SlideShare uma empresa Scribd logo
Exercícios
Desenvolvimento Sustentável
E
Impactos Ambientais
Ciências Naturais
Prof. Carlos Priante
1. Desenvolvimento sustentável pode ser definido como
aquele
(A) que permite suprir todas as necessidades da sociedade atual,
como saneamento, educação, trabalho e renda.
(B) capaz de suprir as necessidades da geração atual, sem
comprometer o atendimento da geração futura.
(C) que possibilita a plena exploração das potencialidades dos
recursos naturais e minerais da Terra.
(D) que contribui para a expansão da população humana,
permitindo a ocupação integral do planeta.
2. Na tentativa de chegar ao desenvolvimento
sustentável (DS), a Educação Ambiental é uma
parte vital e indispensável, pois é a maneira
mais direta e funcional de se atingir pelo menos
uma de suas metas:
(A) o uso das riquezas do ambiente regional.
(B) o esgotamento dos recursos minerais.
(C) a industrialização e a ocupação dos ambientes.
(D) a participação da população.
3. O desenvolvimento atual, apesar de trazer melhorias à população,
resultou em inúmeros desequilíbrios ambientais. A partir de tais
problemas, pensou-se em maneiras de produzir o
desenvolvimento sem que o ambiente seja degradado. Essa forma
de ação, denominada desenvolvimento sustentável, atua por meio
de alguns aspectos, como os destacados na tabela a seguir.
Quadro no próximo Slide
Considerando-se que a soma de todos os valores numéricos,
relacionados corretamente aos Aspectos do Desenvolvimento
Sustentável e respectivas Justificativas, é igual a 13, as parcelas
corretas dessa soma serão, apenas, os seguintes valores numéricos:
(A) 1, 2, 4 e 6.
(B) 1, 3, 4 e 5.
(C) 2, 5 e 6.
(D) 3, 4 e 6.
4. A interferência do ser humano tem provocado alterações na
atmosfera.
Chamamos de aquecimento global o aumento da temperatura que
vem ocorrendo durante os últimos cem anos. Este fenômeno está
diretamente relacionado ao efeito estufa. Outra consequência da
poluição atmosférica nas áreas industrializadas é a ocorrência de
chuvas ácidas resultantes da combinação de poluentes, vapor d’água
e oxigênio. Há alguns anos se descobriu, sobre a Antártica, uma
região da atmosfera em que a concentração de ozônio era
significativamente menor do que em outras regiões do planeta.
Assinale a alternativa que relaciona, correta e respectivamente, os
gases com efeito estufa, chuva ácida e destruição da camada de
ozônio.
(A) Gás carbônico; dióxido de enxofre e oxigênio.
(B) Gás carbônico; dióxido de enxofre e clorofluorcarbono.
(C) Gás carbônico; oxigênio e dióxido de enxofre.
(D) Clorofluorcarbono; ozônio e oxigênio.
(E) Oxigênio; clorofluorcarbono e gás carbônico.
5. Considere os processos enumerados a seguir:
I. fotossíntese;
II. respiração;
III. decomposição;
IV. queima de combustíveis fósseis;
V. desmatamento.
Se os processos discriminados forem relacionados ao efeito estufa,
é possível afirmar que:
(A) I e II contribuem para reduzi-lo.
(B) II e III contribuem para reduzi-lo.
(C) III e IV contribuem para aumentá-lo.
(D) I e IV contribuem para aumentá-lo.
(E) II, IV e V contribuem para reduzi-lo.
6. Cientistas americanos anunciaram que o degelo no
Oceano Ártico é o maior já registrado desde que o
monitoramento da região por satélite começou, há mais
de 30 anos. Imagens produzidas por satélites mostram
que a cobertura de gelo no verão tem ficado 13% menor
que o normal a cada década.(Veja, 28.08 2012. Adaptado)
É possível responsabilizar a ação humana como uma das
causas para o degelo apresentado na notícia, como, por
exemplo,
(A) o excesso das queimadas.
(B) o uso de detergentes biodegradáveis.
(C) o uso de veículos elétricos.
(D) a redução da queima de combustíveis fósseis.
7. O desmatamento representado no esquema é uma questão ambiental
de extrema gravidade e tem sido apontado como irreversível em
diversas regiões do planeta.
A situação representada resulta em
(A) aumento da precipitação devido ao desequilíbrio ecológico.
(B) aumento da população de insetos polinizadores das plantas.
(C) diminuição da absorção de gás carbônico pelas plantas.
(D) surgimento de áreas desérticas devido ao aumento da transpiração.
8. As usinas hidrelétricas têm algumas vantagens em relação a outras
fontes de energia mais poluidoras. Mas, ainda assim, a construção de
hidrelétricas provoca impactos ambientais negativos, e é por isso que
um cidadão ecoprático deve contribuir para economizar energia elétrica,
seja qual for sua fonte.
Dentre os principais impactos ambientais negativos, provocados pelas
hidrelétricas, é válido assinalar
(A) a grande queima de combustíveis e consequente poluição do ar.
(B) a geração de poluição por cloro nas águas ribeirinhas próximas às
represas.
(C) a extinção de peixes pelo aquecimento das águas represadas pelas
turbinas.
(D) a perda de energia na transmissão por fios e aumento do aquecimento
global.
(E) a inundação de áreas anteriormente habitadas e com vida animal e
vegetal abundante.
9. A camada de gelo que cobre a região ártica, cujas imagens encontram-se
representadas a seguir, diminuiu entre os invernos de 2004 e 2008. A
informação foi obtida a partir das últimas imagens feitas pelos satélites
da Nasa. “Esta é mais uma prova da rápida transformação que está
ocorrendo na camada de gelo que cobre o Ártico”, diz o Laboratório de
Propulsão a Jato da Nasa. Segundo estudos científicos, essa
transformação foi causada pelo aumento das temperaturas atmosféricas
no mundo todo cujos resultados são evidentes, também, nas geleiras da
Groenlândia e da Antártida.
A situação descrita pode estar relacionada com a seguinte ação realizada
por meio de atividade humana:
(A) aumento das áreas agriculturáveis por meio de irrigação em regiões
originalmente desérticas.
(B) eliminação de dejetos domésticos e industriais nos rios que cortam os
ambientes urbanos.
(C) modificação do ciclo da água por meio de construções de barragens e
impermeabilização do solo.
(D) falta de controle adequado da emissão dos gases provenientes da queima
de combustíveis fósseis.
10. Observe a tabela a seguir em que estão representados os tempos
de decomposição de alguns materiais.
Considerando a relação entre o tempo de decomposição e o tipo de
material, a maior vantagem para o meio ambiente seria a
reciclagem
(A) do papel e da madeira.
(B) dos metais e do vidro.
(C) do papel, somente.
(D) do vidro, somente.
11. Em uma pesquisa feita em um aterro, verificou-se a presença dos
seguintes resíduos e respectivas porcentagens, representados na
tabela a seguir.
Sabendo-se que junto a esse aterro funciona uma usina de
compostagem, o total de resíduos, em porcentagem, que poderia
ser utilizado nessa usina é
(A) 20.
(B) 47.
(C) 53.
(D) 68.
12.Assinale a alternativa que apresenta a resposta
correta sobre ações relacionadas ao meio
ambiente.

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Misturas homogêneas e Heterogeneas
Misturas homogêneas e HeterogeneasMisturas homogêneas e Heterogeneas
Misturas homogêneas e Heterogeneas
URCA
 
Exercícios extras 9ano densidade
Exercícios extras 9ano densidadeExercícios extras 9ano densidade
Exercícios extras 9ano densidade
Professora Raquel
 
Reações Químicas
Reações QuímicasReações Químicas
Reações Químicas
Polo UAB de Alagoinhas
 
Plano de aula 1º bimestre biologia - 1º ano matutino - 2022
Plano de aula 1º bimestre   biologia - 1º ano matutino - 2022Plano de aula 1º bimestre   biologia - 1º ano matutino - 2022
Plano de aula 1º bimestre biologia - 1º ano matutino - 2022
dibugiu
 
Exercicios cadeia-alimentar-2
Exercicios cadeia-alimentar-2Exercicios cadeia-alimentar-2
Exercicios cadeia-alimentar-2
Atividades Diversas Cláudia
 
Maquinas simples
Maquinas simplesMaquinas simples
Maquinas simples
Elisabete Trentin
 
Planejamento de ciências 6º ano
Planejamento de ciências 6º anoPlanejamento de ciências 6º ano
Planejamento de ciências 6º ano
Agenario Silva
 
Exercícios de química - 9º ano
Exercícios de química - 9º anoExercícios de química - 9º ano
Exercícios de química - 9º ano
V
 
Lista de exercícios 02 2014
Lista de exercícios 02   2014Lista de exercícios 02   2014
Lista de exercícios 02 2014
professoraludmila
 
Atividades sobre sustentabilidade
Atividades sobre sustentabilidadeAtividades sobre sustentabilidade
Atividades sobre sustentabilidade
Giselda morais rodrigues do
 
5 serie aula 01 - gabarito(2)17112011105513
5 serie   aula 01 - gabarito(2)171120111055135 serie   aula 01 - gabarito(2)17112011105513
5 serie aula 01 - gabarito(2)17112011105513
Secretaría de Educación Pública
 
Lista de Exercícios_9ºano_2º bimestre.pdf
Lista de Exercícios_9ºano_2º bimestre.pdfLista de Exercícios_9ºano_2º bimestre.pdf
Lista de Exercícios_9ºano_2º bimestre.pdf
Gabriela Almas
 
Quiz ambiental / Questões
Quiz ambiental / QuestõesQuiz ambiental / Questões
Quiz ambiental / Questões
Glauber Eduardo Aragon Pereira
 
Atividades de fixaçao sobre protozoarios porifero e cnidários
Atividades de fixaçao sobre protozoarios porifero e cnidáriosAtividades de fixaçao sobre protozoarios porifero e cnidários
Atividades de fixaçao sobre protozoarios porifero e cnidários
Eleonora Centena
 
Eletrização
EletrizaçãoEletrização
Eletrização
Vlamir Gama Rocha
 
Atividade de celula
Atividade de celulaAtividade de celula
Atividade de celula
maricel loch
 
Exercicios Fontes de Energia - 5º ano E.F
Exercicios Fontes de Energia - 5º ano E.FExercicios Fontes de Energia - 5º ano E.F
Exercicios Fontes de Energia - 5º ano E.F
Shaieny Leite
 
Atividades aquecimento global e efeito estufa (2)
Atividades aquecimento global e efeito estufa (2)Atividades aquecimento global e efeito estufa (2)
Atividades aquecimento global e efeito estufa (2)
Atividades Diversas Cláudia
 
Atividade impactos ambientais
Atividade impactos ambientaisAtividade impactos ambientais
Atividade impactos ambientais
Adriana Gotschalg
 
Atividade sobre o filme helen brockovick uma mulher de talento
Atividade  sobre o filme helen brockovick uma mulher de talentoAtividade  sobre o filme helen brockovick uma mulher de talento
Atividade sobre o filme helen brockovick uma mulher de talento
Wesclay Oliveira
 

Mais procurados (20)

Misturas homogêneas e Heterogeneas
Misturas homogêneas e HeterogeneasMisturas homogêneas e Heterogeneas
Misturas homogêneas e Heterogeneas
 
Exercícios extras 9ano densidade
Exercícios extras 9ano densidadeExercícios extras 9ano densidade
Exercícios extras 9ano densidade
 
Reações Químicas
Reações QuímicasReações Químicas
Reações Químicas
 
Plano de aula 1º bimestre biologia - 1º ano matutino - 2022
Plano de aula 1º bimestre   biologia - 1º ano matutino - 2022Plano de aula 1º bimestre   biologia - 1º ano matutino - 2022
Plano de aula 1º bimestre biologia - 1º ano matutino - 2022
 
Exercicios cadeia-alimentar-2
Exercicios cadeia-alimentar-2Exercicios cadeia-alimentar-2
Exercicios cadeia-alimentar-2
 
Maquinas simples
Maquinas simplesMaquinas simples
Maquinas simples
 
Planejamento de ciências 6º ano
Planejamento de ciências 6º anoPlanejamento de ciências 6º ano
Planejamento de ciências 6º ano
 
Exercícios de química - 9º ano
Exercícios de química - 9º anoExercícios de química - 9º ano
Exercícios de química - 9º ano
 
Lista de exercícios 02 2014
Lista de exercícios 02   2014Lista de exercícios 02   2014
Lista de exercícios 02 2014
 
Atividades sobre sustentabilidade
Atividades sobre sustentabilidadeAtividades sobre sustentabilidade
Atividades sobre sustentabilidade
 
5 serie aula 01 - gabarito(2)17112011105513
5 serie   aula 01 - gabarito(2)171120111055135 serie   aula 01 - gabarito(2)17112011105513
5 serie aula 01 - gabarito(2)17112011105513
 
Lista de Exercícios_9ºano_2º bimestre.pdf
Lista de Exercícios_9ºano_2º bimestre.pdfLista de Exercícios_9ºano_2º bimestre.pdf
Lista de Exercícios_9ºano_2º bimestre.pdf
 
Quiz ambiental / Questões
Quiz ambiental / QuestõesQuiz ambiental / Questões
Quiz ambiental / Questões
 
Atividades de fixaçao sobre protozoarios porifero e cnidários
Atividades de fixaçao sobre protozoarios porifero e cnidáriosAtividades de fixaçao sobre protozoarios porifero e cnidários
Atividades de fixaçao sobre protozoarios porifero e cnidários
 
Eletrização
EletrizaçãoEletrização
Eletrização
 
Atividade de celula
Atividade de celulaAtividade de celula
Atividade de celula
 
Exercicios Fontes de Energia - 5º ano E.F
Exercicios Fontes de Energia - 5º ano E.FExercicios Fontes de Energia - 5º ano E.F
Exercicios Fontes de Energia - 5º ano E.F
 
Atividades aquecimento global e efeito estufa (2)
Atividades aquecimento global e efeito estufa (2)Atividades aquecimento global e efeito estufa (2)
Atividades aquecimento global e efeito estufa (2)
 
Atividade impactos ambientais
Atividade impactos ambientaisAtividade impactos ambientais
Atividade impactos ambientais
 
Atividade sobre o filme helen brockovick uma mulher de talento
Atividade  sobre o filme helen brockovick uma mulher de talentoAtividade  sobre o filme helen brockovick uma mulher de talento
Atividade sobre o filme helen brockovick uma mulher de talento
 

Semelhante a Exercícios de Impactos Ambientais

Problemas ambientais resolucao
Problemas ambientais resolucaoProblemas ambientais resolucao
Problemas ambientais resolucao
Fran Mendes
 
C iclo c carbono
C iclo c carbonoC iclo c carbono
C iclo c carbono
ADÃO Graciano
 
Os problemas ambientais
Os problemas ambientaisOs problemas ambientais
Os problemas ambientais
Carmem Bueno
 
AULA 08.08.2020 Apresentacao aula 2_-_ciencias_humanas_-_problemas_ambientais...
AULA 08.08.2020 Apresentacao aula 2_-_ciencias_humanas_-_problemas_ambientais...AULA 08.08.2020 Apresentacao aula 2_-_ciencias_humanas_-_problemas_ambientais...
AULA 08.08.2020 Apresentacao aula 2_-_ciencias_humanas_-_problemas_ambientais...
Vem cá Prô Claudia Marques
 
Lista de exercícios Impactos Ambientais
Lista de exercícios Impactos Ambientais Lista de exercícios Impactos Ambientais
Lista de exercícios Impactos Ambientais
Carlos Priante
 
Meio ambiente
Meio ambienteMeio ambiente
Meio ambiente
Alexandre Gangorra
 
Questões ambientais globais
Questões ambientais globaisQuestões ambientais globais
Questões ambientais globais
Edenilson Morais
 
CN8_Teste_Unidade4_correc.pdf
CN8_Teste_Unidade4_correc.pdfCN8_Teste_Unidade4_correc.pdf
CN8_Teste_Unidade4_correc.pdf
IvoneSilva83
 
Exercicios agua aula1
Exercicios agua aula1Exercicios agua aula1
Exercicios agua aula1
Ademir Aquino
 
C iclo c
C iclo cC iclo c
C iclo c
ADÃO Graciano
 
Problemas ambientais e o meio urbano
Problemas ambientais e o meio urbanoProblemas ambientais e o meio urbano
Problemas ambientais e o meio urbano
Priscla Silva
 
Apostila aquecimento global1
Apostila  aquecimento global1Apostila  aquecimento global1
Apostila aquecimento global1
Colégio Certo - Rio Tinto/PB
 
CN8_Teste_Unidade4.pdf
CN8_Teste_Unidade4.pdfCN8_Teste_Unidade4.pdf
CN8_Teste_Unidade4.pdf
IvoneSilva83
 
Os ciclos biogeoquímicos
Os ciclos biogeoquímicosOs ciclos biogeoquímicos
Os ciclos biogeoquímicos
Evelyn Fernandes
 
Aulão prevupe geografia.
Aulão prevupe   geografia.Aulão prevupe   geografia.
Aulão prevupe geografia.
Ajudar Pessoas
 
SIMULADOENEM1DIA.pdf
SIMULADOENEM1DIA.pdfSIMULADOENEM1DIA.pdf
SIMULADOENEM1DIA.pdf
Valdimiro Cardoso
 
Simuladoenem1 dia
Simuladoenem1 diaSimuladoenem1 dia
Simuladoenem1 dia
RobertoFilho72
 
ciências_8ºano_slides aula 17.pptx
ciências_8ºano_slides aula 17.pptxciências_8ºano_slides aula 17.pptx
ciências_8ºano_slides aula 17.pptx
JosAlessandroRadiciC1
 
4 efeito estufa e aquecimento global
4   efeito estufa e aquecimento global4   efeito estufa e aquecimento global
4 efeito estufa e aquecimento global
elydef
 
Créditos de carbono
Créditos de carbonoCréditos de carbono
Créditos de carbono
Cesar Abreu
 

Semelhante a Exercícios de Impactos Ambientais (20)

Problemas ambientais resolucao
Problemas ambientais resolucaoProblemas ambientais resolucao
Problemas ambientais resolucao
 
C iclo c carbono
C iclo c carbonoC iclo c carbono
C iclo c carbono
 
Os problemas ambientais
Os problemas ambientaisOs problemas ambientais
Os problemas ambientais
 
AULA 08.08.2020 Apresentacao aula 2_-_ciencias_humanas_-_problemas_ambientais...
AULA 08.08.2020 Apresentacao aula 2_-_ciencias_humanas_-_problemas_ambientais...AULA 08.08.2020 Apresentacao aula 2_-_ciencias_humanas_-_problemas_ambientais...
AULA 08.08.2020 Apresentacao aula 2_-_ciencias_humanas_-_problemas_ambientais...
 
Lista de exercícios Impactos Ambientais
Lista de exercícios Impactos Ambientais Lista de exercícios Impactos Ambientais
Lista de exercícios Impactos Ambientais
 
Meio ambiente
Meio ambienteMeio ambiente
Meio ambiente
 
Questões ambientais globais
Questões ambientais globaisQuestões ambientais globais
Questões ambientais globais
 
CN8_Teste_Unidade4_correc.pdf
CN8_Teste_Unidade4_correc.pdfCN8_Teste_Unidade4_correc.pdf
CN8_Teste_Unidade4_correc.pdf
 
Exercicios agua aula1
Exercicios agua aula1Exercicios agua aula1
Exercicios agua aula1
 
C iclo c
C iclo cC iclo c
C iclo c
 
Problemas ambientais e o meio urbano
Problemas ambientais e o meio urbanoProblemas ambientais e o meio urbano
Problemas ambientais e o meio urbano
 
Apostila aquecimento global1
Apostila  aquecimento global1Apostila  aquecimento global1
Apostila aquecimento global1
 
CN8_Teste_Unidade4.pdf
CN8_Teste_Unidade4.pdfCN8_Teste_Unidade4.pdf
CN8_Teste_Unidade4.pdf
 
Os ciclos biogeoquímicos
Os ciclos biogeoquímicosOs ciclos biogeoquímicos
Os ciclos biogeoquímicos
 
Aulão prevupe geografia.
Aulão prevupe   geografia.Aulão prevupe   geografia.
Aulão prevupe geografia.
 
SIMULADOENEM1DIA.pdf
SIMULADOENEM1DIA.pdfSIMULADOENEM1DIA.pdf
SIMULADOENEM1DIA.pdf
 
Simuladoenem1 dia
Simuladoenem1 diaSimuladoenem1 dia
Simuladoenem1 dia
 
ciências_8ºano_slides aula 17.pptx
ciências_8ºano_slides aula 17.pptxciências_8ºano_slides aula 17.pptx
ciências_8ºano_slides aula 17.pptx
 
4 efeito estufa e aquecimento global
4   efeito estufa e aquecimento global4   efeito estufa e aquecimento global
4 efeito estufa e aquecimento global
 
Créditos de carbono
Créditos de carbonoCréditos de carbono
Créditos de carbono
 

Mais de Carlos Priante

Botânica- resumo
Botânica- resumoBotânica- resumo
Botânica- resumo
Carlos Priante
 
Zoologia dos vertebrados-resumo
Zoologia dos vertebrados-resumoZoologia dos vertebrados-resumo
Zoologia dos vertebrados-resumo
Carlos Priante
 
Zoologia dos invertebrados-resumo
Zoologia dos invertebrados-resumoZoologia dos invertebrados-resumo
Zoologia dos invertebrados-resumo
Carlos Priante
 
Noções de Astronomia
Noções de AstronomiaNoções de Astronomia
Noções de Astronomia
Carlos Priante
 
Lista de exercícios I Modelos Atômicos
Lista de exercícios I Modelos AtômicosLista de exercícios I Modelos Atômicos
Lista de exercícios I Modelos Atômicos
Carlos Priante
 
Correção Química ENEM 2014
Correção Química ENEM 2014Correção Química ENEM 2014
Correção Química ENEM 2014
Carlos Priante
 
Correção Biologia ENEM 2014
Correção Biologia ENEM 2014Correção Biologia ENEM 2014
Correção Biologia ENEM 2014
Carlos Priante
 
Correção Unesp 2 fase inverno 2015
Correção Unesp 2 fase inverno 2015Correção Unesp 2 fase inverno 2015
Correção Unesp 2 fase inverno 2015
Carlos Priante
 
Correção Unesp 1 fase inverno 2015
Correção Unesp 1 fase inverno 2015Correção Unesp 1 fase inverno 2015
Correção Unesp 1 fase inverno 2015
Carlos Priante
 
Energia: transformação e conservação
Energia: transformação e conservaçãoEnergia: transformação e conservação
Energia: transformação e conservação
Carlos Priante
 
Revisão puc inverno2015
Revisão puc inverno2015Revisão puc inverno2015
Revisão puc inverno2015
Carlos Priante
 
Teorias da Origem da vida e Evolução das espécies
Teorias da Origem da vida e Evolução das espéciesTeorias da Origem da vida e Evolução das espécies
Teorias da Origem da vida e Evolução das espécies
Carlos Priante
 
Reações Orgânicas
Reações OrgânicasReações Orgânicas
Reações Orgânicas
Carlos Priante
 
Lista de exercícios isomeria
Lista de exercícios isomeria Lista de exercícios isomeria
Lista de exercícios isomeria
Carlos Priante
 
Isomeria- Química Orgânica
Isomeria- Química OrgânicaIsomeria- Química Orgânica
Isomeria- Química Orgânica
Carlos Priante
 
Sucessão Ecológica
Sucessão EcológicaSucessão Ecológica
Sucessão Ecológica
Carlos Priante
 
Funções Orgânicas
Funções OrgânicasFunções Orgânicas
Funções Orgânicas
Carlos Priante
 
Mapas conceituais de Ciências
Mapas conceituais de CiênciasMapas conceituais de Ciências
Mapas conceituais de Ciências
Carlos Priante
 
Química Orgânica- Nomenclatura e Hidrocarbonetos
Química Orgânica- Nomenclatura e Hidrocarbonetos Química Orgânica- Nomenclatura e Hidrocarbonetos
Química Orgânica- Nomenclatura e Hidrocarbonetos
Carlos Priante
 
Lista de exercícios X Hidrocarbonetos
Lista de exercícios X HidrocarbonetosLista de exercícios X Hidrocarbonetos
Lista de exercícios X Hidrocarbonetos
Carlos Priante
 

Mais de Carlos Priante (20)

Botânica- resumo
Botânica- resumoBotânica- resumo
Botânica- resumo
 
Zoologia dos vertebrados-resumo
Zoologia dos vertebrados-resumoZoologia dos vertebrados-resumo
Zoologia dos vertebrados-resumo
 
Zoologia dos invertebrados-resumo
Zoologia dos invertebrados-resumoZoologia dos invertebrados-resumo
Zoologia dos invertebrados-resumo
 
Noções de Astronomia
Noções de AstronomiaNoções de Astronomia
Noções de Astronomia
 
Lista de exercícios I Modelos Atômicos
Lista de exercícios I Modelos AtômicosLista de exercícios I Modelos Atômicos
Lista de exercícios I Modelos Atômicos
 
Correção Química ENEM 2014
Correção Química ENEM 2014Correção Química ENEM 2014
Correção Química ENEM 2014
 
Correção Biologia ENEM 2014
Correção Biologia ENEM 2014Correção Biologia ENEM 2014
Correção Biologia ENEM 2014
 
Correção Unesp 2 fase inverno 2015
Correção Unesp 2 fase inverno 2015Correção Unesp 2 fase inverno 2015
Correção Unesp 2 fase inverno 2015
 
Correção Unesp 1 fase inverno 2015
Correção Unesp 1 fase inverno 2015Correção Unesp 1 fase inverno 2015
Correção Unesp 1 fase inverno 2015
 
Energia: transformação e conservação
Energia: transformação e conservaçãoEnergia: transformação e conservação
Energia: transformação e conservação
 
Revisão puc inverno2015
Revisão puc inverno2015Revisão puc inverno2015
Revisão puc inverno2015
 
Teorias da Origem da vida e Evolução das espécies
Teorias da Origem da vida e Evolução das espéciesTeorias da Origem da vida e Evolução das espécies
Teorias da Origem da vida e Evolução das espécies
 
Reações Orgânicas
Reações OrgânicasReações Orgânicas
Reações Orgânicas
 
Lista de exercícios isomeria
Lista de exercícios isomeria Lista de exercícios isomeria
Lista de exercícios isomeria
 
Isomeria- Química Orgânica
Isomeria- Química OrgânicaIsomeria- Química Orgânica
Isomeria- Química Orgânica
 
Sucessão Ecológica
Sucessão EcológicaSucessão Ecológica
Sucessão Ecológica
 
Funções Orgânicas
Funções OrgânicasFunções Orgânicas
Funções Orgânicas
 
Mapas conceituais de Ciências
Mapas conceituais de CiênciasMapas conceituais de Ciências
Mapas conceituais de Ciências
 
Química Orgânica- Nomenclatura e Hidrocarbonetos
Química Orgânica- Nomenclatura e Hidrocarbonetos Química Orgânica- Nomenclatura e Hidrocarbonetos
Química Orgânica- Nomenclatura e Hidrocarbonetos
 
Lista de exercícios X Hidrocarbonetos
Lista de exercícios X HidrocarbonetosLista de exercícios X Hidrocarbonetos
Lista de exercícios X Hidrocarbonetos
 

Último

Potenciação e Radiciação de Números Racionais
Potenciação e Radiciação de Números RacionaisPotenciação e Radiciação de Números Racionais
Potenciação e Radiciação de Números Racionais
wagnermorais28
 
Aula 2 - Revisando o significado de fração - Parte 2.pptx
Aula 2 - Revisando o significado de fração - Parte 2.pptxAula 2 - Revisando o significado de fração - Parte 2.pptx
Aula 2 - Revisando o significado de fração - Parte 2.pptx
LILIANPRESTESSCUDELE
 
000. Para rezar o terço - Junho - mês do Sagrado Coração de Jesús.pdf
000. Para rezar o terço - Junho - mês do Sagrado Coração de Jesús.pdf000. Para rezar o terço - Junho - mês do Sagrado Coração de Jesús.pdf
000. Para rezar o terço - Junho - mês do Sagrado Coração de Jesús.pdf
YeniferGarcia36
 
1ª LEI DE OHN, CARACTERISTICAS IMPORTANTES.
1ª LEI DE OHN, CARACTERISTICAS IMPORTANTES.1ª LEI DE OHN, CARACTERISTICAS IMPORTANTES.
1ª LEI DE OHN, CARACTERISTICAS IMPORTANTES.
LeticiaRochaCupaiol
 
Educação trabalho HQ em sala de aula uma excelente ideia
Educação  trabalho HQ em sala de aula uma excelente  ideiaEducação  trabalho HQ em sala de aula uma excelente  ideia
Educação trabalho HQ em sala de aula uma excelente ideia
joseanesouza36
 
Slides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptxSlides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
Livro: Pedagogia do Oprimido - Paulo Freire
Livro: Pedagogia do Oprimido - Paulo FreireLivro: Pedagogia do Oprimido - Paulo Freire
Livro: Pedagogia do Oprimido - Paulo Freire
WelberMerlinCardoso
 
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdfUFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
Manuais Formação
 
Treinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptx
Treinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptxTreinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptx
Treinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptx
MarcosPaulo777883
 
UFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdf
UFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdfUFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdf
UFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdf
Manuais Formação
 
759-fortaleza-resultado-definitivo-prova-objetiva-2024-05-28.pdf
759-fortaleza-resultado-definitivo-prova-objetiva-2024-05-28.pdf759-fortaleza-resultado-definitivo-prova-objetiva-2024-05-28.pdf
759-fortaleza-resultado-definitivo-prova-objetiva-2024-05-28.pdf
MessiasMarianoG
 
OS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdf
OS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdfOS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdf
OS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdf
AmiltonAparecido1
 
347018542-PAULINA-CHIZIANE-Balada-de-Amor-ao-Vento-pdf.pdf
347018542-PAULINA-CHIZIANE-Balada-de-Amor-ao-Vento-pdf.pdf347018542-PAULINA-CHIZIANE-Balada-de-Amor-ao-Vento-pdf.pdf
347018542-PAULINA-CHIZIANE-Balada-de-Amor-ao-Vento-pdf.pdf
AntnioManuelAgdoma
 
Pintura Romana .pptx
Pintura Romana                     .pptxPintura Romana                     .pptx
Pintura Romana .pptx
TomasSousa7
 
A QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdf
A QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdfA QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdf
A QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdf
AurelianoFerreirades2
 
Fernão Lopes. pptx
Fernão Lopes.                       pptxFernão Lopes.                       pptx
Fernão Lopes. pptx
TomasSousa7
 
GÊNERO TEXTUAL - POEMA.pptx
GÊNERO      TEXTUAL     -     POEMA.pptxGÊNERO      TEXTUAL     -     POEMA.pptx
GÊNERO TEXTUAL - POEMA.pptx
Marlene Cunhada
 
Rimas, Luís Vaz de Camões. pptx
Rimas, Luís Vaz de Camões.          pptxRimas, Luís Vaz de Camões.          pptx
Rimas, Luís Vaz de Camões. pptx
TomasSousa7
 
Introdução à Sociologia: caça-palavras na escola
Introdução à Sociologia: caça-palavras na escolaIntrodução à Sociologia: caça-palavras na escola
Introdução à Sociologia: caça-palavras na escola
Professor Belinaso
 
PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptxPP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 

Último (20)

Potenciação e Radiciação de Números Racionais
Potenciação e Radiciação de Números RacionaisPotenciação e Radiciação de Números Racionais
Potenciação e Radiciação de Números Racionais
 
Aula 2 - Revisando o significado de fração - Parte 2.pptx
Aula 2 - Revisando o significado de fração - Parte 2.pptxAula 2 - Revisando o significado de fração - Parte 2.pptx
Aula 2 - Revisando o significado de fração - Parte 2.pptx
 
000. Para rezar o terço - Junho - mês do Sagrado Coração de Jesús.pdf
000. Para rezar o terço - Junho - mês do Sagrado Coração de Jesús.pdf000. Para rezar o terço - Junho - mês do Sagrado Coração de Jesús.pdf
000. Para rezar o terço - Junho - mês do Sagrado Coração de Jesús.pdf
 
1ª LEI DE OHN, CARACTERISTICAS IMPORTANTES.
1ª LEI DE OHN, CARACTERISTICAS IMPORTANTES.1ª LEI DE OHN, CARACTERISTICAS IMPORTANTES.
1ª LEI DE OHN, CARACTERISTICAS IMPORTANTES.
 
Educação trabalho HQ em sala de aula uma excelente ideia
Educação  trabalho HQ em sala de aula uma excelente  ideiaEducação  trabalho HQ em sala de aula uma excelente  ideia
Educação trabalho HQ em sala de aula uma excelente ideia
 
Slides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptxSlides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptx
 
Livro: Pedagogia do Oprimido - Paulo Freire
Livro: Pedagogia do Oprimido - Paulo FreireLivro: Pedagogia do Oprimido - Paulo Freire
Livro: Pedagogia do Oprimido - Paulo Freire
 
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdfUFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
 
Treinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptx
Treinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptxTreinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptx
Treinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptx
 
UFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdf
UFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdfUFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdf
UFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdf
 
759-fortaleza-resultado-definitivo-prova-objetiva-2024-05-28.pdf
759-fortaleza-resultado-definitivo-prova-objetiva-2024-05-28.pdf759-fortaleza-resultado-definitivo-prova-objetiva-2024-05-28.pdf
759-fortaleza-resultado-definitivo-prova-objetiva-2024-05-28.pdf
 
OS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdf
OS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdfOS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdf
OS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdf
 
347018542-PAULINA-CHIZIANE-Balada-de-Amor-ao-Vento-pdf.pdf
347018542-PAULINA-CHIZIANE-Balada-de-Amor-ao-Vento-pdf.pdf347018542-PAULINA-CHIZIANE-Balada-de-Amor-ao-Vento-pdf.pdf
347018542-PAULINA-CHIZIANE-Balada-de-Amor-ao-Vento-pdf.pdf
 
Pintura Romana .pptx
Pintura Romana                     .pptxPintura Romana                     .pptx
Pintura Romana .pptx
 
A QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdf
A QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdfA QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdf
A QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdf
 
Fernão Lopes. pptx
Fernão Lopes.                       pptxFernão Lopes.                       pptx
Fernão Lopes. pptx
 
GÊNERO TEXTUAL - POEMA.pptx
GÊNERO      TEXTUAL     -     POEMA.pptxGÊNERO      TEXTUAL     -     POEMA.pptx
GÊNERO TEXTUAL - POEMA.pptx
 
Rimas, Luís Vaz de Camões. pptx
Rimas, Luís Vaz de Camões.          pptxRimas, Luís Vaz de Camões.          pptx
Rimas, Luís Vaz de Camões. pptx
 
Introdução à Sociologia: caça-palavras na escola
Introdução à Sociologia: caça-palavras na escolaIntrodução à Sociologia: caça-palavras na escola
Introdução à Sociologia: caça-palavras na escola
 
PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptxPP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
 

Exercícios de Impactos Ambientais

  • 2. 1. Desenvolvimento sustentável pode ser definido como aquele (A) que permite suprir todas as necessidades da sociedade atual, como saneamento, educação, trabalho e renda. (B) capaz de suprir as necessidades da geração atual, sem comprometer o atendimento da geração futura. (C) que possibilita a plena exploração das potencialidades dos recursos naturais e minerais da Terra. (D) que contribui para a expansão da população humana, permitindo a ocupação integral do planeta.
  • 3. 2. Na tentativa de chegar ao desenvolvimento sustentável (DS), a Educação Ambiental é uma parte vital e indispensável, pois é a maneira mais direta e funcional de se atingir pelo menos uma de suas metas: (A) o uso das riquezas do ambiente regional. (B) o esgotamento dos recursos minerais. (C) a industrialização e a ocupação dos ambientes. (D) a participação da população.
  • 4. 3. O desenvolvimento atual, apesar de trazer melhorias à população, resultou em inúmeros desequilíbrios ambientais. A partir de tais problemas, pensou-se em maneiras de produzir o desenvolvimento sem que o ambiente seja degradado. Essa forma de ação, denominada desenvolvimento sustentável, atua por meio de alguns aspectos, como os destacados na tabela a seguir. Quadro no próximo Slide Considerando-se que a soma de todos os valores numéricos, relacionados corretamente aos Aspectos do Desenvolvimento Sustentável e respectivas Justificativas, é igual a 13, as parcelas corretas dessa soma serão, apenas, os seguintes valores numéricos: (A) 1, 2, 4 e 6. (B) 1, 3, 4 e 5. (C) 2, 5 e 6. (D) 3, 4 e 6.
  • 5.
  • 6. 4. A interferência do ser humano tem provocado alterações na atmosfera. Chamamos de aquecimento global o aumento da temperatura que vem ocorrendo durante os últimos cem anos. Este fenômeno está diretamente relacionado ao efeito estufa. Outra consequência da poluição atmosférica nas áreas industrializadas é a ocorrência de chuvas ácidas resultantes da combinação de poluentes, vapor d’água e oxigênio. Há alguns anos se descobriu, sobre a Antártica, uma região da atmosfera em que a concentração de ozônio era significativamente menor do que em outras regiões do planeta. Assinale a alternativa que relaciona, correta e respectivamente, os gases com efeito estufa, chuva ácida e destruição da camada de ozônio. (A) Gás carbônico; dióxido de enxofre e oxigênio. (B) Gás carbônico; dióxido de enxofre e clorofluorcarbono. (C) Gás carbônico; oxigênio e dióxido de enxofre. (D) Clorofluorcarbono; ozônio e oxigênio. (E) Oxigênio; clorofluorcarbono e gás carbônico.
  • 7. 5. Considere os processos enumerados a seguir: I. fotossíntese; II. respiração; III. decomposição; IV. queima de combustíveis fósseis; V. desmatamento. Se os processos discriminados forem relacionados ao efeito estufa, é possível afirmar que: (A) I e II contribuem para reduzi-lo. (B) II e III contribuem para reduzi-lo. (C) III e IV contribuem para aumentá-lo. (D) I e IV contribuem para aumentá-lo. (E) II, IV e V contribuem para reduzi-lo.
  • 8. 6. Cientistas americanos anunciaram que o degelo no Oceano Ártico é o maior já registrado desde que o monitoramento da região por satélite começou, há mais de 30 anos. Imagens produzidas por satélites mostram que a cobertura de gelo no verão tem ficado 13% menor que o normal a cada década.(Veja, 28.08 2012. Adaptado) É possível responsabilizar a ação humana como uma das causas para o degelo apresentado na notícia, como, por exemplo, (A) o excesso das queimadas. (B) o uso de detergentes biodegradáveis. (C) o uso de veículos elétricos. (D) a redução da queima de combustíveis fósseis.
  • 9. 7. O desmatamento representado no esquema é uma questão ambiental de extrema gravidade e tem sido apontado como irreversível em diversas regiões do planeta. A situação representada resulta em (A) aumento da precipitação devido ao desequilíbrio ecológico. (B) aumento da população de insetos polinizadores das plantas. (C) diminuição da absorção de gás carbônico pelas plantas. (D) surgimento de áreas desérticas devido ao aumento da transpiração.
  • 10. 8. As usinas hidrelétricas têm algumas vantagens em relação a outras fontes de energia mais poluidoras. Mas, ainda assim, a construção de hidrelétricas provoca impactos ambientais negativos, e é por isso que um cidadão ecoprático deve contribuir para economizar energia elétrica, seja qual for sua fonte. Dentre os principais impactos ambientais negativos, provocados pelas hidrelétricas, é válido assinalar (A) a grande queima de combustíveis e consequente poluição do ar. (B) a geração de poluição por cloro nas águas ribeirinhas próximas às represas. (C) a extinção de peixes pelo aquecimento das águas represadas pelas turbinas. (D) a perda de energia na transmissão por fios e aumento do aquecimento global. (E) a inundação de áreas anteriormente habitadas e com vida animal e vegetal abundante.
  • 11. 9. A camada de gelo que cobre a região ártica, cujas imagens encontram-se representadas a seguir, diminuiu entre os invernos de 2004 e 2008. A informação foi obtida a partir das últimas imagens feitas pelos satélites da Nasa. “Esta é mais uma prova da rápida transformação que está ocorrendo na camada de gelo que cobre o Ártico”, diz o Laboratório de Propulsão a Jato da Nasa. Segundo estudos científicos, essa transformação foi causada pelo aumento das temperaturas atmosféricas no mundo todo cujos resultados são evidentes, também, nas geleiras da Groenlândia e da Antártida. A situação descrita pode estar relacionada com a seguinte ação realizada por meio de atividade humana: (A) aumento das áreas agriculturáveis por meio de irrigação em regiões originalmente desérticas. (B) eliminação de dejetos domésticos e industriais nos rios que cortam os ambientes urbanos. (C) modificação do ciclo da água por meio de construções de barragens e impermeabilização do solo. (D) falta de controle adequado da emissão dos gases provenientes da queima de combustíveis fósseis.
  • 12. 10. Observe a tabela a seguir em que estão representados os tempos de decomposição de alguns materiais. Considerando a relação entre o tempo de decomposição e o tipo de material, a maior vantagem para o meio ambiente seria a reciclagem (A) do papel e da madeira. (B) dos metais e do vidro. (C) do papel, somente. (D) do vidro, somente.
  • 13. 11. Em uma pesquisa feita em um aterro, verificou-se a presença dos seguintes resíduos e respectivas porcentagens, representados na tabela a seguir. Sabendo-se que junto a esse aterro funciona uma usina de compostagem, o total de resíduos, em porcentagem, que poderia ser utilizado nessa usina é (A) 20. (B) 47. (C) 53. (D) 68.
  • 14. 12.Assinale a alternativa que apresenta a resposta correta sobre ações relacionadas ao meio ambiente.