SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 19
Greening - HLB
Disciplina: AGR036 - FRUTICULTURA ESPECIAL
Docente: MARIA DO CÉU MONTEIRO CRUZ
Discente: GUILLERMO ENRIQUE GUEDES SCHEEL
Huanglongbing - HLB
• huang (黄)= amarelo
• long (龙)= ponteiro (dragão)
• bing (病 )= doença
• Doença do ponteiro amarelo
• Pior doença do citros no mundo
• Descoberta no Brasil em 2004
• Não existe variedade resistente
Greening - HLB
• Se desenvolve no floema causando
a sua obstrução
• Afeta toda a planta
• Plantas tornam-se improdutivas
entre 2 a 5 anos
• Pode ser confundido com deficiência
nutricional ou com outras doenças
• Eliminação da planta
Agente causal da HLB
• Candidatus Liberobacter americanus*
• Candidatus Liberobacter africanus
• Candidatus Liberobacter asiaticus**
Sintomas
• Mosqueado
assimétrico
• Desfolha
• Morte dos
ponteiros
Sintomas nos frutos
• Redução de tamanho
• Formato e maturação irregular
• Sementes abortadas
• Queda intensa
Suscetibilidade a doença
• Alta: laranja doce, tangerinas e seus
híbridos
• Média: toranja, limão e laranja azeda
• Tolerantes: lima ácida e pomelo
Disseminação da doença
• Não ocorre disseminação por qualquer
outro meio além do vetor
• Psilídeo (Diaphorina citri)
• Hospedeiro alternativo:
– Falsa murta (Murraya spp.)
Diaphorina citri
• Psilídeo
• Mede de 3 a 4mm
• 10 gerações por ano
• Ciclo de vida de 15 a
47 dias
• Fêmeas podem botar
até 800 ovos
Danos causados pela praga
• Inseto sugador
• Injeta toxinas
• Superbrotação
• Fumagina
• Vetor do HLB
Diaphorina citri
Diaphorina citri
• Inicio do aumento da sua presença
entre setembro a outubro
• Pico da população de novembro até
janeiro
• Armadilhas devem ser colocadas em
pontos estratégicos da propriedade
• Vistoriar de 3 a 5 ramos novos de todas
as plantas
Normativa do MAPA
• Instrução normativa n°53 de 17 outubro
de 2008 do ministério da agricultura:
– Dever do citricultor em vistoriar a área
– Realizar vistorias pelo menos trimestrais
– Os resultados dessas vistorias devem ser
enviados semestralmente
– Serão feitas fiscalizações
– Pode ocorrer sanções
Detecção da doença
HLB CVC Gomose
Deficiência de Zinco Deficiência de Manganês Deficiência de magnésio
Manejo da doença
• Mudas sadias
• Inspecionar os pomares
(fevereiro a setembro)
• Eliminação das plantas doentes
(+28% eliminação do talhão)
• Controle eficaz do vetor
(controle químico constante)
• *Controle biológico e busca por
métodos alternativos
Preferência do inseto
Gustavo Rodrigues Alves, Alexandre Jose F. Diniz, Jaci Mendes Vieira e
José Roberto Postali Parra – Esalq/USP
Principais Fontes
• FUNDECITROS
• MAPA
• Revista Cultivar
Obrigado!

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Manejo de plantas daninhas no feijoeiro
Manejo de plantas daninhas no feijoeiroManejo de plantas daninhas no feijoeiro
Manejo de plantas daninhas no feijoeiro
Geagra UFG
 
FENOLOGIA E FISIOLOGIA DO FEIJOEIRO
FENOLOGIA E FISIOLOGIA DO FEIJOEIROFENOLOGIA E FISIOLOGIA DO FEIJOEIRO
FENOLOGIA E FISIOLOGIA DO FEIJOEIRO
Geagra UFG
 
Cultura da Mandioca
Cultura da MandiocaCultura da Mandioca
Cultura da Mandioca
João Felix
 
Absorção de nutrientes pelas plantas.pptx
Absorção de nutrientes pelas plantas.pptxAbsorção de nutrientes pelas plantas.pptx
Absorção de nutrientes pelas plantas.pptx
AlexandraDamasceno2
 
Producao e comercializacao de frutas
Producao e comercializacao de frutasProducao e comercializacao de frutas
Producao e comercializacao de frutas
gustavo_ruffeil
 

Mais procurados (20)

Manejo de plantas daninhas no feijoeiro
Manejo de plantas daninhas no feijoeiroManejo de plantas daninhas no feijoeiro
Manejo de plantas daninhas no feijoeiro
 
FENOLOGIA E FISIOLOGIA DO FEIJOEIRO
FENOLOGIA E FISIOLOGIA DO FEIJOEIROFENOLOGIA E FISIOLOGIA DO FEIJOEIRO
FENOLOGIA E FISIOLOGIA DO FEIJOEIRO
 
Cultivares e praticas de cultivo 3.0
Cultivares e praticas de cultivo 3.0Cultivares e praticas de cultivo 3.0
Cultivares e praticas de cultivo 3.0
 
Cultura da Mandioca
Cultura da MandiocaCultura da Mandioca
Cultura da Mandioca
 
Cultivo de bananeiras notas de aula.
Cultivo de bananeiras   notas de aula. Cultivo de bananeiras   notas de aula.
Cultivo de bananeiras notas de aula.
 
Manejo da Materia Orgânica
Manejo da Materia OrgânicaManejo da Materia Orgânica
Manejo da Materia Orgânica
 
Sistemas Agroflorestais
Sistemas AgroflorestaisSistemas Agroflorestais
Sistemas Agroflorestais
 
cultura da Acerola
cultura da Acerola cultura da Acerola
cultura da Acerola
 
Absorção de nutrientes pelas plantas.pptx
Absorção de nutrientes pelas plantas.pptxAbsorção de nutrientes pelas plantas.pptx
Absorção de nutrientes pelas plantas.pptx
 
Goiaba
GoiabaGoiaba
Goiaba
 
INTRODUÇÃO À CULTURA DO FEIJÃO
INTRODUÇÃO À CULTURA DO FEIJÃOINTRODUÇÃO À CULTURA DO FEIJÃO
INTRODUÇÃO À CULTURA DO FEIJÃO
 
Producao e comercializacao de frutas
Producao e comercializacao de frutasProducao e comercializacao de frutas
Producao e comercializacao de frutas
 
Plantio e adubação do girassol
Plantio e adubação do girassolPlantio e adubação do girassol
Plantio e adubação do girassol
 
Apresentaçã adubação do cultivo de banana
Apresentaçã adubação do cultivo de bananaApresentaçã adubação do cultivo de banana
Apresentaçã adubação do cultivo de banana
 
Manejo Integrado de pragas na cultura da bananeira
Manejo Integrado de pragas na cultura da bananeiraManejo Integrado de pragas na cultura da bananeira
Manejo Integrado de pragas na cultura da bananeira
 
Implantação da Cultura do Feijão
Implantação da Cultura do FeijãoImplantação da Cultura do Feijão
Implantação da Cultura do Feijão
 
Banana Cultivares e Práticas de Cultivo
Banana Cultivares e Práticas de CultivoBanana Cultivares e Práticas de Cultivo
Banana Cultivares e Práticas de Cultivo
 
Cultura da bananeira sistema GOMES RP
Cultura da bananeira sistema GOMES RPCultura da bananeira sistema GOMES RP
Cultura da bananeira sistema GOMES RP
 
Erosão
ErosãoErosão
Erosão
 
Manejo e Conservação do Solo
Manejo e Conservação do SoloManejo e Conservação do Solo
Manejo e Conservação do Solo
 

Semelhante a Greening - Hlb

Manejo de doenças no feijoeiro
Manejo de doenças no feijoeiroManejo de doenças no feijoeiro
Manejo de doenças no feijoeiro
Geagra UFG
 
Manejo de doenças na soja
Manejo de doenças na soja Manejo de doenças na soja
Manejo de doenças na soja
Geagra UFG
 
09-22-18-aula1-plantasmedicinais.pdf
09-22-18-aula1-plantasmedicinais.pdf09-22-18-aula1-plantasmedicinais.pdf
09-22-18-aula1-plantasmedicinais.pdf
ThiagoMenezes85
 

Semelhante a Greening - Hlb (20)

PRAGAS DAS PLANTAS CULTIVADAS - CITRICULTURA - JOSÉ e TALES.pptx
PRAGAS DAS PLANTAS CULTIVADAS - CITRICULTURA - JOSÉ e TALES.pptxPRAGAS DAS PLANTAS CULTIVADAS - CITRICULTURA - JOSÉ e TALES.pptx
PRAGAS DAS PLANTAS CULTIVADAS - CITRICULTURA - JOSÉ e TALES.pptx
 
Cana-de-açúcar - Doenças e Pragas
Cana-de-açúcar - Doenças e PragasCana-de-açúcar - Doenças e Pragas
Cana-de-açúcar - Doenças e Pragas
 
Manejo de doenças no feijoeiro
Manejo de doenças no feijoeiroManejo de doenças no feijoeiro
Manejo de doenças no feijoeiro
 
Plantas daninhas no feijão
Plantas daninhas no feijãoPlantas daninhas no feijão
Plantas daninhas no feijão
 
Manejo de doenças na soja
Manejo de doenças na soja Manejo de doenças na soja
Manejo de doenças na soja
 
Controle biológico pela ação de microrganismos
Controle biológico pela ação de microrganismosControle biológico pela ação de microrganismos
Controle biológico pela ação de microrganismos
 
Doenças fúngicas na melancia
Doenças fúngicas na melancia Doenças fúngicas na melancia
Doenças fúngicas na melancia
 
Controle biológico de pragas e doenças, organismos de controle e especificações
Controle biológico de pragas e doenças, organismos de controle e especificaçõesControle biológico de pragas e doenças, organismos de controle e especificações
Controle biológico de pragas e doenças, organismos de controle e especificações
 
aula1-plantasmedicinais.pdf
aula1-plantasmedicinais.pdfaula1-plantasmedicinais.pdf
aula1-plantasmedicinais.pdf
 
09-22-18-aula1-plantasmedicinais.pdf
09-22-18-aula1-plantasmedicinais.pdf09-22-18-aula1-plantasmedicinais.pdf
09-22-18-aula1-plantasmedicinais.pdf
 
Ems baculovirus bt_fernando_valicente
Ems baculovirus bt_fernando_valicenteEms baculovirus bt_fernando_valicente
Ems baculovirus bt_fernando_valicente
 
Manejo de pragas no algodoeiro
Manejo de pragas no algodoeiroManejo de pragas no algodoeiro
Manejo de pragas no algodoeiro
 
Sanidade e enfermidade de caprinos e ovinos - caprinos e ovinos
Sanidade e enfermidade de caprinos e ovinos - caprinos e ovinosSanidade e enfermidade de caprinos e ovinos - caprinos e ovinos
Sanidade e enfermidade de caprinos e ovinos - caprinos e ovinos
 
Mip soja
Mip sojaMip soja
Mip soja
 
AULA 03 DOENCAS POR INSETOS.........pptx
AULA 03 DOENCAS POR INSETOS.........pptxAULA 03 DOENCAS POR INSETOS.........pptx
AULA 03 DOENCAS POR INSETOS.........pptx
 
Controle de Pragas na Jardinagem
Controle de Pragas na JardinagemControle de Pragas na Jardinagem
Controle de Pragas na Jardinagem
 
Teoria da Trofobiose
Teoria da Trofobiose Teoria da Trofobiose
Teoria da Trofobiose
 
Huanglongbing (HLB – ex – Greening) e Diaphorina citri em Citros
Huanglongbing (HLB – ex – Greening) e Diaphorina citri em CitrosHuanglongbing (HLB – ex – Greening) e Diaphorina citri em Citros
Huanglongbing (HLB – ex – Greening) e Diaphorina citri em Citros
 
Bio12-Controlo de pragas
Bio12-Controlo de pragasBio12-Controlo de pragas
Bio12-Controlo de pragas
 
Aula 3 Giardia Lamblia
Aula 3   Giardia LambliaAula 3   Giardia Lamblia
Aula 3 Giardia Lamblia
 

Mais de Guillermo Enrique Guedes Scheel (7)

Coccinellidae
CoccinellidaeCoccinellidae
Coccinellidae
 
Adubação café grupo 2
Adubação café grupo 2 Adubação café grupo 2
Adubação café grupo 2
 
Relatório prático da cultura do amendoim
Relatório prático da cultura do amendoimRelatório prático da cultura do amendoim
Relatório prático da cultura do amendoim
 
Sistemas Agroflorestais - SAFS
Sistemas Agroflorestais - SAFSSistemas Agroflorestais - SAFS
Sistemas Agroflorestais - SAFS
 
Determinação de valores físicos, correção atmosférica e transformações radiom...
Determinação de valores físicos, correção atmosférica e transformações radiom...Determinação de valores físicos, correção atmosférica e transformações radiom...
Determinação de valores físicos, correção atmosférica e transformações radiom...
 
Inhame
InhameInhame
Inhame
 
Organismos geneticamente modificados
Organismos geneticamente modificadosOrganismos geneticamente modificados
Organismos geneticamente modificados
 

Greening - Hlb

  • 1. Greening - HLB Disciplina: AGR036 - FRUTICULTURA ESPECIAL Docente: MARIA DO CÉU MONTEIRO CRUZ Discente: GUILLERMO ENRIQUE GUEDES SCHEEL
  • 2. Huanglongbing - HLB • huang (黄)= amarelo • long (龙)= ponteiro (dragão) • bing (病 )= doença • Doença do ponteiro amarelo • Pior doença do citros no mundo • Descoberta no Brasil em 2004 • Não existe variedade resistente
  • 3. Greening - HLB • Se desenvolve no floema causando a sua obstrução • Afeta toda a planta • Plantas tornam-se improdutivas entre 2 a 5 anos • Pode ser confundido com deficiência nutricional ou com outras doenças • Eliminação da planta
  • 4. Agente causal da HLB • Candidatus Liberobacter americanus* • Candidatus Liberobacter africanus • Candidatus Liberobacter asiaticus**
  • 6. Sintomas nos frutos • Redução de tamanho • Formato e maturação irregular • Sementes abortadas • Queda intensa
  • 7. Suscetibilidade a doença • Alta: laranja doce, tangerinas e seus híbridos • Média: toranja, limão e laranja azeda • Tolerantes: lima ácida e pomelo
  • 8. Disseminação da doença • Não ocorre disseminação por qualquer outro meio além do vetor • Psilídeo (Diaphorina citri) • Hospedeiro alternativo: – Falsa murta (Murraya spp.)
  • 9. Diaphorina citri • Psilídeo • Mede de 3 a 4mm • 10 gerações por ano • Ciclo de vida de 15 a 47 dias • Fêmeas podem botar até 800 ovos
  • 10. Danos causados pela praga • Inseto sugador • Injeta toxinas • Superbrotação • Fumagina • Vetor do HLB
  • 12. Diaphorina citri • Inicio do aumento da sua presença entre setembro a outubro • Pico da população de novembro até janeiro • Armadilhas devem ser colocadas em pontos estratégicos da propriedade • Vistoriar de 3 a 5 ramos novos de todas as plantas
  • 13. Normativa do MAPA • Instrução normativa n°53 de 17 outubro de 2008 do ministério da agricultura: – Dever do citricultor em vistoriar a área – Realizar vistorias pelo menos trimestrais – Os resultados dessas vistorias devem ser enviados semestralmente – Serão feitas fiscalizações – Pode ocorrer sanções
  • 14. Detecção da doença HLB CVC Gomose Deficiência de Zinco Deficiência de Manganês Deficiência de magnésio
  • 15. Manejo da doença • Mudas sadias • Inspecionar os pomares (fevereiro a setembro) • Eliminação das plantas doentes (+28% eliminação do talhão) • Controle eficaz do vetor (controle químico constante) • *Controle biológico e busca por métodos alternativos
  • 16. Preferência do inseto Gustavo Rodrigues Alves, Alexandre Jose F. Diniz, Jaci Mendes Vieira e José Roberto Postali Parra – Esalq/USP
  • 17.
  • 18. Principais Fontes • FUNDECITROS • MAPA • Revista Cultivar