SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 22
Funções
Executivas e
Aprendizagem
Lucimary Bezerra F. A. Serapião
Psicóloga – CRP 02/10.258
VAMOS PENSAR UM
POUCO...
O que são F. E.?
Como se aprende?
O cérebro humano é responsável por controlar
todas as atividades do organismo, e é através
de cuidados prévios, que passam pelos
processos de aprendizagens, estilo de vida,
escolhas e decisões que podemos promover
maior saúde, proteção e longevidade ao nosso
cérebro, assegurando respostas cognitivas,
emocionais e comportamentais mais
funcionais, aos contextos inter e intrapessoais.
O cérebro situa-se no
interior da caixa craniana.
Possui mais de dez bilhões
de neurônios e pesa menos
do que 1,5kg.
Regula muitas atividades
inconscientes, como sonhar,
por exemplo. Ao mesmo
tempo, destaca-se por
regular atividades que
requerem o máximo da
consciência: aprender,
pensar, criar, memorizar
etc...
O Cérebro e suas funções
NOSSOS CÉREBRO E SUAS FUNÇÕES MENTAIS
•Concentrada, alternada, seletiva
Atenção
•Escrita, verbal, cálculo
linguagem
•Verbal, visual
Memória
•QI = QE + QV
Eficiência Intelectual Geral
Percepção
Funções Motoras
Hab. Visuoespaciais
Hab. Visuoconstrutivas
Praxias
F. E.
O QUE SÃO FUNÇÕES EXECUTIVAS?
Sistema de trafego aéreo no cérebro
Muitas pistas – muitos aviões – tempo
perfeito
(em fila agora! Quem precisa de papel?
Espere quietinho. A hora do lanche é
depois! Arrume a mochila. )
A criança tem que controlar um número de
informações e evitar distrações.
Conjunto de processo cognitivos que, de forma integrada,
permitem ao indivíduo direcionar comportamentos a metas
avaliar eficiência e a adequação desses comportamentos,
abandonar estratégias ineficientes e, desse modo, resolver
problemas imediatos, de médio e de longo prazo.
(MALLONY-DINIZ ET. AL., 2008)
O QUE SÃO FUNÇÕES EXECUTIVAS?
Processamentos envolvidos: Controle
inibitório, flexibilidade, planejamento e
velocidade de processamento mental,
memória de trabalho, ...
Dificuldades nesta área – pode parecer
distraídos ou com pouco controle do seu
comportamento e emoções.
COMO AS FUNÇÕES EXECUTIVAS SE DESENVOLVEM?
Desde bebê já é possível ver as raízes
das habilidades do funcionamento
executivo.
O córtex pré-frontal ou a terça parte
frontal do cérebro.
Tálamo, hipotálamo, amígdala, giro
singular inferior, córtex orbtofrontal,
gânglio basal.
Engajada no controle do
comportamento e por meio de
interações com todas as partes do
cérebro.
Passando de uma situação de
múltiplos neurônios se comunicando
com seus vizinhos mais próximos.
(ignorando o restante do cérebro). E
evolui para uma rede espalhada que
se comunica com diferentes áreas (
controle comportamental, emoções,
reação e resposta, memória trabalho,
uso de regras, decisões de
risco/recompensas, processamento
operacional/de erro.
COMO AS FUNÇÕES EXECUTIVAS SE DESENVOLVEM?
Mudam ao longo da vida.
Evoluem radicalmente ao longo dos
primeiros anos.
Continua melhorando ao longo da
adolescência.
Somente no inicio da vida adulta tem redes
‘tipo’ adulta que estão fortemente ativadas e
que se conectam juntas às diferentes regiões
do cérebro.
Podem ser treinadas e desenvolvidas
Quanto mais você exercita esta área , maiores
são as chances de aumentar sua capacidade
porque esta fortalecendo aquelas
neuroconexões – PRINCÍPIO DA
PLASTICIDADE NEURAL.
PLASTICIDADE NEURONAL
METACOGNIÇÃO
De acordo com Paéz e Marques
(2000), são as estruturas que
contêm os nossos
conhecimentos e expectativas,
que determinam os nossos
julgamentos e avaliações
acerca dos grupos e dos
membros que os constituem. E
no caso de se produzirem
deficientes percepções do
outro, não só não é favorável à
relação interpessoal que se
estabelece, como também,
pode gerar situações
O modelo cognitivo
"Os homens são movidos
e perturbados não pelas
coisas, mas pelas opiniões
que eles têm delas“.
(Epicteto - filósofo grecolatino
nascido em 55 d.C )
VANTAGENS DE TRABALHAR AS FUNÇÕES EXECUTIVAS NA
SALA DE AULA?
Melhora a autonomia e segurança
Melhora a convivência e relação de pares e
iguais
Maior habilidade em lidar com regras e ser
mais flexível
Realizar coisas novas sem medo. Aceita
desafio
Melhor fase para desenvolvê-las...
Infância e adolescência – redes ainda em
formação.
Adulto mal equipado.
Dificuldade em relações e produtividade.
Pesquisas têm mostrado que as crenças, sentimentos,
motivações e habilidades influenciam e são influenciadas por
nossas ações e interações educativas, bem como pelos
resultados em termos de rendimento acadêmico e
desenvolvimento cognitivo e emocional.
No contexto escolar, o educando é também um complexo de
sentimentos, motivações e crenças que afetam seu próprio
rendimento escolar e podem estar associados de diferentes
maneiras, às ações do meio (educador e familiares).
...
O QUE SÃO FUNÇÕES EXECUTIVAS?
Conjunto de processo cognitivos que, de forma integrada,
permitem ao indivíduo direcionar comportamentos a metas
avaliar eficiência e a adequação desses comportamentos,
abandonar estratégias ineficientes e, desse modo, resolver
problemas imediatos, de médio e de longo prazo.
(MALLONY-DINIZ ET. AL., 2008)
MELHORA NOS RESULTADOS E HABILIDADES DE VIDA
ASSIM...
Sentirmo-nos bem conosco e na relação com os
outros. Somos capazes de lidar de forma positiva
com as adversidades. E temos confiança e não
tememos o futuro.
RESILIÊNCIA EMOCIONAL?
“É a habilidade de se superar apesar da
adversidade: conter o ânimo depois de
uma situação difícil”
“As crianças que são emocional e socialmente competentes
demonstram uma melhor aprendizagem e um melhor comportamento
na fase pré-escolar, primária e secundária. Simplesmente, terão menos
problemas de comportamento na sala de aula”. Aviles et al (2006), Fantuzzo et al
(2005)
PREVENÇÃO
A prevenção é importante e
possível.
Sabemos que as dificuldades podem ser
melhoradas ao proporcionar habilidades
sociais e emocionais às crianças, aos
pais e aos professores.
FATORES DE RISCO PARA O
DESENVOLVIMENTO SAUDÁVEL
 Temperamento com baixo limite de tolerância
ao estresse
 Distúrbios no desenvolvimento
neurológico/cerebral
 Foco de atenção negativo
 Eventos traumáticos
FATORES DE PROTEÇÃO PARA O
DESENVOLVIMENTO SAUDÁVEL
Vinculação/Afeição
Estilo cognitivo
Família/Amigos
Saúde física: Sono/Nutrição/Exercício
Escola/Trabalho
Prevenção baseada em evidências
“Nosso melhor investimento em longo prazo é no capital
humano, na forma de educação emocional, social e cognitiva.
Atualmente, estamos falhando nas duas primeiras áreas do
desenvolvimento em nossos sistemas educacionais”.
(Dr. Heckman, Prêmio Nobel de Economia,
2000)
Obrigada!

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Psicologia do desenvolvimento
Psicologia do desenvolvimentoPsicologia do desenvolvimento
Psicologia do desenvolvimentoThiago de Almeida
 
Deficiência Intelectual
Deficiência IntelectualDeficiência Intelectual
Deficiência IntelectualEdilene Sampaio
 
Transtornos do neurodesenvolvimento
Transtornos do neurodesenvolvimentoTranstornos do neurodesenvolvimento
Transtornos do neurodesenvolvimentoCaio Maximino
 
Apresentação Inteligência Emocional
Apresentação Inteligência EmocionalApresentação Inteligência Emocional
Apresentação Inteligência Emocionalanaediteaires
 
Tdah - Transtorno de Déficit de atenção e Hiperatividade - Prof. Esp. Viníciu...
Tdah - Transtorno de Déficit de atenção e Hiperatividade - Prof. Esp. Viníciu...Tdah - Transtorno de Déficit de atenção e Hiperatividade - Prof. Esp. Viníciu...
Tdah - Transtorno de Déficit de atenção e Hiperatividade - Prof. Esp. Viníciu...Vinícius Fagundes Dos Santos
 
Percepção Auditiva visual e tátil;
Percepção Auditiva visual e tátil;Percepção Auditiva visual e tátil;
Percepção Auditiva visual e tátil;Jaqueline de Paulo
 
Psicomotricidade e Aprendizagem
Psicomotricidade e AprendizagemPsicomotricidade e Aprendizagem
Psicomotricidade e Aprendizagemfulviafosco
 
Slide Autismo
Slide   AutismoSlide   Autismo
Slide AutismoUNIME
 

Mais procurados (20)

Psicologia do desenvolvimento
Psicologia do desenvolvimentoPsicologia do desenvolvimento
Psicologia do desenvolvimento
 
Psicomotricidade e educação inclusiva
Psicomotricidade e educação inclusivaPsicomotricidade e educação inclusiva
Psicomotricidade e educação inclusiva
 
Slide sobre aprendizagem
Slide sobre aprendizagem Slide sobre aprendizagem
Slide sobre aprendizagem
 
Snap iv-final
Snap iv-finalSnap iv-final
Snap iv-final
 
Deficiência Intelectual
Deficiência IntelectualDeficiência Intelectual
Deficiência Intelectual
 
Quais são as funções executivas?
Quais são as funções executivas?Quais são as funções executivas?
Quais são as funções executivas?
 
Neuropsicologia
NeuropsicologiaNeuropsicologia
Neuropsicologia
 
Autismo aula power point
Autismo aula power pointAutismo aula power point
Autismo aula power point
 
Transtornos do neurodesenvolvimento
Transtornos do neurodesenvolvimentoTranstornos do neurodesenvolvimento
Transtornos do neurodesenvolvimento
 
Apresentação Inteligência Emocional
Apresentação Inteligência EmocionalApresentação Inteligência Emocional
Apresentação Inteligência Emocional
 
Desenvolvimento Humano Piaget 1
Desenvolvimento Humano Piaget 1Desenvolvimento Humano Piaget 1
Desenvolvimento Humano Piaget 1
 
Dificuldades de aprendizagem
Dificuldades de aprendizagemDificuldades de aprendizagem
Dificuldades de aprendizagem
 
Tdah - Transtorno de Déficit de atenção e Hiperatividade - Prof. Esp. Viníciu...
Tdah - Transtorno de Déficit de atenção e Hiperatividade - Prof. Esp. Viníciu...Tdah - Transtorno de Déficit de atenção e Hiperatividade - Prof. Esp. Viníciu...
Tdah - Transtorno de Déficit de atenção e Hiperatividade - Prof. Esp. Viníciu...
 
Percepção Auditiva visual e tátil;
Percepção Auditiva visual e tátil;Percepção Auditiva visual e tátil;
Percepção Auditiva visual e tátil;
 
Neurociência e aprendizagem
Neurociência e aprendizagemNeurociência e aprendizagem
Neurociência e aprendizagem
 
Psicomotricidade e Aprendizagem
Psicomotricidade e AprendizagemPsicomotricidade e Aprendizagem
Psicomotricidade e Aprendizagem
 
Slide Autismo
Slide   AutismoSlide   Autismo
Slide Autismo
 
Autismo
AutismoAutismo
Autismo
 
Desenvolvimento infantil
Desenvolvimento infantil  Desenvolvimento infantil
Desenvolvimento infantil
 
A Psicologia da Aprendizagem
A Psicologia da AprendizagemA Psicologia da Aprendizagem
A Psicologia da Aprendizagem
 

Semelhante a Funções Executivas e Aprendizagem

Aula de psicomotricidade, 26 02-12 1
Aula de psicomotricidade, 26 02-12  1Aula de psicomotricidade, 26 02-12  1
Aula de psicomotricidade, 26 02-12 1Miguel Aquino
 
Projeto dificuldade de aprendizagem por simone helen drumond
Projeto dificuldade de aprendizagem por simone helen drumondProjeto dificuldade de aprendizagem por simone helen drumond
Projeto dificuldade de aprendizagem por simone helen drumondSimoneHelenDrumond
 
Apostila de programaçao neurolinguistica lair ribeiro - pnl(2)
Apostila de programaçao neurolinguistica   lair ribeiro - pnl(2)Apostila de programaçao neurolinguistica   lair ribeiro - pnl(2)
Apostila de programaçao neurolinguistica lair ribeiro - pnl(2)vanessa_campinas
 
Psicomotricidade - Aula 1 (29/05/2013)
Psicomotricidade - Aula 1 (29/05/2013)Psicomotricidade - Aula 1 (29/05/2013)
Psicomotricidade - Aula 1 (29/05/2013)Fernando S. S. Barbosa
 
neurociência-aplicada-a-educação.pptx
neurociência-aplicada-a-educação.pptxneurociência-aplicada-a-educação.pptx
neurociência-aplicada-a-educação.pptxSidney Silva
 
As bases neurologicas dos disturbios e dificuldades de aprendizagem
As bases neurologicas  dos disturbios e dificuldades de aprendizagemAs bases neurologicas  dos disturbios e dificuldades de aprendizagem
As bases neurologicas dos disturbios e dificuldades de aprendizagemglauciacorreaperes
 
As bases neurologicas dos disturbios e dificuldades de aprendizagem
As bases neurologicas dos disturbios e dificuldades de aprendizagemAs bases neurologicas dos disturbios e dificuldades de aprendizagem
As bases neurologicas dos disturbios e dificuldades de aprendizagemglauciacorreaperes
 
2014 uel edespecial_pdp_silvia_regina_candeo_fontanini
2014 uel edespecial_pdp_silvia_regina_candeo_fontanini2014 uel edespecial_pdp_silvia_regina_candeo_fontanini
2014 uel edespecial_pdp_silvia_regina_candeo_fontaniniMarcliaAmorim
 
Introdução à Psicomotricidade e Neurociência
Introdução à Psicomotricidade e NeurociênciaIntrodução à Psicomotricidade e Neurociência
Introdução à Psicomotricidade e NeurociênciaFernando S. S. Barbosa
 
Introdução à Psicomotricidade e Neurociência
Introdução à Psicomotricidade e NeurociênciaIntrodução à Psicomotricidade e Neurociência
Introdução à Psicomotricidade e NeurociênciaFernando S. S. Barbosa
 
Meditação Transcendental - Efeitos no Cérebro
Meditação Transcendental - Efeitos no CérebroMeditação Transcendental - Efeitos no Cérebro
Meditação Transcendental - Efeitos no CérebroEmanuel Cerveira Pinto
 
Workshop - FUNÇÕES COGNITIVAS E SUPERDOTAÇÃO.pdf
Workshop - FUNÇÕES COGNITIVAS E SUPERDOTAÇÃO.pdfWorkshop - FUNÇÕES COGNITIVAS E SUPERDOTAÇÃO.pdf
Workshop - FUNÇÕES COGNITIVAS E SUPERDOTAÇÃO.pdfDani Rocha
 
Como o nosso cérebro aprende. Apresentaçãopdf
Como o nosso cérebro aprende. ApresentaçãopdfComo o nosso cérebro aprende. Apresentaçãopdf
Como o nosso cérebro aprende. ApresentaçãopdfSuellenHelena3
 
Desenvolvendo Inteligência emocional
Desenvolvendo Inteligência emocionalDesenvolvendo Inteligência emocional
Desenvolvendo Inteligência emocionalAlexandre Rivero
 

Semelhante a Funções Executivas e Aprendizagem (20)

Aula de psicomotricidade, 26 02-12 1
Aula de psicomotricidade, 26 02-12  1Aula de psicomotricidade, 26 02-12  1
Aula de psicomotricidade, 26 02-12 1
 
Projeto dificuldade de aprendizagem por simone helen drumond
Projeto dificuldade de aprendizagem por simone helen drumondProjeto dificuldade de aprendizagem por simone helen drumond
Projeto dificuldade de aprendizagem por simone helen drumond
 
Neurolinguística
NeurolinguísticaNeurolinguística
Neurolinguística
 
Apostila de programaçao neurolinguistica lair ribeiro - pnl(2)
Apostila de programaçao neurolinguistica   lair ribeiro - pnl(2)Apostila de programaçao neurolinguistica   lair ribeiro - pnl(2)
Apostila de programaçao neurolinguistica lair ribeiro - pnl(2)
 
Aula 1 29 05 psicomotricidade
Aula 1 29 05  psicomotricidadeAula 1 29 05  psicomotricidade
Aula 1 29 05 psicomotricidade
 
Psicomotricidade - Aula 1 (29/05/2013)
Psicomotricidade - Aula 1 (29/05/2013)Psicomotricidade - Aula 1 (29/05/2013)
Psicomotricidade - Aula 1 (29/05/2013)
 
neurociência-aplicada-a-educação.pptx
neurociência-aplicada-a-educação.pptxneurociência-aplicada-a-educação.pptx
neurociência-aplicada-a-educação.pptx
 
ARTIGO 4.pdf
ARTIGO 4.pdfARTIGO 4.pdf
ARTIGO 4.pdf
 
As bases neurologicas dos disturbios e dificuldades de aprendizagem
As bases neurologicas  dos disturbios e dificuldades de aprendizagemAs bases neurologicas  dos disturbios e dificuldades de aprendizagem
As bases neurologicas dos disturbios e dificuldades de aprendizagem
 
As bases neurologicas dos disturbios e dificuldades de aprendizagem
As bases neurologicas dos disturbios e dificuldades de aprendizagemAs bases neurologicas dos disturbios e dificuldades de aprendizagem
As bases neurologicas dos disturbios e dificuldades de aprendizagem
 
2014 uel edespecial_pdp_silvia_regina_candeo_fontanini
2014 uel edespecial_pdp_silvia_regina_candeo_fontanini2014 uel edespecial_pdp_silvia_regina_candeo_fontanini
2014 uel edespecial_pdp_silvia_regina_candeo_fontanini
 
Introdução à Psicomotricidade e Neurociência
Introdução à Psicomotricidade e NeurociênciaIntrodução à Psicomotricidade e Neurociência
Introdução à Psicomotricidade e Neurociência
 
Introdução à Psicomotricidade e Neurociência
Introdução à Psicomotricidade e NeurociênciaIntrodução à Psicomotricidade e Neurociência
Introdução à Psicomotricidade e Neurociência
 
Meditação Transcendental - Efeitos no Cérebro
Meditação Transcendental - Efeitos no CérebroMeditação Transcendental - Efeitos no Cérebro
Meditação Transcendental - Efeitos no Cérebro
 
Workshop - FUNÇÕES COGNITIVAS E SUPERDOTAÇÃO.pdf
Workshop - FUNÇÕES COGNITIVAS E SUPERDOTAÇÃO.pdfWorkshop - FUNÇÕES COGNITIVAS E SUPERDOTAÇÃO.pdf
Workshop - FUNÇÕES COGNITIVAS E SUPERDOTAÇÃO.pdf
 
Como o nosso cérebro aprende. Apresentaçãopdf
Como o nosso cérebro aprende. ApresentaçãopdfComo o nosso cérebro aprende. Apresentaçãopdf
Como o nosso cérebro aprende. Apresentaçãopdf
 
Desenvolvendo Inteligência emocional
Desenvolvendo Inteligência emocionalDesenvolvendo Inteligência emocional
Desenvolvendo Inteligência emocional
 
O cerebro
O cerebroO cerebro
O cerebro
 
O cerebro
O cerebroO cerebro
O cerebro
 
Trabalho Cérebro
Trabalho CérebroTrabalho Cérebro
Trabalho Cérebro
 

Último

AULA-06---DIZIMA-PERIODICA_9fdc896dbd1d4cce85a9fbd2e670e62f.pptx
AULA-06---DIZIMA-PERIODICA_9fdc896dbd1d4cce85a9fbd2e670e62f.pptxAULA-06---DIZIMA-PERIODICA_9fdc896dbd1d4cce85a9fbd2e670e62f.pptx
AULA-06---DIZIMA-PERIODICA_9fdc896dbd1d4cce85a9fbd2e670e62f.pptxGislaineDuresCruz
 
Slides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptx
Slides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptxSlides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptx
Slides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptxLuizHenriquedeAlmeid6
 
O Espetaculo das Racas - Cienti - Lilia Moritz Schwarcz capítulo 2.pdf
O Espetaculo das Racas - Cienti - Lilia Moritz Schwarcz capítulo 2.pdfO Espetaculo das Racas - Cienti - Lilia Moritz Schwarcz capítulo 2.pdf
O Espetaculo das Racas - Cienti - Lilia Moritz Schwarcz capítulo 2.pdfQueleLiberato
 
19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileiros
19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileiros19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileiros
19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileirosMary Alvarenga
 
Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...
Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...
Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...LuizHenriquedeAlmeid6
 
Baladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptx
Baladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptxBaladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptx
Baladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptxacaciocarmo1
 
ÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptx
ÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptxÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptx
ÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptxDeyvidBriel
 
As variações do uso da palavra "como" no texto
As variações do uso da palavra "como" no  textoAs variações do uso da palavra "como" no  texto
As variações do uso da palavra "como" no textoMariaPauladeSouzaTur
 
Mini livro sanfona - Diga não ao bullying
Mini livro sanfona - Diga não ao  bullyingMini livro sanfona - Diga não ao  bullying
Mini livro sanfona - Diga não ao bullyingMary Alvarenga
 
Gametogênese, formação dos gametas masculino e feminino
Gametogênese, formação dos gametas masculino e femininoGametogênese, formação dos gametas masculino e feminino
Gametogênese, formação dos gametas masculino e femininoCelianeOliveira8
 
atividades diversas 1° ano alfabetização
atividades diversas 1° ano alfabetizaçãoatividades diversas 1° ano alfabetização
atividades diversas 1° ano alfabetizaçãodanielagracia9
 
A Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão Linguística
A Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão LinguísticaA Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão Linguística
A Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão LinguísticaFernanda Ledesma
 
Apreciação crítica -exercícios de escrita
Apreciação crítica -exercícios de escritaApreciação crítica -exercícios de escrita
Apreciação crítica -exercícios de escritaeliana862656
 
QUIZ – GEOGRAFIA - 8º ANO - PROVA MENSAL.pptx
QUIZ – GEOGRAFIA - 8º ANO - PROVA MENSAL.pptxQUIZ – GEOGRAFIA - 8º ANO - PROVA MENSAL.pptx
QUIZ – GEOGRAFIA - 8º ANO - PROVA MENSAL.pptxAntonioVieira539017
 
Apresentação sobre o Combate a Dengue 2024
Apresentação sobre o Combate a Dengue 2024Apresentação sobre o Combate a Dengue 2024
Apresentação sobre o Combate a Dengue 2024GleyceMoreiraXWeslle
 
Minha Luta (Mein Kampf), A História do País que Lutou contra a União Soviétic...
Minha Luta (Mein Kampf), A História do País que Lutou contra a União Soviétic...Minha Luta (Mein Kampf), A História do País que Lutou contra a União Soviétic...
Minha Luta (Mein Kampf), A História do País que Lutou contra a União Soviétic...nexocan937
 
POETAS CONTEMPORANEOS_TEMATICAS_explicacao.pptx
POETAS CONTEMPORANEOS_TEMATICAS_explicacao.pptxPOETAS CONTEMPORANEOS_TEMATICAS_explicacao.pptx
POETAS CONTEMPORANEOS_TEMATICAS_explicacao.pptxJMTCS
 
organizaao-do-clube-de-lideres-ctd-aamar_compress.pdf
organizaao-do-clube-de-lideres-ctd-aamar_compress.pdforganizaao-do-clube-de-lideres-ctd-aamar_compress.pdf
organizaao-do-clube-de-lideres-ctd-aamar_compress.pdfCarlosRodrigues832670
 
DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...
DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...
DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...Martin M Flynn
 

Último (20)

AULA-06---DIZIMA-PERIODICA_9fdc896dbd1d4cce85a9fbd2e670e62f.pptx
AULA-06---DIZIMA-PERIODICA_9fdc896dbd1d4cce85a9fbd2e670e62f.pptxAULA-06---DIZIMA-PERIODICA_9fdc896dbd1d4cce85a9fbd2e670e62f.pptx
AULA-06---DIZIMA-PERIODICA_9fdc896dbd1d4cce85a9fbd2e670e62f.pptx
 
Slides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptx
Slides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptxSlides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptx
Slides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptx
 
O Espetaculo das Racas - Cienti - Lilia Moritz Schwarcz capítulo 2.pdf
O Espetaculo das Racas - Cienti - Lilia Moritz Schwarcz capítulo 2.pdfO Espetaculo das Racas - Cienti - Lilia Moritz Schwarcz capítulo 2.pdf
O Espetaculo das Racas - Cienti - Lilia Moritz Schwarcz capítulo 2.pdf
 
19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileiros
19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileiros19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileiros
19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileiros
 
Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...
Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...
Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...
 
Os Ratos - Dyonelio Machado FUVEST 2025
Os Ratos  -  Dyonelio Machado  FUVEST 2025Os Ratos  -  Dyonelio Machado  FUVEST 2025
Os Ratos - Dyonelio Machado FUVEST 2025
 
Baladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptx
Baladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptxBaladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptx
Baladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptx
 
ÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptx
ÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptxÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptx
ÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptx
 
As variações do uso da palavra "como" no texto
As variações do uso da palavra "como" no  textoAs variações do uso da palavra "como" no  texto
As variações do uso da palavra "como" no texto
 
Mini livro sanfona - Diga não ao bullying
Mini livro sanfona - Diga não ao  bullyingMini livro sanfona - Diga não ao  bullying
Mini livro sanfona - Diga não ao bullying
 
Gametogênese, formação dos gametas masculino e feminino
Gametogênese, formação dos gametas masculino e femininoGametogênese, formação dos gametas masculino e feminino
Gametogênese, formação dos gametas masculino e feminino
 
atividades diversas 1° ano alfabetização
atividades diversas 1° ano alfabetizaçãoatividades diversas 1° ano alfabetização
atividades diversas 1° ano alfabetização
 
A Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão Linguística
A Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão LinguísticaA Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão Linguística
A Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão Linguística
 
Apreciação crítica -exercícios de escrita
Apreciação crítica -exercícios de escritaApreciação crítica -exercícios de escrita
Apreciação crítica -exercícios de escrita
 
QUIZ – GEOGRAFIA - 8º ANO - PROVA MENSAL.pptx
QUIZ – GEOGRAFIA - 8º ANO - PROVA MENSAL.pptxQUIZ – GEOGRAFIA - 8º ANO - PROVA MENSAL.pptx
QUIZ – GEOGRAFIA - 8º ANO - PROVA MENSAL.pptx
 
Apresentação sobre o Combate a Dengue 2024
Apresentação sobre o Combate a Dengue 2024Apresentação sobre o Combate a Dengue 2024
Apresentação sobre o Combate a Dengue 2024
 
Minha Luta (Mein Kampf), A História do País que Lutou contra a União Soviétic...
Minha Luta (Mein Kampf), A História do País que Lutou contra a União Soviétic...Minha Luta (Mein Kampf), A História do País que Lutou contra a União Soviétic...
Minha Luta (Mein Kampf), A História do País que Lutou contra a União Soviétic...
 
POETAS CONTEMPORANEOS_TEMATICAS_explicacao.pptx
POETAS CONTEMPORANEOS_TEMATICAS_explicacao.pptxPOETAS CONTEMPORANEOS_TEMATICAS_explicacao.pptx
POETAS CONTEMPORANEOS_TEMATICAS_explicacao.pptx
 
organizaao-do-clube-de-lideres-ctd-aamar_compress.pdf
organizaao-do-clube-de-lideres-ctd-aamar_compress.pdforganizaao-do-clube-de-lideres-ctd-aamar_compress.pdf
organizaao-do-clube-de-lideres-ctd-aamar_compress.pdf
 
DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...
DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...
DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...
 

Funções Executivas e Aprendizagem

  • 1. Funções Executivas e Aprendizagem Lucimary Bezerra F. A. Serapião Psicóloga – CRP 02/10.258
  • 2. VAMOS PENSAR UM POUCO... O que são F. E.? Como se aprende?
  • 3. O cérebro humano é responsável por controlar todas as atividades do organismo, e é através de cuidados prévios, que passam pelos processos de aprendizagens, estilo de vida, escolhas e decisões que podemos promover maior saúde, proteção e longevidade ao nosso cérebro, assegurando respostas cognitivas, emocionais e comportamentais mais funcionais, aos contextos inter e intrapessoais.
  • 4. O cérebro situa-se no interior da caixa craniana. Possui mais de dez bilhões de neurônios e pesa menos do que 1,5kg. Regula muitas atividades inconscientes, como sonhar, por exemplo. Ao mesmo tempo, destaca-se por regular atividades que requerem o máximo da consciência: aprender, pensar, criar, memorizar etc... O Cérebro e suas funções
  • 5. NOSSOS CÉREBRO E SUAS FUNÇÕES MENTAIS •Concentrada, alternada, seletiva Atenção •Escrita, verbal, cálculo linguagem •Verbal, visual Memória •QI = QE + QV Eficiência Intelectual Geral Percepção Funções Motoras Hab. Visuoespaciais Hab. Visuoconstrutivas Praxias F. E.
  • 6. O QUE SÃO FUNÇÕES EXECUTIVAS? Sistema de trafego aéreo no cérebro Muitas pistas – muitos aviões – tempo perfeito (em fila agora! Quem precisa de papel? Espere quietinho. A hora do lanche é depois! Arrume a mochila. ) A criança tem que controlar um número de informações e evitar distrações. Conjunto de processo cognitivos que, de forma integrada, permitem ao indivíduo direcionar comportamentos a metas avaliar eficiência e a adequação desses comportamentos, abandonar estratégias ineficientes e, desse modo, resolver problemas imediatos, de médio e de longo prazo. (MALLONY-DINIZ ET. AL., 2008)
  • 7. O QUE SÃO FUNÇÕES EXECUTIVAS? Processamentos envolvidos: Controle inibitório, flexibilidade, planejamento e velocidade de processamento mental, memória de trabalho, ... Dificuldades nesta área – pode parecer distraídos ou com pouco controle do seu comportamento e emoções.
  • 8. COMO AS FUNÇÕES EXECUTIVAS SE DESENVOLVEM? Desde bebê já é possível ver as raízes das habilidades do funcionamento executivo. O córtex pré-frontal ou a terça parte frontal do cérebro. Tálamo, hipotálamo, amígdala, giro singular inferior, córtex orbtofrontal, gânglio basal. Engajada no controle do comportamento e por meio de interações com todas as partes do cérebro. Passando de uma situação de múltiplos neurônios se comunicando com seus vizinhos mais próximos. (ignorando o restante do cérebro). E evolui para uma rede espalhada que se comunica com diferentes áreas ( controle comportamental, emoções, reação e resposta, memória trabalho, uso de regras, decisões de risco/recompensas, processamento operacional/de erro.
  • 9. COMO AS FUNÇÕES EXECUTIVAS SE DESENVOLVEM? Mudam ao longo da vida. Evoluem radicalmente ao longo dos primeiros anos. Continua melhorando ao longo da adolescência. Somente no inicio da vida adulta tem redes ‘tipo’ adulta que estão fortemente ativadas e que se conectam juntas às diferentes regiões do cérebro. Podem ser treinadas e desenvolvidas Quanto mais você exercita esta área , maiores são as chances de aumentar sua capacidade porque esta fortalecendo aquelas neuroconexões – PRINCÍPIO DA PLASTICIDADE NEURAL.
  • 11. De acordo com Paéz e Marques (2000), são as estruturas que contêm os nossos conhecimentos e expectativas, que determinam os nossos julgamentos e avaliações acerca dos grupos e dos membros que os constituem. E no caso de se produzirem deficientes percepções do outro, não só não é favorável à relação interpessoal que se estabelece, como também, pode gerar situações
  • 12. O modelo cognitivo "Os homens são movidos e perturbados não pelas coisas, mas pelas opiniões que eles têm delas“. (Epicteto - filósofo grecolatino nascido em 55 d.C )
  • 13. VANTAGENS DE TRABALHAR AS FUNÇÕES EXECUTIVAS NA SALA DE AULA? Melhora a autonomia e segurança Melhora a convivência e relação de pares e iguais Maior habilidade em lidar com regras e ser mais flexível Realizar coisas novas sem medo. Aceita desafio Melhor fase para desenvolvê-las... Infância e adolescência – redes ainda em formação. Adulto mal equipado. Dificuldade em relações e produtividade.
  • 14. Pesquisas têm mostrado que as crenças, sentimentos, motivações e habilidades influenciam e são influenciadas por nossas ações e interações educativas, bem como pelos resultados em termos de rendimento acadêmico e desenvolvimento cognitivo e emocional. No contexto escolar, o educando é também um complexo de sentimentos, motivações e crenças que afetam seu próprio rendimento escolar e podem estar associados de diferentes maneiras, às ações do meio (educador e familiares).
  • 15. ... O QUE SÃO FUNÇÕES EXECUTIVAS? Conjunto de processo cognitivos que, de forma integrada, permitem ao indivíduo direcionar comportamentos a metas avaliar eficiência e a adequação desses comportamentos, abandonar estratégias ineficientes e, desse modo, resolver problemas imediatos, de médio e de longo prazo. (MALLONY-DINIZ ET. AL., 2008)
  • 16. MELHORA NOS RESULTADOS E HABILIDADES DE VIDA
  • 17. ASSIM... Sentirmo-nos bem conosco e na relação com os outros. Somos capazes de lidar de forma positiva com as adversidades. E temos confiança e não tememos o futuro.
  • 18. RESILIÊNCIA EMOCIONAL? “É a habilidade de se superar apesar da adversidade: conter o ânimo depois de uma situação difícil” “As crianças que são emocional e socialmente competentes demonstram uma melhor aprendizagem e um melhor comportamento na fase pré-escolar, primária e secundária. Simplesmente, terão menos problemas de comportamento na sala de aula”. Aviles et al (2006), Fantuzzo et al (2005)
  • 19. PREVENÇÃO A prevenção é importante e possível. Sabemos que as dificuldades podem ser melhoradas ao proporcionar habilidades sociais e emocionais às crianças, aos pais e aos professores.
  • 20. FATORES DE RISCO PARA O DESENVOLVIMENTO SAUDÁVEL  Temperamento com baixo limite de tolerância ao estresse  Distúrbios no desenvolvimento neurológico/cerebral  Foco de atenção negativo  Eventos traumáticos
  • 21. FATORES DE PROTEÇÃO PARA O DESENVOLVIMENTO SAUDÁVEL Vinculação/Afeição Estilo cognitivo Família/Amigos Saúde física: Sono/Nutrição/Exercício Escola/Trabalho Prevenção baseada em evidências
  • 22. “Nosso melhor investimento em longo prazo é no capital humano, na forma de educação emocional, social e cognitiva. Atualmente, estamos falhando nas duas primeiras áreas do desenvolvimento em nossos sistemas educacionais”. (Dr. Heckman, Prêmio Nobel de Economia, 2000) Obrigada!