SlideShare uma empresa Scribd logo
EXERCÍCIOS DE APLICAÇÃO DO TEOREMA DE PITÁGORAS
1. Aplicando o teorema de Pitágoras, determine a
medida x indicada em cada um dos triângulos:
2. Os lados de um triângulo ABC medem 10cm,
24cm e 26cm. Você pode afirmar que esse triângulo
é retângulo?
3. Em um triângulo retângulo, a hipotenusa mede
14 cm e um dos catetos mede cm. Determine a
medida do outro cateto.
4. As medidas dos catetos de um triângulo
retângulo medem cm e cm.
Determine a medida da hipotenusa.
5. Um terreno triangular tem frentes de 12 m e 16 m
em duas ruas que formam um ângulo de 90°.
Quanto mede o terceiro lado desse terreno?
6. O portão de entrada de uma casa tem 4m de
comprimento e 3m de altura. Que comprimento
teria uma trave de madeira que se estendesse do
ponto A até o ponto C?
7. Durante um incêndio num edifício de
apartamentos, os bombeiros utilizaram uma escada
Magirus de 10 m para atingir a janela do
apartamento em chamas. A escada estava colocada
a 1 m do chão, sobre um caminhão que se
encontrava afastado 6 m do edifício. Qual é a altura
do apartamento em relação ao chão?
8. Quantos metros de fio são necessários para
"puxar luz" de um poste de 6 m de altura até a caixa
de luz que está ao lado da casa e a 8 m da base do
poste?
9. A figura mostra um edifício que tem 15 m de
altura, com uma escada colocada a 8 m de sua base
ligada ao topo do edifício. Qual é o comprimento da
escada?
10. No mapa, as cidades A, B e C são vértices de
um triângulo retângulo, sendo que o ângulo reto é
Â. A estrada AC tem 40 km e a estrada BC tem 50
km. As montanhas impedem a construção de uma
estrada que ligue diretamente A com B. por isso,
será construída uma estrada da cidade A para a
estrada BC, de modo que ela seja a mais curta
possível. Qual é o comprimento da estrada que será
construída?
11. O esquema abaixo representa o projeto de uma
escada de 5 degraus com mesma altura.
De acordo com os dados da figura, qual é o
comprimento de todo o corrimão?
12. Uma árvore foi quebrada pelo vento e a parte do
tronco que restou em pé forma um ângulo reto com
o solo. Se a altura do tronco da árvore que restou
em pé é de 12 m, e a ponta da parte quebrada está a
9 m da base da árvore, qual é a medida da outra
parte quebrada da árvore?
13. Pedro precisa de uma tábua para fazer um
reforço diagonal numa porteira de 1,5 m de altura
por 2 m de comprimento. De quantos metros deverá
ser essa tábua?
14. O acesso a uma garagem situada no subsolo de
uma casa é feito por rampa, conforme nos mostra o
desenho:
Sabe-se que a rampa AC tem 10,25 metros de
comprimento, e a altura BC da garagem é 2,25
metros. A distância AB entre o portão e a entrada
da casa é de quantos metros?
15. Três cidades, A, B e C, são interligadas por
estradas, conforme a figura abaixo.
As estradas AB e BC já são asfaltadas, e AC deverá
ser asfaltada em breve. Sabendo que AB tem 30 km
e BC tem 17 km, quantos quilômetros precisarão
ser asfaltados para asfaltar toda a estrada AC?
16. Na figura estão apresentadas três cidades,
deseja-se construir uma estrada que ligue a cidade
A a cidade B, com o menorcomprimento possível.
Qual deverá ser o comprimento dessa estrada?
17. Utilizando o Teorema de Pitágoras, determine o
valor de x nos triângulos abaixo:
18. Qual era a altura do poste/
19. Pedro e João estão brincando de gangorra, como
indica a figura:
Qual é o comprimento da gangorra?
20. Qual é a distância percorrida pela bolinha?
21. A figura representa uma ilha em escala
reduzida. Se o lado de cada quadradinho do mapa
equivale a 1 km no tamanho real, qual é a distância,
em linha reta, entre os pontos A e B?
22. Uma linha de transmissão de energia elétrica,
formada de dois cabos, será construída sobre um
morro, como na figura. Aproximadamente, quantos
metros de cabo serão necessários nesse trecho?
23. Em um recente vendaval, um poste de luz de 9
metros de altura quebrou-se em uma ponto a uma
distância x do solo. A parte do poste acima da
fratura inclinou-se e sua extremidade superior
encostou no solo a uma distância de 3 m do mesmo.
A que altura x do solo o poste quebrou?
24. Calcule os valores de x e y na figura abaixo:
25. As extremidades de um fio de antena totalmente
esticado estão presas no topo de um prédio e no
topo de um poste, respectivamente, de 16 e 4
metros de altura. Considerando-se o terreno
horizontal e sabendo-se que a distância entre o
prédio e o poste é de 9 m. Qual é o comprimento do
fio?
26. Qual deve ser a altitude do balão para que sua
distância ao topo do prédio seja de 10 km?
27. Nos telhados de dois edifícios encontram-se
duas pombas.
É atirado um pouco de pão para o chão: ambas as
pombas se lançam sobre o pão à mesma velocidade
e ambas chegam no mesmo instante junto do pão.
a) A que distância do edifício B caiu o pão?
b) Qual a altura do edifício A?
28. A que altura a escada está do solo?
29. Qual deve ser o comprimento da peça de ligação
do telhado?
30. A Torre Eiffel é uma torre treliça
de ferro do século XIX localizada no Champ de
Mars, em Paris, que se tornou um ícone mundial
da França e uma das estruturas mais reconhecidas
no mundo. Nomeada em homenagem ao seu
projetista, o engenheiro Gustave Eiffel, foi
construída como o arco de entrada da Exposição
Universal de 1889. A torre possui
324 metros de altura. Uma pomba voou em linha
reta do seu topo até o ponto M. A distância do
centro da base do monumento até o ponto M é igual
a 15 m, como mostra a ilustração abaixo.
Qual foi a distância, em metros, percorrida por essa
pomba?

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Questões média mediana e moda
Questões média mediana e modaQuestões média mediana e moda
Questões média mediana e moda
Keyla Christianne
 
Revisão de geometria 6º ano - Áreas e medidas de superfície
Revisão de geometria   6º ano - Áreas e medidas de superfícieRevisão de geometria   6º ano - Áreas e medidas de superfície
Revisão de geometria 6º ano - Áreas e medidas de superfície
rabillamat1
 
Areas de figuras planas
Areas de figuras planasAreas de figuras planas
Areas de figuras planas
Bruno Araujo Lima
 
6º ano potências e raízes
6º ano   potências e raízes6º ano   potências e raízes
6º ano potências e raízes
Marisa Carnieto Santos
 
Atividades 1 - 2o Ano - Teorema de Pitágoras e Trigonometria
Atividades 1  - 2o Ano - Teorema de Pitágoras e TrigonometriaAtividades 1  - 2o Ano - Teorema de Pitágoras e Trigonometria
Atividades 1 - 2o Ano - Teorema de Pitágoras e Trigonometria
João Alessandro da Luz, Secretaria de Estado da Educação do Paraná, Campo Mourão - Pr
 
Exercícios 8º ano - conjunto dos números irracionais e racionais
Exercícios 8º ano - conjunto dos números irracionais e racionaisExercícios 8º ano - conjunto dos números irracionais e racionais
Exercícios 8º ano - conjunto dos números irracionais e racionais
Andréia Rodrigues
 
Volumes e simetria
Volumes e simetriaVolumes e simetria
Volumes e simetria
maria natalice
 
SIMULADO: POTENCIAÇÃO E RADICIAÇÃO (8º ANO E H2)
SIMULADO: POTENCIAÇÃO E RADICIAÇÃO (8º ANO E H2)SIMULADO: POTENCIAÇÃO E RADICIAÇÃO (8º ANO E H2)
SIMULADO: POTENCIAÇÃO E RADICIAÇÃO (8º ANO E H2)
Hélio Rocha
 
Trigonometria no Triângulo Retângulo 2011
Trigonometria no Triângulo Retângulo 2011Trigonometria no Triângulo Retângulo 2011
Trigonometria no Triângulo Retângulo 2011
tioheraclito
 
1ª lista de exercícios 9º ano(potências)ilton bruno
1ª lista de exercícios 9º ano(potências)ilton bruno1ª lista de exercícios 9º ano(potências)ilton bruno
1ª lista de exercícios 9º ano(potências)ilton bruno
Ilton Bruno
 
9ano sug atividades_unid_3
9ano sug atividades_unid_39ano sug atividades_unid_3
9ano sug atividades_unid_3
Erivaldo Duarte
 
Lista de Exercícios – Critérios de Divisibilidade
Lista de Exercícios – Critérios de DivisibilidadeLista de Exercícios – Critérios de Divisibilidade
Lista de Exercícios – Critérios de Divisibilidade
Everton Moraes
 
Atividade avaliativa recuperação 7 ano
Atividade avaliativa recuperação 7 anoAtividade avaliativa recuperação 7 ano
Atividade avaliativa recuperação 7 ano
Elisangela Ocea
 
Soma dos ângulos internos de um triângulo
Soma dos ângulos internos de um triânguloSoma dos ângulos internos de um triângulo
Soma dos ângulos internos de um triângulo
CIEP 456 - E.M. Milcah de Sousa
 
Operações com Frações
Operações com FraçõesOperações com Frações
Operações com Frações
Luiz Alfredo Andrade Ferraz
 
Retas paralelas transversal
Retas paralelas transversalRetas paralelas transversal
Retas paralelas transversal
tioheraclito
 
Lista de exercício com propriedades de radicais
Lista de exercício com propriedades de radicaisLista de exercício com propriedades de radicais
Lista de exercício com propriedades de radicais
alunosderoberto
 
atividades áreas
atividades áreas atividades áreas
atividades áreas
Frank Junior
 
Listão 9º ano - Função de 1º e 2º grau e Probabilidade
Listão 9º ano - Função de 1º e 2º grau e ProbabilidadeListão 9º ano - Função de 1º e 2º grau e Probabilidade
Listão 9º ano - Função de 1º e 2º grau e Probabilidade
Andréia Rodrigues
 
Microsoft word exercicio matemática com gabarito equações do 2º grau
Microsoft word   exercicio matemática com  gabarito equações do 2º grauMicrosoft word   exercicio matemática com  gabarito equações do 2º grau
Microsoft word exercicio matemática com gabarito equações do 2º grau
Betão Betão
 

Mais procurados (20)

Questões média mediana e moda
Questões média mediana e modaQuestões média mediana e moda
Questões média mediana e moda
 
Revisão de geometria 6º ano - Áreas e medidas de superfície
Revisão de geometria   6º ano - Áreas e medidas de superfícieRevisão de geometria   6º ano - Áreas e medidas de superfície
Revisão de geometria 6º ano - Áreas e medidas de superfície
 
Areas de figuras planas
Areas de figuras planasAreas de figuras planas
Areas de figuras planas
 
6º ano potências e raízes
6º ano   potências e raízes6º ano   potências e raízes
6º ano potências e raízes
 
Atividades 1 - 2o Ano - Teorema de Pitágoras e Trigonometria
Atividades 1  - 2o Ano - Teorema de Pitágoras e TrigonometriaAtividades 1  - 2o Ano - Teorema de Pitágoras e Trigonometria
Atividades 1 - 2o Ano - Teorema de Pitágoras e Trigonometria
 
Exercícios 8º ano - conjunto dos números irracionais e racionais
Exercícios 8º ano - conjunto dos números irracionais e racionaisExercícios 8º ano - conjunto dos números irracionais e racionais
Exercícios 8º ano - conjunto dos números irracionais e racionais
 
Volumes e simetria
Volumes e simetriaVolumes e simetria
Volumes e simetria
 
SIMULADO: POTENCIAÇÃO E RADICIAÇÃO (8º ANO E H2)
SIMULADO: POTENCIAÇÃO E RADICIAÇÃO (8º ANO E H2)SIMULADO: POTENCIAÇÃO E RADICIAÇÃO (8º ANO E H2)
SIMULADO: POTENCIAÇÃO E RADICIAÇÃO (8º ANO E H2)
 
Trigonometria no Triângulo Retângulo 2011
Trigonometria no Triângulo Retângulo 2011Trigonometria no Triângulo Retângulo 2011
Trigonometria no Triângulo Retângulo 2011
 
1ª lista de exercícios 9º ano(potências)ilton bruno
1ª lista de exercícios 9º ano(potências)ilton bruno1ª lista de exercícios 9º ano(potências)ilton bruno
1ª lista de exercícios 9º ano(potências)ilton bruno
 
9ano sug atividades_unid_3
9ano sug atividades_unid_39ano sug atividades_unid_3
9ano sug atividades_unid_3
 
Lista de Exercícios – Critérios de Divisibilidade
Lista de Exercícios – Critérios de DivisibilidadeLista de Exercícios – Critérios de Divisibilidade
Lista de Exercícios – Critérios de Divisibilidade
 
Atividade avaliativa recuperação 7 ano
Atividade avaliativa recuperação 7 anoAtividade avaliativa recuperação 7 ano
Atividade avaliativa recuperação 7 ano
 
Soma dos ângulos internos de um triângulo
Soma dos ângulos internos de um triânguloSoma dos ângulos internos de um triângulo
Soma dos ângulos internos de um triângulo
 
Operações com Frações
Operações com FraçõesOperações com Frações
Operações com Frações
 
Retas paralelas transversal
Retas paralelas transversalRetas paralelas transversal
Retas paralelas transversal
 
Lista de exercício com propriedades de radicais
Lista de exercício com propriedades de radicaisLista de exercício com propriedades de radicais
Lista de exercício com propriedades de radicais
 
atividades áreas
atividades áreas atividades áreas
atividades áreas
 
Listão 9º ano - Função de 1º e 2º grau e Probabilidade
Listão 9º ano - Função de 1º e 2º grau e ProbabilidadeListão 9º ano - Função de 1º e 2º grau e Probabilidade
Listão 9º ano - Função de 1º e 2º grau e Probabilidade
 
Microsoft word exercicio matemática com gabarito equações do 2º grau
Microsoft word   exercicio matemática com  gabarito equações do 2º grauMicrosoft word   exercicio matemática com  gabarito equações do 2º grau
Microsoft word exercicio matemática com gabarito equações do 2º grau
 

Destaque

Mat exercicios gabarito semelhança de triângulos e teorema de tales
Mat exercicios gabarito semelhança de triângulos e teorema de talesMat exercicios gabarito semelhança de triângulos e teorema de tales
Mat exercicios gabarito semelhança de triângulos e teorema de tales
trigono_metrico
 
9º ano - Razões trigométricas, equação biquadrada e irracional
9º ano - Razões trigométricas, equação biquadrada e irracional9º ano - Razões trigométricas, equação biquadrada e irracional
9º ano - Razões trigométricas, equação biquadrada e irracional
Andréia Rodrigues
 
Mat utfrs 08. porcentagem e juros exercicios
Mat utfrs 08. porcentagem e juros   exerciciosMat utfrs 08. porcentagem e juros   exercicios
Mat utfrs 08. porcentagem e juros exercicios
trigono_metria
 
Relações Métricas no Triângulo Retângulo - Teorema de Pitágoras)
Relações Métricas no Triângulo Retângulo - Teorema de Pitágoras)Relações Métricas no Triângulo Retângulo - Teorema de Pitágoras)
Relações Métricas no Triângulo Retângulo - Teorema de Pitágoras)
Robson S
 
Trigonometria livro coc cap. 2 arcos e ângulos
Trigonometria livro coc cap. 2 arcos  e ângulos  Trigonometria livro coc cap. 2 arcos  e ângulos
Trigonometria livro coc cap. 2 arcos e ângulos
Arthur Prata
 
Caderno de atividades enem - coc- módulo 2 pag. 20-21-22-23
Caderno de atividades enem - coc- módulo 2 pag. 20-21-22-23Caderno de atividades enem - coc- módulo 2 pag. 20-21-22-23
Caderno de atividades enem - coc- módulo 2 pag. 20-21-22-23
Arthur Prata
 
L mat02(estudo.com)
L mat02(estudo.com)L mat02(estudo.com)
L mat02(estudo.com)
Arthur Prata
 
Exercicios 8ª
Exercicios 8ªExercicios 8ª
Exercicios 8ª
Antonio Carneiro
 
Ficha reforço nº3_equações
Ficha reforço nº3_equaçõesFicha reforço nº3_equações
Ficha reforço nº3_equações
rutesteves
 
L mat04(estudo.com) ok
L mat04(estudo.com) okL mat04(estudo.com) ok
L mat04(estudo.com) ok
Arthur Prata
 
L mat05(estudo.com)
L mat05(estudo.com)L mat05(estudo.com)
L mat05(estudo.com)
Arthur Prata
 
Símbolos usados em Matemática
Símbolos usados em MatemáticaSímbolos usados em Matemática
Símbolos usados em Matemática
Arthur Prata
 
Geometría
GeometríaGeometría
Geometría
Willingtonprofe
 
Lista de Matemática 01
Lista de Matemática 01Lista de Matemática 01
Lista de Matemática 01
Arthur Prata
 
Respostas De Exercicios 8ª
Respostas De Exercicios 8ªRespostas De Exercicios 8ª
Respostas De Exercicios 8ª
Antonio Carneiro
 
Geometria Analítica - Exercícios
Geometria Analítica - ExercíciosGeometria Analítica - Exercícios
Geometria Analítica - Exercícios
Everton Moraes
 
Lista de-exercicios-9c2bas-anos
Lista de-exercicios-9c2bas-anosLista de-exercicios-9c2bas-anos
Lista de-exercicios-9c2bas-anos
cleicia
 
Trigonometria Triangulo Retangulo
Trigonometria Triangulo RetanguloTrigonometria Triangulo Retangulo
Trigonometria Triangulo Retangulo
tioheraclito
 

Destaque (18)

Mat exercicios gabarito semelhança de triângulos e teorema de tales
Mat exercicios gabarito semelhança de triângulos e teorema de talesMat exercicios gabarito semelhança de triângulos e teorema de tales
Mat exercicios gabarito semelhança de triângulos e teorema de tales
 
9º ano - Razões trigométricas, equação biquadrada e irracional
9º ano - Razões trigométricas, equação biquadrada e irracional9º ano - Razões trigométricas, equação biquadrada e irracional
9º ano - Razões trigométricas, equação biquadrada e irracional
 
Mat utfrs 08. porcentagem e juros exercicios
Mat utfrs 08. porcentagem e juros   exerciciosMat utfrs 08. porcentagem e juros   exercicios
Mat utfrs 08. porcentagem e juros exercicios
 
Relações Métricas no Triângulo Retângulo - Teorema de Pitágoras)
Relações Métricas no Triângulo Retângulo - Teorema de Pitágoras)Relações Métricas no Triângulo Retângulo - Teorema de Pitágoras)
Relações Métricas no Triângulo Retângulo - Teorema de Pitágoras)
 
Trigonometria livro coc cap. 2 arcos e ângulos
Trigonometria livro coc cap. 2 arcos  e ângulos  Trigonometria livro coc cap. 2 arcos  e ângulos
Trigonometria livro coc cap. 2 arcos e ângulos
 
Caderno de atividades enem - coc- módulo 2 pag. 20-21-22-23
Caderno de atividades enem - coc- módulo 2 pag. 20-21-22-23Caderno de atividades enem - coc- módulo 2 pag. 20-21-22-23
Caderno de atividades enem - coc- módulo 2 pag. 20-21-22-23
 
L mat02(estudo.com)
L mat02(estudo.com)L mat02(estudo.com)
L mat02(estudo.com)
 
Exercicios 8ª
Exercicios 8ªExercicios 8ª
Exercicios 8ª
 
Ficha reforço nº3_equações
Ficha reforço nº3_equaçõesFicha reforço nº3_equações
Ficha reforço nº3_equações
 
L mat04(estudo.com) ok
L mat04(estudo.com) okL mat04(estudo.com) ok
L mat04(estudo.com) ok
 
L mat05(estudo.com)
L mat05(estudo.com)L mat05(estudo.com)
L mat05(estudo.com)
 
Símbolos usados em Matemática
Símbolos usados em MatemáticaSímbolos usados em Matemática
Símbolos usados em Matemática
 
Geometría
GeometríaGeometría
Geometría
 
Lista de Matemática 01
Lista de Matemática 01Lista de Matemática 01
Lista de Matemática 01
 
Respostas De Exercicios 8ª
Respostas De Exercicios 8ªRespostas De Exercicios 8ª
Respostas De Exercicios 8ª
 
Geometria Analítica - Exercícios
Geometria Analítica - ExercíciosGeometria Analítica - Exercícios
Geometria Analítica - Exercícios
 
Lista de-exercicios-9c2bas-anos
Lista de-exercicios-9c2bas-anosLista de-exercicios-9c2bas-anos
Lista de-exercicios-9c2bas-anos
 
Trigonometria Triangulo Retangulo
Trigonometria Triangulo RetanguloTrigonometria Triangulo Retangulo
Trigonometria Triangulo Retangulo
 

Semelhante a Exercícios do Teorema de Pitágoras

Atividade de revisão]
Atividade de revisão]Atividade de revisão]
Atividade de revisão]
laenia
 
TEOREMA DE TALES NO FEIXE DE PARALELAS E NOS TRIÂNGULOS
TEOREMA DE TALES NO FEIXE DE PARALELAS E NOS TRIÂNGULOSTEOREMA DE TALES NO FEIXE DE PARALELAS E NOS TRIÂNGULOS
TEOREMA DE TALES NO FEIXE DE PARALELAS E NOS TRIÂNGULOS
P Valter De Almeida Gomes
 
Teorema de tales
Teorema de tales Teorema de tales
Teorema de tales
Giselle Probst Do Amaral
 
Razão proporção-e-teorema-de-tales-8ª
Razão proporção-e-teorema-de-tales-8ªRazão proporção-e-teorema-de-tales-8ª
Razão proporção-e-teorema-de-tales-8ª
Paulo Souto
 
01 teorema-de-tales
01 teorema-de-tales01 teorema-de-tales
01 teorema-de-tales
LciaRibeiro17
 
01 teorema-de-tales
01 teorema-de-tales01 teorema-de-tales
01 teorema-de-tales
Cristiane Ruas
 
01 teorema-de-tales
01 teorema-de-tales01 teorema-de-tales
01 teorema-de-tales
Cristiane Ruas
 
Tringulos e proporçao
Tringulos e proporçaoTringulos e proporçao
Tringulos e proporçao
Ph Neves
 
Relacoes metricas no triangulo retangulo 9 ano
Relacoes metricas no triangulo retangulo 9 anoRelacoes metricas no triangulo retangulo 9 ano
Relacoes metricas no triangulo retangulo 9 ano
Diogo Satiro
 
9 ano trigonometria
9 ano trigonometria9 ano trigonometria
9 ano trigonometria
Clauzir Paiva Nascim Paiva
 
Lista de triângulos retângulos 9° ano 2º bimestre 2013
Lista de triângulos retângulos 9° ano 2º bimestre 2013Lista de triângulos retângulos 9° ano 2º bimestre 2013
Lista de triângulos retângulos 9° ano 2º bimestre 2013
Professor Carlinhos
 
Questões aula dia 23 de agosto
Questões aula dia 23 de agostoQuestões aula dia 23 de agosto
Questões aula dia 23 de agosto
Gilvandenys Junior
 
Geometria plana semelhanca_triang_lista01
Geometria plana semelhanca_triang_lista01Geometria plana semelhanca_triang_lista01
Geometria plana semelhanca_triang_lista01
Tassia Souza
 
Lista de Exercícios - Teorema de Tales
Lista de Exercícios - Teorema de TalesLista de Exercícios - Teorema de Tales
Lista de Exercícios - Teorema de Tales
Everton Moraes
 
Teorema de tales
Teorema de talesTeorema de tales
Teorema de tales
Jose Donisete
 
Matematica 2 9º ano
Matematica 2 9º anoMatematica 2 9º ano
Matematica 2 9º ano
Tatiane Oliveira Pinheiro
 
Triângulos
TriângulosTriângulos
Triângulos
KalculosOnline
 
Lista semelhança 2011
Lista semelhança 2011Lista semelhança 2011
Lista semelhança 2011
fernandanocchi
 
Lista de-exercicio-n-1- geometria-plana--2017-1
Lista de-exercicio-n-1- geometria-plana--2017-1Lista de-exercicio-n-1- geometria-plana--2017-1
Lista de-exercicio-n-1- geometria-plana--2017-1
Robsoncn
 
6ª lista de exercícios de geometria
6ª lista de exercícios de  geometria6ª lista de exercícios de  geometria
6ª lista de exercícios de geometria
Professor Carlinhos
 

Semelhante a Exercícios do Teorema de Pitágoras (20)

Atividade de revisão]
Atividade de revisão]Atividade de revisão]
Atividade de revisão]
 
TEOREMA DE TALES NO FEIXE DE PARALELAS E NOS TRIÂNGULOS
TEOREMA DE TALES NO FEIXE DE PARALELAS E NOS TRIÂNGULOSTEOREMA DE TALES NO FEIXE DE PARALELAS E NOS TRIÂNGULOS
TEOREMA DE TALES NO FEIXE DE PARALELAS E NOS TRIÂNGULOS
 
Teorema de tales
Teorema de tales Teorema de tales
Teorema de tales
 
Razão proporção-e-teorema-de-tales-8ª
Razão proporção-e-teorema-de-tales-8ªRazão proporção-e-teorema-de-tales-8ª
Razão proporção-e-teorema-de-tales-8ª
 
01 teorema-de-tales
01 teorema-de-tales01 teorema-de-tales
01 teorema-de-tales
 
01 teorema-de-tales
01 teorema-de-tales01 teorema-de-tales
01 teorema-de-tales
 
01 teorema-de-tales
01 teorema-de-tales01 teorema-de-tales
01 teorema-de-tales
 
Tringulos e proporçao
Tringulos e proporçaoTringulos e proporçao
Tringulos e proporçao
 
Relacoes metricas no triangulo retangulo 9 ano
Relacoes metricas no triangulo retangulo 9 anoRelacoes metricas no triangulo retangulo 9 ano
Relacoes metricas no triangulo retangulo 9 ano
 
9 ano trigonometria
9 ano trigonometria9 ano trigonometria
9 ano trigonometria
 
Lista de triângulos retângulos 9° ano 2º bimestre 2013
Lista de triângulos retângulos 9° ano 2º bimestre 2013Lista de triângulos retângulos 9° ano 2º bimestre 2013
Lista de triângulos retângulos 9° ano 2º bimestre 2013
 
Questões aula dia 23 de agosto
Questões aula dia 23 de agostoQuestões aula dia 23 de agosto
Questões aula dia 23 de agosto
 
Geometria plana semelhanca_triang_lista01
Geometria plana semelhanca_triang_lista01Geometria plana semelhanca_triang_lista01
Geometria plana semelhanca_triang_lista01
 
Lista de Exercícios - Teorema de Tales
Lista de Exercícios - Teorema de TalesLista de Exercícios - Teorema de Tales
Lista de Exercícios - Teorema de Tales
 
Teorema de tales
Teorema de talesTeorema de tales
Teorema de tales
 
Matematica 2 9º ano
Matematica 2 9º anoMatematica 2 9º ano
Matematica 2 9º ano
 
Triângulos
TriângulosTriângulos
Triângulos
 
Lista semelhança 2011
Lista semelhança 2011Lista semelhança 2011
Lista semelhança 2011
 
Lista de-exercicio-n-1- geometria-plana--2017-1
Lista de-exercicio-n-1- geometria-plana--2017-1Lista de-exercicio-n-1- geometria-plana--2017-1
Lista de-exercicio-n-1- geometria-plana--2017-1
 
6ª lista de exercícios de geometria
6ª lista de exercícios de  geometria6ª lista de exercícios de  geometria
6ª lista de exercícios de geometria
 

Mais de Ajudar Pessoas

Tabela f 95% unilateral
Tabela f 95% unilateralTabela f 95% unilateral
Tabela f 95% unilateral
Ajudar Pessoas
 
Tabela f 95% bilateral
Tabela f 95% bilateralTabela f 95% bilateral
Tabela f 95% bilateral
Ajudar Pessoas
 
Educação e Capitalismo uma Certa Economia Política
Educação e Capitalismo uma Certa Economia PolíticaEducação e Capitalismo uma Certa Economia Política
Educação e Capitalismo uma Certa Economia Política
Ajudar Pessoas
 
Posicionamento Filosofico e Base de Aprendizagem
Posicionamento Filosofico e Base de AprendizagemPosicionamento Filosofico e Base de Aprendizagem
Posicionamento Filosofico e Base de Aprendizagem
Ajudar Pessoas
 
Evolucao historica da avaliacao em geracões
Evolucao historica da avaliacao em geracõesEvolucao historica da avaliacao em geracões
Evolucao historica da avaliacao em geracões
Ajudar Pessoas
 
Matriz Curricular : Licenciatura em Química IFPE 2015
Matriz Curricular : Licenciatura em Química IFPE 2015Matriz Curricular : Licenciatura em Química IFPE 2015
Matriz Curricular : Licenciatura em Química IFPE 2015
Ajudar Pessoas
 
Funções Orgânicas Nitrogenadas.
Funções Orgânicas Nitrogenadas.Funções Orgânicas Nitrogenadas.
Funções Orgânicas Nitrogenadas.
Ajudar Pessoas
 
Correção da prova de física ifpe 2015 parte 1.
Correção da prova de física ifpe 2015 parte 1.Correção da prova de física ifpe 2015 parte 1.
Correção da prova de física ifpe 2015 parte 1.
Ajudar Pessoas
 
formulas de fisica
formulas de fisicaformulas de fisica
formulas de fisica
Ajudar Pessoas
 
Biologia.
Biologia.Biologia.
Biologia.
Ajudar Pessoas
 
Saude pública.
Saude pública.Saude pública.
Saude pública.
Ajudar Pessoas
 
Exerc carboidratos.
Exerc   carboidratos.Exerc   carboidratos.
Exerc carboidratos.
Ajudar Pessoas
 
Biologia compostos organicos_exercícios.
Biologia compostos organicos_exercícios.Biologia compostos organicos_exercícios.
Biologia compostos organicos_exercícios.
Ajudar Pessoas
 
Concordância.
Concordância.Concordância.
Concordância.
Ajudar Pessoas
 
.Biologia.
.Biologia..Biologia.
.Biologia.
Ajudar Pessoas
 
Proteínas funções.
Proteínas        funções.Proteínas        funções.
Proteínas funções.
Ajudar Pessoas
 
Avaliação diagnóstica de matemática.
Avaliação diagnóstica de matemática.Avaliação diagnóstica de matemática.
Avaliação diagnóstica de matemática.
Ajudar Pessoas
 
Aulão prevupe história.
Aulão prevupe   história.Aulão prevupe   história.
Aulão prevupe história.
Ajudar Pessoas
 
Aulão prevupe geografia.
Aulão prevupe   geografia.Aulão prevupe   geografia.
Aulão prevupe geografia.
Ajudar Pessoas
 
Aulão prevupe biologia.
Aulão prevupe   biologia.Aulão prevupe   biologia.
Aulão prevupe biologia.
Ajudar Pessoas
 

Mais de Ajudar Pessoas (20)

Tabela f 95% unilateral
Tabela f 95% unilateralTabela f 95% unilateral
Tabela f 95% unilateral
 
Tabela f 95% bilateral
Tabela f 95% bilateralTabela f 95% bilateral
Tabela f 95% bilateral
 
Educação e Capitalismo uma Certa Economia Política
Educação e Capitalismo uma Certa Economia PolíticaEducação e Capitalismo uma Certa Economia Política
Educação e Capitalismo uma Certa Economia Política
 
Posicionamento Filosofico e Base de Aprendizagem
Posicionamento Filosofico e Base de AprendizagemPosicionamento Filosofico e Base de Aprendizagem
Posicionamento Filosofico e Base de Aprendizagem
 
Evolucao historica da avaliacao em geracões
Evolucao historica da avaliacao em geracõesEvolucao historica da avaliacao em geracões
Evolucao historica da avaliacao em geracões
 
Matriz Curricular : Licenciatura em Química IFPE 2015
Matriz Curricular : Licenciatura em Química IFPE 2015Matriz Curricular : Licenciatura em Química IFPE 2015
Matriz Curricular : Licenciatura em Química IFPE 2015
 
Funções Orgânicas Nitrogenadas.
Funções Orgânicas Nitrogenadas.Funções Orgânicas Nitrogenadas.
Funções Orgânicas Nitrogenadas.
 
Correção da prova de física ifpe 2015 parte 1.
Correção da prova de física ifpe 2015 parte 1.Correção da prova de física ifpe 2015 parte 1.
Correção da prova de física ifpe 2015 parte 1.
 
formulas de fisica
formulas de fisicaformulas de fisica
formulas de fisica
 
Biologia.
Biologia.Biologia.
Biologia.
 
Saude pública.
Saude pública.Saude pública.
Saude pública.
 
Exerc carboidratos.
Exerc   carboidratos.Exerc   carboidratos.
Exerc carboidratos.
 
Biologia compostos organicos_exercícios.
Biologia compostos organicos_exercícios.Biologia compostos organicos_exercícios.
Biologia compostos organicos_exercícios.
 
Concordância.
Concordância.Concordância.
Concordância.
 
.Biologia.
.Biologia..Biologia.
.Biologia.
 
Proteínas funções.
Proteínas        funções.Proteínas        funções.
Proteínas funções.
 
Avaliação diagnóstica de matemática.
Avaliação diagnóstica de matemática.Avaliação diagnóstica de matemática.
Avaliação diagnóstica de matemática.
 
Aulão prevupe história.
Aulão prevupe   história.Aulão prevupe   história.
Aulão prevupe história.
 
Aulão prevupe geografia.
Aulão prevupe   geografia.Aulão prevupe   geografia.
Aulão prevupe geografia.
 
Aulão prevupe biologia.
Aulão prevupe   biologia.Aulão prevupe   biologia.
Aulão prevupe biologia.
 

Último

Uma Breve História da Origem, Formação e Evolução da Terra
Uma Breve História da Origem, Formação e Evolução da TerraUma Breve História da Origem, Formação e Evolução da Terra
Uma Breve História da Origem, Formação e Evolução da Terra
Luiz C. da Silva
 
A Guerra do Presente - Ministério da Defesa.pdf
A Guerra do Presente - Ministério da Defesa.pdfA Guerra do Presente - Ministério da Defesa.pdf
A Guerra do Presente - Ministério da Defesa.pdf
Falcão Brasil
 
Organograma do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia...
Organograma do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia...Organograma do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia...
Organograma do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia...
Falcão Brasil
 
Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...
Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...
Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...
Centro Jacques Delors
 
Slides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Slides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptxSlides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Slides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
História das ideias pedagógicas no Brasil - Demerval Saviani.pdf
História das ideias pedagógicas no Brasil - Demerval Saviani.pdfHistória das ideias pedagógicas no Brasil - Demerval Saviani.pdf
História das ideias pedagógicas no Brasil - Demerval Saviani.pdf
LeideLauraCenturionL
 
A Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdf
A Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdfA Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdf
A Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdf
Falcão Brasil
 
Que Pena Amor! Eugénio de Sá - Soneto.ppsx
Que Pena Amor! Eugénio de Sá - Soneto.ppsxQue Pena Amor! Eugénio de Sá - Soneto.ppsx
Que Pena Amor! Eugénio de Sá - Soneto.ppsx
Luzia Gabriele
 
Portfólio Estratégico da Força Aérea Brasileira (FAB).pdf
Portfólio Estratégico da Força Aérea Brasileira (FAB).pdfPortfólio Estratégico da Força Aérea Brasileira (FAB).pdf
Portfólio Estratégico da Força Aérea Brasileira (FAB).pdf
Falcão Brasil
 
Manual de Identidade Visual do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prot...
Manual de Identidade Visual do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prot...Manual de Identidade Visual do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prot...
Manual de Identidade Visual do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prot...
Falcão Brasil
 
Endereços — Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia - ...
Endereços — Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia - ...Endereços — Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia - ...
Endereços — Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia - ...
Falcão Brasil
 
Análise dos resultados do desmatamento obtidos pelo SIAD.ppt
Análise dos resultados do desmatamento obtidos pelo SIAD.pptAnálise dos resultados do desmatamento obtidos pelo SIAD.ppt
Análise dos resultados do desmatamento obtidos pelo SIAD.ppt
Falcão Brasil
 
Plano Estratégico Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de ...
Plano Estratégico Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de ...Plano Estratégico Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de ...
Plano Estratégico Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de ...
Falcão Brasil
 
A Industria Brasileira de Defesa - Situação Atual e Perspectivas de Evolução.pdf
A Industria Brasileira de Defesa - Situação Atual e Perspectivas de Evolução.pdfA Industria Brasileira de Defesa - Situação Atual e Perspectivas de Evolução.pdf
A Industria Brasileira de Defesa - Situação Atual e Perspectivas de Evolução.pdf
Falcão Brasil
 
Os Setores Estratégicos da END - O Setor Cibernético.pdf
Os Setores Estratégicos da END - O Setor Cibernético.pdfOs Setores Estratégicos da END - O Setor Cibernético.pdf
Os Setores Estratégicos da END - O Setor Cibernético.pdf
Falcão Brasil
 
Organograma do Ministério da Defesa (MD).pdf
Organograma do Ministério da Defesa (MD).pdfOrganograma do Ministério da Defesa (MD).pdf
Organograma do Ministério da Defesa (MD).pdf
Falcão Brasil
 
Caça-palavras - multiplicação
Caça-palavras  -  multiplicaçãoCaça-palavras  -  multiplicação
Caça-palavras - multiplicação
Mary Alvarenga
 
Fotossíntese e respiração: conceitos e trocas gasosas
Fotossíntese e respiração: conceitos e trocas gasosasFotossíntese e respiração: conceitos e trocas gasosas
Fotossíntese e respiração: conceitos e trocas gasosas
MariaJooSilva58
 
UFCD_5673_Segurança nos transportes_índice.pdf
UFCD_5673_Segurança nos transportes_índice.pdfUFCD_5673_Segurança nos transportes_índice.pdf
UFCD_5673_Segurança nos transportes_índice.pdf
Manuais Formação
 

Último (20)

Uma Breve História da Origem, Formação e Evolução da Terra
Uma Breve História da Origem, Formação e Evolução da TerraUma Breve História da Origem, Formação e Evolução da Terra
Uma Breve História da Origem, Formação e Evolução da Terra
 
A Guerra do Presente - Ministério da Defesa.pdf
A Guerra do Presente - Ministério da Defesa.pdfA Guerra do Presente - Ministério da Defesa.pdf
A Guerra do Presente - Ministério da Defesa.pdf
 
Organograma do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia...
Organograma do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia...Organograma do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia...
Organograma do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia...
 
Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...
Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...
Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...
 
RECORDANDO BONS MOMENTOS! _
RECORDANDO BONS MOMENTOS!               _RECORDANDO BONS MOMENTOS!               _
RECORDANDO BONS MOMENTOS! _
 
Slides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Slides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptxSlides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Slides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptx
 
História das ideias pedagógicas no Brasil - Demerval Saviani.pdf
História das ideias pedagógicas no Brasil - Demerval Saviani.pdfHistória das ideias pedagógicas no Brasil - Demerval Saviani.pdf
História das ideias pedagógicas no Brasil - Demerval Saviani.pdf
 
A Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdf
A Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdfA Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdf
A Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdf
 
Que Pena Amor! Eugénio de Sá - Soneto.ppsx
Que Pena Amor! Eugénio de Sá - Soneto.ppsxQue Pena Amor! Eugénio de Sá - Soneto.ppsx
Que Pena Amor! Eugénio de Sá - Soneto.ppsx
 
Portfólio Estratégico da Força Aérea Brasileira (FAB).pdf
Portfólio Estratégico da Força Aérea Brasileira (FAB).pdfPortfólio Estratégico da Força Aérea Brasileira (FAB).pdf
Portfólio Estratégico da Força Aérea Brasileira (FAB).pdf
 
Manual de Identidade Visual do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prot...
Manual de Identidade Visual do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prot...Manual de Identidade Visual do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prot...
Manual de Identidade Visual do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prot...
 
Endereços — Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia - ...
Endereços — Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia - ...Endereços — Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia - ...
Endereços — Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia - ...
 
Análise dos resultados do desmatamento obtidos pelo SIAD.ppt
Análise dos resultados do desmatamento obtidos pelo SIAD.pptAnálise dos resultados do desmatamento obtidos pelo SIAD.ppt
Análise dos resultados do desmatamento obtidos pelo SIAD.ppt
 
Plano Estratégico Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de ...
Plano Estratégico Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de ...Plano Estratégico Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de ...
Plano Estratégico Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de ...
 
A Industria Brasileira de Defesa - Situação Atual e Perspectivas de Evolução.pdf
A Industria Brasileira de Defesa - Situação Atual e Perspectivas de Evolução.pdfA Industria Brasileira de Defesa - Situação Atual e Perspectivas de Evolução.pdf
A Industria Brasileira de Defesa - Situação Atual e Perspectivas de Evolução.pdf
 
Os Setores Estratégicos da END - O Setor Cibernético.pdf
Os Setores Estratégicos da END - O Setor Cibernético.pdfOs Setores Estratégicos da END - O Setor Cibernético.pdf
Os Setores Estratégicos da END - O Setor Cibernético.pdf
 
Organograma do Ministério da Defesa (MD).pdf
Organograma do Ministério da Defesa (MD).pdfOrganograma do Ministério da Defesa (MD).pdf
Organograma do Ministério da Defesa (MD).pdf
 
Caça-palavras - multiplicação
Caça-palavras  -  multiplicaçãoCaça-palavras  -  multiplicação
Caça-palavras - multiplicação
 
Fotossíntese e respiração: conceitos e trocas gasosas
Fotossíntese e respiração: conceitos e trocas gasosasFotossíntese e respiração: conceitos e trocas gasosas
Fotossíntese e respiração: conceitos e trocas gasosas
 
UFCD_5673_Segurança nos transportes_índice.pdf
UFCD_5673_Segurança nos transportes_índice.pdfUFCD_5673_Segurança nos transportes_índice.pdf
UFCD_5673_Segurança nos transportes_índice.pdf
 

Exercícios do Teorema de Pitágoras

  • 1. EXERCÍCIOS DE APLICAÇÃO DO TEOREMA DE PITÁGORAS 1. Aplicando o teorema de Pitágoras, determine a medida x indicada em cada um dos triângulos: 2. Os lados de um triângulo ABC medem 10cm, 24cm e 26cm. Você pode afirmar que esse triângulo é retângulo? 3. Em um triângulo retângulo, a hipotenusa mede 14 cm e um dos catetos mede cm. Determine a medida do outro cateto. 4. As medidas dos catetos de um triângulo retângulo medem cm e cm. Determine a medida da hipotenusa. 5. Um terreno triangular tem frentes de 12 m e 16 m em duas ruas que formam um ângulo de 90°. Quanto mede o terceiro lado desse terreno? 6. O portão de entrada de uma casa tem 4m de comprimento e 3m de altura. Que comprimento teria uma trave de madeira que se estendesse do ponto A até o ponto C? 7. Durante um incêndio num edifício de apartamentos, os bombeiros utilizaram uma escada Magirus de 10 m para atingir a janela do apartamento em chamas. A escada estava colocada a 1 m do chão, sobre um caminhão que se encontrava afastado 6 m do edifício. Qual é a altura do apartamento em relação ao chão? 8. Quantos metros de fio são necessários para "puxar luz" de um poste de 6 m de altura até a caixa de luz que está ao lado da casa e a 8 m da base do poste? 9. A figura mostra um edifício que tem 15 m de altura, com uma escada colocada a 8 m de sua base ligada ao topo do edifício. Qual é o comprimento da escada? 10. No mapa, as cidades A, B e C são vértices de um triângulo retângulo, sendo que o ângulo reto é Â. A estrada AC tem 40 km e a estrada BC tem 50 km. As montanhas impedem a construção de uma estrada que ligue diretamente A com B. por isso, será construída uma estrada da cidade A para a estrada BC, de modo que ela seja a mais curta possível. Qual é o comprimento da estrada que será construída? 11. O esquema abaixo representa o projeto de uma escada de 5 degraus com mesma altura. De acordo com os dados da figura, qual é o comprimento de todo o corrimão?
  • 2. 12. Uma árvore foi quebrada pelo vento e a parte do tronco que restou em pé forma um ângulo reto com o solo. Se a altura do tronco da árvore que restou em pé é de 12 m, e a ponta da parte quebrada está a 9 m da base da árvore, qual é a medida da outra parte quebrada da árvore? 13. Pedro precisa de uma tábua para fazer um reforço diagonal numa porteira de 1,5 m de altura por 2 m de comprimento. De quantos metros deverá ser essa tábua? 14. O acesso a uma garagem situada no subsolo de uma casa é feito por rampa, conforme nos mostra o desenho: Sabe-se que a rampa AC tem 10,25 metros de comprimento, e a altura BC da garagem é 2,25 metros. A distância AB entre o portão e a entrada da casa é de quantos metros? 15. Três cidades, A, B e C, são interligadas por estradas, conforme a figura abaixo. As estradas AB e BC já são asfaltadas, e AC deverá ser asfaltada em breve. Sabendo que AB tem 30 km e BC tem 17 km, quantos quilômetros precisarão ser asfaltados para asfaltar toda a estrada AC? 16. Na figura estão apresentadas três cidades, deseja-se construir uma estrada que ligue a cidade A a cidade B, com o menorcomprimento possível. Qual deverá ser o comprimento dessa estrada? 17. Utilizando o Teorema de Pitágoras, determine o valor de x nos triângulos abaixo:
  • 3. 18. Qual era a altura do poste/ 19. Pedro e João estão brincando de gangorra, como indica a figura: Qual é o comprimento da gangorra? 20. Qual é a distância percorrida pela bolinha? 21. A figura representa uma ilha em escala reduzida. Se o lado de cada quadradinho do mapa equivale a 1 km no tamanho real, qual é a distância, em linha reta, entre os pontos A e B? 22. Uma linha de transmissão de energia elétrica, formada de dois cabos, será construída sobre um morro, como na figura. Aproximadamente, quantos metros de cabo serão necessários nesse trecho? 23. Em um recente vendaval, um poste de luz de 9 metros de altura quebrou-se em uma ponto a uma distância x do solo. A parte do poste acima da fratura inclinou-se e sua extremidade superior encostou no solo a uma distância de 3 m do mesmo. A que altura x do solo o poste quebrou? 24. Calcule os valores de x e y na figura abaixo: 25. As extremidades de um fio de antena totalmente esticado estão presas no topo de um prédio e no topo de um poste, respectivamente, de 16 e 4 metros de altura. Considerando-se o terreno horizontal e sabendo-se que a distância entre o prédio e o poste é de 9 m. Qual é o comprimento do fio?
  • 4. 26. Qual deve ser a altitude do balão para que sua distância ao topo do prédio seja de 10 km? 27. Nos telhados de dois edifícios encontram-se duas pombas. É atirado um pouco de pão para o chão: ambas as pombas se lançam sobre o pão à mesma velocidade e ambas chegam no mesmo instante junto do pão. a) A que distância do edifício B caiu o pão? b) Qual a altura do edifício A? 28. A que altura a escada está do solo? 29. Qual deve ser o comprimento da peça de ligação do telhado? 30. A Torre Eiffel é uma torre treliça de ferro do século XIX localizada no Champ de Mars, em Paris, que se tornou um ícone mundial da França e uma das estruturas mais reconhecidas no mundo. Nomeada em homenagem ao seu projetista, o engenheiro Gustave Eiffel, foi construída como o arco de entrada da Exposição Universal de 1889. A torre possui 324 metros de altura. Uma pomba voou em linha reta do seu topo até o ponto M. A distância do centro da base do monumento até o ponto M é igual a 15 m, como mostra a ilustração abaixo. Qual foi a distância, em metros, percorrida por essa pomba?