SlideShare uma empresa Scribd logo
Pteridófitas
Introdução
• São um grupo de plantas pioneiro, por terem sido
as primeiras a possuir tecidos especializados na
condução de água.
• Formam as primeiras a apresentar um sistema de
vasos condutores de nutrientes (traqueófitas).
• Conhecidas também como samambaia, avencas,
xaxins e cavalinhas.
• Seu sistema reprodutivo ainda é simples, e
parcialmente dependente da água, pois não
possuem nem sementes, nem flores e nem frutos.
• As primeiras plantas vasculares não
possuíam raízes nem folhas, foi somente
com a especialização que estas estruturas
foram lentamente aparecendo.
• Apresentam estruturas mais complexas, e
dominaram a vegetação da Terra a partir do
Período Devoniano Superior até o fim do
Período Carbonífero, de cerca de 380 até
290 milhões de anos atrás.
Exemplos de
plantas
vasculares
sem
sementes:
uma avenca
e uma
samambaia.
Características Gerais
• O corpo delas já apresentam organização em
tecidos, mostrando raízes, caules e folhas
verdadeiros.
• Possuem um tecido condutor eficiente
constituído por xilema e floema.
• Apresentam o corpo na forma de cormo, isto é,
com raiz, caule e folhas verdadeiros.
I. Raiz: em geral subterrâneas com a função de
fixação e absorção
II. Caule: cresce em sentido oposto à raiz, função
de sustentação das folhas; rizoma.
III. Folhas: geralmente laminares e com células
ricas em cloroplastos (fotossíntese).
• Podem ainda ser classificadas como
plantas criptógamas, por não produzirem
flores.
Habitat
• Encontradas normalmente em locais sombrios,
úmidos e em ambientes de florestas vivendo
como plantas epífitas (sob outras plantas).
• Utilizadas também como plantas ornamentais
em jardins, garagens e sacadas de casas e
apartamentos.
Pteridófitas mais conhecidas
Cavalinha Selaginela
Licopódio
Samambaia
Reprodução
• Se reproduzem num ciclo que apresenta uma
fase sexuada e outra assexuada.
• Como exemplo, uma samambaias comumente
cultivada (Polypodium vulgare).
• A samambaia é uma planta assexuada
produtora de esporos. Por isso, ela representa a
fase chamada esporófito.
• Dependem da água.
• Em certas épocas, na superfície inferior das
folhas das samambaias formam-se pontinhos
escuros chamados soros. Em cada soro são
produzidos inúmeros esporos.
• Quando os esporos amadurecem, os soros se
abrem. Então os esporos caem no solo úmido;
cada esporo pode germinar e originar um
protalo, aquela plantinha em formato de
coração.
• O protalo é uma planta sexuada, produtora de
gametas; por isso, ele representa a fase
chamada de gametófito
• O protalo das samambaias contém estruturas
onde se formam anterozoides e oosferas.
Pteridófitas
Divisões das plantas vasculares
 Psilotophyta: possuem estrutura corpórea muito
simples. Inclui dois gêneros: Psilotum e Tmesipteris.
Exemplar do gênero Psilotum
Exemplar da
espécie Tmesipteris
lanceolata, crescendo sobre
o tronco de uma árvore.
• Gênero Psilotum: distribuição tropical e
subtropical; é o único entre as vasculares
atuais que não apresentam raízes nem folhas.
• Gênero Tmesipteris: epífitas.
 Lycopodiaceae
• A maioria das 400 espécies é tropical.
• Maior parte é epífita (vive sobre outra).

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Pteridófitas
PteridófitasPteridófitas
Pteridófitas
Julianalfaria
 
Briofitas
BriofitasBriofitas
Briofitas
jcrrios
 
Anatomia vegetal
Anatomia vegetalAnatomia vegetal
Histologia vegetal
Histologia vegetalHistologia vegetal
Histologia vegetal
Eldon Clayton
 
V.2 Briófitas e Pteridófitas
V.2 Briófitas e PteridófitasV.2 Briófitas e Pteridófitas
V.2 Briófitas e Pteridófitas
Rebeca Vale
 
As Algas
As AlgasAs Algas
As Algas
thaysribeiro
 
www.EquarparaEnsinoMedio.com.br - Biologia - Reino Plantae - Briófitas e Pter...
www.EquarparaEnsinoMedio.com.br - Biologia - Reino Plantae - Briófitas e Pter...www.EquarparaEnsinoMedio.com.br - Biologia - Reino Plantae - Briófitas e Pter...
www.EquarparaEnsinoMedio.com.br - Biologia - Reino Plantae - Briófitas e Pter...
Annalu Jannuzzi
 
Aula fisiologia vegetal
Aula fisiologia vegetalAula fisiologia vegetal
Aula fisiologia vegetal
BIOLOGIA Associação Pré-FEDERAL
 
Angiospermas
AngiospermasAngiospermas
Angiospermas
Bruna Medeiros
 
158525481 aula-9-parede-celular
158525481 aula-9-parede-celular158525481 aula-9-parede-celular
158525481 aula-9-parede-celular
Patrícia Brinati
 
Reino plantae primeira aula
Reino plantae primeira aulaReino plantae primeira aula
Reino plantae primeira aula
Professora Raquel
 
Slides da aula de Biologia (Renato) Anatofisiologia Vegetal
Slides da aula de Biologia (Renato) Anatofisiologia VegetalSlides da aula de Biologia (Renato) Anatofisiologia Vegetal
Slides da aula de Biologia (Renato) Anatofisiologia Vegetal
Turma Olímpica
 
Gimnospermas
GimnospermasGimnospermas
Gimnospermas
guest78da28
 
Transporte nas plantas
Transporte nas plantasTransporte nas plantas
Transporte nas plantas
Daniel Gonçalves
 
Evolução das plantas
Evolução das plantasEvolução das plantas
Evolução das plantas
Jaqueline Sarges
 
Briófitas
BriófitasBriófitas
Briófitas
DeaaSouza
 
Moluscos - Biologia
Moluscos - BiologiaMoluscos - Biologia
Moluscos - Biologia
Bruna M
 
7 ano classificação das plantas
7 ano classificação das plantas7 ano classificação das plantas
7 ano classificação das plantas
crisbassanimedeiros
 
Filo Cordados (Power Point)
Filo Cordados (Power Point)Filo Cordados (Power Point)
Filo Cordados (Power Point)
Bio
 
Aula de briófitas, pteridófitas, gimnospermas e angiospermas
Aula de briófitas, pteridófitas, gimnospermas e angiospermasAula de briófitas, pteridófitas, gimnospermas e angiospermas
Aula de briófitas, pteridófitas, gimnospermas e angiospermas
Fatima Comiotto
 

Mais procurados (20)

Pteridófitas
PteridófitasPteridófitas
Pteridófitas
 
Briofitas
BriofitasBriofitas
Briofitas
 
Anatomia vegetal
Anatomia vegetalAnatomia vegetal
Anatomia vegetal
 
Histologia vegetal
Histologia vegetalHistologia vegetal
Histologia vegetal
 
V.2 Briófitas e Pteridófitas
V.2 Briófitas e PteridófitasV.2 Briófitas e Pteridófitas
V.2 Briófitas e Pteridófitas
 
As Algas
As AlgasAs Algas
As Algas
 
www.EquarparaEnsinoMedio.com.br - Biologia - Reino Plantae - Briófitas e Pter...
www.EquarparaEnsinoMedio.com.br - Biologia - Reino Plantae - Briófitas e Pter...www.EquarparaEnsinoMedio.com.br - Biologia - Reino Plantae - Briófitas e Pter...
www.EquarparaEnsinoMedio.com.br - Biologia - Reino Plantae - Briófitas e Pter...
 
Aula fisiologia vegetal
Aula fisiologia vegetalAula fisiologia vegetal
Aula fisiologia vegetal
 
Angiospermas
AngiospermasAngiospermas
Angiospermas
 
158525481 aula-9-parede-celular
158525481 aula-9-parede-celular158525481 aula-9-parede-celular
158525481 aula-9-parede-celular
 
Reino plantae primeira aula
Reino plantae primeira aulaReino plantae primeira aula
Reino plantae primeira aula
 
Slides da aula de Biologia (Renato) Anatofisiologia Vegetal
Slides da aula de Biologia (Renato) Anatofisiologia VegetalSlides da aula de Biologia (Renato) Anatofisiologia Vegetal
Slides da aula de Biologia (Renato) Anatofisiologia Vegetal
 
Gimnospermas
GimnospermasGimnospermas
Gimnospermas
 
Transporte nas plantas
Transporte nas plantasTransporte nas plantas
Transporte nas plantas
 
Evolução das plantas
Evolução das plantasEvolução das plantas
Evolução das plantas
 
Briófitas
BriófitasBriófitas
Briófitas
 
Moluscos - Biologia
Moluscos - BiologiaMoluscos - Biologia
Moluscos - Biologia
 
7 ano classificação das plantas
7 ano classificação das plantas7 ano classificação das plantas
7 ano classificação das plantas
 
Filo Cordados (Power Point)
Filo Cordados (Power Point)Filo Cordados (Power Point)
Filo Cordados (Power Point)
 
Aula de briófitas, pteridófitas, gimnospermas e angiospermas
Aula de briófitas, pteridófitas, gimnospermas e angiospermasAula de briófitas, pteridófitas, gimnospermas e angiospermas
Aula de briófitas, pteridófitas, gimnospermas e angiospermas
 

Semelhante a Pteridófitas

Aula 4 Prof. Guth Berger
Aula 4 Prof. Guth BergerAula 4 Prof. Guth Berger
Aula 4 Prof. Guth Berger
Matheus Yuri
 
Orgaos vegetais
Orgaos vegetaisOrgaos vegetais
Orgaos vegetais
jonathacioly
 
Reinodasplantas 130731180649-phpapp01
Reinodasplantas 130731180649-phpapp01Reinodasplantas 130731180649-phpapp01
Reinodasplantas 130731180649-phpapp01
MARISTA , UVA, FIC, FAINTER, GÊNESIS
 
Plantas
PlantasPlantas
Plantas
Carlaensino
 
Plantas
PlantasPlantas
Plantas
Carlaensino
 
7º ano cap 12 e 13 angiospermas - órgãos
7º ano cap 12 e 13   angiospermas - órgãos7º ano cap 12 e 13   angiospermas - órgãos
7º ano cap 12 e 13 angiospermas - órgãos
ISJ
 
Reino plantae
Reino plantaeReino plantae
Formas das plantas
Formas das plantasFormas das plantas
Formas das plantas
Gerdian Teixeira
 
Reinodasplantas 130731180649-phpapp01
Reinodasplantas 130731180649-phpapp01Reinodasplantas 130731180649-phpapp01
Reinodasplantas 130731180649-phpapp01
MARISTA , UVA, FIC, FAINTER, GÊNESIS
 
Briófitas
BriófitasBriófitas
Briófitas
João Silva
 
Apostila botânica-pronta.107.193
Apostila botânica-pronta.107.193Apostila botânica-pronta.107.193
Apostila botânica-pronta.107.193
Isabella Silva
 
Reino das Plantas
Reino das PlantasReino das Plantas
Reino das Plantas
Ikaro Slipk
 
Briófitas
BriófitasBriófitas
Briófitas
CyKelly Sa
 
Aula briofitas e pteridófitas
Aula briofitas e pteridófitasAula briofitas e pteridófitas
Aula briofitas e pteridófitas
Grupo UNIASSELVI
 
Pteridófitas
PteridófitasPteridófitas
Pteridófitas
Pipocay123
 
Pteridófitas
PteridófitasPteridófitas
Pteridófitas
Pipocay123
 
Pteridófitas
PteridófitasPteridófitas
Pteridófitas
Pipocay123
 
Raiz
RaizRaiz
7º ano reino plantae 1
7º ano    reino plantae 17º ano    reino plantae 1
7º ano reino plantae 1
Simone Maia
 
Reino plantae
Reino plantaeReino plantae
Reino plantae
Julianalfaria
 

Semelhante a Pteridófitas (20)

Aula 4 Prof. Guth Berger
Aula 4 Prof. Guth BergerAula 4 Prof. Guth Berger
Aula 4 Prof. Guth Berger
 
Orgaos vegetais
Orgaos vegetaisOrgaos vegetais
Orgaos vegetais
 
Reinodasplantas 130731180649-phpapp01
Reinodasplantas 130731180649-phpapp01Reinodasplantas 130731180649-phpapp01
Reinodasplantas 130731180649-phpapp01
 
Plantas
PlantasPlantas
Plantas
 
Plantas
PlantasPlantas
Plantas
 
7º ano cap 12 e 13 angiospermas - órgãos
7º ano cap 12 e 13   angiospermas - órgãos7º ano cap 12 e 13   angiospermas - órgãos
7º ano cap 12 e 13 angiospermas - órgãos
 
Reino plantae
Reino plantaeReino plantae
Reino plantae
 
Formas das plantas
Formas das plantasFormas das plantas
Formas das plantas
 
Reinodasplantas 130731180649-phpapp01
Reinodasplantas 130731180649-phpapp01Reinodasplantas 130731180649-phpapp01
Reinodasplantas 130731180649-phpapp01
 
Briófitas
BriófitasBriófitas
Briófitas
 
Apostila botânica-pronta.107.193
Apostila botânica-pronta.107.193Apostila botânica-pronta.107.193
Apostila botânica-pronta.107.193
 
Reino das Plantas
Reino das PlantasReino das Plantas
Reino das Plantas
 
Briófitas
BriófitasBriófitas
Briófitas
 
Aula briofitas e pteridófitas
Aula briofitas e pteridófitasAula briofitas e pteridófitas
Aula briofitas e pteridófitas
 
Pteridófitas
PteridófitasPteridófitas
Pteridófitas
 
Pteridófitas
PteridófitasPteridófitas
Pteridófitas
 
Pteridófitas
PteridófitasPteridófitas
Pteridófitas
 
Raiz
RaizRaiz
Raiz
 
7º ano reino plantae 1
7º ano    reino plantae 17º ano    reino plantae 1
7º ano reino plantae 1
 
Reino plantae
Reino plantaeReino plantae
Reino plantae
 

Último

Slide para aplicação da AVAL. FLUÊNCIA.pptx
Slide para aplicação  da AVAL. FLUÊNCIA.pptxSlide para aplicação  da AVAL. FLUÊNCIA.pptx
Slide para aplicação da AVAL. FLUÊNCIA.pptx
LeilaVilasboas
 
FILMES DE ABRIL_BECRE D. CARLOS I_2023_24
FILMES DE ABRIL_BECRE D. CARLOS I_2023_24FILMES DE ABRIL_BECRE D. CARLOS I_2023_24
FILMES DE ABRIL_BECRE D. CARLOS I_2023_24
Sandra Pratas
 
Infografia | Presidência húngara do Conselho da UE
Infografia | Presidência húngara do Conselho da UEInfografia | Presidência húngara do Conselho da UE
Infografia | Presidência húngara do Conselho da UE
Centro Jacques Delors
 
Geotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdf
Geotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdfGeotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdf
Geotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdf
Falcão Brasil
 
Slides Lição 3, Betel, A relevância da Igreja no cumprimento de sua Missão.pptx
Slides Lição 3, Betel, A relevância da Igreja no cumprimento de sua Missão.pptxSlides Lição 3, Betel, A relevância da Igreja no cumprimento de sua Missão.pptx
Slides Lição 3, Betel, A relevância da Igreja no cumprimento de sua Missão.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
Os Setores Estratégicos da END - O Setor Cibernético.pdf
Os Setores Estratégicos da END - O Setor Cibernético.pdfOs Setores Estratégicos da END - O Setor Cibernético.pdf
Os Setores Estratégicos da END - O Setor Cibernético.pdf
Falcão Brasil
 
Slides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Slides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptxSlides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Slides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
A Industria Brasileira de Defesa - Situação Atual e Perspectivas de Evolução.pdf
A Industria Brasileira de Defesa - Situação Atual e Perspectivas de Evolução.pdfA Industria Brasileira de Defesa - Situação Atual e Perspectivas de Evolução.pdf
A Industria Brasileira de Defesa - Situação Atual e Perspectivas de Evolução.pdf
Falcão Brasil
 
EMOCIONES PARA TRABAJAR EN LA AREA SOCIOEMOCIONAL
EMOCIONES PARA TRABAJAR EN LA AREA SOCIOEMOCIONALEMOCIONES PARA TRABAJAR EN LA AREA SOCIOEMOCIONAL
EMOCIONES PARA TRABAJAR EN LA AREA SOCIOEMOCIONAL
JocelynNavarroBonta
 
Mini livro sanfona - Minha Escola Tem História.
Mini livro  sanfona - Minha Escola Tem História. Mini livro  sanfona - Minha Escola Tem História.
Mini livro sanfona - Minha Escola Tem História.
Mary Alvarenga
 
O processo da farinhada no Assentamento lagoa de Dentro, Zona Rural de Várzea...
O processo da farinhada no Assentamento lagoa de Dentro, Zona Rural de Várzea...O processo da farinhada no Assentamento lagoa de Dentro, Zona Rural de Várzea...
O processo da farinhada no Assentamento lagoa de Dentro, Zona Rural de Várzea...
AntHropológicas Visual PPGA-UFPE
 
Fotossíntese e respiração: conceitos e trocas gasosas
Fotossíntese e respiração: conceitos e trocas gasosasFotossíntese e respiração: conceitos e trocas gasosas
Fotossíntese e respiração: conceitos e trocas gasosas
MariaJooSilva58
 
Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...
Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...
Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...
Centro Jacques Delors
 
Caderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdf
Caderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdfCaderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdf
Caderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdf
shirleisousa9166
 
Estudo Infantil - MISSÕES NACIONAIS - IGREJA BATISTA
Estudo Infantil - MISSÕES NACIONAIS - IGREJA BATISTAEstudo Infantil - MISSÕES NACIONAIS - IGREJA BATISTA
Estudo Infantil - MISSÕES NACIONAIS - IGREJA BATISTA
deboracorrea21
 
História das ideias pedagógicas no Brasil - Demerval Saviani.pdf
História das ideias pedagógicas no Brasil - Demerval Saviani.pdfHistória das ideias pedagógicas no Brasil - Demerval Saviani.pdf
História das ideias pedagógicas no Brasil - Demerval Saviani.pdf
LeideLauraCenturionL
 
Introdução ao filme Divertida Mente 2 em pdf
Introdução ao filme Divertida Mente 2 em pdfIntrodução ao filme Divertida Mente 2 em pdf
Introdução ao filme Divertida Mente 2 em pdf
valdeci17
 

Último (20)

Slide para aplicação da AVAL. FLUÊNCIA.pptx
Slide para aplicação  da AVAL. FLUÊNCIA.pptxSlide para aplicação  da AVAL. FLUÊNCIA.pptx
Slide para aplicação da AVAL. FLUÊNCIA.pptx
 
FILMES DE ABRIL_BECRE D. CARLOS I_2023_24
FILMES DE ABRIL_BECRE D. CARLOS I_2023_24FILMES DE ABRIL_BECRE D. CARLOS I_2023_24
FILMES DE ABRIL_BECRE D. CARLOS I_2023_24
 
Infografia | Presidência húngara do Conselho da UE
Infografia | Presidência húngara do Conselho da UEInfografia | Presidência húngara do Conselho da UE
Infografia | Presidência húngara do Conselho da UE
 
TALENTOS DA NOSSA ESCOLA .
TALENTOS DA NOSSA ESCOLA                .TALENTOS DA NOSSA ESCOLA                .
TALENTOS DA NOSSA ESCOLA .
 
Geotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdf
Geotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdfGeotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdf
Geotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdf
 
Slides Lição 3, Betel, A relevância da Igreja no cumprimento de sua Missão.pptx
Slides Lição 3, Betel, A relevância da Igreja no cumprimento de sua Missão.pptxSlides Lição 3, Betel, A relevância da Igreja no cumprimento de sua Missão.pptx
Slides Lição 3, Betel, A relevância da Igreja no cumprimento de sua Missão.pptx
 
Os Setores Estratégicos da END - O Setor Cibernético.pdf
Os Setores Estratégicos da END - O Setor Cibernético.pdfOs Setores Estratégicos da END - O Setor Cibernético.pdf
Os Setores Estratégicos da END - O Setor Cibernético.pdf
 
FOTOS_AS CIÊNCIAS EM AÇÃO .
FOTOS_AS CIÊNCIAS EM AÇÃO                .FOTOS_AS CIÊNCIAS EM AÇÃO                .
FOTOS_AS CIÊNCIAS EM AÇÃO .
 
Slides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Slides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptxSlides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Slides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptx
 
A Industria Brasileira de Defesa - Situação Atual e Perspectivas de Evolução.pdf
A Industria Brasileira de Defesa - Situação Atual e Perspectivas de Evolução.pdfA Industria Brasileira de Defesa - Situação Atual e Perspectivas de Evolução.pdf
A Industria Brasileira de Defesa - Situação Atual e Perspectivas de Evolução.pdf
 
EMOCIONES PARA TRABAJAR EN LA AREA SOCIOEMOCIONAL
EMOCIONES PARA TRABAJAR EN LA AREA SOCIOEMOCIONALEMOCIONES PARA TRABAJAR EN LA AREA SOCIOEMOCIONAL
EMOCIONES PARA TRABAJAR EN LA AREA SOCIOEMOCIONAL
 
Mini livro sanfona - Minha Escola Tem História.
Mini livro  sanfona - Minha Escola Tem História. Mini livro  sanfona - Minha Escola Tem História.
Mini livro sanfona - Minha Escola Tem História.
 
O processo da farinhada no Assentamento lagoa de Dentro, Zona Rural de Várzea...
O processo da farinhada no Assentamento lagoa de Dentro, Zona Rural de Várzea...O processo da farinhada no Assentamento lagoa de Dentro, Zona Rural de Várzea...
O processo da farinhada no Assentamento lagoa de Dentro, Zona Rural de Várzea...
 
Fotossíntese e respiração: conceitos e trocas gasosas
Fotossíntese e respiração: conceitos e trocas gasosasFotossíntese e respiração: conceitos e trocas gasosas
Fotossíntese e respiração: conceitos e trocas gasosas
 
Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...
Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...
Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...
 
RECORDANDO BONS MOMENTOS! _
RECORDANDO BONS MOMENTOS!               _RECORDANDO BONS MOMENTOS!               _
RECORDANDO BONS MOMENTOS! _
 
Caderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdf
Caderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdfCaderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdf
Caderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdf
 
Estudo Infantil - MISSÕES NACIONAIS - IGREJA BATISTA
Estudo Infantil - MISSÕES NACIONAIS - IGREJA BATISTAEstudo Infantil - MISSÕES NACIONAIS - IGREJA BATISTA
Estudo Infantil - MISSÕES NACIONAIS - IGREJA BATISTA
 
História das ideias pedagógicas no Brasil - Demerval Saviani.pdf
História das ideias pedagógicas no Brasil - Demerval Saviani.pdfHistória das ideias pedagógicas no Brasil - Demerval Saviani.pdf
História das ideias pedagógicas no Brasil - Demerval Saviani.pdf
 
Introdução ao filme Divertida Mente 2 em pdf
Introdução ao filme Divertida Mente 2 em pdfIntrodução ao filme Divertida Mente 2 em pdf
Introdução ao filme Divertida Mente 2 em pdf
 

Pteridófitas

  • 2. Introdução • São um grupo de plantas pioneiro, por terem sido as primeiras a possuir tecidos especializados na condução de água. • Formam as primeiras a apresentar um sistema de vasos condutores de nutrientes (traqueófitas). • Conhecidas também como samambaia, avencas, xaxins e cavalinhas. • Seu sistema reprodutivo ainda é simples, e parcialmente dependente da água, pois não possuem nem sementes, nem flores e nem frutos.
  • 3. • As primeiras plantas vasculares não possuíam raízes nem folhas, foi somente com a especialização que estas estruturas foram lentamente aparecendo. • Apresentam estruturas mais complexas, e dominaram a vegetação da Terra a partir do Período Devoniano Superior até o fim do Período Carbonífero, de cerca de 380 até 290 milhões de anos atrás.
  • 5. Características Gerais • O corpo delas já apresentam organização em tecidos, mostrando raízes, caules e folhas verdadeiros. • Possuem um tecido condutor eficiente constituído por xilema e floema.
  • 6. • Apresentam o corpo na forma de cormo, isto é, com raiz, caule e folhas verdadeiros. I. Raiz: em geral subterrâneas com a função de fixação e absorção II. Caule: cresce em sentido oposto à raiz, função de sustentação das folhas; rizoma. III. Folhas: geralmente laminares e com células ricas em cloroplastos (fotossíntese). • Podem ainda ser classificadas como plantas criptógamas, por não produzirem flores.
  • 7. Habitat • Encontradas normalmente em locais sombrios, úmidos e em ambientes de florestas vivendo como plantas epífitas (sob outras plantas). • Utilizadas também como plantas ornamentais em jardins, garagens e sacadas de casas e apartamentos.
  • 10. Reprodução • Se reproduzem num ciclo que apresenta uma fase sexuada e outra assexuada. • Como exemplo, uma samambaias comumente cultivada (Polypodium vulgare). • A samambaia é uma planta assexuada produtora de esporos. Por isso, ela representa a fase chamada esporófito. • Dependem da água.
  • 11. • Em certas épocas, na superfície inferior das folhas das samambaias formam-se pontinhos escuros chamados soros. Em cada soro são produzidos inúmeros esporos. • Quando os esporos amadurecem, os soros se abrem. Então os esporos caem no solo úmido; cada esporo pode germinar e originar um protalo, aquela plantinha em formato de coração. • O protalo é uma planta sexuada, produtora de gametas; por isso, ele representa a fase chamada de gametófito • O protalo das samambaias contém estruturas onde se formam anterozoides e oosferas.
  • 13. Divisões das plantas vasculares  Psilotophyta: possuem estrutura corpórea muito simples. Inclui dois gêneros: Psilotum e Tmesipteris. Exemplar do gênero Psilotum Exemplar da espécie Tmesipteris lanceolata, crescendo sobre o tronco de uma árvore.
  • 14. • Gênero Psilotum: distribuição tropical e subtropical; é o único entre as vasculares atuais que não apresentam raízes nem folhas. • Gênero Tmesipteris: epífitas.
  • 15.  Lycopodiaceae • A maioria das 400 espécies é tropical. • Maior parte é epífita (vive sobre outra).