SlideShare uma empresa Scribd logo
Cultura Africana e suas influências no Brasil
Cultura Africana e suas influências no Brasil
Introdução
 A culturaafricana deve ser observada sempre no plural, haja
vista suaexistênciamilenar e suavasta diversidade. Ora, neste
sentido, a arqueologia aponta a África como o território
habitado há mais tempo no planeta, donde resulta uma
profusão de idiomas (mais de mil línguas), religiões, regimes
políticos, condições materiais de habitaçãoe atividades
econômicas;
 Atualmente, o continente africano ocupa um quinto da Terra,
onde temos mais de 50 países e quase 1 bilhão de habitantes.
 É fato conhecido que a história africana foi escrita e contada pelos
colonizadores europeus; sem espanto, viajantes, missionários e dirigentes
coloniais foram os responsáveis pelos primeiros relatos acercada cultura
dos povos africanos. Assim, além deserem capturados para alimentarem a
escravidão colonial, estes povos foram usurpados em todos os seus
direitos, incluindo o decontar a própria história;
 Grande variedade de culturas, caracterizadas cada uma delas porum
idioma próprio, tradições e formas artísticas características;
 Grande parte das culturas africanas tradicionais foram empobrecidas
como resultado de anos de negligência e supressão dos regimescoloniais.
 Poroutrolado, emse tratando de culturas tradicionais, muito se preservou
e sedifundiu pelo continente africano, especialmente devido aos fluxos
migratórios pela África;
 Ademais, vale ressaltar também que boa parte destas culturas são
baseadas em tradições orais;
 Praticavam agricultura, caçae pesca;
 Estes povos construíram grandes patrimônios materiais e imateriais
presentes até os dias dehoje.
 Acreditam que o homem precisa respeitar a natureza, a vida e
os outros homens para que não sejam punidos pelos espíritos
com secas, enchentes, doenças, pestes, morte etc;
 O deserto do Saaraatuou e continua atuandocomo uma
barreira naturalentre o norte da África e o resto do continente;
 Na região suldo Saara, característicasda arte islâmica,assim
como formas arquitetônicas de influência norte-africana.
Pesquisas arqueológicas demonstram uma forte influência
culturale artística do Egito Antigo nascivilizações africanasdo
sul do Saara.
Cultura Africana e suas influências no Brasil
 A arte africana é um reflexo fiel das ricas histórias, mitos, crenças e
filosofia dos habitantes deste enorme continente. Ariqueza desta arte tem
fornecido matéria-prima e inspiração para vários movimentos artísticos
contemporâneos da América e da Europa. Artistas do século XXadmiraram
a importância da abstração e do naturalismo na arte africana.
Arte
 Ricatradiçãoartísticarepresentadaporumavariedadedeentalhos
em madeira,trabalhosem bronzeecouro;
 Esculturas,pinturas,cerâmica,máscaras cerimoniaise vestimentas
religiosas;
 Sempredeuênfasena aparênciadaspessoas,e as jóias,colares,
braceletese anéispermaneceramcomoumacessóriopessoal
importante.
Cultura Africana e suas influências no Brasil
 O objeto dearte é funcional e expressam muita sensibilidade. Nas
pinturas, assim como nas esculturas, a presença da figura humana
identifica a preocupação comos valores étnicos, morais e religiosos.
 A esculturafoi uma forma dearte muito utilizada pelos artistas africanos
usando-se o ouro, bronzeemarfim como matéria prima;
 Representando um disfarce para a incorporação dos espíritos e a
possibilidade deadquirir forças mágicas, as máscarastêm umsignificado
místico e importante na arte africana sendo usadas nos rituais e funerais;
 A máscara transforma o corpo do bailarino que conserva sua
individualidade e, servindo-se dele como se fosse um suporte vivo
e animado, encarna a outro ser; gênio, animal mítico que é
representando assim momentaneamente. Uma máscaraé um ser
que protege quem a carrega;
 Está destinada a captara força vital que escapa de um ser
humano ou de um animal, no momento de sua morte. A energia
captadana máscara é controlada e posteriormente redistribuída
em benefício da coletividade;
Para estabelecer a purificação e a ligaçãocom a entidade sagrada,
são modeladas em segredo na selva.
 A pintura é empregada na decoração das paredes dos palácios reais,
celeiros, das choupas sagradas. Seus motivos, muito variados, vão desde
formas essencialmente geométricas até a reprodução decenas de caçae
guerra.Servetambém para o acabamento das máscaras e para os adornos
corporais.
Cultura Africana e suas influências no Brasil
 Aculturamusicalafricana tem grandeimportânciamundial.Ritmos
origináriosda Áfricasubsaariana,em particularnoOestedaÁfrica,
foramtransmitidosatravésdotráfegodeescravospeloAtlânticoe
resultaramem estilosmusicaiscomoosamba,blues,jazz, reggae,
rap,e rock’n’roll.
 Nadança africana,cadapartedocorpomovimenta-secomum
ritmodiferente.Os pésseguema basemusical,acompanhadospelos
braçosqueequilibramobalançodospés.O corpopodeser
comparadoa uma orquestraque,tocandováriosinstrumentos,
harmoniza-osnuma únicasinfonia.
Cultura Africana e suas influências no Brasil
Influências noBrasil
O tráfico internacional deescravos da África subsaariana para o Brasil foi
um movimento migratório, embora forçado. Seuinício ocorreu na segunda
metade do século XVI, edesenvolveu-se noséculo XVIII, atingiu seuápice por
volta de 1845 até ser bruscamente extinto em 1850. Foi, certamente, a maior
migração forçada da História Mundial.
Desde que chegaram a participação da cultura africana na cultura brasileira é
cada vezmaior.
A miscigenação entre africanos, indígenas e europeus é a base da
formação populacional do Brasil.
 Os africanos contribuíram para a cultura brasileira emuma enormidade de
aspectos: dança, música, religião, culinária e idioma. Essa influência se faz
notar em grande parte do país; em certos estados como Bahia, Maranhão,
Pernambuco, Alagoas, Minas Gerais, Rio deJaneiro, São Paulo e Rio
GrandedoSul a cultura afro-brasileira é particularmente destacada em
virtude da migração dos escravos.
 O fato deas escravas africanas terem sido responsáveis pela cozinha dos
engenhos, fazendas e casas-grandes do campo eda cidade permitiu a
difusão da influência africana na alimentação. São exemplos culinários
da influência africana o vatapá, acarajé,pamonha, mugunzá, caruru,
quiabo e chuchu.Temperos também foram trazidos da África, como
pimentas, o leite de cocoe o azeitede dendê.
Vatapá
Acarajé
Caruru
Feijoada
 No aspecto religioso os africanos buscaram sempre mantersuas
tradições deacordo comos locais deonde haviam saído do continente
africano. Entretanto, a necessidade de aderirem ao catolicismo levou
diversos grupos deafricanos a misturarem as religiões docontinente
africano com o cristianismo europeu, processo conhecido como
sincretismo religioso. São exemplos de participação religiosa africana o
candomblé, a umbanda, a quimbanda e ocatimbó.
 Algumas divindades religiosas africanas ligadas às forças da natureza ou a
fatos do dia a dia foram aproximadas a personagens do catolicismo. Por
exemplo, Iemanjá, que para alguns grupos étnicos africanos é a deusa das
águas, noBrasil foi representada porNossa Senhora. Xangô, o senhordos
raios e tempestades, foi representado porSão Jerônimo.
 O samba, afoxé, maracatu, congada, lundu e a capoeira são exemplos da
influência africana na músicabrasileira quepermanecem atéos dias
atuais. A música popular urbana no Brasil Imperial teve nos escravosque
trabalhavam como barbeiros em SalvadoreRio deJaneiro uma desuas
mais ricas expressões. Instrumentos como otambor, atabaque, cuíca,
alguns tipos deflauta, marimba e o berimbau tambémsão heranças
africanas queconstituem parte da cultura brasileira. Cantos, comoo jongo,
ou danças,como a umbigada, são também elementos culturais
provenientes dos africanos.
Capoeira
Berimbau
Agogô
Afoxé
Cultura Africana e suas influências no Brasil
Ana Gabriela, nº 1
Bruna, nº 2
Danielli, nº 5
Rafaela, nº 15
Profª Rose – 3ºA – 3º Bimestre
E.E. “GabrielCozzetto” – 2015

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Cultura Afro Brasileira
Cultura Afro   BrasileiraCultura Afro   Brasileira
Cultura Afro Brasileira
martinsramon
 
ARTE AFRICANA 7º ANO (1).pdf
ARTE AFRICANA 7º ANO (1).pdfARTE AFRICANA 7º ANO (1).pdf
ARTE AFRICANA 7º ANO (1).pdf
WeslleyDias8
 
A arte africana
A arte africanaA arte africana
avaliação de artes - cores primaria - secundarias e terciarias.docx
avaliação de artes - cores primaria - secundarias e terciarias.docxavaliação de artes - cores primaria - secundarias e terciarias.docx
avaliação de artes - cores primaria - secundarias e terciarias.docx
NayanaNayllah
 
ARTES: PRINCIPAIS CARACTERÍSTICAS DA CULTURA AFRO-BRASILEIRA - ENSINO FUNDAME...
ARTES: PRINCIPAIS CARACTERÍSTICAS DA CULTURA AFRO-BRASILEIRA - ENSINO FUNDAME...ARTES: PRINCIPAIS CARACTERÍSTICAS DA CULTURA AFRO-BRASILEIRA - ENSINO FUNDAME...
ARTES: PRINCIPAIS CARACTERÍSTICAS DA CULTURA AFRO-BRASILEIRA - ENSINO FUNDAME...
Secretaria de Estado de Educação e Qualidade do Ensino
 
Historia da musica atividades
Historia da musica atividadesHistoria da musica atividades
Historia da musica atividades
Atividades Diversas Cláudia
 
Arte indígena
Arte indígenaArte indígena
Arte indígena
Sandro Bottene
 
Contribuição da cultura africana no brasil
Contribuição da cultura africana no brasilContribuição da cultura africana no brasil
Contribuição da cultura africana no brasil
Sandra Maria Sousa Ferreia
 
Africa e vestimentas
Africa e vestimentas Africa e vestimentas
Africa e vestimentas
Adriana Lentz Della Vecchia Magnus
 
Avaliação 9º ano POP ART e DESIGN
Avaliação 9º ano POP ART e DESIGNAvaliação 9º ano POP ART e DESIGN
Avaliação 9º ano POP ART e DESIGN
Casiris Crescencio
 
InfluêNcia Da Cultura Africana No Brasil
InfluêNcia Da Cultura Africana No BrasilInfluêNcia Da Cultura Africana No Brasil
InfluêNcia Da Cultura Africana No Brasil
guestb74f0c
 
Cultura Afro Brasileira
Cultura Afro BrasileiraCultura Afro Brasileira
Cultura Afro Brasileira
brendazarza
 
Atividade retrato e autorretrato
Atividade retrato e autorretratoAtividade retrato e autorretrato
Atividade retrato e autorretrato
Taize Camargo
 
Avaliação diagnóstica arte 8 ano 2013
Avaliação diagnóstica arte 8 ano 2013Avaliação diagnóstica arte 8 ano 2013
Avaliação diagnóstica arte 8 ano 2013
Fabiola Oliveira
 
Grafite - Arte nas paredes e nos muros
   Grafite - Arte nas paredes e nos muros   Grafite - Arte nas paredes e nos muros
Grafite - Arte nas paredes e nos muros
Mary Alvarenga
 
Danças regionais
Danças regionaisDanças regionais
Danças regionais
Atividades Diversas Cláudia
 
P rovas 6°ao 9º Ano- Artes Professora Leoneide Carvalho
P rovas 6°ao 9º Ano- Artes  Professora Leoneide CarvalhoP rovas 6°ao 9º Ano- Artes  Professora Leoneide Carvalho
P rovas 6°ao 9º Ano- Artes Professora Leoneide Carvalho
Leoneide Carvalho
 
Arte 8 ano
Arte 8 anoArte 8 ano
Avaliação de artes 6° ano
Avaliação de artes 6° anoAvaliação de artes 6° ano
Avaliação de artes 6° ano
Sônia De Medeiros Damaceno
 
O que é arte?
O que é arte?O que é arte?
O que é arte?
IF - Baiano
 

Mais procurados (20)

Cultura Afro Brasileira
Cultura Afro   BrasileiraCultura Afro   Brasileira
Cultura Afro Brasileira
 
ARTE AFRICANA 7º ANO (1).pdf
ARTE AFRICANA 7º ANO (1).pdfARTE AFRICANA 7º ANO (1).pdf
ARTE AFRICANA 7º ANO (1).pdf
 
A arte africana
A arte africanaA arte africana
A arte africana
 
avaliação de artes - cores primaria - secundarias e terciarias.docx
avaliação de artes - cores primaria - secundarias e terciarias.docxavaliação de artes - cores primaria - secundarias e terciarias.docx
avaliação de artes - cores primaria - secundarias e terciarias.docx
 
ARTES: PRINCIPAIS CARACTERÍSTICAS DA CULTURA AFRO-BRASILEIRA - ENSINO FUNDAME...
ARTES: PRINCIPAIS CARACTERÍSTICAS DA CULTURA AFRO-BRASILEIRA - ENSINO FUNDAME...ARTES: PRINCIPAIS CARACTERÍSTICAS DA CULTURA AFRO-BRASILEIRA - ENSINO FUNDAME...
ARTES: PRINCIPAIS CARACTERÍSTICAS DA CULTURA AFRO-BRASILEIRA - ENSINO FUNDAME...
 
Historia da musica atividades
Historia da musica atividadesHistoria da musica atividades
Historia da musica atividades
 
Arte indígena
Arte indígenaArte indígena
Arte indígena
 
Contribuição da cultura africana no brasil
Contribuição da cultura africana no brasilContribuição da cultura africana no brasil
Contribuição da cultura africana no brasil
 
Africa e vestimentas
Africa e vestimentas Africa e vestimentas
Africa e vestimentas
 
Avaliação 9º ano POP ART e DESIGN
Avaliação 9º ano POP ART e DESIGNAvaliação 9º ano POP ART e DESIGN
Avaliação 9º ano POP ART e DESIGN
 
InfluêNcia Da Cultura Africana No Brasil
InfluêNcia Da Cultura Africana No BrasilInfluêNcia Da Cultura Africana No Brasil
InfluêNcia Da Cultura Africana No Brasil
 
Cultura Afro Brasileira
Cultura Afro BrasileiraCultura Afro Brasileira
Cultura Afro Brasileira
 
Atividade retrato e autorretrato
Atividade retrato e autorretratoAtividade retrato e autorretrato
Atividade retrato e autorretrato
 
Avaliação diagnóstica arte 8 ano 2013
Avaliação diagnóstica arte 8 ano 2013Avaliação diagnóstica arte 8 ano 2013
Avaliação diagnóstica arte 8 ano 2013
 
Grafite - Arte nas paredes e nos muros
   Grafite - Arte nas paredes e nos muros   Grafite - Arte nas paredes e nos muros
Grafite - Arte nas paredes e nos muros
 
Danças regionais
Danças regionaisDanças regionais
Danças regionais
 
P rovas 6°ao 9º Ano- Artes Professora Leoneide Carvalho
P rovas 6°ao 9º Ano- Artes  Professora Leoneide CarvalhoP rovas 6°ao 9º Ano- Artes  Professora Leoneide Carvalho
P rovas 6°ao 9º Ano- Artes Professora Leoneide Carvalho
 
Arte 8 ano
Arte 8 anoArte 8 ano
Arte 8 ano
 
Avaliação de artes 6° ano
Avaliação de artes 6° anoAvaliação de artes 6° ano
Avaliação de artes 6° ano
 
O que é arte?
O que é arte?O que é arte?
O que é arte?
 

Destaque

InfluêNcia Da Cultura Africana No Brasil
InfluêNcia Da Cultura Africana No BrasilInfluêNcia Da Cultura Africana No Brasil
InfluêNcia Da Cultura Africana No Brasil
josé Augusto Dias
 
Arte Africana
Arte Africana Arte Africana
Arte Africana
Joemille Leal
 
Arte africana
Arte africanaArte africana
História da Arte: África do Sul
História da Arte: África do SulHistória da Arte: África do Sul
História da Arte: África do Sul
Raphael Lanzillotte
 
Máscaras africanas
Máscaras africanasMáscaras africanas
Máscaras africanas
pibidcsoufrgs
 
Artes visuais afro brasileira (síntese)
Artes visuais afro brasileira (síntese)Artes visuais afro brasileira (síntese)
Artes visuais afro brasileira (síntese)
Nancihorta
 
Máscaras africanas
Máscaras africanasMáscaras africanas
Máscaras africanas
Maribel Hernandez Rodriguez
 
Direitos humanos 2015
Direitos humanos 2015Direitos humanos 2015
Direitos humanos 2015
Elisangela Zati
 
Dia da Cosnciência Negra, 20 de novembro
Dia da Cosnciência Negra, 20 de novembroDia da Cosnciência Negra, 20 de novembro
Dia da Cosnciência Negra, 20 de novembro
Paulo Selveira
 
Projeto interdisciplinar
Projeto interdisciplinarProjeto interdisciplinar
Projeto interdisciplinar
mlourdes7
 
Tema
TemaTema
Semana da consciência negra
Semana  da consciência negraSemana  da consciência negra
Semana da consciência negra
Lilian C. Gimenes
 
Projeto Frases
Projeto FrasesProjeto Frases
Projeto Frases
Paulo Selveira
 
Jogos tradicionais
Jogos tradicionaisJogos tradicionais
Jogos tradicionais
nsoliveira1971
 
Cultura africana
Cultura africanaCultura africana
Cultura africana
Raquel7874
 
Projeto de literatura_suzana
Projeto de literatura_suzanaProjeto de literatura_suzana
Projeto de literatura_suzana
Nome Sobrenome
 
As Cores Da Vida
As Cores Da VidaAs Cores Da Vida
As Cores Da Vida
jairohenckel
 
Projeto sobre consciencia negra
Projeto sobre consciencia negraProjeto sobre consciencia negra
Projeto sobre consciencia negra
Alcejane Souza
 
APRESENTAÇÃO DO PROJETO CONSCIÊNCIA NEGRA
APRESENTAÇÃO DO PROJETO CONSCIÊNCIA NEGRAAPRESENTAÇÃO DO PROJETO CONSCIÊNCIA NEGRA
APRESENTAÇÃO DO PROJETO CONSCIÊNCIA NEGRA
Rozeli Lima Cabral
 
África
ÁfricaÁfrica
África
João Lima
 

Destaque (20)

InfluêNcia Da Cultura Africana No Brasil
InfluêNcia Da Cultura Africana No BrasilInfluêNcia Da Cultura Africana No Brasil
InfluêNcia Da Cultura Africana No Brasil
 
Arte Africana
Arte Africana Arte Africana
Arte Africana
 
Arte africana
Arte africanaArte africana
Arte africana
 
História da Arte: África do Sul
História da Arte: África do SulHistória da Arte: África do Sul
História da Arte: África do Sul
 
Máscaras africanas
Máscaras africanasMáscaras africanas
Máscaras africanas
 
Artes visuais afro brasileira (síntese)
Artes visuais afro brasileira (síntese)Artes visuais afro brasileira (síntese)
Artes visuais afro brasileira (síntese)
 
Máscaras africanas
Máscaras africanasMáscaras africanas
Máscaras africanas
 
Direitos humanos 2015
Direitos humanos 2015Direitos humanos 2015
Direitos humanos 2015
 
Dia da Cosnciência Negra, 20 de novembro
Dia da Cosnciência Negra, 20 de novembroDia da Cosnciência Negra, 20 de novembro
Dia da Cosnciência Negra, 20 de novembro
 
Projeto interdisciplinar
Projeto interdisciplinarProjeto interdisciplinar
Projeto interdisciplinar
 
Tema
TemaTema
Tema
 
Semana da consciência negra
Semana  da consciência negraSemana  da consciência negra
Semana da consciência negra
 
Projeto Frases
Projeto FrasesProjeto Frases
Projeto Frases
 
Jogos tradicionais
Jogos tradicionaisJogos tradicionais
Jogos tradicionais
 
Cultura africana
Cultura africanaCultura africana
Cultura africana
 
Projeto de literatura_suzana
Projeto de literatura_suzanaProjeto de literatura_suzana
Projeto de literatura_suzana
 
As Cores Da Vida
As Cores Da VidaAs Cores Da Vida
As Cores Da Vida
 
Projeto sobre consciencia negra
Projeto sobre consciencia negraProjeto sobre consciencia negra
Projeto sobre consciencia negra
 
APRESENTAÇÃO DO PROJETO CONSCIÊNCIA NEGRA
APRESENTAÇÃO DO PROJETO CONSCIÊNCIA NEGRAAPRESENTAÇÃO DO PROJETO CONSCIÊNCIA NEGRA
APRESENTAÇÃO DO PROJETO CONSCIÊNCIA NEGRA
 
África
ÁfricaÁfrica
África
 

Semelhante a Cultura Africana e suas influências no Brasil

Continete Africano
Continete AfricanoContinete Africano
Continete Africano
pratesclaudio
 
Cultura afro descendente
Cultura afro descendenteCultura afro descendente
Cultura afro descendente
Valentina Queiroz
 
Arte Africana
Arte Africana Arte Africana
Arte Africana
Jailson Carvalho
 
6 Artes ii
6   Artes ii6   Artes ii
2014 novo horizonte
2014   novo horizonte2014   novo horizonte
2014 novo horizonte
LelioGomes
 
Oficina Máscaras Africanas: Aprendizado e Conhecimento
Oficina Máscaras Africanas: Aprendizado e ConhecimentoOficina Máscaras Africanas: Aprendizado e Conhecimento
Oficina Máscaras Africanas: Aprendizado e Conhecimento
Luan Lemos
 
Arte de áfrica
Arte de áfricaArte de áfrica
Arte de áfrica
universitarioeja
 
Salvador, cidade mais negra do Brasil
Salvador, cidade mais negra do BrasilSalvador, cidade mais negra do Brasil
Salvador, cidade mais negra do Brasil
grupo102017
 
Arte africana
Arte africanaArte africana
Raizes_Culturais_Brasileiras__Africanos__ensino_basico.pdf
Raizes_Culturais_Brasileiras__Africanos__ensino_basico.pdfRaizes_Culturais_Brasileiras__Africanos__ensino_basico.pdf
Raizes_Culturais_Brasileiras__Africanos__ensino_basico.pdf
Maria Claudia F.Graca
 
Cultura africana
Cultura africanaCultura africana
Cultura africana
José Emílio
 
Cultura afro-brasileira----religiões.pptx
Cultura afro-brasileira----religiões.pptxCultura afro-brasileira----religiões.pptx
Cultura afro-brasileira----religiões.pptx
BrendaBosi2
 
6o.ano histria - prof.a gislene - correo de questionrios - abr 2014
6o.ano   histria - prof.a gislene - correo de questionrios - abr 20146o.ano   histria - prof.a gislene - correo de questionrios - abr 2014
6o.ano histria - prof.a gislene - correo de questionrios - abr 2014
Celi De Fatima Lima Candido
 
Professo autor arte primitiva africana
Professo autor   arte primitiva africanaProfesso autor   arte primitiva africana
Professo autor arte primitiva africana
Paulo Alexandre
 
Trabalho sobre influencia da africa no espaço brasileiro
Trabalho sobre influencia da africa no espaço brasileiroTrabalho sobre influencia da africa no espaço brasileiro
Trabalho sobre influencia da africa no espaço brasileiro
Hudson Giovanni
 
Diversidade Cultural na África - Prof. Altair Aguilar
Diversidade Cultural na África - Prof. Altair AguilarDiversidade Cultural na África - Prof. Altair Aguilar
Diversidade Cultural na África - Prof. Altair Aguilar
Altair Moisés Aguilar
 
Arte Primitiva Africana Pintura, Máscaras e Grafismo (2).ppt
Arte Primitiva Africana  Pintura, Máscaras e Grafismo (2).pptArte Primitiva Africana  Pintura, Máscaras e Grafismo (2).ppt
Arte Primitiva Africana Pintura, Máscaras e Grafismo (2).ppt
JosCarlosSouza14
 
Arte Primitiva Africana Pintura, Máscaras e Grafismo.ppt
Arte Primitiva Africana  Pintura, Máscaras e Grafismo.pptArte Primitiva Africana  Pintura, Máscaras e Grafismo.ppt
Arte Primitiva Africana Pintura, Máscaras e Grafismo.ppt
MiriaAraujo2
 
Arte Primitiva Africana Pintura, Máscaras e Grafismo (1).ppt
Arte Primitiva Africana  Pintura, Máscaras e Grafismo (1).pptArte Primitiva Africana  Pintura, Máscaras e Grafismo (1).ppt
Arte Primitiva Africana Pintura, Máscaras e Grafismo (1).ppt
Simone0224
 
Arte Primitiva Africana Pintura, Máscaras e Grafismo.ppt
Arte Primitiva Africana  Pintura, Máscaras e Grafismo.pptArte Primitiva Africana  Pintura, Máscaras e Grafismo.ppt
Arte Primitiva Africana Pintura, Máscaras e Grafismo.ppt
Simone0224
 

Semelhante a Cultura Africana e suas influências no Brasil (20)

Continete Africano
Continete AfricanoContinete Africano
Continete Africano
 
Cultura afro descendente
Cultura afro descendenteCultura afro descendente
Cultura afro descendente
 
Arte Africana
Arte Africana Arte Africana
Arte Africana
 
6 Artes ii
6   Artes ii6   Artes ii
6 Artes ii
 
2014 novo horizonte
2014   novo horizonte2014   novo horizonte
2014 novo horizonte
 
Oficina Máscaras Africanas: Aprendizado e Conhecimento
Oficina Máscaras Africanas: Aprendizado e ConhecimentoOficina Máscaras Africanas: Aprendizado e Conhecimento
Oficina Máscaras Africanas: Aprendizado e Conhecimento
 
Arte de áfrica
Arte de áfricaArte de áfrica
Arte de áfrica
 
Salvador, cidade mais negra do Brasil
Salvador, cidade mais negra do BrasilSalvador, cidade mais negra do Brasil
Salvador, cidade mais negra do Brasil
 
Arte africana
Arte africanaArte africana
Arte africana
 
Raizes_Culturais_Brasileiras__Africanos__ensino_basico.pdf
Raizes_Culturais_Brasileiras__Africanos__ensino_basico.pdfRaizes_Culturais_Brasileiras__Africanos__ensino_basico.pdf
Raizes_Culturais_Brasileiras__Africanos__ensino_basico.pdf
 
Cultura africana
Cultura africanaCultura africana
Cultura africana
 
Cultura afro-brasileira----religiões.pptx
Cultura afro-brasileira----religiões.pptxCultura afro-brasileira----religiões.pptx
Cultura afro-brasileira----religiões.pptx
 
6o.ano histria - prof.a gislene - correo de questionrios - abr 2014
6o.ano   histria - prof.a gislene - correo de questionrios - abr 20146o.ano   histria - prof.a gislene - correo de questionrios - abr 2014
6o.ano histria - prof.a gislene - correo de questionrios - abr 2014
 
Professo autor arte primitiva africana
Professo autor   arte primitiva africanaProfesso autor   arte primitiva africana
Professo autor arte primitiva africana
 
Trabalho sobre influencia da africa no espaço brasileiro
Trabalho sobre influencia da africa no espaço brasileiroTrabalho sobre influencia da africa no espaço brasileiro
Trabalho sobre influencia da africa no espaço brasileiro
 
Diversidade Cultural na África - Prof. Altair Aguilar
Diversidade Cultural na África - Prof. Altair AguilarDiversidade Cultural na África - Prof. Altair Aguilar
Diversidade Cultural na África - Prof. Altair Aguilar
 
Arte Primitiva Africana Pintura, Máscaras e Grafismo (2).ppt
Arte Primitiva Africana  Pintura, Máscaras e Grafismo (2).pptArte Primitiva Africana  Pintura, Máscaras e Grafismo (2).ppt
Arte Primitiva Africana Pintura, Máscaras e Grafismo (2).ppt
 
Arte Primitiva Africana Pintura, Máscaras e Grafismo.ppt
Arte Primitiva Africana  Pintura, Máscaras e Grafismo.pptArte Primitiva Africana  Pintura, Máscaras e Grafismo.ppt
Arte Primitiva Africana Pintura, Máscaras e Grafismo.ppt
 
Arte Primitiva Africana Pintura, Máscaras e Grafismo (1).ppt
Arte Primitiva Africana  Pintura, Máscaras e Grafismo (1).pptArte Primitiva Africana  Pintura, Máscaras e Grafismo (1).ppt
Arte Primitiva Africana Pintura, Máscaras e Grafismo (1).ppt
 
Arte Primitiva Africana Pintura, Máscaras e Grafismo.ppt
Arte Primitiva Africana  Pintura, Máscaras e Grafismo.pptArte Primitiva Africana  Pintura, Máscaras e Grafismo.ppt
Arte Primitiva Africana Pintura, Máscaras e Grafismo.ppt
 

Mais de Bruna Medeiros

Gminospermas
GminospermasGminospermas
Gminospermas
Bruna Medeiros
 
Angiospermas
AngiospermasAngiospermas
Angiospermas
Bruna Medeiros
 
Pteridófitas
PteridófitasPteridófitas
Pteridófitas
Bruna Medeiros
 
A fabricação e o tráfico ilegal de armas cópia
A fabricação e o tráfico ilegal de armas   cópiaA fabricação e o tráfico ilegal de armas   cópia
A fabricação e o tráfico ilegal de armas cópia
Bruna Medeiros
 
Briófitas
BriófitasBriófitas
Briófitas
Bruna Medeiros
 
Gripe, Febre Amarela, AIDS, Dengue.
Gripe, Febre Amarela, AIDS, Dengue.Gripe, Febre Amarela, AIDS, Dengue.
Gripe, Febre Amarela, AIDS, Dengue.
Bruna Medeiros
 
Poríferos e cnidários
Poríferos e cnidáriosPoríferos e cnidários
Poríferos e cnidários
Bruna Medeiros
 

Mais de Bruna Medeiros (7)

Gminospermas
GminospermasGminospermas
Gminospermas
 
Angiospermas
AngiospermasAngiospermas
Angiospermas
 
Pteridófitas
PteridófitasPteridófitas
Pteridófitas
 
A fabricação e o tráfico ilegal de armas cópia
A fabricação e o tráfico ilegal de armas   cópiaA fabricação e o tráfico ilegal de armas   cópia
A fabricação e o tráfico ilegal de armas cópia
 
Briófitas
BriófitasBriófitas
Briófitas
 
Gripe, Febre Amarela, AIDS, Dengue.
Gripe, Febre Amarela, AIDS, Dengue.Gripe, Febre Amarela, AIDS, Dengue.
Gripe, Febre Amarela, AIDS, Dengue.
 
Poríferos e cnidários
Poríferos e cnidáriosPoríferos e cnidários
Poríferos e cnidários
 

Último

Atividade Dias dos Pais - Meu Pai, Razão da Minha História.
Atividade Dias dos Pais -  Meu Pai, Razão da Minha História.Atividade Dias dos Pais -  Meu Pai, Razão da Minha História.
Atividade Dias dos Pais - Meu Pai, Razão da Minha História.
Mary Alvarenga
 
NR-12-Treinamento-Maquinas-Rotativas.ppt
NR-12-Treinamento-Maquinas-Rotativas.pptNR-12-Treinamento-Maquinas-Rotativas.ppt
NR-12-Treinamento-Maquinas-Rotativas.ppt
Vanessa F. Rezende
 
oficia de construção de recursos para aluno DI.pdf
oficia de construção de recursos para aluno DI.pdfoficia de construção de recursos para aluno DI.pdf
oficia de construção de recursos para aluno DI.pdf
marcos oliveira
 
Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...
Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...
Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...
marcos oliveira
 
escrita criativa utilizada na arteterapia
escrita criativa   utilizada na arteterapiaescrita criativa   utilizada na arteterapia
escrita criativa utilizada na arteterapia
shirleisousa9166
 
EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23
Sandra Pratas
 
Ideais do Ministério jovem Adventista pdf
Ideais do Ministério jovem Adventista pdfIdeais do Ministério jovem Adventista pdf
Ideais do Ministério jovem Adventista pdf
Anesio2
 
Noite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsx
Noite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsxNoite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsx
Noite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsx
Luzia Gabriele
 
IV Jornada Nacional Tableau - Apresentações.pptx
IV Jornada Nacional Tableau - Apresentações.pptxIV Jornada Nacional Tableau - Apresentações.pptx
IV Jornada Nacional Tableau - Apresentações.pptx
Ligia Galvão
 
A perspectiva colaborativa e as novas práticas de inclusão. (1).pptx
A perspectiva colaborativa e as novas práticas de inclusão. (1).pptxA perspectiva colaborativa e as novas práticas de inclusão. (1).pptx
A perspectiva colaborativa e as novas práticas de inclusão. (1).pptx
marcos oliveira
 
TEORIAS UECE.pdf química geral nome de cientistas famosos da química
TEORIAS UECE.pdf química geral nome de cientistas famosos da químicaTEORIAS UECE.pdf química geral nome de cientistas famosos da química
TEORIAS UECE.pdf química geral nome de cientistas famosos da química
VictorEmanoel37
 
Caça - palavras e cruzadinha com dígrafos
Caça - palavras  e cruzadinha   com  dígrafosCaça - palavras  e cruzadinha   com  dígrafos
Caça - palavras e cruzadinha com dígrafos
Mary Alvarenga
 
Relatório de Atividades 2016 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2016 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2016 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2016 CENSIPAM.pdf
Falcão Brasil
 
Guerra de reconquista da Península ibérica
Guerra de reconquista da Península ibéricaGuerra de reconquista da Península ibérica
Guerra de reconquista da Península ibérica
felipescherner
 
Slide para aplicação da AVAL. FLUÊNCIA.pptx
Slide para aplicação  da AVAL. FLUÊNCIA.pptxSlide para aplicação  da AVAL. FLUÊNCIA.pptx
Slide para aplicação da AVAL. FLUÊNCIA.pptx
LeilaVilasboas
 
Mini livro sanfona - Minha Escola Tem História.
Mini livro  sanfona - Minha Escola Tem História. Mini livro  sanfona - Minha Escola Tem História.
Mini livro sanfona - Minha Escola Tem História.
Mary Alvarenga
 
Infografia | Presidência húngara do Conselho da UE
Infografia | Presidência húngara do Conselho da UEInfografia | Presidência húngara do Conselho da UE
Infografia | Presidência húngara do Conselho da UE
Centro Jacques Delors
 
Caderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdf
Caderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdfCaderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdf
Caderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdf
shirleisousa9166
 
Seminário de Gestão Pública e Defesa Civil
Seminário de Gestão Pública e Defesa CivilSeminário de Gestão Pública e Defesa Civil
Seminário de Gestão Pública e Defesa Civil
EduardoLealSilva
 

Último (20)

Atividade Dias dos Pais - Meu Pai, Razão da Minha História.
Atividade Dias dos Pais -  Meu Pai, Razão da Minha História.Atividade Dias dos Pais -  Meu Pai, Razão da Minha História.
Atividade Dias dos Pais - Meu Pai, Razão da Minha História.
 
NR-12-Treinamento-Maquinas-Rotativas.ppt
NR-12-Treinamento-Maquinas-Rotativas.pptNR-12-Treinamento-Maquinas-Rotativas.ppt
NR-12-Treinamento-Maquinas-Rotativas.ppt
 
oficia de construção de recursos para aluno DI.pdf
oficia de construção de recursos para aluno DI.pdfoficia de construção de recursos para aluno DI.pdf
oficia de construção de recursos para aluno DI.pdf
 
Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...
Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...
Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...
 
escrita criativa utilizada na arteterapia
escrita criativa   utilizada na arteterapiaescrita criativa   utilizada na arteterapia
escrita criativa utilizada na arteterapia
 
EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23
 
Ideais do Ministério jovem Adventista pdf
Ideais do Ministério jovem Adventista pdfIdeais do Ministério jovem Adventista pdf
Ideais do Ministério jovem Adventista pdf
 
Noite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsx
Noite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsxNoite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsx
Noite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsx
 
IV Jornada Nacional Tableau - Apresentações.pptx
IV Jornada Nacional Tableau - Apresentações.pptxIV Jornada Nacional Tableau - Apresentações.pptx
IV Jornada Nacional Tableau - Apresentações.pptx
 
A perspectiva colaborativa e as novas práticas de inclusão. (1).pptx
A perspectiva colaborativa e as novas práticas de inclusão. (1).pptxA perspectiva colaborativa e as novas práticas de inclusão. (1).pptx
A perspectiva colaborativa e as novas práticas de inclusão. (1).pptx
 
TEORIAS UECE.pdf química geral nome de cientistas famosos da química
TEORIAS UECE.pdf química geral nome de cientistas famosos da químicaTEORIAS UECE.pdf química geral nome de cientistas famosos da química
TEORIAS UECE.pdf química geral nome de cientistas famosos da química
 
Caça - palavras e cruzadinha com dígrafos
Caça - palavras  e cruzadinha   com  dígrafosCaça - palavras  e cruzadinha   com  dígrafos
Caça - palavras e cruzadinha com dígrafos
 
Relatório de Atividades 2016 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2016 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2016 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2016 CENSIPAM.pdf
 
Guerra de reconquista da Península ibérica
Guerra de reconquista da Península ibéricaGuerra de reconquista da Península ibérica
Guerra de reconquista da Península ibérica
 
Slide para aplicação da AVAL. FLUÊNCIA.pptx
Slide para aplicação  da AVAL. FLUÊNCIA.pptxSlide para aplicação  da AVAL. FLUÊNCIA.pptx
Slide para aplicação da AVAL. FLUÊNCIA.pptx
 
Mini livro sanfona - Minha Escola Tem História.
Mini livro  sanfona - Minha Escola Tem História. Mini livro  sanfona - Minha Escola Tem História.
Mini livro sanfona - Minha Escola Tem História.
 
Infografia | Presidência húngara do Conselho da UE
Infografia | Presidência húngara do Conselho da UEInfografia | Presidência húngara do Conselho da UE
Infografia | Presidência húngara do Conselho da UE
 
Caderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdf
Caderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdfCaderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdf
Caderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdf
 
TALENTOS DA NOSSA ESCOLA .
TALENTOS DA NOSSA ESCOLA                .TALENTOS DA NOSSA ESCOLA                .
TALENTOS DA NOSSA ESCOLA .
 
Seminário de Gestão Pública e Defesa Civil
Seminário de Gestão Pública e Defesa CivilSeminário de Gestão Pública e Defesa Civil
Seminário de Gestão Pública e Defesa Civil
 

Cultura Africana e suas influências no Brasil

  • 3. Introdução  A culturaafricana deve ser observada sempre no plural, haja vista suaexistênciamilenar e suavasta diversidade. Ora, neste sentido, a arqueologia aponta a África como o território habitado há mais tempo no planeta, donde resulta uma profusão de idiomas (mais de mil línguas), religiões, regimes políticos, condições materiais de habitaçãoe atividades econômicas;  Atualmente, o continente africano ocupa um quinto da Terra, onde temos mais de 50 países e quase 1 bilhão de habitantes.
  • 4.  É fato conhecido que a história africana foi escrita e contada pelos colonizadores europeus; sem espanto, viajantes, missionários e dirigentes coloniais foram os responsáveis pelos primeiros relatos acercada cultura dos povos africanos. Assim, além deserem capturados para alimentarem a escravidão colonial, estes povos foram usurpados em todos os seus direitos, incluindo o decontar a própria história;  Grande variedade de culturas, caracterizadas cada uma delas porum idioma próprio, tradições e formas artísticas características;  Grande parte das culturas africanas tradicionais foram empobrecidas como resultado de anos de negligência e supressão dos regimescoloniais.
  • 5.  Poroutrolado, emse tratando de culturas tradicionais, muito se preservou e sedifundiu pelo continente africano, especialmente devido aos fluxos migratórios pela África;  Ademais, vale ressaltar também que boa parte destas culturas são baseadas em tradições orais;  Praticavam agricultura, caçae pesca;  Estes povos construíram grandes patrimônios materiais e imateriais presentes até os dias dehoje.
  • 6.  Acreditam que o homem precisa respeitar a natureza, a vida e os outros homens para que não sejam punidos pelos espíritos com secas, enchentes, doenças, pestes, morte etc;  O deserto do Saaraatuou e continua atuandocomo uma barreira naturalentre o norte da África e o resto do continente;  Na região suldo Saara, característicasda arte islâmica,assim como formas arquitetônicas de influência norte-africana. Pesquisas arqueológicas demonstram uma forte influência culturale artística do Egito Antigo nascivilizações africanasdo sul do Saara.
  • 8.  A arte africana é um reflexo fiel das ricas histórias, mitos, crenças e filosofia dos habitantes deste enorme continente. Ariqueza desta arte tem fornecido matéria-prima e inspiração para vários movimentos artísticos contemporâneos da América e da Europa. Artistas do século XXadmiraram a importância da abstração e do naturalismo na arte africana.
  • 9. Arte  Ricatradiçãoartísticarepresentadaporumavariedadedeentalhos em madeira,trabalhosem bronzeecouro;  Esculturas,pinturas,cerâmica,máscaras cerimoniaise vestimentas religiosas;  Sempredeuênfasena aparênciadaspessoas,e as jóias,colares, braceletese anéispermaneceramcomoumacessóriopessoal importante.
  • 11.  O objeto dearte é funcional e expressam muita sensibilidade. Nas pinturas, assim como nas esculturas, a presença da figura humana identifica a preocupação comos valores étnicos, morais e religiosos.
  • 12.  A esculturafoi uma forma dearte muito utilizada pelos artistas africanos usando-se o ouro, bronzeemarfim como matéria prima;
  • 13.  Representando um disfarce para a incorporação dos espíritos e a possibilidade deadquirir forças mágicas, as máscarastêm umsignificado místico e importante na arte africana sendo usadas nos rituais e funerais;
  • 14.  A máscara transforma o corpo do bailarino que conserva sua individualidade e, servindo-se dele como se fosse um suporte vivo e animado, encarna a outro ser; gênio, animal mítico que é representando assim momentaneamente. Uma máscaraé um ser que protege quem a carrega;  Está destinada a captara força vital que escapa de um ser humano ou de um animal, no momento de sua morte. A energia captadana máscara é controlada e posteriormente redistribuída em benefício da coletividade; Para estabelecer a purificação e a ligaçãocom a entidade sagrada, são modeladas em segredo na selva.
  • 15.  A pintura é empregada na decoração das paredes dos palácios reais, celeiros, das choupas sagradas. Seus motivos, muito variados, vão desde formas essencialmente geométricas até a reprodução decenas de caçae guerra.Servetambém para o acabamento das máscaras e para os adornos corporais.
  • 17.  Aculturamusicalafricana tem grandeimportânciamundial.Ritmos origináriosda Áfricasubsaariana,em particularnoOestedaÁfrica, foramtransmitidosatravésdotráfegodeescravospeloAtlânticoe resultaramem estilosmusicaiscomoosamba,blues,jazz, reggae, rap,e rock’n’roll.  Nadança africana,cadapartedocorpomovimenta-secomum ritmodiferente.Os pésseguema basemusical,acompanhadospelos braçosqueequilibramobalançodospés.O corpopodeser comparadoa uma orquestraque,tocandováriosinstrumentos, harmoniza-osnuma únicasinfonia.
  • 19. Influências noBrasil O tráfico internacional deescravos da África subsaariana para o Brasil foi um movimento migratório, embora forçado. Seuinício ocorreu na segunda metade do século XVI, edesenvolveu-se noséculo XVIII, atingiu seuápice por volta de 1845 até ser bruscamente extinto em 1850. Foi, certamente, a maior migração forçada da História Mundial. Desde que chegaram a participação da cultura africana na cultura brasileira é cada vezmaior. A miscigenação entre africanos, indígenas e europeus é a base da formação populacional do Brasil.
  • 20.  Os africanos contribuíram para a cultura brasileira emuma enormidade de aspectos: dança, música, religião, culinária e idioma. Essa influência se faz notar em grande parte do país; em certos estados como Bahia, Maranhão, Pernambuco, Alagoas, Minas Gerais, Rio deJaneiro, São Paulo e Rio GrandedoSul a cultura afro-brasileira é particularmente destacada em virtude da migração dos escravos.
  • 21.  O fato deas escravas africanas terem sido responsáveis pela cozinha dos engenhos, fazendas e casas-grandes do campo eda cidade permitiu a difusão da influência africana na alimentação. São exemplos culinários da influência africana o vatapá, acarajé,pamonha, mugunzá, caruru, quiabo e chuchu.Temperos também foram trazidos da África, como pimentas, o leite de cocoe o azeitede dendê. Vatapá Acarajé Caruru Feijoada
  • 22.  No aspecto religioso os africanos buscaram sempre mantersuas tradições deacordo comos locais deonde haviam saído do continente africano. Entretanto, a necessidade de aderirem ao catolicismo levou diversos grupos deafricanos a misturarem as religiões docontinente africano com o cristianismo europeu, processo conhecido como sincretismo religioso. São exemplos de participação religiosa africana o candomblé, a umbanda, a quimbanda e ocatimbó.  Algumas divindades religiosas africanas ligadas às forças da natureza ou a fatos do dia a dia foram aproximadas a personagens do catolicismo. Por exemplo, Iemanjá, que para alguns grupos étnicos africanos é a deusa das águas, noBrasil foi representada porNossa Senhora. Xangô, o senhordos raios e tempestades, foi representado porSão Jerônimo.
  • 23.  O samba, afoxé, maracatu, congada, lundu e a capoeira são exemplos da influência africana na músicabrasileira quepermanecem atéos dias atuais. A música popular urbana no Brasil Imperial teve nos escravosque trabalhavam como barbeiros em SalvadoreRio deJaneiro uma desuas mais ricas expressões. Instrumentos como otambor, atabaque, cuíca, alguns tipos deflauta, marimba e o berimbau tambémsão heranças africanas queconstituem parte da cultura brasileira. Cantos, comoo jongo, ou danças,como a umbigada, são também elementos culturais provenientes dos africanos.
  • 26. Ana Gabriela, nº 1 Bruna, nº 2 Danielli, nº 5 Rafaela, nº 15 Profª Rose – 3ºA – 3º Bimestre E.E. “GabrielCozzetto” – 2015