbh.org.br. Acesso em 10.11.14. Imagens: http://saude.cardiomed.com.br/iniciantes/como-comecar-a-correr/ hipertensao-correr-ajuda-no-tratamento.html Acesso em 10.11.14