Coleta e amostragem de solo.

2.492 visualizações

Publicada em

material bem legal sobre coleta de solo.
E-mail: agro_leandro17@hotmail.com

Publicada em: Ciências
0 comentários
3 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
2.492
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
4
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
204
Comentários
0
Gostaram
3
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Coleta e amostragem de solo.

  1. 1. UFRA Sindicato dos Produtores Rurais de Capitão Poço
  2. 2. AMOSTRAGEM E COLETA DE SOLO Sindicato dos Produtores Rurais de Capitão Poço Discente: José Leandro Silva de Araújo, graduando em agronomia pela UFRA Campus Capitão Poço-Pa.
  3. 3.  É uma forma de avaliar a fertilidade e o estado nutricional do solo, buscando a melhor forma de adubar, evitando gasto com adubo de forma errada ou desnecessária. 1
  4. 4. 1 Diminuir gastos com adubo e corretivos
  5. 5. 2  As amostras deverão ser coletadas antes do plantio e da adubação de solos.
  6. 6. 3  Amostra simples: São amostra de varias áreas de mesmas características  Amostra composta: É a mistura de todas as amostra simples. Amostra simples Amostra composta
  7. 7. 4 Sonda Trado Holandês Enchada
  8. 8. 5
  9. 9. Ideal para cultura com sistema radicular muito pequeno, geralmente 0-10 cm. Ex: Hortaliças 6
  10. 10. 7 FIGURAS: Para grandes áreas.
  11. 11. 8
  12. 12. 9 Agricultura de Precisão.
  13. 13. 10 Agricultura de Precisão.
  14. 14. 11 Agricultura de Precisão.
  15. 15. 4 12
  16. 16. 13 Figura: Georreferenciamamento para teores de Cálcio, usado em agricultura de precisão.
  17. 17. 14  Cor do solo.  Textura (maior ou menor presença de areia)  Grau de drenagem da água.  Tipo de vegetação ou cultura anterior.  Declividade, ou seja, desnível do terreno.  Histórico de uso e manejo.  Foi feito a adubação / quando?  Idade do plantio.
  18. 18. 15 Figura: Divisão das áreas de amostragem conforme no terreno.
  19. 19. 16 Figura: Divisão das áreas de amostragem conforme no terreno.
  20. 20. Figura: Divisão das áreas de amostragem conforme no terreno. 17
  21. 21. 18 Figura: Divisão das áreas de amostragem conforme no terreno.
  22. 22. 19  Para culturas de ciclo de vida curto ou sistema radicular não muito profundo: 0-20 cm ou 0-30 cm Ex: feijão, milho e soja. 0 10 20 30
  23. 23. 20  Para culturas de ciclo de vida longo ou sistema radicular muito profundo: 20-40 cm ou 40-60 cm Ex: Laranja. 20-40 cm 40-60 cm
  24. 24. 21  Para culturas de ciclo de vida longo ou sistema radicular muito profundo. Figura 7. Local de coleta da amostra de solo (amostra simples) em culturas perenes)
  25. 25. 22  Para culturas de ciclo de vida curto ou sistema radicular não muito profundo.  A coleta tem que se realizada na linha de plantio.
  26. 26. 23  Caminhar em forma de ZIG-ZAG.  Coletar de 15-20 amostra simples.  Depois de coletar as amostra simples, misturar todas, formar uma amostra composta.
  27. 27. 24 Forma errada Amostra simples 10 ha
  28. 28. 25 Forma certa 10 ha ZIG-ZAG Amostra simples
  29. 29. 26  Identificar a amostra o local, histórico da área, tipo de solo e etc. Figura 2.Modelo da etiqueta para identificar cada amostra
  30. 30. Amostra no. _______________________________Data:____/____/____ Identificação da amostra:_______________________________________ Nome do Produtor:____________________________________________ Nome da Propriedade:_________________________________________ Endereço:___________________________________________________ Município:_________________________UF:_______CEP:____________ Remetente:__________________________________________________ Endereço:___________________________________________________ Município:_________________________UF:_______CEP:____________ Cultura a ser adubada:_________________________________________ Área a ser amostrada (em ha):___________________________________ Vegetação original: ( ) campo ( ) cerrado ( ) mata Topografia da área amostrada: ( ) baixada ( ) meia encosta ( ) chapada ( ) mal drenada ( ) bem drenada Há quanto tempo a área vem sendo usada: ________________ anos Cultivo anterior:______________________________________________ Foi adubada? ( ) sim ( ) não Quantidade: ___________________t/ha Outras informações que julgar importante:__________________________ __________________________________________________________ __________________________________________________________ __________________________________________________________ __________________________________________________________ Figura 3. Ficha que deve acompanhar cada amostra
  31. 31. 28 Figura. Ficha que deve acompanhar cada amostra
  32. 32.  Não coletar amostras próximo a casas, brejos, voçorocas, caminhos de pedestres, formigueiros etc.  Nunca utilizar recipientes usados ou sujos como sacos de adubo, cimento, embalagens de defensivos ou saquinhos de leite para acondicionaras amostras. 29 Certo Errado
  33. 33. 30  Não expor a amostra ao sol.  A época de coleta e envio das amostras ao laboratório é variável, mas o ideal para culturas anuais é no início do período de seca e com boa antecedência em relação ao plantio.  Nessa época, o solo ainda apresenta certa umidade, o que facilita os procedimentos de amostragem e o agricultor terá tempo suficiente para planejar a compra do calcário e dos adubos.  Para culturas perenes em produção, a amostragem deve ser feita preferencialmente logo após a colheita.
  34. 34. 31  É recomendado fazer um amostra para cada 10 ha.
  35. 35. 32 O custo de analise de solo é EXTREMAMENTE barato.
  36. 36. Quadro Resumo
  37. 37. 30
  38. 38. Muitos são os que recebem conselhos. Somente os sábios tiram proveito deles. (Publilius Syrius (306 - 378 a. C.) - Ex-escravo romano, nascido na Síria, que se tornou poeta)

×