SlideShare uma empresa Scribd logo
Introdução
• São um grupo de plantas pioneiro, por terem sido
as primeiras a possuir tecidos especializados na
condução de água.
• Formam as primeiras a apresentar um sistema de
vasos condutores de nutrientes (traqueófitas).
• Conhecidas também como samambaia, avencas,
xaxins e cavalinhas.
• Seu sistema reprodutivo ainda é simples, e
parcialmente dependente da água, pois não
possuem nem sementes, nem flores e nem frutos.
• As primeiras plantas vasculares não
possuíam raízes nem folhas, foi somente
com a especialização que estas estruturas
foram lentamente aparecendo.
• Apresentam estruturas mais complexas, e
dominaram a vegetação da Terra a partir do
Período Devoniano Superior até o fim do
Período Carbonífero, de cerca de 380 até
290 milhões de anos atrás.
Exemplos de
plantas
vasculares
sem
sementes:
uma avenca
e uma
samambaia.
Características Gerais
• O corpo delas já apresentam organização em
tecidos, mostrando raízes, caules e folhas
verdadeiros.
• Possuem um tecido condutor eficiente
constituído por xilema e floema.
• Apresentam o corpo na forma de cormo, isto é,
com raiz, caule e folhas verdadeiros.
I. Raiz: em geral subterrâneas com a função de
fixação e absorção
II. Caule: cresce em sentido oposto à raiz, função
de sustentação das folhas; rizoma.
III. Folhas: geralmente laminares e com células
ricas em cloroplastos (fotossíntese).
• Podem ainda ser classificadas como
plantas criptógamas, por não produzirem
flores.
Habitat
• Encontradas normalmente em locais sombrios,
úmidos e em ambientes de florestas vivendo
como plantas epífitas (sob outras plantas).
• Utilizadas também como plantas ornamentais
em jardins, garagens e sacadas de casas e
apartamentos.
Pteridófitas mais conhecidas
Cavalinha Selaginela
Licopódio
Samambaia
Reprodução
• Se reproduzem num ciclo que apresenta uma
fase sexuada e outra assexuada.
• Como exemplo, uma samambaias comumente
cultivada (Polypodium vulgare).
• A samambaia é uma planta assexuada
produtora de esporos. Por isso, ela representa a
fase chamada esporófito.
• Dependem da água.
• Em certas épocas, na superfície inferior das
folhas das samambaias formam-se pontinhos
escuros chamados soros. Em cada soro são
produzidos inúmeros esporos.
• Quando os esporos amadurecem, os soros se
abrem. Então os esporos caem no solo úmido;
cada esporo pode germinar e originar um
protalo, aquela plantinha em formato de
coração.
• O protalo é uma planta sexuada, produtora de
gametas; por isso, ele representa a fase
chamada de gametófito
• O protalo das samambaias contém estruturas
onde se formam anterozoides e oosferas.
Divisões das plantas vasculares
 Psilotophyta: possuem estrutura corpórea muito
simples. Inclui dois gêneros: Psilotum e Tmesipteris.
Exemplar do gênero Psilotum
Exemplar da
espécie Tmesipteris
lanceolata, crescendo sobre
o tronco de uma árvore.
• Gênero Psilotum: distribuição tropical e
subtropical; é o único entre as vasculares
atuais que não apresentam raízes nem folhas.
• Gênero Tmesipteris: epífitas.
 Lycopodiaceae
• A maioria das 400 espécies é tropical.
• Maior parte é epífita (vive sobre outra).

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Briofitas E Pteridofitas
Briofitas E PteridofitasBriofitas E Pteridofitas
Briofitas E Pteridofitas
Andrea Barreto
 
Briofitas
BriofitasBriofitas
Briofitas
jcrrios
 
Reino Fungi
Reino FungiReino Fungi
Reino Fungi
emanuel
 
Angiospermas
AngiospermasAngiospermas
Angiospermas
Isabella Silva
 
Reprodução plantas
Reprodução plantasReprodução plantas
Reprodução plantas
Sofia Mendes
 
Gimnosperma e angiosperma
Gimnosperma e angiospermaGimnosperma e angiosperma
Gimnosperma e angiosperma
LarissaVian
 
7 ano classificação das plantas
7 ano classificação das plantas7 ano classificação das plantas
7 ano classificação das plantas
crisbassanimedeiros
 
Raiz
RaizRaiz
Reino Plantae Power Point
Reino Plantae Power PointReino Plantae Power Point
Reino Plantae Power Point
infoeducp2
 
V.5 Angiospermas - flor, fruto e semente
V.5 Angiospermas - flor, fruto e sementeV.5 Angiospermas - flor, fruto e semente
V.5 Angiospermas - flor, fruto e semente
Rebeca Vale
 
V.2 Briófitas e Pteridófitas
V.2 Briófitas e PteridófitasV.2 Briófitas e Pteridófitas
V.2 Briófitas e Pteridófitas
Rebeca Vale
 
Aula briofitas e pteridófitas
Aula briofitas e pteridófitasAula briofitas e pteridófitas
Aula briofitas e pteridófitas
Grupo UNIASSELVI
 
ReproduçãO Nas Angiospermas (1)
ReproduçãO Nas Angiospermas (1)ReproduçãO Nas Angiospermas (1)
ReproduçãO Nas Angiospermas (1)
infoeducp2
 
Aula tecidos vegetais
Aula tecidos vegetaisAula tecidos vegetais
Aula tecidos vegetais
Ronaldo Professorr
 
Briófitas
BriófitasBriófitas
Briófitas
Bruna Medeiros
 
Angiospermas
AngiospermasAngiospermas
Angiospermas
Bruna Medeiros
 
Reprodução assexuada nos seres vivos
Reprodução assexuada nos seres vivos   Reprodução assexuada nos seres vivos
Reprodução assexuada nos seres vivos
Isabel Lopes
 
Reino Plantas
Reino PlantasReino Plantas
Reino Plantas
infoeducp2
 
Artrópodes
ArtrópodesArtrópodes
Artrópodes
Killer Max
 
Slides da aula de Biologia (Renato) Anatofisiologia Vegetal
Slides da aula de Biologia (Renato) Anatofisiologia VegetalSlides da aula de Biologia (Renato) Anatofisiologia Vegetal
Slides da aula de Biologia (Renato) Anatofisiologia Vegetal
Turma Olímpica
 

Mais procurados (20)

Briofitas E Pteridofitas
Briofitas E PteridofitasBriofitas E Pteridofitas
Briofitas E Pteridofitas
 
Briofitas
BriofitasBriofitas
Briofitas
 
Reino Fungi
Reino FungiReino Fungi
Reino Fungi
 
Angiospermas
AngiospermasAngiospermas
Angiospermas
 
Reprodução plantas
Reprodução plantasReprodução plantas
Reprodução plantas
 
Gimnosperma e angiosperma
Gimnosperma e angiospermaGimnosperma e angiosperma
Gimnosperma e angiosperma
 
7 ano classificação das plantas
7 ano classificação das plantas7 ano classificação das plantas
7 ano classificação das plantas
 
Raiz
RaizRaiz
Raiz
 
Reino Plantae Power Point
Reino Plantae Power PointReino Plantae Power Point
Reino Plantae Power Point
 
V.5 Angiospermas - flor, fruto e semente
V.5 Angiospermas - flor, fruto e sementeV.5 Angiospermas - flor, fruto e semente
V.5 Angiospermas - flor, fruto e semente
 
V.2 Briófitas e Pteridófitas
V.2 Briófitas e PteridófitasV.2 Briófitas e Pteridófitas
V.2 Briófitas e Pteridófitas
 
Aula briofitas e pteridófitas
Aula briofitas e pteridófitasAula briofitas e pteridófitas
Aula briofitas e pteridófitas
 
ReproduçãO Nas Angiospermas (1)
ReproduçãO Nas Angiospermas (1)ReproduçãO Nas Angiospermas (1)
ReproduçãO Nas Angiospermas (1)
 
Aula tecidos vegetais
Aula tecidos vegetaisAula tecidos vegetais
Aula tecidos vegetais
 
Briófitas
BriófitasBriófitas
Briófitas
 
Angiospermas
AngiospermasAngiospermas
Angiospermas
 
Reprodução assexuada nos seres vivos
Reprodução assexuada nos seres vivos   Reprodução assexuada nos seres vivos
Reprodução assexuada nos seres vivos
 
Reino Plantas
Reino PlantasReino Plantas
Reino Plantas
 
Artrópodes
ArtrópodesArtrópodes
Artrópodes
 
Slides da aula de Biologia (Renato) Anatofisiologia Vegetal
Slides da aula de Biologia (Renato) Anatofisiologia VegetalSlides da aula de Biologia (Renato) Anatofisiologia Vegetal
Slides da aula de Biologia (Renato) Anatofisiologia Vegetal
 

Semelhante a Pteridófitas

Aula 4 Prof. Guth Berger
Aula 4 Prof. Guth BergerAula 4 Prof. Guth Berger
Aula 4 Prof. Guth Berger
Matheus Yuri
 
Orgaos vegetais
Orgaos vegetaisOrgaos vegetais
Orgaos vegetais
jonathacioly
 
Reinodasplantas 130731180649-phpapp01
Reinodasplantas 130731180649-phpapp01Reinodasplantas 130731180649-phpapp01
Reinodasplantas 130731180649-phpapp01
MARISTA , UVA, FIC, FAINTER, GÊNESIS
 
Plantas
PlantasPlantas
Plantas
Carlaensino
 
Plantas
PlantasPlantas
Plantas
Carlaensino
 
7º ano cap 12 e 13 angiospermas - órgãos
7º ano cap 12 e 13   angiospermas - órgãos7º ano cap 12 e 13   angiospermas - órgãos
7º ano cap 12 e 13 angiospermas - órgãos
ISJ
 
Formas das plantas
Formas das plantasFormas das plantas
Formas das plantas
Gerdian Teixeira
 
Reinodasplantas 130731180649-phpapp01
Reinodasplantas 130731180649-phpapp01Reinodasplantas 130731180649-phpapp01
Reinodasplantas 130731180649-phpapp01
MARISTA , UVA, FIC, FAINTER, GÊNESIS
 
Briófitas
BriófitasBriófitas
Briófitas
João Silva
 
Apostila botânica-pronta.107.193
Apostila botânica-pronta.107.193Apostila botânica-pronta.107.193
Apostila botânica-pronta.107.193
Isabella Silva
 
Reino das Plantas
Reino das PlantasReino das Plantas
Reino das Plantas
Ikaro Slipk
 
Briófitas
BriófitasBriófitas
Briófitas
CyKelly Sa
 
Pteridófitas
PteridófitasPteridófitas
Pteridófitas
Pipocay123
 
Pteridófitas
PteridófitasPteridófitas
Pteridófitas
Pipocay123
 
Pteridófitas
PteridófitasPteridófitas
Pteridófitas
Pipocay123
 
Raiz
RaizRaiz
7º ano reino plantae 1
7º ano    reino plantae 17º ano    reino plantae 1
7º ano reino plantae 1
Simone Maia
 
Reino plantae
Reino plantaeReino plantae
Reino plantae
Julianalfaria
 
Caule
CauleCaule
Caule
CauleCaule

Semelhante a Pteridófitas (20)

Aula 4 Prof. Guth Berger
Aula 4 Prof. Guth BergerAula 4 Prof. Guth Berger
Aula 4 Prof. Guth Berger
 
Orgaos vegetais
Orgaos vegetaisOrgaos vegetais
Orgaos vegetais
 
Reinodasplantas 130731180649-phpapp01
Reinodasplantas 130731180649-phpapp01Reinodasplantas 130731180649-phpapp01
Reinodasplantas 130731180649-phpapp01
 
Plantas
PlantasPlantas
Plantas
 
Plantas
PlantasPlantas
Plantas
 
7º ano cap 12 e 13 angiospermas - órgãos
7º ano cap 12 e 13   angiospermas - órgãos7º ano cap 12 e 13   angiospermas - órgãos
7º ano cap 12 e 13 angiospermas - órgãos
 
Formas das plantas
Formas das plantasFormas das plantas
Formas das plantas
 
Reinodasplantas 130731180649-phpapp01
Reinodasplantas 130731180649-phpapp01Reinodasplantas 130731180649-phpapp01
Reinodasplantas 130731180649-phpapp01
 
Briófitas
BriófitasBriófitas
Briófitas
 
Apostila botânica-pronta.107.193
Apostila botânica-pronta.107.193Apostila botânica-pronta.107.193
Apostila botânica-pronta.107.193
 
Reino das Plantas
Reino das PlantasReino das Plantas
Reino das Plantas
 
Briófitas
BriófitasBriófitas
Briófitas
 
Pteridófitas
PteridófitasPteridófitas
Pteridófitas
 
Pteridófitas
PteridófitasPteridófitas
Pteridófitas
 
Pteridófitas
PteridófitasPteridófitas
Pteridófitas
 
Raiz
RaizRaiz
Raiz
 
7º ano reino plantae 1
7º ano    reino plantae 17º ano    reino plantae 1
7º ano reino plantae 1
 
Reino plantae
Reino plantaeReino plantae
Reino plantae
 
Caule
CauleCaule
Caule
 
Caule
CauleCaule
Caule
 

Último

O Mito da Caverna de Platão_ Uma Jornada em Busca da Verdade.pdf
O Mito da Caverna de Platão_ Uma Jornada em Busca da Verdade.pdfO Mito da Caverna de Platão_ Uma Jornada em Busca da Verdade.pdf
O Mito da Caverna de Platão_ Uma Jornada em Busca da Verdade.pdf
silvamelosilva300
 
Vogais Ilustrados para alfabetização infantil
Vogais Ilustrados para alfabetização infantilVogais Ilustrados para alfabetização infantil
Vogais Ilustrados para alfabetização infantil
mamaeieby
 
GÊNERO TEXTUAL - POEMA.pptx
GÊNERO      TEXTUAL     -     POEMA.pptxGÊNERO      TEXTUAL     -     POEMA.pptx
GÊNERO TEXTUAL - POEMA.pptx
Marlene Cunhada
 
1ª LEI DE OHN, CARACTERISTICAS IMPORTANTES.
1ª LEI DE OHN, CARACTERISTICAS IMPORTANTES.1ª LEI DE OHN, CARACTERISTICAS IMPORTANTES.
1ª LEI DE OHN, CARACTERISTICAS IMPORTANTES.
LeticiaRochaCupaiol
 
Resumo de Química 10º ano Estudo exames nacionais
Resumo de Química 10º ano Estudo exames nacionaisResumo de Química 10º ano Estudo exames nacionais
Resumo de Química 10º ano Estudo exames nacionais
beatrizsilva525654
 
PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptxPP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
Telepsiquismo Utilize seu poder extrassensorial para atrair prosperidade (Jos...
Telepsiquismo Utilize seu poder extrassensorial para atrair prosperidade (Jos...Telepsiquismo Utilize seu poder extrassensorial para atrair prosperidade (Jos...
Telepsiquismo Utilize seu poder extrassensorial para atrair prosperidade (Jos...
fran0410
 
Atpcg PEI Rev Irineu GESTÃO DE SALA DE AULA.pptx
Atpcg PEI Rev Irineu GESTÃO DE SALA DE AULA.pptxAtpcg PEI Rev Irineu GESTÃO DE SALA DE AULA.pptx
Atpcg PEI Rev Irineu GESTÃO DE SALA DE AULA.pptx
joaresmonte3
 
Rimas, Luís Vaz de Camões. pptx
Rimas, Luís Vaz de Camões.          pptxRimas, Luís Vaz de Camões.          pptx
Rimas, Luís Vaz de Camões. pptx
TomasSousa7
 
Aula 2 - Revisando o significado de fração - Parte 2.pptx
Aula 2 - Revisando o significado de fração - Parte 2.pptxAula 2 - Revisando o significado de fração - Parte 2.pptx
Aula 2 - Revisando o significado de fração - Parte 2.pptx
LILIANPRESTESSCUDELE
 
Fernão Lopes. pptx
Fernão Lopes.                       pptxFernão Lopes.                       pptx
Fernão Lopes. pptx
TomasSousa7
 
cronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdf
cronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdfcronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdf
cronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdf
todorokillmepls
 
UFCD_4667_Preparação e confeção de molhos e fundos de cozinha_índice.pdf
UFCD_4667_Preparação e confeção de molhos e fundos de cozinha_índice.pdfUFCD_4667_Preparação e confeção de molhos e fundos de cozinha_índice.pdf
UFCD_4667_Preparação e confeção de molhos e fundos de cozinha_índice.pdf
Manuais Formação
 
OS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdf
OS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdfOS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdf
OS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdf
AmiltonAparecido1
 
karl marx biografia resumida com suas obras e história de vida
karl marx biografia resumida com suas obras e história de vidakarl marx biografia resumida com suas obras e história de vida
karl marx biografia resumida com suas obras e história de vida
KleginaldoPaz2
 
Slides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptxSlides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdfUFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
Manuais Formação
 
UFCD_10145_Enquadramento do setor farmacêutico_indice.pdf
UFCD_10145_Enquadramento do setor farmacêutico_indice.pdfUFCD_10145_Enquadramento do setor farmacêutico_indice.pdf
UFCD_10145_Enquadramento do setor farmacêutico_indice.pdf
Manuais Formação
 
A festa junina é uma tradicional festividade popular que acontece durante o m...
A festa junina é uma tradicional festividade popular que acontece durante o m...A festa junina é uma tradicional festividade popular que acontece durante o m...
A festa junina é uma tradicional festividade popular que acontece durante o m...
ANDRÉA FERREIRA
 
As sequências didáticas: práticas educativas
As sequências didáticas: práticas educativasAs sequências didáticas: práticas educativas
As sequências didáticas: práticas educativas
rloureiro1
 

Último (20)

O Mito da Caverna de Platão_ Uma Jornada em Busca da Verdade.pdf
O Mito da Caverna de Platão_ Uma Jornada em Busca da Verdade.pdfO Mito da Caverna de Platão_ Uma Jornada em Busca da Verdade.pdf
O Mito da Caverna de Platão_ Uma Jornada em Busca da Verdade.pdf
 
Vogais Ilustrados para alfabetização infantil
Vogais Ilustrados para alfabetização infantilVogais Ilustrados para alfabetização infantil
Vogais Ilustrados para alfabetização infantil
 
GÊNERO TEXTUAL - POEMA.pptx
GÊNERO      TEXTUAL     -     POEMA.pptxGÊNERO      TEXTUAL     -     POEMA.pptx
GÊNERO TEXTUAL - POEMA.pptx
 
1ª LEI DE OHN, CARACTERISTICAS IMPORTANTES.
1ª LEI DE OHN, CARACTERISTICAS IMPORTANTES.1ª LEI DE OHN, CARACTERISTICAS IMPORTANTES.
1ª LEI DE OHN, CARACTERISTICAS IMPORTANTES.
 
Resumo de Química 10º ano Estudo exames nacionais
Resumo de Química 10º ano Estudo exames nacionaisResumo de Química 10º ano Estudo exames nacionais
Resumo de Química 10º ano Estudo exames nacionais
 
PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptxPP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
 
Telepsiquismo Utilize seu poder extrassensorial para atrair prosperidade (Jos...
Telepsiquismo Utilize seu poder extrassensorial para atrair prosperidade (Jos...Telepsiquismo Utilize seu poder extrassensorial para atrair prosperidade (Jos...
Telepsiquismo Utilize seu poder extrassensorial para atrair prosperidade (Jos...
 
Atpcg PEI Rev Irineu GESTÃO DE SALA DE AULA.pptx
Atpcg PEI Rev Irineu GESTÃO DE SALA DE AULA.pptxAtpcg PEI Rev Irineu GESTÃO DE SALA DE AULA.pptx
Atpcg PEI Rev Irineu GESTÃO DE SALA DE AULA.pptx
 
Rimas, Luís Vaz de Camões. pptx
Rimas, Luís Vaz de Camões.          pptxRimas, Luís Vaz de Camões.          pptx
Rimas, Luís Vaz de Camões. pptx
 
Aula 2 - Revisando o significado de fração - Parte 2.pptx
Aula 2 - Revisando o significado de fração - Parte 2.pptxAula 2 - Revisando o significado de fração - Parte 2.pptx
Aula 2 - Revisando o significado de fração - Parte 2.pptx
 
Fernão Lopes. pptx
Fernão Lopes.                       pptxFernão Lopes.                       pptx
Fernão Lopes. pptx
 
cronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdf
cronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdfcronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdf
cronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdf
 
UFCD_4667_Preparação e confeção de molhos e fundos de cozinha_índice.pdf
UFCD_4667_Preparação e confeção de molhos e fundos de cozinha_índice.pdfUFCD_4667_Preparação e confeção de molhos e fundos de cozinha_índice.pdf
UFCD_4667_Preparação e confeção de molhos e fundos de cozinha_índice.pdf
 
OS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdf
OS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdfOS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdf
OS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdf
 
karl marx biografia resumida com suas obras e história de vida
karl marx biografia resumida com suas obras e história de vidakarl marx biografia resumida com suas obras e história de vida
karl marx biografia resumida com suas obras e história de vida
 
Slides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptxSlides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptx
 
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdfUFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
 
UFCD_10145_Enquadramento do setor farmacêutico_indice.pdf
UFCD_10145_Enquadramento do setor farmacêutico_indice.pdfUFCD_10145_Enquadramento do setor farmacêutico_indice.pdf
UFCD_10145_Enquadramento do setor farmacêutico_indice.pdf
 
A festa junina é uma tradicional festividade popular que acontece durante o m...
A festa junina é uma tradicional festividade popular que acontece durante o m...A festa junina é uma tradicional festividade popular que acontece durante o m...
A festa junina é uma tradicional festividade popular que acontece durante o m...
 
As sequências didáticas: práticas educativas
As sequências didáticas: práticas educativasAs sequências didáticas: práticas educativas
As sequências didáticas: práticas educativas
 

Pteridófitas

  • 1.
  • 2. Introdução • São um grupo de plantas pioneiro, por terem sido as primeiras a possuir tecidos especializados na condução de água. • Formam as primeiras a apresentar um sistema de vasos condutores de nutrientes (traqueófitas). • Conhecidas também como samambaia, avencas, xaxins e cavalinhas. • Seu sistema reprodutivo ainda é simples, e parcialmente dependente da água, pois não possuem nem sementes, nem flores e nem frutos.
  • 3. • As primeiras plantas vasculares não possuíam raízes nem folhas, foi somente com a especialização que estas estruturas foram lentamente aparecendo. • Apresentam estruturas mais complexas, e dominaram a vegetação da Terra a partir do Período Devoniano Superior até o fim do Período Carbonífero, de cerca de 380 até 290 milhões de anos atrás.
  • 5. Características Gerais • O corpo delas já apresentam organização em tecidos, mostrando raízes, caules e folhas verdadeiros. • Possuem um tecido condutor eficiente constituído por xilema e floema.
  • 6. • Apresentam o corpo na forma de cormo, isto é, com raiz, caule e folhas verdadeiros. I. Raiz: em geral subterrâneas com a função de fixação e absorção II. Caule: cresce em sentido oposto à raiz, função de sustentação das folhas; rizoma. III. Folhas: geralmente laminares e com células ricas em cloroplastos (fotossíntese). • Podem ainda ser classificadas como plantas criptógamas, por não produzirem flores.
  • 7. Habitat • Encontradas normalmente em locais sombrios, úmidos e em ambientes de florestas vivendo como plantas epífitas (sob outras plantas). • Utilizadas também como plantas ornamentais em jardins, garagens e sacadas de casas e apartamentos.
  • 10. Reprodução • Se reproduzem num ciclo que apresenta uma fase sexuada e outra assexuada. • Como exemplo, uma samambaias comumente cultivada (Polypodium vulgare). • A samambaia é uma planta assexuada produtora de esporos. Por isso, ela representa a fase chamada esporófito. • Dependem da água.
  • 11. • Em certas épocas, na superfície inferior das folhas das samambaias formam-se pontinhos escuros chamados soros. Em cada soro são produzidos inúmeros esporos. • Quando os esporos amadurecem, os soros se abrem. Então os esporos caem no solo úmido; cada esporo pode germinar e originar um protalo, aquela plantinha em formato de coração. • O protalo é uma planta sexuada, produtora de gametas; por isso, ele representa a fase chamada de gametófito • O protalo das samambaias contém estruturas onde se formam anterozoides e oosferas.
  • 12.
  • 13. Divisões das plantas vasculares  Psilotophyta: possuem estrutura corpórea muito simples. Inclui dois gêneros: Psilotum e Tmesipteris. Exemplar do gênero Psilotum Exemplar da espécie Tmesipteris lanceolata, crescendo sobre o tronco de uma árvore.
  • 14. • Gênero Psilotum: distribuição tropical e subtropical; é o único entre as vasculares atuais que não apresentam raízes nem folhas. • Gênero Tmesipteris: epífitas.
  • 15.  Lycopodiaceae • A maioria das 400 espécies é tropical. • Maior parte é epífita (vive sobre outra).